Publicidade

Posts com a Tag Portugal

quinta-feira, 7 de julho de 2016 Seleção francesa | 20:15

Planeta Bola: Portugal não vence a França desde 1975!

Compartilhe: Twitter

O retrospecto dos últimos 40 anos entre os finalistas da Eurocopa 2016 é todo favorável para os Bleus.

Sabe quantos confrontos já se passaram de lá para cá? Postei no Planeta Bola, DÁ UM CLIQUE AQUI pra ver!

(lembrando que, desde outubro de 2015, como postei aqui, passei a abastecer o Planeta Bola, deixando este blog sem posts originais)

Autor: Tags: ,

domingo, 6 de julho de 2014 Eurocopa, Seleção francesa | 11:17

Amistosos prepararão a França para a Euro 16 em casa

Compartilhe: Twitter
Tietagem no aeroporto ajudou a confortar a frustração pela volta antecipada para casa (20minutes.fr)

Tietagem no aeroporto ajudou a confortar a frustração pela volta antecipada para casa (20minutes.fr)

A França já está na França depois da eliminação na Copa 2014, nas quartas de finais, diante da Alemanha. Deixou o Rio de Janeiro na sexta, voltou a Ribeirão Preto para recolher as bagagens, e ontem pegou o avião para o Rio e depois para casa, descendo hoje no Aeroporto de Bourget, próximo a Paris. Foram recebidos com carinho por um grupo de torcedores, assim como foram acolhidos pelos brasileiros na cidade do interior paulista.

Sei que é preciso deixar a derrota para trás, mas penso agora que, se Ribéry estivesse em campo, seria muito útil, especialmente no maior desafio, contra os alemães. Nas quatro partidas anteriores do Mundial, os Bleus se viraram sem ele, e seria fácil e oportunista demais, nessa altura, dizer que perderam principalmente porque sentiram falta dele no Maracanã. Mas o melhor europeu da última temporada seria um dos mais experientes do grupo, habilidoso e preparado para chamar a responsabilidade no momento do revés no placar, com o tempo atuando contra. E vivencia o futebol alemão nos últimos sete anos.

Paciência, vou torcer para que Deschamps, ou o técnico que estiver no comando em junho de 2016, não ter que cortar um jogador como ele às vésperas da Eurocopa, o próximo torneio importante que a seleção disputa. Porque é uma Eurocopa e, não nos esqueçamos, porque será na França, então multiplique a pressão sobre o grupo. Já garantida na fase final, a seleção francesa está dispensada das Eliminatórias, que começarão neste segundo semestre, e para se preparar já programou diversos amistosos (lista abaixo).

Deschamps volta a reunir seus selecionados no comecinho de setembro, daqui a quase dois meses, para enfrentar a machucada Espanha e, três dias depois, a Sérvia. É justamente nesse mês que terão início as Eliminatórias – clique neste arquivo em PDF do site da Euro para ver todos os duelos, até a rodada final em outubro de 2015. Os adversários dos amistosos franceses não foram definidos a esmo, por critérios exclusivos da Federação Francesa de Futebol. De 7 de setembro deste ano a 8 de outubro do ano que vem, vai encarar justamente os membros do Grupo I das Eliminatórias, o único que conta com cinco e não seis seleções, para que aquela que ficar de fora da rodada não fique parada: Albânia, Armênia, Dinamarca, Portugal e Sérvia.

JEUDI 4 SEPTEMBRE 2014 – STADE DE FRANCE
FRANCE x ESPAGNE

DIMANCHE 7 SEPTEMBRE (coincide com 1a rodada das Eliminatórias da Euro)
SERBIE x FRANCE

SAMEDI 11 OCTOBRE
FRANCE x PORTUGAL

MARDI 14 OCTOBRE
ARMÉNIE x FRANCE

VENDREDI 14 NOVEMBRE
FRANCE x ALBANIE

DIMANCHE 29 MARS 2015
FRANCE x DANEMARK

SAMEDI 13 JUIN
ALBANIE x FRANCE

VENDREDI 4 SEPTEMBRE
PORTUGAL x FRANCE

LUNDI 7 SEPTEMBRE
FRANCE x SERBIE

JEUDI 8 OCTOBRE
FRANCE x ARMÉNIE

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 22 de junho de 2012 Eurocopa | 21:58

Campeã favorita, porém freguesa, no caminho francês pela Euro

Compartilhe: Twitter

Com Dener Anholetti

Neste sábado, 15h45 de Brasília, a terceira das quatro quartas de finais da Eurocopa 2012 reserva França x Espanha (tão nobre que vai ter até Rede Globo!). Embora se trate de um adversário do qual os franceses nunca perderam em torneios oficiais, o que possa parecer animador, é mais conveniente lembrar que do outro lado estão os atuais campeões mundiais e europeus.

Quando: 23/06/2012, sábado
Onde: Donbass Arena, em Donetsk (UCR)
Porque: Eurocopa – Quartas de final
Horário: 15h45 (de Brasília)
Na TV: Globo, Band, SporTV (ao vivo)

Depois de perder para a Suécia por 2×0 e ter se classificado em segundo no grupo D, a seleção francesa tenta mostrar que o clima pesado no vestiário da última partida não abalará o time contra os espanhóis, líderes do grupo C depois de ganhar da Croácia por 1×0.

Gols de França e Espanha pela 3ª rodada da Euro:

Prováveis escalações
Nasri e Ribéry estão confirmados, após terem sentido dores depois do último jogo. Blanc deve reforçar a marcação no meio de campo, com três volantes em vez dos dois que vinha utilizando na formação titular.

Diante do favoritismo adversário, agarremo-nos no retrospecto favorável: nunca a França perdeu da Espanha em Euros (2-0 em 1984, 1-1 em 1996, 2-1 em 2000), Copas (3-1 em 2006) ou mesmo Eliminatórias de Euros (2-1 e 3-1 em 1991), em 6 confrontos. E nas campanhas dos títulos europeus, deixou a Espanha pelo caminho (1984 e 2000), tendo passado também por Portugal na semifinal – e já sabemos que o vencedor deste sábado fará uma semifinal contra… Portugal!

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 7 de junho de 2012 Seleção francesa | 21:08

Momento retrô: Inspirações francesas para a Eurocopa

Compartilhe: Twitter

Daqui a quatro dias, os Bleus começam a busca pelo tricampeonato europeu. Sabem como foram as conquistas em 1984 e 2000? Eu pouco sabia, até assistir aos filmes oficiais da Uefa dos respectivos torneios, que a SporTV transmitiu e felizmente arquivou em seu site. Ambos têm pouco mais de 50 minutos, em forma de documentários, e é claro que recomendo ao fã do foot!

*1984 – Assista ao filme aqui
Depois de 24 anos, a Euro voltava ao país de seu criador, Henry Delaunay. E aquela edição representaria o momento de glória de uma geração habilidosa, que também foi a duas semifinais de Copas do Mundo, em 1982 e 86. Uma equipe que plantou as sementes (conforme análise do Trivela) de uma nova geração vitoriosa, marcada na história do futebol mundial em 1998 e 2000.

Como seria Zidane anos depois, Michel Platini foi o craque de 1984, ostentando até hoje o recorde de gols em uma única Euro: 9 (o ataque do time fez 14, feito também imbatível até aqui!). Excelente, e se considerarmos que foram só 5 jogos na campanha (eram apenas 8 seleções no campeonato), impressionante! Curiosamente, a artilharia-mor de uma única Copa também cabe a um francês, Just Fontaine, 13 em 1958. Mas não podemos olvidar que Platini compunha um meio-campo memorável, chamado até de mágico na época, ao lado de Jean Tigana, Alain Giresse e Luis Fernandez, espanhol naturalizado francês. Sob o comando de Michel Hidalgo, o time confirmou a expectativa da torcida, atuando em casa (em 2016 o filme se repetirá?), e garantiu o primeiro título de expressão para a França.

Campanha: França 1 x 0 Dinamarca – Paris, Parque dos Príncipes (a casa gaulesa pré-Stade de France)
França 5 x 0 Bélgica – Nantes
França 3 x 2 Iugoslávia – Saint-Etienne
Semifinal – França 3 x 2 Portugal – Marselha
Final – França 2 x 0 Espanha – Paris

**2000 – Assista ao filme aqui
Outra marca histórica da França foi conquistada quando a Euro teve sua primeira sede compartilhada, entre Bélgica e Holanda: nunca uma seleção fora campeã europeia logo após ter sido campeã mundial. Com Zizou em plena forma e a base de 1998, Roger Lemerre liderou um elenco que soube confirmar o favoritismo, embora tenha passado por dificuldades, como uma final “sufocante” contra os italianos. Deschamps se despediu da seleção levantando mais uma taça, o então zagueiro-líbero Blanc voltou a beijar a careca de Barthez após a decisão, e jovens como Henry e Trezeguet contribuíram decisivamente também, ao lado do mais velho Djorkaeff. No filme supracitado, Petit, Vieira e Pirés também depõem.

Campanha – França 3 x 0 Dinamarca
França 2 x 1 Rep. Tcheca
França 2 x 3 Holanda (Bleus com reservas, pois ambas já entraram classificadas)
Quartas – França 2 x 1 Espanha (Raúl desperdiçou pênalti idiotamente cometido por Barthez no final)
Semis – França 2 x 1 Portugal (repetindo 84. Zidane garantiu a vitória, de pênalti, com o gol de ouro na prorrogação)
Final – França 2 x 1 Itália (os italianos fizeram 1 a 0 em Roterdã, já no 2o tempo. Wiltord, Trezeguet e Pirès vieram do banco para suprir o cansaço bleu. O primeiro empatou pertinho do fim, quando a Azzurra preparava a festa, causando o tempo extra. Abalada, a Itália viu o segundo ir à linha de fundo e cruzar para um lindo meio-voleio do terceiro, gol de ouro e bicampeonato francês!)

Karim Benzema, Hatem Ben Arfa e Samir Nasri com o troféu da Eurocopa sub 17 de 2004, após a França ter batido a Espanha por 2 a 1, em 15 de maio daquele ano, em Châteauroux (Photo: Alain de Martignac)

Os títulos relatados acima não são os únicos links da França com um passado vitorioso no contexto europeu. Dentro do atual elenco do atual técnico Blanc, despontam talentos da chamada “Geração 87”, nascidos naquele ano e protagonistas do título expresso na fotografia acima. Além da tríade ilustrada, Menez e Matuidi também estavam lá e reaparecem aqui.

Essa geração está pronta para o renascimento na Polônia e na Ucrânia?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 13 de outubro de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Eurocopa | 14:11

Eurocopa define grupos no início de dezembro

Compartilhe: Twitter
FBL-EUR-C1-C3-EURO-UEFA-TROPHY

Franceses (seleção e clubes) estão vivos no sonho de trazer as três copas europeias (Liga Europa, Eurocopa e Liga dos Campeões, da esq. para dir.) para o país - AFP

Além da nossa gloriosa França, já estão classificados: Rússia, Grécia, Dinamarca, Suécia (que se garantiram na última rodada, na terça-feira), Alemanha, Espanha, Itália, Holanda e Inglaterra, além de Polônia e Ucrânia, os países-sede.

Hoje, o sorteio da repescagem definiu os quatro confrontos, pelas quatro vagas restantes: Portugal x Bósnia, Turquia x Croácia, Estônia x Irlanda e República Tcheca x Montenegro. Portugal reverá os bósnios depois da repescagem para a Copa 2010, vencida com dois triunfos. Se a França tivesse perdido antes de ontem, hoje poderia estar tendo que se preparar para encarar Cristiano Ronaldo e cia…

As repescagens rolam em 11-12 de novembro (ida) e 15 de novembro. O sorteio dos grupos da fase final da Euro deve ocorrer no dia 2 de dezembro, em Kiev, capital ucraniana. A Eurocopa está marcada para ocorrer entre os dias 8 de junho e 1º de julho de 2012, em oito estádios diferentes.

Dica: Post no Futebol Europeu Online sobre a renovação na seleção francesa, vale a espiada!

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 11 de outubro de 2011 Seleção francesa | 12:18

França x Bósnia logo mais com TV ao vivo!

Compartilhe: Twitter

Então ficamos assim: 16h é o jogão, com SporTV2 e um empate bastando pros Bleus irem à Euro 2012. Pra quem quiser uma avant-première como “esquenta”, há a preliminar Alemanha x Bélgica às 14h, com a Nationalelf cumprindo tabela.

Portugal é outra tradicional seleção que está a um ponto do torneio continental. Confira quem ainda luta para estar na Polônia-Ucrânia ano que vem em matéria do iG Esporte.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 14 de outubro de 2009 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 18:06

Bom para a estima ofensiva

Compartilhe: Twitter

Já garantida na repescagem, a França encerrou sua participação nas Eliminatórias europeias com vitória, 3 a 1 sobre a Áustria no Stade de France. De fato, Raymond Domenech fez alguns testes, e Karim Benzema, reserva contra as Ilhas Faroe, aproveitou bem, deixando o seu. Thierry Henry converteu pênalti e cravou seu 51º gol com a camisa da seleção, consolidando-se como maior goleador da história dos Bleus. Por fim, André-Pierre Gignac manteve o embalo e também marcou.

Hoje, a França começou a partida em Saint-Denis com Lloris; Fanni, Squillaci, Escudé e Clichy; Sissoko, Alou Diarra, Govou e Malouda; Henry e Benzema. No segundo tempo, os atacantes foram trocados por Gignac e Gomis. Só pra efeito de comparação, os 11 que começaram o jogo contra Ilhas Faroe foram: Mandanda; Sagna, Gallas, Abidal e Evra; Lassana Diarra, Toulalan, Govou e Henry; Anelka e Gignac.

Como a Sérvia, assegurada na África do Sul-2010, perdeu para a Lituânia por 2 a 1, a distância final entre franceses e sérvios na tabela do grupo 7 ficou em apenas um ponto, se é que isso também ajuda na estima. Ah, a melhor imagem da partida é essa aí da agência Reuters, provando que ainda há franceses patriotas, idiotas e péssimos na segurança de um grande evento…

Avisa o Alain Prost que esse esporte é outro...

Avisa o Alain Prost que esse esporte é outro...

O que falta para a Copa?
Além da França, disputam as quatro vagas da repescagem Rússia, Portugal, Grécia, Ucrânia, Irlanda, Eslovênia e Bósnia-Herzegovina. Os oito países serão divididos em dois grupos de quatro, na próxima segunda-feira, conforme ranking a ser estabelecido pela Uefa, com base na Fifa. Ou seja, Les Bleus, como devem fazer parte do grupo dos quatro melhores junto com Rússia, Portugal e Grécia, não devem enfrentar esses países no mata-mata que valerá a esperada vaga no Mundial. Para mim, seria mais fácil enfrentar, nessa ordem: Eslovênia, Bósnia, Irlanda e Ucrânia.

Se quiser saber mais sobre o jogo, leia o relato publicado no iG Esporte clicando aqui. Mas se quiser comentar a respeito, faça-o aqui embaixo, porque neste blog ele vale muito mais!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 5 de outubro de 2009 Brasileiros na França, Extracampo | 09:44

Marcos Antonio conta sua história

Compartilhe: Twitter

Há dez dias, eu trouxe aqui a triste história do zagueiro Marcos Antonio, 26 anos, abandonado pelo Auxerre depois que descobriu que tinha câncer na garganta, conforme li na imprensa francesa. O post rendeu mais de 170 comentários – para acessá-lo, clique aqui -, e a partir de um deles consegui contatar a família do jogador, que vive em Alagoinhas (BA), e depois o próprio Marcos. Conversamos por MSN um bom tempo na última sexta, ele no Porto, em Portugal, e eu em São Paulo, no Brasil. Reproduzo abaixo um resumo desse bate-papo, um pouco longo porém revelador, em forma de entrevista:

marcos antonio 2

Marcos, onde você está morando e com quem?
Estou no Porto, minha esposa tem casa aqui. Ela é brasileira mas tem nacionalidade portuguesa.

Vocês têm filhos?
Não. Tenho uma filha do meu anterior relacionamento. Estamos casados há 5 anos.

Você tem que pagar pensão para essa filha?
Sim, todos os meses, e atualmente com a ajuda da minha esposa, porque não recebo do Auxerre. Tenho contrato com eles de 2007 a 2011 e eles não querem pagar.

Seu empréstimo com o PAOK (da Grécia) acabou recentemente. Depois disso o que o Auxerre alegou pra te dispensar e não te pagar?
Terminou meu empréstimo em junho, mas desde abril estava aqui em Portugal a tratar de uma lesão na perna quando descobri o câncer. Mas tenho ainda contrato de mais dois anos com o Auxerre, eles querem rescindir meu contrato alegando que não jogo mais futebol.

Você já foi à Justiça atrás dos seus direitos? O que gostaria que o Auxerre fizesse?
Está nas mãos da liga de clubes da França (Liga de Futebol Profissional, a LFP). A decisão vai ser dia 20 de outubro, mas já adiaram três vezes, já não acredito mais neles. Nessa semana agora vou a uma advogada que vai enviar uma carta contando a situação para a Fifa. Quero que pague o que tenho direito a receber, que eles tivessem mais respeito pela minha doença. Que fossem mais humanos, pois até hoje nunca ligaram pra saber como estou.
Mas com a graça de Deus, sexta-feira fiz minha última sessão de radioterapia, depois de ter feito quimioterapia, e felizmente Deus está me dando a vitória da minha saúde. Em janeiro estou apto a jogar, só que eles não aceitam isso, encobriram minha doença dizendo que eu estava emprestado de novo ao clube grego, sendo que estou aqui fazendo tratamento.

marcos antonio 1Você tem condições de bancar os gastos do tratamento? Como é o tratamento? Disseram que em janeiro você pode jogar?
Anterior à quimioterapia, foi tudo particular. A operação, exames, tratamentos da perna, paguei tudo do meu bolso e muito caro. Mas graças a Portugal, que me abriu as portas para me tratar aqui, consegui fazer a quimio e a radioterapia em hospital público, pois o clube não me apoiou em nada. Posso voltar sim, tenho análises a fazer no próximo mês, mas em janeiro, com a graça de Deus, estarei apto. Detalhe importante: o tratamento do câncer não é gratuito, como joguei aqui em Portugal durante cinco anos, pagava a Segurança Social que me deu direito a fazer os tratamentos aqui, o que era obrigação dos franceses me conceder, porque lá eu também pagava.

Você chegou a tentar se tratar num hospital francês?
Não, porque quando comuniquei sobre a doença, o clube nem se importou nem mandou voltar a França pra tratar. Nem telefonemas eles atendiam.

É verdade que você não pode mais morar na França? Porque você acha que agem assim?
O clube e a Prefeitura de Auxerre não querem renovar meu visto, sendo que tenho mais dois anos de contrato. Penso que essa atitude vem do clube, da diretoria, além da frieza dos franceses.

Em toda a história do Auxerre (104 anos) só foram contratados dois sul-americanos, você e um chileno. Parece ser um clube que não gosta de sul-americanos, o que é estranho pelo fato de vários brasileiros terem se destacado e permanecido na França nos últimos anos, não é?
Lá é diferente, pois Auxerre é uma cidade pequena onde há muito racismo com os estrangeiros. Fui obrigado a ir emprestado ao PAOK, ganhando metade do meu salário e recebendo de dois em dois meses, o que estragou muito a minha vida.

Na Grécia também não te ajudaram? Se não tivesse a mulher em Portugal, teria que voltar ao Brasil?
Na Grécia nao tratavam de nada. Graças a minha esposa consegui tratamento, depois de bastante tempo em que minha perna e garganta não melhoravam. Se não tivesse ela aqui, teria que voltar pro Brasil, mas seria complicado, porque não tenho um bom relacionamento com minha família. Graças a Deus tenho uma esposa que é arquiteta, independente e tem condições de me ajudar nessa hora difícil da minha vida; a Ana é minha pilastra, um presente que ganhei.

No Auxerre você nao fez amizade com nenhum jogador? Nem no PAOK?
Fiz amizade, mas eu era o único brasileiro no meio deles e para piorar eles sao racistas com sul-americanos. No PAOK fiz com o Sérgio Conceição, que jogou na seleção portuguesa e me apoiou quando descobri a doença aqui em Portugal. Não tenho o que me queixar dos portugueses, tive ajuda até de gente influente, como os médicos do FC Porto. O Fernando Prass, goleiro do Vasco, é meu grande amigo, jogamos juntos no Leiria-POR. Ele e a esposa Leticia deram muito apoio a minha esposa e a mim. Aqui tenho amizade com o Nilson, goleiro, que jogou no Vitória-BA e atualmente está no Vitória de Guimarães-POR, e o Milton do Ó, que jogou no Goiás e no Fluminense. São todos Atletas de Cristo, entreguei minha vida pra Ele e também vou ser um.

Obrigado pela ajuda, quero mostrar a todos como este clube está sendo covarde e envergonhando os clubes franceses.

Autor: Tags: , , , ,