Publicidade

Posts com a Tag Malouda

terça-feira, 12 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa | 18:14

Ao menos é uma vitória

Compartilhe: Twitter
 
 

Yoann Gourcuff marcou gol nas duas últimas vitórias, sobre Romênia e Luxemburgo (AFP)

Yoann Gourcuff marcou gol nas duas últimas vitórias, sobre Romênia e Luxemburgo (AFP)

França 2 x 0 Luxemburgo (gols de Benzema e Gourcuff). Pouco. Mas não sejamos injustos, pois o principal objetivo (vitória) foi conquistado em Metz. O resultado mantém os Bleus na ponta do grupo D das Eliminatórias para a Eurocopa 2012 até 25 de março de 2011, quando o selecionado faz o jogo contra o mesmo Luxemburgo lá no minúsculo país. Com a vitória da Bielorrússia sobre a Albânia por 2 a 0 também, hoje também, os bielorrussos se garantem na vice-colocação, com um ponto a menos que os franceses (8 a 9), deixando os albaneses em terceiro (5).

Tudo bem, pois outros grandes europeus nem o gostinho da vitória puderam sentir nesta terça: a Inglaterra ficou no zero com Montenegro (em Wembley) e a Itália sequer conseguiu jogar, por causa da selvageria dos torcedores da Sérvia em Gênova. Azar o deles né?

Atualização de quarta, 13/10, com os jogadores que foram a campo: Lloris; Réveillère, Rami, Mexès e Clichy; Alou Diarra, Diaby, Malouda (Nasri) e Gourcuff; Benzema (Payet) e Hoarau (Rémy).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 8 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 21:45

O importante é o resultado

Compartilhe: Twitter
Karim Benzema no treino de reconhecimento do glorioso Stade de France (AFP)

Karim Benzema no treino de reconhecimento do glorioso Stade de France (AFP)

Faço minhas as palavras de Laurent Blanc, sobre o terceiro jogo da França nas Eliminatórias da Eurocopa 2012, neste sábado, contra a Romênia (16h de Brasília, com SporTV ao vivo e Tempo Real do Placar iG). Mesmo que o time não encante em Saint-Denis, se ganhar está ótimo. Até porque os empates desta sexta-feira pelo grupo francês ajudaram – Luxemburgo 0 x 0 Bielorrússia, Albânia 1 x 1 Bósnia -, deixando a classificação da seguinte maneira:

1. Albânia (!): 5 pontos, 1 gol de saldo, 3 gols marcados
2. Bielorrússia: 5 pontos, 1 gol de saldo, 1 gol marcado
3. Bósnia: 4 pontos, 1 gol de saldo, 4 gols marcados 
4. França: 3 pontos, 1 gol de saldo, 2 gols marcados
5. Romênia: 2 pontos, 0 gol de saldo, 1 gol marcado
6. Luxemburgo: 1 ponto, -4 gols de saldo, 0 gols marcados

Ou seja, qualquer vitória amanhã leva os Bleus para o topo do grupo D. Sem poder escalar os lesionados Sagna, Diaby e Alou Diarra, Blanc deve sair jogando no 4-5-1 com os seguintes nomes: Lloris; Réveillère, Rami, Mexès e Clichy; M’Vila, Gourcuff, Nasri, Valbuena e Malouda (que deve ser capitão de novo); Benzema.

A provável escalação do técnico Razvan Lucescu na Romênia é: Pantilimon; Rat, Tamas, Chivu e Radoi; Torje, Deac, Maftei e Bilasco; Stancu e Niculae. Sem o destaque Adrian Mutu, suspenso por doping, o nome mais conhecido do escrete romeno é o do polivalente defensor Cristian Chivu, atualmente na Inter de Milão, da Itália. Daniel Niculae fará o papel de “inimigo íntimo” dos franceses, pois atua no Monaco.

A arbitragem será do português Pedro Proença Oliveira Alves Garcia. Então vamos ganhaire, pá!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 20:04

O time que se desenha. Com uma surpresa

Compartilhe: Twitter

Três dias antes de pegar a Romênia, a França pode ir a campo no esquema 4-2-3-1, conforme se viu no treino desta quarta-feira. Laurent Blanc manteve Lloris como titular no gol, tendo à sua frente, na defesa, o quarteto Réveillère, Mexès, Rami e Clichy, da direita para a esquerda.

No meio-de-campo, provavelmente a maior surpresa: Gourcuff como volante, ao lado de Mvila. Um pouco mais à frente, o trio Valbuena-Nasri-Malouda, apoiando ofensivamente o único atacante de ofício, Benzema.

Os nomes me agradam, mas temo que, preocupado demais com a marcação, Yoann perca boas oportunidades para ajudar o ataque com seu talento…

Cada repórter tenta fazer Gourcuff provar sua Ana Maria Pullmann...

Cada repórter tenta fazer Gourcuff provar sua Ana Maria Pullmann...

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 17:53

Seleção prepara a mente

Compartilhe: Twitter

Como Laurent Blanc tinha indicado aos jogadores, a seleção francesa já conta com o auxílio de um psicólogo. O profileur esteve em Clairefontaine-en-Yvelines, concentração dos Bleus, nesta terça-feira de tarde, entrando em contato pela primeira vez com os atletas que se preparam para os próximos jogos das Eliminatórias da Eurocopa 2012. O técnico confia na importância da preparação mental, revelando que ela o ajudou a conquistar a Copa do Mundo de 1998, como zagueiro e capitão do time de Aimé Jacquet.

Outros problemas que parecem incomodar o técnico são pontualidade e a disciplina. Karim Benzema foi novamente alvo de reclamações, agora porque se apresentou com atraso em Clairefontaine, no início dessa semana, junto com o colega de Real Madrid Lassana Diarra. É bom que Benzema mostre serventia nos treinos e jogos, senão a paciência do professeur acaba mais cedo ou mais tarde…

Payet chega à concentração. Na França, Clairefontaine é a casa dos Bleus. No Brasil, é o Le Blog du Foot! (AFP)

Payet chega à concentração. Na França, Clairefontaine é a casa dos Bleus. No Brasil, é o Le Blog du Foot! (AFP)

No que diz respeito ao time que levará a campo contra a Romênia, no sábado, Blanc talvez poupe Abou Diaby, que saiu lesionado do último jogo do Arsenal, contra o Chelsea, no domingo. Mesmo que seja escalado como titular, o volante não deve atuar uma partida inteira logo de cara.

Com o outono europeu indicando cerca de 10 graus Celsius na região da Île-de-France, que compreeende a capital Paris, no norte do país, a atividade coletiva com bola do dia não revelou ainda o time titular contra os romenos, mas a tendência é que Yohann Gourcuff, Samir Nasri e Florent Malouda saiam jogando juntos no meio-de-campo. É por aí mesmo, Laurent!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 30 de setembro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 16:53

O artilheiro seduziu o treinador

Compartilhe: Twitter

E Dimitri Payet alcançou a seleção francesa. O goleador do Campeonato Francês com média de um tento por jogo (7 em 7 rodadas) pelo Saint-Etienne é a principal novidade da lista de Laurent Blanc para a terceira e quarta rodadas das Eliminatórias para a Eurocopa 2012. A França receberá Romênia, agora no dia 9 de outubro, e Luxemburgo, três dias depois.

Legal ver Gourcuff e Nasri de volta. Ben Arfa, começando bem na Inglaterra pelo Newcastle, ficou de fora. O mais engraçado é que Blanc falou publicamente que Benzema, afeito às baladas all night long, “não gosta de trabalhar e acordar cedo”, mas chamou o atacante do Real Madrid. Será que ele vai lhe dar um despertador à la Mr. Bean, que joga água na cara do sujeito pra ele levantar na marra??

Payet tem sido figurinha repetida dos gols do Francês 2010/2011 (AFP)

Payet tem sido figurinha repetida dos gols do Francês 2010/2011 (AFP)

Vamos ver se Blanc consegue criar o “núcleo duro” que deseja para dar solidez ao time. Enfin, voilá la liste:

Goleiros: Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Cédric Carrasso (Bordeaux).

Defensores: Bakary Sagna (Arsenal/Inglaterra), Adil Rami (Lille), Philippe Mexès (Roma/Itália), Mamadou Sakho (Paris Saint-Germain), Gaël Clichy (Arsenal/Inglaterra), Benoît Trémoulinas (Bordeaux).

Meio-campistas: Abou Diaby (Arsenal/Inglaterra), Alou Diarra (Bordeaux), Lassana Diarra (Real Madrid / Espanha), Yann Mvila (Rennes), Florent Malouda (Chelsea/Inglaterra), Yoann Gourcuff (Lyon), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha), Blaise Matuidi (Saint-Étienne), Samir Nasri (Arsenal/Inglaterra).

Atacantes: Kevin Gameiro (Lorient), Guillaume Hoarau (Paris Saint-Germain), Karim Benzema (Real Madrid/ Espanha), Loïc Rémy (Olympique de Marselha), Dimitri Payet (Saint-Étienne).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 28 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:39

Oh Liga inglória!

Compartilhe: Twitter
O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

Claro que eu não esperava algo diferente de derrotas de Olympique de Marselha para Chelsea e de Auxerre para Real Madrid. Porque torço pros franceses, mas em se tratando de Liga dos Campeões da Europa é preciso ser racional. Mas perder sempre dói de alguma forma, ainda mais quando você sente que a zebra podia prosperar até o fim do jogo.

Pô, o fra(n)co batalhador Auxerre do goleiro Sorin-não-argentino segurou o Real por 82 minutos (até o gol de Di Maria, Ave Maria!), com Cristiano Ronaldo, gel, pompa e circunstância! Custava segurar por mais uns dez, pra garantir o histórico empate no pitoresco L’Abbé-Deschamps? Ou quem sabe mandar pro gol de Iker Casillas um mísero contra-ataque com Jelen ou uma testada de zagueiro após chuveirão na área?

Lá do outro lado do Canal da Mancha, é óbvio que o “Chersa” foi melhor que o OM. Mas vejam que azar falta de sorte do time de-Didier-Deschamps nos gols: primeiro, Terry dá um leve toquinho e a bola passa no único furo existente entre o pé de Cheyrou e a trave de Mandanda! Depois, no cruzamento de Essien, Mbia virou de costas, mas a mal-intencionada bola foi encontrar justamente seu braço, sendo acintosa na queda ao gramado, para convencer o juiz de que foi pênalti. Com até a física a favor do time inglês, que se pode fazer?

A esperança é que amanhã o Lyon é o favorito contra o Hapoel, mesmo em Israel (infelizmente, não teremos nem VT nos canais da ESPN). Virá a bonança na quarta depois da tempestade de terça?

Choro à parte do blogueiro, veja quem foi a campo por Auxerre e Olympique hoje:

AJA: Sorin; Hengbart, Coulibaly, Grichting e Dudka; Ndinga, Langil (Alain Traoré), Pedretti, Contout (Jelen) e Chafni (Quercia); Oliech.

OM: Mandanda; Kaboré, Diawara, Mbia e Heinze; Edouard Cissé, Cheyrou (Andre Ayew) e Lucho González; Brandão, Rémy e Gignac (Valbuena).

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 15 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:15

Quase tudo errado

Compartilhe: Twitter

Somente os jogadores franceses que atuam em clubes não-franceses tiveram o que comemorar nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões da Europa. Os times do país, Olympique de Marselha e Auxerre, saíram derrotados em circunstâncias diferentes. Que o AJA fatalmente perderia para o Milan, era esperado (foi 2 a 0). A decepção ficou por conta do revés em casa do Olympique para o Spartak Moscou (1 a 0). Em compensação, a dupla Florent Malouda-Nicolas Anelka protagonizou um dos gols do sacode que o Chelsea impôs ao Zilina na Eslováquia (4 a 1). Anelka marcou mais um na goleada, provando que, assim como Govou, sabe marcar gol pelo menos no seu clube…

Primeiro vamos de Auxerre, que pude ver pela TV na íntegra, o que é bem raro durante a semana. Jean Fernandez levou a campo Sorin; Hengbart, Coulibaly, Mignot e Grichting; Oliech, Pedretti, Ndinga, Birsa (Le Tallec) e Langil (Chafni); Jelen. O primeiro tempo foi bom para o recuado time francês, que, embora tenha tido bem menos posse de bola, conseguiu duas chances claras de gol, em cabeçada no travessão do becão Coulibaly e em ótimo contra-ataque no qual Langil foi fominha e não passou quando invadiu a área.

Sem aproveitar as poucas chances, deixando o polonês Jelen sozinho na frente e com o esloveno Birsa muito lento, o Auxerre pagou pelo melhor segundo tempo do Milan, especialmente quando Robinho entrou no lugar de Alexandre Pato. Aos 21, Ronaldinho levantou na área com precisão, Boateng escorou de cabeça e Ibrahimovic enganou Sorin, fazendo 1 a 0. Mal incorporou o baque, o AJA levou o segundo três minutos depois, quando novamente Ronnie puxou contra-ataque, serviu Ibra e o sueco bateu de primeira, de lado, no canto do goleiro “auxerrês”.

Fraco no ataque e sem inspirações individuais, o time francês sucumbiu e agora divide a lanterna do grupo G com o Ajax, derrotado pelo Real Madrid pelo mesmo placar, com o qual deve, no máximo, brigar pela terceira posição da chave e a vaga na próxima fase da Liga Europa. O próximo compromisso é contra o Real no Abbé-Deschamps.

Em Marselha, o time de Didier Deschamps foi Mandanda; Azpilicueta, Hilton, Heinze e Taiwo; Edouard Cissé, Cheyrou e Lucho González (Jordan Ayew); Valbuena, Brandão (Gignac) e André Ayew. Não pude ver o jogo do Vélodrome, mas relatos dão conta de que a pressão do Marselha foi forte, especialmente no segundo tempo. E a sorte faltou quando o lateral-direito espanhol Cezar Azpilicueta marcou contra o patrimônio aos 36 minutos e, na tentativa de diminuir o prejuízo, o OM mandou uma bola na trave já nos acréscimos!

Como está na mesma chave de Chelsea e Zilina, o Olympique deve, em tese, brigar pela segunda vaga do grupo com o próprio Spartak, o que o obriga a buscar a vitória quando for jogar em Moscou. O próximo compromisso na Liga é árduo: Chelsea, no Stamford Bridge, em provável reencontro com Didier Drogba.

Mignot disputa bola com o carrasco do Auxerre em Milão, Zlatan Ibrahimovic (Reuters)

Mignot disputa bola com o carrasco do Auxerre em Milão, Zlatan Ibrahimovic (Reuters)

Bonita a camisa do Olympique de Brandão. Mas acho que de cabelo comprido o brasileiro tem mais sorte... (Reuters)

Bonita a camisa do Olympique de Brandão. Mas acho que de cabelo comprido o brasileiro tem mais sorte... (Reuters)


Quinta: Liga Europa!

Pontapé inicial na fase de grupos para uma penca de times (48), entre eles Paris Saint-Germain e Lille. O PSG vai à Espanha enfrentar o Sevilla, às 16h05 – com ESPN Brasil ao vivo. O LOSC recebe o Sporting Lisboa (Portugal), pelo grupo C, às 14h.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 13 de setembro de 2010 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 17:22

Equilíbrio bacana

Compartilhe: Twitter

Finada a quinta rodada do Campeonato Francês, a tabela de classificação não mostra ninguém desgarrado, o que é assaz interessante para a competitividade e emoção do torneio. Derrotado pela primeira vez, para o Saint-Etienne (ASSE), o Toulouse lidera com um ponto à frente do Rennes, que por sua vez está um acima do ASSE. Em seguida, todo mundo vem coladinho, com exceção do Arles-Avignon, que destoa pela incapacidade de somar qualquer ponto até aqui. Confira tabela completa

O curioso é que os representantes do país na Liga dos Campeões da Europa, que começa a fase de grupos nesta terça, não empolgam em território nacional: o Olympique de Marselha é o 13º colocado, o Lyon é o 16º e o Auxerre, o 17º, entre os 20 clubes da elite francesa.

Duas goleadas se destacaram na journée do fim de semana:  PSG 4 x 0 Arles e Lens 1 x 4 Lille. Nenê foi o destaque do Parc des Princes, mostrando habilidade na bola parada. Ele e o colega de ataque Hoarau engrossam a turminha dos jogadores com três gols no Francesão, atrás do líder da artilharia, Dimitri Payet, do Saint-Etienne, que tem quatro.

Vi um pedaço de (Tia) Nice x Bordeaux, pela TV. Soneca, o time de Tigana mereceu a derrota pelo que (não) apresentou. No empate entre Lyon e Valenciennes, Gourcuff e Diakhaté estrearam como titulares, mas foi o novato Jérémy Pied, de 21 anos, que marcou, em sua segunda partida oficial pelo clube principal do OL.

Nenê prova a eficiência da sua canhotinha em PSG x Arles (AFP)

Nenê prova a eficiência da sua canhotinha em PSG x Arles (AFP)

Campeonato Inglês
Da galera francesa do Arsenal, o zagueiro Laurent Koscielny marcou um dos gols da goleada sobre o Bolton por 4 a 1, no sábado (o beque deve estar na lista de “podem ter uma chance algum dia” do xará Laurent Blanc, não?). Não vou informar que o marroquino Marouane Chamakh, ex-Bordeaux, estufou as redes (de novo) de cabeça (novamente), porque ele não joga mais na França, certo?

O meia Florent Malouda, do Chelsea e da seleção, não foi às redes nesse fim de semana, mas mesmo assim divide a artilharia geral da Premier League com mais três jogadores, todos com quatro gols após o mesmo número de  rodadas disputadas.

Liga dos Campeões
Amanhã, terça, começa o pega pro Lyon, semifinalista da última Champions. Recebe o Schalke 04, pela primeira rodada do grupo B, às 15h45 de Brasília. Para ver ao vivo, acho que só pela internet. A ESPN Brasil anuncia a transmissão do VT às 19h30 de amanhã.

Segundo Felix Magath, treinador do time alemão, sua equipe é a azarã, que não tem nada a perder diante do favorito OL. Lembrando que o Schalke não somou nenhum ponto nas três primeiras rodadas da Bundesliga, embora o Lyonnais também não faça uma campanha de encher os olhos: 5 pontos de 15 possíveis na Ligue 1.

Assim que eu tiver uma ideia das equipes prováveis para o jogo no Gerland, coloco aqui.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 8 de setembro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 11:53

Bela resposta

Compartilhe: Twitter
Blanc, Valbuena e Benzema após a vitória da França sobre a Bósnia em Sarajevo

Blanc, Valbuena e Benzema após a vitória: o técnico ficou tão aliviado que não comemorou tanto... (AFP)

Caros, perdoem o atraso para falar de Bósnia x França, que foi ontem (terça) de tarde. Acontece que folguei nesse feriado de Independência (o que acontece em apenas 50% dos feriados) e tirei os dias para uma viagem, programada há meses e necessárias para o ser humano Bruno Pessa.

Finalmente a seleção francesa obteve um resultado que se espera dela! Depois de acumular derrotas contra rivais de menor prestígio e qualidade técnica, venceu a Bósnia-Herzegovina em Sarajevo por 2 a 0. Recupera-se, assim, da estreia negativa pelas Eliminatórias da Eurocopa 2012, quando foi surpreendida pela Bielorrússia no seu Stade de France (1 a 0), no sábado.

No dia em que venceria a primeira como comandante bleu, Laurent Blanc levou a campo Lloris; Sagna, Rami, Méxès e Clichy; Alou Diarra, Diaby e Mvila; Valbuena, Malouda (substituído por Matuidi aos 35 do 2o) e Benzema. Do outro lado, bósnios conhecidos do futebol francês (Pjanic, Spahic) e de sucesso nos campos alemães (Dzeko, Ibisevic).

Depois de um primeiro tempo truncado, jogando mais na defesa, a França buscou ser mais ofensiva na segunda etapa e foi premiada em dois momentos: aos 27, Karim Benzema recebeu de Clichy, servido por Malouda, e virou para cima da zaga adversária com categoria, marcando o primeiro. Sete minutos depois, em contra-ataque, Diaby recebeu de Sagna e cruzou para Valbuena, que rolou a bola para os pés de Florent Malouda, sem goleiro, só complementar para o gol.

Com os demais resultados da rodada (Bielorrússia 0 x 0 Romênia, Albânia 1 x 0 Luxemburgo), o grupo D é liderado pela Albânia, acreditem. Considerando que o confronto direto vale mais do que o saldo de gols em caso de igualdade de pontos, a classificação mostra:

1. Albânia: 4 pontos, 1 gol de saldo, 2 gols marcados
2. Bielorrússia: 4 pontos, 1 gol de saldo, 1 gol marcado
3. França: 3 pontos, 1 gol de saldo, 2 gols marcados
4. Bósnia: 3 pontos, 1 gol de saldo, 3 gols marcados 
5. Romênia: 2 pontos, 0 gol de saldo, 1 gol marcado
6. Luxemburgo: 0 pontos, -4 gols de saldo, 0 gols marcados

Claro que ainda não é a posição que a França pode alcançar de fato. Mas a convincente vitória fora de casa dá mais tranquilidade na preparação para o próximo pega: contra a Romênia, dia 9 de outubro, em casa.

Tubarão, o que você tem a dizer?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 2 de setembro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 18:27

O pré-time, ainda sem capitão

Compartilhe: Twitter

A França de Laurent Blanc terminou o treino na véspera do pega contra a Bielorrússia com a seguinte formação: Lloris; Sagna, Rami, Mexès e Clichy; Alou Diarra, Diaby, Malouda e Ménez; Hoarau e Rémy, dando a indicação de que Benzema não tem condições de começar como titular. Independentemente de quem jogue, o técnico faz questão que todos estudem a Marselhesa e cantem o hino nacional momentos antes da partida, em mais uma iniciativa para restaurar o ânimo e o carinho do país para com a seleção.

Em relação ao time que palpitei ontem, Clichy, Alou e Hoarau se sobrepuseram a Trémoulinas, Lassana e Gameiro. O que não se sabe ainda é o capitão, pois o técnico deve divulgar a escolha apenas amanhã. Como trajou a braçadeira contra a Noruega, no amistoso que marcou a estreia do comandante Blanc, Mexès tem boa expectativa de repetir o feito.

De fato, a francesa TV5 exibirá a partida ao vivo, abrindo a transmissão para a América Latina às 15h26 de Brasília. A SporTV está anunciando a transmissão do jogo em VT, na meia-noite de sexta para sábado – no mesmo horário em que estiver rolando França x Belarus (16h de Brasília), vai mostrar Bélgica x Alemanha ao vivo. Quê se vai fazer?

Sub-21
A seleção francesa de jovens também joga nesta sexta, e também por uma eliminatórias para a Eurocopa (2011). Pega a Ucrânia, às 13h30 de Brasília, em Kiev, e precisa da vitória para seguir com chances de ir à fase final na Dinamarca, em junho do ano que vem, e, consequentemente, aos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última