Publicidade

Posts com a Tag Sammaritano

terça-feira, 16 de agosto de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Seleção francesa | 09:57

Quatro líderes na Ligue 1 + Seleção sub 20 histórica!

Compartilhe: Twitter

Toulouse, Montpellier, Caen e Saint-Etienne são os únicos times que venceram nas duas primeiras rodadas do Campeonato Francês 2011/2012. Veja os resultados da segunda rodada:

Rennes 1 x 1 Paris-SG (Pitroipa, aos 43 do 2º; Gameiro, aos 28 do 2º) – Quase 28 mil pessoas no Stade de la Route de Lorient
Lyon 1 x 1 Ajaccio (Lisandro López, aos 37 do 2º; Sammaritano, aos 13 do 2º)
Toulouse 2 x 0 Dijon (Bulut aos 36 e Paulo Machado aos 40 do 2º)
Saint-Etienne 1 x 0 Nancy (Marchal aos 43 do 2º) – Mais de 23 mil pessoas no Geoffroy Guichard
Sochaux 1 x 2 Caen (Boudebouz, aos 45 do 2º; Hamouma aos 15 e Frau aos 22 do 2º)
Lorient 1 x 1 Bordeaux (Jouffre aos 36 do 2º; Henrique, aos 46 do 2º) – Sertic-BOR foi expulso aos 34 do 2º
Valenciennes 0 x 0 Brest
Auxerre 2 x 2 O. Marseille (Traoré aos 2 e Contout aos 36 do 2º; Rémy aos 3 e Ayew aos 42 do 1º)
Evian TG 1 x 0 Nice (Khelifa, aos 5 do 2º)
Lille 0 x 1 Montpellier (Giroud, aos 35 do 2º)

Balanço da journée na France Football: http://www.francefootball.fr/ligue-1/#!/news/2011/08/15/095900_des-gardiens-en-folie-
montpellier-tout-sourire.html

henrique-bordeaux-afp

Mais uma vez coube ao Bordeaux o gol brasileiro da rodada. Mas agora a cargo do zagueiro Henrique (AFP)

**

A França precisou da prorrogação para eliminar a Nigéria e atingir, pela primeira vez em sua história, uma semifinal de Mundial sub 20. O eficiente “reserva de luxo” Alexandre Lacazette, duas vezes, e Gueida Fofana fizeram os gols europeus nos 3 a 2 de ontem a noite.

O adversário, na quarta-feira, será Portugal, que deixou a Argentina pelo caminho nos pênaltis. Do outro lado da chave, um dos finalistas será Brasil ou México. Preciso dizer para qual final estou torcendo?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 14 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 20:21

Resultados da 13ª rodada

Compartilhe: Twitter
auxerre_rennes_sammaritano_fanni_afp

Fanni, do Rennes, "chega chegando" para cima de Sammaritano, do Auxerre. Mas quem saiu vitorioso foi o ascendente AJA (AFP)

 

2,3 gols de média (boa!)

Brest 1 x 1 Sochaux (Roux; Brown) 
Caen 2 x 5 Lille (El-Arabi e Kandia Traoré; Moussa Sow 3, Gervinho e Béria) 
Montpellier 1 x 0 Toulouse (Giroud) 
Lorient 1 x 1 Paris Saint-Germain (Kitambala; Nenê
Auxerre 2 x 1 Rennes (Birsa e Quercia; Kembo-Ekoko)
Olympique de Marselha 1 x 1 Lens (Mbia; Eduardo Santos) – Mais de 50 mil pessoas no Vélodrome
Lyon 1 x 0 Nice (Pied) – Michel Bastos perdeu pênalti
Bordeaux 2 x 1 Nancy (Sané e Plasil; Efoulou) 
Monaco 0 x 0 Arles-Avignon

Valenciennes x Saint-Etienne – adiado devido ao mau tempo (choveu no Norte francês durante mais de 24h)

>> Classificação: Brest lidera com 22 pontos, seguido por Lille e Montpellier, com 21. Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 7 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 20:13

Resultados da 12ª rodada

Compartilhe: Twitter

2,9 gols por jogo (ótima média)

Lille 3 x 1 Brest (Sow, Gervinho e Hazard; Poyet)
Paris Saint-Germain 2 x 1 Olympique de Marselha (Erding e Hoarau; Lucho González) – Mais de 40 mil pessoas no Parc des Princes, que teve o setor visitante fechado
Rennes 1 x 1 Lyon (Kembo-Ekoko; Michel Bastos) – Mais de 28 mil pessoas no Stade de la Route de Lorient
Saint-Étienne 1 x 2 Lorient (Sako e Gameiro 2) – Quase 28 mil pessoas no Geoffroy-Guichard
Nice 2 x 0 Toulouse (Ljuboja e Ben Saada) – Gunino-TOU foi expulso
Lens 2 x 0 Montpellier (Hermach e Akalé) – Mais de 30 mil pessoas no Felix-Bollaert
Bordeaux 1 x 1 Valenciennes (Maazou; Ducourtioux)
Sochaux 1 x 1 Auxerre (Maïga; Sammaritano)
Nancy 0 x 4 Monaco (Gavanon contra, Lotiès contra! e Park 2)
Arles-Avignon 3 x 2 Caen (Germany e Kaba Diawara 2; El-Arabi e Kandia Traoré)

>> Classificação: Brest lidera com 21 pontos, seguido por Rennes, com 20 (e um jogo a menos), e Paris Saint-Germain, com 19. Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 3 de novembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:53

Chocolate do Marselha e arroz com feijão do Auxerre

Compartilhe: Twitter
zilina_marselha_gignac_dubravka_reuters

As atuações de Gignac e do goleiro Dubravka contrastaram gritantemente, como nessa foto da agência Reuters

Bela quarta-feira para os times franceses na Liga dos Campeões da Europa, numa semana em que tudo se inverteu em relação às duas primeiras rodadas: Lyon perdeu, Marselha e Auxerre ganharam. Com placares beeeem diferentes, mas em circunstâncias favoráveis, reanimando-os no principal torneio do continente.

E que goleada ACACHAPANTE do Olympique: 7 a 0 no MSK Zilina, e na Eslováquia! Foi a segunda maior vitória da história da Uefa Champions League, atrás apenas de Liverpool 8 x 0 Besiktas, em 2007. O Marseille ainda alcançou os recordes de maior vitória fora de casa ao final da partida e nos primeiros 45 minutos de jogo, quando já estava 4 a 0.

Particularmente, quem não se esquecerá desta noite de terça-feira será André-Pierre Gignac, aplaudido e substituído na segunda etapa por Brandão. Depois de marcar apenas um gol em dez jogos disputados na atual temporada, entre Ligue 1 e Champions, o atacante ex-Toulouse renasceu: fez um hat-trick e se tornou o quarto francês a obter tal marca na competição, depois de Franck Sauzée (esse eu não conhecia), Thierry Henry e Sylvain Wiltord. Lucho González marcou dois, Gabriel Heinze e Loïc Rémy completaram o placar com um tento cada.

Como era esperado, o Chelsea não tomou conhecimento do Spartak Moscou: 4 a 1 no Stamford Bridge, em resultado excelente para a pretensão de classificação do OM. Curiosamente, entre os que mais ajudaram o time francês no jogo de Londres estão o francês Nicolas Anelka (agora vice-artilheiro geral*), autor de um gol, e Didier Drogba, ex-Olympique, com um gol (de pênalti) e uma assistência (cruzamento perfeito para o cabeceio de Ivanovic). Agora, Marselha e Spartak empatam em pontos, mas o enorme saldo de gols do time francês não o coloca na frente porque, no confronto direto (1º critério de desempate), a vantagem é russa, pela vitória por 1 a 0 no Vélodrome. Portanto, é mais do que recomendável aos comandados de Didier Deschamps uma vitória em Moscou, na próxima rodada, dia 23.

auxerre_ajax_birsa_sammaritano_quercia_reuters

Julien Quercia tenta evitar, sem sucesso, a comemoração nada máscula de Valter Birsa e Frédéric Sammaritano (Reuters)

Bem mais magra, porém tão importante quanto, foi a vitória do Auxerre sobre o Ajax no L’Abbé-Deschamps, por 2 a 1. O AJA abriu o placar logo de cara, quanto Frédéric Sammaritano não quis saber da fama religiosa do seu nome e chegou com tudo num chute-dividida que virou gol nos primeiros minutos. A pressão holandesa foi intensa, Luiz Suárez deu um trabalhão e o empate veio de cabeça (com o beque Alderweired), no segundo tempo. Quando tudo parecia resolvido, porém, Kamel Chafni foi espertaço após sofrer falta no ataque: bateu rapidinho, colocando Steeven Langil na cara de Stekelenburg, e a rolada por baixo do arqueiro deu a vitória aos anfitriões.

Uma vitória do Real Madrid sobre o Milan seria perfeita para o sonho auxerrense, mas até que o empate por 2 a 2 no San Siro não foi ruim, pois a equipe francesa (3 pontos) está a apenas dois pontos do time italiano, vice-líder do grupo G (o Ajax tem 4). Como o Auxerre receberá os rossoneros na próxima rodada, pode ultrapassá-los na tabela em caso de vitória e, se o Real bater ou empatar com o Ajax na Holanda, subirá para uma surreal segunda posição na chave da morte! Como o futebol está sempre sujeito a acasos e imprevistos, o que custa sonhar?

FfF
Pinceladas sobre o que fizeram os jogadores franceses que atuam fora da França: 

– Ontem, Gabriel Obertan anotou um belo gol na vitória do Manchester United sobre o Bursaspor (3 a 0)

– Como disse o Filipe nos comentários, Karim Benzema foi o responsável pela assistência para o gol que salvou o Real Madrid da derrota na Itália. No fim de semana, pelo Campeonato Espanhol, ele também foi fundamental para o sucesso do time, que venceu o Hércules de Trezeguet (que abrira o placar) de virada.

Jérémy Menez abriu o placar para a Roma contra o Basel, finalizando com categoria. Acabaria 3 a 2 pró-giallorossi na Suíça.

Gael Clichy vacilou feio no lance que redundaria no segundo gol do Shakhtar Donetsk sobre o Arsenal, o de Eduardo, perdendo a bola na defesa, perto da linha de fundo. Os Gunners levaram 2 a 1 na Ucrânia.

*Com 5 gols em 4 jogos, Anelka está empatado com Lionel Messi (Barcelona) e atrás apenas de Samuel Eto’o (Inter de Milão), que tem 7.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 27 de outubro de 2010 Copas francesas | 20:41

Duas categorias. E que clássico, amigo!

Compartilhe: Twitter

Os quatro últimos jogos das oitavas de finais da Copa da Liga Francesa tiveram jogos em duas categorias opostas: muito fáceis e extremamente equilibrados. Vamos começar por esse segundo grupo, cujas partidas foram muito mais emocionantes.

Primeiro, o clássico Lyon x PSG. Que jogaço no Gerland! Emocionante nos 120 minutos, parelho, chances aqui e acolá, bolas na trave (Hoarau, Pied, Pjanic, Ceará…), goleiros se sobressaindo com ótimas defesas (os reservas Coupet e Vercoutre, vejam só!). Parte da torcida anfitriã pediu a demissão de Claude Puel, mas o presidente Jean-Michel Aulas disse, depois da partida, que o técnico continua.

Antes da bola rolar, Grégory Coupet se disse feliz com a boa receptividade ao reencontrar o clube que defendeu 12 anos – ele é um dos três heptacampeões lioneses, tendo participado de todos os títulos, assim como Juninho Pernambucano e Sidney Govou (por isso ele saiu aplaudido tempos atrás…). Mas o arqueiro de 37 anos teria um baita azar no primeiro gol do jogo, quando Briand chutou fraco, a bola desviou no meio do caminho e o deixou sem ação, aos 38 minutos.

Com a pressão do Saint-Germain na segunda etapa, o jogo cresceu em oportunidades de gol e nervosismo à medida que o tempo passava – inclusive houve um forte empurra-empurra depois que um lionês se contundiu e o Parri deu sequência ao lance, finalizando na trave do OL. Michel Bastos (no lugar de Briand) e Gourcuff (na vaga do jovem Grenier), que estavam na turma dos poupados, deixaram o frio do banco de reservas e vieram para o pega mais do que quente, assim como Giuly, substituindo Chantôme. Nos minutos finais, o meia Bodmer, ex-Lyon, acertou um lindo chute e mandou a parada pra prorrogação. Lá, Lisandro López e Erding vieram para aumentar o poderio ofensivo dos times, e seria o pé direito e a patada salvadora de Ludovic Giuly (revelado em Gerland!) a decretar o resultado final do sensacional duelo.

lyon_psg_giuly_gol_afp

Preservar a masculinidade é algo que não faz a mínima diferença quando se marca um gol decisivo como este (AFP)

Campeão francês e detentor do título da Coupe de la Ligue, o Olympique de Marselha não teve vida tranquila contra o Guingamp, atualmente na terceira divisão nacional, por mais que isso possa parecer estranho. Venceu com placar magro, graças a gol de cabeça do ganês André Ayew (em jogada de família, após cruzamento do irmão Jordan), e tomou pressão para se classificar – o goleiro brasileiro Elinton Andrade, reserva de Mandanda que foi titular no Roudourou, que o diga…

Na categoria das babas do dia, duas goleadas: Auxerre 4 a 0 no Bastia (Sammaritano, duas vezes, Quercia e Hengbart), consideravelmente prejudicado por duas expulsões no primeiro tempo (!) e Lille 4 a 1 no Caen (dois de Cabaye, mais Gervinho e Hazard. Yatabaré descontou), que poderia ter levado mais não fossem os honestos trabalhos de Perquis sob as balizas.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 1 de setembro de 2010 Franceses no mundo | 00:37

E se fechou o mercado

Compartilhe: Twitter

Muita movimentação nesta terça-feira entre os clubes europeus, por conta do último dia para as transferências de jogadores para a primeira metade da temporada, até dezembro. Mas vou colocar aqui negócios fechados envolvendo clubes e jogadores franceses há mais tempo também, porque fiquei devendo, admito:

– O futebol francês perdeu Asamoah Gyan, artilheiro do Rennes que se valorizou pelo que fez com Gana na Copa 2010 e foi para a prima rica Premier League: assinou com o Sunderland. Que o sol não lhe faça cair na obscuridão!

– Outro que foi bem na Copa foi o japonês Daisuke Matsui, meia do Grenoble, que anteriormente passara por Le Mans e Saint Etienne. Merecia mais do que uma segunda divisão francesa, então conseguiu ser emprestado para o Tom Tomsk (?), atualmente o oitavo colocado no Campeonato Russo. Que suporte o frio de lá com disciplina oriental.

– Só o Valencia levou três jogadores que atuavam na França: o zagueiro/volante português Ricardo Costa, do Lille, o volante argentino Alberto Costa, do Montpellier, e o meia francês Sofiane Feghouli, do Grenoble, este uma promessa, pois já atuou na seleção francesa sub-21.

– Quem vem de fora para a Ligue 1 é o zagueiro senegalês Pape Diakhaté, reforço do Lyon, como já informou na segunda-feira o amigo Filipe Papini, do BrasiLyonnais.Foi emprestado pelo Dínamo de Kiev, da Ucrânia, por uma temporada. Na verdade ele retorna para o país onde surgiu para o futebol – foram seis temporadas de Nancy – e no qual jogava desde o começo do ano, emprestado para o Saint-Etienne.

– Com uma fase de grupos nada fácil de Liga dos Campeões da Europa pela frente, o Auxerre apostou em uma solução caseira nesta terça: Frédéric Sammaritano, meia ofensivo do Vannes, é a novidade. Chega por três anos, depois de se destacar como campeão europeu sub-19 ao lado de Yoann Gourcuff. Com 1,62m, dizem que lembra Mathieu Valbuena, do Olympique de Marselha. Vamos ver então!

– Surpreendeu a ida de David Trezeguet para o Hercules. Que ele sairia da Juventus, da Itália, já se sabia. Mas o experiente atacante provavelmente lutará contra o rebaixamento no pequeno clube de Alicante, de volta à elite espanhola… A Juve tomou emprestado o lateral Armand Traoré, que não conseguiu se firmar no Arsenal, detentor dos seus direitos, e já passou uma temporada no Portsmouth.

– O Arsenal dispensou o zagueiro Mikael Silvestre, que acertou com o alemão Werder Bremen por dois anos. E viu o também defensor  William Gallas acertar com o Tottenham, um dos seus rivais no Campeonato Inglês. Por sua vez, Arséne Wenger não se fez de rogado e repôs as perdas francesas na posição: o compatriota Sebastien Squillaci, ex-Sevilla, se juntou ao já chegado Laurent Koscielny, vindo do Lorient semanas atrás.

– Antes de receber Gallas, o Tottenham transferiu definitivamente o também zagueiro Dorian Dervite, que eu sinceramente não conhecia, para o Villarreal. Vindo para o clube inglês procedente do Lille, o jovem de 22 anos foi prejudicado por uma grave lesão no joelho enquanto esteve na terra da Rainha. Então, que seu futebol apareça na Espanha!

Desculpem por deixar alguns nomes sem citar. Esqueci alguém relevante desse fim de janela?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,