Publicidade

Posts com a Tag Rudi Garcia

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:53

Anemia ofensiva francesa no matchday 3 das ligas

Compartilhe: Twitter
Cavani repetiu, contra o APOEL, a comemoração do gol contra o Caen, mas dessa vez, ufa, não foi expulso!

Cavani repetiu, contra o APOEL, a comemoração do gol contra o Lens, mas dessa vez, ufa, não foi expulso!

5 jogos e apenas um gol!

Liga dos Campeões da Europa

De vermelho meio laranja-roseado (??), o Paris Saint-Germain teve a volta do zagueiro e capitão Thiago Silva, mas ainda não pôde contar com o machucado Ibrahimovic contra o APOEL.

Não fez por merecer, mas conseguiu uma preciosa vitória no Chipre por intermédio de sua segunda estrela no ataque, o uruguaio Edinson Cavani. E segue líder, com sete pontos, um à frente do Barcelona, que derrotou o Ajax. O jogo do returno da chave, na Espanha, deve decidir quem vai pras oitavas em primeiro lugar.

Quem não conseguiu evitar o empate, por sua vez, foi o Monaco. Não perder do Benfica em Portugal é um resultado até que bom, mas como o Bayer Leverkusen bateu o Zenit na outra partida do grupo, o time francês foi ultrapassado pelo alemão nessa equilibrada disputa: Bayer 6 pontos, Monaco 5, Zenit 4, e mais atrás, Benfica 1.

Entre os franceses fora da França, Benzema brilhou de novo em mais uma vitória do Real Madrid, agora sobre o Liverpool, fazendo dois dos três gols merengues. Ribéry, mesmo vindo do banco de reservas, marcou um dos SETE do Bayern de Munique sobre a pobre Roma, do técnico francês Rudi Garcia. Griezmann fez o terceiro da goleada do Atlético de Madrid sobre o Malmö. E Loic Rémy fez o primeiro do Chelsea na goleada sobre o Maribor, mas saiu machucado minutos depois.

Liga Europa

Lille e Guingamp tiveram o mesmo resultado em seus jogos: zerrô zerrô!

Ruim pro LOSC, pois, considerados o empate dele em casa com o Everton e a vitória do Wolfsburg sobre o Krasnodar, o clube alemão o roubou a vice-liderança da chave. Agora é Everton 5, Wolfs 4, Lille 3 e Kras 2).

Já o EAG conseguiu, por melhor sorte, ganhar uma posição no grupo. Por ter batido o PAOK fora, a Fiorentina lidera folgada, com 9 pontos. O EAG foi a 4, o PAOK ficou com 3 e o Dínamo somou seu primeiro.

O Saint-Etienne visitou a Internazionale, que jogou só de azul, e acumulou, adivinhem o placar, o terceiro empate sem gols em três jogos na UEL! Caiu pra terceira posição do grupo, com 3 pontos, porque o glorioso Qarabag superou o Dnipro na Ucrânia e tem 4, três a menos que o clube italiano.

Algo em comum entre Lille e St Etienne na rodada: torcedores de ambos geraram certo tumulto nas respectivas cidades onde os times jogaram. Os do LOSC no encontro violento com um grupo do Everton e os da ASSE pela aglomeração em Milão, que teve uma pessoa ferida numa estação de metrô.

Supporters do Saint-Etienne “causando” em Milão a caminho do estádio da Inter

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 30 de setembro de 2012 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 21:00

Marselha cai em Valenciennes e PSG se aproxima; Lyon perde do Bordeaux e vem em 3o após 7a rodada

Compartilhe: Twitter

Reforçado às 21h55 de 01/10

Valenciennes FC 4 x 1 Olympique de Marseille (Le Tallec 2, Danic e Kadir; Jordan Ayew – Assista aos gols)
Paris Saint-Germain 2 x 0 FC Sochaux-Montbéliard (doublé de Kevin Gameiro)
Olympique Lyonnais 0 x 2 Girondins de Bordeaux (Trèmoulinas e Diabaté)
Evian TG FC 1 x 1 FC Lorient (Khlifa; Sunu)
Stade Rennais FC 2 x 0 LOSC Lille (Assista aos gols. O capitão Mavuba deixou o jogo lesionado, desfalque pro Lille na Champions?)
AC Ajaccio 1 x 0 Stade Brestois 29 (Mostefa)
AS Nancy Lorraine 0 x 2 Montpellier Hérault SC (Belhanda e Camara)
OGC Nice 2 x 2 SC Bastia (Cvitanich e Civelli; Rothen e Modeste)
ESTAC Troyes 0 x 2 Toulouse FC (Ben Yedder e Rivière)
AS Saint-Etienne 0 x 0 Stade de Reims

Gols do fim de semana: Assista ao vídeo no site da ESPN

Estatísticas oficiais: leia o arquivo da LFP

Classificação: 1) OM, 18 pts; 2) PSG, 15; 3) OL, 14; 4) LOR e BOR, 13.
Zona do Rebaixamento: 17) EVI, 5; 18) NAN, 4; 20) TRO, 2.

Se mantivesse os inabaláveis 100% de aproveitamento, o Marselha igualaria um recorde do Lille da década de 30! Mas a equipe de Elie Baup dormiu na partida que abriu o domingo, caindo para o bom time do Valenciennes com notáveis falhas individuais de seus jogadores. Mandanda esteve num dia bastante negativo, bem como seus companheiros de defesa (Nkoulou, Morel, Fanni). Com a surpreendente goleada (que o OM não sofria desde 2006!), comandado pela dupla Danic-Le Tallec, o VAFC do beque brasuca Gil foi a 11 pontos e à 7a colocação, não distante dos líderes.

Desta vez Ibrahimovic passou em branco, mas o Paris Saint-Germain mostrou que tem outro goleador, Kevin Gameiro, em mais um triunfo, agora contra o Sochaux. Gameiro foi titular pela 1a vez e já correspondeu, o que mostra a Ancelotti que é possível escalá-lo como “9”, tirando Ibrahimovic da área e variando ofensivamente a equipe. A squadra do técnico italiano segue com a melhor defesa (3 gols sofridos em 7 rodadas), e vai animada tanto para o duelo com o Porto (co-líder do Português ao lado do Benfica) pela liderança do grupo A da Liga dos Campeões, na quarta, quanto especialmente para Le Classico que agora pode tirar a liderança isolada do Olympique no domingo.

O Lyon também poderia ter se aproximado do líder, mas saiu derrotado diante do Bordeaux e foi outro a perder a invencibilidade na L1. Ambos têm compromissos na Liga Europa na quinta, os Girondinos contra o Newcastle, por onde vem brilhando o meia francês Hatem Ben Arfa, e os Lioneses contra o desconhecido Hapoel Ironi Kiryat Shmona…

Nada espetacular o empate do Lorient com o Evian, de fraca campanha até aqui, mas o FCL segue no top 4, como um dos três invictos que restaram (ao lado de PSG e Bordeaux) e com o melhor ataque do Francês até agora, 13 gols marcados, pasmem!

Abertura da rodada com duelo de nortistas, Rennes e Lille, que vinham na metade de baixo da tabela, e deixaram Tulio de Melo e o selecionável Mvila no banco. Com Erding (ex-PSG) no ataque titular, o rubro-negro abriu o placar quando era mais atacado e tinha menos posse de bola, curiosamente. Pitroipa fez bela jogada pela esquerda, chutou, Landreau se atrapalhou com uma bola que dava pra agarrar, Feret apareceu em sua frente e o encobriu com um totózinho, aos 19 do 2o.

Logo depois do gol, Tulio veio pro jogo em mudança ofensiva de Rudi Garcia, que tirou o volante Gueye. E os visitantes acertaram a trave de Costil pela segunda vez (após bela intervenção do goleiro). Mas a sorte estava com os anfitriões. Alessandrini, que veio pro lugar do turco Mevlut, pegou um rebote de rebatida da área, pouco à frente da intermediária, dominou e acertou um lindo tirambaço curvilíneo, encobrindo Landreau, 2 a 0 até o apito final, que Garcia teve de ver longe do banco, expulso que foi. Antonetti só colocou Mvila aos 35, ele vinha de lesão?

Além de ver o jogo na tribuna do Parc des Princes, o ex-presidente Nicolas Sarkozy foi ao vestiário local, tietou Ibrahimovic e pegou Maxwell e outros de calças curtas...

No fim, o Rennes (14o) atingiu a pontuação do Lille (15o), 7 pontos. O LOSC levou gols em todas as partidas do campeonato até aqui, o que é bem preocupante não só no certame, mas também porque há uma UCL em curso! (o SRFC começou a rodada com o mesmo retrospecto ruim, mas conseguiu superá-lo depois dos 90 minutos). Nesta terça, o time busca seus primeiros pontos no torneio continental fora de casa, contra o Valencia, que faz campanha regular no Espanhol (10o colocado com 6 rodadas).

Providencial vitória do campeão Montpellier em Nancy, que o levou para o 13o lugar na tabela. Que seja uma injeção de ânimo para o grupo de René Girard, a despeito da fragilidade do adversário, agora penúltimo colocado, pois o MHSC tem parada dura nesta quarta-feira, enfrentando o Schalke 04 (4o na Bundesliga após 6 rodadas) na Alemanha pela Liga dos Campeões, na qual ainda não pontuou.

Pro Saint-Etienne não foi legal empatar em casa, por mais que o Stade de Reims esteja melhor colocado na competição. Brandão foi reserva e entrou no 2o tempo novamente, desta vez no lugar de Hamouma, dias depois ter recebido uma boa notícia com o arquivamento da acusação de estupro de que era alvo na França.

Franceses fora da França
Pelo que pude acompanhar, o meia Franck Ribéry foi muito bem na vitória do Bayern de Munique sobre o Werder Bremen no Campeonato Alemão, mantendo o time bávaro com 100% de aproveitamento na Bundelisga. E o zagueiro Laurent Koscielny foi mal na derrota do Arsenal para o Chelsea no clássico pelo Campeonato Inglês. No lance do gol de Fernando Torres, o beque tentou segurar o atacante, esqueceu da bola, e o espanhol esticou a perna para encostar para as redes…
Outro desempenho internacional de francês que valha o registro?

Meio de semana, 2a rodada de UCL e UEL:
Terça, 2/10 – Champions: Valencia (ESP) x Lille
Quarta, 3/10 – Champions: Porto (POR) x PSG / Schalke (ALE) x Montpellier
Quinta, 4/10 – Liga Europa: Hapoel Shmona (ISR) x Lyon / Marseille x AEL Limassol / Newcastle (ING) x Bordeaux

Programação da 8a rodada, que tem tudo pra pegar fogo no domingo, com os 4 primeiros se enfrentando e o Paris com a perspectiva de se igualar ao Marselha no topo da classificação:

Vendredi 5 octobre 2012
AS Saint-Etienne x AS Nancy Lorraine

Samedi 6 octobre 2012
Montpellier Hérault SC x Evian TG FC
SC Bastia x ESTAC Troyes
LOSC Lille x AC Ajaccio
Stade de Reims x Nice
FC Sochaux-Montbéliard x Stade Rennais FC
Toulouse FC x Valenciennes FC

Dimanche 7 octobre 2012
Stade Brestois 29 x Girondins de Bordeaux
*FC Lorient x Olympique Lyonnais
**Olympique de Marseille x Paris Saint-Germain

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 70 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 19 de setembro de 2012 Brasileiros na França, Torneios europeus | 17:59

Estreias na Champions: PSG confirma, Montpellier e Lille decepcionam

Compartilhe: Twitter

*PSG 4 x 1 Dínamo de Kiev* (Assista aos gols)
Bela estreia parisiense, comandado, como vem sendo a tônica nesta temporada, por Zlatan Ibrahimovic. O sueco abriu o placar convertendo pênalti, atingindo duas marcas únicas no Parc des Princes: disputou a Liga e fez gols por seis camisas diferentes (Ajax, Juventus, Internazionale, Barcelona, Milan e PSG) em seu retrospecto no torneio.

A equipe francesa ganhou tranquilidade no marcador depois que a dupla de zaga brasileira mostrou talento ofensivo em poucos minutos: o estreante Thiago Silva e seu parceiro Alex marcaram, aproveitando cruzamentos na área ucraniana. Nos minutos finais, o Dínamo descontou, mas ainda deu tempo para Pastore chutar rasteiro e o goleiro Koval aceitar.

O saldo de gols elástico foi importante, até por já colocar o time na liderança da chave, já que o Porto bateu o Dínamo Zagreb por 2 a 0 na outra partida, na Croácia. Um belo começo, impondo moral, como a ambição tricolor sugere.

Brasil e Argentina sorrindo: Nenê, vindo do banco como tem sido costume nos últimos jogos, celebra com Pastore o último gol no Parc (Uefa.com/Getty Images)

*Montpellier 1 x 2 Arsenal*
O começo foi deveras animador para a torcida franco-brasileira, com Belhanda abrindo o placar aos 9 minutos, batendo penalidade com ousada cavadinha. Mas a alegria caseira durou pouco, com Podolski e Gervinho, ex-Lille, virando o marcador antes dos 20, em gols com a participação e “fogo amigo” de Olivier Giroud, atacante bleu e campeão francês com o MHSC em 2011/12.

A reação do Montpellier veio no segundo tempo, mas não se confirmou em gols, tendo no máximo uma bola no travessão em chute colocado de Cabella. No ataque, o senegalês Camara foi muito mal (o pior avaliado pelo site Top Mercato), e nem o substituto argentino Herrera pôde fazer melhor. Resultado ruim, mas sabemos que dificilmente a equipe de Girard poderá fazer frente aos adversários do grupo. Por coincidência, o outro jogo da chave registrou mesmo placar: Olympiacos 1 x 2 Schalke (surpresa pra mim)

Mathieu Debuchy disputa bola na dura peleja para os Dogues, batidos pelo Bate... (Uefa.com/Getty Images)

*Lille 1 x 3 Bate Borisov*
Se a derrota do Montpellier era até previsível, pelo peso do adversário em questão, o revés do LOSC em seu primeiro jogo oficial continental no Grand Stade foi péssimo (pesou demais o retrospecto ruim em casa?). O primeiro tempo já selou o resultado, com a equipe bielorrussa aplicando 3 a 0. Chedjou descontou aos 15 do segundo, mas foi só. Tulio de Melo foi titular, mas só jogou meio tempo, dando lugar ao caboverdiano Ryan Mendes, ambos sem sucesso na busca do gol.

No outro jogo do grupo, o Bayern fez 2 a 1 no Valencia, em Munique. Pra quem já teria dificuldade em se classificar mesmo se vencesse, ficou ainda mais complicado pros comandados de Rudi Garcia. Como diz o L’Equipe no fligir dos ovos, o Lille “hipotecou” suas chances de avançar às 8as de finais…

E aí, o que acha dos resultados e perspectivas dos franceses nesta UCL? Commentez!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 24 de maio de 2011 Extracampo | 21:35

Campeão Lille dá as cartas entre os melhores da temporada

Compartilhe: Twitter

Tava na cara, tanto que acertei o melhor jogador e o melhor treinador da temporada na França, na 20ª edição da premiação da UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais, o sindicato da classe boleira): Eden Hazard e Rudi Garcia, claro, representando o mais eficiente clube da Ligue 1 2010/2011. O meia belga do Lille, eleito a maior revelação de 2009 e 2010 (Dúvida: no segundo ano o cara ainda pode ser considerado revelação?), faz história por ter sido o jogador mais jovem a ganhar o principal prêmio da organização. 

Desta vez, o troféu revelação ficou para o selecionável zagueiro Mamadou Sakho, do Paris Saint-Germain, e o de goleiro foi para Steve Mandanda, do vice-campeão Olympique de Marselha. A ofensivíssima seleção da Ligue 1, com quatro jogadores do LOSC Métropole, foi composta por:

garcia-et-hazard_ff

Eden e Rudi, pequenos apenas nos nomes, com seus troféus (France Football)

Steve Mandanda (O. Marseille); Anthony Reveillère (Lyon), Adil Rami (Lille), Mamadou Sakho (PSG) e Taye Taiwo (NIG – Marseille); Yann M’Vila (Rennes), Eden Hazard (Lille) e Nenê (PSG); Gervinho (CMA – Lille), Kévin Gameiro (Lorient) e Moussa Sow (SEN – Lille).

Não empolga a nenhum de nós, mas como melhores árbitros foram escolhidos Anthony Gautier, Clément Turpin (destaque do ano de 2010 segundo a France Football) e Nicolas Pottier.

Ligue 2
Acertei de novo: melhor jogador para Sebastian Ribas (Dijon) e melhor técnico para Bernard Casoni, do Evian. O time-base da segunda divisão reúne:

Benoît Costil (Sedan); Sébastien Corchia (Le Mans), Grégory Cerdan (Le Mans), Benjamin Genton (Le Havre) e Cédric Fabien (Boulogne-sur-Mer); Romain Alessandrini (Clermont Foot), Olivier Sorlin (Evian Thonon-Gaillard), Rudy Haddad (Châteauroux) e Benjamin Corgnet (Dijon); Sebastian Ribas (Dijon) e Sloan Privat (Clermont Foot). Boas opções para os times da elite, heim…

Mulheres e homenagens
Entre les femmes, errei: deu Elise Bussaglia, do Paris Saint-Germain. Houve troféus de honra em homenagem a Just Fontaine (maior artilheiro de uma única edição de Copa, com 13 gols em 1958), Michel Hidalgo (técnico da França campeã europeia em 1984), Philippe Piat (sem distinções como ex-jogador, mais é presidente da UNFP desde 1969!) e Sylvain Kastendeuch (um ex-atleta um pouco melhor, jogou no Metz e defendeu os Bleus no fim dos anos 80. Mas é co-presidente do sindicato da categoria, entendeu?).

O público ainda votou e elegeu a equipe símbolo dos (últimos) 20 anos da UNFP, com nomes marcantes, como os vários campeões mundiais em 1998: Fabien Barthez; Christian Karembeu, Lilian Thuram, Laurent Blanc e Bixente Lizarazu; Patrick Vieira (ainda joga), Robert Pirès (a.j.), Franck Ribéry (a.j.) e Zinédine Zidane (ainda brinca e detona); Jean-Pierre Papin e Pedro Miguel Pauleta. Técnico: Didier Deschamps. Timaço, né não?

Você também pode se interessar por:

> Nasri e Nenê são reconhecidos entre os melhores de 2010

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 16 de maio de 2011 Copas francesas | 18:12

E o Lille matou a enorme fome de conquistas

Compartilhe: Twitter

Um golzinho no finalzinho da decisão da Copa da França premiou o Lille depois de 56 anos sem títulos de expressão. Azar do Paris Saint-Germain, que viu o bi escapar no sábado no Stade de France. Um parabéns especial aos brasileiros campeões, o atacante Túlio de Melo (que entrou no início do segundo tempo) e o lateral Emerson (que permaneceu no banco de reservas).

Houve falha de Coupet, mas o mérito de Obraniak não pode ser ignorado: aos 44 minutos do segundo tempo, o meia polonês teve frieza e eficiência incomuns para cobrar uma falta cruzada no ângulo oposto do goleiro parisiense, que acreditou que a bola sairia e nem esticou os braços para tentar interceptá-la… (veja no vídeo após o texto abaixo)

lille_mavuba_taça_afp

O capitão Rio Mavuba ergueu a taça e teve o gesto de levantar os braços repetido pelos colegas em Saint-Denis (AFP)

lille_diaseguinte_afp

Festa também no dia seguinte, na volta à Lille, com Hazard banhando os torcedores. Acho que essa champagne é melhor do que a que os santistas tacaram no Muricy, heim? (AFP)

Rudi Garcia estava certo: o jogo seria decidido em um detalhe. Não em dois detalhes, pois Coupet, logo depois do gol sofrido, faria pênalti em Gervinho e, surpresa, defenderia a cobrança de Debuchy, o que no resultado da partida nada interferiu. E para sorte do técnico do LOSC, o título lhe sorriu e o alçou positivamente à história do clube nordista, que ganha muita confiança na briga pelo caneco da Ligue 1 contra o Olympique de Marselha.

Olha, já tô achando que veremos um doublé por aí… E você?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 12 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 23:32

Nenê, Hazard, Gameiro ou Sow?

Compartilhe: Twitter

Temporada acabando e as tradicionais premiações apontam os nomes que se destacaram e concorrem às honrarias. A UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais), que chega à 20ª edição dos seus prêmios, revelou os indicados em suas sete categorias. As distinções serão entregues no dia 22, domingo, por volta das 16h de Brasília, à Paris, como dizem os franceses.

Para suceder Lisandro López no rol de ganhadores do prêmio principal, de melhor jogador do ano, concorrem o brasileiro Nenê, o belga Hazard, o senegalês Sow e o francês Hazard. Abaixo coloco alguns números para a gente poder opinar sobre quem leva a melhor, além dos meus pitacos.

Entre os melhores goleiros, concorrem Landreau, Lloris, Mandanda e Ruffier. Quanto aos técnicos, o nome que sucederá Jean Fernandez (Auxerre) será ou Deschamps, ou Garcia, ou Gillot ou Gourcuff pai. As mesmas categorias se repetem na segunda divisão, a Ligue 2. E o futebol feminino também é comtemplado, com apenas jogadoras de Lyon e PSG participando. Não, Shirley Cruz não é brasileira, mas costarriquenha.

Hazard à frente de Sow em treino do LOSC. Quem se dará melhor no troféu da UNFP? (Losc.fr)

E os nominados são:

>> Meilleur joueur de Ligue 1 : Kévin Gameiro (Lorient), Eden Hazard (Lille), Nenê (Paris-SG) e Moussa Sow (Lille). Acho que dá Hazard, a maior revelação e o mais habilidoso do provável campeão

– Nenê: 33 jogos, 14 gols (26% do PSG – 6º artilheiro-geral), 6 assistências (12º no geral), 3 cartões amarelos, 0 vermelho
Hazard: 35 jogos, 7 gols (11% do Lille), 9 assistências (6º no geral), 2 cartões amarelos, 0 vermelho
– Gameiro: 33 jogos, 14 gols (46% do Lorient – 2º artilheiro-geral), 3 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho
Sow: 33 jogos, 21 gols (34% do Lille – 1º artilheiro-geral), 2 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho

> Meilleur gardien de Ligue 1 : Mickaël Landreau (Lille), Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Marseille), Stéphane Ruffier (Monaco). Fico com Landreau, para homenagear o veterano

Meilleur entraîneur de Ligue 1 : Didier Deschamps (Marseille), Rudi Garcia (Lille), Francis Gillot (Sochaux) e Christian Gourcuff (Lorient). Escolho Garcia, porque com um elenco mais fraco do que o de Deschamps ficou quase sempre na frente na tabela

> Meilleur joueur de Ligue 2 : Benjamin Corgnet (Dijon), Rudy Haddad (Châteauroux), Sloan Privat (Clermont-Ferrand) e Sébastian Ribas (Dijon). Ribas lidera a artilharia do torneio, dois gols à frente de Privat (19 a 17). Fico com o “primo” do Diego ex-meia do Santos então…

> Meilleur gardien de Ligue 2 : Benoît Costil (Sedan), Bertrand Laquait (Evian-Thonon), Grégory Malicki (Angers) e Johny Placide (Le Havre). O líder Evian foi um dos que menos perdeu. Então vou de Laquait

Meilleur entraîneur de Ligue 2 : Patrice Carteron (Dijon), Bernard Casoni (Evian), Landry Chauvin (Sedan) e Olivier Pantaloni (AC Ajaccio). Casoni, porque está fazendo história no time criado em 2007

> Meilleure joueuse: Camille Abily (Lyon), Elise Bussaglia (Paris-SG), Shirley Cruz (Lyon) e Lara Dickelmann (Lyon). Abily tem jeitão de “Zinedina”, portanto…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 19 de abril de 2011 Copas francesas | 17:32

Premiado pela ofensividade, Lille vai à final

Compartilhe: Twitter
torcida_nice_afp

Os sobrinhos da tia Nice tentaram incendiar a partida fora dela, mas dentro de campo os Cães rosnaram mais alto (AFP)

Gols próximos, com dois minutos de diferença, só que em tempos diferentes. Assim o LOSC acabou com o sonho do Nice, fez 2 a 0 e se tornou o primeiro finalista da Copa da França. Recompensa para a ousadia de Rudi Garcia que, quando perdeu o volante Balmont machucado, na etapa inicial, colocou o meia-atacante Hazard. Aos 44, ele abriria o placar, após tabela com Obraniak e chute forte que venceu Letizi.

Mal os times voltaram do intervalo, Obraniak enfiou bela bola para Gervinho, livre. O marfinense deu a volta diante do goleiro e tocou para o gol vazio. O Nice não se fez de rogado e foi para cima, com Mouloungui acertando a trave de Landreau aos 9 do 2º. A torcida voltou a se empolgar. Com 18 minutos, o mesmo atacante recebeu em boas condições de finalizar, em contra-ataque, mas não quis arriscar de canhota e a trivela de direita saiu torta…

Mesmo pressionando, o OGCN não achava o caminho gol e oferecia contragolpes aos visitantes, que também poderiam ter ampliado a fatura. Sem sucesso em suas tentativas, Túlio de Melo foi substituído por Moussa Sow já perto do final. Pena que, pouco antes de acabar a contenda, os sobrinhos da tia Nice deram mau exemplo e tacaram coisas na direção do gramado, que meninos maus!

E assim o Lille voltou a uma decisão de Coupe, o que não ocorria desde o pentacampeonato de… 1955! Amanhã, os Dogues saberão quem os aguardará no Stade de France no próximo dia 14 de maio: PSG ou Angers. Dará favorito ou zebra?

hazard_afp

O Superfly de Eden Hazard, garoto belga que anda voando alto nesta temporada

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 15 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão, Seleção francesa | 10:06

Lille, cuidado com o… Lille

Compartilhe: Twitter

Quando um time lidera um campeonato de pontos corridos na reta final, com boa vantagem na classificação, a ponto de os concorrentes mais próximos terem de torcer por tropeços contra outros adversários, podemos dizer que ele só perde, principalmente, para ele mesmo. Certo?

Eis o caso do Lille, líder do Francês, que depois da derrota para o Monaco, na última rodada, viu o clima se desestabilizar entre seus jogadores: Rami falou em falta de comprometimento dos colegas, a turma não gostou e Landreau tentou esfriar a quentura, como informa a boa coluna de França do Trivela.com. É bom que Rudi Garcia faça seus comandados manterem o foco e se unirem em campo para que o trabalho de toda a temporada não desmorone a poucos metros da linha de chegada…

rudi_garcia_lille_afp

O técnico do LOSC também se irritou após a derrota em Mônaco. Mas agora precisa de muita calma (AFP)

Prejuízo pro Lyon
Miralem Pjanic pegou dois jogos de suspensão pela Comissão de Disciplina da Liga de Futebol Profissional (LFP) por uma suposta agressão (alguém viu se foi mesmo?) não vista pela arbitragem de então sobre Victor Hugo Montaño, do Rennes, no empate entre os times quase um mês atrás. A reclamação acintosa do técnico Fréderic Antonetti depois da referida partida, quanto à impunidade do meia do Lyon, acabou surtindo resultado, prejudicando um rival direto na luta pelas vagas na próxima Liga dos Campeões da Europa…

Se lhe devem…
Raymond Domenech foi demitido pela Federação Francesa de Futebol depois do fiasco da Copa 2010 sem nada receber. Por mais que isso faça sentido pelos desserviços que ele vinha prestando, é seu direito não aceitar o acordo com a entidade e cobrar uma indenização, como de fato ocorreu nesta quinta. Assim como a FFF pode buscar argumentos como a dispensa por falta grave para não ter que desembolsar milhões. O tribunal de Prud’hommes deve examinar o caso só em 13 de janeiro de 2012

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Franceses no mundo, Torneios europeus | 19:22

PSG não bate BATE, mas avança. Lille caiu mesmo

Compartilhe: Twitter

Acertei as apostas de ontem!

Mesmo sem conseguir derrotar o BATE Borisov, nem na Bielorrússia (2 a 2) nem hoje, na França (0 a 0), o Paris Saint-Germain se classificou para as oitavas de finais da Liga Europa. Vai enfrentar um adversário de bem mais respeito, o português Benfica, que deixou o Stuttgart para trás.

Nesta quinta, poupou titulares como Nenê, Giuly e Makelele e deu chance para novatos, como Makonda e Kebano. Foi o suficiente. Mas se tivesse levado um golzinho, sei não…

psg_bate_ceara_reu

Ceará, capitão parisiense hoje, comemora a classificação mesmo sem vitória. Contra o Benfica, é preciso fazer mais (Reuters)

 

Quanto ao Lille, tava na cara que não seguraria o PSV em Eindhoven, ainda mais poupando jogadores (Landreau, Beria, Balmont, Chedjou, Sow e Hazard começaram no banco). E olha que saiu na frente, com Frau, conseguindo o placar que precisava com vinte e poucos minutos. Mas a pressão veio forte, e num carrinho imprudente do brasileiro Emerson, Dzsudzsák (aff…) foi esperto na cobrança da falta, chutando enquanto Mouko arrumava a barreira, para empatar.

O placar já favorecia o time holandês, que acabou beneficiado pelo excesso de rigor do juiz espanhol Eduardo Iturralde González na expulsão de Frau, pelo segundo amarelo. Daí para os gols de Lens (que tem nome de clube francês, mas é da Nederlanda mesmo) e do zagueiro brasuca Marcelo foi um pulo.

Túlio de Melo, que apareceu mais ajudando a defesa do que o ataque nas bolas aéreas, atuou até os 24 do 2º, quando o artilheiro da Ligue 1 o substituiu, sem sucesso também. Fim de jogo, 3 a 1, que somados aos 2 a 2 na França não deixam margem para desempate. Vamos ver se o LOSC se segura na liderança do Campeonato Francês, que foi o que lhe restou.

psv_lille_garcia_reu

Expulso logo depois de Frau, o técnico Rudi Garcia foi parar na arquibancada e teve que ouvir a algazarra dos torcedores do PSV no Philips Stadium (Reuters)

 

Liverpool 1 x 0 Sparta Praga
Bem que eu torci pro David N’Gog ir bem hoje, na Inglaterra. Com o impedimento de Luiz Suárez de atuar na Liga Europa, o francês segue ganhando chances no ataque titular dos Reds. Mas, nesta quinta, seu desempenho foi triste e não tive como não concordar com as críticas negativas da transmissão da ESPN (narrador, comentarista e telespectadores via internet). Sorte dele e do time todo que Dirk Kuyt balançou as redes e trouxe alívio para Anfield Road.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 Torneios europeus | 21:09

PSG e Lille passam na Liga Europa? Se ao menos priorizassem…

Compartilhe: Twitter

A situação dos franceses para as decisões dos mata-matas da fase 1/16 de finais é diferente, embora ambos tenham empatado por 2 a 2 seus jogos de ida, por causa do peso maior que se dá aos gols marcados fora de casa em caso de empate no saldo de gols de cada confronto.

Acontece que o Paris empatou fora, e em condições bem adversas no gelo ucraniano contra o BATE Borisov. Nesta quinta, às 17h05 pelo horário de Brasília, decide a parada no Parc des Princes com as vantagens de uma vitória por qualquer margem e os empates em 0 a 0 ou 1 a 1 para avançar.

Privilegiando a disputa do Campeonato Francês, no qual é quinto colocado a quatro pontos do líder Lille, Antoine Kombouaré não relacionou Nenê, Giuly e Makhelele para o duelo, dando descanso para o trio. É, parece que Liga Europa não é prioridade pros franceses mesmo…

o LOSC se viu em maus lençóis depois que deixou o PSV igualar o marcador na França, na semana passada, quando vencia por confortáveis 2 a 0. Por isso, já começa a partida de volta, às 15h de amanhã, em desvantagem, pois o zero a zero classifica o time holandês. Ou seja, precisa do gol. E só serve um empate se for 3 a 3 ou mais…

Vítima de entorse no tornozelo esquerdo, o defensor Mathieu Debuchy é o único desfalque de Rudi Garcia, que também curte não usar a força máxima, em Eindhoven. Até que ponto a galera vai se doar em campo, sabendo que no domingo tem nada mais nada menos que o Lyon pela frente na Ligue 1?

Eu aposto que o Paris Saint-Germain avança e o Lille não. E você?

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última