Publicidade

Posts com a Tag Rami

terça-feira, 19 de junho de 2012 Eurocopa, Seleção francesa | 17:39

França perde da Suécia mas avança na Euro 2012!

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 21h03

Quando o líder do grupo enfrenta o lanterna, já eliminado, você espera um favoritismo que tem tudo para terminar em vitória. Mas essa Euro tem mostrado que não há barbadas (exceção feita quando uma Espanha encara uma Irlanda…), e mesmo sem muita motivação os suecos conseguiram aplicar 2 a 0, em Kiev, mandando a invencibilidade de 23 partidas para o saco. Menos mal que os Bleus não precisavam dos pontos de hoje para seguir adiante na competição…

O time titular teve Lloris; Debuchy, Rami, Mexès, Clichy; M’Vila, Diarra, Ribéry, Nasri e Ben Arfa; Benzema. Menez, mesmo tendo marcado na vitória sobre a Ucrânia, voltou para o banco, aonde permanecia Malouda, titular contra a Inglaterra na estreia.

Nos primeiros minutos, um susto causado por Mexes, que permitiu a Toivonen ficar cara a cara com Lloris e driblar o goleiro. Por muita sorte, a finalização foi na trave! A Suécia seguia mais solta, criando mais perigo que a França, se aproveitando de certa fragilidade da defesa gaulesa e pouca ousadia na frente.

Felizmente, o jogo deu uma esfriada no decorrer da primeira etapa, e terminou sem gols, da mesma forma que Inglaterra x Ucrânia, combinação que mantinha a França na frente dos ingleses na classificação da chave.

Ben Arfa foi mais um a ser testado no rodízio pelo lado direito do ataque francês (fff.fr)

O risco de se administrar esse empate era ficar na dependência de um resultado favorável no outro jogo, e logo esse panorama mudou. Rooney abriu o placar para os ingleses na sua primeira partida no torneio, o que colocava a França em segundo na classificação, inevitavelmente no caminho da Espanha nas quartas. Era um sinal pros Bleus acordarem, ainda mais depois que Ibrahimovic deixou as coisas ainda mais difíceis com um belo gol que tirou o marcador do zero em Kiev aos 8 da etapa complementar…

O prejuízo fez a França acordar, acelerar o jogo e começar a criar boas chances. Malouda teve nova chance, entrando no lugar de Ben Arfa. Posteriormente, Menez veio para a vaga de Nasri, mas o arqueiro Isaksson continuava impedindo o empate francês. A última cartada de Laurent Blanc foi colocar Giroud, artilheiro da última Ligue 1, ampliando a ofensiva com a saída do volante M’vila.

Quando parecia que a igualdade era questão de tempo, o castigo: Larsson ampliou aos 45, decretando a derrota francesa. Por sorte, a Ucrânia nada somou contra a Inglaterra mas, por azar, tem Espanha no caminho dos Bleus… Será que dá para vencer?

> Assista aos gols e leia mais sobre o jogo
> Veja galeria de imagens da partida

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 11 de junho de 2012 Eurocopa, Seleção francesa | 14:54

Euro 2012: França 1 x 1 Inglaterra na estreia, um pouco frustrante

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 17h52

Uma estreia é sempre difícil pelo nervosismo e ansiedade naturais, o rival merecia respeito, e a invencibilidade foi mantida, atingindo 22 partidas. Mas o sabor desse resultado é amargo, porque dava para vencer indubitavelmente, afinal a França era tida como favorita, pela melhor fase e os desfalques da Inglaterra, sobretudo o machucado Lampard e o suspenso Rooney, presente na Donbass Arena, em Donetsk – onde há pouco mais de um ano a mesma França goleou os donos da casa ucranianos em amistoso.

Os onze titulares de Blanc, como já se esperava considerando que M’vila ainda está sem condições, foram Lloris; Debuchy, Mexes, Rami, Evra; Cabaye, Diarra, Nasri, Malouda, Ribery; Benzema. Os Bleus começaram mais soltos, Nasri deu o primeiro arremate do jogo, mas o grande perigo de gol inicial foi inglês, com Young enfiando para Mllner, que driblou Lloris e para sorte gaulesa perdeu o ângulo na hora de arrematar sem goleiro, aos 14 minutos.

Porém, aos 29, Lescott não desperdiçou o belo cruzamento de Gerrard, ao ganhar do alto Alou Diarra por cima e testar sem chances para Lloris – será que o goleiro do Lyon não interceptaria a bola se resolvesse sair em vez de ficar em cima da linha? Prejuízo que obrigou a França a partir para cima com mais ênfase. Aos 34, quase Diarra se redime, cabeceando duas vezes em sequência com perigo para o gol de Hart.

A pressão surtiu efeito, os ingleses foram acuados para dentro da grande área e, após rápida troca de passes com Evra e Ribéry, Nasri bateu com categoria, forte e no cantinho do companheiro de Manchester City, para empatar aos 38. O gol fez bem aos franceses, que pressionaram fortemente nos minutos finais da etapa inicial.

Muita gente na frente de Nasri, mas a precisão foi excelente e a Tango morreu na rede (fff.fr)

Já o intervalo acabou ajudando o English Team, que conseguiu equilibrar as ações e segurar os Bleus na primeira metade do segundo tempo. Blanc não mexia no time, e o ataque conseguiu fazer Hart trabalhar novamente, com Nasri e Benzema, dessa vez mais presente. Porém era pouco, embora a Inglaterra também não conseguisse contra-atacar. Somente aos 39 o técnico francês alterou a equipe, com Ben Arfa e Martin nos lugares de Cabaye e Malouda. A pressão seguia constante e a França merecia a vitória, só que não conseguiu transformar o domínio em gol até o fim da contenda.

As últimas três estreias francesas em copas também foram marcadas por empates: 0 a 0 ao debutar na Copa 2006 (contra a Suíça), na Euro 2008 (Romênia) e na Copa 2010 (Uruguai). Embora as perspectivas nesta Euro ainda sejam boas, é preciso reencontrar as vitórias em copas – desde a semifinal de 2006 que os Bleus não sabem o que é isso! (1 a 0 sobre Portugal)

O segundo desafio é contra a Ucrânia, coanfritriã do torneio, às 15h45 de Brasília nesta sexta-feira, 15. É importante vencer pois os ucranianos estrearam com 2 a 1 na Suécia e pularam para a liderança do grupo D. Que acabe o jejum!

FICHA TÉCNICA – FRANÇA 1 X 1 INGLATERRA

Local: Arena Donbass, em Donetsk (Ucrânia)
Data: 11 de junho de 2012 (segunda-feira)
Horário: 13h (de Brasília)
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Assistentes: Renato Faverani (ITA) e Andrea Stefani (ITA)
Cartões amarelos: Chamberlain e Young (ING)
Gols: França: Nasri, aos 39min do 1° tempo; Inglaterra: Lescott, aos 30min do 1° tempo (ASSISTA!)

FRANÇA: Lloris; Debuchy, Rami, Mexès e Evra; Cabaye (Martin), A.Diarra e Malouda (Bem Arfa); Nasri, Benzema e Ribéry. Técnico: Laurent Blanc

INGLATERRA:Hart; Johnson, Terry, Lescott e Cole; Parker (Henderson), Gerrard, Milner, Young e Chamberlain (Defoe); Welbeck (Walcott). Técnico: Roy Hodgson

> Galeria de imagens de França 1 x 1 Inglaterra

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de junho de 2012 Eurocopa, Seleção francesa | 23:03

Vitórias injetam otimismo na França para início da Euro 2012

Compartilhe: Twitter
Celebração de um dos gols de Benzema contra a Estônia, em Le Mans (fff.fr)

Celebração de um dos gols de Benzema contra a Estônia, em Le Mans (fff.fr)

2 a 0 na Sérvia (veja matéria pós-jogo no SporTV), 4 a 0 na Estônia (assista aos belos gols), e os Bleus chegam para a Eurocopa com um cartel de 21 partidas invictos, confiantes para apagar os fiascos de 2008 e 2010 e ir longe em gramados “polaco-cranianos” (inventei essa…).

A expectativa é ainda maior porque o Grupo D é o último a estrear, só no domingo, 11, às 13 horas de Brasília. Como vantagem, o retrospecto francês diante dos ingleses tem sido favorável e o English Team vem para o torneio desfalcado, sobretudo do habilidoso Lampard. Suécia e a anfitriã Ucrânia completam a chave.

Time-base
Enquanto M’vila se recupera da lesão sofrida contra os sérvios, Alou Diarra o substitui no meio, ajudando Cabaye na forte marcação. Mais atrás, a linha defensiva titular deve ter o capitão Lloris, os bons Débuchy e Rami, e os mais vulneráveis, ao menos nos últimos jogos, Méxès e Evra.

Do meio para a frente, a sinfonia vem tocando certinho, com entrosamento e qualidade técnica entre Malouda, Nasri, Ribéry e Benzema, podendo contar ainda com os valiosos préstimos de Ben Arfa, Menez, Giroud e Valbuena.

É para esperarmos coisas boas para o elenco de Blanc, não acham? #AllezlesBleus

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 2 de março de 2012 Seleção francesa | 12:10

Foi mesmo na boca o beijo de Giroud em Débuchy em Alemanha 1 x 2 França?

Compartilhe: Twitter

Além do surpreendentemente rápido futebol apresentado contra uma das tops do planeta bola (veja alguns dos melhores lances), chamou a atenção na vitória francesa por 2 a 1 sobre a Alemanha em Bremen, na última quarta-feira, a comemoração do primeiro gol.

Pra lá de grato com a assistência de Débuchy, o artilheiro Giroud se voltou para o colega, segurou seu rosto e tascou um beijão nele… Até tem cara de beijo na boca, mas foi “apenas” perto dos lábios. As câmeras não nos permitem concluir, assista:

Já a foto abaixo permite, não é?

debuchy-giroud

Apenas bons amigos (Crédito: F.Fife/AFP - 20minutes.fr)

Curiosamente, os protagonistas do carinho explícito foram os mais bem avaliados pelo L’Equipe na partida. Eis as notas: Lloris 7, Débuchy 8, Rami 6, Méxès 6, Abidal 5; Cabaye 6, M’Vila 4, Valbuena 7, Nasri 5, Ribéry 4; Giroud 8.

Se o amigo Mário Alemão Monteiro lamentou, o sagaz Leonardo Bertozzi comparou o bom trabalho de Laurent Blanc com seu colega de banco de reservas Mano Menezes, no sentido de ter conseguido formar um time com quase um ano e meio de trabalho.

De fato, os Bleus estão invictos há 18 jogos (o post de Bertozzi lista-os). Em que pese esse número incluir umas babas no caminho das Eliminatórias da Euro 2012, houve também Inglaterra, Brasil, Alemanha… E haverá, até a Copa 2014, Inglaterra e Suécia (Euro, junho), Uruguai (agosto), Espanha (Eliminatórias da Copa, ida e volta), Itália (novembro) e novamente Alemanha (2013).

Para ficarmos ligados, antes do torneio europeu deste ano os compromissos agendados são:

> Dimanche 27 mai, match international à Valenciennes >> France x Islande
> Jeudi 31 mai, à Reims >> France x Serbie (não me faça feio no dia dos meus 30 anos!)
> Mardi 5 juin, au Mans >> France x Estonie

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 5 de novembro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 00:03

PSG, OM e Lyon ainda dependem de si próprios nas ligas

Compartilhe: Twitter

Ufa, ao menos o Paris venceu! Mas tô pessimista este ano sobre as possibilidades francesas na Europa… Tu não? Tentando ver pelo lado otimista, 3 dos 5 clubes ainda dependem apenas de si pra avançarem… (classificam-se os 2 primeiros dos grupos)

– Champions:
Mesmo ficando no zero com o Arsenal, o Marselha se manteve em 2o no grupo, a um ponto dos ingleses e, o q é importante, 3 à frente do Dortmund a 2 rodadas do fim desta fase. O jogo no Emirates foi movimentado e de qualidade no primeiro tempo, mas truncado no segundo. Mandanda mandou bem! (pfff)

Ao Lyon faltou inspiração pra segurar o Real (0 a 2), ja classificado com 12 pts – leia mais sobre a jornada inspirada de Cristiano Ronaldo no blog El Pichichi. Segue com 4 pts, a 3 do Ajax, unico rival na briga pela 2a vaga. Mas basta vence-lo em casa (terá vantagem no desempate) e o Zagreb fora pra carimbar vaga.

Lanterna da chave com 2 pts depois do revés em Milão (2 a 1, Túlio de Melo descontou), o Lille ou enfim ganha ou adieu! Pega o CSKA (5 pts) na fria Moscou e torce pela Inter (9) contra o Trabzonspor (5), adversario na ultima rodada.

FBL-EUR-C3-PSG-SLOVAN BRATISLAVA

O branco Pastore fez o negro Sissoko sorrir, e o multiétnico Saint-Germain saiu ganhando (AFP)

– UEL
O PSG, depois do 1 a 0 no Bratislava (Pastore salvou!), se consolidou na vice-liderança da chave, com 7 pontos, 3 atrás do Athletic Bilbao, já garantido. Empatando com o Salzburg (4 pts) na próxima rodada, na Áustria, carimba seu passaporte aussi.

O Rennes (2 pontos), porém, está com a corda no pescoço depois da derrota por 3 a 1 para o Celtic (5). Ou ganha de Atlético de Madri e Udinese (líderes do grupo com 7), ou se limita aos campos franceses no resto da temporada – o que, convenhamos, é o que deve acontecer…

FfF– O zagueiro Adil Rami, figura recorrente na seleção de Blanc, marcou na vitoria do Valencia sobre o Bayer Leverkusen por 3 a 1.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 14 de junho de 2011 Francês da 1ª divisão | 00:27

Mercado: Quem sai, quem fica, quem para (I)

Compartilhe: Twitter
gameiro-psg

Gameiro mostra onde está a partir de agora. Tem tudo para vingar (PSG.fr)

Um post só não vai dar conta das movimentações (e também das permanências) de jogadores nessa fase de transferências e renovações, então vamos pouco a pouco. Este é só um começo, un début. Conto com vossa ajuda no que eu esquecer ou não conseguir informar aqui!

– Primeiro, lembrança aos que pararam. O PSG foi o último time do goleiro Grégory Coupet e do volante Claude Makelele (ambos com 38 anos), que receberam bonitas homenagens no último jogo de ambos no Parc des Princes, quadros e flores entregues pelos filhos (falando no assunto, quem ganhou uma homenagem tardia foi o ex-goleiro Bernard Lama, que marcou época com a camisa tricolor nos anos 1990. Um amistoso reuniu nomes como Zidane, Djorkaeff, Weah, Raí e Pauleta no último sábado).

Makelele ganhou a Liga dos Campeões da Europa pelo Real Madrid galáctico em 2002 e Coupet participou de todas as sete conquistas consecutivas nacionais do Lyon, entre 2002 e 2008. Ambos estiveram entre os Bleus na campanha do vice-campeonato na Copa 2006.

– Para o lugar de Coupet, uma reposição à altura: Nicolas Douchez, que pelo Rennes foi o goleiro menos vazado da última Ligue 1. Com 31 anos, ele chega com um contrato de três anos.

– O Paris Saint-Germain, aliás, trouxe um baita dum reforço pro setor ofensivo: o atacante Kevin Gameiro, vice-artilheiro da Ligue 1 2010/2011 pelo Lorient e presente nas recentes convocações da seleção francesa principal de Laurent Blanc.

– O campeão Lille tratou de não sentir o desfalque do meia Yoan Cabaye, vendido para o Newcastle United, da Inglaterra, e trouxe o rodado Benoît Pedretti, de 30 anos, que já passou por Sochaux, Olympique de Marselha, Lyon e Auxerre, que defendeu nos últimos cinco anos.

– Como Eden Hazard e Gervinho podem deixar o LOSC (o marfinense já manifestou sua vontade de sair do clube neste verão europeu, mas uma proposta do Tottenham já foi recusada), o ataque precisa ser reforçado pelos lados dos Dogues. Quem já chegou foi a revelação Ronny Rodelin, de 21 anos, que vem do Nantes, por onde atuou na última Ligue 2. Mas é pouco para uma Champions League, heim…

– E como Adil Rami já estava de malas prontas para o Valencia desde o início do ano, o reforço de peso do Lille para a zaga pode ser o montenegrino Marko Basa, de 28 anos, do Lokomotiv Moscou. Ele já passou pelo futebol francês entre 2005 e 2008, no Le Mans, e segundo alguns veículos franceses já fechou acordo com o LOSC. 

– Bem valorizados depois da boa temporada do Sochaux, os meias Marvin Martin (que já chegou mostrando serviço no primeiro chamado para a seleção) e Ryad Boudebouz seguem no clube, segundo o presidente Alexandre Lacombe, que assim o disse na apresentação do novo treinador Mécha Bazdarevic. O assédio deve estar sendo grande…

makelele-coupet-quadros

Quadros e flores para Makelele e Coupet (PSG.fr)

Leia também:

> PSG contrata vice-artilheiro do último Campeonato Francês

> Craques do passado marcam presença no adeus de Bernard Lama

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 3 de junho de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 18:23

Empate nada empolgante, mas um bom resultado

Compartilhe: Twitter

A França ficou no 1 a 1 com Belarus e manteve a diferença de quatro pontos na liderança do grupo D das Eliminatórias para a Eurocopa 2012. Decepcionante, como os próprios jogadores admitiram após a partida em Minsk. Mas mesmo não conseguindo devolver a derrota imposta pelos bielorrussos em solo francês, sua única até aqui no qualificatório, os Bleus continuam comandando “com uma gordura boa” a tabela.

Atrás da França, com 13 pontos em 6 jogos, está a própria Belarus, com 9. Romênia e Albânia somam 8, Bósnia 7 e Luxemburgo 1, embora albaneses e bósnios tenham um jogo a menos que os demais, 5. Também nesta sexta-feira, a Romênia, que enfrenta o Brasil na terça-despedida-do-Fofômeno, bateu a Bósnia por 3 a 0.

No dia 7, terça-feira, a rodada da chave D reserva justamente Albânia x Bósnia, jogo atrasado, além de Belarus x Luxemburgo. Os franceses só voltam a campo pelas eliminatórias em 2 de setembro, contra os albaneses fora de casa. Mas na segunda agora, dia 6, já tem amistoso contra a Ucrânia, em Donetsk, três dias antes de outro amical, contra os poloneses. Ou seja, Laurent Blanc tem tempo sim para cobrar os caras e melhorar a equipe!

bel-fra-ribery-Sergey-Vermko-afp

Franck Ribery salta sobre Sergey Vermko: quando encosta em Karim Benzema, o meia-atacante do Bayern de Munique qualifica o ataque francês (AFP)

Os gauleses jogaram com Lloris; Sagna, Rami, Sakho e Abidal; Alou Diarra (capitão), Diaby (depois Rémy aos 27 do 2º), Nasri, Malouda e Ribéry; Benzema.

Os gols saíram com um intervalo de praticamente dois minutos. Com 19 quase 20 do primeiro tempo, Rami deu uma tesourada num bielorrusso perto da lateral e levou amarelo. Na cobrança da falta cruzada, Lloris hesitou e Abidal entrou em pane, simplesmente deixando a bola bater na sua canela e entrar na direção do gol…

Aos 22, a rápida resposta começou com Sagna avançando pela direita, após tabela com Malouda. O lateral cruzou na área, Benzema ajeitou para trás como bom pivô e achou novamente Malouda de frente. O meia do Chelsea colocou no canto, com categoria.

Ainda na primeira etapa, Diarra teve ótima chance em cabeceio após escanteio, se antecipando ao goleiro. Benzema recebeu cruzamento no segundo pau também em boas condições, mas isolou. Em boa trama entre Benze e Ribéry, um chute perigoso do Scarface passou pertinho da trave.

A segunda etapa reservou menos boas oportunidades de gol para os visitantes, com Benzema e Malouda. Rémy foi o único substituto escolhido por Blanc, que não conseguiu levar seu time aos três pontos.

benzema-afp

Ei, é falta, é pênalti! Garfaram os Bleus...rs

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 1 de junho de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 20:02

Sexta-feira tem seleção, e com TV

Compartilhe: Twitter

Reunida para um jogo nas Eliminatórias da Eurocopa de 2012 e dois amistosos, a França já está em Minsk, onde disputa o primeiro desafio, fora de casa, contra os bielorrussos. Para nós, a ESPN Internacional transmitirá a partida às 15h30 desta sexta, com abre de jogo às 15h15.

Les Bleus lideram o grupo D do qualificatório continental com 12 pontos e uma vantagem tranquila, por ora, sobre os vices, justamente Belarus e Albânia (?), com 8. Portanto, os donos da casa estão mais do que motivados para ganhar dos franceses e reduzir essa diferença de quatro para somente um ponto.

Na segunda-feira, outro compromisso em solo ex-soviético: amical contra a Ucrânia em Donetsk, terra do Shakhtar. Três dias depois, na quinta, outro amistoso, contra a Polônia, em Gdansk. Ambas as cidades deverão receber jogos da Eurocopa próxima, sediada conjuntamente por ucranianos e poloneses.

evra-reveillere-fff

Laterais no voo França-Belarus: Evra tentando esquecer o Barcelona com esse foninho? Réveillère avisando mamá que liga de novo quando chegar?

Entre os jogadores selecionados por Laurent Blanc, destaque para o retorno de Eric Abidal e o début de Marvin Martin, um prêmio à boa campanha do Sochaux na Ligue 1 e ao melhor assistente do torneio. Os retenus foram:

Goleiros: Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Cédric Carrasso (Bordeaux).

Defensores: Eric Abidal (Barcelona/ESP), Bacary Sagna (Arsenal/ING), Adil Rami (Lille – Valencia/ESP), Mamadou Sakho (Paris Saint-Germain), Patrice Evra (Manchester United/ING), Anthony Réveillère (Lyon), Younes Kaboul (Tottenham/ING) – O titular da zaga e algumas vezes capitão Mexès está lesionado

Meio-campistas: Alou Diarra (Bordeaux), Blaise Matuidi (Saint-Etienne), Yohan Cabaye (Lille), Yann Mvila (Rennes), Florent Malouda (Chelsea/ING), Abou Diaby (Arsenal/ING), Jérémy Menez (Roma/ITA), Samir Nasri (Arsenal/ING), Franck Ribéry (Bayern de Munique/ALE), Marvin Martin (Sochaux), Charles N’Zogbia (Wigan/ING), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha).

Atacantes: Kevin Gameiro (Lorient), Guillaume Hoarau (Paris Saint-Germain), Karim Benzema (Real Madrid/ESP), Loïc Rémy (Olympique de Marselha).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 24 de maio de 2011 Extracampo | 21:35

Campeão Lille dá as cartas entre os melhores da temporada

Compartilhe: Twitter

Tava na cara, tanto que acertei o melhor jogador e o melhor treinador da temporada na França, na 20ª edição da premiação da UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais, o sindicato da classe boleira): Eden Hazard e Rudi Garcia, claro, representando o mais eficiente clube da Ligue 1 2010/2011. O meia belga do Lille, eleito a maior revelação de 2009 e 2010 (Dúvida: no segundo ano o cara ainda pode ser considerado revelação?), faz história por ter sido o jogador mais jovem a ganhar o principal prêmio da organização. 

Desta vez, o troféu revelação ficou para o selecionável zagueiro Mamadou Sakho, do Paris Saint-Germain, e o de goleiro foi para Steve Mandanda, do vice-campeão Olympique de Marselha. A ofensivíssima seleção da Ligue 1, com quatro jogadores do LOSC Métropole, foi composta por:

garcia-et-hazard_ff

Eden e Rudi, pequenos apenas nos nomes, com seus troféus (France Football)

Steve Mandanda (O. Marseille); Anthony Reveillère (Lyon), Adil Rami (Lille), Mamadou Sakho (PSG) e Taye Taiwo (NIG – Marseille); Yann M’Vila (Rennes), Eden Hazard (Lille) e Nenê (PSG); Gervinho (CMA – Lille), Kévin Gameiro (Lorient) e Moussa Sow (SEN – Lille).

Não empolga a nenhum de nós, mas como melhores árbitros foram escolhidos Anthony Gautier, Clément Turpin (destaque do ano de 2010 segundo a France Football) e Nicolas Pottier.

Ligue 2
Acertei de novo: melhor jogador para Sebastian Ribas (Dijon) e melhor técnico para Bernard Casoni, do Evian. O time-base da segunda divisão reúne:

Benoît Costil (Sedan); Sébastien Corchia (Le Mans), Grégory Cerdan (Le Mans), Benjamin Genton (Le Havre) e Cédric Fabien (Boulogne-sur-Mer); Romain Alessandrini (Clermont Foot), Olivier Sorlin (Evian Thonon-Gaillard), Rudy Haddad (Châteauroux) e Benjamin Corgnet (Dijon); Sebastian Ribas (Dijon) e Sloan Privat (Clermont Foot). Boas opções para os times da elite, heim…

Mulheres e homenagens
Entre les femmes, errei: deu Elise Bussaglia, do Paris Saint-Germain. Houve troféus de honra em homenagem a Just Fontaine (maior artilheiro de uma única edição de Copa, com 13 gols em 1958), Michel Hidalgo (técnico da França campeã europeia em 1984), Philippe Piat (sem distinções como ex-jogador, mais é presidente da UNFP desde 1969!) e Sylvain Kastendeuch (um ex-atleta um pouco melhor, jogou no Metz e defendeu os Bleus no fim dos anos 80. Mas é co-presidente do sindicato da categoria, entendeu?).

O público ainda votou e elegeu a equipe símbolo dos (últimos) 20 anos da UNFP, com nomes marcantes, como os vários campeões mundiais em 1998: Fabien Barthez; Christian Karembeu, Lilian Thuram, Laurent Blanc e Bixente Lizarazu; Patrick Vieira (ainda joga), Robert Pirès (a.j.), Franck Ribéry (a.j.) e Zinédine Zidane (ainda brinca e detona); Jean-Pierre Papin e Pedro Miguel Pauleta. Técnico: Didier Deschamps. Timaço, né não?

Você também pode se interessar por:

> Nasri e Nenê são reconhecidos entre os melhores de 2010

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 15 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão, Seleção francesa | 10:06

Lille, cuidado com o… Lille

Compartilhe: Twitter

Quando um time lidera um campeonato de pontos corridos na reta final, com boa vantagem na classificação, a ponto de os concorrentes mais próximos terem de torcer por tropeços contra outros adversários, podemos dizer que ele só perde, principalmente, para ele mesmo. Certo?

Eis o caso do Lille, líder do Francês, que depois da derrota para o Monaco, na última rodada, viu o clima se desestabilizar entre seus jogadores: Rami falou em falta de comprometimento dos colegas, a turma não gostou e Landreau tentou esfriar a quentura, como informa a boa coluna de França do Trivela.com. É bom que Rudi Garcia faça seus comandados manterem o foco e se unirem em campo para que o trabalho de toda a temporada não desmorone a poucos metros da linha de chegada…

rudi_garcia_lille_afp

O técnico do LOSC também se irritou após a derrota em Mônaco. Mas agora precisa de muita calma (AFP)

Prejuízo pro Lyon
Miralem Pjanic pegou dois jogos de suspensão pela Comissão de Disciplina da Liga de Futebol Profissional (LFP) por uma suposta agressão (alguém viu se foi mesmo?) não vista pela arbitragem de então sobre Victor Hugo Montaño, do Rennes, no empate entre os times quase um mês atrás. A reclamação acintosa do técnico Fréderic Antonetti depois da referida partida, quanto à impunidade do meia do Lyon, acabou surtindo resultado, prejudicando um rival direto na luta pelas vagas na próxima Liga dos Campeões da Europa…

Se lhe devem…
Raymond Domenech foi demitido pela Federação Francesa de Futebol depois do fiasco da Copa 2010 sem nada receber. Por mais que isso faça sentido pelos desserviços que ele vinha prestando, é seu direito não aceitar o acordo com a entidade e cobrar uma indenização, como de fato ocorreu nesta quinta. Assim como a FFF pode buscar argumentos como a dispensa por falta grave para não ter que desembolsar milhões. O tribunal de Prud’hommes deve examinar o caso só em 13 de janeiro de 2012

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última