Publicidade

Posts com a Tag Mourinho

quinta-feira, 18 de outubro de 2012 Ex-jogadores | 13:54

Zidane, estátua em Paris, técnico na França?

Compartilhe: Twitter

Recentemente, Zinedine Zidane apareceu na mídia de vários países por conta de um episódio do passado, de vários anos, e de uma possibilidade de profissão no futuro, a alguns anos. O fato vivido é a icônica cabeçada no peito de Marco Materazzi, que muitos lembram como a principal cena da final da Copa de 2006, até porque não houve um gol da vitória no tempo regulamentar – poderiam recordar-se também, com a mesma insistência, da milimétrica cavadinha no penal batido a sangue frio por Zizou que abriu o placar na Alemanha, de ter infartado a maioria dos torcedores franceses naquele momento…

O lance que levou à expulsão do 10 francês virou estátua de bronze em frente ao museu de arte moderna Centre Pompidou, na capital. A escultura, de 5 metros de altura, foi obra de Adel Abdessemed, argelino assim como os avós do ex-craque. Como o museu promove uma retrospectiva do trabalho do artista até janeiro, os felizardos que puderem passar por lá nos próximos meses provavelmente verão o monumento in loco…

A perspectiva de cargo revela um plano de treinar um time de futebol, e, por que não, a seleção francesa. “Quero recuperar a adrenalina de estar à beira do campo”, declarou Zidane, deixando clara a ideia de virar treinador, bem como alguma frustração com a vida de dirigente. Se serve de empurrão, o ácido José Mourinho, técnico do Real Madrid onde Zizou atua como diretor esportivo, já disse que o ex-jogador abandonou o barco para se dedicar à futura carreira. Mas oficialmente ele segue por lá.

Caso seja mesmo a vontade do maestro, que possa se preparar adequadamente e tenha tempo pra evoluir na função, pois seu status de ídolo nacional pode atrapalhá-lo, pela pressão e expectativa exageradas que devem recair sobre ele logo de cara. Eu particularmente penso que ele deve começar num clube menor e depois “ir subindo” se demonstrar competência, em vez de cair numa seleção logo de cara, à la Dunga. E vc, o que acha??

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 70 membros!)

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 28 de abril de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:56

Pretexto para falar de Messi: pobre Lass

Compartilhe: Twitter

Pardon esta forçação, mas fui seduzido a falar do baile de Lionel Messi na vitória do Barcelona sobre o Real Madrid ontem, no jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

O gancho/correlação/justificativa/desculpa é que um dos infelizes marcadores do argentino no Santiago Bernabéu era o único francês a participar da partida, o volante Lassana Diarra, já que Karim Benzema não foi aproveitado por José Mourinho e Eric Abidal ainda não reunia condições para ir a campo.

Pobre Lass, vai ficar marcado na história do segundo gol catalão por compor a fila derrubada por Leo, aquela pintura que a gente viu, reviu e certamente gostará de apreciar novamente… Reveja, então, no vídeo abaixo da foto abaixo.

lass_messi_afp

Para aumentar o descompasso com Messi, Lassana teve o azar de vestir a camisa de mesma numeração. E logo a 10... (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:43

Benzema materializa a ironia. Anelka impecável

Compartilhe: Twitter

(Abre parêntese: Jogadores franceses calam os detratores e marcam todos os gols do dia na Champions. Fecha parêntese, obrigado)

Por cinco anos e quase 150 jogos, a torcida do Lyon se acostumou a torcer por Karim Benzema e comemorar seus mais de 60 gols. Hoje, em sua casa, provou do amargo gosto de ver o filho de Gerland balançar as redes do lado rival – no caso, o Real Madrid. Triste, mas poderia ter sido pior, caso fosse o gol da primeira vitória madridista sobre o time francês, na ida das oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. O que não se nega é que foi o quinto do atacante em seis jogos na Champions, nada mal para um reserva…

Outro gaulês a brilhar foi Nicolas Anelka, mais um atacante costumeiramente contestado. O Chelsea foi à Dinamarca e só deu ele no placar. Agora soma sete gols e se iguala a Samuel Eto’o, da Inter de Milão, na artilharia geral do torneio de clubes mais difícil do mundo. Tá bom?

benzema_real_madrid_reuters

Patinou, mas marcou mais um o BenzeBut... (Reuters)

Lyon 1 x 1 Real Madrid
O Lyon começou com Lloris; Réveillère, Lovren, Cris e Cissokho; Toulalan, Kallstrom, Gourcuff, Delgado e Michel Bastos; Gomis. Do lado do Real, Casillas; Sérgio Ramos, Pepe, Ricardo Carvalho e Arbeloa; Xabi Alonso, Khedira, Ozil e Di María; Cristiano Ronaldo e Adebayor, com Kaká, Marcelo e Benzema como opções no banco de reservas. Na tribuna foi visto o francês Zidane ao lado do espanhol Florentino Pérez, presidente do Real e seu chefe.

delgado_ramos_reuters

Sergio Ramos x Cesar Delgado (Reuters)

Os lioneses iniciaram marcando e batendo em Cristiano Ronaldo, mas o primeiro amarelo foi pra Sérgio Ramos, por uma pegada dura em Delgado. Aos poucos, o time da casa se mostrou mais perigoso, atingindo a área merengue bem mais do que o contrário. Michel Bastos foi bastante acionado, Delgado mostrou eficiência e Gomis perdeu ótima chance na conclusão de um contra-ataque, finalizando mal com Casillas já no chão. Mesmo com o Real se soltando mais com o passar do tempo, o primeiro tempo do OL foi melhor.

Situação radicalmente oposta foi vista nos primeiros minutos da segunda etapa. Não houve substituições em ambos os lados, mas Michel Bastos levou o cartão amarelo que o suspende da partida de volta por falta em Di María perto da grande área. Na cobrança, Cristiano botou o veneno que lhe é costumeiro em arremate cruzado, Lloris não achou nada e a bola estourou na trave. Segundos depois, em chuveirinho na área francesa, Sérgio Ramos testou com estilo, Hugo novamente se esticou sem sucesso e ela rebateu no travessão… Sufoco e sorte, amigo!

Cristiano Ronaldo voltava a causar perigo e amarelou Cris. Minutos depois, José Mourinho deu um voto de confiança para Benzema, que veio para o lugar de Adebayor, no campo que conhece tão bem. E não é que em seu primeiro lance com bola, fez um desarme, recebeu dentro da área e balançou as redes, mesmo desequilibrado? Aos 20 minutos, todos vieram abraçá-lo, mas obviamente ele não comemorou contra seu ex-time, que o revelou e vendeu para a Espanha…

Tentando diminuir o prejuízo, Claude Puel colocou Briand e Pied nos lugares de Bastos e Delgado. Sem organização mas com vontade, o Lyon acharia o gol do empate na bola alta. Falta levantada na área, Cris desviou e Gomis, livre e em posição legal, apenas escorou no canto de Casillas aos 38 minutos de jogo. Ainda houve tempo para se tentar um abafa, porém nada de mais gols. A invencibilidade contra o Madrid foi mantida, mas o empate em seus domínios, com gols, deixa o Lyon em desvantagem para a decisão no Bernabéu.

Copenhague 0 x 2 Chelsea

 anelka_chelsea_reuters

Nicolas finaliza no lance que originou o primeiro gol (Reuters)

O primeiro gol na outra partida do dia pela Champions foi francês. No primeiro tempo, Nicolas Anelka aproveitou erro na saída para o jogo do time dinamarquês, conduziu a bola pelo lado direito e chutou cruzado, rasteiro, por baixo do goleiro, que poderia ter pego, na minha avaliação.

O segundo gol… também. Lampard deu linda assistência para o camisa 39, que correu para a bola e bateu forte, cruzado, esse sim com pouca chance de defesa para Wiland. Nada de comemoração efusiva da parte do atacante, bem no estilo “I’m just doing my job”.

Podendo até perder na volta em Londres, o Chelsea já deve estar de olho em possíveis adversários nas quartas de finais…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Torneios europeus | 20:20

Lyon x Real Madrid: para manter a tradição?

Compartilhe: Twitter

Quase um ano atrás, o OL impunha ao time espanhol mais uma eliminação em oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Entretanto, por mais que o retrospecto seja animador para os franceses, que mantiveram a maior parte do time de então, a parada em 2011 se apresenta diferente. O primeiro pega é nesta terça, em Gerland, às 16h45 de Brasília.

Comandando o Real está agora José Mourinho, atual campeão da Liga e com números excelentes tanto na carreira como hoje em dia, como a invencibilidade em casa pelas equipes que treinou nos últimos 9 anos… E não podemos menosprezar o faro de gol de Cristiano Ronaldo, os dribles de Dí Maria, as assistências de Ozil, as possibilidades de um Kaká e até mesmo o Benzema reserva, que mesmo assim mete seus golzinhos…

Claude Puel declarou estar ciente de que o cenário se mostra mais complicado desta vez. Ainda mais sem poder contar com a experiência do centroavante argentino Lisandro López, fora de combate por lesão. O técnico lionês deve apostar em outro argentino, Cesar Delgado, também longe de ser um novato em Champions. As últimas vitórias na Ligue 1 mostram que o time tem qualidade, mas vai ser preciso sempre um algo a mais e/ou razoável sorte para deixar os merengues novamente pelo caminho…

michel_bastos_reuters

Michel Bastos, Cris e companhia estão diante de um velho novo rival na Champions (Reuters)

Prováveis escalações:

LYON: Lloris; Révéillère, Cris, Lovren e Cissokho; Toulalan, Källstrom, Gourcuff, Delgado e Michel Bastos; Gomis. Técnico: Claude Puel

REAL MADRID: Iker Casillas; Arbeloa, Pepe, Carvalho e Sergio Ramos; Lassana Diarra, Khedira e Xabi Alonso; Cristiano Ronaldo, Özil e Adebayor. Técnico: José Mourinho

Árbitro: Wolfgang Stark (ALE)
Auxiliares: Jan-Hendrik Salver e Mike Pickel (ambos ALE)

E aí, qual seu palpite para este jogo? Acho que dá 0 a 0…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011 Brasileiros contra a França, Brasileiros na França, Torneios europeus | 19:15

Momento retrô: Quando Ronaldo foi… Ronaldo!

Compartilhe: Twitter

OK, Ronaldo não somente deu alegrias aos franceses quando os enfrentou. Também lhes causou prejuízo, como na final da antiga Recopa europeia (Copa dos vencedores de Copas, que durou entre 1960/61 e 1998/99) do hoje distante 1997.

PSG-Barcelone_1997_rojão_ronaldo

Correu Ronaldo... bateu... adivinha?

No dia 4 de maio de então, em Roterdã, na Holanda, o Paris Saint-Germain foi derrotado pelo Barcelona, com aquela bela camisa verde, por 1 a 0. Gol após cobrança de pênalti sofrido e batido pelo atacante de 20 anos, futuro maior artilheiro das Copas do Mundo. Detalhe: quando Ronaldo partiu para a bola, é possível ver um rojão cruzando a área, como registrou a foto deste post e o vídeo abaixo mostra, mas felizmente ninguém se feriu.

Raí, capitão, e Leonardo, que jogava adiantado, eram os brasileiros do time parisiense dentro de campo. Fora, o comando cabia a um então principiante Ricardo Gomes. A equipe ainda tinha duas referências históricas do clube: o volante/líbero Le Guen, posteriormente treinador do PSG (dirigiu também Camarões na Copa 2010), e o goleiro Lama. Ambos atingiram mais de 300 partidas pelo Parri, entrando no top five da agremiação neste quesito.

Do outro lado, porém, havia um Barça memorável, devo admitir, como se pode ver na ficha técnica lá embaixo. Neste jogo, “apenas” Stoichkov e Giovanni começaram no banco blaugrana, que tinha, como então assistente de Bobby Robson, um tal de José Mourinho…

O vídeo abaixo tem quase 10 minutos de um bom resumo do jogo, provavelmente de alguma tv catalã.

Ficha Técnica – PARIS SAINT-GERMAIN 0 x 1 BARCELONA

Data: 4 de maio de 1997
Local: Feyenoord Stadion, em Roterdã (Holanda)
Público: 52 mil espectadores
Árbitro: Markus Melk (Alemanha)
Cartão amarelo: Fournier, Le Guen e Cauet (PSG); Couto e Peña (BAR)

Gol: Ronaldo, aos 37 minutos do 1º tempo, para o Barça

PSG: Bernard Lama; Laurent Fournier (Jimmy Algerino), Bruno N’Gotty, Paul Le Guen e Didier Domi; Jerôme Leroy, Vincent Guérin (Dely Valdés), Raí e Benoît Cauet; Leonardo e Patrice Loko (Cyrille Pouget). Técnico: Ricardo Gomes

Barcelona: Vítor Baía; Ferrer, Abelardo, Fernando Couto e Sergi; Guardiola, Popescu (Amor), De la Peña (Stoichkov) e Luís Enrique; Luís Figo (Pizzi) e Ronaldo. Técnico: Bobby Robson

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:12

Ligas europeias, versão 2011: preparemo-nos

Compartilhe: Twitter

Fevereiro significa volta de Liga dos Campeões e Liga Europa, e o que é melhor, iniciando as fases decisivas, com mata matas, sem aqueles timecos que apenas fazem figuração na etapa de grupos. Bacana que são apenas 2 jogos no mesmo dia e horário, no caso da liga maior, aí dá pra assistir a ambos aqui na redação do iG…

Curiosamente, o Lille, melhor time do Campeonato Francês, hoje não joga a Champions, supra-sumo do continente (e de muitos jornalistas brasileiros…), mas a secundária Europa League. Os 4 franceses vivos nas competições europeias estão entre os 5 melhores da Ligue 1 – a exceção é o Rennes, atualmente vice-líder.

Lyon e Marselha entram em campo só na semana que vem, mas já pensam, obviamente, em seus confrontos, assim como seus adversários. No sábado, por exemplo, José Mourinho foi a Saint-Etienne ver o OL jogar, para ver se finalmente seu Real Madrid não sucumbe aos lioneses… Ederson pode ser a novidade no time francês, caso sua recuperação evolua bem.

PSG e Lille já jogam nesta quinta-feira. Como a maioria de nós gostamos do futebol europeu, e não só do francês, segue a programação das Ligas nas próximas duas semanas:

Liga dos Campeões, oitavas, ida

 Terça, 15/02
17h45 – Milan x Tottenham / Valencia x Schalke 04

Quarta, 16/02
17h45 – Arsenal x Barcelona / Roma x Shakhtar Donetsk 
               
Terça, 22/02
16h45 – Lyon x Real Madrid / Copenhague x Chelsea

Quarta, 23/02
16h45 – O. Marselha x Manchester United / Inter x Bayern

gallas_tottenham

William Gallas, do Tottenham, é um dos tantos franceses fora da França que acompanharemos nas ligas europeias (Reuters)


Liga Europa, 1/16-avos, ida e volta
 

 

Terça, 15/02
15h – Aris x Manchester City

Quinta, 17/02
16h – BATE Borisov x PSG         18h05 – Lille x PSV Eindhoven             + 13 jogos

Terça, 22/02
14h – CSKA Moscou x PAOK

Quarta, 23/02
14h – Porto x Sevilla

Quinta, 24/02
15h – PSV x Lille           17h05 – PSG x Bate Borisov              + 12 jogos

Sendo possível, volto mais tarde com mais informações

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011 Franceses no mundo | 19:15

Cuidado com ele, Mano

Compartilhe: Twitter
benzema_marca

Site do jornal espanhol Marca

Karim Benzema é o principal atacante da seleção francesa hoje. Vem mostrando isso nos últimos jogos dos Bleus, como na vitória contra a Inglaterra lá em Wembley, embora oscile no Real Madrid, onde até agora não ganhou a confiança necessária para ser considerado titular – basta lembrar que, quando Higuaín foi pro estaleiro e “Benzebut” começou a ganhar uma sequência de jogos, o clube merengue foi atrás de Van Nistelrooy, conseguiu trazer Adebayor e já tinha Klose como próximo alvo. Até o bom moço Kaká cutucou o colega, cobrando-o publicamente.

Pois bem. Karim já fora o responsável pelo gol da vitória madridista contra o Málaga, no último final de semana. E agora fez mais: un golazo que decidiu a primeira semifinal da Copa do Rei da Espanha contra o Sevilla, em pleno Ramón Sánchez-Pizjuan.

Iniciou a jogada próximo ao meio de campo, tabelou com Ozil, carregou, carregou, passou por Alexis, deu um corte seco no compatriota Escudé e finalizou por baixo de Palop. Na corrida para o abraço, um cumprimento no aniversariante José Mourinho, 48 anos. Presentão pro chefinho, heim?

Ele deixou o gramado aos 23 do 2º tempo, substituído por Di María. Vale registrar que Lassana Diarra também foi titular e jogou bem, chegando ao ataque para finalizar inclusive.

Portanto, convém à seleção brasileira que não pense que o soneca do Benze é de todo inofensivo. Quando ele acorda, já viu né…

Abajo, o vídeo do gol

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010 Torneios europeus | 11:11

Lyon x Real de novo. Marselha pega Manchester United

Compartilhe: Twitter

Oitavas de finais da Liga dos Campeões e 1/16-avos da Liga Europa sorteadas nesta sexta-feira, com confrontos a partir de fevereiro de 2011. Aos franceses, ficou decidido:

Champions League

LYON
x REAL MADRID (Espanha)
Quarto duelo franco-espanhol em oitavas-de-finais da competição, com histórico totalmente favorável ao OL: passou pelos merengues em 2006, 2007 e 2010, na última edição da Liga, quando foi até as semifinais – aliás, há seis temporadas que o Madrid encalha nas oitavas do torneio… Nos seis jogos do confronto direto, o Lyonnais venceu três, empatou os outros três e jamais perdeu. Mas não convém se apoiar na freguesia e se esquecer de que o Real tem hoje um dos melhores times da Europa, um artilheiro em ótima fase, como o português Cristiano Ronaldo, e um treinador que sabe ganhar a Champions, o também lusitano José Mourinho, bicampeão com Porto (2003/2004) e Inter de Milão (2009/2010) – além da provável volta de Kaká em janeiro. Pelo que os madridistas vêm apresentando nesta temporada, a missão lionesa parece mais difícil que a marselhesa.

OLYMPIQUE DE MARSELHA
x MANCHESTER UNITED (Inglaterra)
Parada dura também para o OM, pois se o time inglês, se não é mais o avassalador de outrora, vem se mostrando consistente na temporada, a ponto de só ter perdido um jogo até aqui, quando atuou com os reservas na Copa da Liga Inglesa. Acabou de alcançar a liderança do Campeonato Inglês e se classificou na liderança do grupo C depois de quatro vitórias e dois empates na chave que continha Valencia (Espanha), Rangers (Escócia) e Bursaspor (Turquia). Penso que as chances do Olympique diante do tricampeão europeu passam essencialmente por uma vitória no jogo que abre a série, no Vélodrome. 

Demais confrontos das oitavas:

Bayern de Munique x Internazionale – reedição da última final
Barcelona x Arsenal – reedição da final de 2006
Chelsea x Copenhague
Tottenham x Milan
Shakhtar Donetsk x Roma
Schalke x Valencia

As partidas de ida das oitavas acontecem nos dias 15, 16, 22 e 23 de fevereiro. As de volta, em 8, 9, 15 e 16 de março. Em 18 de março acontece o sorteio das quartas de finais, encaminhando para as derradeiras fases.

Europa League
PARIS SAINT-GERMAIN x BATE BORISOV (Bielorrússia)
Bom para o vice-líder do Campeonato Francês, que comandou um difícil grupo J, deixando Sevilla e Borussia Dortmund para trás. Apesar do Bate ter feito campanha parelha ao primeiro colocado da chave E, ficando um ponto atrás do Dínamo de Kiev, o PSG tem tudo para se classificar, principalmente caso se adapte bem à baixa temperatura que encontrar na antiga república soviética, quando for jogar em Minsk, na ida. Confirmando o favoritismo, o Paris enfrentará o vencedor de Benfica (Portugal) x Stuttgart (Alemanha) nas oitavas, provavelmente numa disputa bem mais árdua.

LILLE x PSV EINDHOVEN (Holanda)
Complicado para o atual líder da Ligue 1, mas não impossível caso a lição de casa seja feita, creio eu, no jogo de ida. Se o time holandês impõe respeito pela campanha invicta no grupo I (4 vitórias e 2 empates), à frente de Metalist (Ucrânia), Sampdoria (Itália) e Debrecen (Hungria), a fase do LOSC também é positiva, principalmente pelas boas opções ofensivas, com jogadores de muita movimentação que podem fazer a diferença tanto no time titular quanto vindos do banco. O vencedor deste páreo encarará Sporting (Portugal) ou Rangers (Escócia) nas oitavas de finais, lembrando que o time de Lisboa liderou justamente a chave lilleana na competição.

Os jogos de ida dos 1/16-avos ocorrerão no dia 17 de fevereiro e os de volta, uma semana depois, dia 24. As partidas das oitavas serão dias 10 e 17 de março, com o sorteio das etapas finais no mesmo dia do da Champions, 18/03.

O que achou dos sorteios?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,