Publicidade

Posts com a Tag seleção sub 17

quinta-feira, 7 de junho de 2012 Seleção francesa | 21:08

Momento retrô: Inspirações francesas para a Eurocopa

Compartilhe: Twitter

Daqui a quatro dias, os Bleus começam a busca pelo tricampeonato europeu. Sabem como foram as conquistas em 1984 e 2000? Eu pouco sabia, até assistir aos filmes oficiais da Uefa dos respectivos torneios, que a SporTV transmitiu e felizmente arquivou em seu site. Ambos têm pouco mais de 50 minutos, em forma de documentários, e é claro que recomendo ao fã do foot!

*1984 – Assista ao filme aqui
Depois de 24 anos, a Euro voltava ao país de seu criador, Henry Delaunay. E aquela edição representaria o momento de glória de uma geração habilidosa, que também foi a duas semifinais de Copas do Mundo, em 1982 e 86. Uma equipe que plantou as sementes (conforme análise do Trivela) de uma nova geração vitoriosa, marcada na história do futebol mundial em 1998 e 2000.

Como seria Zidane anos depois, Michel Platini foi o craque de 1984, ostentando até hoje o recorde de gols em uma única Euro: 9 (o ataque do time fez 14, feito também imbatível até aqui!). Excelente, e se considerarmos que foram só 5 jogos na campanha (eram apenas 8 seleções no campeonato), impressionante! Curiosamente, a artilharia-mor de uma única Copa também cabe a um francês, Just Fontaine, 13 em 1958. Mas não podemos olvidar que Platini compunha um meio-campo memorável, chamado até de mágico na época, ao lado de Jean Tigana, Alain Giresse e Luis Fernandez, espanhol naturalizado francês. Sob o comando de Michel Hidalgo, o time confirmou a expectativa da torcida, atuando em casa (em 2016 o filme se repetirá?), e garantiu o primeiro título de expressão para a França.

Campanha: França 1 x 0 Dinamarca – Paris, Parque dos Príncipes (a casa gaulesa pré-Stade de France)
França 5 x 0 Bélgica – Nantes
França 3 x 2 Iugoslávia – Saint-Etienne
Semifinal – França 3 x 2 Portugal – Marselha
Final – França 2 x 0 Espanha – Paris

**2000 – Assista ao filme aqui
Outra marca histórica da França foi conquistada quando a Euro teve sua primeira sede compartilhada, entre Bélgica e Holanda: nunca uma seleção fora campeã europeia logo após ter sido campeã mundial. Com Zizou em plena forma e a base de 1998, Roger Lemerre liderou um elenco que soube confirmar o favoritismo, embora tenha passado por dificuldades, como uma final “sufocante” contra os italianos. Deschamps se despediu da seleção levantando mais uma taça, o então zagueiro-líbero Blanc voltou a beijar a careca de Barthez após a decisão, e jovens como Henry e Trezeguet contribuíram decisivamente também, ao lado do mais velho Djorkaeff. No filme supracitado, Petit, Vieira e Pirés também depõem.

Campanha – França 3 x 0 Dinamarca
França 2 x 1 Rep. Tcheca
França 2 x 3 Holanda (Bleus com reservas, pois ambas já entraram classificadas)
Quartas – França 2 x 1 Espanha (Raúl desperdiçou pênalti idiotamente cometido por Barthez no final)
Semis – França 2 x 1 Portugal (repetindo 84. Zidane garantiu a vitória, de pênalti, com o gol de ouro na prorrogação)
Final – França 2 x 1 Itália (os italianos fizeram 1 a 0 em Roterdã, já no 2o tempo. Wiltord, Trezeguet e Pirès vieram do banco para suprir o cansaço bleu. O primeiro empatou pertinho do fim, quando a Azzurra preparava a festa, causando o tempo extra. Abalada, a Itália viu o segundo ir à linha de fundo e cruzar para um lindo meio-voleio do terceiro, gol de ouro e bicampeonato francês!)

Karim Benzema, Hatem Ben Arfa e Samir Nasri com o troféu da Eurocopa sub 17 de 2004, após a França ter batido a Espanha por 2 a 1, em 15 de maio daquele ano, em Châteauroux (Photo: Alain de Martignac)

Os títulos relatados acima não são os únicos links da França com um passado vitorioso no contexto europeu. Dentro do atual elenco do atual técnico Blanc, despontam talentos da chamada “Geração 87”, nascidos naquele ano e protagonistas do título expresso na fotografia acima. Além da tríade ilustrada, Menez e Matuidi também estavam lá e reaparecem aqui.

Essa geração está pronta para o renascimento na Polônia e na Ucrânia?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 26 de junho de 2011 Francês da 1ª divisão, Seleção francesa | 12:45

Mundial sub 17 + Mundial feminino + tabela do Francês

Compartilhe: Twitter

*Atualizado no domingo de noite

A França não passou de um empate com a Jamaica, por 1 a 1, mas mesmo assim se classificou no México. Yassine Benzia marcou para os Bleuets, chegando a três gols na competição. Mas a vitória poderia ter vindo se Jordan Ikoko não tivesse desperdiçado um pênalti sofrido por Benzia no segundo tempo – assista aos melhores momentos da partida em Monterrey.

O grupo B acabou com três classificados, nesta ordem: Japão, França e Argentina, beneficiada por resultados combinados de outras chaves para avançar como uma das melhores terceiras colocadas. Nas oitavas, os franceses irão a campo no dia 30, quinta-feira, contra o segundo colocado do grupo F, que será definido no fim da tarde deste domingo. O Brasil lidera com 6 pontos, tendo Costa do Marfim e Austrália com 3 e Dinamarca com zero. Hoje, às 16h de Brasília, temos Brasil x Costa do Marfim e Austrália x Dinamarca.

(Atualização das 23h30 de domingo: Brasil e Costa empataram por 3 a 3, e Austrália x Dinamarca foi suspenso por forte chuva, o que deixa o adversário francês ainda em aberto)

***

Neste domingo, as francesas protagonizaram a largada da sexta edição da Copa do Mundo feminina. Venceram a Nigéria por 1 a 0, no grupo A, que ainda conta com a favoritíssima e anfitriã Alemanha e o Canadá (na estreia de ambas, deu Alemanha por 2 a 1). Bom resultado para o time de Bruno Bini, que encara as canadenses na quinta-feira, dia 30, na segunda rodada.

É importante que venha outra vitória, para que Les Bleueses enfrentem as alemãs já classificadas. Se as donas de casa também ganharem as duas primeiras partidas, nada mal, pois aí pode rolar um jogo de comadres…

O Brasil estreia na quarta-feira, dia 29, contra as australianas. Neste Mundial, os grupos de Brasil e França não se cruzam nas oitavas, ainda bem… 

(leia mais sobre a estreia francesa, com gol de Marie-Laure Delie e bom desempenho da bela Louisa Necib, aqui: http://pt.fifa.com/womensworldcup/matches/round=255997/match=300144432/index.html

***

Já me pediram a tabela do Campeonato Francês 2011/2012. A primeira rodada terá:

Sábado e Domingo (6 e 7 de agosto):
Ajaccio x Toulouse
Bordeaux x Saint-Etienne
Brest x Evian
Caen x Valenciennes
Dijon x Rennes
Olympique de Marselha x Sochaux
Montpellier x Auxerre
Nancy x Lille
Nice x Lyon
PSG x Lorient

A tabela completa está disponível neste link: http://www.lfp.fr/calendriers/2011_2012/Ligue_1_2011_2012.pdf

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 24 de junho de 2011 Extracampo, Seleção francesa | 13:24

PSG confirma Leonardo + Mundial sub 17

Compartilhe: Twitter

Conforme abordei dias atrás, a Inter de Milão indicava que o técnico Leonardo viraria manager no Paris Saint-Germain. Ontem à noite, o presidente Robin Leproux confirmou a transferência ao jornal Le Parisien. “Vai ser nosso diretor-esportivo. Todos sabem que tem uma dimensão e carreira significativas. Tenho certeza que vai se adaptar à estrutura do PSG para acelerar o desenvolvimento da estratégia desportiva do clube”.

Bonne chance, Leo! Mas vê se não arruma problemas no trânsito na França, isso pode te queimar…

***

Hoje, a França faz o terceiro jogo no Mundial sub 17, contra a Jamaica. Mas tanto a SporTV2 quanto o Esporte Interativo mostrarão o outro jogo do grupo, que acontece simultaneamente (17h de Brasília), entre Argentina e Japão, por ser mais decisivo. De qualquer forma, os gols e o resultado da partida dos Bleuets, muito perto da classificação, serão informados.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 21 de junho de 2011 Seleção francesa | 18:57

Empate e liderança no Mundial sub 17

Compartilhe: Twitter

Não foi um bom desempenho, mas a França conseguiu empatar com o Japão por 1 a 1, na segunda rodada do grupo B, e somou quatro pontos, mesma pontuação do país asiático, mas com vantagem no saldo de gols. Independentemente do resultado de Argentina x Jamaica, os Bleuets fecharão o dia na ponta, com ótima perspectiva de classificação por enfrentarem os jamaicanos (os mais fracos da chave na teoria) na terceira e decisiva rodada, na sexta-feira.

Com o artilheiro Benzia no banco, o técnico Patrick Gonfalone viu o Japão começar com mais posse de bola. Mas sua seleção foi equilibrando a partida até abrir o placar com um gol digno de camisa 10, um belo arremate de Abdallah Yaisien (Paris Saint-Germain) após boa jogada de Adam Nkusu (Le Havre). Aí o time cresceu, com chance de ampliar. O goleiro Lionnel Mpasi Nzau (PSG) foi bem, quando solicitado.

nangis-fifa

Nangis tenta o domínio, cercado por dois japoneses (Foto: Fifa.com)

A volta do intervalo fez Gonfalone colocar Soualiho Meite (Auxerre) em campo, mas nada ainda de Benzia. Logo nos primeiros minutos, um pênalti duvidoso foi marcado para o Japão quando um dos atacantes tentou passar por dois franceses e caiu: 1 a 1. O empate fez os asiáticos crescerem, gerando perigo aos Bleuets, lentos e praticamente sem iniciativa.

Então o treinador colocou Benzia, que nas primeiras oportunidades já deu sobrevida ao ataque francês. Meite também teve boa chance de frente para o arqueiro adversário. Mas o time pareceu cansado e viu o Japão ser mais agudo no ataque, entrando na área porém falhando nas conclusões finais, para sorte gaulesa. Nos últimos minutos, muitos passes de lado, partida lenta e vaias dos espectadores mexicanos. Será que foi só o calor de um jogo que começou às 15h locais? Ou não dá pra exigir muito desses meninos em final de temporada?

Vale lembrar que os classificados desse grupo cruzarão com os que avançarem na chave de Brasil, Dinamarca, Costa do Marfim e Austrália. Portanto, não é nada improvável vermos um Brasil x França ou Brasil x Argentina daqui a uns dias…

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de junho de 2011 Seleção francesa | 21:42

Mundial sub 17: tem França na TV!

Compartilhe: Twitter

A estreia francesa no México é contra, nada mais nada menos, do que a Argentina, neste sábado. O Esporte Interativo exibe ao vivo, às 17h de Brasília (o site geralmente transmite o que a emissora mostra simultaneamente), e o SporTV2 mostra o VT às 22h10.

Leia mais sobre o Mundial sub 17 no meu post anterior que menciona o tema.

Allez, les Bleuets!

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 10 de junho de 2011 Seleção francesa | 23:41

Não deu em Toulon hoje. Mas pode render amanhã

Compartilhe: Twitter
fra-col-franck-lhostis-nicolas-isimat-mirin-afp

L'Hostis num choque hostil (aff...) com o colombiano Arrechea, diante do companheiro Isimat-Mirin (AFP)

Depois de sair na frente da decisão do Torneio de Toulon, a França cedeu o empate para a Colômbia e perdeu o título nos pênaltis. Não tem problema, Bleuets. O que mais importa no “Festival de Esperanças” é plantar tanto futuros craques, como ótimos e também bons jogadores, que possam servir os Bleus no futuro. E vimos que nomes como Steven Monrose, Anthony Knockaert, Yannis Tafer e Franck L’Hostis, por exemplo, têm esse potencial.

O gol francês veio quando o artilheiro Monrose marcou o quinto tento em cinco jogos pela competição, de cabeça, após cruzamento de Knockaert. Mas aí o time acuou e deixou a Colômbia atacar seguidamente. Em uma cobrança de falta, o goleirão L’Hostis até teve sorte, pois ficou olhando a bola tocar na trave e vir para suas mãos. Mas quando um escanteio foi batido e Zapata testou livre, ele bem que tentou evitar, mas entrou junto com a bola.

Nos pênaltis, o arqueiro até conseguiu defender uma cobrança adversária. Só que os companheiros de linha, abatidos, bateram mal (três perderam e só um fez) e viram os sul-americanos festejaram depois do 3 a 1 no placar. Uma pena, mas foi divertido acompanhar o jogo em transmissão em espanhol, com a TV Caracol empurrando a Colômbia e usando de expressões como “Señoras e señores muy amables”…

Reencontro e Mundial sub 17
As categorias de base da seleção tão que tão nesse meio de ano. Já falei aqui da Copa do Mundo sub 20, na qual a França reencontrará os colombianos, curiosamente, logo na primeira rodada e em território rival. Aliás, o técnico Francis Smerecki divulgou a convocação hoje, com a presença de jogadores de experiência nas ligas adultas francesa e internacional, poupados em Toulon.

Antes ainda do Mundial sub 20 teremos o sub 17, no México, entre 18 de junho e 10 de julho. Com campanha instável no Europeu da categoria, o técnico Patrick Gonfalone não está muito otimista sobre uma luta pelas primeiras posições, como disse ao site da Fifa. No grupo B, os franceses estreiam contra a Argentina no dia 18, no que deve ser o maior desafio da chave. Depois, encaram Japão e Jamaica (veja a tabela de jogos). Vamos torcer para que avancem!

A mencionar, no elenco juvenil, gaulês, o zagueiro Raphael Calvet, um dos representantes do Auxerre no grupo, que foi destaque na home-page “fifesca”, confira:

FRA-SUB17-CALVET

Calvet em pose de líder do time. Promete também...

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,