Publicidade

Posts com a Tag Toulalan

terça-feira, 16 de julho de 2013 Extracampo, Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo | 12:42

No vai e vem da janela de transferências, Leonardo sai e Cavani chega

Compartilhe: Twitter

Muito difícil, pro pouco tempo que me aparece pra postar aqui, dar conta de tudo que rola no mercado, então me ajudem trazendo informações nos comentários, por favor!

Depois de vir bastante calado durante esse período de intensa movimentação de mercado da bola, o Paris Saint-Germain anunciou um nome de peso: o atacante uruguaio Edinson Cavani, apresentado hoje com pompa, circunstância e muitos petrodólares envolvidos. Mas será que Ibrahimovic vai dividir espaço com outro sul-americano de renome na linha de frente da equipe?

Pediu demissão do cargo de diretor de futebol do PSG o brasileiro Leonardo, dias depois de sua suspensão pelo “chega-pra-lá” no árbitro Alexandre Castro, no intervalo de PSG 1 x 1 Valenciennes (05/05/2013) ter sido ampliada de nove meses para um ano. O ex-jogador do Paris Saint-Germain vinha desgastado no comando do clube, tendo sofrido uma derrota interna com a troca do treinador de Ancelotti para Blanc, pelo que os amigos comentam.

É uma pena que Leo tenha esses destemperos vez ou outra, não combina com sua lucidez de observador extracampo do futebol!

Um uruguaio se junta aos argentinos Lavezzi e Pastore e ao brasileiro Lucas na linha de frente do "Qatar Investment Authority of PSG"

Um uruguaio se junta aos argentinos Lavezzi e Pastore e ao brasileiro Lucas na linha de frente do “Qatar Investment Authority of PSG”

Mais negócios fechados:

– O Lyon vendeu a promessa Anthony Martial por 5 milhões de euros ao Monaco. É um recorde na Ligue 1 para uma transferência de um jogador com essa idade (18 anos). Em compensação, o OL trouxe o bom meia Gael Danic, de 31 anos, que estava há seis no Valenciennes;

– O jovem atacante se une à extensa lista de reforços monegascos, estrelada por Radamel Falcao, João Moutinho, James Rodriguez, Ricardo Carvalho… Eric Abidal… Jeremy Toulalan… Isimat-Mirin, e ainda outros!;

– O Montpellier perdeu o talentoso meia marroquino Younes Belhanda para o Dínamo de Kiev, além do experiente volante chileno Marco Estrada, rumo ao Al-Wahda;

– O clube ucraniano causou outra perda de impacto na L1, tirando do Bordeaux o eficiente lateral-esquerdo Benoît Trémoulinas;

– Quem também deve estar lamentando uma ausência de impacto é o Saint-Etienne, que perdeu o artilheiro e velocista gabonês Pierre Emerick Aubameyang, destaque do Campeonato Francês, para o Borussia Dortmund, vice-campeão europeu e alemão;

– Sem muito espaço no PSG, o volante Sylvain Armand busca se firmar no Rennes, que viu o também cabeça de área Alou Diarra retornar para o West Ham após empréstimo;

Yaya Sanogo se deu muito bem, trocando um médio clube francês da 2ª divisão, o Auxerre, para um grande inglês da Premier League, o Arsenal. O atacante francês, que passou por várias categorias de base da seleção (acabou de ser campeão mundial sub 20 inclusive), se junta aos compatriotas Koscielny, Sagna, Diaby, Giroud e ao técnico Arsene Wenger entre o elenco gunner;

– Outro francês na vizinha Inglaterra, mas este de retorno, é o veteraníssimo Nicolas Anelka (que tem 34 anos mas aparenta 41 de tão rodado que é…). Seu 12º clube na carreira, o 6º na Premier League (!), é o pequeno West Bromwich Albion (WBA).

– Quer ficar atualizado sobre as transferências envolvendo clubes e jogadores franceses? Acesse as listas do L’Equipe das ligas da França e demais potências europeias;
– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (São mais de 130 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de junho de 2011 Brasileiros na França, Extracampo | 15:35

Mercado: Manager brasileiro para o PSG? Adieu, Fernando (II)

Compartilhe: Twitter

De saída mesmo do banco de reservas da Inter de Milão, Leonardo está indo para o Paris Saint-Germain, onde será diretor de futebol, segundo informou o clube italiano nesta sexta-feira. O rumor está forte na França, e internautas aprovariam a vinda do brasileiro, de acordo com enquete da France Football.

Ex-meia do PSG na temporada 1996/97, quando foi vice-campeão francês e da Recopa europeia, Leo se destacou mais como manager do que técnico na passagem pelo Milan. Creio que a competência dele cairia muito bem na reestruturação promovida pelo fundo catariano que agora comanda o Paris, investindo e querendo recolocar o clube na vitrine do futebol europeu, o que passa necessariamente por Liga dos Campeões da Europa. Além de facilitar a sedução para cima de reforços brasileiros, atualmente ainda considerados sonhos de desejo, como o são-paulino Lucas e o santista Ganso. Concorda?

(Atualização de 24/6: PSG confirma Leonardo)

Leonardo (que sempre achei parecido com Ayrton Senna...) com a camisa tricolor quando jogador (Photo: Presse-Sports)

Leonardo (que sempre achei parecido com Ayrton Senna...) com a camisa tricolor quando jogador (Photo: Presse-Sports)

Mais pinceladas de mercado:

– Fim da era Jérémy Toulalan no Lyon, depois de cinco anos. O volante (botinudo carniceiro? ou grisalho charmosão?) de 27 anos vai para o Málaga, da Espanha, com o qual deve assinar por quatro anos. Na temporada passada, o time de Júlio Baptista apenas lutou contra o rebaixamento. Boa sorte então…

Michel Bastos também deve deixar o OL. Estava com um pé na Juventus há um tempão, mas alguém sabe se o negócio vingou mesmo? De férias no Brasil, foi visto conversando com o presidente do Palmeiras num restaurante de São Paulo. Mas acho que o Palestra não tem qualquer chance de se sair melhor que a Juve nessa disputa…

– Outra época que se finda é a do também brasuca Fernando Menegazzo no Bordeaux. Seis anos depois, o volante campeão francês em 2008/09, de 30 anos, vai faturar uma grana no Al-Shabab, da Arábia Saudita, em contrato de três anos. Chegando nessa idade, tem de priorizar família e aposentadoria, tá certo…

Fora dos torneios europeus novamente, o Bordô terá dificuldade para oferecer ao recém-chegado técnico Francis Gillot um elenco top. Nomes fortes do elenco girondino como Benoît Trémoulinas e Alou Diarra querem sair, mas o presidente Triaud não os liberará para o Olympique de Marselha, conforme indica a FF hoje.

– O OM trouxe por ora apenas o meia Morgan Amalfitano, de 26 anos, que jogou no Lorient nos últimos três anos. Bom reforço, tão importante quanto a permanência de Lucho González, líder em campo. O meia argentino estava decidido a sair, mas por causa do técnico Deschamps toparia continuar, segundo seu empresário. Seu compatriota Gabriel Heinze, por outro lado, está livre para negociar com o clube que quiser a partir de julho. Vale lembrar que Taye Taiwo já acertou com o Milan antes mesmo da temporada acabar, sendo mais um desfalque defensivo. Ou seja, precisa vir mais gente, não?

Último post sobre o tema:

>> Mercado: Quem sai, quem fica e quem para (I)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 6 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:50

Ligue 1, 34ª rodada: os grandes Olympiques frente a frente

Compartilhe: Twitter

Nenê brilhou no primeiro jogo contra o ASM. E no segundo? (Divulgação)

Era tudo que o Lille queria para o oponente principal na luta pelo título: vai lá Marselha, pega o Lyon! E assim o clássico dos Olympiques ganha contorno decisivo, até porque o OL pode diminuir sua distância para o OM para três pontos e ainda seguir com chances de taça ou vice, que também conta muito por colocar o time diretamente na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Do lado marselhês, Didier Deschamps terá Lucho González e Cheyrou, recuperados de contusões. O zagueiro brasileiro Hilton, que costuma ficar no banco, é a ausência. Sem Toulalan e e Ederson (de novo lesionado), Claude Puel poderá contar com Cris e Briand entre os lioneses. Gourcuff, porém, ainda é dúvida.

Em compensação, o LOSC não deve se animar muito porque vai ter de enfrentar o desespero de um Nancy, fora de casa, que precisa da vitória para talvez já sair do início da zona de rebaixamento – soma 38 pontos, em 18º, um atrás de Valenciennes, Monaco, Auxerre, Caen e Nice, todos ainda preocupados com a manutenção na elite.

É nesse clima de obrigação de vitória que o Monaco reencontrará Nenê no Principado. No jogo do turno, no Parc des Princes, o brasileiro do PSG não quis saber de cerimônia e fez os dois gols do time no empate por 2 a 2. Em briga diretíssima com o Lyon pelo terceiro lugar que vale a terceira vaga na Champions, o Paris ficará de olho bem aberto no pega de domingo do Gerland.

Eis a rodada: 

Sábado, 7/5

14h – Monaco (14º) x Paris-SG (4º)SporTV2 anuncia transmissão em VT às 20h30
14h – Lorient (6º) x Toulouse (11º)
14h – Bordeaux (8º) x Sochaux (7º)
14h – Arles-Avignon (20º) x Saint-Etienne (9º)
14h – Auxerre (15º) x Montpellier (10º)
14h – Brest (12º) x Nice (17º)
14h – Caen (16º) x Lens (19º)
16h – Nancy (18º) x Lille (1º)

Domingo, 8/5 (feriado na França, Dia do Veterano em lembrança ao fim da Segunda Guerra Mundial)

12h – Valenciennes (13º) x Rennes (5)
16h – Lyon (3º) x O. Marseille (2º)SporTV2 anuncia transmissão ao vivo do clássico! (pena que é no mesmo horário das decisões pelos estaduais brasileiros, maldade isso…)

>> Classificação a 5 rodadas do finalLille lidera com 63 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 62, Lyon e PSG, com 56, Rennes, com 52, e Lorient, com 47. Veja tabela completa

Dando tempo, volto e aumento…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 1 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão | 01:10

Nada de novo entre os endinheirados

Compartilhe: Twitter

Essa é da semana passada, mas não consegui subir aqui antes. Como faz todo semestre, a France Football divulga a lista dos maiores salários do futebol europeu e também dentro da França. No país do biquinho, não houve surpresa: os cinco primeiros são os mesmos cinco da relação divulgada em abril.

heinze

Gabriel Heinze, por cima da bola e no topo da liga (Getty Images)

O zagueiro argentino Gabriel Heinze continua se sobressaindo a meias e atacantes goleadores com o que o Olympique de Marselha muito bem lhe paga. Em seguida, aparecem Yoann “Yo-yo” Gourcuff, do Lyon, outro argentino, Lucho González, também do Olympique, o brasileiro Cris e outro hermanito, Lisandro López, ambos lioneses. Dos dez primeiros, seis são estrangeiros. Entre os brasucas, além de Cris, despontam Michel Bastos, Nenê e Ederson, todos meia-atacantes, ao contrário do zagueiro.

Salta aos olhos, logo de cara, o poderio financeiro de Olympique de Marselha e Lyon, com nada menos que 15 dos 20 jogadores mais bem assalariados da Ligue 1. O Paris Saint-Germain, time da capital francesa, possui quatro atletas. O Bordeaux encerra a relação com um nome. Já o atual líder da Ligue 1, o Lille, e o terceiro colocado, Rennes, ficaram de fora, o que é assaz curioso por mostrar que dinheiro não é o fator preponderante para se destacar na tabela de classificação… Caso um desses dois postulantes ao título consiga a façanha de levantar a taça, talvez figure no top 20 da temporada 2011/2012.

>> Veja o atual ranking de salários, com a comparação com o de 2009/2010 e o número de partidas, assistências e gols após 28 rodadas do Francês, para termos uma noção da efetividade dos caras:

1. Gabriel Heinze (zagueiro argentino, OM): 4,5 milhões de euros/ano, manteve posição, 22 jogos e 2 gols
2. Yoann Gourcuff (meia francês, Lyon): 4,4 / manteve /  22 jogos, 4 assistências e 2 gols
3. Lucho Gonzalez (meia argentino, OM): 4,3 / manteve / 27 jogos, 3 assistências e 7 gols
4. Cris (zagueiro brasileiro, OL): 4,3 / manteve / 14 jogos
5. Lisandro Lopez (atacante argentino, OL): 4,1 / manteve / 19 jogos, 2 assistências e 12 gols
6. André-Pierre Gignac (atacante francês, OM): 3,8 / subiu 10 posições (estava no Toulouse) / 22 jogos, 3 assistências e 5 gols
7. Kim Källström (volante sueco, OL): 3,7 / manteve / 24 jogos, 2 assistências e 2 gols
8. Bafetimbi Gomis (atacante francês, OL): 3,5 / subiu 1 posição / 28 jogos, 2 assistências e 10 gols
9. Michel Bastos (meia brasileiro, OL): 3,4 / subiu 1 posição / 23 jogos, 3 assistências e 5 gols 
10. Ludovic Giuly (atacante francês, PSG): 3,2 / subiu 2 posições / 26 jogos, 6 assistências e 4 gols
11. Claude Makelele (volante francês, PSG): 3,1 / caiu 3 posições / 25 jogos e 1 assistência
12. Nenê (meia brasileiro, PSG): 3 / não constava / 26 jogos, 5 assistências e 13 gols
13. Loic Rémy (atacante francês, OM): 3 / não constava / 25 jogos, 2 assistências e 9 gols
14. Jérémy Toulalan (volante francês, OL): 3 / não constava / 22 jogos e 1 assistência
15. Stéphane M’Bia (volante camaronês, OM): 2,9 / não constava / 21 jogos e 1 gol
16. Mathieu Valbuena (meia francês, OM): 2,9 / não constava / 22 jogos e 3 gols
17. Guillaume Hoarau (atacante francês, PSG): 2,8 / manteve /  26 jogos, 5 assistências e 8 gols
18. Alou Diarra (volante francês, Bordeaux): 2,8 / manteve / 23 jogos e 4 gols
19. Ederson (meia brasileiro, OL): 2,8 / manteve / 1 jogo (se contundiu e teve que operar)
20. Steve Mandanda (goleiro francês, OM): 2,8 / manteve / 28 jogos

O que você acha desses valores e números? Opine!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de março de 2011 Extracampo | 09:59

Les chouchous des supporters! (uh la lá…)

Compartilhe: Twitter

De carona no sucesso que foi o post do Blog do Alemão com torcedoras elegendo os jogadores mais bonitos que atuam por lá, Le Blog du Foot apela se rende ao gosto feminino e permite que quatro fãs escrevam sobre seus eleitos cá também, os “chuchus das torcedoras”.

Que fique claro que elas próprias escolheram seus sonhos de consumo atletas preferidos sem qualquer interferência minha – desta vez, só cedi o espaço e fiz a publicação. Agradeço-lhes e digo aos leitores que estou aberto a novas participações dos internautas (pensei numa eleição dos mais feios, mas quem seria páreo para Franck Ribéry??). Quem quiser escolher qual o jogador abaixo mais bonito, fique à vontade, mas não o peça ao Bruno Pessa…

———————————————————————————————————

Por Maria Luiza Iubel

GOURCUFF*Nome: Yoann Miguel Gourcuff
*Idade: 24 anos (11/07/1986)
*Cidade que nasceu: Plomeur
*Clube atual: Lyon
*Clube onde começou: Lorient
*Posição: Meia
*Altura: 1,85
*Cor dos olhos: Verdes
*Cor do cabelo: Castanho
*Estado civil: SOL-TEI-RÍS-SI-MO (ouço fogos de artifício, aplausos e gritinhos esperançosos!)

Não tem como falar de jogador bonito sem citar Yoann Gourcuff. Yoyo (para os íntimos) é daqueles jogadores que arrasam corações, capaz de fazer as mulheres frequentarem os estádios SÓ para ver aquele belo par de olhos verdes (compreensível). Tanto é verdade que, quando foi para o Lyon, a camisa 29 foi um sucesso de vendas e teve um aumento de 250% (!!!) nas vendas do modelo feminino! Meio campista, o francês já atuou pelo Rennes, Milan e Bordeaux, onde conquistou o título francês na temporada 2008/2009 – e também foi escolhido o jogador da temporada. Os franceses adoram comparar o estilo de jogo de Gourcuff com o estilo elegante de Zinedine Zidane (mas a gente sabe que Zizou só tem um). Atualmente, mostra-se ser um dos homens de confiança do técnico da seleção francesa, Laurent Blanc.

Fora de campo, o moço é bem reservado – sabemos de alguns affaires que teve, mas nada oficial. Ele também aproveita o tempo livre (e a beleza) para estrear alguns anúncios publicitários e fazer ensaios fotográficos. Fã de tênis, Yoyo chegou a competir em um mesmo torneio com Rafael Nadal, quando era criança (perdeu na semi-final e o espanhol foi campeão), mas teve que optar entre o futebol e o tênis e escolheu o esporte bretão muito pela influência de seu pai, Christian (atual treinador do Lorient). Educadíssimo, simpático, lindo, bom moço, elegante, o genro que sua mãe pediu , o que toda garota quer … enfim, um príncipe de verdade! Mon Dieu!

———————————————————————————————————

 Por Aryane Rolim

valverde*Nome: Matthieu Valverde
*Idade: 27 anos (14/05/1983)
*Local de nascimento: Montreuil
*Clube onde começou: Bordeaux
*Clube atual: Toulouse
*Posição: Goleiro
*Altura: 1,85
*Cor dos olhos: Verdes
*Cor do cabelo: Castanho

Com seis anos de idade, Mathieu jogava em linha, mas acabava sempre escalado para o gol (não recusava a grande oportunidade de se jogar na lama), e como não havia nenhum bom goleiro em seu time, acabou ficando nessa posição. Seu irmão também é goleiro e de certa forma, o influenciou… Assim, ele acabou descobrindo sua paixão em ser um guarda-redes. Na atual temporada pelo Toulouse, Valverde salvou 68 bolas em 25 jogos.

Agora vamos ao assunto e a questão mais importante sobre o goleirão: ELE ESTÁ SOLTEIRO? Sim, esse gato que faz aula de violão (já o vejo fazendo uma bela serenata para mim…), gosta de morenas (o que ele está esperando para vir ao Brasil?), é atencioso com os fãs e ama gatos, está solteiro.

Além de tudo, é inteligente! Chegou a matricular-se na faculdade de Ciências de Boudeaux, um curso de dois anos, mas estudou durante apenas seis meses (não te julgamos, viu Math?). Quando mais jovem também gostava muito de desenhar, e ainda pensa em voltar a fazer isso… Se não tivesse entrado para o futebol, hoje talvez fosse um arquiteto!

Acho que não podemos pedir mais nada a Deus depois de conhecer um pouquinho esse homem não é, meninas?

———————————————————————————————————

Por Carolina Lima

lloris*Nome: Hugo Lloris
*Idade: 24 anos (26/12/1986)
*Cidade em que nasceu: Nice
*Clube onde começou: Nice
*Clube atual: Lyon
*Posição: goleiro
*Altura: 1,88
*Cor dos olhos: Castanhos
*Cor dos cabelos: Castanhos
*Estado civil: comprometido (para a tristeza da mulherada)

Hugo Lloris é considerado um dos melhores goleiros do mundo e foi formado nas categorias de base do time de Nice. Lá ele fez seu debut no time principal em 2006, com apenas 19 aninhos, chamando a atenção de todos com sua bela atuação contra o Rennes. Vários clubes europeus quiseram comprar o fofo mas o Lyon, em 2008, bateu o martelo, o comprando por 8, 5 milhões de euros. Além de brilhar por seu clube, ele também arrasa na seleção principal da França  e atualmente é titular absoluto e vice-capitão.

Fora dos campos, esse príncipe francês é muito discreto, dá poucas entrevistas e nunca aparece nos tablóides de fofocas. Isso provavelmente acontece porque ele é um moço de família (o que torna ele ainda mais lindo). Seu pai é um banqueiro de Montecarlo (u lá lá) e sua mãe era advogada. Infelizmente, ela faleceu em 2008, enquanto Lloris ainda jogava no Nice e, apesar das circunstâncias, o fofo não deixou de guardar as redes do clube, apenas dois dias depois. Nas horas vagas, assim como seu grande amigo Yoann Gorcuff, Lloris dedica tempo a sua outra paixão, o tênis. Em 23 de setembro de 2010, esse lindo jogador virou papai de uma garotinha chamada Anna-Rose.

———————————————————————————————————

Por Débora Durães

toulalan*Nome: Jérémy Toulalan
*Idade: 27 anos (10/09/1983)
*Cidade em que nasceu: Nantes
*Clube onde começou: Nantes
*Clube atual: Lyon
*Posição: Volante
*Altura: 1,83
*Estado Civil: Casado, é, fazer o quê?

Jérémy Toulalan é o “homem com três pulmões” do Lyon. Toulalan é um cara tímido e bastante discreto, está longe de ser um jogador celebridade. Avesso a badalações, nas horas de folga gosta de ficar em casa e desfrutar da companhia de sua esposa e filhos. Brincar e ver TV com família é o seu maior prazer, fofo não?

A primeira vez que o Toulalan me chamou a atenção foi durante um jogo da seleção francesa, não me pergunte quando ou contra quem, eu não vou lembrar (risos). Os jogadores estavam perfilados para a execução da belíssima La Marseillaise. Eu, como de costume, estava de olho no Gourcuff, quando de repente aparece aquele belo homem, elegante, de cabelos grisalhos e com cara de bom moço, o Gourcuff virou um menino naquele momento, lindo menino, mas durante o jogo meus olhares foram todos para o charmoso Jérémy Toulalan. Apaixonei (risos).

———————————————

Você acha que faltou alguém? Quem?

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 21 de março de 2011 Francês da 1ª divisão | 17:07

Lille se distancia pra cima e PSG pra baixo no top 5

Compartilhe: Twitter
lyon_rennes_reu

O gol de Theóphile que definiu o 1 a 1 em Gerland: quem ganhou foi o Lille... (Reuters)

Estava desenhada a chance do Lille abrir vantagem no Campeonato Francês, pelos confrontos da rodada do final de semana. Como o líder venceu e o segundo (Rennes) e o terceiro (Lyon) ficaram no empate, agora o LOSC tem quatro pontos a mais que o novo vice, o Olympique de Marselha, que afastou ainda mais o PSG da corrida pelo título no clássico do povo. 

Contando com a eficiência e inspiração de seus dois principais artilheiros na Ligue 1, os africanos Moussa Sow e Gervinho, o Lille virou sobre o Brest – foi a terceira derrota do Stade Brestois em 14 partidas em casa – e confirmou o favoritismo de maior favorito ao título. Sow se isolou ainda mais na lista de goleadores do torneio, com 19 gols, enquanto que Gervinho agora é o quinto, ao lado de Lisandro López, com 12. El-Arabi marcou mais um pelo Caen, na vitória contra o lanterníssimo Arles, foi a 14 e se descolou de Nenê, ainda com 13.

Tentando juntar os cacos decorrentes da eliminação na Liga dos Campeões para o Real Madrid, o Lyon conseguiu “achar” o primeiro gol do jogo contra o Rennes, em duelo direto: Lisandro chutou, a bola desviou em Gomis e enganou o goleiro Douchez – vale lembrar que a dupla de atacantes é responsável por mais da metade dos gols lioneses na competição. Do banco de reservas, Cris viu sua equipe sofrer o castigo do empate mesmo com um a menos (o colombiano Montaño foi pro chuveiro merecidamente no 2º tempo, após agredir Lovren, porque seu pisão em Toulalan no 1º passou incólume), quando, perto do fim, o defensor Kévin Théophile-Catherine testou para a rede de Lloris, depois de cobrança de M’vila. Resultado injusto, mas futebol é isso aí…  

Sem Brandão de vez, depois de negociá-lo para o Cruzeiro, o OM não sentiu falta dos gols, que vieram em precisa cobrança de falta de Gabriel Heinze, argentino ex-PSG (entre 2001/02 e 2003/04), e graças a cabeceio do ganês André Ayew, aproveitando cruzamento de André-Pierre Gignac. O gol parisiense saiu depois que Chantôme complementou rebote de chute de Nenê que acertou a trave. Decepcionado e realista, o presidente do Paris, Robin Leproux, já coloca como meta para o clube ficar entre os cinco primeiros no final das contas…

om_psg_gol_heinze_reu

O lance em que Heinze venceu Grégory Coupet e a bola acabou na rede (Reuters)

Veja os resultados da 28ª journée:

Brest 1 x 2 Lille (Lesoimier; Gervinho e Sow)
Lyon 1 x 1 Rennes (Gomis; Théophile-Catherine aos 43 do 2º) – Montaño-REN foi expulso
O. Marseille 2 x 1 Paris-SG (Heinze e André Ayew; Chantôme) – Quase 53 mil pessoas no Vélodrome
Montpellier 1 x 4 Lens (Bocaly; Akalé, Joris Marveaux contra, Roudet e Jemaa) 
Lorient 0 x 0 Saint-Etienne – O goleiro Janot-ASSE foi o melhor em campo
Valenciennes 2 x 2 Bordeaux (Danic 2; Jussiê aos 35 e Ciani aos 39 do 2º) – 4º gol do meia brasileiro, em 24 jogos
Toulouse 1 x 1 Nice (Santander; Cetto contra aos 48 do 2º) 
Auxerre 2 x 0 Sochaux (Jelen 2
Caen 2 x 0 Arles-Avignon (Mollo e El-Arabi)
Monaco 0 x 1 Nancy (André Luiz) – Quarto gol do zagueiro brasileiro, que soma 25 jogos no campeonato

*Classificação: Lille lidera com 55 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 51, Rennes, com 50, Lyon, com 49, e PSG, com 45. Veja tabela completa

brest_lille_afp

Gervinho é festejado pelos colegas. Ninguém late mais alto que os Dogues até aqui (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 29 de setembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:26

O orgulho da França

Compartilhe: Twitter
"Ceis tão vendo onde eu rendo pra c..., né?", disse Michel no jogo do Lyon (AP)

"Ceis tão vendo onde eu rendo pra c..., né?", disse Michel no jogo do Lyon (AP)

Se as coisas vão mal em âmbito nacional, nada como um torneio continental para voltar a sorrir. É isso que o Lyon tem feito neste início de temporada. Hoje, não se importou com fato de jogar fora de casa e meteu 3 a 1 no Hapoel Tel-Aviv, em Israel. É a segunda vitória em dois jogos pela Liga dos Campeões da Europa, alçando o OL à liderança do grupo B – seis pontos, três à frente de Schalke 04, da Alemanha, e Benfica, de Portugal.

Claude Puel (bem mais aliviado, assim como o presidente Jean-Michel Aulas) escalou Lloris; Réveillère, Diakhaté, Lovren e Cissokho; Toulalan, Källström, Gourcuff (Pjanic, aos 32 do 2º) e Michel Bastos (Gonalons aos 44 do 2º); Briand e Gomis (Pied aos 18 do 2º).

Michel Bastos comandou a vitória, marcando de pênalti aos 7 minutos do 1º tempo e ampliando com uma pintura de gol aos 36 (aproveitou rebote de escanteio, batendo “na orelha” da bola, que fez curva impressionante e entrou na forquilha! – veja no vídeo no fim deste post). O goleiro nigeriano Enyeama – aquele mesmo que se destacou na Copa 2010, especialmente contra a Argentina – descontou aos 34 da segunda etapa, também cobrando penalidade. Mas Pjanic definiu o vencedor da contenda em Tel-Aviv, já nos acréscimos do jogo.

Bastos vem provando que não pode ser lateral esquerdo, sob pena de desperdiçar sua eficiência no ataque, chegando à área ou finalizando de média distância. Imagine se hoje ele fosse escalado como lateral: na hora do escanteio que originou seu gol, provavelmente estaria plantado no meio de campo, como um dos últimos homens lioneses, cobrindo a subida dos zagueiros que fossem tentar o cabeceio, e não na entrada da área, esperando um provável rebote…

O camisa 11 agora é o vice-artilheiro da Liga, com três gols, ao lado do francês Anelka (Chelsea) e do sueco Ibrahimovic (Milan), todos atrás de Samuel Eto’o Fils, da Inter de Milão, que tem quatro.

Com Olympique de Marselha (decepção) e Auxerre (confirmação) sem somar pontos depois de duas rodadas, o orgulho da França na Champions neste momento se chama Olympique Lyonnais.


Efe-efe-Efe

Figurando na já tradicional seção “Franceses fora da França (FfF)”, temos nesta quarta o jovem atacante Jonathan Biabiany. Finalmente aproveitado pela Internazionale, depois de alguns empréstimos para equipes menores da Itália, ele foi titular, jogou a partida inteira e esteve muito bem especialmente no primeiro tempo da goleada sobre o Werder Bremen – que teve como titular o zagueiro francês Mikaël Silvestre.

Silvestre (à esquerda) e Biabiany (centro): luta árdua pela melhor careta de esforço no Giuseppe Meazza (AP)

Silvestre (à esquerda) e Biabiany (centro): luta árdua pela melhor careta de esforço no Giuseppe Meazza (AP)

Mesmo sem jogar hoje, o meia-atacante Jérémy Menez foi destaque. Embora tenha atuado só por cerca de 60 minutos nas duas partidas da Roma, ele tem a melhor eficiência nos passes na Champions 2010/2011: acertou todos os 26 que distribuiu até aqui. Se liga aí, Claudio Ranieri!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 14 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:00

Dever cumprido

Compartilhe: Twitter

Lyon 1 x 0 Schalke. Poderia ter sido muito mais, pela maciça presença ofensiva do OL, acuando o rival com um a menos num dia de mais sorte que o time alemão. Mas foi uma estreia positiva na Liga dos Campeões da Europa e tomara que os gols perdidos não façam falta para efeito de classificação – até porque, na outra partida do gupo B, o Benfica fez 2 a 0 no Hapoel Tel-Aviv e, no desempate, lidera a chave após a primeira rodada. Na segunda, o time francês vai a Israel encarar o Hapoel.

Claude Puel utilizou Lloris; Réveillère, Diakhaté, Lovren e Kolodziejczak; Toulalan, Pjanic e Gourcuff (Makoun, 42 do 2º); Michel Bastos (Pied, 27 do 2º), Lisandro López e Briand (Kallstrom, aos 45 do 2º). Sem Cris e Ederson, lesionados, um ofensivo Lyon tomou a maior parte das iniciativas de ataque, embora tenha levado alguns sustos. Deu sorte, é bem verdade, no lance do gol, quando Briand lançou para Michel Bastos e Moritz recuou bola curta para Neuer, permitindo que o brasileiro se antecipasse e desviasse para o gol, aos 21 minutos de jogo.

As coisas ficaram ainda mais fáceis aos 38, quando o zagueiro Howedes entrou na voadora em Briand e foi mandado para o chuveiro – de forma muito rigorosa, pois acho que um amarelo e uma advertência verbal bastariam. No segundo tempo, o Lyonnais protagonizou um festival de gols perdidos, mas assegurou os importantíssimos três pontos.

Em Barcelona, a dupla francesa Djibril Cissé e Sidney Govou, que foi à Copa 2010, brilhou no gol inaugural a favor do Panathinaikos. Mas depois Lionel Messi e companhia mostraram quem realmente tinha a força no Camp Nou…

Michel Bastos se sobrepõe a Benedikt Höwedes, em todos os sentidos, no único gol válido no Gerland (Reuters)
Michel Bastos se sobrepõe a Benedikt Höwedes, em todos os sentidos, no único gol válido no Gerland (Reuters)

Olympique e Auxerre estreiam
Nesta quarta-feira, os outros dois franceses da Champions estreiam. Único clube do país a sentir o sabor de conquistar o torneio (1992/93), o Marselha recebe o Spartak Moscou, da Rússia. Já sabe que pode contar com Mathieu Valbuena, Brandão e N’Diaye, que renovaram seus contratos, para tentar ir além da fase de grupos, na qual parou na última edição. O time russo tem os brasileiros Ibson, ex-Flamengo, Alex, ex-Inter, e Welliton, ex-Goiás – este último é o artilheiro do Campeonato Russo e vem sendo cotado para atuar pela seleção local.

De volta depois de 2003, o Auxerre não tem nada a perder, pois sua presença é surpreendente, deixando para trás, nas eliminatórias, o Zenit, tido por muitos como mais merecedor de figurar na UCL. E também porque está num grupo indigesto, com Milan, Real Madrid e Ajax. A aventura começa contra os milaneses no San Siro, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 17 de agosto de 2010 Francês da 1ª divisão, Seleção francesa | 17:54

Gosto amargo dentro e fora de campo

Compartilhe: Twitter

Primeiro fora de campo, com o que aconteceu de manhã:

Nicolas Anelka, Franck Ribéry, Patrice Evra, Jérémy Toulalan e Éric Abidal foram convocados novamente. Mas não para a seleção francesa, como nos acostumamos a ver. Muito pior: tiveram que prestar esclarecimentos sobre aquela balbúrdia na Copa 2010, que incluiu o afastamento do atacante do Chelsea e o motim do elenco, que se recusou a treinar em solidariedade ao jogador, fazendo a França passar ainda mais vergonha – como se o futebol do time de Domenech fosse menos pior…

Anelka e Ribéry não compareceram à comissão de disciplina da FFF (Federação Francesa de Futebol), que ouviu seus três colegas além do ex-técnico Raymond Domenech e do ex-presidente da Federação, Jean-Pierre Escalettes. As sanções não foram pequenas: suspensão de 18 jogos na seleção para Anelka, 5 para Evra (então capitão da equipe), 3 para Ribéry e 1 para Toulalan, a valer a partir do próximo compromisso dos Bleus, no dia 3 de setembro*. Abidal foi “inocentado” e acabou sem punição.

zenit auxerre liga campeões anthony le tallec nicolas lombaerts

Zenit x Auxerre: de branco, o meia-atacante Anthony Le Tallec, reforço do AJA após três temporadas pelo Le Mans (AP)

Agora dentro das quatro linhas, com os ocorridos da tarde:

O Auxerre foi a São Petersburgo encarar o Zenit, na ida dos playoffs da Liga dos Campeões da Europa. E se deu mal, perdendo por 1 a 0, com gol levado logo aos 3 minutos de partida, após cabeçada de Kherzakov. Chegou a ter mais posse de bola e ação ofensiva no segundo tempo (veja os lances), mas volta da Rússia com o resultado negativo, precisando vencer em casa, na semana que vem, para se ver na elite da Champions.

No Zenit, o italiano Luciano Spaletti, ex-Roma, utilizou Malafeev; Anyukov, Lombaerts, Bruno Alves e Hobocan; Semak (Zhevnov), Denisov e Shirokov;  Lazovic (Huszti), Kerzhakov (Bukharov) e Danny. Jean Fernandez escalou o AJA com Sorin; Hengbart, Coulibaly, Mignot e Grichting; Oliech (Quercia), Pedretti, N’Dinga e Birsa (Contout); Le Tallec e Jelen.

E no duelo que encerrou a segunda rodada do Campeonato Francês, Montpellier e Monaco não saíram do zero a zero (que triste…), o que é sinal de que não podemos nos empolgar com nenhum deles por ora (parece que o brilho do Montpellier de 2009/2010 está agora com o Caen, vamos ver). Quem curtiu a parada foram Toulouse e o dito cujo Caen, líderes e únicos a ter 100% de aproveitamento até aqui na Ligue 1.

*No próximo dia 3, a França encara a Bielorrússia (também conhecida como Belarus) no início das Eliminatórias para a Eurocopa 2012. A convocação, que envolve este jogo e o contra a Bósnia, no dia 7, acontecerá no dia 26, quinta-feira.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 17:30

França 0 x 2 México: azedou!

Compartilhe: Twitter

frança méxico copa 2010

Malouda no lugar de Gourcuff foi a única substituição nos titulares. O jogo começou corrido, agradável de se ver, com as duas seleções chegando à frente.

No primeiro tempo, Gallas e Sagna tiveram muita dificuldade para segurar o lado esquerdo mexicano e Lloris trabalhou bastante.

Antes do apito final, Toulalan fez o que lhe é típico: parou o contra-ataque rival com anti-jogo e foi advertido com o amarelo – como também tinha levado contra o Uruguai, é desfalque contra a África do Sul.

A França voltou para o intervalo com Gignac no lugar de Anelka – nada de Henry, de gorro e cobertor no banco de reservas, mas pelo menos Domenech pôs sangue novo no jogo. Mas nada de pontaria também, de ambos os lados aliás.

No lance do primeiro gol mexicano, não há o que reclamar da arbitragem, pois Abidal estava na mesma linha de Hernandez, o autor do tento. Valbuena veio para o lugar de Govou, provando que Henry não é tão levado a sério assim pelo teimoso técnico francês. Estaria ele tão fora de forma a ponto de não ser a primeira opção em caso de extrema necessidade? Duvido!

Não era mesmo o dia do Abidal, que foi imprudente e deu um carrinho em Barreira dentro da área, que valorizou e conseguiu o pênalti. Acabou 2 a 0, merecido para o México, que pela primeira vez na história derrota os Bleus!

Agora, é preciso golear a África do Sul, também “desesperada” – para quem não teve a capacidade de balançar as redes em duas partidas, não dá para acreditar que será fácil – , e torcer para Uruguai x México não acabar em empate ou, se a França não golear, vitória magra de um dos dois lados. Espero pelo menos que os franceses não repitam o vexame de 2002, quando deixaram a Copa sem marcar um único golzinho sequer.

O engraçado é como a França desperta a rejeição dos brasileiros, muito provavelmente pelo que vimos em 1986, 1998 e 2006: o contador de torcedores do Placar iG para o jogo registrou 110 a favor dos mexicanos, contra 27 pró-Bleus (mais de quatro vezes mais!)

>> Leia o relato completo de França 0 x 2 México

>> Veja galeria de fotos da partida em Polokwane

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última