Publicidade

Posts com a Tag Mbia

terça-feira, 26 de abril de 2011 Extracampo, Francês da 1ª divisão | 20:55

$$ Gourcuff dando o troco em Heinze $$

Compartilhe: Twitter

Segundo levantamento do site Football Finance, que listou os 100 maiores salários do futebol mundial, o meia do Lyon supera o zagueiro do Olympique de Marselha como detentor do maior vencimento entre os jogadores que atuam no futebol francês: 4,8 contra 4,5 milhões de euros.

Achei curioso porque o levantamento da France Football, que costumo divulgar por aqui, colocou o argentino à frente do francês no mês passado: 4,5 contra 4,4. Bom, talvez a divergência se refira a rendimentos extras, como direitos de imagem, luvas… (cachecóis, gorros…). Embora a pesquisa da Finance diga que não leva em conta os ganhos externos, seus valores estão superando os apurados pela France

Independentemente de quem ganhe na conta bancária, OM (sem Mbia, machucado, e Rémy, suspenso) e OL (sem Pjanic, suspenso, e com Michel Bastos recém-operado provavelmente no Gerland) precisam da vitória nesta quarta-feira, no complemento da rodada, para seguirem com chances reais de título, se aproveitando do tropeço do Lille no domingo. Marselha x Nice e Lyon x Montpellier começam às 14h de Brasília. A SporTV2 anuncia transmissão ao vivo da primeira partida, promessa que cobraremos caso não seja cumprida!

Yoyo em loja da Adidas na semana passada. Rico e boa pinta, seria o Príncipe William da França?? (Olweb.fr)

Outros franceses top d’argent
Na relação dos 100 endinheirados da Football Finance, encontramos os seguintes atletas e agremiações familiares aos nossos olhos:

11º) Ribéry – Bayern-ALE – 8 milhões/ano
27º) Benzema – Real Madrid-ESP – 6 milhões
36º) Vieira – Man. City-ING – 5,5 milhões
50º) Lass Diarra – Real Madrid-ESP – 5 milhões
54º) Evra – Man. United-ING – 5 milhões
58º) Anelka – Chelsea-ING – 4,8 milhões
59º) Gourcuff – Lyon-FRA – 4,8 milhões
66º) Flamini – Milan-ITA – 4,5 milhões
68º) Heinze – O. Marselha-FRA – 4,5 milhões
75º) Lucho González – O. Marselha-FRA – 4,3 milhões
76º) Malouda – Chelsea-ING – 4,3 milhões
80º) Cris – Lyon-FRA – 4,2 milhões (brasileiro melhor pago na Ligue 1)
81º) Lisandro López – Lyon-FRA – 4,1 milhões
96º) Gignac – O. Marselha-FRA – 3,8 milhões
97º) Henry – NY Red Bulls-EUA – 3,8 milhões

O que acha dos números? Eu achava que o Henry ganhasse mais. Merecia, não?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 1 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão | 01:10

Nada de novo entre os endinheirados

Compartilhe: Twitter

Essa é da semana passada, mas não consegui subir aqui antes. Como faz todo semestre, a France Football divulga a lista dos maiores salários do futebol europeu e também dentro da França. No país do biquinho, não houve surpresa: os cinco primeiros são os mesmos cinco da relação divulgada em abril.

heinze

Gabriel Heinze, por cima da bola e no topo da liga (Getty Images)

O zagueiro argentino Gabriel Heinze continua se sobressaindo a meias e atacantes goleadores com o que o Olympique de Marselha muito bem lhe paga. Em seguida, aparecem Yoann “Yo-yo” Gourcuff, do Lyon, outro argentino, Lucho González, também do Olympique, o brasileiro Cris e outro hermanito, Lisandro López, ambos lioneses. Dos dez primeiros, seis são estrangeiros. Entre os brasucas, além de Cris, despontam Michel Bastos, Nenê e Ederson, todos meia-atacantes, ao contrário do zagueiro.

Salta aos olhos, logo de cara, o poderio financeiro de Olympique de Marselha e Lyon, com nada menos que 15 dos 20 jogadores mais bem assalariados da Ligue 1. O Paris Saint-Germain, time da capital francesa, possui quatro atletas. O Bordeaux encerra a relação com um nome. Já o atual líder da Ligue 1, o Lille, e o terceiro colocado, Rennes, ficaram de fora, o que é assaz curioso por mostrar que dinheiro não é o fator preponderante para se destacar na tabela de classificação… Caso um desses dois postulantes ao título consiga a façanha de levantar a taça, talvez figure no top 20 da temporada 2011/2012.

>> Veja o atual ranking de salários, com a comparação com o de 2009/2010 e o número de partidas, assistências e gols após 28 rodadas do Francês, para termos uma noção da efetividade dos caras:

1. Gabriel Heinze (zagueiro argentino, OM): 4,5 milhões de euros/ano, manteve posição, 22 jogos e 2 gols
2. Yoann Gourcuff (meia francês, Lyon): 4,4 / manteve /  22 jogos, 4 assistências e 2 gols
3. Lucho Gonzalez (meia argentino, OM): 4,3 / manteve / 27 jogos, 3 assistências e 7 gols
4. Cris (zagueiro brasileiro, OL): 4,3 / manteve / 14 jogos
5. Lisandro Lopez (atacante argentino, OL): 4,1 / manteve / 19 jogos, 2 assistências e 12 gols
6. André-Pierre Gignac (atacante francês, OM): 3,8 / subiu 10 posições (estava no Toulouse) / 22 jogos, 3 assistências e 5 gols
7. Kim Källström (volante sueco, OL): 3,7 / manteve / 24 jogos, 2 assistências e 2 gols
8. Bafetimbi Gomis (atacante francês, OL): 3,5 / subiu 1 posição / 28 jogos, 2 assistências e 10 gols
9. Michel Bastos (meia brasileiro, OL): 3,4 / subiu 1 posição / 23 jogos, 3 assistências e 5 gols 
10. Ludovic Giuly (atacante francês, PSG): 3,2 / subiu 2 posições / 26 jogos, 6 assistências e 4 gols
11. Claude Makelele (volante francês, PSG): 3,1 / caiu 3 posições / 25 jogos e 1 assistência
12. Nenê (meia brasileiro, PSG): 3 / não constava / 26 jogos, 5 assistências e 13 gols
13. Loic Rémy (atacante francês, OM): 3 / não constava / 25 jogos, 2 assistências e 9 gols
14. Jérémy Toulalan (volante francês, OL): 3 / não constava / 22 jogos e 1 assistência
15. Stéphane M’Bia (volante camaronês, OM): 2,9 / não constava / 21 jogos e 1 gol
16. Mathieu Valbuena (meia francês, OM): 2,9 / não constava / 22 jogos e 3 gols
17. Guillaume Hoarau (atacante francês, PSG): 2,8 / manteve /  26 jogos, 5 assistências e 8 gols
18. Alou Diarra (volante francês, Bordeaux): 2,8 / manteve / 23 jogos e 4 gols
19. Ederson (meia brasileiro, OL): 2,8 / manteve / 1 jogo (se contundiu e teve que operar)
20. Steve Mandanda (goleiro francês, OM): 2,8 / manteve / 28 jogos

O que você acha desses valores e números? Opine!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de março de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:41

Era muito pro Marselha… (e outras do dia)

Compartilhe: Twitter

A eficiência e a experiência pesaram e o Olympique de Marselha volta para a França eliminado da Liga dos Campeões. Não conseguiu evitar o 2 a 1 para o Manchester United na Inglaterra, como era o mais provável mesmo.

O segundo time mais velho do MU a entrar em campo num jogo de Liga (29 anos e 317 dias, segundo o Infostrada) obviamente seria um adversário difícil de bater. O titular Ryan Giggs, por exemplo, é o terceiro jogador com mais partidas de mata-matas da história da Champions, atrás de Seedorf e Raúl. Ou seja, não há equipe mais “macaca véia” no assunto quanto o time do velhaco Alex Ferguson!

mu_om_gol_ap

Mandanda levanta o braço inutilmente, pois a corrida de Chicharito foi completamente sorridente (AP)

Le match
Antes da bola rolar, foi observado um bonito minuto de silêncio em lembrança à tragédia que vive o Japão. Nem deu muito tempo de ver como as equipes se comportariam no zero a zero. Logo aos 5 minutos, Giggs achou bem Rooney pelo lado esquerdo do ataque inglês, Wayne bateu cruzado e achou Javier “Chicharito” Hernandez em posição duvidosa. Com gol livre, o mexicano empurrou e correu pro abraço: 1 a 0.

Aos 8, entretanto, o Olympique já criou uma chance real para empatar. Remy deu lindo passe de calcanhar pra Gignac, colocando-o em condições de finalizar na entrada da área, de cara pra Van der Sar. Mas André Pierre bateu mal e a bola subiu muito… Esse desperdício poderia fazer falta depois, sem contar que 1 a 1 logo de cara deixaria o Marselha muito bem na parada.

Aos 19, Chicharito chegou muito duro em Heinze e levou amarelo. Então, passei a torcer para ele se enervar ainda mais durante o jogo… Estava difícil pro OM criar algo, o Manchester assustava de vez em quando, mas aos 35 foi de lamentar: bola na área anfitriã e Diawara subiu sozinho, a centímetros do gol, mas cabeceou torto, que pena! Seis minutos depois, Remy emendou de primeira após rebote da defesa, num tirambaço, só que muito forte – se fosse no gol, Van der Sar não chegaria…

Sem substituições no intervalo, o segundo tempo trouxe o mesmo panorama, com o Olympique pelejando muito, mas sem criatividade ou talento para chegar ao gol, e o United pelejando menos, na espreita, só que mais criativo e talentoso na ligação com o ataque. Aos 29, boa jogada francesa, com Remy cruzando pra Cheyrou, mas a conclusão saiu fraca. Não fez, não fez, não fez? Tomou: um minuto depois, Valencia acionou Giggs pela direita e o cruzamento rasteiro achou Chicharito livre (como??), de cara pra Mandanda. Pane na defesa e 2 a 0… 

Didier Deschamps colocou Valbuena e Jordan Ayew para ver o que dava, nos lugares de Gignac e Mbia. E o time visitante voltou para a disputa aos 37, quando, após escanteio, o zagueiro Brown, pressionado por Heinze, cabeceou contra o patrimônio: 2 a 1. Mas a pressão francesa foi bagunçada, nervosa, e não saíram mais gols.

Deu mesmo a lógica: o Manchester do capitão francês Evra.

Ribéry fora do páreo
Julio Cesar evitou o gol do francês cara a cara no primeiro tempo, o Bayern de Munique foi melhor do que a Inter de Milão em boa parte do eletrizante jogo (principalmente nos 45 minutos iniciais), mas o time italiano conseguiu fazer 3 a 2 no final e foi às quartas da Liga.

Quarta: a vez do Lyon
O pega no Santiago Bernabéu promete muito. E o OL vai para lá sem Michel Bastos, machucado no joelho e com cirurgia prevista para breve no Brasil. Com lesão muscular no bíceps femoral esquerdo, Cristiano Ronaldo não está 100%, mas acho que vai para o jogo, porque o Real Madrid precisa superar o trauma de seis temporadas seguidas morrendo nas oitavas.

O problema, para o time francês, é que o zero a zero classifica o Real, devido ao 1 a 1 em Gerland. Então vai ser díficil não ceder o contra-ataque aos merengues… Tenso! 

Abidal operado às pressas
A informação é que o lateral-esquerdo francês do Barcelona e da seleção, de 32 anos, está com tumor no fígado. A cirurgia será na sexta-feira, na cidade espanhola. Toda a sorte, Eric!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 11 de março de 2011 Francês da 1ª divisão | 20:33

Olympique supera Rennes e cresce na briga

Compartilhe: Twitter

Com o técnico do seu próximo adversário (Manchester United), Sir Alex Ferguson, vendo tudo de perto, o Olympique de Marselha conquistou uma importante vitória contra um rival direto na luta pelo título nacional. Os gols de Loïc Rémy e Lucho González levam o OM para 48 pontos, enquanto o co-líder Rennes permanece com 49. Ambos torcem para que o Lille, também com 49, não ganhe pontos contra o Valenciennes no desenrolar da journée.

Tendo começado melhor, o Olympique mereceu abrir o placar fora de casa. Aos 24 minutos, André Ayew, que já havia desperdiçado ótima chance em tabela com Lucho, cruzou e Remy mergulhou livre, de peixinho, no centro da área, por cima de Douchez: 1 a 0. Porém, o Stade Rennais cresceu no jogo no decorrer da primeira etapa. Poderia ter ganho um pênalti quando Mbia puxou Marveaux durante cruzamento pelo alto da área marselhesa. Teve falta perigosa novamente de Mbia, que se enroscou e pisou em Dalmat. E se lamentou quando Boukari recebeu em condições de finalização na grande área, mas meteu pra fora.

om_afp

Jordan se emocionou após o gol de Lucho. E Brandão não fez falta no Stade de la Route de Lorient (AFP)

Veio o segundo tempo e continuou a pressão do Rennes. Logo aos 3, Mvila concluiu cruzamento chutando de primeira, com perigo, entre Mandanda e a trave. Troco à altura foi visto aos 9: bela trama de passes no ataque marselhês, Remy fuzilou e Douchez espalmou em grande intervenção.

Frédéric Antonetti experimentou mudanças, com Lemoine e Kembo nos lugares de Dalmat e Leroy. Só que o SRFC não conseguia ser conclusivo no ataque e ainda por cima oferecia perigosos contragolpes aos visitantes. Aos 24, Gignac ganhou do zagueiro em disputa duvidosa (achei que foi falta), entrou na área, chutou e Douchez rebateu com o pé. Pouco tempo depois, Jordan Ayew, substituto de APG, bobeou quando ficou cara a cara com o goleiro rival, esperando demais para finalizar até ser desarmado pela zaga.

Minutos depois, entretanto, o irmão de André se recuperou com estilo, quando recebeu lançamento, ganhou no corpo a corpo e, de frente pra Douchez, serviu Lucho, que só complementou para as redes. Ainda deu tempo par Remy ser aplaudido na vinda de Valbuena e, já nos 45, o disciplinado Taiwo fazer linda jogada e carimbar o travessão em chute de longe, uma pena.

Veja os demais jogos da 27ª rodada:

Sábado, 12/03
15h – Sochaux (9º) x Lyon (4º) – TV5 anuncia transmissão ao vivo
15h – Arles-Avignon (20º) x Lorient (8º)
15h – Saint-Etienne (10º) x Brest (11º)
15h – Lens (19º) x Toulouse (12º)
15h – Nancy (17º) x Caen (14º)
15h – Nice (15º) x Auxerre (16º)

Domingo, 13/03
13h – Lille (1º) x Valenciennes (13º)
13h – Bordeaux (7º) x Monaco (18º)
17h – Paris-SG (5º) x Montpellier (6º) – SporTV2 anuncia transmissão ao vivo

* Classificação: Lille e Rennes lideram com 49 pontos, seguidos por Olympique de Marselha, com 48, Lyon, com 45, e PSG, com 44. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 10:34

Resultados da 17ª rodada

Compartilhe: Twitter

1,4 gol por jogo. Média baixa, mas quase 30% dos gols foram brasileiros.

Arles-Avignon 0 x 1 Lille (Túlio de Melo) – Aït Ben Idir-ARL foi expulso
Valenciennes 1 x 2 Paris Saint-Germain (Aboubakar; Nenê 2)  
Bordeaux 0 x 0 Rennes
Auxerre 1 x 1 O. Marselha (Birsa de pênalti; Rémy) – Mbia-OLY foi expulso
Lyon 2 x 0 Toulouse (Lisandro López e Bafetimbi Gomis) – Mais de 32 mil pessoas no Gerland
Brest 0 x 0 Montpellier  
Nancy 1 x 0 Sochaux (André Luiz
Monaco 0 x 2 Saint-Etienne (Batlles e Sako) 
Lorient 3 x 0 Lens (Amalfitano, Kitambala e Mvuemba) 
Caen 0 x 0 Nice 

>> Classificação: Lille lidera com 31 pontos, seguido por PSG, 30, Lyon, 29, Rennes, 28, Marselha, 27 e Brest, 26. Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 15 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 21:28

Campeonato Francês: acirradíssimo

Compartilhe: Twitter

Depois de mais uma rodada no fim de semana, a Ligue 1 continua extremamente competitiva. Engraçadamente, o 19º e penúltimo colocado Nancy está à frente do lanterna, Arles, na mesma quantidade de pontos que o separa do líder, o Brest! (oito). Ou seja, prever quem lutará pelo quê continua uma dura missão.

Não podemos desprezar a força defensiva do Stade Brestois, que mesmo não empolgando no ataque é um dos dois times que menos sofreu gols no certame (8, ao lado do Rennes). A liderança isolada veio depois do 1 a 1 com o Sochaux, que saiu na frente em casa mas cedeu a igualdade minutos depois.

Uma das maiores ajudas ao Brest veio da derrota do Rennes, que começou a rodada como 2º e terminou em 5º depois da derrota em Auxerre (2 a 1). Pude acompanhar parte do jogo no Abbé-Deschamps e vi o golaço de Valter Birsa, que recebeu no meio, abriu espaço cortando para a esquerda e bateu colocado, encobrindo o goleiro Douchez, que só pôde olhar embasbacado.

Pouco depois, porém, Kembo-Ekoko subiu sozinho, cabeceou na trave e deu sorte de a bola voltar na pinta pra ele empurrar pro gol do AJA, que buscaria a vitória quando Contout foi derrubado por Douchez e Quercia apareceu para definir o lance pro gol. Apesar das estatísticas equilibradas e maior posse de bola do Stade Rennais, deu Auxerre e acho que merecidamente, porque foi mais incisivo na busca pelo gol. Roy Hodgson, treinador do inglês Liverpool, estava no estádio, dizem que para ver o selecionável Yann M’Vila e o congolês Delvin Ndinga, ambos volantes. 

O Brest aplaudiria ainda ao tropeço do Olympique de Marselha em casa, contra o Lens. A torcida no Vélodrome vibrou logo aos 10 minutos, quando Lucho González bateu escanteio, Heinze desviou e Mbia arrematou para o gol. Entretanto, a ofensiva marselhesa parou por aí e num ataque do RCL houve uma bola na área mal rebatida pela zaga, permitindo que o brasuca Eduardo Santos batesse bonito, de direita, sem qualquer chance para Mandanda.

moussa_sow_lille_afp

Moussa Sow merece um P de parabéns pelo que tem feito no Francesão (AFP)

Pena que Santos seria substituído logo depois, o que julguei errado da parte do técnico Jean-Guy Wallemme – até porque houve um contra-ataque pros visitantes no finalzinho que poderia ter lhes dado a vitória se o brasileiro estivessem em campo. Se falhou ao não conseguir vencer, o OM pode reclamar do juiz que não viu um pênalti claro em Mbia, seguro por adversário em falta alçada na área lá pelos 30 do 2º tempo. Mesmo assim, o ataque com Remy, Gignac e Brandão (este nos últimos 15 minutos) foi mal e os anfitriões ouviram vaias da torcida no fim do jogo.

Na cola do SB29 vem o Lille, que aplicou sonoros 5 a 2 no Caen. Moussa Sow, ex-Rennes, arrepiou com um hat-trick e alcançou a artilharia geral da Ligue 1 ao lado de, curiosamente, Youssef El-Arabi, atacante do mesmo Caen e cria desta casa! O LOSC divide a vice-liderança com o Montpellier, que bateu o Toulouse pelo placar mínimo e vem subindo pelas beiradas.

No 1 a 1 com o Lorient, o Paris Saint-Germain teve dois grandes sustos: só conseguiu igualar o marcador no limiar dos 90 minutos, com Nenê salvando a lavoura, e viu Hoarau desmaiar quando estava no banco de reservas, após ser substituído. Mas o mal-estar foi ligeiro e o atacante rapidamente se recuperou. PSG agora é o quarto, a dois pontos da ponta.

Por fim, Lyon e Nice fecharam a journée no Gerland. Antes eles dividiam a mesma pontuação, no miolo da classificação, mas com a vitória o OL subiu para oitavo, a três pontinhos do líder. Jérémy Pied fez o único gol do jogo, porque Michel Bastos bateu mal um pênalti (sofrido por Gomis de forma bem discutível, a meu ver), defendido por Ospina.

Nada empolgante pro Lyonnais, mas venceu. E chegou aos mesmos pontos do Bordeaux, que também ganhou (2 a 1 no Nancy, com gol irregular e muita confusão no encerrar do jogo) e é outro a ser considerado na briga pelas melhores posições – como se alguém pudesse ser desconsiderado nesse campeonato tão misturado…

Logo mais volto para escrever sobre Inglaterra x França!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 14 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 20:21

Resultados da 13ª rodada

Compartilhe: Twitter
auxerre_rennes_sammaritano_fanni_afp

Fanni, do Rennes, "chega chegando" para cima de Sammaritano, do Auxerre. Mas quem saiu vitorioso foi o ascendente AJA (AFP)

 

2,3 gols de média (boa!)

Brest 1 x 1 Sochaux (Roux; Brown) 
Caen 2 x 5 Lille (El-Arabi e Kandia Traoré; Moussa Sow 3, Gervinho e Béria) 
Montpellier 1 x 0 Toulouse (Giroud) 
Lorient 1 x 1 Paris Saint-Germain (Kitambala; Nenê
Auxerre 2 x 1 Rennes (Birsa e Quercia; Kembo-Ekoko)
Olympique de Marselha 1 x 1 Lens (Mbia; Eduardo Santos) – Mais de 50 mil pessoas no Vélodrome
Lyon 1 x 0 Nice (Pied) – Michel Bastos perdeu pênalti
Bordeaux 2 x 1 Nancy (Sané e Plasil; Efoulou) 
Monaco 0 x 0 Arles-Avignon

Valenciennes x Saint-Etienne – adiado devido ao mau tempo (choveu no Norte francês durante mais de 24h)

>> Classificação: Brest lidera com 22 pontos, seguido por Lille e Montpellier, com 21. Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 28 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:39

Oh Liga inglória!

Compartilhe: Twitter
O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

Claro que eu não esperava algo diferente de derrotas de Olympique de Marselha para Chelsea e de Auxerre para Real Madrid. Porque torço pros franceses, mas em se tratando de Liga dos Campeões da Europa é preciso ser racional. Mas perder sempre dói de alguma forma, ainda mais quando você sente que a zebra podia prosperar até o fim do jogo.

Pô, o fra(n)co batalhador Auxerre do goleiro Sorin-não-argentino segurou o Real por 82 minutos (até o gol de Di Maria, Ave Maria!), com Cristiano Ronaldo, gel, pompa e circunstância! Custava segurar por mais uns dez, pra garantir o histórico empate no pitoresco L’Abbé-Deschamps? Ou quem sabe mandar pro gol de Iker Casillas um mísero contra-ataque com Jelen ou uma testada de zagueiro após chuveirão na área?

Lá do outro lado do Canal da Mancha, é óbvio que o “Chersa” foi melhor que o OM. Mas vejam que azar falta de sorte do time de-Didier-Deschamps nos gols: primeiro, Terry dá um leve toquinho e a bola passa no único furo existente entre o pé de Cheyrou e a trave de Mandanda! Depois, no cruzamento de Essien, Mbia virou de costas, mas a mal-intencionada bola foi encontrar justamente seu braço, sendo acintosa na queda ao gramado, para convencer o juiz de que foi pênalti. Com até a física a favor do time inglês, que se pode fazer?

A esperança é que amanhã o Lyon é o favorito contra o Hapoel, mesmo em Israel (infelizmente, não teremos nem VT nos canais da ESPN). Virá a bonança na quarta depois da tempestade de terça?

Choro à parte do blogueiro, veja quem foi a campo por Auxerre e Olympique hoje:

AJA: Sorin; Hengbart, Coulibaly, Grichting e Dudka; Ndinga, Langil (Alain Traoré), Pedretti, Contout (Jelen) e Chafni (Quercia); Oliech.

OM: Mandanda; Kaboré, Diawara, Mbia e Heinze; Edouard Cissé, Cheyrou (Andre Ayew) e Lucho González; Brandão, Rémy e Gignac (Valbuena).

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 27 de julho de 2010 Francês da 1ª divisão | 23:59

Aperitivo valendo taça

Compartilhe: Twitter

Ótima pedida para aquecer as baterias para o Campeonato Francês 2010/2011, que terá início no dia 7, acontece nesta quarta-feira: Olympique de Marselha x Paris Saint-Germain. E o que é melhor: é mais que um amistoso pré-temporada, pois há um troféu em disputa.

Campeão francês (OM, que levou também a Copa da Liga) e vencedor da Copa da França (PSG) disputam o Troféu dos Campeões em Radés, na Tunísia, que venceu outras concorrentes para sediar a decisão. O futebol francês volta ao continente africano, mas dessa vez promete fazer bonito dentro de campo. A bola rola a partir das 15h45 de Brasília, com transmissão ao vivo pelo SporTV.

psg treino nenê

Bem ambientado no PSG, Nenê foi relacionado para o jogo na Tunísia (AFP)

Do lado parisiense, o goleiro Grégory Coupet pode levar seu sexto troféu, o que seria um recorde. O PSG busca o tricampeonato (tem duas taças, 1995 e 1998) com time quase completo – só não terá o atacante Guillaume Hoarau, suspenso – e bom retrospecto nos últimos amistosos (três vitórias em quatro partidas). Por outro lado, o Olympique vai atrás de uma conquista inédita sem boa parte de sua força, como Mamadou Niang, Brandão, Gabriel Heinze e Stephane Mbia. Vamos ver quem começa a temporada francesa com a moral no alto do pódio…

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

segunda-feira, 26 de abril de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 17:28

Marselha ou Auxerre

Compartilhe: Twitter

Olympique de Marselha (71 pontos ganhos em 34 jogos) e Auxerre (66 p e 34 j) não decepcionaram em mais uma rodada da reta final e, a quatro do fim do Campeonato Francês, polarizaram de vez a disputa pelo título. Restando 12 pontos a disputar, Lille (61 p e 34 j), Montpellier (60 p e 34 j), Lyon (59 p e 33j) e Bordeaux (57 p e 33 j) ainda estão vivos matematicamente, mas é pouquíssimo provável que qualquer um desses clubes ganhe todas as partidas que restam e também conte com fracasso quase total de OM e AJA. 

O mais empolgante é que, na próxima rodada, justamente Marselha e Auxerre se encontrarão!  O duelo acontece na casa do vice-líder e é crucial para sua pretensão de buscar a taça, pois uma vitória faria a diferença cair para dois pontos, com ainda três rodadas pela frente. Já em caso de triunfo do Olympique, a margem entre os líderes subiria para cinco pontos, com nove por disputar até o fim do torneio, ou seja, cenário encaminhado para a festa marselhesa.

Lembrando que Auxerre x Marselha acontecerá nesta próxima sexta-feira, às 16h de Brasília. Será a única partida do dia, com mais sete no domingo e duas já nesta terça-feira, popularmente conhecida como amanhã: Monaco x Le Mans e Grenoble x Paris Saint-Germain (14h de Brasília, ambos). Tudo isso porque o sábado será exclusivo da decisão da Copa da França, entre Monaco e Paris Saint-Germain, a partir das 15h45 no horário brasileiro. O fim de semana promete grandes emoções!

Jelen aplaude a juventude auxerrense, esperançosa ainda de ser campeã (AFP)

A 34ª journée:

Olympique de Marselha 1 x 0 Saint-Etienne (Valbuena) – mais de 55 mil pessoas no Vélodrome
O meia Mathieu Valbuena vem se mostrando o talismã do time de Didier Deschamps – balançou as redes nas últimas três rodadas. Além dele, o goleiro Mandanda, o zagueiro-volante camaronês Mbia e o atacante brasileiro Brandão foram muito bem contra o ASSE, primeiro fora da zona do rebaixamento na tabela.

Toulouse 0 x 3 Auxerre (Pedretti e Jelen 2
Goleador da rodada, o polonês Ireneusz Jelen galgou posições na briga pela artilharia e já aparece entre os cinco primeiros. Destaques também para o goleiro Sorin, o zagueiro malinense Coulibaly e o meia Pedretti contra o TFC, total decepção.

Nancy 0 x 0 Montpellier 
Bobeada que custou caro ao fôlego do MHSC de ameaçar Auxerre e Olympique.

Le Mans 1 x 2 Lille (Maïga; Túlio de Melo e Cabaye) 
Mais um gol na conta do brasileiro Túlio. O Lille tem elenco e futebol para estar, pelo menos, aonde hoje se encontra o Auxerre na pontuação, mas sofreu com desfalques e perdeu pontos importantes no decorrer deste segundo turno. O arqueiro Landreau, o polonês Obraniak e o marfinense Gervinho (olha ele aí!) tiveram bons desempenhos nesta vitória fora de casa. Já o Le Mans deve cair oficialmente para a segunda divisão em uma ou duas rodadas.

Lorient 1 x 0 Bordeaux (Gameiro)
Tudo bem que o goleiro Cappone foi parte importante na vitória dos anfitriões. Mas a “proeza” é toda dos girondinos: quatro derrotas e um empate nas últimas cinco rodadas da Ligue 1! Um ponto conquistado de 15 possíveis!! O atual campeão nacional vai ter que suar para voltar à Liga dos Campeões da Europa no semestre que vem…

Paris Saint-Germain 1 x 1 Rennes (Hoarau; Leroy) – mais de 32 mil pessoas no Parc des Princes
Equilíbrio esperado, pelas posições de ambos na tabela.

Lens 1 x 1 Valenciennes (Roudet; Pujol) – mais de 34 mil pessoas no Fellix-Bolaert
O mesmo do jogo anterior – mais uma torcida fanática que não merece o time que tem…

Sochaux 0 x 3 Boulogne-sur-Mer (Thil, Yatabaré e Blayac) – Faty-SOC foi expulso
Fraquinho demais esse Sochaux. Por pouco, deve se sustentar na primeira divisão na próxima temporada. O que parece quase impossível ao Boulogne, que precisa de mais uns quatro resultados desses, além de tropeços sucessivos de Sochaux ou Saint-Etienne, para não ser degolado.

Nice 2 x 1 Grenoble (Mouloungui e Faé; Akrour) 
E a tia Nice, pelo menos, manterá seus sobrinhos na elite francesa no próximo campeonato.

*Quarta, 12/05
14h – Lyon (3º) x Monaco (9º) – jogo postergado em função do compromisso da próxima terça do Lyon na Liga dos Campeões da Europa

Valbuena foi rápido (para os sagazes) na comemoração, diante da vibração da torcida (AFP)

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (71 pontos em 34 jogos), seguido pelo Auxerre (66 pontos em 34 jogos), à frente do Lille (61 pontos em 34 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) e Gameiro (Lorient) têm 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Jelen (Auxerre), Erding (PSG) e Lisandro (Lyon), 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última