Publicidade

Posts com a Tag Juninho Pernambucano

sexta-feira, 20 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 19:04

França atropela Suíça e encaminha classificação na Copa

Compartilhe: Twitter
O gol validado de Benzema - mais uma vez ele comemorou mas não ficou com o crédito oficial do tento :( (FFF)

O gol validado de Benzema – mais uma vez ele comemorou mas não ficou com o crédito oficial de um dos tentos :( (FFF)

Soberba num primeiro tempo intenso, e eficiente em momentos-chave do segundo, a seleção francesa meteu 5 a 2 nos suíços, gols de Giroud, Matuidi, Valbuena, Benzema e Sissoko, para os vitoriosos, e Dzemaili e Xhaka, para os derrotados, agora pouco na Arena Fonte Nova, a fonte das goleadas dessa Copa 2014!

Líder isolada do Grupo E, com 6 pontos, a campeã do mundo em 1998 ficou muito perto da vaga antecipada nas oitavas de finais. O resultado de Honduras x Equador não deu a classificação antecipada nesta noite (2 a 1 para os sul-americanos, que assim como os suíços também podem avançar ainda), mas basta um empate justamente contra o Equador para ela se concretizar.

Deschamps promoveu duas alterações na formação que começou o jogo de estreia contra Honduras: Sissoko substituiu o pendurado por cartão amarelo Pogba na volância, e o centroavante Giroud mudou o posicionamento do ataque no lugar do ponta Griezmann. O time nem sentiu, muito pelo contrário, pois aliás poderia tranquilamente ter feito sete em vez de cinco gols.

perfilados-trivela

 Como bem colocou o site Trivela, faltou o momento da Marselhesa no primeiro jogo francês neste Mundial

O placar foi aberto logo aos 16 minutos, com Giroud marcando o centésimo gol francês em Copas de cabeça, pulando atrás de Varane para complementar a bela cobrança de Valbuena. No primeiro erro de passe suíço na saída de bola, a Brazuca veio no pé de Benzema, que arrancou e, no 3 x 2 do ataque francês, serviu Matuidi, que só precisou de um arremate colocado para enganar o goleiro, batendo no canto dele em vez de cruzado.

Quando a Suíça tentava sair das cordas, novo nocaute bleu com um pênalti cavado por Benzema, que acabou castigado na cobrança: deu pouca distância para a bola e o chute não foi nem forte nem no cantinho, possibilitando a Benaglio (quase irmão-gêmeo do personagem SHELDON COOPER…) a rebatida. No rebote, o inacreditável: a bola veio pingando para Cabaye, que meteu a patada e acertou o travessão com o gol vazio!

Poderia ser uma grande injeção de ânimo para o time vermelho, só que a França estava com a cabeça e o talento nos lugares certos. Contra-ataque veloz aos 39 minutos, de Varane para Giroud, o atacante do Arsenal correu pela esquerda e serviu com açúcar e afeto para Valbuena só chapar para as redes. 3 a 0 na primeira etapa e isso porque o arqueiro suíço ainda fez belas defesas.

A Suíça até melhorou depois do intervalo, só que errava nas finalizações. Ao passo que Benzema não poderia passar em branco. Servido por um ótimo passe de trivela de Pogba, o centroavante do Real Madrid girou com estilo para fazer o 4º francês aos 21 minutos. E a máquina não parava! Aos 26, Benzema viu a chegada livre de Sissoko e ele seguiu o exemplo de Matuidi no gol do colega, batendo de primeira, só que desta vez cruzado, para carimbar o quinto.

Juninho Pernambucano, ex-jogador do Lyon e comentarista da Globo nesta Copa, sabe o que diz:

Quando já não dava tempo, os suíços enfim acharam as redes. Na cobrança de falta de Dzemaili, Benzema levantou o pé na barreira, a bola passou por baixo e morreu no cantinho de Lloris. Logo depois, Xhaka complementou ótimo passe de Inler, sem chances para o goleiro do Tottenham. Mas não dava mais tempo mesmo. Nem mesmo, vejam só, para mais um gol francês. Nos acréscimos, BenzeBut concluiu uma jogada para as redes, só que o árbitro holandês Djorn Kuipers não teve bom senso e encerrou a partida seguntos antes!

Um pouco antes, Cabaye conseguiu forçar o cartão amarelo e, como é seu segundo na competição, cumpre suspensão contra o Equador, na quarta que vem, para poder entrar zerado nas oitavas, como Deschamps queria. Uma tarde quase perfeita em Salvador!

Ficha técnica francesa – Lloris; Debuchy, Sakho (Koscielny), Varane e Evra; Matuidi, Cabaye, Sissoko e Valbuena (Griezmann); Giroud (Pogba) e Benzema. Técnico: Didier Deschamps

– Compartilho mais notícias e comentários da França (e da Copa, e do mundo, e da vida…) no Twitter do que aqui, por questões de disponibilidade, agilidade e adequação. Meu perfil lá é @obrunopessa e a hashtag do blog é #leblogdufoot 😉

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 12 de abril de 2011 Extracampo, Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:35

Domenech sorri e cumprimenta brasileiro. Já o Anelka…

Compartilhe: Twitter
Raymond Domenech com Leonardo Vitorino no Catar (Divulgação/ASE)

Raymond Domenech com Leonardo Vitorino no Catar (Divulgação/ASE)

anelka_substituicao_afp

Nicolas Anelka deixa o gramado do Old Trafford ao ser substituído no início do 2º tempo (AFP)

Dias atrás, Raymond Domenech (que brigou com Nicolas Anelka na fatídica Copa 2010) ministrou palestra voltada aos treinadores do Al Gharafa (para onde Juninho Pernambucano foi depois do Lyon) na sede do clube, em Doha, capital do Catar. O técnico francês falou sobre a experiência com as seleções sub 21 e principal dos Bleus e conheceu de perto o trabalho de formação de atletas na base do clube catariano, que tem o brasileiro Leonardo Vitorino como um dos treinadores.

Ao contrário do que aconteceu com Carlos Alberto Parreira na despedida francesa do Mundial sul-africano, com derrota para os donos da casa, Domenech sorriu e não recusou estender a mão para Vitorino…

Minutos atrás, Nicolas Anelka (que xingou seu então técnico na África do Sul) entrou em campo como titular do Chelsea contra o Manchester United, ao lado do compatriota Florent Malouda. Mas o atacante não marcou, foi substituído e acabou eliminado nas quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa pelo time vermelho, do também compatriota Patrice Evra

Será que Nicolas xingou seu atual treinador Carlo Ancelotti em algum momento do dia de hoje?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010 Extracampo | 08:03

OL + PSG = 100 anos

Compartilhe: Twitter

Este 2010 que se finda teve dois aniversários redondos de grandes do futebol francês: o Lyon fez 60 anos e o Paris Saint-Germain atingiu os 40. Vamos a uma breve historinha de cada um e, em seguida, um vídeo com belos momentos de ambos, a fim de prestar uma singela homenagem.

Fundado como “Lyon Olympique” em 1899, o Lyon foi “Lyon Olympique Universitaire” até 1910 e ganhou seu nome definitivo, Olympique Lyonnais, em 1950. O primeiro título foi a Copa da França de 1964. De 1989 para cá, se estabilizou na primeira divisão nacional. Mas foi no início dos anos 2000 que deu início a sete gloriosos anos, com o heptacampeonato francês (2002 a 2008). Soma também quatro Copas da França e três Copas da Liga Francesa. Em âmbito continental, a semifinal da última Liga dos Campeões da Europa foi o maior feito.

Para os torcedores e admiradores do clube, um vídeo do YouTube com um pouco da história do OL e gols recentes, em que aparecem brasileiros como Fred e Juninho Pernambucano.

Antes de virar PSG, o “Stade Saint-Germain” foi fundado em 1904. Em 1970, se fundiu com o “Paris Football Club”, para dar origem ao atual Paris Saint-Germain, em protocolo assinado no dia 10 de junho daquele ano. Para efeito geográfico, Saint-Germain é o nome de uma região da grande Paris; o nome é muito comum na França, batizando vários bairros de cidades do país.

Uma dica bacana, e não só para quem gosta do Paris, é o documentário “PSG 40 ans de fièvre” (40 anos de febre), que foi ao ar em agosto, na TV francesa. Pelo que entendi, ele conta a história do clube em 90 minutos (1h30). No Youtube, é possível ver trechos de 9 a 10 minutos das partes do documentário – fuçando bem, ele deve estar inteiro lá -, que destaca ídolos recentes como Ronaldinho Gaúcho, Raí, Pauleta e George Weah. Abaixo, a chamada para a versão inteira que foi para a televisão:

Feliz 2011 a todos! Au revoir!!

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 24 de setembro de 2010 Extracampo, Francês da 1ª divisão | 18:46

Nomes para o lugar de Puel

Compartilhe: Twitter
Claude Puel, como se vê, está balançando... (AFP)

Claude Puel, como se vê, está balançando... (AFP)

A diretoria do Lyon nega ter procurado qualquer técnico para substituir Claude Puel, que começou mal a temporada (em termos nacionais, porque venceu na estreia da Liga dos Campeões) e não conquistou títulos em dois anos de trabalho, em que pese a histórica semifinal da Champions passada. O presidente Jean-Michel Aulas, entretanto, deu prazo de validade para os resultados aparecerem sob a gestão Puel: 23 de novembro, após 10 rodadas do Francês e três da Liga.

A imprensa francesa, com o sinal de alerta ligado, já começou a ventilar nomes para o cargo: primeiro o italiano Marcelo Lippi, técnico da seleção azzurra e campeão do mundo em 2006. Agora, o francês Paul Le Guen, que tem história em Lyon (foi tricampeão francês entre 2002 e 2005), passou pelo Paris Saint-Germain e treinou Camarões na Copa 2010.

Até Juninho Pernambucano foi lembrado, porque o brasileiro já declarou que deseja ser treinador lionês e começou sua preparação para a nova função. Mas o meia de 35 anos ainda joga no Al-Gharafa, não tem qualquer experiência na tarefa, e creio que colocá-lo logo de cara como técnico de um clube como o OL não seria uma boa ideia – talvez começar como auxiliar ou comandante de uma categoria de base fosse o mais prudente, não?

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 26 de julho de 2010 Brasileiros na França | 18:33

Mais um do Lyon na seleção

Compartilhe: Twitter

Mudou o técnico do Brasil mas o Lyon manteve a tradição de ter um jogador convocado. Se com Dunga foi o meia/ala/lateral-esquerdo Michel Bastos que teve algumas chances, sendo até titular numa Copa do Mundo, agora é a vez do meia Ederson, chamado na primeira lista de Mano Menezes nesta segunda-feira.

ederson juninho pernambucano

Ederson sonha repetir Juninho Pernambucano e o atuais colegas Michel Bastos e Cris, lioneses que disputaram uma Copa do Mundo pela seleção brasileira

Leia sobre a reação de Ederson e o que já escrevi sobre ele aqui no Le Blog. E opine: ele mereceu ser lembrado, mesmo não sendo titular absoluto do Lyon atual?

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 9 de junho de 2010 Extracampo | 21:49

Falando em Lyon…

Compartilhe: Twitter

Olhem só quem poderia reforçar o clube francês, muito disposto a fazer negócios nesta janela de transferências:

hernanes são paulo

É bom lembrar que o Lyonnais tem um representante brasileiro, o ex-zagueiro Marcelo Djian, que costuma selecionar alguns possíveis alvos para contratações em terras brasilis. E que Djian disse que, no ano passado, dirigentes do clube vieram ver Hernanes de perto, mas, para infelicidade de uma possível transação, o são-paulino estava justamente num período ruim dentro de campo.

O OL busca em Hernanes um substituto à altura de Juninho Pernambucano. Não sei se vai conseguir outro ídolo brasileiro, mas que fará um bom negócio se levar o “profeta” para seus quadros, disso eu não tenho certeza – para mim, Hernanes merecia estar na África do Sul com a seleção brasileira…

Autor: Tags: , , , ,