Publicidade

Posts com a Tag Roma

segunda-feira, 4 de abril de 2011 Brasileiros na França, Franceses no mundo | 23:58

Lesões francesas, estagiário no Lyon…

Compartilhe: Twitter

Philippe Mexès, zagueiro que vem sendo titular da França de Laurent Blanc, está fora de ação por pelo menos quatro meses. Em jogo da Roma pelo Campeonato Italiano no domingo, contra a Juventus, o beque loiro teve ruptura dos ligamentos cruzados anteriores do joelho esquerdo, algo que parece grave só de se pronunciar…

mexes_reu

Quando vinha muito bem, Mexes se despede da temporada 2010/2011 (Reuters)

Com contrato acabando na equipe de Gian Oddi, Mexès pintava forte como reforço do Milan para a próxima temporada. Será que a grave contusão o afasta de Milanello? O que se sabe é o técnico dos Bleus vai ter que arrumar outro companheiro para Adil Rami na zaga da seleção para os três compromissos de junho (Belarus, dia 3, Eliminatórias da Euro / Ucrânia, dia 6, amistoso / Polônia, dia 9, amistoso) e provavelmente para o de agosto, o amistoso do dia 10 contra o Chile. 

Franceses fora… da Champions
A contratura na coxa esquerda tirou mesmo Karim Benzema do ataque do Real Madrid contra o Tottenham, nesta quarta-feira, no jogo de ida pelas quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Do lado inglês, também é certo que a defesa não terá Younes Kaboul, de molho faz tempo. Já a presença de William Gallas é incerta, devido a problema no joelho.

Ederson voltou
O meia brasileiro participou dos últimos 45 minutos do empate entre Lyon e Nice, no domingo. Embora seu time tenha permitido o empate dos donos da casa, depois de estar ganhando por 2 a 0, o retorno foi bastante especial para o jogador, como podemos constatar no Brasil Lyonnais.

Falando em OL…
… o leitor Eduardo Júnior informa que uma promessa do futebol brasileiro está partindo para estágio no clube lionês neste mês de abril. É o goleiro Fernando Milioli Magagnin, de 16 anos, da equipe juvenil do Criciúma-SC.

De 4 a 16 de abril, o garoto treinará com o preparador de goleiros Bats, camisa 1 da França em 1986 que defendeu o pênalti de Zico na Copa do Mundo do México. O brasileiro viaja com Toninho da Silva, ex-treinador das categorias de base do Criciúma e irmão de Sonny Anderson, ex-atleta e hoje dirigente do Lyon, que os recepcionará por lá. Que Fernando deixe uma boa impressão e abra portas na Europa!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 10 de março de 2011 Brasileiros na França, Extracampo, Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 00:15

Apanhado

Compartilhe: Twitter

Como me ausentei nos últimos dias por causa do Carnaval, passo brevemente pelos fatos recentes que merecem registro:

>> Lille e Rennes, quem diria, abriram vantagem na corrida pelo título do Campeonato Francês. O primeiro venceu um concorrente direto dos dois, o Olympique, arrancando um 2 a 1 nos acréscimos (com Frau, aproveitando cruzamento de Emerson). O segundo também ganhou fora de casa, do Montpellier, 1 a 0. Quem bobeou foi o PSG, caindo diante do Auxerre, que não vencia há 16 partidas… Melhor pro Lyon, que atropelou o Arles (5 a 0), com triplé de Lisandro e gol de Michel Bastos. O Bordeaux não decepcionou: 3 a 1 no Brest.

* Classificação: Lille e Rennes lideram com 49 pontos, seguidos por Olympique de Marselha e Lyon, com 45, e PSG, com 44. Veja tabela completa

lille_marselha_ap

Olha quem continua no topo da Ligue 1: os Dogues. Mas não estão sozinhos... (AP)

>> E o Brandão, heim? Se meteu em um enrosco, chegou a ser até preso, mas já está em liberdade. Dois dias depois da derrota do Marselha, da qual participou, foi acusado de estupro por uma moça de 23 anos. Primeiro ela disse que o brasileiro a violentou no carro no último dia 1º, quando a levava para casa após saírem juntos de uma casa noturna em Aix-en-Provence, o que gerou a detenção e a investigação que envolveu depoimentos de jogadores do Olympique. Depois, porém, ela retirou a acusação, o atacante foi solto no dia seguinte, mas continuará respondendo ao processo. Ele não nega que saiu com a dita cuja e os dois tiveram relação sexual. Só que ela diz que foi forçada e ele, consentida. Dá a pinta de que ela exagerou na história porque ficou p… com ele por algum motivo que desconhecemos, não?

>> Notícia triste de bastidores nesta quarta-feira: depois de 15 anos, foi rompido o enlace matrimonial entre Christian Karembeu, ex-jogador e campeão do mundo em 1998, com a modelo eslovaca Adriana Karembeu, loiríssima que já arrancou suspiros por aqui outrora. Diz o espanhol Mundo Deportivo que a iniciativa foi dela, cansada da superexposição do casal na mídia e, especificamente, de fotos delas com outros homens cotados como supostos amantes. Agora é torcer para que ela continue como embaixatriz da Federação Francesa de Futebol.

>> Dois zagueiros franceses viveram sortes opostas nas oitavas da Liga dos Campeões. Na terça-feira, Phillippe Mexès foi expulso ainda no primeiro tempo e naufragou, com a Roma, diante da brasileirada do Shakhtar Donetsk. Nesta quarta-feira, William Gallas salvou em cima da risca um gol quase feito por Robinho, com Gomes já batido, e ajudou o Tottenham a eliminar o poderoso Milan, que teve em Mathieu Flamini uma cópia do jeito Gattuso de entrar duro demais pra cima dos adversários e sem eficiência, lamentavelmente…

tottenham_milan_gallas_salva_ap

Saaaalva Gallassss! E os Spurs alcançam as quartas pela 1ª vez na Champions (AP)

>> As oitavas de finais da Liga Europa têm os confrontos de ida nesta quinta-feira. O representante francês na parada é o Paris Saint-Germain, que encara o Benfica às 17h05 de Brasília. O jogo em Portugal terá transmissão da ESPN HD (aaahhh…) e também da RedeTV! (êêê!) ao vivo.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:53

Franceses importantes nas oitavas da Liga

Compartilhe: Twitter

Os times não jogaram ainda, mas os jogadores gauleses já fizeram a diferença (para o bem e para o mal) no início dos mata-matas da Liga dos Campeões da Europa. Nesta quarta, tivemos:

Arsenal 2 x 1 Barcelona

Jogo de duas histórias diferentes em Londres. Na primeira metade, Abidal levou a melhor sobre Koscielny, Clichy e Nasri, como revelam os lances mais agudos dos três, em um espaço de quatro minutos. O lateral-esquerdo do Barça foi muito bem ao cortar um cruzamento perigosíssimo de Fàbregas aos 24 minutos.

Aos 26, o lateral-esquerdo do Arsenal deu condição legal para Villa receber passe de Messi e procurou consolo num olhar para o assistente que não o retribuiu, porque não havia impedimento. Na sequência da jogada, foi aberto o placar no Emirates Stadium. Um minuto depois, um nervoso Nasri levou amarelo e discutiu com o árbitro Nicola Razzoli.

Os 45 minutos finais tiveram outras cenas e desfechos. Koscielny foi muito bem ao desarmar Pedro quando o espanhol invadia a entrada, cara a cara com o goleiro do Arsenal cujo nome improvável não preciso escrever aqui, né?

A virada dos Gunners teve direta participação francesa: Clichy começou a jogada do empate de Van Persie e Nasri assistiu o belo arremate de Arshavin, decretando o 2 a 1.

arsenal_barcelona_ap

O lance do 1 a 0: Clichy reclamou, Koscielny não alcançou e Nasri assistiu de longe (AP)

wenger_reu

Arsène Wenger foi um dos franceses vitoriosos no triunfo mais do que especial sobre o Barça (Reuters)

Roma 2 x 3 Shakhtar Donetsk

Mexès e Ménez foram titulares no time italiano, que, no primeiro tempo, fez feio diante da ofensiva brasileira na equipe ucraniana. Na etapa complementar, o prejuízo romanista foi diminuído graças ao atacante francês, quando, aos 16 minutos, ele arrancou pelo meio, se livrou de um agarrão adversário e chutou colocado, com a lateral do pé, no ângulo: que golaço!

menez_roma_afp

Um lindo gol pode começar assim, como se viu no Estádio Olímpico (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011 Seleção francesa | 11:41

France vs Brésil: Les sélectionnés

Compartilhe: Twitter

A maior novidade é o novato zagueiro Koscielny, que vem atuando bem no Arsenal, tradicional celeiro de selecionáveis Bleus – forneceu mais jogadores que qualquer clube francês, acredita? Evra não voltou como se especulava, ao contrário de Menez, outro que faz por merecer na Roma. Diaby e Matuidi também retornam, mas nada de Gignac, Gomis, Payet, testados anteriormente, e Martin, do Sochaux, cotado depois de recentes bons jogos – não sinto falta de nenhum deles no momento…

Laurent Blanc não pôde chamar Nasri, Valbuena, Kaboul e Ribéry, lesionados (se não estivessem, os dois primeiros certamente estariam na relação). Samir sim deve fazer falta, assim como Franck, por sua experiência.

Voilá la liste:

Goleiros – Hugo Lloris (Lyon), Stève Mandanda (Olympique de Marselha) e Cédric Carrasso (Bordeaux)

Laterais direitos – Bacary Sagna (Arsenal-ING) e Anthony Reveillère (Lyon)

Zagueiros – Philippe Mexès (Roma-ITA), Adil Rami (Valencia-ESP), Mamadou Sakho (PSG) e Laurent Koscielny (Arsenal-ING)

Laterais esquerdos – Eric Abidal (Barcelona-ESP) e Gaël Clichy (Arsenal-ING)

Meio-campistas – Alou Diarra (Bordeaux), Abou Diaby (Arsenal-ING), Yann M’Vila (Rennes), Yohan Cabaye (Lille), Yoann Gourcuff (Lyon), Florent Malouda (Chelsea-ING) e Blaise Matuidi (Saint Etienne)

Atacantes – Karim Benzema (Real Madrid-ESP), Jérémy Menez (Roma-ITA), Guillaume Hoarau (PSG), Loïc Rémy (Olympique de Marselha) e Kevin Gameiro (Lorient)

Não haverá ingressos à venda nas bilheterias do Stade de France no dia 9. Tudo bem, eu nem queria mesmo…

Para rever a convocação brasileira, faça clique aqui.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011 Brasileiros na França, Copas francesas, Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo | 23:59

Lyon e Bordeaux caem na Copa da França. E mais…

Compartilhe: Twitter

Desculpa pela demora em postar de ontem pra hoje, mas tô no meio do plantão de feriado (terça é niver de SP), com equipe reduzida mas afazeres não 

Na fase 1/16-de-finais, as zebras passearam. A começar na casa da tia Nice, né não Lyon? Com fogo amigo ainda, mais doloroso foi… Os Girondinos de Bordeaux também sentiram o gosto da decepção somada com a vergonha, assim como o Stade Brestois, eliminado por um rival amador, de quinta categoria divisão, forte no handebol, mas quase desconhecido no mundo estratificado do futebol – o glorioso Chambéry.

Veja os resultados:

Nice 1 x 0 Lyon – Clerc, ex-OL, marcou, depois de jogada construída por Mounier, ex-OL, na prorrogação
Agen (CFA2) 2 x 3 Paris Saint-GermainBodmer (ex-OL…), Luyindula (ex… adivinhe?) e Hoarau fizeram. Nenê deu duas assistências
 

Túlio de Melo é festejado pelos lilleanos (AFP)

Túlio de Melo é festejado pelos lilleanos (AFP)

Lille 1 x 0 Wasquehal (CFA2) – Túlio de Melo marcou o gol da classificação
Angers (L2) 1 x 0 BordeauxBoa organização defensiva fez com que a zebra se justificasse
Vaulx-en-Velin (DH) 0 x 2 RennesTettey e Brahimi
Nîmes (L2) 1 x 2 NancyJulien Féret fez os dois do ASNL
Chambéry (CFA2) 1 (4) x 1 (3) Brest – Os dois gols do empate saíram na prorrogação. Nos pênaltis, zebraça!
Fontenay-le-Comte (CFA) 0 x 1 Lorient – Autret marcou só no 2º tempo da prorrogação
Sochaux 2 x 1 Paris FC – Esse foi na sexta-feira
Clermont Foot (L2) 1 x 3 Reims (L2)
Sedan (L2) 0 x 1 Metz (L2) 
Strasbourg (Nat) 1 x 0 Evian TG (L2) 
Boulogne (L2) 0 x 1 Drancy (CFA) 
Nantes  (L2) 2 x 1 Raon-l’Étape (CFA) 
Cherbourg  (CFA) 0 x 1 Le Mans (L2) 
Quevilly (CFA) 1 (3) x 1 (5) Martigues (CFA) Lille

E como ficam as oitavas de finais, agendadas para 2 de fevereiro:

Martigues (CFA) x Paris-SG
Lille x Nantes (L2)
Rennes x Reims (L2)
Lorient x Metz (L2)
Nancy x Le Mans (L2)
Drancy (CFA) x Nice
Chambéry (CFA2) x Sochaux
Angers (L2) x Strasbourg (Nat)


Ligue 1

Malouda vence o goleiro do Bolton (Getty Images)

Malouda vence o goleiro do Bolton (Getty Images)

Também teve Campeonato Francês no “findi”. Mas apenas um jogo, que faltava para que todos, agora, tivessem o mesmo número de partidas disputadas. Adil Hermach, de voleio, e Toifilou Maoulida, aproveitando cruzamento de Grégory Sertic, definiram a vitória do Lens sobre o Caen.

Esse resultado nada interferiu nas 16 primeiras posições da tabela. Mas fez com que o Lens passasse o Caen, virando 17º e relegando o adversário para a 18ª e primeira posição na zona de rebaixamento. Então, ô se valeu… 


FfF
Agitada a seção Franceses fora da França, vou resumir:

Menez fez um golaço pela Roma, contra o Cagliari, no Italiano. Gingou em frente ao goleiro, que saiu pr’um lado e ele pelo outro, antes de rolar pro barbante.

Benzema marcou o gol da vitória do Real Madrid, contra o Mallorca, pelo Espanhol. Dias depois de Kaká ter pedido pra ele “fazer um pouco mais dentro de campo”…. (tomou?)

– Na goleada do Chelsea sobre o Bolton no Inglês, Malouda e Anelka balançaram as redes. Foi o nono gol de Florent na Premier League, igualando-se ao compatriota Nasri no top ten dos goleadores (e olha que os dois são meias…). Nicolas tem quatro gols a menos – precisa recuperar terreno, senhor 39!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011 Extracampo | 18:22

Resumo do mercado de inverno 1

Compartilhe: Twitter

Desculpe a quem esperava mais frequentes atualizações sobre a boataria do mercado da bola francês, mas não dou conta de sair escrevendo instantaneamente assim que as especulações pipocam aqui e acolá. Se houverem novos acúmulos, coloco aqui o resumão 2, depois o 3 e etecétera até o fechamento da janela europeia de transferências, no dia 31 de janeiro

– É justo que comecemos pelo melhor francês do ano passado. Dizem que Samir Nasri foi sondado pelo Barcelona, talvez disposto a um plano B no Arsenal diante da dificuldade de repatriar Cesc Fabregas. Mas o time inglês parece disposto a prolongar o vínculo do meia, que atualmente vai até 2012, não querendo ver se repetir o que houve com outro francês, Mathieu Flamini. Tempos atrás, o Arsenal deixou Flamini muito tempo pensando no que queria e o meia acabou saindo em 2008, no fim de seu contrato, de graça para o Milan. E outra: os Gunners não devem abrir mão de um dos melhores jogadores europeus da atualidade, certo?

– Mais um selecionável de hoje em dia em pauta. É o zagueiro Adil Rami, que, seduzido pela chance de disputar “o melhor campeonato do mundo”, em suas palavras, deixou o Lille, com quem tinha contrato até 2012, e assinou até 2015 com o Valencia, para “subir um patamar” na carreira. Bonne chance ao beque de 25 anos, formado nas fileiras do LOSC.

– 2015 também é o prazo do contrato firmado entre Hatem Ben Arfa e Newcastle. Emprestado pelo Olympique de Marselha ao time inglês, o meia agora se desvinculou da equipe francesa de vez. Embora eu preferisse o retorno dele à França, a notícia me deixa feliz pela aposta permanente do Newcastle em um atleta que mal começou a jogar (apenas quatro jogos da Premier League) e já foi para o estaleiro em função de uma dupla fratura na perna (tíbia e perônio). Que se recupere bem e rapidamente volte aos gramados – a estimativa de retorno é para fevereiro.

– O Newcastle, aliás, surge como interessado nos préstimos goleadores de Djibril Cissé, artilheiro do Campeonato Grego pelo Panathinaikos já não é de hoje. Experiência e faro de gol não parecem faltar para o temperamental atacante de 29 anos. Dará negócio? O também inglês Aston Villa é outro na parada por Djibra.

Villa que está muito perto de fechar com o camaronês Jean II Makoun. Tudo estaria certo entre o Aston e o Lyon, faltando apenas acertos de termos de contrato entre ingleses e o volante de 27 anos, que está em Gerland desde 2008/2009. O técnico lionês Claude Puel, entretanto, disse que torce para o jogador permanecer e, se o OL continuar nos planos de Makoun, Makoun segue nos planos do OL. 

– O Nice trouxe de volta o atacante David Bellion, por empréstimo, do Bordeaux. O jogador de 28 anos foi campeão francês e da Copa da Liga Francesa pelos Girondinos em 2008/2009. Por sua vez, o Bordeaux fez oferta por Kevin Gameiro para não ficar desfalcado no setor. Parece que o Lorient topou negócio, mas o atacante está balançado por uma oferta anterior do Valencia. Se ele deixar a França, será uma pena.

– Falando em Bordeaux, o capitão da equipe e da seleção, Alou Diarra, estaria na mira silenciosa do Paris Saint-Germain, segundo a France Football. O contrato do volante de 29 anos com os Girondinos vai até 2013, mas é bom ficar de olho.

– Outro selecionável pode trocar de time, mas não de país. Na Itália desde 2004, Philippe Méxès pode mudar de ares e de cidade, de Roma para Milão, indo parar no rossonero Milan ao lado do brasileiro Thiago Silva numa defesa fragilizada e que tende a piorar quando não puder mais contar com Alessandro Nesta, à beira da aposentadoria.

>>> Dá pra acompanhar os negócios concretizados nos 20 times da Ligue 1, a elite francesa, no site do L’Equipe.

Mercado anda fraco, heim? Esqueci alguém importante? Vamos acrescentando novas informações nos comentários deste post até surgir o próximo resumo.

Amanhã, sexta, coloco a programação da primeira rodada do Francesão em 2011, agora no final de semana

Neve na França

Neve perto de Lille. Se depender do LOSC, segue tudo congelado no próximo semestre na França... (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 23 de novembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:35

Olympique classificado, Auxerre dá adieu

Compartilhe: Twitter
om_posado_afp

A pose antes da bola rolar no Luzhniki. Que bela camisa marselhesa!

O excelente placar de 3 a 0 contra o Spartak Moscou, na Rússia, deu a vaga ao Marselha antecipadamente nas oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Com a vitória do Chelsea sobre o Zilina (2 a 1), o time francês avança como segundo colocado no grupo F, cumprindo tabela na última rodada da fase de grupos, quando pegará o time inglês em casa.

Com aquela friaca costumeira em “Moskva”, o OM começou a tornar as coisas mais fáceis quando Mathieu Valbuena girou dentro da área e abriu o marcador com um indefensável arremate no primeiro tempo. Obrigado a partir pro ataque, o Spartak ficou mais com a bola e assustou no finalzinho, em contra-ataque perigosíssimo no qual Mandanda interviu de forma providencial.

Sem seu brasileiro mais criativo e talvez perigoso nas bolas paradas (Alex, ex-Inter), mas com Ari (ex-Fortaleza), Welliton (ex-Goiás) e Ibson (ex-Flamengo), o SM levou um baque quando aos 9 do 2º tempo Loic Rémy conseguiu duas proezas: transformou um chute na orelha da bola em chapéu e acertou as duas traves na finalização antes da pelota entrar: 2 a 0.

Como se não bastasse o prejuízo no placar, azar em campo para os donos da casa: Welliton, quem mais criava perigo para o time, se envolveu em confusão com Diawara e o árbitro só expulsou o atacante brasileiro, sendo rígido demais para um dos lados na avaliação da punição. Só faltava o Olympique ampliar para ficar ainda mais claro o desfecho do jogo, e foi o que aconteceu, quando Ayew roubou uma bola, ela sobrou para Brandão e o brasuca chutou cruzado, de canhota, no cantinho: 3 a 0. O 9 marselhês poderia ter feito mais, mas acabou por aí. Ótimo, a vaga é do time de Didier Deschamps!

om_valbuena_brandao_remy_afp

Os goleadores do dia confraternizam: Valbuena, Brandão e Rémy (AFP)

Por sua vez, a utopia do Auxerre morreu com a derrota por 2 a 0 para o Milan, na França. Chegar à penúltima rodada dessa etapa com chances de classificação até que ficou de bom tamanho na chave da morte que foi o grupo G. Até pode almejar uma Liga Europa, mas ganhar dos reservas do embalado Real Madrid na derradeira journée não parece missão fácil.

No Abbé-Deschamps, o Auxerre começou animado, procurando jogo, enquanto o Milan procurou marcar firme, até demais, “batendo” com a conivência do frouxo do juiz. No segundo tempo o time italiano melhorou, e quando o jogo estava morno, sem muita graça, apareceu o diferencial número 1: Ibrahimovic, o senhor resolve-as-paradas-milanesas, que aproveitou “passe” do zagueiro Dudka e bateu de primeira, vencendo o goleiro Sorin.

No fechar das cortinas, o diferencial número 2. Ronaldinho Gaúcho, que entrara há poucos minutos, recebeu de Robinho, entrou na área e tocou no canto com habilidade, relembrando seu métier dos bons tempos: 2 a 0 e fim da ilusão auxerrense. Ronnie foi o mais festejado após o apito final, depois de reencontrar o estádio onde começou sua passagem pelo futebol europeu, vindo do Grêmio.

auxerre_milan_ronaldinho_sorin_ap

Ronnie corre para o abraço, enquanto Sorin olha desolado para o nada (AP)


Dos clubes para os jogadores

Entre os franceses que atuam fora da França, foram destaque na Liga nesta terça:

Karim Benzema. Titular do Real Madrid, participativo no primeiro tempo e autor de um golaço contra o Ajax, concluindo com precisão dentro da área, após toque de calcanhar de Ozil.

Jérémy Menez. Titular da Roma, deu um “drible da vaca” em disparada pelo lado direito e cruzou para o gol de Borriello contra o Bayern de Munique.

Florent Malouda. Autor do gol da virada do Chelsea sobre o Zilina, em jogada que começou com Anelka e passou por Drogba.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 22 de novembro de 2010 Franceses no mundo | 22:21

Em alta: Menez (à la Zidane?), Kaboul e Evra

Compartilhe: Twitter

O tradicional espaço para os franceses que se destacaram fora dos times do país nesse fim de semana. Se eu esqueci alguém, favô avisá!

Semana inesquecível para o jovem zagueiro Younés Kaboul. Primeiro é chamado para defender a seleção francesa no amistoso contra a Inglaterra – mesmo não tendo entrado, pode dizer que estava lá. Depois, o companheiro de William Gallas marca o gol da vitória do Tottenham no clássico londrino contra o Arsenal, pelo Campeonato Inglês (3 a 2). Usou muito bem a cabeça! Samir Nasri, esse sim um titular selecionável em Wembley, também fez o seu, mas como a vitória foi de Kaboul, foto pra ele.

kaboul_afp

Kaboul é festejado pelos companheiros de Tottenham no Emirates Stadium (AFP)

Outro defensor francês a usar a cabeça para o motivo mais eficiente que existe no futebol foi o lateral-esquerdo Patrice Evra. Seu Manchester United superou o Wigan por 2 a 0, pela mesma Premier League. E que testada na redonda, heim!

evra_ap

Todos pararam para ver a belíssima cabeçada de Patrice (AP)

Por fim mas não com menos brilho, muito pelo contrário, Jérémy Menez. O atacante da Roma fez um belo gol e deu o passe para o outro da equipe da capital italiana nos 2 a 0 sobre a Udinese, na Série A. No tento inaugural no estádio Olímpico, ele arrancou, se desvinculou de dois adversários e chutou com categoria, no canto. Sobre sua atuação, a Gazzetta dello Sport escreveu: Menez illumina l’Olimpico. Empolgado, o jogador disse que o gol foi “à la Zidane” e espera que Laurent Blanc tenha visto, para retornar à seleção. Abaixo da foto dele está o vídeo do gol, assista e veja se a comparação com Zizou é cabida ou não.

menez_ap

"Esse é pro professor Blanc", imaginou o romanista (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quarta-feira, 3 de novembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:53

Chocolate do Marselha e arroz com feijão do Auxerre

Compartilhe: Twitter
zilina_marselha_gignac_dubravka_reuters

As atuações de Gignac e do goleiro Dubravka contrastaram gritantemente, como nessa foto da agência Reuters

Bela quarta-feira para os times franceses na Liga dos Campeões da Europa, numa semana em que tudo se inverteu em relação às duas primeiras rodadas: Lyon perdeu, Marselha e Auxerre ganharam. Com placares beeeem diferentes, mas em circunstâncias favoráveis, reanimando-os no principal torneio do continente.

E que goleada ACACHAPANTE do Olympique: 7 a 0 no MSK Zilina, e na Eslováquia! Foi a segunda maior vitória da história da Uefa Champions League, atrás apenas de Liverpool 8 x 0 Besiktas, em 2007. O Marseille ainda alcançou os recordes de maior vitória fora de casa ao final da partida e nos primeiros 45 minutos de jogo, quando já estava 4 a 0.

Particularmente, quem não se esquecerá desta noite de terça-feira será André-Pierre Gignac, aplaudido e substituído na segunda etapa por Brandão. Depois de marcar apenas um gol em dez jogos disputados na atual temporada, entre Ligue 1 e Champions, o atacante ex-Toulouse renasceu: fez um hat-trick e se tornou o quarto francês a obter tal marca na competição, depois de Franck Sauzée (esse eu não conhecia), Thierry Henry e Sylvain Wiltord. Lucho González marcou dois, Gabriel Heinze e Loïc Rémy completaram o placar com um tento cada.

Como era esperado, o Chelsea não tomou conhecimento do Spartak Moscou: 4 a 1 no Stamford Bridge, em resultado excelente para a pretensão de classificação do OM. Curiosamente, entre os que mais ajudaram o time francês no jogo de Londres estão o francês Nicolas Anelka (agora vice-artilheiro geral*), autor de um gol, e Didier Drogba, ex-Olympique, com um gol (de pênalti) e uma assistência (cruzamento perfeito para o cabeceio de Ivanovic). Agora, Marselha e Spartak empatam em pontos, mas o enorme saldo de gols do time francês não o coloca na frente porque, no confronto direto (1º critério de desempate), a vantagem é russa, pela vitória por 1 a 0 no Vélodrome. Portanto, é mais do que recomendável aos comandados de Didier Deschamps uma vitória em Moscou, na próxima rodada, dia 23.

auxerre_ajax_birsa_sammaritano_quercia_reuters

Julien Quercia tenta evitar, sem sucesso, a comemoração nada máscula de Valter Birsa e Frédéric Sammaritano (Reuters)

Bem mais magra, porém tão importante quanto, foi a vitória do Auxerre sobre o Ajax no L’Abbé-Deschamps, por 2 a 1. O AJA abriu o placar logo de cara, quanto Frédéric Sammaritano não quis saber da fama religiosa do seu nome e chegou com tudo num chute-dividida que virou gol nos primeiros minutos. A pressão holandesa foi intensa, Luiz Suárez deu um trabalhão e o empate veio de cabeça (com o beque Alderweired), no segundo tempo. Quando tudo parecia resolvido, porém, Kamel Chafni foi espertaço após sofrer falta no ataque: bateu rapidinho, colocando Steeven Langil na cara de Stekelenburg, e a rolada por baixo do arqueiro deu a vitória aos anfitriões.

Uma vitória do Real Madrid sobre o Milan seria perfeita para o sonho auxerrense, mas até que o empate por 2 a 2 no San Siro não foi ruim, pois a equipe francesa (3 pontos) está a apenas dois pontos do time italiano, vice-líder do grupo G (o Ajax tem 4). Como o Auxerre receberá os rossoneros na próxima rodada, pode ultrapassá-los na tabela em caso de vitória e, se o Real bater ou empatar com o Ajax na Holanda, subirá para uma surreal segunda posição na chave da morte! Como o futebol está sempre sujeito a acasos e imprevistos, o que custa sonhar?

FfF
Pinceladas sobre o que fizeram os jogadores franceses que atuam fora da França: 

– Ontem, Gabriel Obertan anotou um belo gol na vitória do Manchester United sobre o Bursaspor (3 a 0)

– Como disse o Filipe nos comentários, Karim Benzema foi o responsável pela assistência para o gol que salvou o Real Madrid da derrota na Itália. No fim de semana, pelo Campeonato Espanhol, ele também foi fundamental para o sucesso do time, que venceu o Hércules de Trezeguet (que abrira o placar) de virada.

Jérémy Menez abriu o placar para a Roma contra o Basel, finalizando com categoria. Acabaria 3 a 2 pró-giallorossi na Suíça.

Gael Clichy vacilou feio no lance que redundaria no segundo gol do Shakhtar Donetsk sobre o Arsenal, o de Eduardo, perdendo a bola na defesa, perto da linha de fundo. Os Gunners levaram 2 a 1 na Ucrânia.

*Com 5 gols em 4 jogos, Anelka está empatado com Lionel Messi (Barcelona) e atrás apenas de Samuel Eto’o (Inter de Milão), que tem 7.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 29 de setembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:26

O orgulho da França

Compartilhe: Twitter
"Ceis tão vendo onde eu rendo pra c..., né?", disse Michel no jogo do Lyon (AP)

"Ceis tão vendo onde eu rendo pra c..., né?", disse Michel no jogo do Lyon (AP)

Se as coisas vão mal em âmbito nacional, nada como um torneio continental para voltar a sorrir. É isso que o Lyon tem feito neste início de temporada. Hoje, não se importou com fato de jogar fora de casa e meteu 3 a 1 no Hapoel Tel-Aviv, em Israel. É a segunda vitória em dois jogos pela Liga dos Campeões da Europa, alçando o OL à liderança do grupo B – seis pontos, três à frente de Schalke 04, da Alemanha, e Benfica, de Portugal.

Claude Puel (bem mais aliviado, assim como o presidente Jean-Michel Aulas) escalou Lloris; Réveillère, Diakhaté, Lovren e Cissokho; Toulalan, Källström, Gourcuff (Pjanic, aos 32 do 2º) e Michel Bastos (Gonalons aos 44 do 2º); Briand e Gomis (Pied aos 18 do 2º).

Michel Bastos comandou a vitória, marcando de pênalti aos 7 minutos do 1º tempo e ampliando com uma pintura de gol aos 36 (aproveitou rebote de escanteio, batendo “na orelha” da bola, que fez curva impressionante e entrou na forquilha! – veja no vídeo no fim deste post). O goleiro nigeriano Enyeama – aquele mesmo que se destacou na Copa 2010, especialmente contra a Argentina – descontou aos 34 da segunda etapa, também cobrando penalidade. Mas Pjanic definiu o vencedor da contenda em Tel-Aviv, já nos acréscimos do jogo.

Bastos vem provando que não pode ser lateral esquerdo, sob pena de desperdiçar sua eficiência no ataque, chegando à área ou finalizando de média distância. Imagine se hoje ele fosse escalado como lateral: na hora do escanteio que originou seu gol, provavelmente estaria plantado no meio de campo, como um dos últimos homens lioneses, cobrindo a subida dos zagueiros que fossem tentar o cabeceio, e não na entrada da área, esperando um provável rebote…

O camisa 11 agora é o vice-artilheiro da Liga, com três gols, ao lado do francês Anelka (Chelsea) e do sueco Ibrahimovic (Milan), todos atrás de Samuel Eto’o Fils, da Inter de Milão, que tem quatro.

Com Olympique de Marselha (decepção) e Auxerre (confirmação) sem somar pontos depois de duas rodadas, o orgulho da França na Champions neste momento se chama Olympique Lyonnais.


Efe-efe-Efe

Figurando na já tradicional seção “Franceses fora da França (FfF)”, temos nesta quarta o jovem atacante Jonathan Biabiany. Finalmente aproveitado pela Internazionale, depois de alguns empréstimos para equipes menores da Itália, ele foi titular, jogou a partida inteira e esteve muito bem especialmente no primeiro tempo da goleada sobre o Werder Bremen – que teve como titular o zagueiro francês Mikaël Silvestre.

Silvestre (à esquerda) e Biabiany (centro): luta árdua pela melhor careta de esforço no Giuseppe Meazza (AP)

Silvestre (à esquerda) e Biabiany (centro): luta árdua pela melhor careta de esforço no Giuseppe Meazza (AP)

Mesmo sem jogar hoje, o meia-atacante Jérémy Menez foi destaque. Embora tenha atuado só por cerca de 60 minutos nas duas partidas da Roma, ele tem a melhor eficiência nos passes na Champions 2010/2011: acertou todos os 26 que distribuiu até aqui. Se liga aí, Claudio Ranieri!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última