Publicidade

Posts com a Tag Lloris

quinta-feira, 6 de março de 2014 Seleção francesa | 14:00

França derruba invencibilidade da Holanda e ganha confiança pro Mundial

Compartilhe: Twitter

Incorpado às 18h11

Parece uma pataquada, mas foi assim, observado pelo colega de seleção Griezmann e o colega de PSG van der Wiel que Blaise Matuidi mandou ver, com estilo, seu gol em Saint-Denis ontem (AFP)

Parece uma pataquada, mas foi assim, observado pelo colega de seleção Griezmann e o colega de PSG van der Wiel que Blaise Matuidi mandou ver, com estilo, seu gol em Saint-Denis ontem (AFP)

Muito bom ganhar da atual vice-campeã mundial, que vinha com a maior série invicta entre as grandes seleções (17 partidas), como apontava a coluna do PVC no ESPN.COM.BR.

Deschamps titularizou Lloris; Debuchy, Varane, Mangala e Evra; Pogba, Matuidi, Cabaye e Valbuena; Benzema e Griezmann (com o intuito de testar o jovem atacante, a certeza Ribéry começou no banco, tendo entrado no segundo tempo). Além do atacante do Bayern de Munique, participaram também, entrando no decorrer do amistoso, Sagna, Digne, Sissoko, Remy e Giroud.

Dos três novos observados, Griezmann não foi mal, mas também não arrancou suspiros. Digne idem (ainda acho Kurzawa mais completo). Já Mangala foi muito bem, ao lado do colega de zaga Varane, e pode ter mais chances de vir pro Brasil, ainda mais se Abidal não estiver bem fisicamente.

BenzeBut“, que fez 4 dos últimos 8 gols marcados pelos Bleus, abriu o placar aos 32 minutos, confirmando o faro de gols que vem apresentando no Real Madrid. Ainda no primeiro tempo, aos 41, o volante-elemento-surpresa Matuidi ampliou num semi-voleio, dentro da área, como nem atacantes de ofício conseguiriam fazer…

Foi uma vitória merecida e convincente, com dois belos gols no Stade de France, ideal para o último teste antes da convocação para a Copa do Mundo. Em 13 de maio, Didier convocará a lista para três derradeiros amistosos (Noruega em 27 de maio no Stade de France, Paraguai em 1 de junho em Nice e Jamaica em 8 de junho em Lille) para a Copa. Mas como tem até 2 de junho para enviar à Fifa seus 23 do Mundial, essa primeira lista pode conter mais nomes, como algumas seleções já disseram que farão (o Brasil) ou fizeram na África do Sul, em 2010 (como a própria França).

Como diria Silvio Santos, aguardemmmm!

-> Veja como foi a partida lance a lance

-> Assista aos gols e melhores momentos do jogo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 Seleção francesa | 11:17

Convocados pra França x Holanda e vitórias do passado

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 13h38

Didier Deschamps anunciou hoje os nomes para o amistoso do dia 5 de março (quarta que vem), contra os Países Baixos no Stade de France, em Saint-Dennis.

As novidades são as estreias do lateral-esquerdo Lucas Digne, atualmente reserva no PSG, e do atacante Antoine Griezmann, destaque do espanhol Real Sociedad (tem 15 gols na liga nacional), que já cumpriu suspensão depois de ter sido punido por indisciplina na seleção de base, à época com outros colegas. Ambos os debutantes, porém, já fizeram bonito nas categorias juvenis dos Bleus, Les Espoirs, que foram campeões mundiais sub-20 ano passado.

Abidal, Nasri, Lacazette e Thauvin não foram chamados. O primeiro está gripado, não tendo treinado com o Monaco nesta quinta, e é dúvida para o compromisso do time de depois de amanhã, contra o Saint-Etienne, pelo Campeonato Francês. O terceiro vem bem com o Lyon na Ligue 1, sendo artilheiro do time, e concordo com quem o considera mais merecedor do que o Payet de estar na lista.

Layvin Kurzawa vem fazendo ótima temporada na lateral-esquerda do Monaco, como eu disse recentemente aqui, mas acabou sendo chamado para a seleção sub 21, justamente os Espoirs, que enfrentam Belarus pelas Eliminatórias da Eurocopa 2015 da categoria no dia 4.

É a última convocação programada antes do técnico chamar seus selecionados e pré-selecionados para vir à Copa, que no caso francês terá amistosos preparatórios antes do início do Mundial. Hora dos caras abaixo mostrarem o melhor trabalho possível!

La liste des Bleus

GARDIENS : Lloris (Tottenham/ANG), Mandanda (Marseille), Ruffier (St-Etienne)

DEFENSEURS : Debuchy (Newcastle/ANG), Evra (Manchester United/ANG), Koscielny (Arsenal/ANG), Sagna (Arsenal/ANG), Sakho (Liverpool/ANG), Varane (Real/ESP), Mangala (FC Porto/POR), Digne (PSG)

MILIEUX : Matuidi (PSG), Pogba (Juventus/ITA), Sissoko (Newcastle/ANG), Grenier (Lyon), Cabaye (PSG), Mavuba (Lille), Valbuena (Marseille)

ATTAQUANTS : Benzema (Real Madrid/ESP), Giroud (Arsenal/ANG), Payet (Marseille), Ribéry (Bayern Munich/ALL), Rémy (Newcastle/ANG), Griezmann (Real Sociedad/ESP)

**

Plus
O site da FFF disponibilizou vídeos com duas vitórias bleus sobre os laranjas, que trazem curiosidades, confira:

18/11/1981 – 2 x 0 pelas Eliminatórias pra Copa de 1982, gols de Michel Platini e Didier Six no estádio Parc des Princes (a base daquele time chegaria à 4ª colocação no Mundial espanhol). A vitória foi 50% do que a seleção de Michel Hidalgo precisava para conquistar a vaga. Como os outros 50% eram vencer o Chipre em casa semanas depois, assim que acabou a partida contra os neerlandeses teve invasão de campo e festa generalizada…

26/02/19972 x 1 em amistoso, um ano antes da Copa de 1998, gols do meia Robert Pires e do atacante Patrick Loko pros Bleus, também no campo do PSG. Detalhe que nenhum dos dois goleadores da partida, assim como o então goleiro titular, Bernard Lama, compuseram o elenco campeão mundial em casa no ano seguinte…

-> Recomendo um texto de Andres Onrubia, colaborador do site Futbol desde Francia, sobre as opções (muitas, segundo ele) de Deschamps para a Copa.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 15 de novembro de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 22:32

Ucrânia complica França na repescagem das Eliminatórias pra Copa 2014

Compartilhe: Twitter
De quem mais se esperava no time francês, Ribéry foi anulado e teve de aceitar a festa ucraniana (Photo: Reuters)

De quem mais se esperava no time francês, Ribéry foi anulado e teve de aceitar a festa ucraniana (Photo: Reuters)

Les Bleus sucumbiram no segundo tempo, levaram 2 a 0 em Kiev e vão ter que suar muito para evitar o vexame de se ausentar do Mundial no Brasil. A decisão acontece em Saint Denis, na próxima terça, dia 19, às 18h (Fox Sports é um dos canais que transmitem ao vivo).

Lloris; Debuchy, Koscielny, Abidal e Evra; Matuidi, Pogba, Nasri e Ribery; Remy e Giroud foi o time francês no primeiro tempo, com poucas chances dos dois lados e nenhuma criatividade na equipe de Deschamps.

Na segunda etapa, quando o técnico gaulês já preparava uma alteração, os anfitriões tramaram boa jogada pela esquerda, Zozulya recebeu do brasileiro Edmar na área, se desvencilhou de Abidal e chutou por baixo de Lloris, abrindo o placar. Sissoko (no lugar de Remy), Valbuena (no de Nasri) e Benzema (Giroud) entraram, porém o quadro não se alterou.

Cenário ruim, que se agravou minutos antes do fim, quando Yarmolenko definiu o marcador e a bela vantagem ucraniana, para grande apreensão francesa. Em dia muito negativo, o zagueiro Koscielny ainda foi expulso e não vai poder jogar na terça (o que não é de todo mal…).

No último duelo entre as partes, pela Euro 2012, havia dado Bleus: 2 a 0, uma vitória aliviante e sobre um dilúvio na época. Ou seja: reverter a vantagem não é impossível, não percamos as esperanças!

Que a classificação para a Copa 2014 venha, mas sem interferência da arbitragem de preferência, para deixarmos ainda mais no fundo do baú da memória aquele 1 a 1 contra Irlanda, que levou a França pra África do Sul com a ajuda da mão esperta de Henry no gol de Gallas… Aliás, os irlandeses festejaram ou festejaram muito o placar no Estádio Olímpico de Kiev?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 9 de novembro de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 16:06

Tá chegando a repescagem pra Copa! Veja quem DD convocou

Compartilhe: Twitter

Já é no dia 15 a partida de ida contra a Ucrânia, em Kiev. A volta acontece dia 19, no Stade de France. Defenderão a seleção francesa, chamados por Didier Deschamps:

GOLEIROS : Mickaël Landreau (Bastia), Hugo Lloris (Tottenham), Steve Mandanda (Marseille).

DEFENSORES : Eric Abidal (Monaco), Gaël Clichy (Manchester City), Mathieu Debuchy (Newcastle), Patrice Evra (Manchester United), Laurent Koscielny (Arsenal), Bacary Sagna (Arsenal), Mamadou Sakho (Liverpool), Raphaël Varane (Real)

MEIO-CAMPO : Blaise Matuidi (PSG), Paul Pogba (Juventus), Moussa Sissoko (Newcastle), Clément Grenier (Lyon), Samir Nasri (Manchester City), Yohan Cabaye (Newcastle), Rio Mavuba (Lille)

ATACANTES : Karim Benzema (Real Madrid), Olivier Giroud (Arsenal), Dimitri Payet (Marseille), Franck Ribéry (Bayern München), Mathieu Valbuena (Marseille), Loïc Rémy (Newcastle)

Home page do site da Federação Francesa estapa imagem de gol bleu contra a Ucrânia na Euro 2012,<br /><p class=para entrar no clima” width=”614″ height=”150″ class=”size-large wp-image-11973″ /> Home page do site da Federação Francesa estapa imagem de gol bleu contra a Ucrânia na Euro 2012, para entrar no clima

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 27 de março de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 12:22

Ô, dó: França 0 x 1 Espanha na "final antecipada" das Eliminatórias

Compartilhe: Twitter

Atualizado em 28/03

No fim das contas, os Bleus se saíram melhor encarando La Roja fora de casa do que dentro, pelo qualificatório para o Mundial no Brasil.

O jogo mais importante do ano pra França teve resultado negativo e sabor amargo, pois o time conseguiu criar oportunidades pra marcar, chegou a pressionar a campeã mundial mas saiu derrotada no Stade de France (não perdia em casa pelas Eliminatórias pra Copa desde o fatídico torneio de 1993).

O técnico Deschamps sacou Giroud do time e colocou Cabaye, reforçando a marcação na meia cancha. O voto de confiança em Benzema, porém, não foi suficiente para poupá-lo dos apupos dos torcedores quando foi substituído pelo mesmo Di-di-di-di-di-di-er (c/c Vinicius Ramos) em Saint Denis. Que draga a de Karim!

No primeiro tempo os franceses tiveram sorte, quando o goleiro Lloris cometeu pênalti claro no atacante Pedro, entretanto não assinalado pelo árbitro. Já no segundo, o mesmo Pedrito vingou-se balançando as redes de Hugo, ao que, logo depois, pude ouvir na transmissão que acompanhava ouvindo a rádio francesa RTL o lamento “Ai ai ai ai ai, c’est cruel!”.

Momento difícil e seca de gols para o atacante ex-Lyon, hoje no Real Madrid (Photo: lemonde.fr)

A equipe anfitriã não se abateu, Ribéry namorou a trave de Valdés, e o portero espanhol foi um dos responsáveis pela vitória desse time muito difícil de bater de uns anos pra cá. Mas a guerra não está perdida, pois a diferença entre as seleções no grupo I é de apenas um ponto e ainda restam três partidas para ambas (as primeiras colocadas das nove chaves se garantem na Copa, e as oito melhores vices se degladiam em repescagens ida e volta).

O próximo compromisso francês pelo quali é só em 6 de setembro, visitanto a Geórgia (vide calendário para o restante do ano). Antes, em 5 de junho, irá ao Centenário do Uruguai para amistoso contra a Celeste e, quatro dias depois, disputa na nossa terra brasilis um amical contra a Canarinho, na Arena Grêmio, Porto Alegre (aliás, minha maior chance de presenciar essa partida do estádio é ganhando a promoção da rede de supermercados Extra, que sorteará oito afortunadas famílias para estar no camarote ao lado do veterano-propaganda Ronaldo Fenômeno… #quepobreza).

Podcast especial
O último Le Podcast du Foot, o de número 25, deixou o Campeonato Francês um pouco de lado para abordar principalmente a seleção francesa. Ouça no player abaixo:

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sábado, 23 de março de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 12:51

Melhor que França 3 x 1 Geórgia foi Espanha 1 x 1 Finlândia nas Eliminatórias

Compartilhe: Twitter

Ontem, Didier Deschamps titularizou Lloris (capitão); Jallet, Varane, Sakho e Clichy; Matuidi, Pogba, Valbuena e Ribéry; Benzema e Giroud.

Os gols franceses foram de: Giroud, no fim do primeiro, escorando falta levantada na grande área de cabeça, Valbuena, no início do segundo, finalizando com categoria e agilidade após passe de Ribéry, e do próprio Ribéry, devolvendo a gentileza depois de receber lindo lançamento de Valbuena e se desvencilhar do marcador dentro da área (assista-os NESTE VÍDEO).

Benzema, alvo de ultranacionalistas dias atrás por admitir não cantar o hino francês, voltou a decepcionar, ratificando a má fase.

Lance a lance do jogo no Stade de France: http://www.lequipe.fr/Football/match/238668

Nesta terça-feira, os Bleus voltam a Saint-Denis para reencontrar a Espanha, depois do 1 a 1 em Madri em outubro de 2012, na única partida do dia programada para o Grupo I da chave europeia.

Como ontem, em Gijón, a campeã mundial e bi europeia não conseguiu bater a Finlândia, chega pro duelo decisivo fora de casa dois pontos atrás dos franceses, agora líderes isoladamente da chave:

França – 10 pontos e 4 jogos
Espanha – 8p, 4j
Geórgia – 4p, 4j
Belarus – 3p, 4j
Finlândia – 2p, 2j

O que já rolou, jogos e classificação do grupo I das eliminatórias europeias pra Copa 2014: http://www.uefa.com/worldcup/season=2014/standings/round=2000294/group=2001664/index.html

Próximas partidas
7/6: fin x bel
11/6: bel x fin
6/9: fin x esp, geo x FRA

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013 Seleção francesa | 17:29

França leva virada e perde invencibilidade para a Alemanha

Compartilhe: Twitter

Legenda pra imagem acima: O amistoso em Saint-Denis teve a diplomática presença da chanceler alemã Angela Merkel, recepcionada pelo presidente François Hollande, dois dos principais chefes de Estado do planeta. Imagino a conversa no momento da foto: “- Aquele feinho da sua França eu já vi na minha Alemanha, não??”.” – Sim, minha cara, e até que a madame foi bondosa em relação ao Ribéry…”

No primeiro compromisso de 2013, a seleção de Deschamps acabou derrotada em casa, 2 a 1 para os germânicos em amistoso no Stade de France, ontem. Desde 1987 que os alemães não venciam os franceses, e desde 1935 jogando na França, como publicou o colega Blog do Alemão. Porém, a vantagem no retrospecto histórico ainda é dos campeões mundiais de 1998: 11 vitórias francesas e 8 alemãs nos 25 duelos até aqui.

O time da casa atuou com Lloris – Debuchy, Koscielny (Rami), Sakho, Evra – Sissoko (Giroud), Cabaye, Matuidi (Capoue) – Valbuena (Menez), Benzema, Ribery.

Os anfitriões saíram na frente com Valbuena, pouco antes do intervalo: Benzema acertou o travessão em cobrança de falta, Sissoko mandou de cabeça para o meio da área, No rebote, e o meia do Olympique de Marseille apareceu livre para completar a gol.

Mas logo aos seis minutos da segunda etapa, Capoué vacilou na saída de bola e entregou para Gundogan, que lançou Muller. O meia alemão saiu cara a cara com Lloris, e com um toque por cima, no meio do gol, empatou.

A França buscou a reação, criou oportunidades porém não soube aproveitá-las. E foi castigada aos 28: Ozil acertou lindo passe para Khedira, seu companheiro de Real Madrid, que entrava livre pelo lado direito da área. Com um leve toque no canto esquerdo de Lloris, o volante fez o gol da virada.

Aí a Alemanha assumiu o controle do jogo, neutralizou a maioria das tentativas de ataque da França, e quando não o fez teve sorte, porque os donos da casa até marcaram, aos 44, mas Giroud estava impedido ao dar a assistência para Benzema, e o gol foi invalidado.

Pelo que li (não pude ver ao vivo ou melhores momentos), Lloris, Valbuena e Ribery foram bem. Evra, Capoue e Benzema, há 10 jogos sem marcar pelos Bleus, mal.

O próximo compromisso da seleção vale três pontos, pelas eliminatórias da Copa 2014, no final de março. Vejaí o calendário bleu pro restante do ano:

> Vendredi 22 mars 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: France-Géorgie
> Mardi 26 mars 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: France-Espagne
> Mercredi 5 juin 2013 – Match amical au Stade Centenario, à Montevideo (21h heure française): Uruguay-France
> Dimanche 9 juin 2013 – Match amical au Gremio Arena de Porto Alegre (21h00 heure française): Brésil-France
> Vendredi 6 septembre 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: Géorgie-France
> Mardi 10 septembre 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: Biélorussie-France
> Mardi 15 octobre 2013 – Eliminatoires Coupe du Monde 2014: France-Finlande

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 16 de outubro de 2012 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 22:17

Empate com gosto de vitória em Madri: Espanha 1 x 1 França

Compartilhe: Twitter

As circunstâncias dos gols e a dificuldade de enfrentar a campeã mundial em casa nos levam a concluir que a igualdade no placar foi muito boa para os Bleus, jogando visualmente como “Blancs”. Embora no desempate o saldo de gols coloque os espanhóis como líderes do Grupo I das Eliminatórias para a Copa 2014, os franceses também somam 7 pontos, o que é bastante relevante nessa dura disputa pela vaga direta para o Mundial no Brasil.

Melhores no primeiro tempo, os donos da casa abriram o marcador aos 25 minutos, com Sergio Ramos aproveitando falhas de Lloris e da marcação francesa na área. O goleiro do Tottenham, ex-Lyon, se redimiu em outras ocasiões, especialmente no pênalti que Koscielny cometeu em Pedro e Fábregas desperdiçou, com grande defesa do arqueiro de amarelo. Ainda na etapa inicial a França teve um gol mal anulado, por conta de impedimento atribúído a Menez, depois de escorar toque também de cabeça de Benzema.

A França deu o troco no segundo tempo, em termos de desempenho, e confirmou a reação só nos acréscimos dos acréscimos, quando o contra-ataque chegou a Ribéry, que encontrou a cabeça de Giroud (substituto do machucado Benzema) sem marcação, no último lance da partida. (ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS E AOS GOLS)

Para termos uma ideia do que é não ser derrotado pela esquadra de Vicente Del Bosque, a Fúria acumulava 24 vitórias seguidas em jogos de eliminátórias (Euro e Copa)! E não é batida em casa, por partidas oficiais, desde junho de 2003 (0-1 para a Grécia pelo qualificatório da Euro 2004, que seria vencido pela própria Hellas!). O último gol bleu no estádio Vicente Calderón, do Atlético de Madri, havia sido Alain Giresse, contra a Irlanda, encerrando os 4 a 1 pela Copa de 1982, ano em que nasci, e curiosamente também de cabeça!

No outro jogo da chave, a Bielorrússia conquistou sua primeira vitória ao impor 2 a 0 na Geórgia, chegando a três pontos e assumindo a quarta colocação, à frente da Finlândia. Já a Geórgia se manteve em terceiro, com quatro pontos ganhos. As eliminatórias europeias voltam apenas em março de 2013: no dia 22, a Espanha recebe a Finlândia, e a França joga em casa contra a Geórgia.

Porém, antes disso, dois compromissos amistosos bem mais que amistosos para os Bleus: visitando a Itália, dia 14 de novembro, e abrindo a temporada 2013 com a recepção à Alemanha, em 6 de fevereiro.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 13 de outubro de 2012 Seleção francesa | 12:05

França esbarra no velho problema da eficiência e perde amistoso pro Japão

Compartilhe: Twitter

Os onze que começaram o jogo. Se Deschamps poupou Ribéry para terça OK, porque o jogador do Bayern não pode ficar fora dessa foto em partidas decisivas (fff.fr)

Se ontem em Saint-Denis o maior objetivo era testar a equipe e corrigir os erros, uma deficiência já conhecida voltou a aparecer: os Bleus criam bastante, às vezes até mais que o adversário, mas não aproveitam e acabam saindo sem a vitória. Tudo bem que a motivação num amistoso é diferente, que Ribéry só entrou nos minutos finais, poupado que foi, mas a lição de que o aproveitamento precisa melhorar está posta. Jogaram Lloris (cap); Débuchy (Jallet), Koscielny, Sakho e Clichy; Capoue (Gonalons), Sissoko, Matuidi (Chantôme); Ménez (Ribéry), Benzema (Valbuena) e Giroud. (Assista aos melhores momentos).

Assim foi com o 1 a 0 para o Japão (gol de Shinji Kagawa, talvez o melhor jogador japonês da atualidade, aos 43 minutos do segundo tempo), primeira vitória do país asiático sobre os franceses na história dos confrontos. “Le Japon par ippon”, resumiu com eficácia a manchete no site da France Football. Mano Menezes esteve na plateia, afinal o Brasil encara os japoneses na terça-feira.

Acertar o pé logo passa a ser primordial (sobretudo Benzema, por ser a referência no ataque e amargar uma seca ruim para todo o time), até porque já na terça-feira o jogo é pra valer e o rival é de altíssimo nível: Espanha, que ontem não tomou conhecimento da Bielorrússia fora de casa (4 a 0) e se igualou à França na liderança do grupo nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, com seis pontos em dois jogos disputados por cada seleção.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 6 de setembro de 2012 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 21:01

Seleção debuta nas Eliminatórias para 2014 contra Finlândia e Bielorrússia

Compartilhe: Twitter

A estreia do técnico Deschamps em torneios oficiais, considerando que as Eliminatórias já fazem parte da Copa do Mundo, o que não está errado, será neste 7 de setembro, sexta-feira de feriado pros brasileiros, contra a Finlândia (20h30 locais em Helsinque, 14h30 de Brasília). Quatro dias depois, nessa data emblemática que se tornou o 11 de setembro para o mundo ocidental, Les Bleus recebem a velha conhecida Bielorrússia, no Stade de France (21h locais, 16h de Brasília).

Digo velha conhecida não porque são adversários tradicionais, considerando que Belarus é uma ex-república soviética que até o fim dos anos 1980 pertencia à URSS. Mas porque nos últimos dois anos já se enfrentaram duas vezes, ambas pelo qualificatório da Euro 2012: vitória visitante na França, 0 a 1, em setembro de 2010, e empate no jogo de volta, 1 a 1 em junho de 2011.

Contra a Finlândia o confronto tem bem mais história, remontando a 1960 o primeiro duelo. Detalhe importante: nos seis jogos até aqui, a França venceu todos! Escrita que será mantida?

Deschamps tentará sua primeira vitória como treinador contando com os seguintes jogadores (uma convocação bastante criticada negativamente pelos colegas da comunidade Ligue 1 Brasil no Facebook):

Goleiros: Hugo Lloris (Tottenham/ING), Steve Mandanda (Marselha/FRA), Mickaël Landreau (Lille/FRA) – os dois primeiros, na foto acima;

Defensores: Christophe Jallet (Paris SG/FRA), Mamadou Sakho (Paris SG/FRA), Mapou Yanga-Mbiwa (Montpellier/FRA), Gaël Clichy (Manchester City/ING), Patrice Evra (Manchester United/ING), Laurent Koscielny (Arsenal/ING), Adil Rami (Valencia/ESP), Anthony Réveillère (Lyon/FRA);

Meias: Etienne Capoue (Toulouse/FRA), Maxime Gonalons (Lyon/FRA), Rio Mavuba (Lille/FRA), Blaise Matuidi (Paris SG/FRA), Yohan Cabaye (Newcastle/ING), Abou Diaby (Arsenal/ING), Mathieu Valbuena (Marselha/FRA), Franck Ribéry (Bayern/ALE), Jérémy Ménez (Paris SG/FRA);

Atacantes: Karim Benzema (Real Madrid/ESP), Olivier Giroud (Arsenal/ING), Bafétimbi Gomis (Lyon/FRA).

> Veja ou reveja como foi a estreia de Deschamps, no empate francês contra o Uruguai em agosto;
– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 60 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última