Publicidade

Posts com a Tag Lens

quarta-feira, 24 de março de 2010 Copas francesas, Franceses no mundo | 21:21

Muitos gols decisivos

Compartilhe: Twitter

Nas duas partidas restantes pelas quartas-de-finais da Copa da França, assistimos a um bocado de gols decisivos, onze. No Principado mais charmoso da Fórmula 1, o Monaco superou o Sochaux no sufoco da prorrogação, por 4 a 3. Já no norte francês, o Lens prevaleceu para cima do Saint-Etienne, fazendo 3 a 1 com contribuição brasileira.

Primeiro, as reviravoltas em Monaco. Boudebouz assustou os donos da casa no Louis II, ao abrir o placar para o Sochaux aos 29 minutos de jogo. Mas o Monaco conseguiu a virada logo depois, com gols de Puygrenier e Haruna, aos 34 e 38 minutos, respectivamente. Mal começou o segundo tempo, porém, o Sochaux empatou com Dalmat. E a virada veio aos 26 minutos, com Brown. Entretanto, quando tudo levava a crer que os visitantes garantiriam a vaga nas semifinais, Pino marcou para os anfitriões, aos 45 minutos!

A partida teria de ser decidida na prorrogação. Aí, brilhou a estrela do nigerense Moussa Maazou, que vem se mostrando uma ótima contratação para o ASM: ele marcou aos cinco minutos, na terceira e derradeira virada da partida. Para o Monaco, esta Copa pode ter o mesmo efeito esperado pelo PSG: salvar uma temporada que vem se mostrando decepcionante na Ligue 1.

Nenê, no alto, e colegas comemoram gol monegasco (Reuters)

Por fim, o triunfo do Lens. Apesar de estar longe de seus domínios, os alviverdes do Saint-Etienne saíram na frente do marcador logo no primeiro minuto de jogo. Após cruzamento de Monsoreau, Chelle e Ramos falharam e a bola sobrou com o belga Kevin Mirallas, que só teve o trabalho de empurrar para as redes. O empate do Lens veio ainda na primeira etapa. Aos 36 minutos, o zagueiro Chelle acertou a trave do goleiro Planté e, no rebote, o brasileiro Eduardo Santos apareceu para completar para o gol.

A virada dos donos da casa veio aos 30 minutos. Mais uma vez Roudet apareceu para bater falta, encontrando o zagueiro Yahia, que desviou para a meta adversária, não dando chances ao arqueiro adversário. No final, o próprio Roudet marcou o seu, garantindo a classificação da equipe aurirrubra para as semifinais. Como Eduardo esteve na campanha vitoriosa do Guingamp na última Copa da França, ele é o único que pode conquistar o bicampeonato consecutivo da competição!

Eduardo Santos tenta se livrar de marcador no Felix Bollaert (Reuters)

Franceses fora da França
Nesta quarta, Florent Malouda fez dois dos cinco gols que o Chelsea aplicou para cima do falido Portsmouth, fora de casa, pelo Campeonato Inglês. A revelação Jonathan Biabiany participou diretamente do gol do Parma sobre o Milan no Campeonato Italiano: chutou cruzado, o goleiro Abbiati rebateu e Bojinov mandou para a redes, decretando a derrota rossonera. E no berço da filosofia ocidental, Djibril Cissé, sempre ele, encerrou a vitória do Panathinaikos sobre o Pas Giannina por 3 a 1, pela partida de ida das semifinais da Copa da Grécia.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 23 de março de 2010 Copas francesas | 13:50

Copa da França, quartas-de-finais

Compartilhe: Twitter

As quatro partidas acontecem nesta terça e quarta-feiras. São sete times da primeira divisão e apenas uma zebrinha, o Quevilly, da quarta. Será que ele chega às semifinais?

Tirando o Auxerre, os outros clubes da elite francesa não fazem uma boa Ligue 1 e, portanto, podem usar o segundo torneio mais importante do país para ter uma lembrança inesquecível (positivamente) da atual temporada. A conferir, os seguintes confrontos, nos horários de Brasília:

Terça, 23/03
14h – Quevilly x Boulogne-sur-Mer  
16h45 – Auxerre x Paris Saint-Germain  

Quarta, 24/03

13h – Monaco x Sochaux  
16h45 – Lens x Saint-Etienne

Autor: Tags: , , , , , , , ,

segunda-feira, 22 de março de 2010 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 21:28

Não há folga no Francês

Compartilhe: Twitter

Faltam apenas 9 rodadas para o fim do Campeonato Francês 2009/2010!

Por mais que o Bordeaux resista ao acossamento (existe isso?) dos rivais e não largue a liderança da Ligue 1, não há nenhuma facilidade na luta girondina pelo bicampeonato. Mais uma vez, Montpellier e Auxerre também venceram na rodada e não desgrudaram do topo da tabela e do sonho de alcançar a taça.

A vantagem do Bordeaux para o Montpellier, que tem o mesmo número de pontos (56), é possuir um jogo a mais por disputar. Na cola de ambos, um ponto atrás, está o Auxerre (55). Com 53 e também uma partida ainda por jogar, o Olympique de Marselha segue vivíssimo no páreo. Já Lille e Lyon, com 51, estão um pouco mais distantes e teriam que torcer contra muitos times para levantar o troféu – mesmo a luta por vagas nas copas europeias não será fácil, pois eles estão em quinto e sexto na classificação, e só os cinco primeiros jogarão algum torneio continental a partir do segundo semestre.

Destaque brasileiro na rodada, Jussiê celebra perto do craque Gourcuff (à direita) e do chefe Blanc (à esquerda)

Lá em baixo, onde a situação parecia definida no primeiro turno, os últimos colocados começaram a colecionar pontos e animar a briga contra o rebaixamento para a segunda divisão. Inclusive tivemos uma troca de posição após a 29ª journée: o Boulogne-sur-Mer passou o Le Mans (23 pontos a 21), relegando-o à vice lanterna, seis pontos à frente do derradeiro Grenoble (15 pontos). Se o campeonato acabasse hoje, esses três cairiam. Mas pelo menos Boulogne e Mans ainda podem alcançar Nice (32) e Saint-Etienne (29), que devem ficar bem espertos para não serem degolados quando maio chegar.

Repetindo o post de ontem, coloco os resultados e goleadores da rodada abaixo. O meia Jussiê foi o único brasileiro a balançar as redes, e o ganense Asamoah Gyan o único a marcar mais de uma vez, para o Stade Rennais, se juntando na luta pela artilharia geral, que (também) anda bastante agitada nesta reta final de competição – nesta rodada, nomes como Loïc Rémy, Ireneusz Jelen e Victor Hugo Montano entraram no páreo.

Bordeaux 3 x 1 Lille (Ciani, Jussiê de pênalti e Gourcuff; Hazard) – Ricardo Costa-LIL foi expulso; mais de 32 mil pessoas no Chaban-Delmas 
Montpellier 2 x 1 Valenciennes (Joris Marveaux e Montano; Ben Khalfallah) 
Auxerre 2 x 1 Le Mans (Jelen e Pedretti; Helstad) 
O. Marselha 2 x 1 Lyon (Kaboré e Taiwo; Gomis) – mais de 52 mil pessoas no Vélodrome
Boulogne 2 x 0 Lorient (Marcq e Koscielny contra) 
Rennes 4 x 1 Toulouse (Hansson, Gyan 2 e Kembo-Ekoko; Braaten) 
Grenoble 0 x 0 Monaco – Viviani-GRE foi expulso
Nice 1 x 0 Paris-SG (Rémy) – portões fechados no Stade du Ray
Saint-Etienne 0 x 0 Nancy
Lens 0 x 0 Sochaux – mais de 33 mil pessoas no Félix-Bollaert

Asamoah Gyan não será esquecido tão cedo pelos adversários do Toulouse

Ligue 2
Curiosamente, nenhum dos sete primeiros colocados venceu na 29ª rodada da segundona francesa. A tabela de classificação mostra Caen (56 pontos) e Brest (52) como fortíssimos candidatos a ascender para a Ligue 1 2010/2011. Com alguma chance de acabar com a alegria do Metz (46), terceiro e último a pegar o elevador se tudo acabasse hoje, Angers, Arles-Avignon e Nîmes somam 42 pontos e ainda têm o direito de sonhar. Acompanhemos também!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de março de 2010 Francês da 1ª divisão | 17:31

A rodada "se poupou"

Compartilhe: Twitter

Rodada xoxa essa vigésima sétima do Francês: seis empates por 1 a 1 e três vitórias por 1 a 0 em dez partidas. Deve ser porque os principais times da França tem preocupações mais importantes a partir desta semana: o Lyon joga na quarta pela Liga dos Campeões, Olympique e Lille na quinta pela Liga Europa, e o Bordeaux inicia um mês em que terá Liga dos Campeões e final da Copa da Liga paralelamente à Ligue 1. Com outras prioridades, é natural que esses times tenham se poupado no fim de semana, efeito que acabou contaminando toute la journée.

O pega entre os líderes teve muitas variações mas poucos gols, e o empate até que não foi mau resultado para o Bordeaux, que mesmo em casa esteve muito perto da derrota para o Montpellier, definitivamente capaz de encarar qualquer time da elite francesa.

Aos 32 do 1º tempo, o selecionável Ciani cometeu pênalti em Montano e foi expulso, mas Carrasso defenderia o pênalti cobrado por Costa (vide foto no fim do texto). Pouco tempo depois, aos 40, Chalmé colocou a mão na área e nova penalidade adotada para os visitantes, mas desta vez seria Montano o “desperdiçador”: o colombiano marcaria na primeira cobrança, invalidada por causa de invasão na área, mas o goleirão Carrasso pegaria a segunda, que foi a que valeu! No segundo tempo, Chamakh finalmente abriria para valer o placar no Chaban-Delmas. Quando a vitória girondina parecia certa, a pressão do MHSC mostrou resultado lá nos 49 minutos, quando Costa chutou e Carrasso acabou falhando.

O Lyon se juntaria de vez aos ponteiros da classificação se tivesse conseguido furar a retranca do Boulogne, vice-lanterna, fora de casa. Mas nada de gols no Stade de la Libération. Olympique de Marselha e Lille também falharam na busca pelos três pontos, somando apenas um contra adversários mais elaborados, como Saint-Etienne (fora) e Lorient (dentro). No caso do OM, valeu mais para Mamadou Niang, que meteu gol e ampliou sua vantagem na artilharia.

Auxerre, Rennes e Sochaux fizeram a lição de casa básica contra Valenciennes, Monaco e Toulouse. Consequentemente, o AJA colou no Lille, quinto colocado, e se descolou consideráveis seis pontos do Monaco, sétimo. Na batalha pela suada 14ª posição, o Paris Saint-Germain conseguiu se igualar ao Lens “na bacia das almas” da partida da segurança extra, e as equipes permanecem juntas naquela rebarba da tabela equidistante dos primeiros e dos últimos. Pobres dessas duas torcidas apaixonadas, pois mereciam espetáculos e resultados melhores!

>> Tabela de classificação: Bordeaux (52 pontos em 25 jogos) e Montpellier (52 pontos em 27 jogos) lideram, seguidos pelo Lyon (50 pontos em 27 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols, Nenê (Monaco) soma 13 e Gervinho (Lille) e Lisandro (Lyon), 11. Clique AQUI

A defesa do carrasco-Carrasso no penal-batido-mal por Costa (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 5 de março de 2010 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 22:04

Vamos com calma

Compartilhe: Twitter

Independentemente se Raymond Domenech continuará como treinador da França na Copa do Mundo ou se a Federação Francesa será aplaudida pelos quatro cantos do mundo caso contrário, os clubes franceses seguem seu rumo e neste fim de semana tem nova rodada da Ligue 1, agora a 27ª. O grande destaque é o tira-teima entre os líderes Bordeaux, com dois jogos a menos, e Montpellier, que pode nos responder até que ponto o recém-promovido para a elite é mesmo uma real ameaça à soberania nacional dos girondinos. Como o FCGB ainda tem que se virar, nas próximas semanas, com Liga dos Campeões e final da Copa da Liga Francesa, lhe é mais do que propício manter o MHSC atrás na tabela de classificação.

Atrás dos ponteiros, o Lyon viaja para encarar o vice-lanterna Boulogne-sur-Mer. Vencer seria ótimo, mas os lioneses esperam mesmo é que ninguém se machuque ou se desgaste muito, porque na quarta-feira há “apenas” o “jogo do ano, parte 2” contra o Real Madrid, pela Champions, na Espanha.

E o destaque negativo envolve Lens x Paris Saint-Germain, mais especificamente a torcida do segundo. Na última rodada, a baderna violenta de torcedores do PSG contra o Olympique de Marselha, em Paris, provocou reações que chegaram até a Presidência da República. Após o confronto que envolveu membros das facções Tribune d’Auteuil e Kop of Boulogne, 16 vândalos foram banidos dos estádios, tendo que se apresentar a distritos policiais nos dias de jogos, e o presidente Robin Leproux decidiu que o clube não liberará mais ingressos aos torcedores para partidas fora de casa. Nicolas Sarkozy pediu para a polícia intensificar a segurança nos estádios, e para o jogo deste sábado no Felix-Bollaert cerca de 500 agentes atuarão dentro e fora do estádio do Lens.

O saldo do tumulto no Parc des Princes, no último domingo, é triste: um homem de 38 anos sofreu traumatismo craniano e segue em estado grave. Vamos com calma, galera! Vou dizer em francês, e duas vezes, para ver se entendem de uma vez: Doucement! Gardez votre calme!

Eis a programação da 27ª journée, no horário de Brasília:

Sábado, 06/03
15h – Boulogne (19º) x Lyon (3º) 
 Auxerre (6º) x Valenciennes (8º) 
 Rennes (10º) x Monaco (7º) 
 Sochaux (15º) x Toulouse (11º) 
 Lens (13º) x Paris-SG (12º) 
 Nice (17º) x Nancy (14º) 
17h – Saint-Etienne (16º) x Lille (5º) 

Domingo, 07/03

13h – O. Marseille (4º) x Lorient (9º) 
           Grenoble (20º) x Le Mans (18º) 
17h – Bordeaux (1º) x Montpellier (2º)

Nesta sexta-feira, nove dos dez jogos pela Ligue 2 foram realizados. Na mesma toada de rodadas em que a primeira divisão, a segundona tem os líderes Caen e Brest nadando de braçadas rumo ao acesso, e o Metz perto de beliscar a terceira e última vaga rumo à Ligue 1 2010-2011.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 17:26

Resultados e um plus da 25ª journée

Compartilhe: Twitter

Saint-Etienne 1 x 0 Montpellier (Rivière) 
Os visitantes perderam uma rara oportunidade de se igualar ao líder Bordeaux na tabela, até porque os Girondinos não jogariam mesmo. Mas com a derrota, viram o Lille encostar e podem perder o Bordeaux de vista quando este realizar o jogo que lhe falta, contra o Auxerre. Pros donos da casa, foi excelente na luta contra o rebaixamento.

Rennes 1 x 2 Lille (Leroy; Frau e Aubameyang)
Pulo do gato do LOSC, vivíssimo na luta pelo título. Os Lilleanos têm o melhor ataque disparado do Campeonato Francês, com 48 gols em 25 partidas. Pierre Alain-Frau chegou ao décimo gol na Ligue 1, aproximando-se de Gervinho, estacionado nos 11. Com campanha mediana, o Stade Rennais é o nono na classificação.

Sochaux 0 x 4 Lyon (Michel Bastos 3 e Lisandro López) 
Um show à parte do meia-atacante lionês e lateral-esquerdo da seleção brasileira, ainda nos planos de Dunga para a Copa do Mundo próxima. Se a versatilidade for um critério na escolha do treinador brasileiro, Bastos Fernandes, como é conhecido pelos franceses, está pertinho da África do Sul. E não esqueçamos do tento de Lisandro, pois o argentino já soma dez em vinte jogos na Ligue 1, incomodando os principais goleadores.

Embalado pela vitória sobre o Real Madrid na terça-feira, o OL segue na quarta colocação, mas pertinho de Lille (um ponto) e Montpellier (dois). O Sochaux, do ex-corintiano Carlão, é apenas o décimo quinto.

Olympique 3 x 1 Nancy (Mamadou Niang 3; André Luiz) – quase 48 mil pessoas no Vélodrome
É justamente por causa de Mamadou que não podemos afirmar que Michel Bastos foi “o dono” da rodada do fim de semana, afinal o atacante senegalês também deixou o seu triplete em Marselha. No caso de Niang, o feito teve o sabor de subir à artilharia isolada do torneio, superando, com uma só tacada, os estacionários Gervinho e Nenê – sua média de gols é de excelentes 0,7 por partida.

Pena que o zagueiro brasileiro André Luiz tenha balançado as redes numa jornada infeliz para o Nancy, 14º na tabela. O OM mantém sua bela fase permanecendo apenas um pontinho atrás do OL, em quinto.

Lens 3 x 0 Monaco (Jemaa, Roudet e Bedimo, de pênalti) – mais de 33 mil espectadores no Félix Bollaert
Com Nenê e Eduardo Costa em dia decepcionante, o ASM perdeu os ponteiros de vista e só conseguiu acumular cartões amarelos no norte francês. Melhor para o Lens de Eduardo Santos, que subiu para 13ª diante de ótimo público em casa.

Grenoble 0 x 1 Valenciennes (Sanchez)
O VAFC já provou que não é bobo, se aproveitando do lanterna para vencer mesmo longe de seus domínios.

Nice 1 x 0 Lorient (Rémy, de pênalti)
O que seria da tia Nice sem o aplicado sobrinho Loic Rémy, que está entre os oito maiores artilheiros do campeonato? Estaria com certeza muito mais perto da degola – atualmente, são seis pontos para o 18º, o Le Mans. 

Paris-SG 1 x 0 Toulouse (Hoarau, de pênalti) – Ebondo-TOU foi expulso aos 21 minutos do 1º tempo
O lance capital do duelo no Parc des Princes foi esse: Luyindula partiu pra cima da defesa do TFC e foi derrubado por Ebondo dentro da área. O zagueiro foi expulso, Hoarau converteu a penalidade máxima e o PSG ganhou a primeira no ano, enfin! Sem o lesionado Gignac, o Toulouse nada pôde fazer. As duas equipes estão separadas por um ponto, nas 11ª e 12ª colocações.

Boulogne 1 x 3 Le Mans (Yatabaré; Dossevi, Cerdan e Maïga) 
O time da casa tinha a chance de mostrar que não é o segundo pior do Francês. Mas como de fato é, os visitantes venceram e se mantiveram como os terceiros piores… Quanta honra!

*Bordeaux x Auxerre foi adiado por causa de Olympiacos x Bordeaux, no dia 23 (Liga dos Campeões)

>> Tabela de classificação: Bordeaux lidera (51 pontos), seguido por Montpellier (48) e Lille (47). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 14 gols, Nenê (Monaco) soma 13 e Gervinho (Lille), 11. Clique AQUI

O time de Carlão (de amarelo) foi a maior vítima da história de Michel em um só jogo (AFP)

O time de Carlão (de amarelo) foi a maior vítima da história de Michel em um só jogo (AFP)

Bracigliano, de verde, sentiu na pele o poder de fogo do maior demolidor de goleiros até aqui, Mamadou Niang (AFP)

Bracigliano, de verde, sentiu na pele o poder de fogo do maior demolidor de goleiros até aqui, Mamadou Niang (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 Copas francesas | 00:22

Zebras com lado positivo

Compartilhe: Twitter

Conforme prometido, os comentários sobre a rodada de meio-de-semana da Copa da França (em vermelho ou azul, os classificados):

Terça, 09/02 – Oitavas

Boulogne-sur-Mer (1ª) 1 x 0 Guingamp (2ª)  
Embora a campanha do Boulogne na Ligue 1 seja digna de Ligue 2, prevaleceu em casa sobre o rival de divisão inferior, que defendia o título da Copa da França de 2009. Até porque o EAG faz campanha digna de terceira divisão na segundona…

Beauvais (3ª) 1 x 4 Sochaux (1ª)  
Aqui deu o óbvio. O meia Marvin Martin fez dois, Belay marcou de pênalti e Mikari complementou para o FCSM.

Quevilly (4ª) 1 x 0 Rennes (1ª)   
Zebraça essa! Não que o Stade Rennais seja mil maravilhas, mas é um time da elite contra um praticamente amador!! E o Rennes vinha de vitória sobre o Bordeaux pelo Campeonato Francês… Se servir de consolo, o rubro-negro está em ascensão na Ligue 1 e, ocupando a nona colocação, ainda tem chance de beliscar uma vaga na Liga Europa no final das contas.

Vesoul (4ª) 0 x 1 Paris-SG (1ª)
Ainda bem, né Parri? Quem sabe acaba a zica da Ligue 1. Ludovic Giuly marcou o gol solitário da partida. Mas quando a fase é péssima,
nem vitória é bem vinda: torcedores esperaram a delegação do PSG às 5 da manhã de quarta no aeroporto para tentar “acertar as contas na porrada”. Se a polícia não interviesse, a coisa ia piorar…

Quarta, 10/02 – Oitavas

Auxerre (1ª) 4 x 0 Plabennec (2ª) 
Depois de apanhar feio do Grenoble no fim de semana, por 5 a 0, o AJA levantou a cabeça, para azar do adversário da Ligue 2. O grande destaque da goleada auxerroise, sob neve e com bola laranja, foi o artilheiro Ireneusz Jelen – foram três gols na conta do polonês, “un sublime triplé”, como descreveu a France Football.

Saint-Etienne (1ª) 2 x 0 Vannes OC (2ª)  
Parece que a maré do ASSE está voltando a trazer sorrisos. Payet e Riviére foram os goleadores de mais uma vitória, providencial se você tem que enfrentar um Bordeaux mordido no fim de semana…

Bordeaux (1ª) 0 x 2 Monaco (1ª)
Mordido porque os girondinos perderam a segunda seguida, e deram adeus ao sonho de conquistar tudo nesta temporada. Também com neve e bola laranja (eita friaca!), o campeão francês comprovou que não está bem mesmo, sendo eliminado com gols do coreano Park e do nigerense Maazou. São apenas duas semanas para as oitavas-de-finais da Liga dos Campeões. Portanto, tá na hora da galera do tio Blanc acordar. E descansar um pouco, com uma competição a menos para se preocupar, até que fará bem.

A festa no rinque de patin... ops, no gramado gelado, foi monegasca (AFP)

A festa no rinque de patin... ops, no gramado gelado, foi monegasca (AFP)

 


Quarta, 10/02 – 1/16

Toulouse (1ª) 0 x 2 Brest (2ª)  
Outra zebra grande. O que acontece com o TFC em casa? Perdeu para o Olympique de Marselha na Copa da Liga, não conseguiu vencer o Lyon pelo Francês, e agora cai para um rival da segundona… Cuidado para não naufragar na Ligue 1!

Lens (1ª) 3 x 1 Olympique de Marselha (1ª)
A última zebra, não tãão grande, mas vale lembrar que o Lens subiu da segunda divisão no ano passado. Nesta quarta, os goleadores foram o tunisiano Issam Jemaa, duas vezes, e seu compenheiro Toifilou (!?) Maoulida; Cheyrou descontou. Mas como eu já disse, nem toda a zebra é maléfica: restam nada menos que três torneios para o OM disputar com chances de título (Francês, Liga Europa e Copa da Liga, já na final), o que tá mais do que suficiente para fazer valer a temporada, d’accord?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 23:19

Te cuida, Bordeaux!

Compartilhe: Twitter

Rodada animada esta 23ª do Francesão (ui!). Bordeaux tropeçou de novo (e feio), Montpellier ganhou novamente, e a diferença entre líder e vice caiu na margem de uma simples rodada: três pontos. Se você considerar placares como 3 a 0 e 4 a 2 como goleadas, vimos cinco nos dez jogos deste fim de semana! (apêndice: pessoalmente, considero goleada uma vitória por no mínimo 3 gols de diferença; e você?). A média de gols ficou em 3,2, muito boa.

Rennes 4 x 2 Bordeaux (Marveaux, Briand pênalti, Bangoura e Gyan; Gouffran e Wendell)
Após empatar com o fraco Boulogne em casa, o campeão francês sofre uma sonora derrota para um time do meio da tabela. Quando uma defesa até então sólida leva quatro gols, é motivo para o ex-zagueiro e técnico Laurent Blanc intervir… Convém lembrar que as oitavas-de-finais da Liga dos Campeões vêm aí, e uma perda de liderança numa altura dessas seria um baque duro de contornar. No Stade Rennais, o ganês Gyan foi a nove gols e segue os artilheiros de perto.

Seria o cansaço a causa da queda de produção girondina, com o elenco se desdobrando em quatro competições simultâneas? Com dor de cabeça por causa do calendário apertado, Blanc ameaçou escalar um time B na Copa da Liga Francesa, contra o Lorient, no dia 17. Não seria errado se o fizesse…

Boulogne 0 x 2 Montpellier (Camara e Montano)
Devo dar o braço a torcer (ai!) sobre o MHSC: depois de encostar no líder Bordeaux, esse time sem estrelas provou que não é fogo de palha não. O colombiano Montano foi a oito gols no torneio.

Nice 1 x 1 Lille (Ben Saada; Túlio de Melo)
O atacante brasileiro marcou presença na casa da tia Nice. O LOSC tá bem vivo na parada pelo título, em terceiro, a quatro pontos do Montpellier e a sete do Bordeaux.

Toulouse 0 x 0 LyonMakoun-LYO foi expulso
O OL é outro time que deve abrir o olho, pois não vem sendo consistente faz tempo. Só não saiu com a derrota porque o TFC falhou várias vezes na hora H, de finalizar a gol, sobretudo o artilheiro Gignac e o brasileiro Luan. Makoun deixou os laranjas lioneses (com o terceiro uniforme de cor berrante) em desvantagem numérica por 25 minutos; então, o empate pode ser visto com sabor de vitória para o quarto colocado na Ligue 1. 

Luan deu muito trabalho para lioneses como Cris e Reveillere (AFP)

Luan deu muito trabalho para lioneses como Cris e Reveillere (AFP)

Marseille 5 x 1 Valenciennes (Lucho González, Brandão, Cheyrou, Valbuena e Niang; Sanchez) – mais de 46 mil pessoas no Vélodrome
O OM sim é um time em lua-de-mel com sua torcida. No embalo da heróica classificação para a final da Copa da Liga Francesa, na última quarta-feira, meteu um chocolate pra cima do VAFC para um excelente público em casa, a maioria feliz da vida. Brandão, o maior herói contra o TFC, marcou de novo; Niang chegou ao terceiro posto isolado na artilharia do campeonato. Hoje em 5º, o Olympique tem um jogo a menos a disputar, contra o Sochaux, e por isso pode encostar ainda mais nos ponteiros.

Saint-Etienne 3 x 0 Monaco (Matuidi, Bergessio e Rivière)
Os monegascos perderam uma bela chance de chegar ao top five da classificação. O ASSE deu uma pequena respirada na parte debaixo da tabela.

Grenoble 5 x 0 Auxerre (Ljuboja, Akrour 2 e Matsui 2) 
Incrível a goleada do lanterninha, broxando ainda mais o AJA…

Paris-SG 0 x 3 Lorient (Vahirua, Gameiro e Amalfitano) 
Falando em broxar, o time do presidente Nicolas Sarkozy. Pobre Sarkô, um dos mais de 30 mil torcedores do PSG no Parc des Princes. Que desgosto. Vaias para os jogadores e o técnico Kombouaré. Os visitantes, que não têm nada com isso, deram um baile de futebol, com belos gols. Os eficientes Gameiro (9 gols) e Vahirua (8) estão no topo da artilharia geral.

Sochaux 1 x 1 Nancy (Dalmat; Dia)
Nada de empolgante aqui né? 

Lens 2 x 1 Le Mans (Monnet-Paquet e Eduardo Santos; Maïga) 
32 mil pessoas para assistir a um time que luta para se afastar da zona de rebaixamento de uma equipe que abre a zona de degola é mesmo louvável! O Lens abriu 14 pontos para o Le Mans, ameaçadíssimo ao lado de Boulogne e Grenoble.

>> Tabela de classificação: Clique AQUI

>> Artilharia: Nenê (Monaco) tem 13 gols, Gervinho (Lille) soma 11 e Niang (Olympique), 10. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 22:52

Pinceladas da journée

Compartilhe: Twitter

Caríssimos, é mais do que chato eu, volta e meia, me desculpar por demorar a escrever aqui ou não me alongar como deveria. Mas na redação a regra é clara: primeiro o noticiário do dia, depois, no tempo que sobra (quando sobra), blog.  Hoje, segunda, foi dureza o trampo, então vamos apenas de pinceladas sobre a 22ª rodada do Campeonato Francês (quem quiser trazer mais informações, é muito bem vindo):

Bordeaux 0 x 0 Boulogne-sur-Mer
O líder disparado não consegue vencer o vice-lanterna: péssimo pros Girondinos, excelente para o caçulinha da Ligue 1 e ótimo pro campeonato. Agora, caiu pra seis pontos a vantagem do Bordeaux para o vice Montpellier. A diferença ainda é confortável, mas cada vez menos imbatível.

Lille 1 x 0 Lens (Hazard) 
O promissor meia belga resolveu e manteve o LOSC, terceiro na tabela, dos primeiros na tabela. Desponta no Lille a mesma qualidade do Bordeaux: a não-dependência de apenas um goleador, com vários jogadores capazes de decidirem placares com assistências e gols. Qualidade que, em longo torneio de pontos corridos, faz total diferença.

Monaco 3 x 2 Nice (Park 2 e Nenê; Ben Saada e Digard) – Civelli-NIC foi expulso 
Boa presença da dupla de ataque monegasca, formada pelo brasileiro e pelo sul-coreano responsáveis pelos gols dos anfitriões. Nenê, que no fim da janela europeia ficou mesmo no Principado, ampliou a distância na artilharia para Gervinho (13 gols). Park, com oito, entrou no Top Ten.

Nancy 1 x 0 Lorient (Hadji) 
Melhor jogador do ASNL, o marroquino Youssouf Hadji chegou ao seu oitavo gol, entrando no rol dos dez maiores goleadores da competição. Como uma seleção que tem bons valores ofensivos como Hadji (29 anos) e Marouane Chamakh (26 anos), artilheiro do Bordeaux, não consegue se classificar nem para a Copa Africana de Nações? Me espanta…

Rennes 4 x 0 Grenoble (Danzé, Marveaux 2 e Bangoura) 
Contra o lanterninha, tinha que dar Stade Rennais mesmo.

Camara e Montano comemoram gol do Montpellier, 2º melhor time do Francês (AFP)

Camara e Montano comemoram gol do Montpellier, 2º melhor time do Francês (AFP)

Le Mans 1 x 3 Toulouse (Ouali; Machado, Gignac e Kazim-Richards) 
Boa demonstração de força do TFC. Melhor ainda é ver André-Pierre Gignac, artilheiro da Ligue 1 2008/2009, em paz com as redes – foi seu sexto gol no atual certame.

Montpellier 2 x 0 Olympique (Aït-Fana e Cheyrou contra) 
O MHSC também mostra que não é figurante no Francês. Diminuiu a distância para o Bordeaux, como eu já disse, em cima do tradicionalíssimo Marselha.

Auxerre 1 x 0 Saint-Etienne (Mignot) 
Vitória com a cara do AJA: magrinha, magrinha. O ASSE está a quatro pontos da zona de rebaixamento, mantendo a perigosa sina.

Valenciennes 1 x 1 Sochaux (Audel e Perquis)
Os dois estão no miolo da classificação, separados por dois pontos. Então podemos dizer que o resultado foi justo até contestação em contrário. 

Lyon 2 x 1 Paris Saint-Germain (Gomis e Cris; Erding) – Sakho-PSG foi expulso
Como oportunamente frisaram os leitores Eduardo e Filipe no post de domingo, a expulsão do zagueiro parisiense foi determinante para a derrota do PSG, que vencia e jogava melhor quando a parada estava no 11 contra 11. Mas não crucifiquemos um defensor de 19 anos, que enfrentava nada menos que o OL em Gerland, né mesmo?

A se frisar, que o turco Mevlut (nome estiloso!) Erding foi a nove gols, colou nos artilheiros e provou que vem ofuscando Guillaume Hoarau na linha de frente do Paris. Que Bafétimbi (inigualável!) Gomis foi recompensado com um gol, pois chutou duas na trave de Edel. E Cris, foi recompensado em dia fraco do companheiro Boumsong…

(nesta terça, se tudo sair como previsto, falo do fim da janela europeia de transferências)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010 Brasileiros na França, Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 21:57

Aí sim: neve sai, futebol entra

Compartilhe: Twitter
Direto ao gol: Brandão foi o maior destaque verde e amarelo do dia (AFP)

Direto ao gol: Brandão foi o maior destaque verde e amarelo do dia (AFP)

 

Com exceção de Le Mans x Bordeaux (que deve acontecer só no dia 26 ou 27), o futebol venceu a neve na França nesta quarta-feira. Seis partidas pela Copa da Liga Francesa e duas atrasadas do Campeonato Francês transcorreram integralmente, para nossa alegria. Vejamos o que aconteceu, primeiro pelas oitavas da Coupe de la Ligue (em vermelho e azul, os classificados):

Guingamp (L2) 1 x 0 Paris Saint-Germain (L1) 
A zebra do dia! Gol contra de Sakho. Coitado dele e do PSG, que caiu diante do campeão da Copa da França que atua na segunda divisão. Mas se eu tivesse que apostar numa zebra hoje, apostaria nesse jogo mesmo; será que o time da capital não me inspira confiança?

Lyon (L1) 3 x 0 Metz (L2) 
Toulalan fez o primeiro, o OL bateu um pouco de cabeça, porém quando o goleiro do Metz foi expulso tudo ficou fácil, com dois gols de Lisandro López em assistências de Delgado.

Saint-Etienne (L1) 2 x 3 Olympique de Marselha (L1)
Sako e Bergessio marcaram para o ASSE, mas Brandão brilhou com dois gols que, somados a um de Niang, levaram o OM adiante.

Lille (L1) 3 x 1 Rennes (L1)  
Rami abriu o placar para o LOSC, mas Pagis deixou tudo igual; na prorrogação, o brazuca Túlio de Melo e o belga Hazard mantiveram a ótima fase dos anfitriões, não importa qual seja o torneio em disputa.
 
Toulouse (L1) 3 x 0 Nancy (L1)  
Macaluso (contra), Paulo Machado (de pênalti) e Dupuis (normal…) foram os goleadores do TFC.

Lens (L1) 1 x 2 Lorient (L1) 
Marchal e Gameiro fizeram para os visitantes, enquanto o brasileiro Eduardo Santos descontou de pênalti.

Agora, la Ligue 1, que depois de hoje só tem Marselha x Sochaux (14ª rodada) como jogo atrasado ainda por realizar:

Monaco 4 x 0 Montpellier (15ª rodada)
O francês Puygrenier, o nigeriano Haruna (duas vezes) e o uruguaio Diego Pérez foram às redes para o ASM, agora 7º. Nenê teve chance, mas não foi e continua atrás de Gervinho, que disputa a Copa Africana de seleções com a Costa do Marfim, na artilharia. Belhanda foi expulso num irreconhecível MHSC, ainda o 3º.

Boulogne-sur-Mer 0 x 0 Sochaux (18ª rodada)
O que esperar quando o 19º e penúltimo da classificação recebe o 14º? Zerrô-zerrô.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 5
  3. 6
  4. 7
  5. 8
  6. 9
  7. Última