Publicidade

Posts com a Tag Toulouse

terça-feira, 11 de agosto de 2009 Eliminatórias da Copa, Extracampo, Francês da 1ª divisão, Seleção francesa | 23:07

Boas novidades

Compartilhe: Twitter

Logo que acabou a última Ligue 1, o recém-chegado técnico Didier Deschamps disse querer um Juninho ou Gourcuff para o Olympique de Marselha. Sugeri Michel Bastos. O Lyon, que perdeu seu maestro pernambucano, escutou minha indicação (modéstia à parte…), tirando o habilidoso meia do Lille. Que ele se entenda com Ederson, afinal falam o mesmo idioma. Sem dúvida, é uma das maiores novidades para a temporada que está começando.

Também pesam no OL os nomes dos atacantes Lisandro López, argentino ex-Porto, e Bafétimbi Gomis, francês ex-Saint Etienne (“Bafetimbi” é de uma sonoridade única, não acha?). Precisava mesmo, afinal a referência na frente, Karim Benzema, foi ganhar dinheiro status no Real Madrid. Na defesa, chegou outro jogador do Porto: Aly Cissokho. Vamos ver o que vira.

Deschamps não recebeu os presentões que desejava, mas não dá pra ficar triste com um Lucho González (outro argentino, de novo do Porto!), dá? Para o meio, vieram ainda Diawara (ex-Bordeaux), Edouard Cissé (ex-Besiktas-TUR) e M’Bia (camaronês ex-Rennes), pois saíram Cana e Zenden. E o OM agora tem dois renomados estrangeiros, o zagueiro argentino Gabriel Heinze e o atacante espanhol Fernando Morientes. Certamente há time para brigar pelo título em Marselha. 

O atual defensor do título, por sinal, parece satisfeito com o elenco que já provou ser vitorioso: perdeu Diawara e, de significativo, trouxe o meia tcheco Jaroslav Plasil (não é remédio!), ex-Osasuña-ESP, e trocou goleiros – Valverde por Carrasso. Para os padrões franceses, o entrosamento de Fernando, Wendell, Gourcuff, Chamakh e cia. pode ser suficiente; mas para quem vai encarar a fase de grupo da Liga dos Campeões, acho pouco. Ainda em termos de pouco, um pouco dos demais:

PSG: perdeu Kezman, substituiu Landreau pelo experiente Coupet no gol.
Toulouse: perdeu Carrasso e o lateral Mathieu, trouxe o atacante Luan, ex-São Caetano.
Lille: perdeu Bastos e ganhou Landreau.
Monaco: sem Ricardo Gomes, repatriou o meia Nenê e contratou o volante Eduardo Costa, ex-São Paulo (foto)

*LEMBRANDO QUE AMANHÃ a França tem jogo importantíssimo em sua caminhada para a Copa de 2010 contra a fraquíssima “seleção” das Ilhas Faroe (será que é preciso selecionar por lá?), a partir das 13h (de Brasília). Uma boa apresentação deste e outros duelos pelas Eliminatórias estão neste texto do Trivela.com. 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 6 de julho de 2009 Francês da 1ª divisão | 19:40

Pelé francês

Compartilhe: Twitter

Pra todos verem que não estou inventando… (foto: Luciofr/Wikipedia.fr)

Semana passada eu disse aqui que o Toulouse perdeu o goleiro Cédric Carrasso para o Bordeaux. Faltou lembrar que a meta do TFC será guardada agora por ninguém mais ninguém menos que Yohann PELÉ. Com 1,96 m e 87 kg, sem dúvida nenhuma trata-se de um grande goleiro, apelidado na França de “L’Albatros” por sua grande envergadura (l’explication: o albatroz é uma das maiores aves marinhas do mundo!).

Pelé, de 26 anos, começou no Le Mans, onde jogou mais de 160 vezes entre 1999 e 2009. Já defendeu a seleção de novos, mas ainda espera sua chance no grupo principal – foi convocado apenas uma vez para um amistoso em 2008, só que não jogou -, algo que pode ser facilitado pelo Toulouse, que foi muito bem na última Ligue 1 e vai disputar a Liga Europa. “Nunca disputei uma competição europeia e isso foi importante para minha decisão de vir para cá. O clube é ambicioso”, afirmou o xará do Rei, com contrato de quatro temporadas.

Para conhecer um pouco mais das habilidades do Pelé francês, veja um vídeo com seus mais bonitos g…, ou melhor, defesas: (com participação involuntária de Juninho Pernambucano! Ah, “MUC 72” é como os franceses se referem ao Le Mans, que se chama Le Mans Union Club 72)

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 3 de julho de 2009 Brasileiros na França, Extracampo, Francês da 1ª divisão | 17:10

Sudamerica en Francia

Compartilhe: Twitter

Entre as últimas boas novidades do mercado da bola francês, estão dois sul-americanos, especificamente de Brasil e Argentina, a nata do continente. Chega ao Toulouse o atacante Luan, ex-São Caetano. Natural de Araras, interior paulista, onde começou sua carreira no União São João em 2007, ele se destacou pelo Azulão na Série B do ano passado e no último Paulistão. O jovem de 20 anos está felicíssimo com a chance de jogar na Europa e promete muita dedicação no time que vai disputar a Liga Europa por ter ficado em 4º no último nacional. A começar pelo desempenho físico nos testes pré-temporada realizados em Luchon, sob muito calor, o garoto começou bem.

O vice-campeão Olympique de Marselha foi buscar o meia-atacante Lucho González. O experiente Luis Oscar (seu nome de verdade), 28 anos, começou no Huracán, se projetou internacionalmente no River Plate e jogou as últimas quatro temporadas no Porto. Tem bagagem na seleção argentina, com o ouro na Olimpíada de 2004, dois vices em Copa América e a participação na última Copa do Mundo. Se fizer uma dupla afinada com Ben Arfa na armação do OM, vai dar samba. Ou melhor, tango. O clube ainda trouxe o bom zagueiro senegalês Souleymane Diawara, do Bordeaux, e o meia Edouard Cissé, do Besiktas (Turquia), reunidos ao elenco que se prepara em Évian-les-Bains.

Luan (à dir.) corre ao lado de Paulo César no TFC (site oficial)

Já no Lyon…
Colega de Lucho no Porto, Lisandro López é mesmo o mais cotado para o lugar de Benzema, pois o presidente Jean-Michel Aulas vai pessoalmente a Portugal neste fim de semana para negociar a compra do argentino. Trezeguet (Juventus-ITA), Gignac (Toulouse) e Rémy (Nice) foram citados pelo dirigente como opções consideradas, mas as respectivas tratativas não apresentaram evoluções. No caso do artilheiro da Ligue 1, o TFC fez questão de dizer ao OL que Gignac não está à venda, em carta aberta para quem quiser ler (e entender algo de francês…).

Ontem, surgiu o nome do holandês Ruud van Nistelrooy, há um bom tempo sem jogar no Real Madrid por conta de lesão, e agora ameaçado justamente por Benzema. Até que seria interessante, para equilibrar um pouco as forças na Europa. Se o formador de galácticos Florentino Pérez quiser se livrar de outros holandeses, como Van der Vaart e Sneijder, a França poderia acolher também…

Lembrando que o OL perdeu outro atacante nesta semana, o marfinense Kader Keita, para o Galatasaray (Turquia). Na zaga, pode receber de volta o ex-corintiano Anderson, emprestado ao Cruzeiro – o vínculo dele com o clube brasileiro acaba dia 11. O Lyon já chegou a Tignes para sua pré-temporada.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 29 de junho de 2009 Extracampo, Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 21:46

Goleiros que vêm e vão

Compartilhe: Twitter

Carrasso se apresenta ao Bordeaux nesta terça: exposição agora não vai faltar (France Football)

Enquanto a bola não rola na Europa (o Campeonato Francês só volta no dia 8 de agosto, por exemplo), as equipes europeias procuram reformular seus elencos, o que gera, além de notícias de transferências, muitas especulações que surgem e desaparecem no espaço de um dia. É por isso que este blog guarda certa reserva em ficar destacando todos os “buxixos” que aparecem vinculados à França, para não correr o risco de reproduzir boatos sem fundamentos (porém, quem quiser discutir aqui alguma especulação mais quente, sempre haverá espaço, basta dizer!).

Porém, idas e vindas interessantes despontaram nesta segunda, e todas envolvendo goleiros. Grégory Coupet, que virou ídolo no Lyon e defendeu a seleção nas Copas de 2002 e 2006, deixou o Atlético de Madri, da Espanha, para acertar com o Paris Saint-Germain. O PSG, por sua vez, cedeu Mickaël Landreau ao Lille, justamente o time que “roubou” sua vaga na primeira Liga Europa, a ex-Copa da Uefa.

Outro arqueiro que vai vestir novas luvas é Cédric Carrasso, revelado pelo Olympique de Marselha e que defendeu o Toulouse na última temporada. E seu destino não é nada modesto: o Bordeaux, atual e fresquinho campeão francês. Se Coupet não vai disputar torneios europeus e Landreau vai jogar a Liga Europa, Carrasso, o menos badalado dos três (foi convocado apenas uma vez para os Bleus), terá o privilégio, negado a seus colegas de posição, de encarar a Liga dos Campeões da Europa – pra gente ver como o mundo dá voltas, né não?

Para ver as últimas notícias que movimentam a França, visite a página de futebol francês do iG Esporte CLICANDO AQUI. E se quiser comentar algo, não o faça lá, mas aqui, onde certamente seu comentário vale mais e terá todo carinho da minha atenção, bien sûr!

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 1 de junho de 2009 Francês da 1ª divisão | 21:15

Porque os números não mentem

Compartilhe: Twitter

Finado o Campeonato Francês 2008/2009, nada de clima de velório aqui no Le Blog, apesar de muitos franceses estarem de luto pelos desaparecidos do voo da Air France, que ia do Rio a Paris, na madrugada desta segunda. Os números estão aí, mais do que vivos, e cabe a este blogueiro esmiuçá-los para ver o que sai de útil, afinal, já dizia o velho (e agora adaptado) refrão, eles não mentem nem que tentassem.

O Bordeaux levantou a taça por ter somado mais pontos do que os 19 concorrentes, 80 de 114 possíveis, um ótimo aproveitamento de 70,17%. Foi o time que mais venceu no certame, com 24 triunfos em 38 jogos (63,15%). Ao vice-campeão Olympique de Marselha coube o consolo de ser o melhor da Ligue 1 em três quesitos: menos derrotas (apenas 5, contra 6 do Bordeaux e do Toulouse), ataque mais efetivo (67 gols, três a mais que os campeões) e saldo de gols mais positivo (32, contra 30 dos Girondinos). Ou seja: minha aposta no OM como campeão não era infundada, d’accord?

Nem 70, 24 ou 5. O que mais vale é ser o número 1 do país (Bordeaux, domingo, AFP)

Grata surpresa foi a campanha do Toulouse (4º colocado), que deve agradecer à sua defesa a vaga conquistada na primeira Liga Europa (substituta de outra finada, a Copa da Uefa): empatou em pontos com Lille (5º) e Paris Saint-Germain (6º), fez menos gols (45, contra 51 e 49) mas, em compensação, tomou 12 tentos a menos que o Lille e 11 a menos em relação ao PSG. O time violeta foi destaque também pelo artilheiro da competição, André-Pierre Gignac, com 24 gols em 38 partidas (média de 0, 63%).

Um gol apenas foi a vantagem do saldo do LOSC sobre o clube da capital, mas o estrago foi grande, deixando o tradicional PSG fora de qualquer torneio europeu na próxima temporada. Culpa talvez da dependência da equipe em relação a Guillaume Hoarau (vice-artilheiro ao lado de Benzema, do Lyon), que marcou 17 dos 49 gols parisienses (35%) e se ausentou em jogos importantes na reta final. O habilidoso meia brasileiro Michel Bastos veio logo atrás na lista de goleadores (14 gols, empatado com Jelen, do Auxerre), mas, em compensação mais do que vantajosa, o seu Lille vai gozar de projeção continental bem maior na próxima temporada.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sábado, 30 de maio de 2009 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 18:00

BORDEAUX CHAMPION!

Compartilhe: Twitter

Difícil de engolir para Gouffran: dar o título ao atual clube e rebaixar o antigo ao mesmo tempo (AP)

Eu bem que esperava que a façanha de destronar o Lyon na França caberia ao Olympique de Marselha, mas a história encerrada neste sábado foi outra: Football Club Girondins de Bordeaux, campeão francês pela sexta vez! (a última fora em 1998/99)

A conquista foi sacramentada com a vitória sobre o Caen por 1 a 0, mesmo fora de casa e com a necessidade de um mero empate. Com o anfitrião precisando vencer para não ser rebaixado no estádio Michel d’Ornano, os Girondinos sentiram, logo que a bola rolou, a pressão de uma torcida barulhenta num campo apertado. Gourcuff teve boas chances em finalizações, mas o pé não estava calibrado. O Caen chegou a pressionar, mas a sólida defesa com Diawara e Planus, resguardada por Diarra e o brasileiro Fernando, se manteve segura.

Nos primeiros minutos do segundo tempo, uma falta pro Bordeaux deixou o título pra lá de encaminhado: Gourcuff trocou olhares com Gouffran, rolou a bola na extrema esquerda para Trémoulinas, que cruzou para o cabeceio certeiro de… Gouffran! A jogada ensaiada deu certo, bola na rede, mas o artilheiro foi o único entre os Girondinos que não comemorou, em respeito ao clube que o revelou e estava caindo para a Ligue 2 (o que de fato viria a acontecer).

Precisando desesperadamente da vitória para salvar sua pele, pois o Saint-Etienne já abria 3 a 0 no Valenciennes, o Caen ainda se lançou ao ataque, mas não com a competência necessária para marcar, embora segurasse os contra-ataques dos quase campeões, que após os 90 minutos enfim se livraram do quase. Fizeram história pelo Bordeaux em Caen os seguintes jogadores Ramé; Jurietti, Planus, Diawara e Trémoulinas; Diarra, Fernando e Gourcuff (substituído pelo brasileiro Wendell); Jussiê (o brasileiro foi substituído por Sertic), Chamakh e Gouffran (Bellion). Ficaram na reserva, além do brasileiro Henrique,  Valverde e Cavenaghi. 

Os 4 a 0 do Marselha (dois de Niang) sobre o Rennes só serviram para o time sair aplaudido do Vélodrome apesar da segunda colocação. Campeão, vice e o terceiro colocado Lyon – que ficou no 0 a 0 com o Toulouse – jogarão a próxima Liga dos Campeões da Europa. Além do Toulouse (quarto), se classificou para a Liga Europa o Lille (quinto), de Michel Bastos, que fez 3 a 2 no Nancy e contou com uma forcinha do Paris Saint-Germain, incapaz de vencer o Monaco na capital (0 a 0), ir além da sexta posição e se classificar para qualquer torneio europeu – triste!  

No começo da semana, traremos uma análise mais desenvolvida, no plano dos detalhes e dados, da última rodada da Ligue 1: aguardemmm! No fligir dos ovos franceses (observação: “fligir” só existe por causa de “ovos”), caíram para a Ligue 2 Caen, Nantes e Le Havre. Ocupam seus lugares, na Ligue 1 que comecará em agosto, Lens, Montpellier e Boulogne-sur-Mer (sim, sobre o mar!).

Caíram para a National (3ª divisão) Nimes, Troyes e Reims; subiram para a Segundona Istres, Laval e Arles. Desceram para a CFA (4ª divisão) Calais, Entente e Cherbourg, mas daí pra baixo não vou me sujeitar porque é descer muito o nível para a esfera varzeana. 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 25 de maio de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 21:48

Nada como uma segunda

Compartilhe: Twitter

Nada como uma segunda-feira para podermos destrinchar o que houve no fim de semana, quando não trabalhamos no fim de semana – como se fosse normal trabalhar no fim de semana, embora para jornalistas de esportes o sejam. Ladainhas pessoais à parte, o Bordeaux está muito perto de se sagrar campeão após 10 anos graças ao gol do atacante Marouane Chamakh contra o Monaco – o marroquino, ao lado de Gourcuff, tem feito a diferença para os Girondinos na-hora-du-vamu-vê. 

Já faz um tempo que o slogan dele poderia ser Chama-kh-ié-gol

Tentando não jogar a toalha enquanto tem alguma chance, o Olympique de Marselha fez sua parte batendo o Nancy fora por 2 a 1, gols de Bonnart e Brandão, figurinha carimbada na lista de artilheiros das últimas rodadas. O Lyon cumpriu seu objetivo para salvar a temporada: se garantiu em 3º e na próxima Liga dos Campeões da Europa com os 3 a 1 sobre o Caen – Juninho Pernambucano fez seu 100º gol pelo clube, em clima de total despedida (volto a isso no decorrer da semana), Benzema e Govou também carimbaram; Savidan descontou.

Em plena descendente, o Paris Saint-Germain foi derrotado pelo Valenciennes (2 a 1 = Audel e Pujol; Kezman), que por sua vez ressurgiu do limbo para se segurar de vez na Ligue 1. De quebra, o PSG caiu de 4º para 5º porque foi superado no saldo de gols pelo Toulouse, que ganhou do Nice fora – ou seja, na casa da tia – com dois do artilheiraço Gignac, e ambos ainda não estão garantidos na Liga Europa, pois Rennes (3 a 1 no Lorient) e Lille (1 a 0 no rebaixado Le Havre, gol de Michel Bastos) estão dois pontos atrás, zicando os rivais pelas duas vagas no torneio que substituirá a Copa da Uefa.

Lá embaixo da tábua de pontos (não de frios!), o tradicional Nantes (19º, 34 pg) está quase fazendo companhia ao Le Havre, lanterna que já foi pro saco da Segundona faz tempo. A derrota doída – torcedores saíram na mão! – para o Sochaux (2 a 1), por sua vez, deixou o time do glorioso ex-corintiano Carlão (15º, 39 pg) muito perto de salvar a conta bancária na 1ª divisão.

Hoje também estaria rebaixado, após o revés para o Auxerre (1 a 0), o Saint-Etienne (18º, 37 pg) do eficiente Ilan, que perde para o Caen (17º, 37 pg) no saldo de gols (-6 a -20, todo mundo devendo…). Mas como há igualdade de pontos ganhos, eles “só” decidem a vida (e tem coisa mais complicada?) na derradeira rodada; o Le Mans (16º, 39 pg), que empatou com o Grenoble (1 a 1) precisa de mais um ou três pontos para não se afogar. 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 3 de maio de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:12

Agora ficou meio bordô…

Compartilhe: Twitter

Vamos ao “ô balancê, balancê” de mais uma rodada do Francês, que deixou a disputa mais apertada, embora com um candidato a menos. O então líder isolado Olympique de Marselha contou com a sorte para empatar em casa contra o ótimo time do Toulouse (não à toa o 5º): Gignac fez 1 a 0, Niang empatou, Gignac (cada vez mais artilheiro, com 21 gols) voltou a marcar, mas Niang marcou outro, ou melhor, teve seu chute desviado para o gol por um zagueiro desolado (o da foto abaixo): 2 a 2 no Vélodrome, empate pas* mal.

Becão do Toulouse foi prudente ao pôr as mãos para trás, mas o pé direito foi imprudente

Esperto que só, o Bordeaux fez sua parte contra o Sochaux (que tinha no banco o famigerado Carlão, ex-Corinthians, super-ameaçado em 17º), e logo de cara: Sertic aos 7 e Gourcuff aos 14 deram o tom, Chamakh aos 48 do 2º tempo só confirmou. A vitória por 3 a 0 alça os Girondinos aos mesmos 68 pontos do OM, que prevalece no saldo de gols (27 contra 26, um golzin!). Ou seja: para quem tropeçar nas próximas quatro rodadas, o troféu dirá au revoir!

Alguém pode avisar o técnico Laurent Blanc (esq.) que ele tem muita chance de ser campeão??

Esperança renovada em Bordeaux, desolação em Lyon. Juninho Pernambucano fez muita falta, mas creio que não evitaria a derrota fora de casa para o Valenciennes (só o 13º, pode?), duas estocadas de Audel. A defesa falhou, Ederson esbarrou na trave, e ao fim da peleja o zagueiro Cris (ex…Corinthians!) teve de reconhecer. “É o fim da nossa luta pelo título. Fomos muito mal hoje, essa é a verdade. O Lyon não é mais um grande time”. Depois dessa, o que mais falar?

A tragédia do OL só não foi maior porque o Paris Saint-Germain (4º) segue a mesma toada: quando parece que vai se recuperar, tomba novamente. Hoje deixou o Rennes (7º) triunfar no Parc-des-Princes, graças a um gol contra do outro azarado da jornada, Sakho (vou resistir e evitar a piadinha), e perdeu a chance de tirar o Lyon da zona de acesso à próxima Liga dos Campeões da Europa. Bom para o Stade Rennais, empolgadérrimo para a final Copa da França, sábado que vem, contra o Guingamp, da segundona.

Audel supera Lloris, para delírio em Valenciennes, Marselha, Bordeaux, Paris…

Em disputa acirradíssima pelo honroso 9º lugar na tabela, o Auxerre venceu o Monaco do técnico Ricardo Gomes (isso, o ex-zagueiro), no Principado onde o Senna foi rei (saudades, Ayrton!). Resultado que, somado à derrota do Lille (6º) para o Lorient (11º), deixou este pertinho dos monegascos (ou seria monagescos? faz diferença??). Depois do Lorient vem o Grenoble (12º), que empatou xoxamente em zerrô-zerrô com o time da tia Nice (8º).

Chegando mais perto da turma que “piriga” cair para Ligue 2, o VAFC deu uma p… duma respirada ganhando do Lyon, empatando em pontos (40) com o Nancy (14º), cujo zerrô-zerrô com o Saint-Etienne (19º) foi péssimo para o time de Ilan, que seria rebaixado se a parada toda acabasse hoje. Quem ressurgiu foi o Caen (16º), após vitória importantíssima sobre o Le Mans (15º), que não pode achar que já está livre, já que tem 38 pontos e o 18º e primeiro na degola soma 33, justamente o Nantes, que conseguiu um feito incrível: conseguiu perder em casa para o pior time e virtual rebaixado do campeonato, o Le Havre (20º).

* pas = não, nada

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 8
  3. 9
  4. 10
  5. 11
  6. 12
  7. Última