Publicidade

Posts com a Tag Nenê

quarta-feira, 30 de março de 2011 Brasileiros na França, Ex-jogadores, Extracampo | 23:41

Jogadores e ex curtindo um futsal. E a promoção do Nenê

Compartilhe: Twitter
A galera parisiense enfileirada prum dos jogos (PSG.fr)

A galera parisiense enfileirada prum dos jogos (PSG.fr)

No último fim de semana, aproveitando pausa no Campeonato Francês por conta das datas Fifa com Eliminatórias para a Eurocopa e amistosos (sexta/sábado e terça-feira), um grupo de jogadores em atividade e outros já aposentados se aventuraram a jogar futsal, num quadrangular na Arena de Bercy, em Paris.

Nenê, de branco, cumprimenta Djorkaeff (PSG.fr)

Nenê, de branco, cumprimenta Djorkaeff (PSG.fr)

Paris Saint-Germain, Lille, Brest e veteranos selecionáveis, com atletas da Copa de 1998, foram para a quadra. O campeão foi o Stade Brestois, que bateu o LOSC (com Túlio de Melo, Frau, Landreau e outros) na final, enquanto que o PSG (com Nenê, Ceará, Coupet, Edel, Giuly, Makelele, Armand e Traoré, entre outros) ficou com o terceiro lugar, ao derrotar os veteranos da seleção, comandados por Youri Djorkaeff.

Via assessoria de imprensa, Nenê disse ter curtido pacas o evento. “Foi bem legal poder matar saudades dos meus tempos de salão em Jundiaí. Adorei disputar esse torneio, que acontece há vários anos, e espero estar presente nas próximas edições”, declarou, se dizendo amigo pessoal de Falcão, astro da seleção brasileira de futsal.

Bruno Grougi e o time do Brest com o troféu do quadrangular (SB.com)

Bruno Grougi e o time do Brest com o troféu do quadrangular (SB.com)

Nenê dará camisa
Com visual novo no seu site oficial (www.nenefutebol.com.br), o destaque do PSG vai dar uma camisa do clube para quem acertar a pergunta “quantos gols Nenê irá marcar pelo PSG em jogos oficiais na temporada 2010/2011?”. O internauta deve informar idade, cidade onde reside e clube do coração.

Até o momento, o meia-atacante já assinalou 18 gols, sendo 13 pelo Campeonato Francês, quatro pela Liga Europa e um pela Copa da França. Até o final da temporada, o PSG ainda vai disputar 10 jogos pela Ligue 1 e pelo menos mais uma pela Copa, em que está classificado para a semifinal. É possível ficar por dentro das novidades do site no twitter @SitedoNene.

Nenê contra o goleiro do Brest: o brasuca parece levar bastante jeito... (PSG.fr)

Nenê contra o goleiro do Brest: o brasuca parece levar bastante jeito... (PSG.fr)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de março de 2011 Francês da 1ª divisão | 17:07

Lille se distancia pra cima e PSG pra baixo no top 5

Compartilhe: Twitter
lyon_rennes_reu

O gol de Theóphile que definiu o 1 a 1 em Gerland: quem ganhou foi o Lille... (Reuters)

Estava desenhada a chance do Lille abrir vantagem no Campeonato Francês, pelos confrontos da rodada do final de semana. Como o líder venceu e o segundo (Rennes) e o terceiro (Lyon) ficaram no empate, agora o LOSC tem quatro pontos a mais que o novo vice, o Olympique de Marselha, que afastou ainda mais o PSG da corrida pelo título no clássico do povo. 

Contando com a eficiência e inspiração de seus dois principais artilheiros na Ligue 1, os africanos Moussa Sow e Gervinho, o Lille virou sobre o Brest – foi a terceira derrota do Stade Brestois em 14 partidas em casa – e confirmou o favoritismo de maior favorito ao título. Sow se isolou ainda mais na lista de goleadores do torneio, com 19 gols, enquanto que Gervinho agora é o quinto, ao lado de Lisandro López, com 12. El-Arabi marcou mais um pelo Caen, na vitória contra o lanterníssimo Arles, foi a 14 e se descolou de Nenê, ainda com 13.

Tentando juntar os cacos decorrentes da eliminação na Liga dos Campeões para o Real Madrid, o Lyon conseguiu “achar” o primeiro gol do jogo contra o Rennes, em duelo direto: Lisandro chutou, a bola desviou em Gomis e enganou o goleiro Douchez – vale lembrar que a dupla de atacantes é responsável por mais da metade dos gols lioneses na competição. Do banco de reservas, Cris viu sua equipe sofrer o castigo do empate mesmo com um a menos (o colombiano Montaño foi pro chuveiro merecidamente no 2º tempo, após agredir Lovren, porque seu pisão em Toulalan no 1º passou incólume), quando, perto do fim, o defensor Kévin Théophile-Catherine testou para a rede de Lloris, depois de cobrança de M’vila. Resultado injusto, mas futebol é isso aí…  

Sem Brandão de vez, depois de negociá-lo para o Cruzeiro, o OM não sentiu falta dos gols, que vieram em precisa cobrança de falta de Gabriel Heinze, argentino ex-PSG (entre 2001/02 e 2003/04), e graças a cabeceio do ganês André Ayew, aproveitando cruzamento de André-Pierre Gignac. O gol parisiense saiu depois que Chantôme complementou rebote de chute de Nenê que acertou a trave. Decepcionado e realista, o presidente do Paris, Robin Leproux, já coloca como meta para o clube ficar entre os cinco primeiros no final das contas…

om_psg_gol_heinze_reu

O lance em que Heinze venceu Grégory Coupet e a bola acabou na rede (Reuters)

Veja os resultados da 28ª journée:

Brest 1 x 2 Lille (Lesoimier; Gervinho e Sow)
Lyon 1 x 1 Rennes (Gomis; Théophile-Catherine aos 43 do 2º) – Montaño-REN foi expulso
O. Marseille 2 x 1 Paris-SG (Heinze e André Ayew; Chantôme) – Quase 53 mil pessoas no Vélodrome
Montpellier 1 x 4 Lens (Bocaly; Akalé, Joris Marveaux contra, Roudet e Jemaa) 
Lorient 0 x 0 Saint-Etienne – O goleiro Janot-ASSE foi o melhor em campo
Valenciennes 2 x 2 Bordeaux (Danic 2; Jussiê aos 35 e Ciani aos 39 do 2º) – 4º gol do meia brasileiro, em 24 jogos
Toulouse 1 x 1 Nice (Santander; Cetto contra aos 48 do 2º) 
Auxerre 2 x 0 Sochaux (Jelen 2
Caen 2 x 0 Arles-Avignon (Mollo e El-Arabi)
Monaco 0 x 1 Nancy (André Luiz) – Quarto gol do zagueiro brasileiro, que soma 25 jogos no campeonato

*Classificação: Lille lidera com 55 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 51, Rennes, com 50, Lyon, com 49, e PSG, com 45. Veja tabela completa

brest_lille_afp

Gervinho é festejado pelos colegas. Ninguém late mais alto que os Dogues até aqui (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de março de 2011 Brasileiros na França, Torneios europeus | 16:55

PSG não consegue vencer o Benfica. Adieu!

Compartilhe: Twitter

A vitória no Parc des Princes era necessária para a França continuar viva nos torneios europeus. Só que o placar entre PSG e Benfica ficou 1 a 1, o time português foi às quartas de finais da Liga Europa e, assim como na Liga dos Campeões, só me resta torcer para os franceses fora da França espalhados pelo continente – e contra os portugueses, para não se aproximarem muito no ranking europeu (aliás, o Luiz Alfredo torceu inadequadamente para a equipe lusitana na Rede TV!, heim! Como se todos os telespectadores estivessem torcendo para o Benfica. Respeita a gente, meu!).

psg_benfica_nene_salvio_reu

Nenê é marcado por Salvio: o talentoso brasuca não conseguiu ser decisivo quando precisava (Reuters)

Depois de um primeiro tempo equilibrado e o placar de 1 a 1 (Gaitán fez o primeiro, Bodmer empatou), o Paris não conseguia atacar com a intensidade que precisava, vendo o Benfica ser muito mais perigoso e ficar perto do segundo gol do que ele. Antoine Kombouaré colocou Hoarau e Giuly de uma vez só, nos lugares de Erding e Bodmer, para ver se a pressão acontecia.

Nos primeiros minutos depois das trocas, o PSG cresceu no jogo, fortalecido pelas manifestações da torcida. Aos 32, Maurice veio pro lugar de Ceará, deixando Nenê como único brasileiro nos tricolores e a equipe mais ofensiva ainda. Um minuto depois, façanha de Roberto: a bola sobrou pra Hoarau na pequena área, o camisa 9 finalizou mas o goleiro português fez ótima defesa.

O nervosismo cresceu com os contragolpes portugueses, o tempo passou, nenhum gol veio e a derrapada de Maurice aos 50 minutos, livre, dentro da área, com a bola no jeito para a finalização, simboliza bem o cenário. Tivemos de abaixar a cabeça pelo segundo dia consecutivo. C’est triste!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 14 de março de 2011 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 23:44

O que o Olympique consegue em Manchester?

Compartilhe: Twitter

Precisa da vitória ou de um empate com gols para continuar na Liga dos Campeões da Europa nesta terça-feira, 16h45. O que pode ajudá-lo é a também necessidade do United de buscar a vitória, o que pode virar pressão com o passar do tempo. Tido como zebra por alguns (eu diria apenas menos cotado/favorito), o Marselha vai precisar de torcida em Old Trafford. Então vamos torcer – na quarta é a vez do Lyon, contra o Real, em Madri.

Assim como torcerei para Franck Ribéry no outro jogão da Champions do dia, Bayern de Munique x Inter de Milão, repeteco da final de 2009/2010. No fim de semana, o meia-atacante francês foi muito bem na goleada bávara contra o Hamburgo, por 6 a 0, pelo Campeonato Alemão.

mandanda_ap

Se Steve Mandanda segurar as pontas lá atrás, as chances marselhesas crescem (AP)

Ligue 1, 27ª rodada
Como não tive tempo para falar tudo que gostaria, vai um registro curto mesmo: rodada boa para o Lille, heim? Embora Olympique e Lyon tenham mantido a diferença, o Rennes tropeçou e ficou para trás, assim como o PSG.

Moussa Sow marcou mais um, selando a artilharia, com 18 gols. Kevin Gameiro (Lorient) o persegue de mais perto, com 16. Nenê (PSG) perdeu terreno nessa disputa, ficando com 13, agora com a companhia de Younes El-Arabi (Caen).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 10 de março de 2011 Torneios europeus | 20:02

PSG não segura o Benfica em Portugal

Compartilhe: Twitter

2 a 1 em Lisboa não foi injusto, embora o Paris tenha criado chances para não perder, pois dois pênaltis poderiam ter sido marcados para o Benfica. Agora é buscar uma vitória por 1 a 0 ou dois gols de diferença na França para garantir a classificação na Liga Europa no jogo de volta, em casa.

benfica_psg_erding_roberto_ap

Não foi o dia de Mevlut Erding no estádio da Luz (AP)

Foi bacana poder acompanhar um jogo de francês com a emoção do Luiz Alfredo, como aconteceu na RedeTV! hoje. Mais animado do que as transmissões a que estamos acostumados via Sportv’s e ESPN’s.

O jogo
O Benfica começou pressionando na bola alta, dando trabalho a Edel. Mas o PSG respondeu bem, logo de início, quando Erding deu um corte bonito em Luisão e chutou forte, dentro da área, obrigando Roberto a espalmar.

Aos 14, os visitantes abriram o placar: Nenê trouxe para o meio, esperou Luyindula voltar do impedimento e o achou no meio da zaga, em posição legal. O camisa 8 deu um tapa pro gol e correu pro abraço. O segundo podia ter vindo aos 16, após outro lindo passe de Nenê, agora pela esquerda, cruzando pra Erding, entre a trave e o goleiro. Só que o turco acertou a baliza e ela voltou na direção de Luisão, que mandou pra escanteio.

O time francês reagia bem à pressão, contra-atacando e chegando perigosamente nas bolas paradas. E deu sorte quando Makonda empurrou Salvio dentro da área aos 26 e o juiz inverteu a falta… Edel vinha bem, disposto a calar os críticos. Mas a defesa não ajudou. Aos 41, ela parou em linha quando Carlos Martins lançou Maxi Pereira, que dominou e fuzilou por cima do goleiro, sem tempo para reação.

Antes do intervalo, o PSG teve uma baixa importante, perdendo Luyindula, machucado. Maurice o substituiu. O time francês voltou bem, voltando a dominar a partida com as principais ações ofensivas. E novamente deu sorte quando, aos 26, houve um pênalti ainda mais claro de Makonda, que pegou a perna de Saviola mas o árbitro nada marcou…

A pressão caseira cresceu e virou vitória aos 36 minutos. Jara recebeu com liberdade de Pablo Aimar, limpou e bateu no canto, fora do alcance de Apoula Edel. Houve tempo para reação, porém não competência. Segue o tabu de um francês nunca ter vencido o Benfica lá. Que persista também o tabu de um português nunca ter vencido o PSG na França, e que não vejamos empate no Parc des Princes…

benfica_psg_makonda_salvio_ap

O "estabano" de Tripy Makonda podia ter custado ainda mais caro ao Parri (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de março de 2011 Copas francesas | 21:09

PSG avança na prorrogação. Lille, só nos pênaltis

Compartilhe: Twitter

Copa da França, insisto, significa sempre emoção nas fases derradeiras. E alguma dose de tensão, como provaram os postulantes ao título da Ligue 1 nas quartas de finais.

Contando com a estrela de dois garotos que entraram bem no segundo tempo do jogo no Parc des Princes, além de duas assistências brasileiras, o Paris Saint-Germain eliminou o Le Mans e se credenciou a disputar a semifinal da Copa da França, nesta quarta-feira.

psg_lemans_ceara_afp

Ceará disputa bola com Thomas Frederic: brasileiro foi bem, obrigado (AFP)

Antoine Kombouaré começou com uma formação praticamente titular, mas foram os reservas Jean-Christophe Bahebeck, de 17 anos, e Neeskens* Kebano, de 18 anos, que balançaram as redes, aliviando os mais experientes que devem ter cansado com 120 minutos de bola rolando. O primeiro aproveitou passe de Nenê na cobrança de escanteio, limpando e finalizando bonito, enquanto que o segundo só escorou boa jogada de Ceará, que foi à linha de fundo e cruzou com carinho e afeto…

As equipes já estavam com dez em campo no desenrolar da prorrogação, pois o zagueiro Zoumana Camara deixou o PSG com um a menos ao levar cartão vermelho aos 33 do 2º tempo. Para sorte dos anfitriões, o Le Mans também teve um expulso assim que começou a prorrogação, o também beque Mamadou Wague. Atual campeão, o Paris (8 títulos) alcança sua 14ª semifinal de Copa da França e segue na briga para se aproximar do Olympique de Marselha, maior vencedor da história do torneio (10 títulos).

Um pouco mais tarde, o Lille recebeu o Lorient, rival de primeira divisão que deu trabalho até aonde poderia: a disputa por penalidades máximas. Mesmo com um a mais graças à expulsão de Manga aos 19 minutos da segunda etapa, o LOSC não conseguiu transformar a vantagem numérica em vantagem no placar, nem mesmo depois do brasileiro Túlio de Mello vir para o lugar do artilheiro Moussa Sow no comando do ataque.

lille_afp

Com desabrigados no elenco, o Lille voltou a precisar dos pênaltis para caminhar na Copa da França (AFP)

A decisão nos pênaltis opôs os goleiros Landreau, o mais experiente da Ligue 1, pelo lado do Lille, e Audard, que fez ótima partida pelo lado visitante. Eles bem que tentaram evitar os gols nas cobranças, mas apenas o Lorient errou uma vez. Na última, Hazard se valeu de paradinha legal, no caminhar para a bola, enganou Audard e colocou no canto oposto, decretando o marcador final em 5 a 3. Depois de 1984/1985, os Dogues, líderes do Francesão, finalmente estão de volta a uma semifinal de Coupe de France.

angers_afp

Agora, o Angers é o candidato à zebra das semifinais (AFP)

No jogo entre os menores do dia, acabou o sonho do pequenino Chambéry, que havia eliminado três equipes da elite (Monaco, Brest e Sochaux) no decorrer da competição. Levou 3 a 0 do Angers, da Ligue 2, em Grenoble. Não pode reclamar da sorte, não é?

Resultados:
Stade de Reims (L2) 2 x 3 Nice
Chambéry (CFA2) 0 x 3 Angers (L2) – Saivet, Renouard e o argentino Gomez marcaram os gols
Paris Saint-Germain 2 x 0 Le Mans (L2)
Lille 0 (5) x 0 (3) Lorient

*Neeskens Kebano homenageia Johan Neeskens, holandês que marcou época no Ajax e no “carrossel” protagonizado por Johan Cruyff na Holanda dos anos 1970. O pai da revelação parisiense era muuuito fã do nederlandês…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 Torneios europeus | 21:09

PSG e Lille passam na Liga Europa? Se ao menos priorizassem…

Compartilhe: Twitter

A situação dos franceses para as decisões dos mata-matas da fase 1/16 de finais é diferente, embora ambos tenham empatado por 2 a 2 seus jogos de ida, por causa do peso maior que se dá aos gols marcados fora de casa em caso de empate no saldo de gols de cada confronto.

Acontece que o Paris empatou fora, e em condições bem adversas no gelo ucraniano contra o BATE Borisov. Nesta quinta, às 17h05 pelo horário de Brasília, decide a parada no Parc des Princes com as vantagens de uma vitória por qualquer margem e os empates em 0 a 0 ou 1 a 1 para avançar.

Privilegiando a disputa do Campeonato Francês, no qual é quinto colocado a quatro pontos do líder Lille, Antoine Kombouaré não relacionou Nenê, Giuly e Makhelele para o duelo, dando descanso para o trio. É, parece que Liga Europa não é prioridade pros franceses mesmo…

o LOSC se viu em maus lençóis depois que deixou o PSV igualar o marcador na França, na semana passada, quando vencia por confortáveis 2 a 0. Por isso, já começa a partida de volta, às 15h de amanhã, em desvantagem, pois o zero a zero classifica o time holandês. Ou seja, precisa do gol. E só serve um empate se for 3 a 3 ou mais…

Vítima de entorse no tornozelo esquerdo, o defensor Mathieu Debuchy é o único desfalque de Rudi Garcia, que também curte não usar a força máxima, em Eindhoven. Até que ponto a galera vai se doar em campo, sabendo que no domingo tem nada mais nada menos que o Lyon pela frente na Ligue 1?

Eu aposto que o Paris Saint-Germain avança e o Lille não. E você?

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 Brasileiros contra a França, Brasileiros na França, Torneios europeus | 21:10

PSG sobrevive e Lille "se dificulta" na Liga Europa

Compartilhe: Twitter

Resultados distintos para os franceses nos jogos de ida da fase 1/16 avos, disputada em mata mata.

Sob um frio absurdo de 15 graus negativos em Minsk, capital da Bielorrússia, o Paris Saint-Germain encarou o BATE Borisov. Só de conseguir jogar o tempo inteiro nessa temperatura, qualquer jogador já está de parabéns. Os torcedores também (havia cerca de 4 mil no estádio), porque não podem sair correndo pelas arquibancadas*. Se bem que os europeus estão bem mais acostumados que os brasileiros nesse aspecto…

Com minhocão nas pernas, cacharrel no pescoço, luvas e algumas faixas na testa, o PSG foi escalado por Antoine Kombouaré com Edel; Jallet, Sakho, Camara e Ceará; Chantôme, Clément, Luiyndula e Nenê; Giuly e Erding. O primeiro gol foi dos donos da casa, e brasileiro: do meia Renan Bressan (ex-Atlético de Tubarão-SC e Gomel, da Bielorrússia), aos 15 minutos iniciais.

O empate gaulês viria aos 30, com o turco Mevlut Erding. No segundo tempo, mesmo indo bem, Nenê foi substituído por Maurice, assim como Giuly, que cedeu espaço a Bodmer. Os anfitriões voltaram a crescer no jogo e voltariam a comandar o placar aos 36 minutos, com Gordeychuk, que havia entrado justamente no lugar de Bressan e deu sorte de receber no seu pé o rebote da trave, depois do chute de Volodko, sem goleiro, sem nada na frente.

A última troca no PSG foi Makonda no lugar de Mevlut. Quando nem eu acreditava mas no empate, grata surpresa: aos 43, Makonda fez bela jogada pela esquerda, no limite da grande área, girou e achou espaço para cruzar mesmo com marcação dupla. A bola veio ao encontro da cabeça de Luyindula, livre na frente do goleiro: 2 a 2 e belo resultado pro Parri.

bate_psg_ceara_renan_ap

Enfaixado Nenê observa disputa entre Ceará e Renan (AP)

Em casa, o Lille iniciou o confronto contra o PSV, primeiro time holandês com o qual se deparou na história do torneio. Rudy Garcia escalou Landreau; Emerson, Vandam, Rozehnal e Chedjou; Dumont, Debuchy, Gueye e Obraniak; Frau e Túlio de Melo. Desde os primeiros minutos o LOSC se impôs, dando indício de vitória tranquila em Villeneuve D’Ascq.

Logo aos 5 minutos, em escanteio cobrado, a defesa visitante rebateu para o meio e o senegalês Gueye bateu com felicidade, rasteiro, de peito de pé. Como o goleiro estava com a visão encoberta, ninguém impediu o curso da bola rumo à rede: 1 a 0.

O segundo viria ainda no primeiro tempo. Aos 30 minutos, cruzamento na medida do capitão Debuchy, pela direita, encontrou a testada com a marca do centroavante de Tulio de Melo, corroborando a ótima fase do brasileiro. A etapa final começou com poucas chances agudas e cantoria da torcida do líder do Campeonato Francês, sorrindo à toa com seu Lille Olympique Sporting Club.

Maas… nos minutos finais, veio o castigo do PSV. Bouma e Toivonen, em jogadas aparentemente fortuitas, decretaram a igualdade no marcador com gols aos 38 e 39 minutos do segundo tempo. Agora, o Lille vai ter que buscar a vitória em Eindhoven, em interessante teste para o atual melhor time da França em âmbito doméstico.

lille_psv_tulio_ap

Túlio em um dos seus pontos fortes: o cabeceio (AP)

A nota triste do dia em Lille foi o vandalismo de torcedores do PSV, reprimido por policiais, que entraram em confronto com os baderneiros e prenderam 30 deles. Lamentável o que fazem com o nosso futebol!

*Sim, havia malucos sem camisa na torcida. O que eles teriam bebido?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:18

Lille firme, PSG derrapando. Resultados da 23ª rodada

Compartilhe: Twitter

Le Blog du Foot não poderia se esquecer de uma menção honrosa a Ronaldo, que anunciou hoje seu adeus dos gramados. Foi mesmo um Fenômeno e deu grandes alegrias aos Bleus, inclusive na sua despedida oficial pela seleção brasileira, em 2006, que é mais louvável ainda!

O líder LOSC não perde o prumo. Cumpriu o dever de casa contra o Toulouse e manteve a gordura de 5 pontos para o resto da turma na Ligue 1. Depois de Gervinhô ter aberto o placar, Túlio de Melo veio para o jogo aos 35 minutos do 2º tempo, substituindo Hazard, e completou a vitória aos 49. Nas últimas rodadas, tem sido o brasileiro mais efetivo, deixando Nenê para trás.

Nenê e seu PSG podem pagar caro, lá no fim do Francesão, pelas seguidas derrapadas nas últimas duas rodadas – a derrota para o Rennes somada ao último empate com o Lens geram cinco pontos perdidos. Hoje, o Paris Saint-Germain está a 7 pontos do Lille.

Com o tropeço parisiense, melhor para o Rennes, que também fez a lição de casa ao bater o Nice. Vi parte do primeiro tempo, que foi ganhando em movimentação e chances de gols com o passar do tempo. No início do segundo, saíram os dois gols.

Destaques ainda para as vitórias fora de casa de Marselha (com dois de Gignac – o artilheiro voltou?) e Lyon, este de goleada sobre o Saint-Etienne no dérbi 101 entre os rivais  – detalhes do jogo estão no blog BrasilLyonnais. Já o Bordeaux, caiu diante do Caen. Desanimador…

lille_tulio_reuters2

Como é que é, Nenê, vamos voltar a marcar? Túlio vai ganhando terreno... (Reuters)

Veja os resultados da journée:

Lille 2 x 0 Toulouse (Gervinho e Túlio de Melo)
Paris Saint Germain 0 x 0 Lens – Quase 33 mil pessoas no Parc des Princes
Rennes 2 x 0 Nice (Montaño e Boukari)
Sochaux 1 x 2 O. Marselha (Ideye; Gignac 2)
Saint-Etienne 1 x 4 Lyon (Payet; Gomis, Bayal contra, Michel Bastos e Briand)
Bordeaux 1 x 2 Caen (Modeste; Traoré e Hamouma)
Arles-Avignon 0 x 0 Montpellier
Nancy 3 x 1 Auxerre (Féret, Cuvillier e Hadji; Jelen)
Valenciennes 3 x 0 Brest (Ducourtioux, Bisevac e Pujol)
Monaco 3 x 1 Lorient (Lolo, Mangani e Park; Gameiro)

>> Classificação: Lille lidera com 45 pontos, seguido por Rennes, com 40, e Olympique de Marselha, com 39. Veja tabela completa

Volto mais tarde para falar dos retornos das Ligas dos Campeões e Europa, nesta semana!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011 Francês da 1ª divisão | 17:27

Lille se desgarra mais um pouco. Confira os placares

Compartilhe: Twitter

Nesta 22ª rodada, o Lille perdeu, a poucos minutos do fim, uma vitória quase certa contra o Auxerre. Mas o empate foi suficiente para abrir de quatro para cinco pontos sua distância para o vice-líder do Campeonato Francês, graças à derrota do PSG para o Rennes. A gordura lilleana já permite que uma derrota aqui ou ali não atrapalhe o posto de maior candidato ao título, o que num longo torneio por pontos corridos é bastante útil.

hoarau_mvila_afp

Hoarau e M'vila tentam cabeceio em PSG x Rennes. Ambos foram convocados por Laurent Blanc (AFP)

Fora de casa, o LOSC saiu na frente do AJA logo nos primeiros minutos, com Moussa Sow, artilheiro da Ligue 1 agora com 16 gols, três à frente do brasileiro Nenê. Porém, aos 41 do 2º, alívio no L’Abbé-Deschamps com o empate do Auxerre, por meio do primeiro gol do polonês Dudka na competição.

No jogo de seis pontos da rodada, entre os principais perseguidores do Lille, melhor para o Rennes, que com a vitória magra contra o Paris Saint-Germain alcançou o mesmo número de pontos do adversário da capital. Já o clássico da journée decepcionou do ponto de vista de bolas na rede. Com brasileiros e tudo, Lyon e Bordeaux não saíram do zero e perderam posições na tabela de classificação (o OL perdeu duas). André debutou no lado girondino, mas bem brevemente: substituiu Modeste aos 42 minutos do 2º segundo tempo, num jogo em que até os cartões amarelos, tão comuns nessas disputas tradicionais, tardaram a vir (o primeiro foi dado com 70 minutos).

Deixaram o Lyonnais para trás o Marselha, que fez o básico contra o lanterna em casa, e o Saint-Etienne, que obteve motivador triunfo contra o Montpellier, rival direto na tabela – estaria o ASSE revivendo a boa campanha do princípio de campeonato? Por fim, vale destacar o apurado faro de gol do selecionável Kevin Gameiro. Frente a frente com Youssef El-Arabi, do Caen, ele se saiu melhor, deixou o seu e se igualou ao francês naturalizado marroquino na tábua de goleadores, também com 11 gols.

 diarra_gourcuff_afp

Alou Diarra, ex-Lyon, na marcação de Gourcuff, ex-Bordeaux, no clássico. Agora, eles pensam em França x Brasil

Os resultados do fim de semana:

O. Marseille 1 x 0 Arles-Avignon (Gignac)
Montpellier 1 x 2 Saint-Etienne (Jonas Martin; Rivière 2)
Nice 1 x 0 Sochaux (Pejcinovic) – Anin-SOC foi expulso 
Brest 2 x 1 Nancy (Ayité e Grougi; Apanga contra)
Caen 0 x 2 Lorient (Amalfitano e Gameiro)
Lens 1 x 1 Valenciennes (Jemaa; Dossevi) – Mais de 32 mil pessoas no Felix-Bollaert 
Rennes 1 x 0 Paris Saint-Germain (Brahimi)
Auxerre 1 x 1 Lille (Dudka; Sow)
Toulouse 2 x 0 Monaco (Sissoko 2)
Lyon 0 x 0 Bordeaux – Quase 36 mil pessoas no Gerland


>> Classificação
: Lille lidera com 42 pontos, seguido por PSG e Rennes, com 37, e Olympique de Marselha, com 36. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. 10
  8. Última