Publicidade

Posts com a Tag Nancy

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011 Copas francesas | 07:06

Copa da França abre oficialmente o ano

Compartilhe: Twitter

Antes de partirem para o segundo turno do Campeonato Francês, os times da elite entram em campo pelo segundo torneio mais importante do país, neste fim de semana, fase de 1/32-avos (ave!).

A rodada será aberta logo mais, nesta sexta, e complementada no sábado e no domingo. Veja quem e quando os times da Ligue 1 enfrentarão:

Sexta, 7/1
17h45 – Toulouse FC x Paris FC 2000 (Nat)

Sábado, 8/1
12h – US Créteil Lusitanos (Nat) x OGC Nice
12h – SO Chambéry (CFA2) x AS Monaco

coupe-de-france

La Coupe de la France

13h – ES Wasquehal (CFA2) x AJ Auxerre
14h – US Forbach (CFA2) x Lille OSC
14h – AC Arles Avignon x CS Sedan Ardennes (L2)
14h45 – FC Girondins de Bordeaux x FC Rouen 1899 (Nat)
15h – Angers SCO (L2) x Valenciennes FC
17h45 – Stade Malherbe Caen x Olympique Lyonnais – Esporte Interativo anuncia transmissão ao vivo
17h45 – Paris Saint-Germain FC x RC Lens – Esporte Interativo anuncia transmissão em VT às 19h45
17h45 – Stade de Reims (L2) x Montpellier HSC
17h45 – AS Saint-Etienne x Clermont Foot Auvergne 63 (L2)
17h45 – FC Lorient x Vannes OC (L2)
17h45 – Jarville JSF (CFA2) x FC Sochaux Montbéliard

Domingo, 9/1
11h30 – Aurillac FCA (CFA) x AS Nancy-Lorraine
12h – Issy-les-Moulineaux FC (DH) x Stade Brestois 29
14h45 – Stade Rennais x AS Cannes (Nat)
17h45 – Evian Thonon Gaillard FC (L2) x Olympique de Marseille

Obs: (National = 3ª divisão) (CFA1 = 4ª divisão) (CFA2 = 5ª divisão) (DH = 6ª divisão)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 11:52

Lille se confirma como melhor time do turno do Francês

Compartilhe: Twitter

Com tanto equilíbrio, todos podem tirar pontos dos líderes na Ligue 1. Essa foi a tônica do primeiro turno, repetida na décima nona rodada, nesta quarta-feira, que encerrou o ano de 2010 na França – o returno começa nos dias 15 e 16 de janeiro de 2011. Melhor para o Lille, que mesmo empatando em casa se consagrou como champion d’automne, graças às derrotas de PSG e Rennes e aos empates de Lyon e Olympique de Marselha (o LOSC tem ainda um jogo adiado por fazer, contra o Nancy).  

moussa_sow_lille_afp

Como dizem os locutores nos estádios após os gols, o goleador-mor desta primeira metade foi Moussa... Sooowww! (AFP)

Contra o Saint-Etienne, que poderia alcançar a mesma pontuação em caso de vitória, o Lille não venceu, como esperava, mas garantiu o artilheiro do turno, Moussa Sow, com 14 gols. O ASSE não pôde contar com seu artilheiro Payet, em razão de uma gastroenterite (ué, já mandou ver a ceia natalina?). O Rennes não teve a mínima chance contra o Caen: saiu perdendo antes dos 10 minutos de jogo e assim terminou a partida, caindo longe de casa.

Com um a menos desde o começo do jogo, o PSG não resistiu ao Nancy fora de casa na segunda etapa. O Lyon também não teve o que comemorar: foi para o intervalo ganhando do Auxerre e na condição de líder da competição por causa dos resultados combinados. Mas o AJA empataria assim que a bola voltou a rolar no Gerland, o que deixou os lioneses chupando o dedo… 

Sem Brandão, lesionado no tendão de Aquiles, e com Gignac mais reclamando da marcação do que jogando como deveria, um instável OM, demasiado nervoso com a arbitragem, parou na segunda melhor defesa do torneio (15 gols sofridos), atrás do Rennes (12 gols). O Stade Brestois, porém, se destaca pela ruindade do gramado do acanhado estádio Francis Le Blé, que pasto!

Veja os resultados completos da 19ª journée:

Lille 1 x 1 Saint-Etienne (Sow aos 27 do 2º; Sako de pênalti aos 31 do 2º) 
Nancy 2 x 0 Paris Saint-Germain (Hadji aos 22 e 37 do 2º) – Sakho-PSG foi expulso aos 14 do 1º
Caen 1 x 0 Rennes (Hamouma aos 9 do 1º)
Lyon 1 x 1 Auxerre (Mignot contra aos 48 do 1º; Quercia no 1º do 2º)
Brest 0 x 0 Olympique de Marselha – Fanni-OLY saiu machucado no 1º tempo, Kaboré-OLY foi expulso aos 39 do 2º 
Bordeaux 2 x 2 Lens (Alou Diarra aos 22 do 2º e Gouffran aos 47 do 2º; Eduardo aos 16 do 1º e Boukari aos 47 do 1º) – Alou Diarra-BOR foi expulso aos 27 do 2º 
Lorient 0 x 0 Montpellier 
Monaco 2 x 1 Sochaux (Malonga aos 8 do 1º e Park aos 48 do 2º; Maiga aos 2 do 2º) 
Valenciennes 2 x 1 Toulouse (Angoua aos 44 do 1º e Danic aos 47 do 1º; Sissoko aos 35 do 1º)  
Arles-Avignon 0 x 0 Nice

>> Classificação: Lille (um jogo a menos) lidera com 32; PSG, Rennes e Lyon somam 31; Marselha e Saint-Etienne, 29.  Confira tabela completa

Joyeux Noël à tous! (Feliz Natal a todos!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 15 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 21:28

Campeonato Francês: acirradíssimo

Compartilhe: Twitter

Depois de mais uma rodada no fim de semana, a Ligue 1 continua extremamente competitiva. Engraçadamente, o 19º e penúltimo colocado Nancy está à frente do lanterna, Arles, na mesma quantidade de pontos que o separa do líder, o Brest! (oito). Ou seja, prever quem lutará pelo quê continua uma dura missão.

Não podemos desprezar a força defensiva do Stade Brestois, que mesmo não empolgando no ataque é um dos dois times que menos sofreu gols no certame (8, ao lado do Rennes). A liderança isolada veio depois do 1 a 1 com o Sochaux, que saiu na frente em casa mas cedeu a igualdade minutos depois.

Uma das maiores ajudas ao Brest veio da derrota do Rennes, que começou a rodada como 2º e terminou em 5º depois da derrota em Auxerre (2 a 1). Pude acompanhar parte do jogo no Abbé-Deschamps e vi o golaço de Valter Birsa, que recebeu no meio, abriu espaço cortando para a esquerda e bateu colocado, encobrindo o goleiro Douchez, que só pôde olhar embasbacado.

Pouco depois, porém, Kembo-Ekoko subiu sozinho, cabeceou na trave e deu sorte de a bola voltar na pinta pra ele empurrar pro gol do AJA, que buscaria a vitória quando Contout foi derrubado por Douchez e Quercia apareceu para definir o lance pro gol. Apesar das estatísticas equilibradas e maior posse de bola do Stade Rennais, deu Auxerre e acho que merecidamente, porque foi mais incisivo na busca pelo gol. Roy Hodgson, treinador do inglês Liverpool, estava no estádio, dizem que para ver o selecionável Yann M’Vila e o congolês Delvin Ndinga, ambos volantes. 

O Brest aplaudiria ainda ao tropeço do Olympique de Marselha em casa, contra o Lens. A torcida no Vélodrome vibrou logo aos 10 minutos, quando Lucho González bateu escanteio, Heinze desviou e Mbia arrematou para o gol. Entretanto, a ofensiva marselhesa parou por aí e num ataque do RCL houve uma bola na área mal rebatida pela zaga, permitindo que o brasuca Eduardo Santos batesse bonito, de direita, sem qualquer chance para Mandanda.

moussa_sow_lille_afp

Moussa Sow merece um P de parabéns pelo que tem feito no Francesão (AFP)

Pena que Santos seria substituído logo depois, o que julguei errado da parte do técnico Jean-Guy Wallemme – até porque houve um contra-ataque pros visitantes no finalzinho que poderia ter lhes dado a vitória se o brasileiro estivessem em campo. Se falhou ao não conseguir vencer, o OM pode reclamar do juiz que não viu um pênalti claro em Mbia, seguro por adversário em falta alçada na área lá pelos 30 do 2º tempo. Mesmo assim, o ataque com Remy, Gignac e Brandão (este nos últimos 15 minutos) foi mal e os anfitriões ouviram vaias da torcida no fim do jogo.

Na cola do SB29 vem o Lille, que aplicou sonoros 5 a 2 no Caen. Moussa Sow, ex-Rennes, arrepiou com um hat-trick e alcançou a artilharia geral da Ligue 1 ao lado de, curiosamente, Youssef El-Arabi, atacante do mesmo Caen e cria desta casa! O LOSC divide a vice-liderança com o Montpellier, que bateu o Toulouse pelo placar mínimo e vem subindo pelas beiradas.

No 1 a 1 com o Lorient, o Paris Saint-Germain teve dois grandes sustos: só conseguiu igualar o marcador no limiar dos 90 minutos, com Nenê salvando a lavoura, e viu Hoarau desmaiar quando estava no banco de reservas, após ser substituído. Mas o mal-estar foi ligeiro e o atacante rapidamente se recuperou. PSG agora é o quarto, a dois pontos da ponta.

Por fim, Lyon e Nice fecharam a journée no Gerland. Antes eles dividiam a mesma pontuação, no miolo da classificação, mas com a vitória o OL subiu para oitavo, a três pontinhos do líder. Jérémy Pied fez o único gol do jogo, porque Michel Bastos bateu mal um pênalti (sofrido por Gomis de forma bem discutível, a meu ver), defendido por Ospina.

Nada empolgante pro Lyonnais, mas venceu. E chegou aos mesmos pontos do Bordeaux, que também ganhou (2 a 1 no Nancy, com gol irregular e muita confusão no encerrar do jogo) e é outro a ser considerado na briga pelas melhores posições – como se alguém pudesse ser desconsiderado nesse campeonato tão misturado…

Logo mais volto para escrever sobre Inglaterra x França!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 16:42

PSG vence no campo e ultrapassa Marselha fora dele

Compartilhe: Twitter
psg_olympique_marselha_faixa_torcida_afp

"Vamos partilhar nossos valores, vermelha e azul são nossas cores" (AFP)

Deu a força da casa no superclássico entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marselha, que não pôde mesmo contar com seus fanáticos nas arquibancadas do Parc des Princes no domingo. Assim, a festa, incentivada pela vitória por 2 a 1, foi toda parisiense, como se vê na foto acima – se quiser ampliá-la, basta clicar sobre ela. Destaque do jogo, que começou a mil por hora mas caiu em termos de qualidade na segunda etapa, para o brasileiro Nenê, participante dos dois gols do PSG: primeiro chutou, Mandanda soltou e Erding abriu o placar e, minutos depois, meteu bela bola para Hoarau só complementar para as redes. Lucho González diminuiu logo depois, mas os visitantes não tiveram força para ir além disso.

erding_hoarau_nene_psg_olympique_afp

Erding, Hoarau e Nenê, os homens que decidiram "le clasico", e o técnico Kombouaré (AFP)

Melhor ainda foi ter passado o rival na classificação do Campeonato Francês: agora o PSG é o terceiro, com 19 pontos, um à frente do Olympique. Lembrando, é importante, que Marselha e Rennes têm um jogo a menos por disputar (o duelo entre ambos pela 11ª rodada foi adiado devido ao mau tempo em Marseille).

Mesmo derrotado pelo Lille, fora de casa, o Brest conseguiu se segurar por mais uma rodada na dianteira da tabela porque, além da derrota do OM, Rennes e Saint-Etienne também não venceram (o primeiro ficou no 1 a 1 contra o Lyon e o segundo levou 2 a 1 do Lorient em casa). O LOSC se impôs por 3 a 1, confirmando o fato de ter um melhor time que o Stade Brestois, que na minha opinião não durará muito tempo aí na frente, já que uma galera de peso está se avolumando atrás dele, bem perto.

Foi no Lille-Metropole que caiu a invencibilidade do goleiro do SB29. Steeve Elana ficou 832 minutos sem levar gol, o que corresponde a pouco mais de respeitáveis 9 jogos sem ser vazado. Outra marca que caiu nesta rodada da Ligue 1, desta vez negativa, foi o jejum do Monaco sem vencer, que durava sete journées. E caiu com estilo: dois gols contra (?) do Nancy e mais dois do sul-coreano Chu-Young Park que, para nova tristeza do ASM, vai desfalcar o time por 15 dias, em serviço à seleção de seu país nos Jogos Asiáticos da China. 

rennes_lyon_michel_bastos_afp

Bastos, seguido por Pjanic na comemoração ao estilo "o que eu posso fazer se eu chuto pra c...?"

O Rennes deu um baita sufoco no Lyon, saindo na frente em casa e pressionando bastante. Mas um tirambaço de Michel Bastos ajudaria o OL a trazer um precioso ponto de volta para casa. Já o ASSE decepcionou a boa torcida que foi ao Geoffroy-Guichard, sobretudo no primeiro tempo, quando cansou de perder chances claras de gol com Bergessio e companhia. Como a dupla Amalfitano – Gameiro estava inspirada, melhor para o Lorient. (adendo importante: por mais atrasado que tivesse sido o VT do jogo do Saint-Etienne na SporTV, só nesta segunda de tarde, ele me pegou em um horário aqui na redação do iG. Ou seja, me foi deveras útil!) 

O bololô geral se mantém, pois a diferença do líder (21) para o 19º e penúltimo colocado (Lens, 13) é de apenas 8 pontos, passíveis de “morrer” em três míseras rodadas. Apesar de enfim ter sentido o sabor da vitória, depois de 11 rodadas, o Arles segue bastante atrás na lanterninha, com 5 pontos ganhos.

>> Classificação: Brest lidera com 21 pontos, seguido por Rennes, com 20 (e um jogo a menos), e Paris Saint-Germain, com 19. Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 25 de outubro de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 16:29

Embolado é pouco

Compartilhe: Twitter

O que você diria de um campeonato de 20 times no qual a diferença entre o primeiro e o 17º colocado fosse de oito pontos? Muito embolado. É assim que está o Campeonato Francês decorridos 25% da edição 2010/2011, após dez rodadas. Entre o líder Rennes (19 pontos) e o Nancy (11 pontos), último antes da tríade que compõe a zona de rebaixamento da Ligue 1, 15 equipes se misturam, o que torna muito difícil estabelecer prognósticos hoje sobre quem lutará pelo quê na reta final.

O Monaco decepciona bastante, ao dividir a vice-lanterna com o Lens depois de somar apenas 9 pontos em 30 possíveis. Depois de perder as oito primeiras partidas, o Arles Avignon conseguiu dois empates seguidos, mas ainda é muito pouco para deixar a condição de pior time do torneio.

lille_olympique_marselha_loic_remy_afp

O voo de Loïc Rémy no Lille-Metropole: estaria o Olympique de Marselha perto de galgar a liderança e se firmar como favorito ao bicampeonato? (AFP)

Podemos dizer que o Olympique de Marselha (3 a 1 no Lille, de virada) foi o maior vencedor da rodada, pois ganhou fora de casa e viu outros três ponteiros tropeçarem em seus domínios: Rennes perdeu (1 a 0 para o Montpellier), PSG também (3 a 2 para o Auxerre) e Saint-Etienne empatou (1 a 1 com o Caen). O OM, que acertou em trazer Loic Rémy do Nice, acabou com a invencibilidade do LOSC em casa, que durava nove partidas (desde fevereiro deste ano!), com dois do atacante.

Além de Rémy, mais três jogadores marcaram dois gols na rodada do último fim de semana: o zagueiro/lateral Daniel Congré, do Toulouse (que fez 3 a 1 no Sochaux fora), o atacante Grégory Pujol, do Valenciennes (2 a 0 no Monaco) e o meia-atacante brasileiro Nenê, pelo Paris Saint-Germain (derrotado pelo Auxerre, acredite, por 3 a 2). Nenê e o também eficiente El-Arabi, do Caen, chegaram a 6 gols na artilharia geral e encostaram em Payet (Saint-Etienne), que tem 8. Pujol vem logo atrás com 5, ao lado de Sow, do Lille. Congré não está nesta disputa mas tem o que comemorar: em um jogo no sábado marcou o mesmo número de gols que havia conseguido em seis temporadas pelo TFC, que defende desde 2004/2005!

>> Classificação: Rennes lidera com 19 pontos, seguido por Saint-Etienne, Olympique de Marselha e Brest com 18. Confira tabela completa

frederic_antonetti_rennes_montpellier

O sorriso de Frederic Antonetti, técnico do Stade Rennais, está ameaçado depois que seu time perdeu em Montpellier e viu três rivais encostarem na tabela, um ponto atrás (AFP)

 

*COPA DA LIGA FRANCESA*
A fase de oitavas de finais, em partidas únicas e eliminatórias (não há ida e volta), acontece amanhã e depois. Dois oito jogos, dois se destacam. Confira:

Terça, 26 de outubro
16h – Monaco x Lorient   
           Montpellier x Ajaccio (2ª)  
           Valenciennes x Boulogne (2ª)  
16h45 – Saint-Etienne x Bordeaux  

Quarta, 27 de outubro
13h – Guingamp (3ª) x Olympique de Marselha  
14h45 – Lille x Caen  
16h – Auxerre x Bastia (3ª)  
16h45 – Lyon x Paris Saint-Germain

Logo mais tem mais

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 18 de outubro de 2010 Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 16:01

Marselha e PSG vencem: os grandes vêm aí

Compartilhe: Twitter

A festa dos pequenos e médios parece estar com os dias contados no Campeonato Francês. Assim como aconteceu no Campeonato Brasileiro, os líderes da Ligue 1 tropeçaram (Rennes e Brest empataram, Saint-Etienne, Lille e Toulouse perderam) na rodada do final de semana e viram a aproximação de Olympique de Marselha e Paris Saint-Germain, terceiros colocados em número de pontos (15) na classificação – o Olympique tem melhor saldo de gols, 7, enquanto o PSG tem 5 e o Stade Brestois, 3.

O Rennes (19 pontos) se manteve invicto na frente, após nove rodadas, ao segurar o Lens fora de casa (zerrô-zerrô). E ainda abriu mais um ponto de vantagem para o vice Saint-Etienne (17), derrotado na casa da tia Nice (2 a 1). Porém, sabe que, se patinar nas próximas rodadas, os grandes em ascensão vêm babando no encalço. Lille e Toulouse deixaram o top 3 com derrotas para Lyon, também subindo, e PSG, respectivamente.

A vitória do OM foi sobre o Nancy, em casa. Magra, é verdade, mas são três pontos, que melhoram a colocação na classificação e ajudam o time a justificar um dos elencos mais caros do país – o meia argentino Lucho González, por exemplo, é a contratação mais cara da história do clube.

O trunfo do PSG, que aplicou 2 a0 no TFC longe de seus domínios, reforça o bom momento da defesa: o zagueiro Mamadou Sakho, capitão na ausência de Makelele, fez um dos gols; e a partida foi a sétima consecutiva do time sem tomar gols (5 pelo Francês e 2 pela Liga Europa). Ou seja, Apoula Edel está invicto há 630 minutos aproximadamente, um feito e tanto! 

Destaque ainda para os dois gols de Lisandro López sobre o Lille, sua vítima favorita desde que chegou ao Lyon: dos 18 gols que marcou na Ligue 1 desde que chegou ao heptacampeão, 5 foram sobre o LOSC (quase 30%). Yoann Gourcuff, outra transferência de peso para esta temporada, balançou as redes no seu terceiro jogo seguido (os dois anteriores foram pela seleção), ratificando sua boa fase.

>> Classificação: Rennes lidera com 19 pontos, seguido pelo Saint-Etienne, que tem 17. Paris Saint-Germain, Olympique de Marselha e Brest estão em terceiro, com 14. Confira tabela completa

Olympique de Marselha 1 x 0 Nancy: Damien Gregorini paga geral pros colegas depois do gol de Loic Rémy no Vélodrome (AFP)

Olympique de Marselha 1 x 0 Nancy: Damien Gregorini paga geral pros colegas depois do gol de Loic Rémy no Vélodrome (AFP)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*CHAMPIONS LEAGUE e LIGA EUROPA*
Amanhã, também conhecida como terça-feira, o Olympique de Marselha entra em campo pela terceira rodada da Liga dos Campeões recebendo o MSK Zilina, da Eslováquia, às 16h45 (horário de Brasília). Sem pontos depois de duas partidas, é vencer ou vencer para almejar seguir no torneio depois da fase de grupos. No mesmo horário, o Auxerre vai à Holanda encarar o Ajax, rival contra o qual deve disputar a terceira colocação do grupo, concorrendo a uma vaga na próxima fase da Europa League.

Na quarta, o Lyon recebe o Benfica, de Portugal, no mesmo horário. Se não perder, o OL assegura a liderança do grupo B por mais uma rodada. Por fim, na quinta, Liga Europa: o PSG tem a dura missão de defender a ponta da chave J contra o Borussia Dortmund, na Alemanha (15h de Brasília). E no mesmo dia mas em horário diferente (17h05), o Lille recebe o Levski Sofia, precisando vencer para deixar a incômoda lanterna do grupo C.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 Extracampo | 08:01

Prestígio dentro e fora da Internet

Compartilhe: Twitter

Reúno aqui três rankings recentes que nos ajudam a aferir e comparar o prestígio dos times franceses junto aos torcedores. Confiramo-los!

Duas listagens sobre torcedores de times europeus mostram quais equipes francesas se destacam a ponto de figurar entre as ponteiras do continente. A primeira com o número real de torcedores no continente e a segunda com a quantidade de visitantes nos sites oficiais.

Na elaboração da listagem abaixo, a empresa Sport+Markt ouviu 10.200 pessoas em 17 países europeus:

1º Barcelona (ESP) – 57,8 milhões
2º Real Madrid (ESP) – 31,3 milhões
3º Manchester United (ING) – 30,6 milhões
4º Chelsea (ING) – 21,4 milhões
5º Bayern de Munique (ALE) – 20,7 milhões
6º Arsenal (ING) – 20,3 milhões
7º Milan (ITA) – 18,4 milhões
8º Inter de Milão (ITA) – 17,5 milhões
9º Liverpool (ING) – 16,4 milhões
10º Juventus (ITA) – 13,1 milhões
11º Zenit (RUS) – 12,6 milhões
12º CSKA (RUS) – 10,5 milhões
13º Spartak Moscou (RUS) – 9,0 milhões
14º Olympique de Marselha – 7,8 milhões
15º Ajax (HOL) – 7,1 milhões
16º Galatasaray (TUR) – 6,8 milhões
17º Lyon – 6,6 milhões
18º Fenerbahce (TUR) – 6,1 milhões
19º Roma (ITA) – 6,0 milhões
20º Dínamo de Kiev (UCR) – 5,3 milhões

 

Torcida do Olympique de Marselha em Londres, onde o time enfrentou o Chelsea na atual Liga dos Campeões da Europa (AFP)

Torcida do Olympique de Marselha em Londres, onde o time enfrentou o Chelsea na atual Liga dos Campeões da Europa (AFP)

Agora, os sites de clubes com maior audiência (em visitantes únicos anuais), segundo a Futebol Finance:

1. Manchester United (ING) – 452,7 milhões
2. Real Madrid (ESP) – 271,6 milhões
3. Arsenal (ING) – 205,6 milhões
4. Bayern Munique (ALE) – 27,8 milhões
5. Liverpool (ING) – 23,7 milhões
6. Galatasaray (TUR) – 16,7 milhões
7. Olympique de Marselha (França) – 16,1 milhões
8. Internazionale (ITA) – 15,4 milhões
9. Rangers (ESC) – 14,5 milhões
10. Barcelona (ESP) – 14,3 milhões
11. Milan (ITA) – 12,5 milhões
12. Fenerbahce (TUR) – 12,3 milhões
13. Chelsea (ING) – 11,3 milhões
14. Aston Villa (ING) – 11,1 milhões
15. Borussia Dortmund (ALE) – 6,3 milhões
16. Corinthians (Brasil) – 6,1 milhões
17. Lyon (França) – 5,9 milhões
18. Paris Saint-Germain (França) – 5,7 milhões
19. Juventus (ITA) – 5,5 milhões
20. Manchester City (ING) – 5,2 milhões

 
Por fim, em âmbito nacional, o ranking da média de público no Campeonato Francês 2009/2010 (média dos jogos em casa e percentual de ocupação). A média do campeonato foi de 20.248 torcedores, baixa até para os torneios de ponta no continente. Surpreende positivamente o Lens e, muito negativamente, o Monaco:

1) Olympique de Marselha – 49.933 (83%)

Fãs do Lens se aglomeram no Felix Bollaert, contra o PSG (AFP)

Fãs do Lens se aglomeram no Felix Bollaert, contra o PSG (AFP)

2) Lyon – 35.707 (85%)
3) Paris SG – 35.114 (73%)
4) Lens – 34.218 (83%)

5) Bordeaux – 29.320 (86%)
6) Saint-Etienne – 26.364 (74%)

7) Rennes – 22.660 (73%)

8) Toulouse – 19.241 (50%)
9) Montpellier – 18.965 (58%)
10) Nancy – 16.312 (81%)

11) Lille – 14.939 (83%)
12) Grenoble (caiu pra Ligue 2) – 13.874 (69%)
13) Sochaux – 13.246 (66%)
14) Auxerre – 12.301 (53%)
15) Lorient – 12.205 (66%)
16) Boulogne (caiu pra Ligue 2) – 12.131 (80%)
17) Valenciennes – 12.068 (73%)

18) Le Mans (caiu pra Ligue 2) – 9.280 (53%)
19) Nice – 9.198 (50%)

20) Monaco – 7.883 (43%)

Fonte: Guia Europeus 2010/2011 – Revista Placar

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de outubro de 2010 Francês da 1ª divisão | 16:44

Não tem mais bobo na Bretanha

Compartilhe: Twitter
Torcedores do Rennes empunharam bandeiras da Bretanha no Stade de la Route de Lorient ontem (AFP)

Torcedores do Rennes empunharam bandeiras da Bretanha no Stade de la Route de Lorient ontem (AFP)

Pois é, quem diria que veríamos o Rennes na ponta do Campeonato Francês depois de oito rodadas, o que já não depende do acaso de uma vitória particular por goleada numa estreia, por exemplo. Enquanto o Saint-Etienne, então comandante da tabela, perdia gols e a chance de vencer o Olympique de Marselha em casa, o Stade Rennais não economizou gols e bateu o Toulouse por 3 a 1, nos seus domínios, um dia depois – com destaque para o primeiro, uma linda trivela cruzada do lateral-direito Danzé.

Com cinco vitórias e três derrotas na atual Ligue 1, o rubro-negro do norte francês divide com o Lille, terceiro colocado, o raro privilégio de ainda se manter invicto no torneio. Realmente não é um time de estrelas e vaidades individuais: o jogador com a melhor média de notas do time no campeonato segundo a France Football, por exemplo, é o zagueiro senegalês Abdou Kader Mangane. Essa soma de bons valores (entre outros, Douchez no gol, Mangane, o selecionável Mvila, ao lado de Marveaux e Dalmat no meio-campo, e o atacante colombiano Montaño, ex-Montpellier) tem alcançado um resultado bastante satisfatório até aqui. Porém, como a equipe de Frédéric Antonetti caiu precocemente na Copa da Liga Francesa, perdendo para o Guingamp (3ª divisão), não vamos nos empolgar antes da hora…

Vendo Rennes x Toulouse por uma transmissão de TV na internet, pude conferir um pouco do animado clima no vestiário do time vencedor instantes após a chegada ao topo da classificação. Os caras se cumprimentando e se reunindo no centro do vestiário, para fazer uma espécie de “grito de guerra”, não surpreende a ninguém. O que achei diferente foi um banner pendurado numa das paredes, onde se podia ler: “Toda a Bretanha está com você, Stade Rennais“. Não sei o que as torcidas dos também bretões Lorient e Brest pensam, mas enfim, estava lá… (os fãs de Nantes e Vannes não devem ter reclamado, pois seus times estão na segunda divisão, o que é oooutro campeonato).

Havia um seguro Mandanda no meio do caminho entre Rivière e o gol (AFP)

Havia um seguro Mandanda no meio do caminho entre Rivière e o gol (AFP)

O clássico entre ASSE e OM foi bastante movimentado, com os goleiros Janot e Mandanda se sobressaindo em relação aos atacantes. Quando o time da casa pressionava, saiu o gol marselhês em lance confuso, um bate e rebate que incluiu até o juizão, sobrou para Lucho enfiar com maestria e Gignac encher o pé (foi seu primeiro tento no clube). Valbuena ainda acertou o travessão, perdendo a chance de definir para os visitantes. De tanto martelar, o St. Etienne empatou no segundo tempo, após ótimo cruzamento do selecionável Matuidi que Batlles só escorou. Apesar da frustração verde por não acumular 3 pontos no Geoffroy-Guichard, não foi de todo mal o empate, afinal o Olympique, virtual concorrente ao título, segue atrás na classificação, em 8º.

Frustração maior foi a do Paris Saint-Germain, que tanto bateu mas não furou a defesa do Nice, cujo goleiro colombiano Ospina foi cumprimentado pelos colegas após o jogo, tamanha a importância dele no ponto conquistado fora de casa. Quem também comemorou longe do seu estádio foi o Lyon, que graças sobretudo ao atacante Jimmy Briand (dois gols e uma assistência), ex-Rennes, venceu o Nancy por 3 a 2 e caminha para se distanciar da incômoda zona de rebaixamento.

>> Classificação da Ligue 1: O Rennes assumiu a liderança, com 18 pontos, ultrapassando o Saint-Etienne, que tem  17. O Lille subiu para terceiro, com 14, ao lado de Toulouse e Brest (!). Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 22 de setembro de 2010 Copas francesas | 18:45

Toulouse e Rennes eliminados

Compartilhe: Twitter

Sete partidas pela Copa da Liga Francesa hoje. Poucas zebras, mas elas apareceram sim na definição dos classificados para as oitavas de finais:

A alegria do Boulougne-sur-Mer contra o Toulouse (AFP)

A alegria do Boulougne-sur-Mer contra o Toulouse (AFP)

Saint-Etienne 2 x 0 Nice
Landrin e Bergessio asseguraram a classificação ainda no primeiro tempo. O ASSE, líder do Campeonato Francês, segue embalado.

Nancy 1 x 2 Bordeaux 
Bellion abriu o placar para o time visitante, mas Diakite chegou a empatar no início do segundo tempo. Logo na sequência, porém, o Nancy perdeu um jogador expulso e Modeste acabou marcando o gol da vitória, ainda aos 25 da etapa complementar.

Monaco 1 x 0 Lens
Parada só resolvida aos 38 minutos do segundo tempo, quando o romeno Niculae converteu pênalti para alívio do Principado

Boulogne (2ª) 2 x 1 Toulouse
Decisão somente na prorrogação, após empate em 1 a 1 (Lorca e Sissoko). No tempo extra, o TFC perdeu Tabanou, expulso, e a pressão dos donos da casa funcionou: dois pênaltis a favor do time, um deles convertido (Atik) e zebrinha passeando… 

Guingamp (3ª) 3 x 1 Rennes 
O Stade Rennais até saiu na frente, com Kembo-Ekoko balançando as redes logo aos 4 minutos de jogo. Mas o time da terceira divisão virou com sobra: Knockaert, Soly e Diallo marcaram. Vale lembrar que o Guingamp não é de todo desconhecido, pois faturou a Copa da França 2008/2009 quando estava na Ligue 2.

Arles-Avignon 0 x 1 Caen
Gol do atacante marfinense Kandia Traoré, aos 31 minutos do segundo tempo. O Arles não foi capaz de ganhar nada nessa temporada até agora… 

Sochaux 0 x 2 Bastia (3ª)
Suarez e Sens trouxeram a zebrinha de volta aos holofotes.

 
 

O Guingamp já sabe o que é aprontar para cima dos grandes numa copa francesa (AFP)

O Guingamp já sabe o que é aprontar para cima dos grandes numa copa francesa (AFP)


As equipes classificadas para as competições europeias no final da temporada passada (Olympique de Marselha, Lyon, Auxerre, Paris Saint Germain, Lille e Montpellier) entram no torneio agora nas oitavas de finais.


De vilão a herói

O atacante francês David N’Gog viveu uma situação inusitada pela Copa da Liga Inglesa. Primeiro ajudou muito seu Liverpool na prorrogação do jogo contra o Northampton, marcando o gol que evitou a eliminação, empatou a partida e a encaminhou para a decisão por pênaltis. Entretanto, nas penalidades ele acabou errando sua cobrança, ao lado do companheiro Eccleston, e o Northampton se classificou…

Em outra jornada infeliz de um atacante da França no futebol inglês, Nicolas Anelka marcou dois dos três gols do Chelsea sobre o Newcastle. Mas a defesa não funcionou, levou quatro e o time azul deu bye bye em casa!

Em tempo: Franck Ribéry, lesionado ontem, foi visto andando de muletas hoje. Deve levar quatro semanas para voltar à ativa.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 20 de setembro de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 17:22

Refazendo a história?

Compartilhe: Twitter

O Saint-Etienne, atual líder do Campeonato Francês, é um velho conhecido das premiações de fim de temporada para os campeões, porque esteve lá muitas vezes e porque não aparece há um bom tempo também. É o maior campeão nacional da história, com 10 títulos, mas o último foi lááá em 1980/1981.

A ascensão ao topo da tabela veio com a boa vitória por 3 a 0 sobre o Montpellier, no sábado, com o selecionador da França Laurent Blanc nas tribunas e dois gols de Dimitri Payet, artilheiro-geral do torneio com ótima média de um gol por jogo. O ASSE não comandava uma Ligue 1 desde 1982, quando foi vice-campeão, atrás do Monaco. Será que é um presságio de que a história está sendo refeita? 

No clássico da rodada, envolvendo recentes campeões nacionais, o Bordeaux se deu melhor que o Lyon em casa: 2 a 0. O primeiro gol veio num lance explorado pelos Girondinos desde os tempos de Blanc, antecessor de Jean Tigana: falta levantada na área. Plasil mandou na direção do gol, Alou Diarra e Lovren subiram praticamente juntos, a bola foi desviada e fugiu do alcance de Lloris, aos 15 minutos do segundo tempo. E o derradeiro tento saiu em contra-ataque já nos acréscimos, na jogada protagonizada por Jussiê no post abaixo e que merece ser revista. Sim, Gourcuff reencontrou o Stade Chaban-Delmas, sua antiga casa, atuando por toda a partida.

O Auxerre, que tem tudo para ter vida curta na Liga dos Campeões da Europa, também vai mal das pernas em circunscrição nacional: a defesa deu mole em um lance contra o Lille e a derrota pelo placar magro veio. E assim o AJA ficou na penúltima colocação na classificação, menos pior somente do que o Arles-Avignon, que perdeu a sexta em seis rodadas para o Olympique de Marselha (3 a 0) e, até aqui, nada de pontos!

>> Classificação da Ligue 1: Saint-Etienne e Toulouse lideram, com 13 pontos, seguidos pelo Rennes, que tem 12. Confira tabela completa


*Amanhã e depois tem futebol!*

10 partidas pela fase 1/16-de-final da Copa da Liga Francesa. São elas:

Terça, 21/09
15h – Nîmes (2ª) x Valenciennes  
            Ajaccio x Le Havre (2ª)  
15h45 – Lorient x Brest  

Quarta, 22/09
13h – Monaco x Lens  
15h45 – Nancy x Bordeaux  
                 Arles-Avignon x Caen   
                 Saint-Etienne x Nice   
                 Boulogne (2ª) x Toulouse  
                 Guingamp (3ª) x Rennes   
                 Sochaux x Bastia (3ª)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última