Publicidade

Posts com a Tag Lille

quinta-feira, 5 de novembro de 2009 Brasileiros na França, Torneios europeus | 22:24

Nada empolgante no segundo escalão

Compartilhe: Twitter
Pronuncia-se "Pirrê", e não Pires, como um mero prato sob uma xícara (AP)

Pronuncia-se "Pirrê", e não Pires, como um mero prato sob uma xícara (AP)

Se na Liga dos Campeões da Europa, a vedete e maior sonho de consumo dos clubes do continente, os franceses vão très bien, merci!, na Liga Europa, o torneio de segundo escalão do Velho Mundo, a situação é diferente. Não que seja decepcionante, mas nada de encher os olhos. O Lille até lidera o grupo B, mas mesmo assim não tem seu futuro na competição garantido. Muito menos o Toulouse, terceiro entre os quatro clubes da chave J.

Nesta quinta-feira, o Lille foi à Itália enfrentar o Genoa, depois de, na última rodada, ter aplicado uma respeitável vitória por 3 a 0 (goleada?) sobre o time genovês. Desta vez não deu para segurar a equipe dos argentinos Hernán Crespo e Rodrigo Palacio. Os dois marcaram uma vez cada, o LOSC – com Emerson na lateral-esquerda – foi buscar o empate com a dupla dinâmica Frau e Gervinho, mas, aos 48 do segundo tempo, azar total para os franceses, com o gol de Sculli encerrando a peleja em 3 a 2.

Dos males, o menor: o Valencia perdeu dois pontos que pareciam certos ao deixar o Slavia Praga empatar, o que permitiu que o Lille acabasse a rodada ainda na liderança, com sete pontos. Genoa e Valencia o seguem de perto, com seis, deixando o clube checo com dois. Outro consolo é que, se Lille e Genoa empatarem em primeiro ou segundo na classificação final do grupo, daqui a duas rodadas, a vantagem no confronto direto é do LOSC (5 x 3), que pode avançar justamente por causa desse critério de desempate.

Hoje também foi a vez do Toulouse receber o Shakhtar Donetsk, depois de ter levado, na gélida Ucrânia, uma sapatada de 4 a 0 do atual campeão do torneio. Bem, o placar visto na França não me deixa mentir mais uma vez sobre a condição de carrasco francês do Chakthior: 2 a 0. E novamente com gol brasileiro, do mesmo Luiz Adriano, que fez três gols no TFC em duas semanas! Pelo menos o técnico Alain Casanova deu uma chance para o jovem Luan, que atuou os 90 minutos. Mas o artilheiro Gignac fez muita falta no ataque, sem dúvida.

Como o Brugge derrotou o Partizan por 4 a 2, o Toulouse precisa reagir, afinal ficou três pontos atrás do seu rival direto pela segunda vaga da chave, justamente o time belga (7 a 4). O abrasileirado Shakhtar venceu todas e carimbou sua classificação, com 12 pontos. O clube sérvio, sem pontuar em quatro rodadas, já não tem mais chances de nada.

Francês fora da França
A surpresa positiva na rodada da Liga Europa foi o veterano meia Robert Pires, que marcou duas vezes na goleada do Villarreal (Espanha) sobre a Lazio (Itália) por 4 a 1. O primeiro do jogador de 36 anos, campeão mundial com a seleção em 1998 e hoje no Submarino Amarelo, foi de pênalti.


*Hoje saiu a convocação francesa para os jogos da repescagem das Eliminatórias para a Copa, mas isso é assunto para amanhã!

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 22 de outubro de 2009 Torneios europeus | 20:12

Algoz mancha semana

Compartilhe: Twitter

A semana vinha excelente para os times franceses em torneios europeus, com vitórias de Lyon, Bordeaux e Olympique de Marselha na Liga dos Campeões. Aí veio a Liga Europa nesta quinta-feira, com Shakhtar Donetsk x Toulouse e Lille x Genoa. Até aqui os dois estavam invictos após duas rodadas, mas confesso que me deu medo, porque do time da ucraniana Donetsk a lembrança não era nada boa, afinal o Chakhtior, como chamam os franceses, além de ser o atual campeão do torneio, eliminou o Olympique na última Copa da Uefa, justamente no meu primeiro dia de blog! (reveja). Não deu outra: 4 a 0 para o algoz. Pelo menos o Lille salvou o dia!

Naquela partida Shakhtar 2 x 1 Marselha, em pleno Vélodrome no 17 de abril passado, Fernandinho e Luiz Adriano jogaram de branco e marcaram os gols da vitória. Hoje, vestiram listras laranjas e pretas, e seguiram inspirados: o primeiro abriu o placar, de pênalti, e o segundo marcou duas vezes, fazendo o segundo e o quarto dos donos da casa. Hübschman havia feito o terceiro, e a goleada estava posta para o Toulouse como um prato frio num cenário gelado que é a Ucrânia: 4 a 0.

Agora, o TFC caiu da segunda para a terceira colocação no grupo J. Com o Shakhtar disparado na frente (nove pontos), Brugge e Toulouse aparecem atrás com quatro, mas o rival belga possui melhor saldo de gols, após ter batido o Partizan, lanterna da chave com zero, também nesta quinta, por 2 a 0. Ou seja, o adversário direto do clube francês por uma vaga na próxima fase já parece definido.

O travesso Luiz Adriano não perdoou nem Pelé! (France Football)

O travesso Luiz Adriano não perdoou nem Pelé! (France Football)

Já em Villeneuve D’Ascq, a parada foi diferente, felizmente. Segundo li no acompanhamento lance a lance da France Football, o Lille, 15º colocado no Campeonato Francês, foi “disciplinado e convincente” para aplicar uma respeitável vitória por 3 a 0 (goleada?) sobre o Genoa, 6º lugar do Campeonato Italiano. Considerando que a Série A é bem mais badalada que a Ligue 1, que batam palmas aos franceses, s’il vous plaît! Com Emerson na lateral-esquerda, os gols do LOSC foram todos importados, saindo por intermédio do meia polonês Ludovic Obraniak, do atacante eslovaco Robert Vittek e do meia belga Eden Hazard.

Desta feita, o Lille chega aos sete pontos e lidera o grupo B, beneficiado pelo empate em 1 a 1 do Valencia com o Slavia Praga na Espanha, que deixou os espanhóis com cinco. A terceira posição é do Genoa, com três pontos, enquanto o Slavia ficou com apenas um. Chances boas para o ex-time de Michel Bastos!

O Lille de Aubameyang mostrou ao Genoa quem está por cima na chave (Reuters)

O Lille de Aubameyang mostrou ao Genoa quem está por cima na chave (Reuters)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 1 de outubro de 2009 Torneios europeus | 22:27

Aqui ninguém perdeu (até aqui)

Compartilhe: Twitter

Se na Liga dos Campeões da Europa os franceses andam um tanto quanto instáveis – Lyon ótimo, Bordeaux bom e Marselha fraco -, pelo menos na Liga Europa não se conhecem derrotas após as quatro partidas dos dois representantes do pays até aqui.

Frau e Gervinho: a beleza da miscigenação étnica (AP)

Frau e Gervinho: a beleza da miscigenação étnica (AP)

Tanto Lille quanto Toulouse colecionam uma vitória e um empate até aqui, o que coloca o LOSC na ponta do grupo B, ao lado do espanhol Valencia (4 pontos) e à frente do italiano Genoa (3) e do tcheco Slavia Praga (zero); o TFC está na vice-liderança da chave J, também com quatro pontos, dois atrás do ucraniano Shakhtar Donetsk (6), o líder. O belga Club Brugge tem um e o sérvio Partizan Belgrado, nenhum.

Nesta quinta-feira, o Lille aplicou uma bela goleada de virada sobre o Slavia, jogando em Praga. Saiu atrás no comecinho, aos 6 minutos, quando Belaid marcou de pênalti. Porém, Suchy (contra), Pierre-Alain Frau, Gervinho, Arnaud Souquet e novamente o marfinense Gervinho balançaram as redes tchecas e trouxeram três ótimos pontos para a França neste 5 a 1.

Menções a Brice chamaram mais atenção que o jogo (AFP)

Menções a Brice chamaram mais atenção que o jogo (AFP)

Toulouse x Brugge foi marcado não apenas pelo 2 a 2 dentro das quatro linhas, mas principalmente pelas homenagens e lembranças a Brice Taton, torcedor do TFC que acabou morrendo após ser espancado por sérvios no dia da partida anterior do time no torneio, contra o Partizan, em Belgrado. Akpala abriu o placar para os visitantes aos 8 do segundo tempo e o meia Moussa Sissoko empatou dois minutos depois. O matador André-Pierre Gignac deixou o seu aos 39, mas a vitória ficou apenas na vontade quando Perisic voltou a igualar, desta vez definitivamente, o marcador no estádio municipal justamente aos 45 da etapa complementar.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 30 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Franceses no mundo, Torneios europeus | 19:14

Madri, Bordeaux, Munique e Nicósia!

Compartilhe: Twitter
É para o lado do rótulo, Mandanda! (Reuters)

É para o lado do rótulo, Mandanda! (Reuters)

 

Foram quatro os palcos de jogos pela Liga dos Campeões onde os franceses se destacaram (ou não). Vamos a um por um:

Real Madrid x Olympique de Marselha
No primeiro tempo, poucas chances e nada de gols em Madri, o que era ótimo para o OM. Porém, no segundo, aos 12, o Real achou o caminho do gol com Cristiano Ronaldo, concluindo lançamento de Pepe. A parada não estava resolvida, até que Diawara entrou duro em Cristiano quando este invadia a área pela linha de fundo, aos 16. Foi na bola, mas só chegou a ela porque levou a perna do madridista junto! Os marselheses reclamaram com o português, que ficou chorando no chão, mas o fato é que Souleymane recebeu o segundo amarelo, foi expulso e o pênalti marcado. Kaká deslocou Mandanda e ampliou.

Deschamps trocou Fernando Morientes, bastante aplaudido pela torcida merengue (teve duas passagens pelo Real, entre 1997 e 2003 e 2004-2005) e colocou Brandão, “pra-quem-sabe-numa-bola-aérea”. Mas no primeiro ataque espanhol com um a mais, Benzema tabelou com Kaká e tocou com açúcar para Ronaldo só empurrar para as redes vazias: 3 a 0 com 21 minutos.

Aos 24, Cristiano deu lugar a Higuaín, visivelmente sentindo a perna direita, onde levou a pancada. Sentou no banco e já teve uma bolsa de gelo aplicada no local. Oito minutos depois, Kaká foi substituído por Raúl. Sentou do lado do portuga, que lhe contou uma piadinha. O brasileiro riu. O que mais esses caras podem querer na vida, né?

Antes do apito final, Mamadou Niang e Brandão tiveram chances em chutes fortes, mas apenas glorificaram Iker Casillas. Niang sairia aos 41, para a entrada de Hatem Ben Arfa. O meia até levou perigo, numa bola que passou por baixo de Casillas e quase entrou, mas nem o gol de honra veio. Com a surpreendente derrota do Milan para o Zurique, na Itália, o Marselha amarga a lanterna do grupo C.

Bordeaux x Maccabi Haifa
O que era muito fácil quase se complicou de vez, porque os Girondinos só conseguiram o gol e a vitória aos 38 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Michaël Ciani (?!) vazou os israelenses. Com o empate desses dois times aí debaixo, Bayern e Juventus, os Marine et Blanc colaram nos germânicos na ponta do grupo A, ambos com quatro pontos.

Bayern x Juventus
Em Munique, David Trezeguet jogou 73 minutos como titular do ataque da Juventus, mas não repetiu os gols das últimas duas partidas e deu lugar a Amauri. Franck Ribéry jogou os 90 minutos, mas o time alemão também não mexeu no placar.

APOEL Nicósia x Chelsea
No persistente Chipre (é a segunda vez que o país está representado na Champions, sem repetir o clube!), o time inglês não teve Didier Drogba, mas o faro de gol de Nicolas Anelka deu conta do recado. Após bela jogada de Juliano Belletti (!) na linha de fundo, aos 18 da primeira etapa, o francês concluiu de primeira, num lindo chute, o único que morreu no fundo das redes nos 90 minutos. Florent Malouda também participou do jogo.

>> Liga Europa, 2ª rodada
Como sempre imendando na Liga dos Campeões, a Liga Europa faz mais uma journée amanhã. Pelo grupo B, o Lille vai a Praga encarar o Slavia. Já o Toulouse recebe o belga Brugge em casa, pela chave J.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 21:18

Clássicos e candidatos

Compartilhe: Twitter

Muito boa essa rodada de fim de semana do Francês: clássicos e muitos gols (33) para um torneio que costuma ser modesto em termos de bola nas redes. Os resultados após seis rodadas já indicam potenciais candidatos para título, vagas nas competições europeias e rebaixamento.

Agora líder isolado, o Bordeaux parece o mais cotado na briga pelo caneco. Invicto e empolgado pelo empate com a Juventus na Itália, pela Champions, o atual campeão não quis saber da pressão do pequeno estádio do Boulogne e venceu o novato por 2 a 0 no clássico “Bo-Bo” (!). Os clubes nunca haviam se enfrentado antes, o que deu um ar de feito histórico para o duelo.

Lyon e Olympique, também imbatíveis, perseguem os Girondinos dois pontos atrás e mostram que têm elencos para lutar pela taça. O OL foi buscar um empate com o Paris Saint-Germain no Parc des Princes, num confronto que virou clássico pela grandeza dos clubes nos últimos anos. Ludovic Giuly e Bafetimbi Gomis ratificaram as boas fases neste início de temporada com gols. O Marselha recebeu o bom time do Montpellier no clássico do sul da França e meteu 4 a 2, sendo três deles marcados por contratações da última janela (Lucho, Diawara e Edouard Cissé), uma ótima recuperação após a derrota para o Milan no Vélodrome.

O outro tento do OM veio por intermédio do endiabrado Mamadou Niang, que divide a artilharia da Ligue 1 (4 gols) com Gourcuff, Gyan e Nenê, nosso brazuca. O ganense Asamoah Gyan é o destaque do ataque do Rennes, que completa o rol dos invictos na 4ª posição e sapecou quatro na casa do Grenoble, seríssimo candidato à Ligue 2, pois só perdeu até aqui. O Stade Rennais, se mantiver a toada, é forte candidato a uma vaga, na pior das hipóteses, à Liga Europa, assim como o Monaco, que deitou e rolou na casa da tia Nice (que pode virar residência de segunda divisão): 3 a 1 no clássico da riviera francesa, em ótimas atuações do supracitado Nenê, do meia argentino Alonso e do atacante sul-coreano Park (Park na Coréia é QUE NEM Silva no Brasil!).

Por fim, o dérbi do norte entre Lens e Lille ficou empatado (1 a 1), mantendo a boa campanha dos donos da casa e a fragilidade dos visitantes, que devem sentir uma imensa falta de Michel Bastos, hoje no Lyon, e se não reagirem, podem cair também. A destacar ainda os 5 a 2 do Valenciennes sobre o Sochaux, fora de casa, no qual Pujol fez dois. Não o zagueiro espanhol do Barcelona, o atacante francês do VAFC!

Nenê e Park, o lépido ataque monegasco (AFP)

Nenê e Park, o lépido ataque monegasco (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Torneios europeus | 19:19

Toulouse ótimo, Lille bom

Compartilhe: Twitter
Os cinco juízes para Partizan x Toulouse (AFP)

Os cinco juízes para Partizan x Toulouse (AFP)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Começou hoje a Liga Europa, com 24 jogos. Os 48 clubes de segundo escalão do continente – porque, em tese, a nata está na Liga dos Campeões, tirando húngaros, romenos, suíços e cipriotas – estão divididos em 12 grupos. Se você nunca ouviu falar nesse nome, não estranhe; até a última edição, o torneio se chamava Copa da Uefa. Um atrativo curioso marcou as partidas desta quinta: cinco árbitros em cada jogo, um teste da Fifa para ver se a arbitragem melhora (no Brasil, está péssima!). Será que adianta algo?

Pelo grupo B, o Lille estreou recebendo o Valencia no Lille-Métropole. O time espanhol veio com o sérvio Zigic no ataque, o mesmo que marcou pela seleção contra a França na semana passada, deixando David Villa e Juan Mata no banco. Sem Túlio de Melo no ataque, lesionado, o LOSC tinha Emerson como brasileiro em campo, na lateral-esquerda.

Curiosamente, os dois gols da partida vieram de jogadores que começaram como reservas. Até houve gol no 1º tempo, do Lille, após confusão na área espanhola, mas acabou anulado por uma falta no goleiro que não me convenceu muito. Depois de 78 minutos, justamente Juan Mata, que veio para o lugar de Jordi Alba um minuto antes (!), abriu o placar, após bela jogada de Joaquin. Mas os donos da casa conseguiriam empatar aos 86 (41 do 2º tempo!), graças ao zagueiro Saltor, que entregou o ouro, e ao marfinense Gervinho, que teve tranquilidade para colocar debaixo das pernas de Cesar. Diante das circunstâncias, e como se trata de um rival de respeito, não foi um resultado ruim para o Lille. Como o Genoa venceu o Slavia Praga por 2 a 0, lidera a chave.

Melhor ainda faria o Toulouse, mesmo atuando na Sérvia (que atualmente nada de amistoso significa para os franceses): vitória sobre o Partizan, pelo grupo J. O TFC manteve o artilheiro Gignac no banco, ainda sem suas melhores condições físicas. O time de Belgrado tinha uma outra variação de Diarra no ataque (eita nome comum na Europa!), um tal de Lamina Diarra, senegalês. Mas quem abriria o placar para os donos da casa seria Krstajic (pronuncie este nome!), aos 23 minutos, vencendo o goleirão Pelé de cabeça.

Entretanto, os franceses virariam ainda na primeira etapa, com dois gols do meia François Sirieix, aos 29 e 38 minutos. Em dia inspirado, o jogador daria assistência para outro meia, Antoine Devaux, ampliar aos 5 do 2º tempo. Os donos da casa ainda diminuiriam com o brasileiro Cléo, que saiu da reserva aos 18 e marcou aos 22, após passe de Diarra. Mas a vitória em “solo inimigo” estava garantida. Tudo bem que o Partizan teve a façanha de perder a vaga nos grupos da Liga dos Campeões para o obscuro Apoel Nicosia, do Chipre. Mas começar vencendo fora é sempre motivador, e o TFC divide a liderança da chave com o Shakthar Donetsk, que enfiou 4 a 1 no Club Brugge lá na Bélgica.

Juiz na linha de fundo para Lille x Valencia (AP)

Juiz na linha de fundo para Lille x Valencia (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Franceses no mundo, Torneios europeus | 17:40

Lyon salva a honra francesa

Compartilhe: Twitter

Há pouco se deu o terceiro embate entre França e Itália pela Liga dos Campeões em dois dias. Em casa, o Lyon recebeu a Fiorentina, no que teoricamente seria a melhor chance dos franceses vencerem seus algozes na última final de Copa do Mundo. E foi, acabando 1 a 0. Depois do empate do Bordeaux e da derrota do Marselha, o triunfo lionês deixa tudo igual entre as nações que decidiram o Mundial da Alemanha.

As coisas não começaram como o OL esperava no quase lotado Gerland (37 mil pessoas, para 41 mil possíveis): Michel Bastos machucou a coxa após lance com Marchionni e deixou o gramado logo aos 26 minutos da primeira etapa, sendo substituído por Govou. Não mudou o esquema, mas perdeu-se um talento a mais.

Aliás, os 45 minutos iniciais mostraram que a rivalidade entre as equipes realmente cresceu, após elas já terem se encontrado na última edição da Champions. Ontem, em Turim, o primeiro cartão de Juventus x Bordeaux só veio aos 20 do 2º tempo, e outro aos 25 encerrou a lista de advertências na partida inteira, duas. Hoje, em Lyon, foram 4 amarelos e 1 vermelho só no 1º tempo, de muitas faltas e nervosismo! Lisandro e Pjanic foram amarelados, assim como Dainelli e Donadel, da Viola. O matador Gilardino, lamentavelmente, despejou sua ira num adversário em vez de na bola – cotovelada em Toulalan e chuveiro mais cedo, pouco antes do apito final, após os lioneses terem um gol de Pjanic bem anulado.

Na segunda etapa, mais cartões amarelos e a Fiorentina se retraiu, com Mutu dando lugar à Jovetic. Sem Bastos, o Lyon não conseguia criar perigo para a meta do francês Frey. A pressão daria resultado aos 31 minutos, quando Kallstrom cruzou, Frey rebateu e Pjanic aproveitou com o goleiro deitado, desta vez de forma legal. Aos 37, o bósnio daria lugar a Ederson. Empolgado, o OL partiu em busca do segundo, mas o goleiro francês mostrou grande forma e o marcador se manteve.

O duelo não foi nada amistoso, mas o Lyon teve mais cabeça

O duelo não foi nada amistoso, mas o Lyon de Cris teve mais cabeça (AP)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A destacar de França nos outros jogos
Em Standard Liège 2 x 3 Arsenal, eu esperava citar Gallas, Diaby, Nasri, Wenger. Mas quem marcou primeiro foi, muito-prazer, Eliaquim Mangala, defensor do time belga. Tudo bem que Diaby fez bela jogada e deu o passe para Bendtner diminuir quando estava 2 a 1. Entretanto, deixo claro que aqui não tem essa de ser necessariamente figurão e conhecido por 10% dos apreciadores de futebol pra gente falar: brilhou, resplandece! Falando em estrelas, a de Henry esteve apagada em Milão, assim como a de Messi, Ibrahimovic e Eto’o, em Inter 0 x 0 Barcelona.

A Liga B da Europa
Amanhã tem mais francês em campo por torneio europeu: Lille e Toulouse estreiam na fase de grupos da Liga Europa. O LOSC recebe o tradicional Valencia, da Espanha, e o TFC vai a Belgrado encarar o sérvio Partizan. A conferir nestas linhas!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 14 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 21:27

Pausa para o grande desafio

Compartilhe: Twitter

Segunda é dia de ver como foi a rodada do Francês no fim de semana. Porém, a partir desta semana, três clubes da Ligue 1 começam a se preocupar com algo maior do que o campeonato nacional: o principal torneio continental da Europa, a Liga dos Campeões. Bordeaux, Marselha e Lyon estreiam nesta semana. Mas vamos primeiro ao Francês, que viveu sua 5ª rodada no sábado e domingo.

Se antes tínhamos seis invictos, agora temos cinco: mesmo com a estreia do artilheiro Hoarau na temporada, o PSG caiu em Monaco para os donos da casa, 2 a 0, com Nenê mais uma vez achando o caminho do gol. Como Bordeaux e Lyon venceram, eles seguem, agora exclusivamente, dividindo a ponta. Sem Lisandro López e Ederson, lesionados, Michel Bastos deu conta do serviço para o OL sobre o Lorient. Contra o péssimo Grenoble, que só sabe perder até aqui, a vitória dos Girondinos foi magra, mas veio, com gol de Gouffran.

Também imbatíveis por ora, Montpellier e Olympique de Marselha passaram o PSG na tabela, nessa ordem pelo saldo de gols. O primeiro é uma grata surpresa, pois acabou de vir da Ligue 2 e bateu outro ascendente que vem bem, o Lens, com gol do argentino Costa. O segundo finalmente estreou sua estrela de mesma nacionalidade, o meia Lucho González, mas quem brilhou contra o Le Mans foi a velha dupla de ataque Niang-Brandão, um gol cada.

O Lille venceu a primeira, contra o Sochaux, mas pagou caro: Túlio de Melo saiu machucado e, com entorse no mesmo joelho que já o privou de muitos jogos na temporada passada, deve ficar de quatro a seis semanas fora de ação – perdendo inclusive a estreia do LOSC na Liga Europa, contra o Valencia nesta quinta. Frau, que não tem nada com isso, entrou no lugar do brasileiro e marcou o único tento da contenda. O Lille é o 7º, logo atrás do Rennes, o último dos invictos, com duas vitórias e três empates.

Se liga, teremos Liga!
A primeira rodada da fase de grupos da The Champions acontece terça e quarta. Amanhã, dois franceses em campo em duelos contra italianos. O Olympique recebe o Milan e o Bordeaux viaja para encarar a Juventus. Na quarta, mais França x Itália: Lyon x Fiorentina! Dá-lhe Gian Oddi no meu ouvido…

Olympique e Milan fizeram a final da Liga de 1993, vencida pelos franceses. Deschamps, técnico do Marselha que ergueu a taça naquela ocasião, só tem uma dúvida: o lateral Bonnart, machucado. Entre os rossoneros, Leonardo não terá Gattuso e deve colocar Ronaldinho Gaúcho no banco. Em Turim, os Girondinos, completos, têm a sorte de a Juve não poder contar com os titulares Diego, Del Piero e Chiellini. Mas ambas as paradas serão bem duras, bien sûr…

Dá pra acompanhar e conferir todos os jogos da Liga no Placar iG, a partir das 15h30 de Brasília. Forza, França!

Faz um contra o Milan que tu segue na foto, Brandão! (AFP)

Faz um contra o Milan que tu segue na foto, Brandão! (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 08:01

O batalhão brasileiro

Compartilhe: Twitter

Num “pool de posts” dos blogs “europeus” do iG Esporte, listamos os jogadores brasileiros que estão hoje nas primeiras divisões de França, Alemanha, Espanha, Inglaterra e Itália. Na terra dos Bleus são 26 brazucas, divididos em 14 dos 20 clubes da Ligue 1. Uns você conhece bem, alguns já ouviu falar e outros num faz nem ideia! Voilá:

Bordeaux: Henrique (zagueiro), Fernando (volante), Wendell (volante e meia) e Jussiê (meia)
Marselha: Elinton Andrade (goleiro), Hilton (zagueiro) e Brandão (atacante)
Lyon: Cris (zagueiro), Ânderson (zagueiro), Ederson (meia) e Michel Bastos (meia e lateral-esquerdo)
PSG: Ceará (lateral-direito)
Toulouse: Luan (atacante)
Lille: Emerson (lateral-esquerdo e zagueiro) e Túlio de Melo (atacante)
Rennes: não tem
Auxerre: Marcos Antonio (zagueiro)
Monaco: Adriano (lateral-direito e zagueiro), Eduardo Costa (volante) e Nenê (meia e atacante)
Lorient: não tem
Grenoble: não tem
Nancy: André Luiz (zagueiro)
Saint-Etienne: Ilan (atacante)
Le Mans: Geder (zagueiro) e Marcos Paulo (meia)
Nice: não tem
Valenciennes: Rafael Schmitz (zagueiro)
Sochaux: Carlão (zagueiro, lateral-esquerdo e volante)
Lens: Eduardo Santos (atacante)
Montpellier: não tem
Boulogne: não tem

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 27 de agosto de 2009 Torneios europeus | 19:42

Ligas: vai dar liga?

Compartilhe: Twitter

Monaco foi palco, nesta quinta, do sorteio mais esperado do ano no futebol europeu: a definição dos 8 grupos da Liga dos Campeões da Europa. Michel Platini, presidente da Uefa, conduziu a cerimônia. Se alguém acha um absurdo a Champions ter times do Chipre, Suíça e Hungria e deixar tradicionais como Roma, Benfica e Ajax na Liga Europa, Platini está adorando, pois diminuir a distância entre os dois torneios continentais é sua meta declarada.

Um pequeno rodeio foi necessário para amenizar o fato principal e nada animador: vem bucha pela frente para o trio francês! Recordemos que é preciso ficar entre os dois primeiros da chave para avançar aos mata-matas. E a primeira rodada é no próximo dia 15.

O campeão Bordeaux vai duelar com Bayern de Munique (Alemanha), Juventus (Itália) e Maccabi Haifa (Israel); o vice Marselha compõe o grupo galáctico de Real Madrid (Espanha), Milan (Itália) e Zurique (Suíça); e o Lyon tem uma tarefa menos árdua contra Liverpool (Inglaterra), Fiorentina (Itália) e Debrecen (Hungria). Conclusão: se não houver imprevistos, acho que só o OL não morre após os 6 primeiros jogos.

*A Liga Europa definiu seus classificados para a fase de grupos. No que cabe ao objeto deste blog,  Toulouse Lille se classificaram (Túlio de Melo marcou dois) e o Guingamp deu “au revoir”, como era esperado.

**Hoje saiu mais uma relação de convocados franceses para compromissos das Eliminatórias para a Copa. Como já tive assunto e tô preparando um texto sobre os Bleus pr’amanhã, isso fica pra sexta.

Em Monaco, Platini entregou prêmio a Messi pelo desempenho na última Champions (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 27
  5. 28
  6. 29
  7. 30
  8. 31
  9. Última