Publicidade

Posts com a Tag Pastore

domingo, 10 de maio de 2015 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:48

Só uma catástrofe tira o tricampeonato do Paris Saint-Germain

Compartilhe: Twitter
É assim que todos os adversários têm visto o PSG na tabela de classificação, e parece que vai ser assim que acabará...

É assim que todos os adversários têm visto o PSG na tabela de classificação, e parece que vai ser assim que acabará…

Já tava fácil antes de começar a antepenúltima rodada do Campeonato Francês. Ainda mais depois que o PSG ganhou e, principalmente, o Lyon perdeu, agora tá praticamente acabado.

Na sexta, a abertura da 36a rodada da Ligue 1 viu o baile parisiense pra cima do pobre do Guingamp: 6 a 0. Três gols de Cavani e dois de Ibrahimovic, que nos últimos jogos pela liga têm passeado diante das defesas adversárias.

E ontem, o OL colaborou não somando nenhum ponto contra o Caen, fora de casa. Levou de 3 a 0, não conseguindo marcar no gol de Vercoutre, seu ex-goleiro por algumas temporadas.

Faltando apenas duas rodadas pro final do Francesão, restam 6 pontos a disputar por todos. Que é justamente a diferença entre o primeiro e o segundo colocados. O Olympique Lyonnais precisa ganhar do Bordeaux e do Rennes e contar que o Paris perca do Montpellier e do Reims, que o saldo de gols lhe seria favorável no primeiro critério de desempate em pontos. Não vai acontecer, né?

Já a luta pela terceira colocação, que leva pras fases preliminares da próxima Liga dos Campeões da Europa, segue aberta. O Olympique de Marseille derrotou o Monaco, oponente direto, e está a dois pontos do clube do Principado, em quarto, igualado em pontos com o Saint-Etienne, que atropelou o Nice por 5 a 0 hoje.

Em mais uma goleada do fds, o Metz tomou de quatro do Lorient e teve seu rebaixamento confirmado, ao lado do já caído Lens. O último relegado à Ligue 2 não está definido, mas o Evian é o mais ameaçado, podendo cair no próximo finde.

Uma curiosidade: o Bastia bateu o Rennes por 1 a 0 e só não levou o gol no lance deste vídeo porque Peybernes teve muita garra, veja! (dica dada pelo amigo blogueiro Eduardo Madeira)

Por enquanto, todas as partidas da journée 37 tão marcadas pras 16h de Brasília.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 29 de abril de 2015 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 14:03

PSG ganha jogo atrasado e se descola do Lyon; Troyes sobe

Compartilhe: Twitter

Três dias depois de ensacolar o Lille por 6 a 1, com 3 de Lavezzi, 2 de Cavani e um de Maxwell, pela 34ª rodada do Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain voltou ao Parc des Princes ontem para o compromisso pendente da 32ª.

E executou seu favoritismo, dando de 3 a 1 no Metz, penúltimo colocado, com três assistências de Javier Pastore, que cresceu muito de produção nesta temporada. Nas últimas três partidas pela Ligue 1, o PSG marcou 9 gols.

Então, igualado em jogos com o Lyon, vice-colocado geral, soma três pontos a mais, faltando 12 para o fim do torneio. Nas quatro rodadas seguintes, o clima promete ser de total decisão.

Pela 35ª journée, o Lyon joga neste sábado contra o Evian, que hoje está na zona de rebaixamento, em casa. E o PSG tem a vantagem de já saber esse resultado antes de entrar em campo diante do Nantes, décimo colocado, fora de casa, um dia depois.

Troyes_Joie_Montee

Ligue 2
Não foi na sexta mas acabou vindo ontem o acesso do Troyes para a Ligue 1, com 4 rodadas de antecedência. Parabéns ao ESTAC, foto neste post pra eles! Quando saírem os demais promovidos e relegados à terceira divisão, a National, virei vos informar.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

domingo, 19 de abril de 2015 Francês da 1ª divisão | 19:55

Lyon para no Saint-Etienne e divide liderança com Paris Saint-Germain

Compartilhe: Twitter
Clement persegue Fekir, do rápido ataque lionês, que começou com tudo mas não conseguiu sair vencedor no Gerland

Clement persegue Fekir, do rápido ataque lionês, que começou com tudo mas não conseguiu sair vencedor no Gerland

O Olympique Lyonnais poderia ter saído da rodada 33 do Campeonato Francês do mesmo modo como entrou, dois pontos à frente do PSG na liderança da classificação.

Porque faria o jogo de fundo, contra a ASSE, e o Paris já havia vencido o Nice sábado, por 3 a 1. Mas apenas empatou e agora ficou empatado com o adversário da capital no topo da Ligue 1, a 5 rodadas do final. Só que pro PSG serão 6, pois ele ainda não jogou pela 32a rodada, o que acontecerá dia 28, contra o Metz.

Então, o final de semana foi melhor pro Parri. Que conseguiu aplicar no Nice o mesmo placar sofrido diante do Barcelona, na quarta-feira, mesmo com o climão de desânimo e vários reservas, entre eles Lucas, que foi bem. Pastore, com um doublé, foi o maior destaque, e Cavani fechou o marcador. O vai-ou-racha contra o Barça já é depois de amanhã, desta vez com Ibrahimovic em campo, vamos ter que torcer muuuuito.

O dérbi do Ródano, maior rivalidade interclubes do país, teve todos os ingredientes esperados em um clássico de peso. O Lyon começou melhor, sentiu o baque da expulsão no primeiro tempo, levou a virada do Sainté antes do intervalo, conseguiu igualar nos primeiros minutos do segundo tempo, e aí sobrou nervosismo, faltou eficiência e a parada acabou 2 a 2. Tenho minhas dúvidas se o lance que originou o pênalti pro Etienne foi legal, pela posição de impedimento de Erding, que embora não tenha ido pra bola, se movimentou perto dela. Curioso que o artilheiro do campeonato, Lacazette, não vem conseguindo marcar nos adversários do Lyon melhor posicionados na classificação.

Em queda livre, o Marseille perdeu a terceira seguida, agora para o Nantes, e divide a quarta colocação com o Saint-Etienne. O terceiro, Monaco, ficou no 1 a 1 com o Rennes, nono, e está distantes seis pontos dos líderes. Na quarta, o clube do Principado recebe a Juventus, precisando reverter o placar de 1 a 0 que a equipe italiana construiu em casa, nas quartas da Champions.

Ainda brigando por vagas na Liga Europa, o Lille (8o) bateu o Bordeaux (6o) e o Montpellier (7o), o Caen. Como o PSG faturou a Copa da Liga Francesa, o quinto colocado no Francês, além do quarto, deve conseguir disputar a qualificação para a Europa League da próxima temporada.

 

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 11 de abril de 2015 Brasileiros na França, Copas francesas | 20:53

Paris Saint-Germain goleia Bastia e atinge meta 1 de 4

Compartilhe: Twitter

psgcdl15

O PSG chegou ao Stade de France hoje com uma possibilidade única para um clube francês na temporada, e saiu da final da Copa da Liga Francesa (que novamente foi ignorada pela detentora da transmissão na TV brasileira…) mantendo a expectativa de sucesso total: ganhar os 4 torneios que disputa.

Cumpriu com excelência 25% de seu objetivo, ao aplicar 4 a 0 no Bastia, fragilizado demais pela expulsão que sofreu ainda no primeiro tempo, com poucos minutos de jogo em Saint-Denis. Squillaci de fato obstruiu o caminho de Lavezzi rumo ao gol, fazendo o pênalti, mas o cartão amarelo parecia mais justo, afinal o experiente zagueiro não era o último homem entre o atacante argentino e a baliza. O favoritismo então se converteu em certeza para o lado mais poderoso.

Prejuízo enorme para o azul e branco da Córsega, com um a menos tanto no placar, depois de Ibrahimovic superar Areola, como dentro de campo, com apenas 22 minutos de partida. Com o uniforme vermelho roseado que costuma usar fora de casa, o Paris dominou a maior parte das ações, como se estivesse no Parc des Princes, tanto que no segundo tempo sua torcida cantava “On est chez nous, On est chez nous” (Estamos em casa, Estamos em casa) – e até que estavam mesmo, pois Saint-Denis é vizinha de Paris e fica a mais de 1200 km de Furiani, na ilha córsega…

Ibra fez o segundo arrematando forte e rasteiro, ainda na primeira etapa, e na segunda os ânimos que restavam no Sporting Club Bastia arrefeceram mais, com os dois gols de Cavani, primeiro de cabeça e depois aproveitando enfiada de Zlatan Ibrahimovic. O sueco está a cinco gols de se igualar ao português Pedro Pauleta, maior artilheiro da história do clube da capital, e mesmo com os quatro jogos de suspensão que pegou nesta semana deve superar a marca já nesta reta final de temporada. Glória para os brasileiros Thiago Silva, que levantou a taça, Marquinhos, Maxwell e Lucas (de volta após lesão. David Luiz está machucado), impotência para Brandão, que entrou no segundo tempo depois de meses sem jogar (foi suspenso depois de agredir Thiago Motta, que não reencontrou hoje porque o ítalo-brasileiro está machucado) e não teve chance de fazer nada de concreto para ajudar o 14º colocado da Ligue 1.

Campeão de sua quinta Copa da Liga (a segunda consecutiva), o PSG também devolveu a derrota imposta ao Bastia há 20 anos, na primeira edição da competição. Agora, tem que cuidar de suas três outras responsabilidades em disputa: Liga dos Campeões da Europa (quarta que vem, diante do Barcelona, a mais difícil), Campeonato Francês (próximo sábado e nas 5 rodadas restantes), e Copa da França (decisão contra o Auxerre em 30 de maio). É complicado, porém não falta qualidade ao elenco de Laurent Blanc, em que pesem as ausências forçadas, como será a do suspenso Ibra.

A CdL propicia ao campeão uma vaga na próxima Liga Europa, mas como o PSG deve se classificar para a Liga dos Campeões que vem por estar entre os três primeiros do Francês, essa vaga na UEL provavelmente irá para o 5º colocado na L1. No caso da CdF, mesmo que o PSG vença, o Auxerre, por ser vice, herdará a vaga na Uefa Europa League, se o clube da capital confirmar a posição na Champions League via Campeonato Francês.

-> Saiba mais sobre a partida na matéria do L’Equipe

PSG: Douchez; Aurier, Marquinhos, T. Silva e Maxwell; Verratti, Matuidi e Rabiot (Cabaye, aos 32 do 2º); Lavezzi (Cavani, aos 19 do 2º), Pastore (Lucas, aos 27 do 2º) e Ibrahimovic. Técnico: Laurent Blanc.

Bastia: Areola; Cioni, Squillaci, Modesto e Marange; Cahuzac (cap.), Gillet, Danic (Peybernes, 22 do 1º), Palmieri (Ayité, 23 do 2º) e Boudebouz; Sio (Brandão, aos 36º). T: Ghislain Printant.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 10 de março de 2015 Francês da 1ª divisão | 13:44

Tiraram a barriga da miséria na Ligue 1

Compartilhe: Twitter
Nabil Fekir, destaque do Lyon nesta Ligue 1, vive o dilema de ter de optar entre a seleção francesa, onde nasceu, e a argelina, de onde são seus pais

Nabil Fekir, destaque do Lyon nesta Ligue 1, vive o dilema de ter de optar entre a seleção francesa, onde nasceu, e a argelina, de onde são seus pais

Foi só comentar que o freio de mão tava puxado entre os líderes, e os gols, parcos de modo geral no inverno francês, que a aproximação do verão europeu produziu uma rodada atípica neste Campeonato Francês.

A 28ª, no último fim de semana, registrou 36 gols em 10 jogos. Destaques:

Montpellier 1 x 5 Lyon – Lacazette e Fekir, com dois gols cada, comandaram a goleada do líder sobre o sétimo colocado. O primeiro encabeça também a artilharia do campeonato com 23, seguido por Gignac com 16, Ibrahimovic com 12 e seu colega Fekir, 11, cujo dilema, citado na legenda da foto acima, pode ser melhor conhecido nesta matéria da Espn.

Toulouse 1 x 6 Olympique de Marseille – Ensacada do terceiro lugar OM, a três pontos do vice Paris. Já o TFC vive maus bocados, na zona de rebaixamento. O atacante belga Batshuayi marcou dois.

PSG 4 x 1 Lens – Um pontinho é o que separa o Paris Saint-Germain do ponteiro OL, briga booua! Pastore e Ibra tiveram um gol e uma assistência cada. O Lens é outro na área da degola…

Evian 1 x 3 Monaco

Reims 3 x 1 Nantes

No próximo domingo, rola o Choc des Olympiques, Marseille x Lyon! O PSG verá com atenção…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de abril de 2014 Torneios europeus | 23:22

PSG abre ótima vantagem, mas Ibra se machuca contra o Chelsea

Compartilhe: Twitter
O segundo gol do Paris saiu assim (Getty Images)

O segundo gol do Paris saiu assim (Getty Images)

O objetivo de apagar a última impressão deixada pelo time inglês no estádio parisiense foi muito bem cumprido hoje, pela ida das quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa: 3 a 1 pro Paris Saint-Germain. A comissão técnica da seleção brasileira (Felipão, Parreira, Murrrtosa) acompanhou in loco, assim como havia feito na véspera, em Barcelona 1 x 1 Atlético de Madrid.

As duas equipes já haviam se cruzado pela Champions de 2004/05, na fase de grupos. Em setembro do primeiro ano, no Parc des Princes, o Chelsea meteu 3 a 0, gols do zagueiro Terry e do atacante Drogba (2), ex-Olympique de Marselha. Na Inglaterra, dias depois, foi 0 a 0 (nesse link da Uefa dá pra relembrar as escalações dos times na época, assim como quando voltaram a se encontrar, em um amistoso em 2012).

Voltando a abril 2014, o Parrí conseguiu o que todo time da casa deseja em partida decisiva, que é abrir o placar rapidinho. Matuidi cruzou, Terry (o mesmo de 2004) afastou mal de cabeça, e ainda dentro da área Lavezzi dominou e bateu no alto, fora do alcance de Cech, aos 3 minutos. Mas aos 26, Ibra perdeu a bola pelo meio, Thiago Silva calculou mal o carrinho na direção de Oscar, o brasileiro caiu, pênalti. O belga Hazard, ex-Lille, cobrou com classe para empatar.

O domínio do PSG seria recompensado no 2º tempo. Aos 16, falta inexistente de David Luiz em Matuidi na lateral. Lavezzi levantou no meio da cozinha (LUIZ, Silvio), a bola passou por meio mundo e o azarado David empurrou para dentro, atrapalhado que só. A festa parisiense aumentou nos acréscimos, quando o argentino Pastore enfileirou a defesa inglesa pela ponta, numa jogada que pouco prometia, entrou na área e bateu cruzado, por baixo do goleiro, fechando o marcador.

Porém, Laurent Blanc não vai poder usar a formação que gostaria para o jogo de volta, na terça que vem, em Londres. Nada menos que O cara do elenco, Ibrahimovic, saiu de campo com lesão muscular na coxa e já é considerado desfalque. Outro lesionado que pode ficar de fora é o habilidoso volante Verratti. Vamos torcer para parar por aí!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014 Torneios europeus | 19:14

Paris Saint-Germain abre oitavas da Champions na Alemanha

Compartilhe: Twitter

Ah, como é esperado esse retorno da Liga dos Campeões para as oitavas de finais, após a virada de ano, quando o torneio começa “pra valer” e faz jus ao rótulo de principal competição interclubes do mundo.

A fase de grupos que me perdoe, mas depois da expansão para terceiros e quartos colocados de algumas ligas, mais os campeões de outras bem inexpressivas, ela virou uma mera etapa de aquecimento de turbinas para o momento que realmente interessa, O PEGA PRA CAPAR entre os grandões de fato!

O sorteio de dezembro colocou o Bayer Leverkusen no caminho do PSG, único francês que sobrou na UCL depois da FIASQUÊRA que foi o Olympique de Marseille. Amanhã a parada começa, 16h45 de Brasília na Bay Arena. Por incrível que pareça, nenhum dos 3 canais ESPN no Brasil exibe ao vivo, só VTs a partir das 19h, embora só haja outra partida simultânea pelo torneio, Man City x Barça… :(

É preciso cuidado com o time alemão, vice-colocado atualmente na Bundesliga. Na tradicional entrevista coletiva da véspera, o técnico Laurent Blanc disse que sua equipe “vai além de Ibrahimovic” e que decidirá amanhã entre Lavezzi e Pastore na formação titular.

O site da ESPN listou as modificações parisienses em relação à fase de grupos:

“- Recuperados de lesão, Alex e Thiago Silva voltaram a jogar normalmente e, assim, Marquinhos, que foi uma das grandes surpresas da fase de grupos, retornou ao banco.

– Já no meio de campo, a equipe passou a ser formada com três volantes (Thiago Motta, Matuidi e Verratti) depois da lesão de Cavani. O recém-contratado Cabaye é outro que pode atuar no setor.

– Lucas voltou a atuar com mais frequência também devido à contusão do uruguaio. Ainda no meio de campo, Pastore ganhou espaço e tem revezado com Lavezzi.”

-> Leia o material pré-jogo do site da Uefa clicando aqui.

A partida de volta está marcada para 12 de março, uma quarta-feira, no Parc des Princes, na Cidade Luz!

Abaixo, veja como está a França no ranking da Uefa, que determina o número de vagas que cada liga nacional tem a preencher na Liga dos Campeões e Liga Europa (a propósito, o único sobrevivente gaulês na UEL, o Lyon, joga nesta quinta, na Ucrânia, contra o CHORNOMORETS).

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 Copas francesas | 13:49

Copa da Liga: PSG confirma e Lyon supera Olympique de Marseille nas quartas

Compartilhe: Twitter

Bordeaux x Paris Saint-Germain marcou a estreia do atacante Guillaume Hoarau contra o time onde mais se destacou na carreira (pra quem não lembra, ele fez o gol do último título da “era pobre” do PSG, a Copa da França de 2010 sobre o Monaco.

Porém, o meia-atacante argentino Javier Pastore resolveu mostrar serviço pelo lado parisiense (tem decepcionado mais do que brilhado, e é cotado para deixar o clube) e prevaleceu o mais forte: 3 a 1.

No Choc des Olympiques, Gourcuff (que vem crescendo de rendimento e pode buscar uma vaga na Copa deste ano) abriu o placar para o Lyon, no primeiro tempo, e Gomis ampliou no segundo. Diferente do que ocorreu há cerca de um mês, quando deixou o Marselha igualar um placar que lhe era favorável em 2 a 0, dessa vez os lioneses seguraram a vitória, em que pese o gol de Gignac descontando a vantagem nos minutos finais.

Lyon e Gourcuff receberam elogios do ex-treinador da seleção francesa (Copas de 2006 e 2010) ontem no Twitter

O Nantes bateu o Nice por 4 a 3, conseguindo a revanche pela derrota recente na Copa da França (0-2) e o Troyes fez 3 a 1 no Evian, nos jogos de menos apelos das quartas de finais.

As semifinais terão PSG e Lyon em lados opostos (o que pode produzir uma final de ótimo nível): Nantes x PSG, e Lyon x Troyes, nos dias 4 e 5 de fevereiro.

O PSG busca seu quarto título da competição (é o maior vencedor, ao lado do Marseille), enquanto o OL o segundo. O atual campeão é o Saint-Etienne, que bateu o Rennes ano passado.

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 10 de abril de 2013 Torneios europeus | 17:41

PSG falha no projeto de grandeza europeia contra o Barcelona

Compartilhe: Twitter

Era a decisão para confirmar uma ascensão projetada nos últimos anos com muito investimento, marketing e pompa, e que até agora não resultou em títulos. OK que o Paris Saint-Germain está muito perto de faturar a Ligue 1, mas a Liga dos Campeões era a principal meta da temporada. Porém, havia um Barça no meio do caminho, logo nas quartas, e não houve surpresa no estádio Camp Nou.

Ancelotti promoveu o retorno de Thiago Motta (outro parisiense ex-Barça), após um mês parado, para o lugar do suspenso Matuidi. Beckham foi para o banco, e Menez nem nele ficou, contundido. Sem estar 100% depois de sair machucado em paris, Messi começou no banco, com Fábregas titular.

Os visitantes começaram melhor, obrigando o goleiro Valdés a mostrar serviço, e assim prosseguiram no restante da primeira etapa, com boa marcação e saída para o contra-ataque, embora não tenham achado o gol necessário.

Lionel estava tenso no banco, e ficou ainda mais quando, aos 4 minutos do segundo tempo, Pastore tabelou com Ibrahimovic, avançou até a área e chutou na saída do arqueiro barcelonista, 1 a 0!

Então Messi veio pro jogo, e pra variar fez a diferença, participando do lance do gol de empate, aos 25 minutos, costurando a defesa e passando para Villa, que deixou Pedro em condições para a finalização frontal, 1 a 1.

O técnico italiano colocou Beckham e Gameiro nos lugares de Verratti e Lavezzi, mas a equipe francesa não conseguiu mais transpor a catalã (ao contrário da saudosa temporada 1994/95, com Raí e o futuro melhor do mundo Weah).

Sai de cabeça erguida, poderá argumentar que contra o Barcelona é muuuuito complicado e mesmo assim não foi derrotado pelo baita adversário, pois foram dois empates. Só que teve chance de sair vencedor e não aproveitou, então precisa trabalhar e evoluir mais, simples assim.

A última e única vez em que um clube francês papou a Champions: Didier Deschamps, hoje treinador bleu, levanta a taça em 1993

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (São mais de 100 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 Francês da 1ª divisão | 09:13

23ª rodada: Perfeita pro PSG lá na frente

Compartilhe: Twitter

Toulouse 0 x 4 PSG (Gols de Pastore, Ibrahimovic, Sakho e Van der Wiel)
Lucas foi destaque, com assistências e a provocação indireta da expulsão de M’Bengué, do TFC, que teve quebrada sua invencibilidade de 6 jogos.

Ajaccio 3 x 1 Lyon
O experiente meia romeno Adrian Mutu comandou a vitória do ACA sobre a defesa lionesa, em jornada negativa, com um doublé (dois gols no jogo). O zagueiro brasileiro Felipe Saad contribuiu para a vitória anfitriã com o passe para Belghazouani abrir o placar. Dia infeliz também para o beque croata Dejan Lovren, do OL, acertado no rosto por uma bandeirada de um dos assistentes do árbitro, #momentopastelao.

A seleção da rodada, pelo jornal L'Équipe

Marseille 0 x 1 Nancy
Derrapada feia do Olympique, proporcionando que a Prima Nancy (que aliás vem acumulando bons resultados: sinal de recuperação pra valer?) deixasse o limbo da tabela de classificação ao conquistar sua primeira vitória fora de casa na competição.

Bordeaux 2 x 0 Valenciennes
Triunfo alçou os Girondinos para a 4a colocação, a 4 pontos do Marselha. E David Bellion fez as pazes com o gol…

Brest 0 x 2 Nice
Tia Nice na boa, quinto lugar pr’ela!

Lorient 2 x 2 Rennes
Tirambaço de Aliadiere num dos gols lorientais. Saldo ruim pro Stade Rennais neste fds, caindo três posições na classificação.

Sochaux 1 x 2 Saint Etienne
Golaço de Pierre Aubameyang – o da inscrição “Aubame P.” nas costas – para o ASSE. Se bem que o but de Butin, do Sochô, não ficou atrás.

Montpellier 3 x 1 Reims
O atual campeão subiu uma posição, e o Stade de Reims segue na ZR.

Lille 1 x 1 Troyes
Fabien Camus marcou pela 4a vez consecutiva na temporada, para o ESTAC. Apesar do empate, o LOSC galgou uma colocação, bem no miolo da tabela.

Bastia 0 x 0 Evian
Nada a destacar, nem da partida, nem da colocação das equipes no campeonato…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última