Publicidade

Posts com a Tag Sochaux

domingo, 3 de maio de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:12

Agora ficou meio bordô…

Compartilhe: Twitter

Vamos ao “ô balancê, balancê” de mais uma rodada do Francês, que deixou a disputa mais apertada, embora com um candidato a menos. O então líder isolado Olympique de Marselha contou com a sorte para empatar em casa contra o ótimo time do Toulouse (não à toa o 5º): Gignac fez 1 a 0, Niang empatou, Gignac (cada vez mais artilheiro, com 21 gols) voltou a marcar, mas Niang marcou outro, ou melhor, teve seu chute desviado para o gol por um zagueiro desolado (o da foto abaixo): 2 a 2 no Vélodrome, empate pas* mal.

Becão do Toulouse foi prudente ao pôr as mãos para trás, mas o pé direito foi imprudente

Esperto que só, o Bordeaux fez sua parte contra o Sochaux (que tinha no banco o famigerado Carlão, ex-Corinthians, super-ameaçado em 17º), e logo de cara: Sertic aos 7 e Gourcuff aos 14 deram o tom, Chamakh aos 48 do 2º tempo só confirmou. A vitória por 3 a 0 alça os Girondinos aos mesmos 68 pontos do OM, que prevalece no saldo de gols (27 contra 26, um golzin!). Ou seja: para quem tropeçar nas próximas quatro rodadas, o troféu dirá au revoir!

Alguém pode avisar o técnico Laurent Blanc (esq.) que ele tem muita chance de ser campeão??

Esperança renovada em Bordeaux, desolação em Lyon. Juninho Pernambucano fez muita falta, mas creio que não evitaria a derrota fora de casa para o Valenciennes (só o 13º, pode?), duas estocadas de Audel. A defesa falhou, Ederson esbarrou na trave, e ao fim da peleja o zagueiro Cris (ex…Corinthians!) teve de reconhecer. “É o fim da nossa luta pelo título. Fomos muito mal hoje, essa é a verdade. O Lyon não é mais um grande time”. Depois dessa, o que mais falar?

A tragédia do OL só não foi maior porque o Paris Saint-Germain (4º) segue a mesma toada: quando parece que vai se recuperar, tomba novamente. Hoje deixou o Rennes (7º) triunfar no Parc-des-Princes, graças a um gol contra do outro azarado da jornada, Sakho (vou resistir e evitar a piadinha), e perdeu a chance de tirar o Lyon da zona de acesso à próxima Liga dos Campeões da Europa. Bom para o Stade Rennais, empolgadérrimo para a final Copa da França, sábado que vem, contra o Guingamp, da segundona.

Audel supera Lloris, para delírio em Valenciennes, Marselha, Bordeaux, Paris…

Em disputa acirradíssima pelo honroso 9º lugar na tabela, o Auxerre venceu o Monaco do técnico Ricardo Gomes (isso, o ex-zagueiro), no Principado onde o Senna foi rei (saudades, Ayrton!). Resultado que, somado à derrota do Lille (6º) para o Lorient (11º), deixou este pertinho dos monegascos (ou seria monagescos? faz diferença??). Depois do Lorient vem o Grenoble (12º), que empatou xoxamente em zerrô-zerrô com o time da tia Nice (8º).

Chegando mais perto da turma que “piriga” cair para Ligue 2, o VAFC deu uma p… duma respirada ganhando do Lyon, empatando em pontos (40) com o Nancy (14º), cujo zerrô-zerrô com o Saint-Etienne (19º) foi péssimo para o time de Ilan, que seria rebaixado se a parada toda acabasse hoje. Quem ressurgiu foi o Caen (16º), após vitória importantíssima sobre o Le Mans (15º), que não pode achar que já está livre, já que tem 38 pontos e o 18º e primeiro na degola soma 33, justamente o Nantes, que conseguiu um feito incrível: conseguiu perder em casa para o pior time e virtual rebaixado do campeonato, o Le Havre (20º).

* pas = não, nada

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 5
  3. 6
  4. 7
  5. 8
  6. 9
  7. Última