Publicidade

Posts com a Tag Méxès

quarta-feira, 18 de setembro de 2013 Franceses no mundo, Torneios europeus | 19:31

Mais Champions: Marseille estreia com derrota para o Arsenal no Vélodrome

Compartilhe: Twitter

Atualizado em 20/09

mexes-milan-celtic-afp-getty

O zagueiro francês Phillippe Méxès, do Milan, em disputa com Teemu Pukki, do Celtic. Na vitória do time italiano por 2 a 0, o beque foi eleito o melhor do jogo pelo site da Uefa (Foto: AFP/Getty)

Como eu também previa, mas dessa vez infelizmente, o Olympique de Marseille sucumbiu ao Arsenal pela estreia na Liga dos Campeões da Europa mesmo jogando no sul da França.

O primeiro tempo não teve gols, sendo bem disputado, com poucas chances. Apenas 6 faltas cometidas, três de cada lado.

Na etapa complementar, os Gunners se impuseram, marcando com Walcott aos 20 minutos e por intermédio de Ramsey aos 39. O OM conseguiu descontar a diferença aos 47, por meio de pênalti convertido por Jordan Ayew, só que parou por aí e o time inglês, dos franceses Wenger (técnico), Sagna, Koscielny, Flamini e Giroud, ficou com os 3 pontos.

Leia mais e assista aos gols e melhores momentos compilados pela ESPN:
http://m.espn.com.br/noticia/356710_ramsey-marca-de-novo-arsenal-bate-olympique-e-conquista-tres-pontos-fora-de-casa

Amanhã é a vez da Liga Europa, vamos torcer pra Lyon e Bordeaux!

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 19 de junho de 2012 Eurocopa, Seleção francesa | 17:39

França perde da Suécia mas avança na Euro 2012!

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 21h03

Quando o líder do grupo enfrenta o lanterna, já eliminado, você espera um favoritismo que tem tudo para terminar em vitória. Mas essa Euro tem mostrado que não há barbadas (exceção feita quando uma Espanha encara uma Irlanda…), e mesmo sem muita motivação os suecos conseguiram aplicar 2 a 0, em Kiev, mandando a invencibilidade de 23 partidas para o saco. Menos mal que os Bleus não precisavam dos pontos de hoje para seguir adiante na competição…

O time titular teve Lloris; Debuchy, Rami, Mexès, Clichy; M’Vila, Diarra, Ribéry, Nasri e Ben Arfa; Benzema. Menez, mesmo tendo marcado na vitória sobre a Ucrânia, voltou para o banco, aonde permanecia Malouda, titular contra a Inglaterra na estreia.

Nos primeiros minutos, um susto causado por Mexes, que permitiu a Toivonen ficar cara a cara com Lloris e driblar o goleiro. Por muita sorte, a finalização foi na trave! A Suécia seguia mais solta, criando mais perigo que a França, se aproveitando de certa fragilidade da defesa gaulesa e pouca ousadia na frente.

Felizmente, o jogo deu uma esfriada no decorrer da primeira etapa, e terminou sem gols, da mesma forma que Inglaterra x Ucrânia, combinação que mantinha a França na frente dos ingleses na classificação da chave.

Ben Arfa foi mais um a ser testado no rodízio pelo lado direito do ataque francês (fff.fr)

O risco de se administrar esse empate era ficar na dependência de um resultado favorável no outro jogo, e logo esse panorama mudou. Rooney abriu o placar para os ingleses na sua primeira partida no torneio, o que colocava a França em segundo na classificação, inevitavelmente no caminho da Espanha nas quartas. Era um sinal pros Bleus acordarem, ainda mais depois que Ibrahimovic deixou as coisas ainda mais difíceis com um belo gol que tirou o marcador do zero em Kiev aos 8 da etapa complementar…

O prejuízo fez a França acordar, acelerar o jogo e começar a criar boas chances. Malouda teve nova chance, entrando no lugar de Ben Arfa. Posteriormente, Menez veio para a vaga de Nasri, mas o arqueiro Isaksson continuava impedindo o empate francês. A última cartada de Laurent Blanc foi colocar Giroud, artilheiro da última Ligue 1, ampliando a ofensiva com a saída do volante M’vila.

Quando parecia que a igualdade era questão de tempo, o castigo: Larsson ampliou aos 45, decretando a derrota francesa. Por sorte, a Ucrânia nada somou contra a Inglaterra mas, por azar, tem Espanha no caminho dos Bleus… Será que dá para vencer?

> Assista aos gols e leia mais sobre o jogo
> Veja galeria de imagens da partida

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 11 de junho de 2012 Eurocopa, Seleção francesa | 14:54

Euro 2012: França 1 x 1 Inglaterra na estreia, um pouco frustrante

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 17h52

Uma estreia é sempre difícil pelo nervosismo e ansiedade naturais, o rival merecia respeito, e a invencibilidade foi mantida, atingindo 22 partidas. Mas o sabor desse resultado é amargo, porque dava para vencer indubitavelmente, afinal a França era tida como favorita, pela melhor fase e os desfalques da Inglaterra, sobretudo o machucado Lampard e o suspenso Rooney, presente na Donbass Arena, em Donetsk – onde há pouco mais de um ano a mesma França goleou os donos da casa ucranianos em amistoso.

Os onze titulares de Blanc, como já se esperava considerando que M’vila ainda está sem condições, foram Lloris; Debuchy, Mexes, Rami, Evra; Cabaye, Diarra, Nasri, Malouda, Ribery; Benzema. Os Bleus começaram mais soltos, Nasri deu o primeiro arremate do jogo, mas o grande perigo de gol inicial foi inglês, com Young enfiando para Mllner, que driblou Lloris e para sorte gaulesa perdeu o ângulo na hora de arrematar sem goleiro, aos 14 minutos.

Porém, aos 29, Lescott não desperdiçou o belo cruzamento de Gerrard, ao ganhar do alto Alou Diarra por cima e testar sem chances para Lloris – será que o goleiro do Lyon não interceptaria a bola se resolvesse sair em vez de ficar em cima da linha? Prejuízo que obrigou a França a partir para cima com mais ênfase. Aos 34, quase Diarra se redime, cabeceando duas vezes em sequência com perigo para o gol de Hart.

A pressão surtiu efeito, os ingleses foram acuados para dentro da grande área e, após rápida troca de passes com Evra e Ribéry, Nasri bateu com categoria, forte e no cantinho do companheiro de Manchester City, para empatar aos 38. O gol fez bem aos franceses, que pressionaram fortemente nos minutos finais da etapa inicial.

Muita gente na frente de Nasri, mas a precisão foi excelente e a Tango morreu na rede (fff.fr)

Já o intervalo acabou ajudando o English Team, que conseguiu equilibrar as ações e segurar os Bleus na primeira metade do segundo tempo. Blanc não mexia no time, e o ataque conseguiu fazer Hart trabalhar novamente, com Nasri e Benzema, dessa vez mais presente. Porém era pouco, embora a Inglaterra também não conseguisse contra-atacar. Somente aos 39 o técnico francês alterou a equipe, com Ben Arfa e Martin nos lugares de Cabaye e Malouda. A pressão seguia constante e a França merecia a vitória, só que não conseguiu transformar o domínio em gol até o fim da contenda.

As últimas três estreias francesas em copas também foram marcadas por empates: 0 a 0 ao debutar na Copa 2006 (contra a Suíça), na Euro 2008 (Romênia) e na Copa 2010 (Uruguai). Embora as perspectivas nesta Euro ainda sejam boas, é preciso reencontrar as vitórias em copas – desde a semifinal de 2006 que os Bleus não sabem o que é isso! (1 a 0 sobre Portugal)

O segundo desafio é contra a Ucrânia, coanfritriã do torneio, às 15h45 de Brasília nesta sexta-feira, 15. É importante vencer pois os ucranianos estrearam com 2 a 1 na Suécia e pularam para a liderança do grupo D. Que acabe o jejum!

FICHA TÉCNICA – FRANÇA 1 X 1 INGLATERRA

Local: Arena Donbass, em Donetsk (Ucrânia)
Data: 11 de junho de 2012 (segunda-feira)
Horário: 13h (de Brasília)
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Assistentes: Renato Faverani (ITA) e Andrea Stefani (ITA)
Cartões amarelos: Chamberlain e Young (ING)
Gols: França: Nasri, aos 39min do 1° tempo; Inglaterra: Lescott, aos 30min do 1° tempo (ASSISTA!)

FRANÇA: Lloris; Debuchy, Rami, Mexès e Evra; Cabaye (Martin), A.Diarra e Malouda (Bem Arfa); Nasri, Benzema e Ribéry. Técnico: Laurent Blanc

INGLATERRA:Hart; Johnson, Terry, Lescott e Cole; Parker (Henderson), Gerrard, Milner, Young e Chamberlain (Defoe); Welbeck (Walcott). Técnico: Roy Hodgson

> Galeria de imagens de França 1 x 1 Inglaterra

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de junho de 2012 Eurocopa, Seleção francesa | 23:03

Vitórias injetam otimismo na França para início da Euro 2012

Compartilhe: Twitter
Celebração de um dos gols de Benzema contra a Estônia, em Le Mans (fff.fr)

Celebração de um dos gols de Benzema contra a Estônia, em Le Mans (fff.fr)

2 a 0 na Sérvia (veja matéria pós-jogo no SporTV), 4 a 0 na Estônia (assista aos belos gols), e os Bleus chegam para a Eurocopa com um cartel de 21 partidas invictos, confiantes para apagar os fiascos de 2008 e 2010 e ir longe em gramados “polaco-cranianos” (inventei essa…).

A expectativa é ainda maior porque o Grupo D é o último a estrear, só no domingo, 11, às 13 horas de Brasília. Como vantagem, o retrospecto francês diante dos ingleses tem sido favorável e o English Team vem para o torneio desfalcado, sobretudo do habilidoso Lampard. Suécia e a anfitriã Ucrânia completam a chave.

Time-base
Enquanto M’vila se recupera da lesão sofrida contra os sérvios, Alou Diarra o substitui no meio, ajudando Cabaye na forte marcação. Mais atrás, a linha defensiva titular deve ter o capitão Lloris, os bons Débuchy e Rami, e os mais vulneráveis, ao menos nos últimos jogos, Méxès e Evra.

Do meio para a frente, a sinfonia vem tocando certinho, com entrosamento e qualidade técnica entre Malouda, Nasri, Ribéry e Benzema, podendo contar ainda com os valiosos préstimos de Ben Arfa, Menez, Giroud e Valbuena.

É para esperarmos coisas boas para o elenco de Blanc, não acham? #AllezlesBleus

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de maio de 2012 Seleção francesa | 12:24

Rumo à Euro 2012, França vira sobre a Islândia em amistoso

Compartilhe: Twitter

Depois de sair perdendo por 2 a 0 da inexpressiva Islândia em casa, a seleção francesa tomou vergonha na cara e ao menos saiu de Valenciennes com a vitória por 3 a 2 no amistoso de ontem, preparatório para a Eurocopa que se vislumbra.

Laurent Blanc utilizou Mandanda; Debuchy, Rami, Méxès e Evra; Cabaye (Alou Diarra, 13 do 2º), Gourcuff (Ribéry, 30 do 2º), Nasri (Martin, 13 do 2º) e Menez (Valbuena, 30 do 2º); Ben Arfa (Giroud, 13 do 2º) e Benzema (Malouda, 13 do 2º). Destaque para a entrada de Ribéry, autor de um dos gols (não marcava pela seleção desde 2009!) ao lado de Debuchy e Rami, bem como o desempenho de outro reserva, Giroud.

Não vi a peleja, mas colegas virtuais disseram que Gourcuff e Evra foram mal, e por isso correm risco de serem cortados pelo técnico na lista final de 23 para a Euro, que deve ser entregue à Uefa até amanhã, dia 29 (veja quem foi pré-selecionado). A análise da France Football até poupa o ataque bleu, mas critica negativamente a defesa, sobretudo o lado esquerdo do experiente Evra…

Na próxima quinta, 31, a França pega a Sérvia (em Reims) e no dia 5 de junho o rival será a Estônia (em Mans), encerrando a preparação, sempre em casa. A estreia no torneio continental será no dia 11 de junho contra a tradicional rival Inglaterra, pelo Grupo D, quando esperamos que, mais entrosada, a equipe titular falhe menos…

Vídeo com melhores momentos da partida dominical:

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 2 de março de 2012 Seleção francesa | 12:10

Foi mesmo na boca o beijo de Giroud em Débuchy em Alemanha 1 x 2 França?

Compartilhe: Twitter

Além do surpreendentemente rápido futebol apresentado contra uma das tops do planeta bola (veja alguns dos melhores lances), chamou a atenção na vitória francesa por 2 a 1 sobre a Alemanha em Bremen, na última quarta-feira, a comemoração do primeiro gol.

Pra lá de grato com a assistência de Débuchy, o artilheiro Giroud se voltou para o colega, segurou seu rosto e tascou um beijão nele… Até tem cara de beijo na boca, mas foi “apenas” perto dos lábios. As câmeras não nos permitem concluir, assista:

Já a foto abaixo permite, não é?

debuchy-giroud

Apenas bons amigos (Crédito: F.Fife/AFP - 20minutes.fr)

Curiosamente, os protagonistas do carinho explícito foram os mais bem avaliados pelo L’Equipe na partida. Eis as notas: Lloris 7, Débuchy 8, Rami 6, Méxès 6, Abidal 5; Cabaye 6, M’Vila 4, Valbuena 7, Nasri 5, Ribéry 4; Giroud 8.

Se o amigo Mário Alemão Monteiro lamentou, o sagaz Leonardo Bertozzi comparou o bom trabalho de Laurent Blanc com seu colega de banco de reservas Mano Menezes, no sentido de ter conseguido formar um time com quase um ano e meio de trabalho.

De fato, os Bleus estão invictos há 18 jogos (o post de Bertozzi lista-os). Em que pese esse número incluir umas babas no caminho das Eliminatórias da Euro 2012, houve também Inglaterra, Brasil, Alemanha… E haverá, até a Copa 2014, Inglaterra e Suécia (Euro, junho), Uruguai (agosto), Espanha (Eliminatórias da Copa, ida e volta), Itália (novembro) e novamente Alemanha (2013).

Para ficarmos ligados, antes do torneio europeu deste ano os compromissos agendados são:

> Dimanche 27 mai, match international à Valenciennes >> France x Islande
> Jeudi 31 mai, à Reims >> France x Serbie (não me faça feio no dia dos meus 30 anos!)
> Mardi 5 juin, au Mans >> France x Estonie

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 1 de junho de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 20:02

Sexta-feira tem seleção, e com TV

Compartilhe: Twitter

Reunida para um jogo nas Eliminatórias da Eurocopa de 2012 e dois amistosos, a França já está em Minsk, onde disputa o primeiro desafio, fora de casa, contra os bielorrussos. Para nós, a ESPN Internacional transmitirá a partida às 15h30 desta sexta, com abre de jogo às 15h15.

Les Bleus lideram o grupo D do qualificatório continental com 12 pontos e uma vantagem tranquila, por ora, sobre os vices, justamente Belarus e Albânia (?), com 8. Portanto, os donos da casa estão mais do que motivados para ganhar dos franceses e reduzir essa diferença de quatro para somente um ponto.

Na segunda-feira, outro compromisso em solo ex-soviético: amical contra a Ucrânia em Donetsk, terra do Shakhtar. Três dias depois, na quinta, outro amistoso, contra a Polônia, em Gdansk. Ambas as cidades deverão receber jogos da Eurocopa próxima, sediada conjuntamente por ucranianos e poloneses.

evra-reveillere-fff

Laterais no voo França-Belarus: Evra tentando esquecer o Barcelona com esse foninho? Réveillère avisando mamá que liga de novo quando chegar?

Entre os jogadores selecionados por Laurent Blanc, destaque para o retorno de Eric Abidal e o début de Marvin Martin, um prêmio à boa campanha do Sochaux na Ligue 1 e ao melhor assistente do torneio. Os retenus foram:

Goleiros: Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Cédric Carrasso (Bordeaux).

Defensores: Eric Abidal (Barcelona/ESP), Bacary Sagna (Arsenal/ING), Adil Rami (Lille – Valencia/ESP), Mamadou Sakho (Paris Saint-Germain), Patrice Evra (Manchester United/ING), Anthony Réveillère (Lyon), Younes Kaboul (Tottenham/ING) – O titular da zaga e algumas vezes capitão Mexès está lesionado

Meio-campistas: Alou Diarra (Bordeaux), Blaise Matuidi (Saint-Etienne), Yohan Cabaye (Lille), Yann Mvila (Rennes), Florent Malouda (Chelsea/ING), Abou Diaby (Arsenal/ING), Jérémy Menez (Roma/ITA), Samir Nasri (Arsenal/ING), Franck Ribéry (Bayern de Munique/ALE), Marvin Martin (Sochaux), Charles N’Zogbia (Wigan/ING), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha).

Atacantes: Kevin Gameiro (Lorient), Guillaume Hoarau (Paris Saint-Germain), Karim Benzema (Real Madrid/ESP), Loïc Rémy (Olympique de Marselha).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 11 de maio de 2011 Francês da 1ª divisão | 21:37

Olympique ganha, mas Lille pode ser campeão na terça que vem

Compartilhe: Twitter

Por mais que o LOSC secasse, o Marselha foi seguro no Vélodrome e bateu o Brest com facilidade, 3 a 0. Rémy abriu o placar, Jordan Ayew ampliou com um belo arremate de efeito e, quando a turma de Deschamps cozinhava o galo pro relógio andar, Gabriel Heinze fechou o escore cobrando falta (sofrida por Jordan, que hoje ofuscou o irmão André) com facilidade, seguindo “dica” de Taiwo (que não continuará no time na próxima temporada, como conto mais abaixo no apêndice).

Então segue a diferença de 4 pontos entre líder e vice, só que agora com apenas 9 por disputar. Ou seja, se ela for a 7, caso o Olympique perca para o Lorient no domingo e o Lille derrote o Sochaux na terça-feira, o campeão estará definido. Até mesmo se empatar fora de casa o OM fica em situação complicadíssima, pois bastará um pontinho para os Dogues nas duas partidas que lhe restarem.

remy_andrade_afp

Loïc Rémy cumprimenta Elinton Andrade, na função que o brasileiro mais executa nos jogos, na condição de goleiro reserva (AFP)

Com o revés do Lyon, a matemática restringe a Lille e Olympique, apenas, a postulação do título. Que o OL não atingiria a taça mesmo, tudo bem, mas levar de quatro do Auxerre, que iniciou a rodada na metade debaixo da tabela, ficou bem feio, heim? Oliech fez o primeiro, Lovren prejudicou os Gones ao ser expulso e aí ferrou-se: o burquinense Alain Traoré marcou dois e Hengbart fechou a contagem e… o caixão de Claude Puel, cuja demissão foi publicamente pedida pela torcida lionesa?

lyon_afp

Não precisa perguntar o que a torcida do Lyon quer quanto ao treinador, d'accord? (AFP)

A rodada antecipada para o meio de semana ainda reservou:

Rennes 1 x 1 Caen (Mangane; M’Baye Niang) – Stade Rennais ainda 5º

Sochaux 3 x 0 Monaco (Sauget, Maiga e Boudebouz) – /Soxô/ ratificando 6º, a um ponto do Rennes

Montpellier 3 x 1 Lorient (Giroud, Estrada e Saihi; Ecuele-Manga) – Ambos precisam secar bastante o 5º e o 6º e não perder mais pontos para ter alguma chance de Liga Europa, assim como o Saint-Etienne

Lens 1 x 0 Bordeaux (Hermach) – De aspiração à Liga Europa a um fim de temporada melancólico, eis os Girondinos. Com bom público no Felix-Bollaert, o RCL evitou a degola precoce, mas tem que tirar 6 pontos de 9 restantes em relação ao Monaco para escapar…

Toulouse 0 x 0 ValenciennesOs dois precisam fazer muito pouco para não caírem

Nice 3 x 2 Arles Avignon (Ljuboja 2 e Clerc; Cabella e Kaba Diawara) – Tia Nice também quase livre do rebaixamento

>> Classificação a 3 rodadas do final (9 pontos por disputar):  Lille lidera com 69 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 65, Lyon, com 59, PSG, com 58, Rennes, com 53, e Sochaux, com 52. Veja tabela completa

**

Apêndice:

O lateral-esquerdo nigeriano e o zagueiro francês Mexès, da Roma, ambos em fim de contrato, foram confirmados pelo Milan como reforços para a próxima temporada no fresquinho campeão italiano. Taiwo teve a imagem desgastada na França depois que, no calor da conquista da Copa da Liga Francesa pelo OM, pegou pesado ao provocar o rival Paris Saint-Germain, que nem fazia parte do contexto, cantando, com a torcida marselhesa, o verso “Os marselheses vão a Paris para f… o PSG”. Será que ele vai dividir quarto com Gennaro Gattuso??

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 13 de abril de 2011 Extracampo, Seleção francesa | 19:11

Internautas escolhem Sakho para o lugar de Mexès

Compartilhe: Twitter

Com Philippe Mexès fora de combate pelos próximos meses, Laurent Blanc deverá arrumar outro titular ao lado de Adil Rami na zaga da seleção francesa para os jogos que se avizinham.

Enquete promovida pelo site da revista France Football revelou a preferência dos internautas por Mamadou Sakho, beque do PSG (acho que a popularidade do time da capital pesou na escolha dos votantes tanto quanto os critérios técnicos…), como se vê:

> Mamadou Sakho (PSG):  52%
> Laurent Koscielny (Arsenal, ING):  25%
> Sebastien Squillaci (Arsenal, ING):  8%
> Younes Kaboul (Tottenham, ING):  5%
Julien Escudé (Sevilla, ESP):  2%
> Um outro:  7%
(número de votos: 10.577)

Sakho disputa bola com Yohan Mollo no último jogo do PSG, contra o Caen (AFP)

Eu daria mais chances a Kaboul, gostei do que vi dele em campo. Mas o jogador do Tottenham* também está fora de combate… Então fico com Koscielny, acho mais preparado do que Sakho. 

E você, quem escolheria?

*Tottenham que, nesta quarta, tombou diante do Real Madrid na Liga dos Campeões da Europa com o veterano William Gallas na defesa, incapaz de parar os gols merengues…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de abril de 2011 Brasileiros na França, Franceses no mundo | 23:58

Lesões francesas, estagiário no Lyon…

Compartilhe: Twitter

Philippe Mexès, zagueiro que vem sendo titular da França de Laurent Blanc, está fora de ação por pelo menos quatro meses. Em jogo da Roma pelo Campeonato Italiano no domingo, contra a Juventus, o beque loiro teve ruptura dos ligamentos cruzados anteriores do joelho esquerdo, algo que parece grave só de se pronunciar…

mexes_reu

Quando vinha muito bem, Mexes se despede da temporada 2010/2011 (Reuters)

Com contrato acabando na equipe de Gian Oddi, Mexès pintava forte como reforço do Milan para a próxima temporada. Será que a grave contusão o afasta de Milanello? O que se sabe é o técnico dos Bleus vai ter que arrumar outro companheiro para Adil Rami na zaga da seleção para os três compromissos de junho (Belarus, dia 3, Eliminatórias da Euro / Ucrânia, dia 6, amistoso / Polônia, dia 9, amistoso) e provavelmente para o de agosto, o amistoso do dia 10 contra o Chile. 

Franceses fora… da Champions
A contratura na coxa esquerda tirou mesmo Karim Benzema do ataque do Real Madrid contra o Tottenham, nesta quarta-feira, no jogo de ida pelas quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Do lado inglês, também é certo que a defesa não terá Younes Kaboul, de molho faz tempo. Já a presença de William Gallas é incerta, devido a problema no joelho.

Ederson voltou
O meia brasileiro participou dos últimos 45 minutos do empate entre Lyon e Nice, no domingo. Embora seu time tenha permitido o empate dos donos da casa, depois de estar ganhando por 2 a 0, o retorno foi bastante especial para o jogador, como podemos constatar no Brasil Lyonnais.

Falando em OL…
… o leitor Eduardo Júnior informa que uma promessa do futebol brasileiro está partindo para estágio no clube lionês neste mês de abril. É o goleiro Fernando Milioli Magagnin, de 16 anos, da equipe juvenil do Criciúma-SC.

De 4 a 16 de abril, o garoto treinará com o preparador de goleiros Bats, camisa 1 da França em 1986 que defendeu o pênalti de Zico na Copa do Mundo do México. O brasileiro viaja com Toninho da Silva, ex-treinador das categorias de base do Criciúma e irmão de Sonny Anderson, ex-atleta e hoje dirigente do Lyon, que os recepcionará por lá. Que Fernando deixe uma boa impressão e abra portas na Europa!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última