Publicidade

Posts com a Tag Quevilly

terça-feira, 1 de maio de 2012 Futebol feminino, Torneios europeus | 19:22

Lyon rompe jejum na Copa da França e pode ver mulheres bicampeãs europeias

Compartilhe: Twitter

Nada como uma Copa da França, quatro anos depois, para devolver o Lyon ao caminho das taças e acabar com um incômodo jejum para um clube que começou os anos 2000 dominando o cenário nacional francês. Se na Copa da Liga o Olympique de Marselha prevaleceu, tão forte quanto é o adversário de Ligue 1, na Coupe de France o rival bem mais fraco não teve forças para aprontar uma zebraça.

O Quevilly já havia ido longe demais na CdF para uma equipe que disputa o National, a terceira divisão gaulesa. Mas não deu vexame, levando apenas 1 a 0 dos Gones, gol de Lisandro López (veja detalhes da final no BrasiLyonnais). E teve seu feito reconhecido no belo gesto do capitão lionês Cris, quando o zagueiro brasileiro chamou o capitão adversário para participar do levantamento do troféu. Foi a quinta Coupe do OL, campeão também em 1964, 67, 73 e 2008. Minutos antes, o Stade de France foi palco da decisão da Copa Gambardella, torneio sub 19 que viu o Nice ser campeão pela primeira vez, em cima do Saint-Etienne.

Torcida lionesa festeja Copa da França na Place de la Comédie (S.Guiochon/Le Progrès)

Se o time masculino do Lyon não briga mais por canecos na temporada, após um Campeonato Francês bem decepcionante, a equipe feminina pode voltar ao topo da Europa de forma consecutiva. Atuais vencedoras da Liga dos Campeões, as lionesas não tomaram conhecimento do alemão Turbine Potsdam, uma das forças do continente, nas semifinais, aplicando 5 a 1 no placar agregado. Credenciaram-se, portanto, a decidir a WUCL contra o também alemão 1. FFC Frankfurt, 3 vezes campeão do torneio, em 17 de maio, na mesma Munique que dois dias depois atrairá os olhos do planeta bola para Bayern x Chelsea.

E pode pintar outra taça para les femmes lyonnaises: elas estão na briga pelo Campeonato Francês feminino. A 3 rodadas do final, o OL está dois pontos atrás do líder Juvisy, mas possui um jogo atrasado por fazer, dependendo apenas de si para chegar ao hexa consecutivo, ampliando sua hegemonia de títulos na competição. A journée derradeira está marcada para o próximo dia 27.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 18 de abril de 2012 Copas francesas | 13:53

Copa da Liga Francesa 2011/2012: Marseille segue faturando, Lyon mantém jejum

Compartilhe: Twitter

A festa dos vencedores no Stade de France (Site Om.net)

No último sábado, Olympique de Marseille e Olympique Lyonnais decidiram a Coupe de la Ligue, terceiro torneio nacional em importância na França. E como haveria de termos um campeão, mesmo depois de 90 morosos e decepcionantes minutos, o Marselha se valeu (novamente) da estrela do atacante brasileiro Evaeverson Brandão (já decisivo contra a Inter, em Milão, pela Liga dos Campeões da Europa) para fazer o suficiente para conquistar o tricampeonato consecutivo. (assista ao gol aqui)

Curiosamente, o Lyon estava invicto há sete partidas e o Marselha não vencia há 12 jogos! Mas isso nem sempre entra em campo… Se o OM vem colecionando taças com frequência nos últimos tempos, o mesmo não se pode dizer do OL. Depois do heptacampeonato consecutivo do Campeonato Francês, entre 2002 e 2008, faturou uma Copa da França em maio de 2008 e, desde então, acumula fracassos europeus (a Champions segue um sonho distante) e domésticos.

Quatro anos não é pouca coisa, se considerarmos, por exemplo, que neste blog, com menos tempo de vida (3 anos completados ontem – veja ou reveja como comecei) já passaram quase 900 posts e mais de 3.400 comentários! A grande oportunidade para o tabu acabar é a decisão da Copa da França, marcada para o próximo dia 28, contra o modestíssimo Quevilly, da terceira divisão. Perder essa seria imperdoável!

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 14 de dezembro de 2010 Extracampo, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores, Franceses no mundo, Torneios europeus | 09:38

Nasri e Nenê são reconhecidos entre os melhores de 2010

Compartilhe: Twitter

A France Football divulgou sua extensa lista de destaques do ano no futebol francês, nas primeira e segunda divisões, confirmando algumas “barbadas”.

Samir Nasri foi eleito o jogador francês de 2010 pela revista bi-hebdomadária (que tem duas edições por semana), um justo reconhecimento à temporada que o jovem meia (23 anos), formado no Olympique de Marselha, vem fazendo pelo Arsenal e nas aparições pela seleção francesa pós Copa do Mundo. Ele superou Florent Malouda (meia do Chelsea) e Hugo Lloris (goleiro do Lyon).

Nenê, maior nome do PSG nas atuais Ligue 1 e Liga Europa, ficou com o título de jogador estrangeiro do ano. O título nacional conquistado em maio, somado à taça da Copa da Liga Francesa em março, ratificaram Olympique de Marselha e Didier Deschamps como clube e treinador de 2010, respectivamente.

nasri_arsenal_ap

Samir não conseguiu ajudar o Arsenal a evitar a derrota para o Manchester United, na segunda-feira, pelo Inglês. Mas tem mais a comemorar do que a lamentar neste ano (AP)

 

Veja os demais premiados pela FF:

> Revelação do ano: Yann M’Vila, volante do Rennes (pré-selecionado para a Copa 2010 e presente nas últimas convocações) 
> Revelador do ano (quem melhor revela jovens jogadores): Sochaux
> Recrutador do ano (quem melhor contrata): Lorient
> Dirigente do ano: Robin Leproux, presidente do Paris Saint-Germain
> Árbitro do ano: Clément Turpin
> Façanha do ano: Auxerre na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa
> Jogo do ano: Real Madrid 1 x 1 Lyon, 10/03 (volta das oitavas de finais da Champions League 2009/2010, no Santiago Bernabeu)

Ligue 2
Clube do ano: Sedan
Clube promovido do ano: Quevilly (semifinalista da Copa da França 2009/2010)
Treinador do ano: Daniel Sanchez, do Tours
Jogador do ano: Sébastien Ribas, meia uruguaio do Dijon

Você também pode se interessar por:

> Campeão Lille dá as cartas entre os melhores da temporada (atualização de 24/05/2011)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 14 de abril de 2010 Copas francesas | 19:44

Só grandes na final da Copa

Compartilhe: Twitter

O dia começou animado para os torcedores da zebra amarela...

... mas acabou com sorrisos no PSG; aqui, Giuly e Hoarau encobrem a cabeça salvadora de Erding (AFP)

Acabou o conto de fadas do Le Petit Quevilly, que foi muuuito longe para um time amador na Copa da França. Nesta quarta-feira, a torcida do time amarelo e preto compareceu em bom número ao estádio Michel D’Ornano, em Caen, mas não teve jeito: deu Paris Saint-Germain, que fará a final do torneio contra o Monaco.

A equipe da quarta divisão até que se segurou bem na primeira etapa, contando com a falta de pontaria dos parisienses – sobretudo Erding – e muito ânimo da parte de seus jogadores, que não se intimidaram com uma semifinal diante de um adversário da elite francesa, de tradição. Inclusive houve acirramento dos ânimos um pouco antes do intervalo, com chegadas duras, muita discussão e empurra-empurra.

Mas no começo do segundo tempo, aos 6 minutos, o camisa 11 Mevlut Erding foi rápido no reflexo, depois que Sylvain Armand cruzou da esquerda, Ludovic Giuly deu um leve desvio de cabeça e o turco testou para o gol.

Não faltou disposição ao Quevilly nos minutos restantes, porém o que era doce se acabou no apito final. Agora, para salvar a temporada, PSG e Monaco disputam a taça da Copa da França no dia 1º de maio, sábado, no palco francês destinado às decisões e à seleção: o Stade de France, em Saint Denis.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 13 de abril de 2010 Copas francesas, Franceses no mundo | 21:35

Outro jejum quebrado?

Compartilhe: Twitter

Maazou e Nenê são as esperanças da família real monegasca (AFP)

As duas Copas francesas podem representar, nesta temporada, a quebra de incômodos jejuns para tradicionais times do país. Primeiro, o Olympique de Marselha, sem títulos desde 1993, levantou a taça da Copa da Liga Francesa. Agora, o Monaco atingiu a final da Copa da França e pode repetir um gesto do qual está carente desde 2003, quando também faturou a Coupe de la Ligue.

Nesta terça-feira, o Principado de Mônaco sofreu, mas o time da casa conseguiu superar o Lens na prorrogação. O autor do feito foi o nigerense Moussa Maazou, que caiu definitivamente nas graças dos monegascos. Nenê comemorou ao lado do colega de ataque – quem sabe as boas energias voltam para o brasileiro… O destaque extra-jogo no Louis II, porém, foi o “penteado” do zagueiro congolês Cédric Mongongu, confira abaixo.

O pequenino acredita
O adversário do Monaco na final da Copa da França será 8 ou 80, ou melhor, um grande ou uma zebra. Também buscando salvar uma temporada de decepção no Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain encara a sensação Quevilly, da quarta divisão, em Caen. A confiança no petit não está pequena, veja só:

Frederic Sanchez, prefeito de Le Petit-Quevilly, demonstra empolgação e torcida para a zebra (AFP)


Franceses em alta fora da França

– Também nesta terça, Nicolas Anelka foi o responsável pelo gol da vitória do Chelsea sobre o Bolton, ampliando a vantagem azul na ponta do Campeonato Inglês;

Djibril Cissé se tornou campeão grego com o Panathinaikos no domingo, marcando um dos gols na vitória por 2 a 0 sobre o Iraklis. O artilheiro da competição, com 24 gols, agora espera que Raymond Domenech se lembre dele antes de ir para a África do Sul;

– A Roma atingiu a liderança do Campeonato Italiano no fim de semana. Na última vitória, sobre a Atalanta, o zagueiro Philippe Méxès e o meia-atacante Jérémy Menez foram titulares. E podem fazer história neste ano se conquistarem o Calcio.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 31 de março de 2010 Copas francesas, Franceses no mundo, Seleção francesa, Torneios europeus | 23:08

Breves da quarta

Compartilhe: Twitter

Resumo do dia em cinco tópicos:

Arsenal x Barcelona
Assim que soube que o Barcelona enfrentaria o Arsenal na Liga dos Campeões, Thierry Henry não escondeu que ficou chateado e só enfrentaria seu ex-clube (leia-se “sua ex-casa querida para sempre”) porque era profissional, apesar do nítido desconforto. Pelo menos na partida de ida das quartas, em Londres, Josep Guardiola não estendeu muito a “dor” do atacante francês, pois só o pôs para jogar por cerca de 15 minutos no Emirates Stadium.

Mesmo assim, o camisa 14 sentiu uma emoção diferente. E pode sentir também na volta, pois o Barça levou o empate no final (2 a 2) e pode precisar dele para vencer no Camp Nou. Do lado do time inglês, o parceiro de Henry na seleção William Gallas estava deveras azarado pois, voltando depois de dois meses por lesão, se machucou novamente (distensão muscular) e deve perder o restante da temporada. Abou Diaby foi discreto, ao contrário de Gael Clichy e Samir Nasri, ambos muito bem – o primeiro na marcação (de rivais como Messi…) e o segundo na criação.

Ranking Fifa
Em nova atualização da listagem, a França perdeu uma posição para a Inglaterra e agora é a oitava seleção do mundo, o que acho normal (alguém não?). Rivais franceses na Copa, México e Uruguai não estão muito longe, em 17º e 18º respectivamente. Os dez primeiros:

1.º Espanha, 1.602 pontos.
2.º Brasil, 1.589
3.º Holanda, 1.261
4.º Portugal, 1.214
5.º Itália, 1.183
6.º Alemanha, 1.157
7.º Inglaterra, 1.120
8.º França, 1.077
9.º Argentina, 1.075
10.º Croácia, 1.051

 

Thierry aplaude ao ser aplaudido. Vai aplaudir semana que vem? (Reuters)

Copa da França
Maior surpresa do torneio francês, o semifinalista Quevilly gostaria de enfrentar o Paris Saint-Germain em seu estádio, em Rouen. Mas uma partida dessa importância, contra um grande da elite com enorme torcida, acabou passando para uma sede de maior estrutura, em Caen. O desafio da vida para o time amador da quarta divisão acontece no próximo dia 14 de abril. Monaco x Lens é a outra semifinal, um dia antes.

Molecada em ação
Três seleções de base da França entraram em campo nesta quarta-feira, todas em casa. O time sub-16 venceu Benin por 3 a 0 na estreia do Torneio de Montaigu, disputado também por Portugal e Emirados Árabes Unidos. A equipe sub-19 derrotou a Dinamarca por 2 a 0, em Pas-de-Calais, com gols de Loïc Damour e Steven Roux. E em La Rochelle, o selecionado sub-17 goleou o País de Gales, por 4 a 0, pelas Eliminatórias para a Eurocopa da categoria, com três gols do marselhês Billel Omrani (olho nele!) e um de Anthony Koura.

Mulheres também
A seleção feminina francesa principal voltou a golear a Irlanda do Norte. Primeiro, meteu sonoros 6 a 0 em Boulogne-sur-Mer, no sábado. E nesta quarta, aplicou 4 a 0 mesmo jogando em Belfast – a loura camisa 10 Camille Abily voltou a deixar sua marca. Merveilleuses, les femmes!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 23 de março de 2010 Copas francesas | 20:02

Como se chama zebra em francês?

Compartilhe: Twitter

O Union Sportif Quevilly está na quinta colocação da quarta divisão francesa, onde jogam times ainda amadores. Mas ao contrário dos colegas que não resistem às primeiras frases da Copa da França, o clube de Petit-Quevilly tem sido maior do que muitos grandes (sacadinha para os sagazes…) na edição 2009/2010 do democrático torneio.

Depois de eliminar os profissionais Angers, da segunda divisão, e Rennes, da primeira, o USQ não tomou conhecimento de outro adversário da elite, o Boulogne-sur-Mer, e está classificado para as semifinais depois do 3 x 1 desta quarta-feira. A torcida foi ao delírio em Rouen, com os gols de Coquio, Laup e Ouahbi; Marcq descontou para os visitantes. O feito de hoje repete a maior façanha do Quevilly na história da competição, as semifinais de 1968. Festa de campeã para a zebra!

Independentemente do que ocorra nas semifinais, o Quevilly já tem o que comemorar nesta temporada (Reuters)

No outro duelo das quartas-de-finais da Copa da França de hoje, o surpreendente Auxerre enfrentou a crise do Paris Saint-Germain em casa, no L’Abbé-Deschamps. Durante os 90 minutos, poucas emoções e nada de gols. Nos 30 adicionais da prorrogação, o PSG se mostrou melhor, com destaque para Ludovic Giuly, mas o máximo que conseguiu foi acertar a trave do AJA. Conclusão: penalidades máximas.

Após 100% de aproveitamento dos dez batedores da série regulamentar, Edel defendeu cobrança de Quercia e Makelele superou Riou, dando a vitória por 6 a 5 ao Paris, classificado para alívio do ameaçado técnico Antoine Kombouaré.

A decisão por pênaltis aumentou a festa parisiense após a garantia da classificação (Reuters)

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

Copas francesas | 13:50

Copa da França, quartas-de-finais

Compartilhe: Twitter

As quatro partidas acontecem nesta terça e quarta-feiras. São sete times da primeira divisão e apenas uma zebrinha, o Quevilly, da quarta. Será que ele chega às semifinais?

Tirando o Auxerre, os outros clubes da elite francesa não fazem uma boa Ligue 1 e, portanto, podem usar o segundo torneio mais importante do país para ter uma lembrança inesquecível (positivamente) da atual temporada. A conferir, os seguintes confrontos, nos horários de Brasília:

Terça, 23/03
14h – Quevilly x Boulogne-sur-Mer  
16h45 – Auxerre x Paris Saint-Germain  

Quarta, 24/03

13h – Monaco x Sochaux  
16h45 – Lens x Saint-Etienne

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 Copas francesas | 00:22

Zebras com lado positivo

Compartilhe: Twitter

Conforme prometido, os comentários sobre a rodada de meio-de-semana da Copa da França (em vermelho ou azul, os classificados):

Terça, 09/02 – Oitavas

Boulogne-sur-Mer (1ª) 1 x 0 Guingamp (2ª)  
Embora a campanha do Boulogne na Ligue 1 seja digna de Ligue 2, prevaleceu em casa sobre o rival de divisão inferior, que defendia o título da Copa da França de 2009. Até porque o EAG faz campanha digna de terceira divisão na segundona…

Beauvais (3ª) 1 x 4 Sochaux (1ª)  
Aqui deu o óbvio. O meia Marvin Martin fez dois, Belay marcou de pênalti e Mikari complementou para o FCSM.

Quevilly (4ª) 1 x 0 Rennes (1ª)   
Zebraça essa! Não que o Stade Rennais seja mil maravilhas, mas é um time da elite contra um praticamente amador!! E o Rennes vinha de vitória sobre o Bordeaux pelo Campeonato Francês… Se servir de consolo, o rubro-negro está em ascensão na Ligue 1 e, ocupando a nona colocação, ainda tem chance de beliscar uma vaga na Liga Europa no final das contas.

Vesoul (4ª) 0 x 1 Paris-SG (1ª)
Ainda bem, né Parri? Quem sabe acaba a zica da Ligue 1. Ludovic Giuly marcou o gol solitário da partida. Mas quando a fase é péssima,
nem vitória é bem vinda: torcedores esperaram a delegação do PSG às 5 da manhã de quarta no aeroporto para tentar “acertar as contas na porrada”. Se a polícia não interviesse, a coisa ia piorar…

Quarta, 10/02 – Oitavas

Auxerre (1ª) 4 x 0 Plabennec (2ª) 
Depois de apanhar feio do Grenoble no fim de semana, por 5 a 0, o AJA levantou a cabeça, para azar do adversário da Ligue 2. O grande destaque da goleada auxerroise, sob neve e com bola laranja, foi o artilheiro Ireneusz Jelen – foram três gols na conta do polonês, “un sublime triplé”, como descreveu a France Football.

Saint-Etienne (1ª) 2 x 0 Vannes OC (2ª)  
Parece que a maré do ASSE está voltando a trazer sorrisos. Payet e Riviére foram os goleadores de mais uma vitória, providencial se você tem que enfrentar um Bordeaux mordido no fim de semana…

Bordeaux (1ª) 0 x 2 Monaco (1ª)
Mordido porque os girondinos perderam a segunda seguida, e deram adeus ao sonho de conquistar tudo nesta temporada. Também com neve e bola laranja (eita friaca!), o campeão francês comprovou que não está bem mesmo, sendo eliminado com gols do coreano Park e do nigerense Maazou. São apenas duas semanas para as oitavas-de-finais da Liga dos Campeões. Portanto, tá na hora da galera do tio Blanc acordar. E descansar um pouco, com uma competição a menos para se preocupar, até que fará bem.

A festa no rinque de patin... ops, no gramado gelado, foi monegasca (AFP)

A festa no rinque de patin... ops, no gramado gelado, foi monegasca (AFP)

 


Quarta, 10/02 – 1/16

Toulouse (1ª) 0 x 2 Brest (2ª)  
Outra zebra grande. O que acontece com o TFC em casa? Perdeu para o Olympique de Marselha na Copa da Liga, não conseguiu vencer o Lyon pelo Francês, e agora cai para um rival da segundona… Cuidado para não naufragar na Ligue 1!

Lens (1ª) 3 x 1 Olympique de Marselha (1ª)
A última zebra, não tãão grande, mas vale lembrar que o Lens subiu da segunda divisão no ano passado. Nesta quarta, os goleadores foram o tunisiano Issam Jemaa, duas vezes, e seu compenheiro Toifilou (!?) Maoulida; Cheyrou descontou. Mas como eu já disse, nem toda a zebra é maléfica: restam nada menos que três torneios para o OM disputar com chances de título (Francês, Liga Europa e Copa da Liga, já na final), o que tá mais do que suficiente para fazer valer a temporada, d’accord?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,