Publicidade

Posts com a Tag Nigéria

terça-feira, 1 de julho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 11:06

Entrevistado pela Rádio Gaúcha sobre a seleção francesa!

Compartilhe: Twitter

Tive uma ótima notícia ontem quando o colega de iG Esporte Mário Monteiro, colunista de futebol alemão, pediu meu número de celular para passar a um produtor da Rádio Gaúcha. O veículo de Porto Alegre o entrevistara, sobre o desempenho germânico nesta Copa 2014, e agora queriam falar comigo principalmente sobre a seleção francesa!

E assim aconteceu por volta das 22h, quando entrei ao vivo no programa Show dos Esportes para conversar com a dupla de apresentadores. Falamos de França 2 x 0 Nigéria, França x Alemanha nesta sexta, os desempenhos de Pogba e James Rodriguez, meia colombiano do Monaco, a disputa entre Giroud e Griezmann ao lado de Benzema, entre outros assuntos :)

O áudio do programa foi publicado na íntegra no site da rádio, neste link. Mas vocês podem ouvir abaixo também, clicando no player. O programa é longo, então se quiserem ir direto para a parte em que falo, está entre o minuto 53 e 30 segundos e o 62 e 30 segundos, aproximadamente:

Para me preparar para a entrevista, fiz uma colinha com várias informações e dados numéricos, também vou compartilhar porque gosto dos bastidores da notícia:

cola

-> Futebol e música: confira uma playlist com sucessos franceses históricos
-> Futebol e bebida: já conhece a cerveja que homenageia a seleção da França?
-> Futebol nas redes sociais: os perfis dos jogadores bleus pra vc seguir e curtir!

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 30 de junho de 2014 Copa do Mundo | 16:35

França despacha Nigéria no segundo tempo e vai às quartas!

Compartilhe: Twitter

Quinta classificada para as quartas de finais da Copa 2014, a seleção francesa bateu a nigeriana por 2 a 0 hoje  em Brasília, gols de Pogba e Yobo contra. Encara agora a Alemanha, que suou mais pra bater a Argélia. Não foi brilhante, mas obviamente está valendo pelo resultado!

Uma das saídas do goleiro francês no primeiro tempo, preferindo encaixar a bola do que socar (Reuters)

Uma das saídas do goleiro francês no primeiro tempo, preferindo encaixar a bola do que socar (Reuters)

O segundo jogo na história entre as duas seleções (o primeiro foi um amistoso em 2009, em Saint-Etienne, vencido pelos nigerianos por 1 a 0) começou com 27 graus e 33 por cento de umidade relativa do ar em Brasília, tempo seco e quente, um fator prejudicial ao desempenho dos jogadores, no primeiro compromisso francês nesta Copa iniciando no exigente horário das 13h.

-> Gosta de música? Veja esse post com playlists francesas de sucesso

A partida começou movimentada, lá e cá, mas com predomínio da Nigéria, que parecia mais leve, já que a responsabilidade maior estava do outro lado. Aos 18 minutos, os africanos até foram às redes com Emenike, porém o bandeira assinalou corretamente o (ufa!) impedimento.

A resposta francesa veio rapidamente, aos 21, com Pogba puxando contra-ataque, acionando Valbuena e recebendo dentro da área. A conclusão de primeira requereu grande defesa de Enyeama, nosso conhecido grande goleiro do Lille.

-> Instagram, Facebook e Twitter: siga os Bleus nas principais redes sociais!

O equilíbrio persistia, com os verdes criando perigo nas bolas paradas e aéreas (inclusive Evra abusou da sorte, segurando o adversário acintosamente numa cobrança), dando trabalho a Lloris, e os brancos explorando bem a chegada perto da área com passes rápidos. Aos 39, Debuchy se apresentou para chutar dentro da área, mas o arremate saiu à direita do gol de um vencido Enyeama.

Nada de modificações no intervalo, apesar de Giroud ter merecido sair para a entrada de Griezmann. Tanto que Deschamps ouviu nosso clamor e fez essa substituição aos 16 minutos da etapa complementar. Com 24, a grande chance bleu: Benzema tabelou com seu novo colega de ataque, passou pelo arqueiro mas o chute saiu fraco e Moses salvou em cima da linha!

-> Curioso pra saber como é um treino francês nesta Copa? Veja este relato e muitas fotos do treino da última sexta!

Aos 31, novo grito de quaaase: após cobrança de escanteio, Benzema chutou cruzado, bateu Enyeama só que Ambrose afastou. Na sobra, Cabaye carimbou a trave! (é a segunda vez que fez isso, depois daquele rebote de pênalti contra a Suíça…). O terceiro “uuuh” veio com 33 minutos, em defesaça do goleiro do Lille na cabeçada de Benzema, só que um minuto depois tivemos a redenção!

Valbuena cobrou escanteio, Enyeama (finalmente) saiu mal e direcionou a bola na cabeça de Pogba, que não falhou e balançou a rede!! Recompensa para quem criou mais oportunidades de gol, e seguiu criando mesmo depois de abrir o placar. Tanto que, aos 46, Valbuena cruzou rasteira para Griezmann, Yobo tentou atrapalhar a conclusão e acabou desviando contra o patrimônio, fim de papo e vamos para as quartas nessa próxima sexta-feira, dia 4, às 13h, no Rio de Janeiro!

Vem, Brazuca, vem que eu te espero no primeiro gol francês no Mané Garrincha! (Reuters)

Vem, Brazuca, vem que eu te espero no primeiro gol francês no Mané Garrincha! (Reuters)

Ficha técnica francesa: Lloris (capitão); Debuchy, Varane, Koscielny e Evra; Cabaye, Matuidi, Pogba e Valbuena (Sissoko); Giroud (Griezmann) e Benzema. Técnico: Didier Deschamps

No twitter @obrunopessa , com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa ;)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 25 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 20:02

França e Equador ficam no zero: classificação em primeiro!

Compartilhe: Twitter
Terceira combinação de uniforme diferente da França: hoje toda de branco, contra Suíça de branco-azul-branco, e contra Honduras de azul-azul e vermelho, de cima para baixo (Le Monde)

Terceira combinação de uniforme diferente da França: hoje toda de branco, contra Suíça de branco-azul-branco, e contra Honduras de azul-azul-vermelho, de cima para baixo (Le Monde)

Não deu para repetir a façanha da Copa de 1998, com 100% de aproveitamento na fase de grupos, mas a invencibilidade foi mantida hoje no Rio de Janeiro e, o que é mais importante, o posto de líder do Grupo E para o próximo desafio nesta Copa 2014. Pelas oitavas de finais, o adversário a ser batido é a Nigéria, segunda colocada do Grupo F, na segunda-feira, dia 30, às 13h, em Brasília. À Suíça, que se classificou atrás dos Bleus, cabe a tarefa inglória de encarar a Argentina, na terça-feira, 13h, em São Paulo.

-> Principal jogador francês na Copa, Karim Benzema não canta o hino nacional em protesto contra a xenofobia

Benzema, que havia marcado 9 vezes nas últimas 8 partidas pela França, passou em branco pela primeira vez no torneio, mantendo-se com 24 gols com a camisa francesa – é o 9º maior artilheiro bleu, dois gols atrás de Wiltord, que atuou de 1999 a 2006 e foi vice-campeão mundial na última Copa disputada na Alemanha. O duelo do 10 gaulês contra Enner Valencia, goleador equatoriano, prometia ser bom, porém não estavam calibrados nesta quarta-feira – tanto que o melhor em campo, segundo o Man of The Match, foi o arqueiro Domínguez…

O jogo
Com Cabaye suspenso e a classificação 99% assegurada antes do apito inicial, Deschamps optou por poupar alguns titulares, como Debuchy, Varane, Evra e Valbuena. O primeiro tempo foi mais pegado do que bem jogado, com poucas chances claras de gols, algumas trombadas e até uma cotovelada de Sakho, que ainda bem que o árbitro não viu…

Os jogadores deixaram o gramado para o intervalo sob vaias dos brasileiros no Maracanã, que teve mais de 73 mil pessoas de público! Os franceses estavam tranquilos, e os equatorianos apreensivos, pois com o empate e a vitória da Suíça por 2 a 0 sobre Honduras, era preciso vencer para seguir no Mundial.

-> Em família: belas esposas e namoradas dos atletas franceses posam para foto no Maraca

O segundo tempo começou muito bom para os Bleus. Logo no primeiro minuto, Sagna apareceu bem, perto da linha de fundo, cruzou rasteira e Griezmann desviou rumo ao gol. Domínguez defendeu no reflexo e a bola tocou a trave! Dois minutos depois, Digne tentou desarmar Antonio Valencia no carrinho, e o meia-atacante sul-americano deixou as travas da chuteira na perna do lateral do PSG: vermelho pra ele!

A partida ganhava em emoção, pois o Equador não esmorecia, mesmo com um a menos, pela necessidade premente do gol, consequentemente dando mais espaço para a França contra-atacar com perigo. Com 15 minutos, Deschamps colocou Varane, para poupar Sakho, com dor na coxa esquerda, e dar ritmo de jogo ao zagueiro do Real Madrid.

-> A ESPN do Brasil deslocou o competente comentarista Leonardo Bertozzi para acompanhar a França na Copa. Para acompanhá-lo, seu Twitter é @lbertozzi

Outro que teve mais uma chance foi Giroud, aos 21, substituindo o motor do time, Matuidi – fez muito bem Didier em dar uma descansada nele! O Equador foi cansando, se arriscando e dando mais posse de bola aos franceses, enquanto a Suíça ampliava pra 3 a 0 sua vitória… Aos 28, Sissoko levantou na medida para Pogba, mas o cabeceio do volante da Juventus saiu torto, que chance desperdiçada!

Cinco minutos depois, a última troca de DD, permitindo a Rémy estrear na Copa com a saída de Griezmann. Valente, o adversário não desistia de atacar e preocupar, ao passo que Les Bleus também não abdicavam do jogo, apesar de errar e se lamentar muito na frente – Pogba era um dos que mereciam o gol. E assim foi até o final, na segunda vez em que as seleções se enfrentaram – na primeira, houve vitória francesa por 2 a 0 em amistoso disputado em 2008.

Que venham os nigerianos! Lembrando que, todas as vezes em que foi além da primeira fase, nossa seleção chegou pelo menos às semifinais (58, 82, 86, 98 e 06)!!

Ficha técnica francesa: Lloris; Sagna, Koscielny, Sakho (Varane), Digne; Pogba, Matuidi (Giroud), Sissoko e Schneiderlin; Griezmann (Rémy) e Benzema. Técnico: Deschamps

No twitter @obrunopessa, com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa ;)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 13 de junho de 2010 Copa do Mundo, Extracampo, Francês da 1ª divisão | 07:14

O Olympique aprovou e lamentou. E uma do PSG

Compartilhe: Twitter

Em Argentina 1 x 0 Nigéria, neste sábado, dois jogadores que defendem o Olympique de Marselha, ambos na defesa, chamaram a atenção por motivos bem distintos.

O zagueiro/lateral Gabriel Heinze fez o gol do jogo, deu uma valorizada em si próprio (marcar em Copa não é para qualquer um…) e gerou sorrisos nos campeões franceses da última temporada.

O lateral-esquerdo Taye Taiwo, por sua vez, errou por muito pouco uma conclusão a gol, mas logo depois dela se machucou e deixou o gramado amparado. Que não seja nada grave, devem ter pensado os marselheses…

*Falando em clube francês, uma novidade de mercado: Claude Makélélé desistiu da aposentadoria e estendeu o contrato com o Paris Saint-Germain por mais um ano. Que ainda “haja bala” para o volante de 37 anos!

heinze argentina nigeria copa 2010

Gabriel Heinze festejou muito seu valioso gol... (AFP)

taiwo-nigeria-argentina

... enquanto que Taiwo merecia sorte melhor em Joanesburgo (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 Copa do Mundo, Seleção francesa | 18:39

África do Sul, México e Uruguai

Compartilhe: Twitter

Estes são os adversários da França no grupo A da Copa do Mundo de 2010, conhecidos hoje. Foi ótimo cair na chave dos sul-africanos, cabeças mais fracos, embora empolgados como anfitriões. Mas México e Uruguai devem dar muito trabalho, ainda mais porque a Celeste é o rival da estreia.

Passando para a segunda fase, o cruzamento é com o grupo B, de Argentina, Nigéria, Coreia do Sul e Grécia. Nada mole, mas tudo bem, afinal, trata-se de Copa do Mundo e é razoável que seja assim para quem quiser ser campeão.

Desculpe escrever tão pouco sobre um evento tão importante, mas justamente pela relevância do acontecido hoje na Cidade do Cabo nós tivemos um dia cheíssimo na redação e não consegui fazer mais. Com o passar do tempo, a gente destrincha mais o assunto, bien sûr. Amanhã à tarde, ponho os jogos da rodada do Francês.

Parreira e a bela Charlize Theron vão ter que aturar os Bleus (AFP)

Parreira e a bela Charlize Theron vão ter que aturar os Bleus (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 2 de junho de 2009 Seleção francesa | 18:29

Azar o seu, Domenech

Compartilhe: Twitter


Quem estaria na sombra do periclitante técnico da França? (AFP)

Hoje aconteceu o primeiro dos dois amistosos da seleção francesa na semana, em preparação para a sequência das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2010. O adversário foi africano, a Nigéria. O local foi Saint-Etienne, em casa. Mas o placar foi adverso: 1 a 0.

Acompanhando os melhores momentos da partida pelo tempo real da France Football, a conclusão é de uma apresentação apática do time de Raymond Domenech, que, se já não era bem “engolido” por lá, com um resultado desses volta para a corda bamba, depois de respirar com as duas salvadoras vitórias sobre a Lituânia nas Eliminatórias, em março. 

O treinador fez quatro alterações nos Bleus no decorrer do jogo. A França jogou com Mandanda; Fanni, Squilacci, Escudé e Evra; Vieira, A. Diarra (Toulalan, intervalo), Rémy e Ribéry (Govou, 25 do 2º); Anelka (Gourcuff, intervalo) e Benzema (Gignac, intervalo). Henry, com dores no joelho, foi poupado. Malouda, no banco, nem entrou. Eu xingaria também…

Mas quem se deu melhor foram os nigerianos, comandados pelo veterano atacante grandalhão Kanu, 32 anos, que começou cedo, infernizando o Brasil na semifinal olímpica de 1996 (Atlanta), e hoje anda no Portsmouth, da Inglaterra. Aos 32 minutos da primeira etapa, o rápido meia Ikechukwu Uche (do Getafe, da Espanha), grande destaque do amistoso, invadiu a área, bateu no canto e Mandanda teve a maior das más sortes: resvalou na bola, ela foi na trave, voltou em suas costas, rebateu de novo na trave (!) e sobrou para o atacante Akpala (do Bruges, da Bélgica) só empurrar para as redes.

Os únicos gestos admiráveis dos franceses foram a lembrança às vítimas do voo 447 da Air France (minuto de silêncio e tarja preta) e a homenagem aos 200 anos do nascimento de Louis Braille: os nomes dos jogadores estavam estampados, em suas camisas, na linguagem dos deficientes visuais. A semana de Domenech parece longa, afinal sexta-feira acontece outro amistoso, contra a Turquia. Serão os ares de Lyon, o palco da partida, mais amenos para ele? 

Se os selecionáveis franceses não abrirem os olhos, podem perder as passagens para a África do Sul (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,