Publicidade

Posts com a Tag Sorin

domingo, 4 de dezembro de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 21:55

Montpellier mantém vantagem sobre PSG após 16ª rodada

Compartilhe: Twitter

Nenê supera Sorin em cobrança de pênalti, fazendo seu sétimo no Francês e se juntando ao grupo dos terceiros colocados na artilharia geral (C.Gavelle/PSG)

34 gols, média muito boa de 3,4 por jogo!

Montpellier 4 x 0 Lorient – Giroud guardou + um e foi a 12 gols ns artilharia isolada
PSG 3 x 2 Auxerre – Nenê, Menez e Jallet marcaram pros anfitrioes
Ajaccio 2 x 3 Lille – Ilan deixou o dele de novo, mas o lanterninha perdeu mais uma…
Lyon 3 x 2 Toulouse – Ederson, Lisandro e Kone balancaram as redes pro OL
Nice 2 x 0 Rennes
Caen 1 x 2 O. Marselha – OM chegou ao sétimo lugar
Brest 2 x 2 St Etienne
Evian 2 x 1 Valenciennes
Bordeaux 2 x 1 Nancy – Mais um gol brasileiro (meu povo!), agora do zagueiro Henrique. Girondinos em 12º
Dijon 0 x 0 Sochaux

Classificação: MHSC lidera com 36 pontos, seguido pelo PSG com 33, Lille com 31, Lyon com 29 e Rennes com 28.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 23 de novembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:35

Olympique classificado, Auxerre dá adieu

Compartilhe: Twitter
om_posado_afp

A pose antes da bola rolar no Luzhniki. Que bela camisa marselhesa!

O excelente placar de 3 a 0 contra o Spartak Moscou, na Rússia, deu a vaga ao Marselha antecipadamente nas oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Com a vitória do Chelsea sobre o Zilina (2 a 1), o time francês avança como segundo colocado no grupo F, cumprindo tabela na última rodada da fase de grupos, quando pegará o time inglês em casa.

Com aquela friaca costumeira em “Moskva”, o OM começou a tornar as coisas mais fáceis quando Mathieu Valbuena girou dentro da área e abriu o marcador com um indefensável arremate no primeiro tempo. Obrigado a partir pro ataque, o Spartak ficou mais com a bola e assustou no finalzinho, em contra-ataque perigosíssimo no qual Mandanda interviu de forma providencial.

Sem seu brasileiro mais criativo e talvez perigoso nas bolas paradas (Alex, ex-Inter), mas com Ari (ex-Fortaleza), Welliton (ex-Goiás) e Ibson (ex-Flamengo), o SM levou um baque quando aos 9 do 2º tempo Loic Rémy conseguiu duas proezas: transformou um chute na orelha da bola em chapéu e acertou as duas traves na finalização antes da pelota entrar: 2 a 0.

Como se não bastasse o prejuízo no placar, azar em campo para os donos da casa: Welliton, quem mais criava perigo para o time, se envolveu em confusão com Diawara e o árbitro só expulsou o atacante brasileiro, sendo rígido demais para um dos lados na avaliação da punição. Só faltava o Olympique ampliar para ficar ainda mais claro o desfecho do jogo, e foi o que aconteceu, quando Ayew roubou uma bola, ela sobrou para Brandão e o brasuca chutou cruzado, de canhota, no cantinho: 3 a 0. O 9 marselhês poderia ter feito mais, mas acabou por aí. Ótimo, a vaga é do time de Didier Deschamps!

om_valbuena_brandao_remy_afp

Os goleadores do dia confraternizam: Valbuena, Brandão e Rémy (AFP)

Por sua vez, a utopia do Auxerre morreu com a derrota por 2 a 0 para o Milan, na França. Chegar à penúltima rodada dessa etapa com chances de classificação até que ficou de bom tamanho na chave da morte que foi o grupo G. Até pode almejar uma Liga Europa, mas ganhar dos reservas do embalado Real Madrid na derradeira journée não parece missão fácil.

No Abbé-Deschamps, o Auxerre começou animado, procurando jogo, enquanto o Milan procurou marcar firme, até demais, “batendo” com a conivência do frouxo do juiz. No segundo tempo o time italiano melhorou, e quando o jogo estava morno, sem muita graça, apareceu o diferencial número 1: Ibrahimovic, o senhor resolve-as-paradas-milanesas, que aproveitou “passe” do zagueiro Dudka e bateu de primeira, vencendo o goleiro Sorin.

No fechar das cortinas, o diferencial número 2. Ronaldinho Gaúcho, que entrara há poucos minutos, recebeu de Robinho, entrou na área e tocou no canto com habilidade, relembrando seu métier dos bons tempos: 2 a 0 e fim da ilusão auxerrense. Ronnie foi o mais festejado após o apito final, depois de reencontrar o estádio onde começou sua passagem pelo futebol europeu, vindo do Grêmio.

auxerre_milan_ronaldinho_sorin_ap

Ronnie corre para o abraço, enquanto Sorin olha desolado para o nada (AP)


Dos clubes para os jogadores

Entre os franceses que atuam fora da França, foram destaque na Liga nesta terça:

Karim Benzema. Titular do Real Madrid, participativo no primeiro tempo e autor de um golaço contra o Ajax, concluindo com precisão dentro da área, após toque de calcanhar de Ozil.

Jérémy Menez. Titular da Roma, deu um “drible da vaca” em disparada pelo lado direito e cruzou para o gol de Borriello contra o Bayern de Munique.

Florent Malouda. Autor do gol da virada do Chelsea sobre o Zilina, em jogada que começou com Anelka e passou por Drogba.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 28 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:39

Oh Liga inglória!

Compartilhe: Twitter
O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

Claro que eu não esperava algo diferente de derrotas de Olympique de Marselha para Chelsea e de Auxerre para Real Madrid. Porque torço pros franceses, mas em se tratando de Liga dos Campeões da Europa é preciso ser racional. Mas perder sempre dói de alguma forma, ainda mais quando você sente que a zebra podia prosperar até o fim do jogo.

Pô, o fra(n)co batalhador Auxerre do goleiro Sorin-não-argentino segurou o Real por 82 minutos (até o gol de Di Maria, Ave Maria!), com Cristiano Ronaldo, gel, pompa e circunstância! Custava segurar por mais uns dez, pra garantir o histórico empate no pitoresco L’Abbé-Deschamps? Ou quem sabe mandar pro gol de Iker Casillas um mísero contra-ataque com Jelen ou uma testada de zagueiro após chuveirão na área?

Lá do outro lado do Canal da Mancha, é óbvio que o “Chersa” foi melhor que o OM. Mas vejam que azar falta de sorte do time de-Didier-Deschamps nos gols: primeiro, Terry dá um leve toquinho e a bola passa no único furo existente entre o pé de Cheyrou e a trave de Mandanda! Depois, no cruzamento de Essien, Mbia virou de costas, mas a mal-intencionada bola foi encontrar justamente seu braço, sendo acintosa na queda ao gramado, para convencer o juiz de que foi pênalti. Com até a física a favor do time inglês, que se pode fazer?

A esperança é que amanhã o Lyon é o favorito contra o Hapoel, mesmo em Israel (infelizmente, não teremos nem VT nos canais da ESPN). Virá a bonança na quarta depois da tempestade de terça?

Choro à parte do blogueiro, veja quem foi a campo por Auxerre e Olympique hoje:

AJA: Sorin; Hengbart, Coulibaly, Grichting e Dudka; Ndinga, Langil (Alain Traoré), Pedretti, Contout (Jelen) e Chafni (Quercia); Oliech.

OM: Mandanda; Kaboré, Diawara, Mbia e Heinze; Edouard Cissé, Cheyrou (Andre Ayew) e Lucho González; Brandão, Rémy e Gignac (Valbuena).

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 15 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:15

Quase tudo errado

Compartilhe: Twitter

Somente os jogadores franceses que atuam em clubes não-franceses tiveram o que comemorar nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões da Europa. Os times do país, Olympique de Marselha e Auxerre, saíram derrotados em circunstâncias diferentes. Que o AJA fatalmente perderia para o Milan, era esperado (foi 2 a 0). A decepção ficou por conta do revés em casa do Olympique para o Spartak Moscou (1 a 0). Em compensação, a dupla Florent Malouda-Nicolas Anelka protagonizou um dos gols do sacode que o Chelsea impôs ao Zilina na Eslováquia (4 a 1). Anelka marcou mais um na goleada, provando que, assim como Govou, sabe marcar gol pelo menos no seu clube…

Primeiro vamos de Auxerre, que pude ver pela TV na íntegra, o que é bem raro durante a semana. Jean Fernandez levou a campo Sorin; Hengbart, Coulibaly, Mignot e Grichting; Oliech, Pedretti, Ndinga, Birsa (Le Tallec) e Langil (Chafni); Jelen. O primeiro tempo foi bom para o recuado time francês, que, embora tenha tido bem menos posse de bola, conseguiu duas chances claras de gol, em cabeçada no travessão do becão Coulibaly e em ótimo contra-ataque no qual Langil foi fominha e não passou quando invadiu a área.

Sem aproveitar as poucas chances, deixando o polonês Jelen sozinho na frente e com o esloveno Birsa muito lento, o Auxerre pagou pelo melhor segundo tempo do Milan, especialmente quando Robinho entrou no lugar de Alexandre Pato. Aos 21, Ronaldinho levantou na área com precisão, Boateng escorou de cabeça e Ibrahimovic enganou Sorin, fazendo 1 a 0. Mal incorporou o baque, o AJA levou o segundo três minutos depois, quando novamente Ronnie puxou contra-ataque, serviu Ibra e o sueco bateu de primeira, de lado, no canto do goleiro “auxerrês”.

Fraco no ataque e sem inspirações individuais, o time francês sucumbiu e agora divide a lanterna do grupo G com o Ajax, derrotado pelo Real Madrid pelo mesmo placar, com o qual deve, no máximo, brigar pela terceira posição da chave e a vaga na próxima fase da Liga Europa. O próximo compromisso é contra o Real no Abbé-Deschamps.

Em Marselha, o time de Didier Deschamps foi Mandanda; Azpilicueta, Hilton, Heinze e Taiwo; Edouard Cissé, Cheyrou e Lucho González (Jordan Ayew); Valbuena, Brandão (Gignac) e André Ayew. Não pude ver o jogo do Vélodrome, mas relatos dão conta de que a pressão do Marselha foi forte, especialmente no segundo tempo. E a sorte faltou quando o lateral-direito espanhol Cezar Azpilicueta marcou contra o patrimônio aos 36 minutos e, na tentativa de diminuir o prejuízo, o OM mandou uma bola na trave já nos acréscimos!

Como está na mesma chave de Chelsea e Zilina, o Olympique deve, em tese, brigar pela segunda vaga do grupo com o próprio Spartak, o que o obriga a buscar a vitória quando for jogar em Moscou. O próximo compromisso na Liga é árduo: Chelsea, no Stamford Bridge, em provável reencontro com Didier Drogba.

Mignot disputa bola com o carrasco do Auxerre em Milão, Zlatan Ibrahimovic (Reuters)

Mignot disputa bola com o carrasco do Auxerre em Milão, Zlatan Ibrahimovic (Reuters)

Bonita a camisa do Olympique de Brandão. Mas acho que de cabelo comprido o brasileiro tem mais sorte... (Reuters)

Bonita a camisa do Olympique de Brandão. Mas acho que de cabelo comprido o brasileiro tem mais sorte... (Reuters)


Quinta: Liga Europa!

Pontapé inicial na fase de grupos para uma penca de times (48), entre eles Paris Saint-Germain e Lille. O PSG vai à Espanha enfrentar o Sevilla, às 16h05 – com ESPN Brasil ao vivo. O LOSC recebe o Sporting Lisboa (Portugal), pelo grupo C, às 14h.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 26 de abril de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 17:28

Marselha ou Auxerre

Compartilhe: Twitter

Olympique de Marselha (71 pontos ganhos em 34 jogos) e Auxerre (66 p e 34 j) não decepcionaram em mais uma rodada da reta final e, a quatro do fim do Campeonato Francês, polarizaram de vez a disputa pelo título. Restando 12 pontos a disputar, Lille (61 p e 34 j), Montpellier (60 p e 34 j), Lyon (59 p e 33j) e Bordeaux (57 p e 33 j) ainda estão vivos matematicamente, mas é pouquíssimo provável que qualquer um desses clubes ganhe todas as partidas que restam e também conte com fracasso quase total de OM e AJA. 

O mais empolgante é que, na próxima rodada, justamente Marselha e Auxerre se encontrarão!  O duelo acontece na casa do vice-líder e é crucial para sua pretensão de buscar a taça, pois uma vitória faria a diferença cair para dois pontos, com ainda três rodadas pela frente. Já em caso de triunfo do Olympique, a margem entre os líderes subiria para cinco pontos, com nove por disputar até o fim do torneio, ou seja, cenário encaminhado para a festa marselhesa.

Lembrando que Auxerre x Marselha acontecerá nesta próxima sexta-feira, às 16h de Brasília. Será a única partida do dia, com mais sete no domingo e duas já nesta terça-feira, popularmente conhecida como amanhã: Monaco x Le Mans e Grenoble x Paris Saint-Germain (14h de Brasília, ambos). Tudo isso porque o sábado será exclusivo da decisão da Copa da França, entre Monaco e Paris Saint-Germain, a partir das 15h45 no horário brasileiro. O fim de semana promete grandes emoções!

Jelen aplaude a juventude auxerrense, esperançosa ainda de ser campeã (AFP)

A 34ª journée:

Olympique de Marselha 1 x 0 Saint-Etienne (Valbuena) – mais de 55 mil pessoas no Vélodrome
O meia Mathieu Valbuena vem se mostrando o talismã do time de Didier Deschamps – balançou as redes nas últimas três rodadas. Além dele, o goleiro Mandanda, o zagueiro-volante camaronês Mbia e o atacante brasileiro Brandão foram muito bem contra o ASSE, primeiro fora da zona do rebaixamento na tabela.

Toulouse 0 x 3 Auxerre (Pedretti e Jelen 2
Goleador da rodada, o polonês Ireneusz Jelen galgou posições na briga pela artilharia e já aparece entre os cinco primeiros. Destaques também para o goleiro Sorin, o zagueiro malinense Coulibaly e o meia Pedretti contra o TFC, total decepção.

Nancy 0 x 0 Montpellier 
Bobeada que custou caro ao fôlego do MHSC de ameaçar Auxerre e Olympique.

Le Mans 1 x 2 Lille (Maïga; Túlio de Melo e Cabaye) 
Mais um gol na conta do brasileiro Túlio. O Lille tem elenco e futebol para estar, pelo menos, aonde hoje se encontra o Auxerre na pontuação, mas sofreu com desfalques e perdeu pontos importantes no decorrer deste segundo turno. O arqueiro Landreau, o polonês Obraniak e o marfinense Gervinho (olha ele aí!) tiveram bons desempenhos nesta vitória fora de casa. Já o Le Mans deve cair oficialmente para a segunda divisão em uma ou duas rodadas.

Lorient 1 x 0 Bordeaux (Gameiro)
Tudo bem que o goleiro Cappone foi parte importante na vitória dos anfitriões. Mas a “proeza” é toda dos girondinos: quatro derrotas e um empate nas últimas cinco rodadas da Ligue 1! Um ponto conquistado de 15 possíveis!! O atual campeão nacional vai ter que suar para voltar à Liga dos Campeões da Europa no semestre que vem…

Paris Saint-Germain 1 x 1 Rennes (Hoarau; Leroy) – mais de 32 mil pessoas no Parc des Princes
Equilíbrio esperado, pelas posições de ambos na tabela.

Lens 1 x 1 Valenciennes (Roudet; Pujol) – mais de 34 mil pessoas no Fellix-Bolaert
O mesmo do jogo anterior – mais uma torcida fanática que não merece o time que tem…

Sochaux 0 x 3 Boulogne-sur-Mer (Thil, Yatabaré e Blayac) – Faty-SOC foi expulso
Fraquinho demais esse Sochaux. Por pouco, deve se sustentar na primeira divisão na próxima temporada. O que parece quase impossível ao Boulogne, que precisa de mais uns quatro resultados desses, além de tropeços sucessivos de Sochaux ou Saint-Etienne, para não ser degolado.

Nice 2 x 1 Grenoble (Mouloungui e Faé; Akrour) 
E a tia Nice, pelo menos, manterá seus sobrinhos na elite francesa no próximo campeonato.

*Quarta, 12/05
14h – Lyon (3º) x Monaco (9º) – jogo postergado em função do compromisso da próxima terça do Lyon na Liga dos Campeões da Europa

Valbuena foi rápido (para os sagazes) na comemoração, diante da vibração da torcida (AFP)

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (71 pontos em 34 jogos), seguido pelo Auxerre (66 pontos em 34 jogos), à frente do Lille (61 pontos em 34 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) e Gameiro (Lorient) têm 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Jelen (Auxerre), Erding (PSG) e Lisandro (Lyon), 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 12 de abril de 2010 Francês da 1ª divisão | 21:24

Lição de casa marselhesa

Compartilhe: Twitter

Estaria o título do Campeonato Francês novamente sorrindo para o Olympique de Marselha depois de 18 anos? Recentemente campeão da Copa da Liga Francesa, o OM foi o único dos ponteiros da tabela da Ligue 1 a fazer corretamente a lição de casa na 32ª rodada e se manteve isolado na dianteira, dois pontos à frente do Auxerre, agora o único vice. E lembremos que para Auxerre, Lyon, Montpellier e Lille restam seis rodadas a disputar, enquanto que para o Olympique são sete e, para o Bordeaux, oito – mas este tropeçou de novo e vê o bicampeonato cada vez mais distante.

Mangani abraça Nenê, que tirou um peso das costas, pois não marcava há dez rodadas (AFP)

La journée:

Olympique de Marselha 4 x 1 Nice (Koné, Mbia, Valbuena e Diawara; Faé)
Com o “maestro” Lucho González em forma, os donos da casa seguem implacáveis diante de seus torcedores. Como não dependem do artilheiro-geral Niang e do centroavante brasileiro Brandão para balançar as redes, os bons resultados acabam vindo de qualquer jeito. Consequentemente, o Marselha tomou o posto do Lille de melhor ataque do campeonato (58 gols a 57).

Nancy 0 x 1 Auxerre (Niculae)
Os anfitriões vinham de duas vitórias seguidas, mas não resistiram à “eficiência econômica” do AJA, ainda de olho na taça. Destaque para o goleirão Sorin, que segurou o resultado lá atrás, e o romeno Niculae, que voltou a marcar e garantiu o placar favorável ao “Juventude francês”. 

Lyon 1 x 1 Lille (Cris; Frau) – Gonalons-LYO e Costa-LIL foram expulsos; 37 mil pessoas no Gerland
Duelo agitado na casa do semifinalista francês na Liga dos Campeões da Europa. Mas o empate afasta ambos da luta pelo título, sobretudo os visitantes. O OL deu azar no gol do LOSC, pois o chute de Frau desviou na zaga e tirou a ação de Lloris. Mas contou com o cabeceio eficiente do capitão Cris para não sair com a derrota.

Le Mans 2 x 2 Montpellier (Lamah 2; Aït-Fana e Camara de pênalti) –  Jeunechamp-MON foi expulso
Como o MHSC briga pelo troféu, qualquer coisa que não fosse a vitória contra o vice-lanterna seria um mau resultado, como de fato foi. O atacante belga Roland Lamah dobrou seu número de gols na Ligue 1.

Paris Saint-Germain 3 x 1 Bordeaux (Armand, Erding e Hoarau; Sané) – Ramé-BOR foi expulso; mais de 42 mil pessoas no Parc des Princes
Tudo que o PSG precisava encontrar pela frente era um combalido FCGB, que corre o risco de acabar um ano destinado às glórias sem qualquer troféu se continuar nessa toada negativa. A expulsão do goleiro Ramé, ainda com 31 minutos do primeiro tempo, foi determinante para a derrocada girondina, que poderia ter sido maior. Alçado para a décima colocação, o “Parri” vai ter que se contentar com a primeira metade da tabela como um bom resultado final possível mesmo.

Lorient 1 x 1 Rennes (Sigamary Diarra; Danzé)
Equilíbrio natural para as posições dos times na classificação: Rennes sétimo e Lorient oitavo.
 
Monaco 2 x 1 Valenciennes (Nenê e Maazou; Bisevac) 
Melhor que vencer, para o ASM, foi ver o fim da uruca do seu atacante brasileiro, ofuscado pelo nigerense Maazou nesta segunda metade da temporada; Nenê está agora a um gol do posto de maior artilheiro da competição. Vai, Nenê!

Toulouse 4 x 0 Grenoble (Machado, Tabanou 2 e Gignac)
TFC que me perdoe, mas golear em casa o lanterna declarado é meio que obrigação. Com 21 anos, o meia Franck Tabanou viveu seu melhor dia na elite francesa.
 
Sochaux 0 x 2 Saint-Etienne (Perrin e Bergessio) 
O jogo valia muito mais para o ASSE, preocupado em reduzir as chances de rebaixamento. E conseguiu, abrindo 11 pontos para o Boulogne, derrotado na rodada.

Lens 3 x 0 Boulogne (Maoulida 3) – mais de 34 mil pessoas no Félix-Bollaert
Clássico do norte francês gerou ótimo público, apesar do nível e da colocação das duas equipes. E a festa foi praticamente inteirinha do atacante trintão Toifilou Maoulida (sim, TOIFILOU!), por fazer mais gols do que fizera nas outras 17 partidas que disputou nesta Ligue 1 – vide fotos abaixo.

Faltam somente 6 rodadas para o final do Campeonato Francês 2009/2010!

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (62 pontos em 31 jogos), seguido pelo Auxerre (60 pontos em 32 jogos), à frente de Lyon (58 pontos em 32 jogos) e Montpellier (58 pontos em 32 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Erding (PSG), Lisandro (Lyon) e Gameiro (Lorient), 13. Clique AQUI

Toifilou Maoulida, artilheiro da rodada, correu para os braços da torcida do Lens...

... e depois procurou as câmeras para deixar o seu recado: "estou de volta" (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 10 de março de 2010 Francês da 1ª divisão | 17:17

Auxerre vira em Bordeaux e incendeia o Francês

Compartilhe: Twitter

2 a 1 para os visitantes no Chaban-Delmas!

Os donos da casa saíram na frente com um cruzamento errado do lateral-esquerdo Trémoulinas, que acabou encobrindo Sorin logo aos 6 minutos. O atual campeão francês ainda acertou o travessão do adversário em chute de Sertic.

Mas no segundo tempo, aos 18, o capitão Pedretti deu belo lançamento para o romeno Niculae, que cruzou na medida para Jelen igualar o placar. E aos 40, em rápido contra-ataque, de novo o polonês Jelen (na foto abaixo, à esquerda de Sertic) foi para as redes: recebeu em posição de impedimento, bateu no travessão e completou de cabeça no rebote, chegando ao seu nono gol na Ligue 1.

Estacionado nos 52 pontos, o Bordeaux ainda é co-líder com o Montpellier, que tem uma partida realizada a mais. Um ponto atrás já aparece o Auxerre, que passou Lyon (50), Olympique de Marselha (49) e Lille (48). Que disputa, mon ami!

Sertic, à direita, tenta parar Jelen, que decidiu a contenda para o AJA (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , ,