Publicidade

Posts com a Tag Nice

sexta-feira, 16 de outubro de 2009 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 20:34

Ghana en France

Compartilhe: Twitter

Hoje, sexta-feira, Gana derrotou o Brasil na decisão da Copa do Mundo Sub 20, no Egito, após a sempre dramática decisão por pênaltis. Entre os campeões, dois atuam no futebol francês. O mais famoso deles é o atacante André Ayew. Não pelo desempenho em Olympique de Marselha, Lorient e Arles-Avignon, onde joga atualmente, na segunda divisão. Mas porque ele é filho de Abedi Pelé, um dos maiores jogadores da história do futebol africano, com uma Liga dos Campeões da Europa no currículo, pelo Olympique em 1993. 

Abeiku Quansah é atacante do Nice. Ele chegou ao clube em dezembro de 2007, mas só pôde assinar contrato como profissional um ano depois, no final de 2008, firmando compromisso até 2011. Das nove partidas do OGCN na atual Ligue 1, ele participou de duas e ainda não balançou as redes. O time da tia Nice, apenas o 18º na tabela do Francês, também conta com o meio-campista Enoch Adu, que disputou o Campeonato Africano Sub 20, mas não o Mundial.

O cApitão Ayew no meio dos brasileiros no Cairo (AP)

O capitão Ayew no meio dos brasileiros no Cairo (AP)

Quansah numa reação mais do que natural para um campeão (AP)

Quansah numa reação mais do que natural para um campeão (AP)

O que já se imaginava
Também hoje, a Fifa divulgou seu mais recente ranking de seleções, e a partir daí determinou os quatro cabeças-de-chave para a repescagem europeia visando a Copa de 2010. Como se esperava, França (9ª), Portugal (10º), Rússia (12ª) e Grécia (16ª) não correrão o risco de se enfrentar, mas terão um destes adversários nos mata-matas: Ucrânia (22ª), República da Irlanda (34ª), Bósnia-Herzegovina (42ª) e Eslovênia (49ª).

Relembrando que o sorteio para definição dos quatro confrontos no sistema de ida e volta acontece na segunda. Que as bolinhas não sejam maldosas com os Bleus…

Amanhã, no começo da tarde, publico aqui os jogos previstos para a nona rodada da Ligue 1. Au revoir et bon weekend!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de setembro de 2009 Copas francesas, Franceses no mundo | 19:40

O valor prático da filosofia

Compartilhe: Twitter

Na tua prosaica vida, a filosofia pode não servir para nada, embora seja “da hora” (a filosofia). Na do Lens, serviu e muito pelas 1/16-de-final da Copa da Liga Francesa. O time, que voltou à primeira divisão francesa na última temporada, conseguiu fazer 4 a 3 no Montpellier, que vive grande fase na Ligue 1, fora de casa, com dois gols – sendo um na decisiva prorrogação! – do zagueiro Romain Sartre. Sim, sobrinho perdido por aí do filósofo existencialista Jean-Paul Sartre, que hoje garantiu a manutenção da existência do RCL na competição.

O PSG fez sua parte e eliminou o Boulogne, novato na atual L1, com gol do atacante Jean-Eudes Maurice, que aproveitou bem a chance de atuar no lugar de Ludovic Giuly. Já o Monaco decepcionou, caindo em Nancy para o time da casa, 2 a 0. A tia Nice continua cabisbaixa, embora o sobrinho Loïc Rémy tenha marcado o seu: 4 a 1 para o Saint-Etienne, com dois do argentino recém-contratado Gonzalo Bergessio. Metz e Sedan se juntam ao Clermont como os sobreviventes da Ligue 2 no torneio.

O Sartre do mundo do futebol (site do RCL)

O Sartre do mundo do futebol (site do RCL)

Confira resultados e classificados (em negrito) de ontem e hoje:

Boulogne-sur-Mer (L1) 0 x 1 Paris-SG (L1)
Nancy (L1) 2 x 0 Monaco (L1)
Montpellier (L1) 3 x 4 Lens (L1)
Rennes (L1)
2 x 1 Sochaux (L1)
Le Mans (L1) 3 x 0 Nîmes (L2)
Saint-Etienne (L1) 4 x 1 Nice (L1)
Lorient (L1) 1 x 0 Grenoble (L1)
Metz (L2) 2 x 0 Valenciennes (L1)
Sedan (L2) 3 x 1 Auxerre (L1)
Clermont (L2) 3 x 1 Vannes (L2) 


Enquanto isso, na Itália

Na derrota do Milan para a Udinese fora de casa, por 1 a 0, Mathieu Flamini foi expulso perto do fim da partida, em outro dia de muita irritação para o técnico Leonardo.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 08:01

O batalhão brasileiro

Compartilhe: Twitter

Num “pool de posts” dos blogs “europeus” do iG Esporte, listamos os jogadores brasileiros que estão hoje nas primeiras divisões de França, Alemanha, Espanha, Inglaterra e Itália. Na terra dos Bleus são 26 brazucas, divididos em 14 dos 20 clubes da Ligue 1. Uns você conhece bem, alguns já ouviu falar e outros num faz nem ideia! Voilá:

Bordeaux: Henrique (zagueiro), Fernando (volante), Wendell (volante e meia) e Jussiê (meia)
Marselha: Elinton Andrade (goleiro), Hilton (zagueiro) e Brandão (atacante)
Lyon: Cris (zagueiro), Ânderson (zagueiro), Ederson (meia) e Michel Bastos (meia e lateral-esquerdo)
PSG: Ceará (lateral-direito)
Toulouse: Luan (atacante)
Lille: Emerson (lateral-esquerdo e zagueiro) e Túlio de Melo (atacante)
Rennes: não tem
Auxerre: Marcos Antonio (zagueiro)
Monaco: Adriano (lateral-direito e zagueiro), Eduardo Costa (volante) e Nenê (meia e atacante)
Lorient: não tem
Grenoble: não tem
Nancy: André Luiz (zagueiro)
Saint-Etienne: Ilan (atacante)
Le Mans: Geder (zagueiro) e Marcos Paulo (meia)
Nice: não tem
Valenciennes: Rafael Schmitz (zagueiro)
Sochaux: Carlão (zagueiro, lateral-esquerdo e volante)
Lens: Eduardo Santos (atacante)
Montpellier: não tem
Boulogne: não tem

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 13 de maio de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:28

Tête à tête, haaaja coração!

Compartilhe: Twitter

Brandão fez biquinho, mas não ganhou beijos dos colegas de Marselha (AFP)

Olympique de Marselha e Bordeaux chegaram à 35ª rodada do Francês com o mesmo número de pontos e uma vantagem de um gol no saldo para o primeiro – embora o segundo tenha mais vitórias, este não é o primeiro critério de desempate. Portanto, era preciso, para ambos, vencer por uma boa margem de gols, até porque, ontem, o Lyon ganhou do Nantes e diminuiu a diferença para os líderes para quatro pontos.

O OM foi até a casa da tia Nice enfrentar o time homônimo, cujos eufóricos torcedores não paravam de entoar gritos de guerra no estádio Municipal du Ray. Mas com 70% de posse de bola no início do jogo, os marselheses se impuseram. Aos 26, Niang recebeu na entrada da área, abriu espaço e chutou cruzado, rasteiro, no cantinho: 1 a 0 para o time de uniforme azul-calcinha.

Podendo jogar nos contra-ataques, o Marselha tinha boas chances, mas pecava nas finalizações no início da 2ª etapa. Até que, aos 15, Mandanda repôs a bola com velocidade, Taiwo avançou para o campo adversário e cruzou na cabeça de Brandão, esquecido pela defesa do Nice. Muito comemorado pelo banco de reservas, o gol aumentou a tranquilidade do OM, fez a espremida torcida visitante dominar o estádio e jogou grande pressão para cima do Bordeaux, que precisaria vencer por pelo menos três gols o Valenciennes para roubar a liderança.

O problema para os Girondinos foi que o Valenciennes (de Rafael, zagueiro e capitão, e do volante Jeovânio) se empolga jogando em casa e, assim como fez contra o Lyon, saiu na frente do marcador aos 22 minutos, de pênalti, com Danic. Mas a sorte dos Marine et Blanc é ter brasileiros (mesmo com o machucado Wendell fora do fim da temporada); o volante Fernando Menegazzo mostrou talento aos 38, igualando tudo, de cabeça. E contar com Gourcuff parece a certeza de esperar um gol decisivo no finalzinho; dito e feito, o meia também meteu o cocoruto nela, após jogada do também meia Jussiê (que havia acabado de entrar, voltando de lesão), e decretou, com 38 minutos do 2º tempo, a virada heróica em 2 a 1

Porém, a vantagem do Olympique no saldo de gols pulou de um para dois, a três rodadas do final da Ligue 1. Maaas, na próxima rodada o Marselha enfrenta “apenas” o Lyon, enquanto que o Bordeaux tem tarefa mais fácil recebendo o Le Mans. Difícil prever algo nessa disputa cabeça a cabeça, mas sigo cravando que dá OM.

“Nóis tamu vivo, negada!”, brada Fernando, il ragazzo Menegazzo (AFP)

Outros resultados da rodada:

Le Mans (15º) 0 x 1 Paris Saint-Germain (4º) – Kezman substituiu bem Hoarau
Le Havre (20º) 2 x 4 Saint-Etienne (17º) – Ilan deixou o dele, fazendo seu time respirar e afundando para a Ligue 2 os donos da casa
Sochaux (16º) 3 x 0 Monaco (11º) – time de Carlão derrota o de Ricardo Gomes e respira
Toulouse (5º) 0 x 0 Lille (6º) – por ora, a vaga na Liga Europa é do primeiro
Auxerre (8º) 2 x 0 Grenoble (12º) – dois clubes da turma do miolo, que não fede nem cheira
Nancy (13º) 2 x 2 Lorient (10º) – dois de Sami prum lado e Gameiro pro outro
Rennes (7º) 1 x 0 Caen (18º) – o primeiro quer a Liga Europa; o segundo, deixar a condição de “caído”

 

 

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 5
  3. 6
  4. 7
  5. 8
  6. 9
  7. Última