Publicidade

Posts com a Tag Triaud

sexta-feira, 12 de agosto de 2011 Francês da 1ª divisão | 11:53

Ligue 1 2011/2012, 2ª rodada

Compartilhe: Twitter

Feliz Dia dos Pais a quem for o caso! (eu ainda não)

O destaque da segunda journée fica para Rennes x PSG. Já seria um duelo interessante antes do campeonato começar, mas como o Stade Rennais goleou na estreia, e o Paris perdeu em casa, depois de investimentos multimilionários (como a mais cara contratação da história do futebol francês, Javier Pastore), a expectativa é ainda maior. Para aumentar só um pouquinho a pressão sobre o Saint-Germain, ele não vence um jogo em Rennes desde 2002, tendo acumulado 7 derrotas e 2 empates…

Preocupação também cerca o Bordeaux, que perdeu em casa para o Saint-Etienne no seu début. O grupo de torcedores «Les Ultramarines 1987» divulgou em seu site que quer se encontrar com o acionista majoritário Nicolas De Tavernost, na presença do presidente Jean-Louis Triaud. Parece que Wendel pulou fora do barco no momento certo… (Será que também desistiu de se naturalizar francês?) Pouco tenso, não?

Sábado, 13/8
14h – Rennes (1º) x Paris-SG (15º) – TV5 anuncia transmissão ao vivo!
14h – Lyon (3º) x AC Ajaccio (19º)
14h – Toulouse (4º) x Dijon (20º)
14h – Saint-Etienne (5º) x Nancy (13º)
14h – Sochaux (11º) x Caen (6º)
14h – Lorient (7º) x Bordeaux (14º)
16h – Valenciennes (15º) x Brest (9º)

Domingo, 14/08
12h – Auxerre (17º) x O. Marseille (8º) 
12h – Evian TG (9º) x Nice (18º)
16h – Lille (12º) x Montpellier (2º) – SporTV anuncia transmissão ao vivo! (Aliás, a SporTV2 deve passar VT de França x Nigéria no Mundial sub 20. O jogo acontece às 17h de Brasília, e pelo site do canal, deve ser exibido às 22h, depois de Brasil x Espanha, esse sim ao vivo)

– Antes de comentar, leia as últimas sobre futebol francês no iG Esporte:

> Cris desfalca Lyon na 2ª rodada, mas Michel Bastos, que recentemente declarou que não sai mais (estava quase na Juventus…), pode voltar

> Após derrota na estreia, PSG pode investir em Ancelotti

> Wendel deixa o Bordeaux rumo ao futebol árabe

> Leonardo descarta contato entre Paris Saint-Germain e Neymar

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de junho de 2011 Brasileiros na França, Extracampo | 15:35

Mercado: Manager brasileiro para o PSG? Adieu, Fernando (II)

Compartilhe: Twitter

De saída mesmo do banco de reservas da Inter de Milão, Leonardo está indo para o Paris Saint-Germain, onde será diretor de futebol, segundo informou o clube italiano nesta sexta-feira. O rumor está forte na França, e internautas aprovariam a vinda do brasileiro, de acordo com enquete da France Football.

Ex-meia do PSG na temporada 1996/97, quando foi vice-campeão francês e da Recopa europeia, Leo se destacou mais como manager do que técnico na passagem pelo Milan. Creio que a competência dele cairia muito bem na reestruturação promovida pelo fundo catariano que agora comanda o Paris, investindo e querendo recolocar o clube na vitrine do futebol europeu, o que passa necessariamente por Liga dos Campeões da Europa. Além de facilitar a sedução para cima de reforços brasileiros, atualmente ainda considerados sonhos de desejo, como o são-paulino Lucas e o santista Ganso. Concorda?

(Atualização de 24/6: PSG confirma Leonardo)

Leonardo (que sempre achei parecido com Ayrton Senna...) com a camisa tricolor quando jogador (Photo: Presse-Sports)

Leonardo (que sempre achei parecido com Ayrton Senna...) com a camisa tricolor quando jogador (Photo: Presse-Sports)

Mais pinceladas de mercado:

– Fim da era Jérémy Toulalan no Lyon, depois de cinco anos. O volante (botinudo carniceiro? ou grisalho charmosão?) de 27 anos vai para o Málaga, da Espanha, com o qual deve assinar por quatro anos. Na temporada passada, o time de Júlio Baptista apenas lutou contra o rebaixamento. Boa sorte então…

Michel Bastos também deve deixar o OL. Estava com um pé na Juventus há um tempão, mas alguém sabe se o negócio vingou mesmo? De férias no Brasil, foi visto conversando com o presidente do Palmeiras num restaurante de São Paulo. Mas acho que o Palestra não tem qualquer chance de se sair melhor que a Juve nessa disputa…

– Outra época que se finda é a do também brasuca Fernando Menegazzo no Bordeaux. Seis anos depois, o volante campeão francês em 2008/09, de 30 anos, vai faturar uma grana no Al-Shabab, da Arábia Saudita, em contrato de três anos. Chegando nessa idade, tem de priorizar família e aposentadoria, tá certo…

Fora dos torneios europeus novamente, o Bordô terá dificuldade para oferecer ao recém-chegado técnico Francis Gillot um elenco top. Nomes fortes do elenco girondino como Benoît Trémoulinas e Alou Diarra querem sair, mas o presidente Triaud não os liberará para o Olympique de Marselha, conforme indica a FF hoje.

– O OM trouxe por ora apenas o meia Morgan Amalfitano, de 26 anos, que jogou no Lorient nos últimos três anos. Bom reforço, tão importante quanto a permanência de Lucho González, líder em campo. O meia argentino estava decidido a sair, mas por causa do técnico Deschamps toparia continuar, segundo seu empresário. Seu compatriota Gabriel Heinze, por outro lado, está livre para negociar com o clube que quiser a partir de julho. Vale lembrar que Taye Taiwo já acertou com o Milan antes mesmo da temporada acabar, sendo mais um desfalque defensivo. Ou seja, precisa vir mais gente, não?

Último post sobre o tema:

>> Mercado: Quem sai, quem fica e quem para (I)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 Extracampo | 18:05

Olympique campeão também no quesito rendimento presidencial

Compartilhe: Twitter

Faz um tempinho que eu tava pra soltar esse, esperando uma janela apropriada. A notícia partiu do jornal Le Parisien e pipocou em vários sites em novembro passado

Dos 20 presidentes de clubes da Ligue 1, a primeira divisão francesa, apenas 7 recebem salários. Os 14 restantes ou são beneméritos ou acionistas, sem rendimentos fixos.

dassier

J. C. "très riche" Dassier (Getty Images)

Os presidentes de Bordeaux (Jean-Louis Triaud), Monaco (Etienne Franzi) e Rennes (Patrick Le Lay) trabalham de forma voluntária e não ganham nenhum benefício econômico diretamente das agremiações. Outros, como os de Auxerre (Alain Dujon), Saint-Etienne (Bernard Caïazzo e Roland Romey) e Lens (Gervais Martel), não são pagos pelo seu papel de presidentes, mas, como investem nos clubes, aproveitam-se de ganhos decorrentes do sucesso dos mesmos.

Veja como está o ranking da remuneração dos chefões com salário:

1. Jean-Claude Dassier (Olympique de Marselha) – 60 mil euros mensais
2. Jean-Michel Aulas (Lyon) – cerca de 50 mil euros mensais (ele ganha por ano)
3. Michel Seydoux (Lille) – cerca de 20 mil euros mensais (ganha por ano)
4. Olivier Sadran (Toulouse) e Robin Leproux (PSG) –  entre 7 e 10 mil euros mensais
5. Alexandre Lacombe (Sochaux) – 8 mil euros mensais
6. Loïc Féry (Lorient) – mil euros mensais

Belas boladas as dos três primeiros, heim?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Extracampo | 18:03

Resumo de mercado de inverno 2

Compartilhe: Twitter

A quem questionar o novo layout do blog, menos azul e vermelho e mais verde, digo que não foi vontade minha alterá-lo. Ele segue a padronização que atingiu outros blogs do iG Esporte. Como não somos autônomos, seguimos as regras…

Mais tarde, falo das oitavas de finais da Copa da França

Fechou-se a janela europeia de transferências ontem, segunda-feira. Então vamos só de negócios fechados recentemente:

– O mais estrondoso do fim da janela parece ter sido André no Bordeaux, não? Fiquei contente, é sempre bom ver brasileiros adentrando terras gaulesas. O atacante de 20 anos revelado pelo Santos não se deu bem no Dínamo de Kiev e a esperança é que a França seja mais calorosa do que a Ucrânia – e nesse sentido, ter compatriotas (Wendel, ex-Santos, Jussiê, Fernando e Henrique) como colegas é uma boa. Chega por empréstimo até o fim da temporada, com opção de compra. O curioso é que antes mesmo de estrear como girondino ele deverá estar no banco de reservas da seleção brasileira que enfrenta os Bleus no amistoso da semana que vem…

tigana_triaud_andre_afp

O técnico Tigana, o presidente Triaud e o ex-"Menino da Vila" André (AFP)

– Depois de emprestar Fernando Cavenaghi para o Mallorca, o mesmo Bordeaux o repassou para o Internacional de Porto Alegre. O argentino de 27 anos não deve encontrar dificuldades para se adaptar ao futebol do Rio Grande do Sul, onde os sul-americanos colecionam histórias de sucesso. Quem também deixa a terra dos ótimos vinhos é o atacante nigerense Moussa Maazou, 22 anos, emprestado pelo CSKA Moscou novamente ao Monaco, onde fora feliz na última metade da temporada 2009/2010.

– O PSG perdeu o habilidoso meia Stéphane Sessegnon para o Sunderland, um pequeno clube, sim, mas do futebol inglês, o que explica bastante coisa…  A transferência está estimada em 7 milhões de euros e o contrato é de três anos e meio. O beninense de 26 anos estava desde 2005 na França.

– O Monaco não conta mais com os préstimos do atacante Dieumerci (traduzindo: Obrigado Deus – ?!) Mbokani, emprestado até o final da temporada para o Wolfsburg, que buscava um substituto para o bósnio Edin Dzeko, recém-saído para o Manchester City. Vindo do belga Standard de Liège, onde não lhe faltaram gols, o congolês de 25 anos acabou decepcionando no clube francês. Vamos ver como se sai na Alemanha, pois ele não foi revelado por qualquer time, mas pelo Tout Puissant Mazembe!

–  Mas o Monaco também acaba de se reforçar: está de chegada o volante Mahamadou Diarra, vindo do Real Madrid. A assinatura do contrato virá após a realização de exames médicos. Reserva no clube espanhol há um bom tempo, o malinês de 29 anos volta ao país por onde atuou, de forma vitoriosa, entre 2002 e 2007, defendendo o rolo compressor da época, o Lyon.

Lyon que perdeu mesmo Jean Il Makoun para o Aston Villa. Depois de quase dez anos na França (sete no Lille e dois e meio no OL), o volante camaronês de 27 anos será parceiro de meio de campo de Robert Pirès no clube inglês.

– O Saint-Etienne se reforçou com o meio-campista Alejandro Alonso, que deixa o Monaco, onde estava desde meados de 2008. Com 28 anos, o argentino assinou contrato de dois anos e meio. Em compensação, perdeu um argentino, o atacante Gonzalo Bergessio, emprestado ao Catania, da Itália. Também chegou o meia-atacante Pierre-Emerick Aubameyang, de 21 anos, eternamente emprestado pelo Milan desde que virou profissional. O franco-gabonês passou antes por Dijon, Lille e Monaco. Vamos ver se agora vai…

Caçapa-fotoVipcomm

Claudio Caçapa: Bienvenue de retour!

– Outro brasileiro que de fato foi para a França, ou melhor, retornou, foi Cláudio Caçapa. Depois de ter tido poucas oportunidades no Cruzeiro, o zagueiro de 34 anos defenderá o Evian, um dos destaques da Ligue 2, até o final da temporada, com possibilidade de extensão do contrato. Ele já foi muito feliz em terras gaulesas, quando defendeu o Lyon entre 2001 e 2007. Tomara que dê certo!

– Fora da França, Jonathan Biabiany deixa o elenco da Internazionale e segue para a Sampdoria, envolvido em transação que trouxe o também atacante Giampaolo Pazzini para o time de Milão. O jovem de 22 anos não estava nos planos de Leonardo e saiu como contrapeso para a vinda de Pazzini. Que levante a cabeça e mostre o que sabe em outro clube italiano, então.

>>> Dá pra ver os negócios concretizados nos 20 times da Ligue 1, a elite francesa, no site do L’Equipe.

Faltou alguém importante?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 16 de agosto de 2010 Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 17:29

Olha quem está lá embaixo

Compartilhe: Twitter

Duas rodadas de Campeonato Francês disputadas e, mais interessante do que procurar os ponteiros da tabela de classificação, é conferir os derradeiros: Bordeaux, em 19º, e Olympique de Marselha, 20º. Os dois últimos campeões franceses. Enquanto isso, quem lidera, ao lado do Toulouse? Caen, atual vencedor da segunda divisão…

Não se pode negar um princípio de crise pros lados de Marselha. A apreensão se justifica, pois tomar cinco gols com duas derrotas nas duas primeiras rodadas do campeonato é mesmo preocupante para quem entra na briga com a faixa de vencedor. Primeiro, perdeu em seus domínios pro Caen. E no sábado agora, não resistiu ao Valenciennes, que fez valer o fator casa, abriu 3 a 0 e acabou segurando a vitória por 3 a 2.

Uma das formas de reverter o quadro até aqui desastroso é o reforço do elenco, que acaba de perder dois atacantes, ambos africanos, ambos de nome Mamadou: o senegalês Niang, artilheiro da última Ligue 1 e agora do turco Fenerbahce, e o malinês Samassa, transferido justamente para o VAFC, para o qual já fora emprestado. A diretoria prometeu trazer dois jogadores de peso para o setor, mas Luís Fabiano já não vai ser um deles. Fala-se em Berbatov (que aliás marcou para o Manchester United minutos atrás), Pavlyuchenko (Tottenham), Rémy (Nice). O fato é que Brandão precisa de companhia rapidamente, pois, das novidades que se incorporaram ao time até o momento, apenas o jovem ganês André Ayew parece empolgar.

O Bordeaux, que só tem competições nacionais a disputar nesta temporada, também não pode deixar o navio da Ligue 1 se distanciar muito, senão… Suas derrotas foram para rivais de maior envergadura: Montpellier, fora, e Toulouse, dentro. Acho que a solução também aponta para investimento no ataque, pois Marrouane Chamakh se foi (e é o Arsenal quem atualmente goza de sua eficiência ofensiva) e quem chegou, além da revelação Anthony Modeste, ex-Angers? Modesto demais, heim… O presidente Jean-Louis Triaud se mostra insatisfeito com que anda vendo e pede mais disposição dentro de campo.

Uma estatística para deixar OM e Girondinos alertas: somente uma vez em toda a história o campeão francês  perdeu nas duas primeiras rodadas (o Nice, lá em 1950-51…). Mas vejo essa marca como perfeitamente atingível, considerando que restam ainda 36 jogos e 108 pontos a disputar.

valenciennes olympique marselha Cesar Azpilicueta Fahid Ben Khalfallah Steve Mandanda

Valenciennes x Olympique: O lateral direito Cesar Azpilicueta tenta atrapalhar Fahid Ben Khalfallah diante de Steve Mandanda. O espanhol, vindo do Osasuna, é um dos novos reforços do Marselha (AFP)

Lyon, PSG e a terça-feira
O Lyon não pode se vangloriar, pois ainda não venceu. Após empate sem gols contra o Monaco, levou a maioria dos titulares para Caen e sentiu na pele a força da primeira sensação do torneio. Claro que a expulsão de Réveillère, no final do 1º tempo, ajudou a fragilizar os lioneses – Michel Bastos acabou sacrificado e substituído -, assim como a lesão que obrigou Cris a deixar o campo. Mas é bom trabalhar bastante para não fazer feio nacionalmente e chegar cabisbaixo para a Liga dos Campeões.

Líder também poderia ser o Paris Saint-Germain, se tivesse vencido o Lille ontem. Porém o empate não foi ruim, dada a força do adversário. Assim como o PSG, o Toulouse só levou um gol em duas partidas e, como venceu as duas, está ao lado do /Cãn/ na classificação. A eles pode se juntar o Montpellier, se vencer o Monaco no jogo adiado da rodada, pelo mau tempo, que deve acontecer na terça. Outra boa atração para amanhã é a partida de ida entre Zenit e Auxerre, no playoff das Champions, a partir das 13h30 de Brasília. Torcida para o Juventude francês!

Algo mais?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,