Publicidade

Posts com a Tag Lloris

quarta-feira, 14 de setembro de 2011 Torneios europeus | 21:55

Mais estreias na UCL: Lille 2 x 2 CSKA e Ajax 0 x 0 Lyon

Compartilhe: Twitter

Dois empates com sabores diferentes para os franceses de hoje na Liga dos Campeões da Europa. Por jogar na Holanda, com um adversário de porte semelhante, o Lyon não pode reclamar do “nul” contra o Ajax. Já o Lille, por estar vencendo até os 45 do 2o e ceder o empate para o respeitável CSKA em seus domínios, se lamenta por ver dois preciosos pontos irem por água abaixo.

lille-cska-balmont-vlove-afp

Vagner Love tenta escapar da marcação de Florent Balmont (AFP)

Sem Yoann Gourcuff, Lisandro Lopez, Cris e Ederson, todos machucados, Rémi Garde escalou um 4-4-2 clássico em Amsterdã, com Jérémy Pied e Bafétimbi Gomis no ataque, abastecidos por Michel Bastos e Jimmy Briand. A braçadeira de capitão, geralmente atribuída à Hugo Lloris, coube desta vez à Anthony Réveillère.

Ineficiente lá na frente, o OL soube se segurar lá atrás sobretudo, mais uma vez, a uma boa atuação de Lloris. O maior domínio foi holandês, embora o time visitante tenha tido chance de marcar. No fim, não acabou mal. Se de fato Lyon e Ajax brigarem pelo segundo lugar do grupo, atrás do Real Madrid, uma vitória sobre os holandeses em Gerland deixa a equipe de Garde bem na parada.

Pela primeira vez jogando uma fase de grupos da UCL no Stadium Lille Métropole, o atual campeão francês entrou em campo sem Payet e Chedjou, este substituído por Rozehnal. Rudi Garcia escolheu Obraniak e deixou Joe Cole e Jelen começando no banco. O ataque lillois viria a funcionar no final do primeiro e início do segundo tempo, com Moussa Sow e Benoit Pedretti impondo um 2 a 0 que parecia selar o triunfo.

Porém, o time russo aproveitou suas melhores oportunidades e igualou o marcador no finalzinho, com um doublé de Doumbia. Se servir de consolo, a Inter de Milão fez pior em casa e contra uma equipe claramente mais fraca: 1 a 0 para o turco Trabzonspor, na mesma chave do LOSC.

ajax-lyon-afp

Um momento sambalelê no jogo do Lyon, sem momentos a ressaltar (AFP)

Curiosidades da Champions
– Sabias que a França é o segundo país em número de jogadores inscritos na Liga? Veja quem a supera além de outros dados, como os destaques para Marselha, no quesito “elenco com menos tempo de clube”, e Lyon, no item “elenco mais jovem”, neste post do blog de futebol espanhol do iG.

PSG na TV amanhã
– A estreia do Paris na Liga Europa, recebendo o Red Bull Salzburg, terá transmissão ao vivo da ESPN Brasil nesta quinta-feira, às 14h de Brasília. O Rennes também debuta, mas às 16h05, contra a Udinese na Itália.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 6 de setembro de 2011 Eliminatórias da Eurocopa | 23:17

Emoções à vista no final das Eliminatórias da Euro 2012?

Compartilhe: Twitter
frança-romenia-afp

Procurando uma imagem de ROM x FRA pr'este post, me deparei com essa e acho que a audiência masculina aprovará... Aos interessados, trata-se de uma homenagem da Uefa para o ex-jogador romeno Ladislau Boloni (AFP)

Some o empate francês contra a Romênia hoje, um xoxo 0x0, com a vitória bósnia sobre Belarus (1 a 0) e temos um cenário montado para a indefinição do grupo D antes das duas rodadas finais.

Os Bleus continuam líderes isolados, é verdade, mas a diferença caiu de três para apenas um ponto em relação à Bósnia (17 a 16. Romênia e Belarus, com 12, ainda estão no páreo). Na penúltima rodada, ambos jogam em casa: França x Albânia e Bósnia x Luxemburgo, no dia 7 de outubro.

Considerando a plena normalidade (que os ponteiros somarão três pontos cada um), no derradeiro compromisso, quando se encontrarão em território gaulês (11 de outubro), a briga pelo topo da chave estará em aberto. E como só os líderes de grupos se garantem na Eurocopa do ano que vem – dos vices, só o melhor avança de cara; os demais decidem as vagas remanescentes em repescagens -, a busca pela vitória tenderá a levar o duelo para um patamar pra lá de emocionante. Nessa situação, convém aos jogadores de Laurent Blanc ter o empate como aliado, é claro.

Mas falando do jogo desta terça em Bucareste, parece que só Hugo Lloris se salvou com duas defesas cruciais. Ou alguém mais merece destaque positivo? (Não vale citar a invencibilidade que chegou a 13 partidas…). Veja as notas dos franceses e opine!

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 2 de setembro de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 21:47

Vitória magra e ponta garantida nas Eliminatórias da Euro

Compartilhe: Twitter
FBL - EURO - 2012 - ALB - FRA

Karim soca o ar, acompanhado pelo capitão Diarra, Nasri e Malouda (AFP)

Não foi pra se comemorar muito, pois o desempenho e o resultado poderiam ter sido melhores. Mas o mais importante veio, que foi a vitória na Albânia por 2 a 1. Obrigação cumprida, liderança mantida nas Eliminatórias da Euro e, o que não é pouco, série invicta ampliada para 12 partidas.

Sem poder contar com Sagna, indisposto graças a uma virose, Laurent Blanc levou a campo, em Tirana, uma formação com Lloris; Réveillère, Kaboul, Abidal e Evra; M’Vila, Alou Diarra, Nasri, Malouda e Ribéry; Benzema. Na aproximação ao centroavante do Real Madrid, Malouda foi deslocado para a direita, ao contrário do que normalmente exerce no Chelsea, em benefício de Ribéry, mais à vontade pelo lado esquerdo do apoio ao ataque.

O primeiro tempo francês foi muito bom, com Benzema, aos 11, e M’vila, aos 18, dando a impressão que uma vitória tranquila se concretizaria. Porém, o time bem organizado na marcação e audacioso ofensivamente mudou de feição depois do intervalo. Kaboul foi o destaque negativo, com erro no gol albanês. Por sorte, Lloris segurou as pontas e Benzema já havia feito o suficiente para assegurar o triunfo bleu. Detalhe para as poucas infrações: seis faltas assinaladas para cada lado apenas, com três cartões amarelos ao todo, todos para os anfitriões.

A rodada ainda foi muito positiva para a França, com o então vice-líder do grupo Belarus sendo derrotado pela Bósnia (2 a 0), que por conseguinte lhe ultrapassou na tabela. Na outra partida do dia, Romênia bateu Luxemburgo por 2 a 0. Agora, os franceses lideram com três pontos de vantagem para os bósnios (16 a 13) e, se vencerem os romenos na terça-feira, podem chegar à última série de duas rodadas numa situação bastante favorável para assegurar a classificação com uma partida de antecipação – vamos torcer também por um empate entre Bósnia e Belarus, d’accord?

(Como na Europa as ligas nacionais não se chocam com as datas Fifa, a quinta rodada do Campeonato Francês acontece apenas no próximo final de semana, em 10 e 11 de setembro. Aprende, CBF!)

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 11 de agosto de 2011 Seleção francesa | 10:56

França 1 x 1 Chile: Não ganhou, mas merecia

Compartilhe: Twitter

Embora o empate em Montpellier não tenha sido o resultado esperado, a França foi melhor e poderia perfeitamente ter vencido o Chile. Em se tratanto de amistoso, o que mais vale são testes e observações. Como o time foi bom, valeu. E não podemos desprezar que é a 11ª partida consecutiva sem derrota.

No Stade la Mosson, Laurent Blanc colocou para jogar Lloris; Sagna (Reveillere), Kaboul, Abidal (capitão) e Clichy; M’vila, Nasri (Cabaye) e Martin (Matuidi); Rémy, Malouda (Ménez) e Benzema (Gameiro).
 
Os Bleus começaram na frente, quando, aos 19 minutos, servido em profundidade pela esquerda, Benzema invadiu a área chilena, esperou e cruzou certeiro para a cabeçada também infalível de Rémy.

remy-vidal-frança-chile-afp

Loïc Rémy em lance com Arturo Vidal: o atacante do Olympique de Marselha vai se firmando perante o comandante Blanc (AFP)

Com bom desempenho dos homens do meio para frente, os donos da casa seguiram perto de ampliar o marcador. Um segundo gol até veio, quando Gameiro venceu Bravo aos 28 do segundo tempo, mas acabou anulado de forma duvidosa (pelo que li. Ainda não vi o lance…).

Poucos minutos depois, veio o castigo francês quando Cordova conseguiu acertar um chute indefensável para Lloris. Gameiro ainda teria outra chance, mas por questão de centímetros a bola não entrou.

Tudo bem, bola pra frente. Agora é se preparar para os dois compromissos que valem pontos pelas Eliminatórias da Euro 2012, no início de setembro: Albânia, dia 2, e Romênia, dia 6, ambos fora de casa.


>> Sub 20: Nas quartas
Não foi fácil mas, com um gol de Griezmann aos 30 minutos do segundo tempo, a França despachou o Equador ontem de noite e se garantiu nas quartas de finais do Mundial sub 20. Agora, encara a Nigéria no domingo, dia 14. Se for às semifinais, pega Portugal ou Argentina. Allez, Bleuets!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 3 de junho de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 18:23

Empate nada empolgante, mas um bom resultado

Compartilhe: Twitter

A França ficou no 1 a 1 com Belarus e manteve a diferença de quatro pontos na liderança do grupo D das Eliminatórias para a Eurocopa 2012. Decepcionante, como os próprios jogadores admitiram após a partida em Minsk. Mas mesmo não conseguindo devolver a derrota imposta pelos bielorrussos em solo francês, sua única até aqui no qualificatório, os Bleus continuam comandando “com uma gordura boa” a tabela.

Atrás da França, com 13 pontos em 6 jogos, está a própria Belarus, com 9. Romênia e Albânia somam 8, Bósnia 7 e Luxemburgo 1, embora albaneses e bósnios tenham um jogo a menos que os demais, 5. Também nesta sexta-feira, a Romênia, que enfrenta o Brasil na terça-despedida-do-Fofômeno, bateu a Bósnia por 3 a 0.

No dia 7, terça-feira, a rodada da chave D reserva justamente Albânia x Bósnia, jogo atrasado, além de Belarus x Luxemburgo. Os franceses só voltam a campo pelas eliminatórias em 2 de setembro, contra os albaneses fora de casa. Mas na segunda agora, dia 6, já tem amistoso contra a Ucrânia, em Donetsk, três dias antes de outro amical, contra os poloneses. Ou seja, Laurent Blanc tem tempo sim para cobrar os caras e melhorar a equipe!

bel-fra-ribery-Sergey-Vermko-afp

Franck Ribery salta sobre Sergey Vermko: quando encosta em Karim Benzema, o meia-atacante do Bayern de Munique qualifica o ataque francês (AFP)

Os gauleses jogaram com Lloris; Sagna, Rami, Sakho e Abidal; Alou Diarra (capitão), Diaby (depois Rémy aos 27 do 2º), Nasri, Malouda e Ribéry; Benzema.

Os gols saíram com um intervalo de praticamente dois minutos. Com 19 quase 20 do primeiro tempo, Rami deu uma tesourada num bielorrusso perto da lateral e levou amarelo. Na cobrança da falta cruzada, Lloris hesitou e Abidal entrou em pane, simplesmente deixando a bola bater na sua canela e entrar na direção do gol…

Aos 22, a rápida resposta começou com Sagna avançando pela direita, após tabela com Malouda. O lateral cruzou na área, Benzema ajeitou para trás como bom pivô e achou novamente Malouda de frente. O meia do Chelsea colocou no canto, com categoria.

Ainda na primeira etapa, Diarra teve ótima chance em cabeceio após escanteio, se antecipando ao goleiro. Benzema recebeu cruzamento no segundo pau também em boas condições, mas isolou. Em boa trama entre Benze e Ribéry, um chute perigoso do Scarface passou pertinho da trave.

A segunda etapa reservou menos boas oportunidades de gol para os visitantes, com Benzema e Malouda. Rémy foi o único substituto escolhido por Blanc, que não conseguiu levar seu time aos três pontos.

benzema-afp

Ei, é falta, é pênalti! Garfaram os Bleus...rs

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 1 de junho de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 20:02

Sexta-feira tem seleção, e com TV

Compartilhe: Twitter

Reunida para um jogo nas Eliminatórias da Eurocopa de 2012 e dois amistosos, a França já está em Minsk, onde disputa o primeiro desafio, fora de casa, contra os bielorrussos. Para nós, a ESPN Internacional transmitirá a partida às 15h30 desta sexta, com abre de jogo às 15h15.

Les Bleus lideram o grupo D do qualificatório continental com 12 pontos e uma vantagem tranquila, por ora, sobre os vices, justamente Belarus e Albânia (?), com 8. Portanto, os donos da casa estão mais do que motivados para ganhar dos franceses e reduzir essa diferença de quatro para somente um ponto.

Na segunda-feira, outro compromisso em solo ex-soviético: amical contra a Ucrânia em Donetsk, terra do Shakhtar. Três dias depois, na quinta, outro amistoso, contra a Polônia, em Gdansk. Ambas as cidades deverão receber jogos da Eurocopa próxima, sediada conjuntamente por ucranianos e poloneses.

evra-reveillere-fff

Laterais no voo França-Belarus: Evra tentando esquecer o Barcelona com esse foninho? Réveillère avisando mamá que liga de novo quando chegar?

Entre os jogadores selecionados por Laurent Blanc, destaque para o retorno de Eric Abidal e o début de Marvin Martin, um prêmio à boa campanha do Sochaux na Ligue 1 e ao melhor assistente do torneio. Os retenus foram:

Goleiros: Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Cédric Carrasso (Bordeaux).

Defensores: Eric Abidal (Barcelona/ESP), Bacary Sagna (Arsenal/ING), Adil Rami (Lille – Valencia/ESP), Mamadou Sakho (Paris Saint-Germain), Patrice Evra (Manchester United/ING), Anthony Réveillère (Lyon), Younes Kaboul (Tottenham/ING) – O titular da zaga e algumas vezes capitão Mexès está lesionado

Meio-campistas: Alou Diarra (Bordeaux), Blaise Matuidi (Saint-Etienne), Yohan Cabaye (Lille), Yann Mvila (Rennes), Florent Malouda (Chelsea/ING), Abou Diaby (Arsenal/ING), Jérémy Menez (Roma/ITA), Samir Nasri (Arsenal/ING), Franck Ribéry (Bayern de Munique/ALE), Marvin Martin (Sochaux), Charles N’Zogbia (Wigan/ING), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha).

Atacantes: Kevin Gameiro (Lorient), Guillaume Hoarau (Paris Saint-Germain), Karim Benzema (Real Madrid/ESP), Loïc Rémy (Olympique de Marselha).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 17 de maio de 2011 Francês da 1ª divisão | 23:15

Marselha é todo Sochaux e Lyon é todo Bordeaux

Compartilhe: Twitter

Nenê pediria pra Wendel dar uma aliviada amiga em Bordô x Parri?

Muita expectativa em torno dos dois jogos que fecham a 36ª e penúltima rodada da Ligue 1, nesta quarta-feira às 14h de Brasília. Primeiro: se vencer o Sochaux em casa, o Lille fica muito, mas muito perto mesmo do título francês – o Olympique de Marselha teria que ganhar as duas últimas partidas, torcer para o LOSC perder as duas e ainda tirar uma grande diferença de saldo de gols.

Portanto, o Marselha botará toda sua fé amanhã no time do Carlão, que renovou até 2014. Pro seu consolo, o Sochô ainda luta por algo no campeonato:  a manutenção da sexta colocação, na pior das hipóteses, para atingir a Liga Europa 2011/2012. A situação poderia ser menos feia pro OM se a vitória tivesse vindo contra o Lorient, em vez do 2 a 2, que por sinal levou Kevin Gameiro a 21 gols, se igualando a Moussa Sow na artilharia da Ligue 1, totalmente indefinida ainda. Vamos ver se o oba-oba e a ressaca da conquista histórica da Copa da Liga não tiram o foco dos Dogues…

Segundo: se vencer o Bordeaux fora, o PSG ultrapassa o Lyon na tabela, rouba-lhe o terceiro posto e a vaga que fecha a zona de acesso à Liga dos Campeões da Europa. O problema dos lioneses é que os girondinos não aspiram a mais nada na competição, fazendo uma campanha final pra lá de desanimada.

Problema que começou quando o OL não conseguiu superar o Brest na segunda-feira, ficando no 1 a 1. Ederson abriu o placar de cabeça, se antecipando ao goleiro Elana. No intervalo, um brasileiro substituiu outro, com o recuperado Michel Bastos de novo em campo. Mas Lloris não teve chance quando o tcheco Licka acertou um balaço de fora da área. Gomis perderia ótimas chances, além de sair lesionado e, no fim das contas, ver sua temporada encerrada. Cris foi bem, mas faltou o gol lá na frente…

puel_afp

O técnico Claude Puel contra o Stade Brestois. Se o Lyon não se mantiver na Champions, a tragédia que se abaterá sobre o clube deve varrê-lo... (AFP)

Os resultados das partidas já finalizadas:

Lorient 2 x 2 O. Marseille (Lamine Koné e Gameiro; Rémy e Gignac)
Brest 1 x 1 Lyon (Licka; Ederson)

A medalha da Copa da França de Túlio de Melo. Desafio do Lille agora é garantir uma honraria mais elevada (Twitter)

Saint-Etienne 1 x 2 Rennes

(Sako; Montaño e Leroy) – ASSE dificilmente alcança Liga Europa, já garantida pelo Stade Rennais se a Champions não cair no colo

Caen 2 x 0 Montpellier (Hamouma; Kandia Traoré) – Oui, Caen pode cair. MHSC não deve sair do lugar

Valenciennes 1 x 1 Auxerre (Kadir; Jo-Gook) – AJA sussa, mas VAFC ainda preocupado

Arles-Avignon 1 x 0 Toulouse (Ghilas) – Lanterninha tenta evitar pior campanha de sempre na Ligue 1. É, valeu alguma coisa… TFC ainda ameaçado por queda

Nancy 3 x 0 Nice (Hadji, Berenguer e Bakaye Traoré) – Civelli-NIC foi expulso. Os times ocupam as duas posições imediatamente superiores à zona de rebaixamento. Ou seja, continuam tensos!

Monaco 1 x 1 Lens (Moukandjo; Varane) – O empate no finalzinho não bastou: O RCL está de volta à Ligue 2. E o ASM foi pra degola, bem ameaçado portanto

>> Confira como está a classificação geral. Para quem está torcendo?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 12 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 23:32

Nenê, Hazard, Gameiro ou Sow?

Compartilhe: Twitter

Temporada acabando e as tradicionais premiações apontam os nomes que se destacaram e concorrem às honrarias. A UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais), que chega à 20ª edição dos seus prêmios, revelou os indicados em suas sete categorias. As distinções serão entregues no dia 22, domingo, por volta das 16h de Brasília, à Paris, como dizem os franceses.

Para suceder Lisandro López no rol de ganhadores do prêmio principal, de melhor jogador do ano, concorrem o brasileiro Nenê, o belga Hazard, o senegalês Sow e o francês Hazard. Abaixo coloco alguns números para a gente poder opinar sobre quem leva a melhor, além dos meus pitacos.

Entre os melhores goleiros, concorrem Landreau, Lloris, Mandanda e Ruffier. Quanto aos técnicos, o nome que sucederá Jean Fernandez (Auxerre) será ou Deschamps, ou Garcia, ou Gillot ou Gourcuff pai. As mesmas categorias se repetem na segunda divisão, a Ligue 2. E o futebol feminino também é comtemplado, com apenas jogadoras de Lyon e PSG participando. Não, Shirley Cruz não é brasileira, mas costarriquenha.

Hazard à frente de Sow em treino do LOSC. Quem se dará melhor no troféu da UNFP? (Losc.fr)

E os nominados são:

>> Meilleur joueur de Ligue 1 : Kévin Gameiro (Lorient), Eden Hazard (Lille), Nenê (Paris-SG) e Moussa Sow (Lille). Acho que dá Hazard, a maior revelação e o mais habilidoso do provável campeão

– Nenê: 33 jogos, 14 gols (26% do PSG – 6º artilheiro-geral), 6 assistências (12º no geral), 3 cartões amarelos, 0 vermelho
Hazard: 35 jogos, 7 gols (11% do Lille), 9 assistências (6º no geral), 2 cartões amarelos, 0 vermelho
– Gameiro: 33 jogos, 14 gols (46% do Lorient – 2º artilheiro-geral), 3 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho
Sow: 33 jogos, 21 gols (34% do Lille – 1º artilheiro-geral), 2 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho

> Meilleur gardien de Ligue 1 : Mickaël Landreau (Lille), Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Marseille), Stéphane Ruffier (Monaco). Fico com Landreau, para homenagear o veterano

Meilleur entraîneur de Ligue 1 : Didier Deschamps (Marseille), Rudi Garcia (Lille), Francis Gillot (Sochaux) e Christian Gourcuff (Lorient). Escolho Garcia, porque com um elenco mais fraco do que o de Deschamps ficou quase sempre na frente na tabela

> Meilleur joueur de Ligue 2 : Benjamin Corgnet (Dijon), Rudy Haddad (Châteauroux), Sloan Privat (Clermont-Ferrand) e Sébastian Ribas (Dijon). Ribas lidera a artilharia do torneio, dois gols à frente de Privat (19 a 17). Fico com o “primo” do Diego ex-meia do Santos então…

> Meilleur gardien de Ligue 2 : Benoît Costil (Sedan), Bertrand Laquait (Evian-Thonon), Grégory Malicki (Angers) e Johny Placide (Le Havre). O líder Evian foi um dos que menos perdeu. Então vou de Laquait

Meilleur entraîneur de Ligue 2 : Patrice Carteron (Dijon), Bernard Casoni (Evian), Landry Chauvin (Sedan) e Olivier Pantaloni (AC Ajaccio). Casoni, porque está fazendo história no time criado em 2007

> Meilleure joueuse: Camille Abily (Lyon), Elise Bussaglia (Paris-SG), Shirley Cruz (Lyon) e Lara Dickelmann (Lyon). Abily tem jeitão de “Zinedina”, portanto…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de abril de 2011 Extracampo, Francês da 1ª divisão | 22:59

Clima quente no Lyon

Compartilhe: Twitter

A balbúrdia lionesa começou nos minutos finais da partida contra o Nice, no domingo. Com muita necessidade de faturar os três pontos diante de um adversário na metade debaixo da tabela, para não escapar da briga pelo título, o OL, que tinha confortáveis 2 a 0 no placar, “conseguiu” sofrer dois gols nos acréscimos e saiu (puto) do gramado com apenas um ponto.

O climão no vestiário pós-jogo era mais do que esperado. Imagens mostraram o goleiro Lloris e o zagueiro brasileiro Cris muuuito irritados, gritando, dizendo que estavam de saco cheio, entre outras suavidades… Até o presidente Jean-Michel Aulas discutiu com membro da comissão técnica do Nice, quase chegando às vias de fato.

Dois dias depois, a calma não reapareceu no treino da equipe. Cris quase brigou com o jovem Clement Grenier, depois de dar uma entrada violenta no meio-campista e não ter se desculpado. Felizmente, o novato não quis saber de enervar ainda mais os ânimos pelos lados de Gerland.

"Vocês não respeitam a camisa", disse Lloris no domingo. Ele está certo? (France Football)

Também ontem, terça, houve um entrevero entre Aly Cissokho e um torcedor que o provocou no treino em Tola Vologe. O dito cujo falou pro lateral ir jogar no Arles-Avignon, pior time disparado da Ligue 1… Cissokho disse que a resposta viria no final do treino. Aí, o torcedor disse que tinha o direito de questionar o lateral. E ouviu do jogador: “A sua mãe também”… Armada a confusão, os seguranças tiveram que apartar o início da porrada.

Nesta quarta-feira, acompanhado de seu assessor de imagem, Lamine Dramé, Cissokho apresentou desculpas ao torcedor em questão, aos fãs do clube em geral, aos colegas e a toda agremiação. Disse que seu comportamento não foi digno de um profissional, que não cederá mais às provocações e tentará responder com cortesia aos torcedores que o interpelarem, além de se concentrar no trabalho para fazer o melhor ao Lyon.

Enquanto isso, Jean-Michel Aulas declarou hoje que segue confiante na luta pelo título, embora o OL esteja atualmente em quarto lugar, a oito pontos do líder Lille. “Nas próximas três rodadas, Lille e Olympique de Marselha podem perder quatro ou cinco pontos…”, especula o dirigente. Se lembrarmos, entretanto, que LOSC e OM estão com 100% de aproveitamento nas últimas três journées disputadas, fica difícil se juntar ao otimista Aulas, né não?

Como prova de que o presidente não está contente com os funcionários que têm, o L’Equipe informou que Eric Gerets e Didier Deschamps já teriam sido procurados para substituir o técnico Claude Puel, mas ambos recusaram…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 29 de março de 2011 Seleção francesa | 19:08

Tanto bateu que… não furou

Compartilhe: Twitter
rami_afp

Rami lamenta má sorte, em imagem que representa bem o que foi o amistoso (AFP)

Jogando de “marinheira”, a França cansou de perder gols e decepcionou o ótimo público que presenciou o amistoso contra a Croácia no Stade de France. Zero a zero no placar, pois não houve santo que transpusesse a meta de Stipe Pletikosa (que entrou na volta do intervalo), de um lado, e Hugo Lloris se manteve seguro nas vezes em que foi ameaçado, do outro. 

Como se temia, Evra e Ribéry receberam vaias dos torcedores, mesmo iniciando no banco de reservas. Quem também não escapou dos apupos foi o técnico croata Slaven Bilic, lembrado por ter “cavado” a expulsão do então zagueiro Blanc na semifinal da Copa de 1998, no mesmo estádio. A novidade na escalação francesa foi Matuidi no lugar de Gourcuff, para tristeza das fãs do moço. Do lado visitante, Dejan Lovren, zagueiro do Lyon, compunha a defesa.

Com dificuldades para criar chances no primeiro tempo, a França teve uma boa oportunidade, quando Benzema recebeu dentro da área, mandou lá em cima e culpou o gramado, e outra não tão boa assim, quando Menez e Benzema tabelaram e o atacante do Real Madrid mandou na lateral do gol. Em compensação, a Croácia assustou quando Mexès bobeou, Perisic roubou a bola pela direita do ataque e chutou cruzado, exigindo eficiente intervenção de Lloris.

ribery_afp

Ribérra enfrentou a multidão e não foi mal não, visse? (AFP)

Aos 14 da etapa complementar, Blanc sentiu que Ribéry tinha culhões e o colocou no lugar de Malouda. Um minuto depois, sacou Menez e pôs Remy. Benzema procurava o jogo, pelo menos se esforçava. Aos 22, Rami fez surpreendente jogada individual no ataque, saiu costurando pelo meio e chutou colocado de chapa, mas a bola acertou a trave, que pecado!

Sentindo o bom momento do time, a torcida começou a participar mais do jogo, incentivando e esquecendo-se de vaiar o Franck. Aos 29, Blanc deu uma chance a Gameiro, que veio para o lugar de Benzema, com dores na coxa – assim que chegou ao banco, Karim recebeu atendimento e curativo no local.

Dez minutos depois, Ribéry mostrou seu valor e talento ao executar preciso lançamento pra Remy, cara a cara com Pletikosa. Só que o atacante dominou errado, esticou demais e permitiu que o goleiro o desarmasse, perdendo “a” chance do jogo!

Com 42, Gourcuff foi incumbido de tentar algo, natural, mágico ou sobrenatural que fosse, no lugar de Nasri. Deu tempo para Yo-Yo bater falta, escanteio, chutar perigosamente e até Rami tentar uma bicicleta meio suicida dentro da área (tanto que deixou o jogo na maca…), mas Stipe estava imbatível e todos tiveram de deixar o Saint-Denis sem ver sequer um gol.

croacia_afp

Sempre efusivos demais (para não dizer violentos), os croatas fizeram a sua fumaça (AFP)

Eliminatórias para a Eurocopa 2012
Algumas seleções entraram em campo hoje pelo qualificatório, inclusive pelo grupo francês. Na chave D, a Romênia venceu Luxemburgo em casa por 3 a 1, com dois gols de Adrian Mutu, e mesmo indo a cinco pontos continua na quinta e penúltima colocação, justamente à frente dos luxemburgueses, com apenas um ponto. Relembrando, les Bleus lideram com 12, seguidos por Belarus e Albânia, com 8.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última