Publicidade

Posts com a Tag Lisandro López

sexta-feira, 24 de setembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 16:44

Ligue 1, 7ª rodada

Compartilhe: Twitter

Sábado, 25/09
14h – Nice (7º) x Rennes (3º)
           Caen (4º) x Bordeaux (13º)
           Olympique de Marselha (8º) x Sochaux (5º) – VT na SporTV2 às 2h30 de sábado para domingo (que hora heim!)
           Lorient (16º) x Monaco (10º)
           Montpellier (12º) x Arles-Avignon (20º)
           Auxerre (19º) x Nancy (15º)

16h – Lyon (17º) x Saint-Etienne (1º) 100º dérbi entre os grandes, com pontapé inicial de Aimé Jacquet. Rumores fortes de que Claude Puel, técnico do OL, pode cair em caso de derrota

Equipes prováveis:
LYO –  Lloris; Réveillère, Diakhaté, Lovren e Cissokho; Gonalons, Toulalan e Gourcuff; Michel Bastos, Briand e Gomis (Lisandro López está machucado, assim como Makoun e os já conhecidos Cris, Ederson e Delgado)
ASSE – Janot; Ebondo, Monsoreau, Marchal e Bocanegra; Sako, Perrin, Batlles e Matuidi; Payet (dúvida, fará teste momentos antes) e Rivière.

Domingo, 26/09
12h – Toulouse (2º) x Lille (6º)
           Brest (11º) x Valenciennes (14º)
16h – Lens (18º) x Paris Saint-Germain (9º)

>> Classificação da Ligue 1: Saint-Etienne e Toulouse lideram, com 13 pontos, seguidos pelo Rennes, que tem 12. Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 14 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:00

Dever cumprido

Compartilhe: Twitter

Lyon 1 x 0 Schalke. Poderia ter sido muito mais, pela maciça presença ofensiva do OL, acuando o rival com um a menos num dia de mais sorte que o time alemão. Mas foi uma estreia positiva na Liga dos Campeões da Europa e tomara que os gols perdidos não façam falta para efeito de classificação – até porque, na outra partida do gupo B, o Benfica fez 2 a 0 no Hapoel Tel-Aviv e, no desempate, lidera a chave após a primeira rodada. Na segunda, o time francês vai a Israel encarar o Hapoel.

Claude Puel utilizou Lloris; Réveillère, Diakhaté, Lovren e Kolodziejczak; Toulalan, Pjanic e Gourcuff (Makoun, 42 do 2º); Michel Bastos (Pied, 27 do 2º), Lisandro López e Briand (Kallstrom, aos 45 do 2º). Sem Cris e Ederson, lesionados, um ofensivo Lyon tomou a maior parte das iniciativas de ataque, embora tenha levado alguns sustos. Deu sorte, é bem verdade, no lance do gol, quando Briand lançou para Michel Bastos e Moritz recuou bola curta para Neuer, permitindo que o brasileiro se antecipasse e desviasse para o gol, aos 21 minutos de jogo.

As coisas ficaram ainda mais fáceis aos 38, quando o zagueiro Howedes entrou na voadora em Briand e foi mandado para o chuveiro – de forma muito rigorosa, pois acho que um amarelo e uma advertência verbal bastariam. No segundo tempo, o Lyonnais protagonizou um festival de gols perdidos, mas assegurou os importantíssimos três pontos.

Em Barcelona, a dupla francesa Djibril Cissé e Sidney Govou, que foi à Copa 2010, brilhou no gol inaugural a favor do Panathinaikos. Mas depois Lionel Messi e companhia mostraram quem realmente tinha a força no Camp Nou…

Michel Bastos se sobrepõe a Benedikt Höwedes, em todos os sentidos, no único gol válido no Gerland (Reuters)
Michel Bastos se sobrepõe a Benedikt Höwedes, em todos os sentidos, no único gol válido no Gerland (Reuters)

Olympique e Auxerre estreiam
Nesta quarta-feira, os outros dois franceses da Champions estreiam. Único clube do país a sentir o sabor de conquistar o torneio (1992/93), o Marselha recebe o Spartak Moscou, da Rússia. Já sabe que pode contar com Mathieu Valbuena, Brandão e N’Diaye, que renovaram seus contratos, para tentar ir além da fase de grupos, na qual parou na última edição. O time russo tem os brasileiros Ibson, ex-Flamengo, Alex, ex-Inter, e Welliton, ex-Goiás – este último é o artilheiro do Campeonato Russo e vem sendo cotado para atuar pela seleção local.

De volta depois de 2003, o Auxerre não tem nada a perder, pois sua presença é surpreendente, deixando para trás, nas eliminatórias, o Zenit, tido por muitos como mais merecedor de figurar na UCL. E também porque está num grupo indigesto, com Milan, Real Madrid e Ajax. A aventura começa contra os milaneses no San Siro, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 16 de maio de 2010 Francês da 1ª divisão | 17:35

OM, Lyon e Auxerre na Champions, Blanc nos Bleus

Compartilhe: Twitter

Foi o que a última rodada do Campeonato Francês nos disse. Lyon assegurou o vice-campeonato, entrando diretamente na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. E o Auxerre passou o Lille no último respiro, se garantindo na pré-Champions. Assim, Lille e Montpellier vão para a Liga Europa, junto com o Paris Saint-Germain, campeão da Copa da França. O Bordeaux ficou sem nada em termos continentais e perdeu também o técnico campeão no ano passado, pois Laurent Blanc vai mesmo dirigir a França a partir de agosto.

Na “tábua” da artilharia, o atacante senegalês Mamadou Niang garantiu mais um título para o Olympique de Marselha. Congratulations! Porém, nem tudo foi festa. Neste domingo, o elenco do OM desfilou pela cidade com a taça, e houve torcedores que entraram em confronto com policiais, como se fosse guerra civil – lamentável!

Mamadou com seu "trofeuzinho", ao lado do "trofeuzão" da Ligue 1 (AFP)

Les resultats de la 38e journée:

O. Marselha 2 x 0 Grenoble
Lorient 2 x 1 Lille
Lyon 2 x 0 Le Mans
Sochaux 1 x 2 Auxerre
Paris-SG 1 x 3 Montpellier
Lens 4 x 3 Bordeaux
Toulouse 0 x 0 Monaco
Boulogne 1 x 0 Rennes
Nancy 1 x 1 Valenciennes
Nice 1 x 1 Saint-Etienne

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha se garantiu em primeiro (78 pontos em 38 jogos), seguido por Lyon (72 pontos em 38 jogos) e Auxerre (71 pontos em 38 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) marcou 18 gols; Gameiro (Lorient) somou 17; Lisandro López (Lyon) e Erding (PSG), 15. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 15 de maio de 2010 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores, Franceses no mundo | 23:31

Sábado em imagens

Compartilhe: Twitter

Cerdan tira Lisandro da jogada mas ninguém tira o Lyon de mais uma Liga dos Campeões (AFP)

Muita gente festejou a promoção do Arles-Avignon para a Ligue 1 em Arles (AFP)

Ribéry e a Copa da Alemanha. Mas na final da Liga ele não deve poder ajudar o Bayern (AFP)

Anelka apanhou, mas seu Chelsea faturou outro título, a Copa da Inglaterra (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 13 de maio de 2010 Francês da 1ª divisão | 00:57

Os últimos lances do Francês

Compartilhe: Twitter

(Caros amigos que esperam mais posts sobre Copa, me perdoem pela falta nesta quarta-feira. Os muitos jogos de futebol importantes pela noite no Brasil me tomaram o tempo, mas esta quinta-feira promete ser mais tranquila, esperemos)

Nesta semana mergulhamos no clima de Copa do Mundo, mas é preciso fazer uma pausa, porque o Campeonato Francês 2009/2010 vive seus últimos dias. Na quarta-feira, ontem, Lyon e Monaco foram a campo para disputar partida atrasada da 34ª rodada (por solicitação do clube lionês, envolvido na época com a Liga dos Campeões da Europa). E deu Lyon em casa, 3 a 0 – gols de Pjanic, Gomis e Lisandro López, com boas atuações dos brasileiros Michel Bastos e Ederson.

Embora o título já esteja decidido desde a quarta-feira passada, o resultado é importante para a tabela de classificação, pois alça o OL para a terceira colocação, posição limite entre os classificados para a Liga dos Campeões da Europa 2010/2011, um ponto atrás do vice-líder Lille, um à frente do quarto Auxerre e três à frente do quinto Montpellier.

O bósnio Pjanic arremata, a bola desvia em Toulalan e vence Ruffier (AFP)

Portanto, resta emoção na última rodada, sábado agora, para vermos quem se dá melhor nas brigas por Champions e Liga Europa (esta, a última esperança do Bordeaux) na próxima temporada. Além da briga pela artilharia, bien sûr. A derradeira 38ª journée terá todas as seguintes partidas às 16h de Brasília no próximo dia 15 – curiosamente, o campeão enfrenta o pior time da Ligue 1. Veremos goleada?

O. Marselha (1º) x Grenoble (20º) 
Lorient (7º) x Lille (2º) 
Lyon (3º) x Le Mans (18º) 
Sochaux (16º) x Auxerre (4º) 
Paris-SG (11º) x Montpellier (5º) 
Lens (14º) x Bordeaux (6º) 
Toulouse (13º) x Monaco (8º) 
Boulogne (19º) x Rennes (9º) 
Nancy (12º) x Valenciennes (10º) 
Nice (15º) x Saint-Etienne (17º)

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha se garantiu em primeiro (75 pontos em 37 jogos). É seguido por Lille (70 pontos em 37 jogos) e Lyon (69 pontos em 37 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 17 gols; Gameiro (Lorient)  soma 16; Lisandro López (Lyon), 15. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 21 de abril de 2010 Torneios europeus | 18:09

Bayern 1 a 0. O que o Lyon poderia esperar

Compartilhe: Twitter

Ribérra chega pisando duro em Li-Lo, se irrita com a "cena" do argentino e acaba expulso (AP)

Entrando em campo com uma proposta defensiva, o Lyon não pode achar anormal a derrota em Munique. Até pode comemorar o fato de ela não ter sido mais elástica. Mas penso que deveria ter ousado mais, porque um gol fora de casa vale muito na Liga dos Campeões da Europa, e certamente o Bayern não vai ficar plantado na defesa no jogo de volta – tanto nas oitavas quanto nas quartas, contra Fiorentina e Manchester, a equipe de Louis Van Gaal se classificou graças a gols marcados na casa rival. Claude Puel veio com Ederson no lugar de Michel Bastos, tinha Delgado e Pjanic para municiar Lisandro López, mas não foi o que se viu. 

Agora é ter inteligência para buscar o ataque, em casa, sem deixar a defesa exposta, o que não é nada fácil. Sorte lionesa que Ribéry estará ausente – aliás, que semana para o Scarface, envolvido em escândalo de prostituição de menores e expulso nesta tarde por entrada violenta em Lisandro, quando o time “super precisava” dele! Mas o time germânico tem Robben, o único a vencer Lloris na Allianz Arena. Também advertido com cartão vermelho, Toulalan será desfalque no Gerland, assim como Pranjic, do lado oposto, suspenso pelos cartões amarelos. 


FICHA TÉCNICA
BAYERN DE MUNIQUE-ALE 1 x 0 LYON-FRA
 

Local: Allianz Arena, em Munique-ALE
Data: 21 de abril de 2010, quarta-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Rosetti (ITA)
Assistentes: Paolo Calcagno (ITA) e Stefano Ayroldi (ITA)
Cartões amarelos: Pranjic (Bayern); Toulalan, Michel Bastos (Lyon)
Cartão vermelho: Ribéry (Bayern); Toulalan (Lyon)

Gol:
Robben, 25 minutos do segundo tempo 

BAYERN DE MUNIQUE: Butt, Lahm, Van Buyten, Demichelis e Contento; Pranjic (Mario Gómez), Schweinsteiger, Thomas Müller, Ribery e Robben (Altintop); Olic (Tymoshchuk).
Técnico: Louis van Gaal 

LYON: Lloris, Réveillère, Cris, Toulalan e Cissokho; Gonalons, Kallstrom, Pjanic (Makoun), Éderson (Michel Bastos) e Delgado (Govou); Lisandro Lopez.
Técnico: Claude Puel

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 6 de abril de 2010 Torneios europeus | 23:17

Bordeaux x Lyon, Champions, volta

Compartilhe: Twitter

Sem receio ou vergonha, vou aproveitar neste espaço o texto da apresentação (que chamamos de “abre”) do duelo desta quarta-feira entre Bordeaux e Lyon, pela Liga dos Campeões da Europa, produzido pelo iG Esporte. Inclusive as fotos. Por dois motivos justíssimos: fui eu que escrevi o texto e estou sem tempo para redigir outro…

Apostei que o OL venceria a partida de ida, e acertei. Agora não sei se vence de novo, mas aposto que se classifica – você não? O link do Placar iG do clássico francês É ESTE AQUI. Abaixo, o “abre” deste histórico confronto:

Lyon vai a Bordeaux em busca de passo inédito na Liga

Time de Cris e Michel Bastos venceu a partida de ida das quartas-de-finais do torneio europeu por 3 a 1, em casa

 

O clássico francês das quartas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa começou equilibrado, mas o primeiro jogo deixou o Lyon em situação favorável. Depois de vencer o Bordeaux em seu estádio, por 3 a 1, a equipe dos brasileiros Cris, Éderson e Michel Bastos pode até perder por um gol de diferença nesta quarta-feira que se garante na fase semifinal da competição pela primeira vez na história. Ao atual campeão da França, é necessária uma vitória por 2 a 0 ou pelo menos três gols de diferença para repetir seu melhor desempenho de sempre na Champions, obtido na edição 1984/85. O duelo, no estádio Chaban-Delmas, está marcado para as 15h45 (de Brasília).

Gourcuff em treino do Bordeaux

Yoann Gourcuff
Pelos habilidosos pés do jovem meia francês passam as esperanças de gols do Bordeaux

Além da vantagem construída na semana passada, o momento do Lyon é melhor que o do rival, pois o time vem de duas vitórias consecutivas no Campeonato Francês, o que o levou à liderança compartilhada do torneio nacional. Por sua vez, o Bordeaux ainda lamenta a queda na final da Copa da Liga Francesa, para o Olympique de Marselha, e a derrota no último sábado para o Nancy, em casa, que o derrubou para a quarta colocação na Ligue 1.

Embora precise demonstrar eficiência ofensiva, a maior preocupação do atual campeão francês é a defesa. “Mesmo que consigamos marcar (pelo menos) dois gols, a chave do jogo será se defender bem. Se conseguirmos corrigir esses erros na defesa, poderemos esperar por algo muito bom na quarta”, avalia o técnico Laurent Blanc, que aposta na motivação de seus jogadores. “Ninguém está esperando que a gente consiga eliminar o Lyon da Liga. Mas isso pode ser uma fonte de motivação para os nossos jogadores”, acredita o ex-zagueiro da seleção francesa.

Do outro lado, o também zagueiro Cris pede atenção nos primeiros minutos do confronto. “Acho que o Bordeaux vai pressionar bastante em busca do primeiro gol logo no início da partida”, prevê o brasileiro, que aposta no contra-ataque do Lyon. “Podemos tirar vantagem dessa postura (do Bordeaux) porque temos jogadores muito rápidos no ataque. Mas temos que entrar em campo como se estivesse 0 a 0. Teremos que estar preparados mentalmente para o jogo”, pregou o capitão lionês.

A grande baixa na equipe de Cris é o atacante argentino Lisandro López, que marcou dois dos três gols do Lyon na partida de ida, mas está suspenso, assim como o meia-atacante Govou. Makoun, Clerc e Ânderson, machucados, seguem de fora. Entre os girondinos de Bordeaux, o volante brasileiro Fernando é desfalque por causa de uma lesão no rosto, mas seus compatriotas Henrique, Wendel e Jussiê foram relacionados, assim como o zagueiro Planus, que retorna de contusão, e o volante Alou Diarra, que volta após suspensão.

AFP
lyo

Michel Bastos e Cris, os representantes brasileiros entre os titulares do Lyon

 

FICHA TÉCNICA – BORDEAUX x LYON

Data: 7 de abril de 2010, quarta-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Local: estádio Chaban-Delmas, em Bordeaux (França)
Árbitro: Alberto Undiano Mallenco (Espanha)
Assistentes: Fermin Martinez Ibanez e Juan Carlos Yuste Jiménez (Espanha)

BORDEAUX: Ramé (Carrasso), Chalmé, Ciani, Sané (Planus) e Trémoulinas; Alou Diarra, Wendel, Gourcuff, Jussiê (Gouffran) e Plasil; Chamakh. 
Técnico: Laurent Blanc

LYON: Lloris, Réveillère, Cris, Boumsong e Cissokho; Toulalan, Kallstrom, Pjanic, Michel Bastos e Delgado; Gomis.
Técnico: Claude Puel

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 5 de abril de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 21:23

Aceso o alerta bordô

Compartilhe: Twitter

Três derrotas seguidas no começo da temporada podem significar apenas uma fase passageira, pois há basante tempo para o time em questão se recuperar. Mas três derrotas na transição de março para abril, levando-se em conta que a temporada acaba em maio, é para deixar qualquer equipe preocupada. Esta é a situação atual do Bordeaux, cujos derradeiros revezes não foram nem um pouco desprezíveis: 3 a 1 para o Olympique de Marselha na final da Copa da Liga Francesa, 3 a 1 para o Lyon na ida das quartas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa e 2 a 1, em casa, para o Nancy pelo Campeonato Francês.

A conclusão é que um título já se foi, a permanência na Champions está em perigo e o bicampeonato francês vai requerer uma eficiência maior. Após a 31ª journée da Ligue 1, neste fim de semana, os girondinos caíram para a quarta posição na tabela, situação jamais enfrentada pela equipe em todo o campeonato – o pior que ela enfrentou foi uma terceira colocação após a nona rodada. O problema é que restam poucas rodadas para o fim da competição, com cinco concorrentes lutando pelo troféu. Porém, o consolo, que não pode ser desprezado, é que o Bordeaux é um dos dois times do top six com duas partidas a menos, ainda por disputar, além do Olympique, parelho hoje em número de pontos. De qualquer forma, o alerta bordô se faz necessário.

Voando ultimamente, Michel salta sobre Douchez, do Stade Rennais (AFP)

A última rodada registrou:

Bordeaux 1 x 2 Nancy (Cavenaghi; Hadji e Dia)  – quase 30 mil pessoas no Chaban-Delmas
Para azar do bom público presente na casa girondina, o adversário do sábado foi um Nancy que aos poucos vem afastando qualquer possibilidade de rebaixamento. Mas foi decepcionante, claro, sobretudo para o zagueiro brasileiro Henrique, eleito o pior do jogo pela France Football. Por outro lado, Issiar Dia voltou a marcar e a roubar a cena pela segunda rodada consecutiva.

Montpellier 0 x 0 Monaco
Nada de gols e três amarelos para cada lado no “clássico Mon-Mon”. Bobeada enorme dos donos da casa, que se vencessem estariam atualmente na liderança isolada. Do Monaco já não espero muita coisa, então normal a falta de gols e o fato do goleiro Ruffier ter sido um dos maiores destaques do duelo.

Rennes 1 x 2 Lyon (Gyan; Michel Bastos e Lisandro López)
Lioneses crescendo no momento certo, decisivo. Depois da bela vantagem na Liga dos Campeões, vitória fora de casa para se juntar aos ponteiros da Ligue 1. Bastos e López vivem belas fases, com gols importantíssimos nos últimos jogos. Lisandro e o rival Gyan se aproximaram ainda mais do líder Niang na tábua de artilheiros, que também promete emoções nessa reta final. 

Auxerre 1 x 1 Paris Saint-Germain (Niculae; Sankharé)
Vingar-se da eliminação na semifinal da Copa da França era uma baita motivação para o AJA vencer e virar líder isolado. Mas o PSG vai dando provas de que voltou a jogar à altura do elenco e da tradição que tem.

Olympique de Marselha 1 x 0 Lens (Brandão) – Mbia-OLY foi expulso; quase 55 mil pessoas no Vélodrome
Cabeceio eficiente do atacante brasileiro, droit au but*, definiu a parada no estádio lotado em Marselha. Ben Arfa não foi bem, mas no geral o Olympique mereceu a vitória. E o OM, com um ponto e duas partidas a menos que os três co-líderes, é mais um a poder sonhar com a taça.

Valenciennes 1 x 0 Lille (Samassa) 
Placar péssimo para as pretensões lilleanas de conquista, pois deixa o time como último do top six que comanda a tabela, a três pontos do triunvirato líder. Gervinho decepcionou e já não é o atacante decisivo que foi em 2009. Destaque, no VAFC, para o atacante francês naturalizado malinês Mamadou Samassa, agora com sete gols na Ligue.

Grenoble 1 x 2 Lorient (Akrour; Gameiro e Fanchone) 
Se Fabien Audard, goleiro do Lorient, foi eleito o melhor do confronto, imagina-se a dificuldade dos visitantes, em oitavo na classificação, para bater os donos da casa, lanternas desde a quarta rodada. Kevin Gameiro é candidato forte à artilharia-geral, heim!

Nice 0 x 0 Sochaux 
Xoxo o encontro entre décimo quarto e décimo quinto (são vinte times ao todo). Tia Nice que me perdoe, mas passo… 

Saint-Etienne 2 x 0 Le Mans (Varrault e Benalouane) – Mirallas-SAI foi expulso
Apesar da vitória, os Verdes tiveram como desfalque negativo o atacante belga Kevin Mirallas, que entrou do banco de reservas e foi expulso depois de 23 minutos em campo. Mas houve bom público no Geoffroy-Guichard e a vitória mantém o ASSE a seguros oito pontos do Boulogne, primeiro a cair para a segunda divisão se tudo acabasse hoje. Já o Le Mans continua muito perto da próxima Ligue 2.

Boulogne-sur-Mer 1 x 1 Toulouse (Kapo; Braaten)
Péssimo para a pretensão dos anfitriões em permanecer na elite francesa no segundo semestre. O TFC, infelizmente, é outro que parece destinado a cumprir tabela nesses jogos que restam até maio. 

Brandão agradece a corrente marselhesa que ajuda o time a se manter no alto (AFP)

Lembrando: faltam somente 7 rodadas para o final do Campeonato Francês 2009/2010!

>> Tabela de classificação: Lyon (57 pontos em 31 jogos), Montpellier (57 pontos em 31 jogos) e Auxerre (57 pontos em 31 jogos) lideram. Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols; Gyan (Rennes), Lisandro (Lyon), Nenê (Monaco) e Gameiro (Lorient) somam 13. Clique AQUI

*”Droit au but” significa direto para o gol e é a expressão que faz parte do escudo do Olympique de Marselha

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 4 de abril de 2010 Francês da 1ª divisão | 19:25

Resultados da 31ª rodada

Compartilhe: Twitter

Agora, faltam somente 7 rodadas para o final do Campeonato Francês 2009/2010

Bordeaux 1 x 2 Nancy (Cavenaghi; Hadji e Dia)  – quase 30 mil pessoas no Chaban-Delmas
Valenciennes 1 x 0 Lille (Samassa) 
Rennes 1 x 2 Lyon (Gyan; Michel Bastos e Lisandro López) 
Grenoble 1 x 2 Lorient (Akrour; Gameiro e Fanchone) 
Nice 0 x 0 Sochaux  
Saint-Etienne 2 x 0 Le Mans (Varrault e Benalouane) – Mirallas-SAI foi expulso
Montpellier 0 x 0 Monaco
Olympique de Marselha 1 x 0 Lens (Brandão) – Mbia-OLY foi expulso; quase 55 mil pessoas no Vélodrome
Boulogne-sur-Mer 1 x 1 Toulouse (Kapo; Braaten) 
Auxerre 1 x 1 Paris Saint-Germain (Niculae; Sankharé)

>> Tabela de classificação: Lyon (57 pontos em 31 jogos), Montpellier (57 pontos em 31 jogos) e Auxerre (57 pontos em 31 jogos) lideram. Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols; Gyan (Rennes), Lisandro (Lyon), Nenê (Monaco) e Gameiro (Lorient) somam 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 2 de abril de 2010 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo | 07:02

O reserva mais caro do mundo

Compartilhe: Twitter

A "jóia" Henry em ação (AFP)

Na semana passada, a revista France Football – de cujo site sou “freguês” assíduo para alimentar este blog – divulgou as relações dos 20 maiores salários anuais do futebol mundial em três categorias: jogadores, técnicos e jogadores em atividade na Ligue 1 (Campeonato Francês da 1ª divisão). Além dos vencedores em cada quesito, o que chama a atenção, no caso do futebol francês, é a posição de Thierry Henry, capitão da seleção.

O atacante do Barcelona é dono do quinto maior salário global; como ele é bem mais reserva do que titular nas formações de Josep Guardiola, e os quatro primeiros Messi, Beckham, Cristiano Ronaldo e Kaká são titulares indiscutíveis (no caso do inglês, a referência é o Los Angeles Galaxy, não o Milan), podemos dizer que o Barça tem, no seu camisa 14, o reserva mais caro do mundo!

Não há outros franceses no top 20 dos jogadores endinheirados. O Barcelona, demonstrando ótima saúde financeira, mantém cinco jogadores neste rol! (Messi, Henry, Ibrahimovic, Puyol e Xavi). Os valores dos seis primeiros são:

1º. Messi (Barcelona) – 33 milhões de euros/ano
2º. Beckham (Los Angeles Galaxy) – 30,4 milhões
3º. Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 30 milhões
4º. Kaká (Real Madrid) – 18,8 milhões
5º. Henry (Barcelona) – 18 milhões
6º. Ronaldinho (Milan) – 17,2 milhões

No ranking dos técnicos mui bien remunerados, lista liderada novamente pelo português José Mourinho, que tomou o topo do brasileiro Felipão, o melhor francês é um que trabalha fora do país, Arsene Wenger. Ei-los: 

1º. José Mourinho (português da Internazionale-ITA): 13 milhões de euros/ano
2º. Roberto Mancini (italiano do Manchester City-ING): 12 milhões
3º. Luiz Felipe Scolari (brasileiro do Bunyodkor-UZB): 9,5 milhões
4º. Jurgen Klinsmann (alemão, ex-Bayern de Munique-ALE ): 9 milhões
5º. Fábio Capello (italiano da seleção da Inglaterra): 8,4 milhões
6º. Guus Hiddink (holandês da seleção da Turquia):  8 milhões
7º. Alex Ferguson (escocês do Manchester United-ING): 7,2 milhões
8º. Josep Guardiola (espanhol do Barcelona-ESP) : 6,5 milhões
9º. Arsene Wenger (francês do Arsenal-ING) : 6,3 milhões
10º. Louis Van Gaal (holandês do Bayern de Munique-ALE): 6 milhões

Entre os jogadores da Ligue 1, nada de meia ou atacante encabeçando a relação. É o zagueiro argentino Gabriel Heinze, do Olympique, que sucede a Karim Benzema, transferido do Lyon para o Real Madrid, no topo. Lyon e Marselha dominam os dez mais assalariados, com cinco e três posições cada, deixando o atual campeão francês Bordeaux para trás. E dois brasileiros, Cris e Michel Bastos, aparecem entre os primeiros. Veja:

1º. Gabriel Heinze, zagueiro (argentino do Olympique de Marselha) : 4,5 milhões de euros/ano
2º. Yoann Gourcuff, meia (francês do Bordeaux) : 4,4 milhões
3º. Lucho González, meia (argentino do Olympique de Marselha) : 4,3 milhões
4º. Cris, zagueiro (brasileiro do Lyon) : 4,2 milhões
5º. Lisandro López, atacante (argentino do Lyon) : 4,1 milhões
6º. Mamadou Niang, atacante (senegalês do Olympique de Marselha) : 3,8 milhões
7º. Kim Källström, lateral e volante (sueco do Lyon) : 3,7 milhões
8º. Claude Makélélé, volante (francês do Paris Saint-Germain) : 3,6 milhões
9º. Bafétimbi Gomis, atacante (francês do Lyon) : 3,5 milhões
10º. Michel Bastos, lateral e meia (brasileiro do Lyon) : 3,4 milhões

Agora, com base nisso tudo, eu te pergunto:

* Te parece justo o Barça pagar mais pelo reserva Henry do que pelo titular Ibra?
* Te parece justo que um zagueiro questionável como Heinze tenha o melhor salário do Francês? Se não, quem deveria assumir seu lugar?
* Algo mais nas listas acima te parece injusto?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 3
  3. 4
  4. 5
  5. 6
  6. 7
  7. Última