Publicidade

Posts com a Tag Jordan Ayew

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014 Francês da 1ª divisão | 10:08

Olympique e Paris empatam; Lyon vence nos acréscimos

Compartilhe: Twitter

Rolou entre terça e ontem a 16ª rodada do Campeonato Francês, a nossa Ligue 1.

CRAVEI NO BOLÃO o empate Lorient 1 x 1 Marseille, apesar de manter um desempenho medíocre no momento, sendo o 10º entre 19 participantes ativos.

Depois de receber de DJADJEDJE, Thauvin lançou Payet do outro lado do campo, o atacante cortou pra dentro e chutou cruzado, no alto. O goleiro Lecomte desviou mas ela entrou: 1 a 0 pro OM.

Só que nem dois minutos depois, pênalti pros donos da casa após choque forte do goleiro Mandanda em Jeannot (lance duvidoso, mas ok). Jordan Ayew bateu no canto oposto do seu ex-companheiro de time, empatando.

E NÃO É QUE ACERTEI NA MOSCA TAMBÉM o placar em Lille 1 x 1 PSG – apesar das muitas chances de gols criadas para ambos os lados? Foi o primeiro tropeço parisiense depois de 9 vitórias seguidas (leia mais e assista aos lances)

Sem seu companheiro de ataque Ibrahimovic, lesionado no tornozelo e também fora da final do Prêmio Puskas da Fifa pelo gol mais bonito do ano, o uruguaio Cavani abriu o placar para os visitantes, depois de boa trama ofensiva sul-americana: Lucas arrancou, serviu Lavezzi e o cruzamento foi uma assistência na medida para Edinson. Porém, ainda no primeiro tempo, o goleiro Sirigu tentou defender uma cabeçada no primeiro pau, vinda de um escanteio do LOSC, mas a bola bateu na trave e cruzou a linha do gol.

Fechando a rodada, o Lyon abriu o placar logo aos 6 minutos contra o Stade de Reims, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo e, quando parecia que ia ficar nisso mesmo, conseguiu a vitória aos 46 do 2º.

Desfecho bacana pra disputa no topo da tabela, pois agora o OL está um pouquinho mais próximo, a quatro pontos do PSG e cinco do OM.

Chamou a atenção, nesta rodada, o duplo rolinho do meia Ferreira-Carrasco no jogo do Monaco contra o Lens. Assista abaixo:

Demais resultados:

Montpellier 0 x 2 St Etienne – acertei o vencedor!
Monaco 2 x 0 Lens – PALPITE PERFEITO!
Nantes 1 x 2 Toulouse – palpite invertido…
Guingamp 5 x 1 Caen – a goleada da rodada
Nice 1 x 2 Rennes 
Metz 0 x 0 Bordeaux
Bastia 1 x 2 Evian

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 18 de agosto de 2014 Brasileiros na França, Ex-jogadores, Extracampo, Franceses no mundo | 14:50

Quem trocou de camisa antes da temporada começar

Compartilhe: Twitter

tsilva-dluiz

Muita movimentação de jogadores nessa janela de transferências, afinal foi a transição de temporadas na Europa, e tivemos a Copa do Mundo que valorizou seus destaques.

Uma vez adversários quando Paris Saint-Germain e Chelsea se enfrentaram na Liga dos Campeões 2013/2014, como revela a foto acima, Thiago Silva e David Luiz agora repetem, no PSG, a companhia de zaga que já trazem da seleção brasileira. Titulares na Copa do Mundo, devem repetir o feito no clube francês, já que Thiago é o capitão e David chega como zagueiro mais caro da história do futebol francês (50 milhões de euros. É o 3º jogador mais caro, atrás de Edinson Cavani e Radamel Falcao – 66 e 64 milhões!)

Beque brasileiro que entra, beque brasileiro sai: Alex foi pro Milan, assim como o atacante francês Menez, também sem espaço no time estrelado de Laurent Blanc. O brasileiro Marquinhos sim, continua sendo zagueiro reserva no clube.

Se o atual bicampeão da Ligue 1 ganhou um grande reforço, seu maior rival no último campeonato perdeu seu jogador que mais se destacou na Copa brasileira. O Monaco não conseguiu segurar o meia colombiano James Rodríguez, artilheiro do Mundial e atraído pelo estrelado Real Madrid, que parece que tentou levar o também colombiano e monegasco Radamel Falcao Garcia, mas pela graça do bon Dieu (ainda) não conseguiu!

Teve mudança também no banco de reservas do bicolor do Principado: saiu o experiente italiano Cláudio Ranieri, chegou o jovem português Leonardo Jardim. Outros novos técnicos no foot são o veterano argentino Marcelo “El Loco” Bielsa, no Olympique de Marselha, e dois debutantes que quando jogadores atuaram pela seleção francesa: Claude Makelele, no Bastia, e Willy Sagnol, no Bordeaux.

Bielsa terá um bom reforço no ataque, Romain Alessandrini, que foi muito bem pelo Rennes recentemente. Quem saiu do OM foi o também ofensivo Jordan Ayew, agora no Lorient, e o lateral/zagueiro brasileiro Lucas Mendes, que foi para o Catar (El-Jaish). Porém, o maior destaque do time nos últimos anos se foi: o pequenino meia Mathieu Valbuena, que esteve nas Copas de 2010 e 2014, acertou com o Dynamo Moscou, da Rússia.

Já Makelele recebe o experiente centroavante brasileiro Brandão, que deixou o Saint-Etienne. O Rennes ganhou um reforço belga, o meia Christian Bruls, que estava emprestado pelo Nice ao La Gantoise, da própria Bélgica.

Franceses fora da França
Na Inglaterra, o Manchester City pegou dois defensores da seleção que disputou a Copa: o lateral-direito Bacary Sagna, ex-Arsenal, e o jovem zagueiro Eliaquim Mangala, ex-Porto e nada barato, viu? O Arsenal não saiu no prejuízo, pois a saída do lateral reserva dos Bleus foi compensada pela vinda do titular, Mathieu Debuchy, ex-Newcastle.

Outro a disputar a Premier League é o atacante Bafetimbi Gomis, que deixa o Lyon e parte para o Swansea. A Ligue 1 perdeu seu maior artilheiro em atividade nela e uma de suas maiores figuras também!

Mais notícias do mercado bola encontramos no espanhol Futbol desde Francia e no francês L’Equipe.

Quem souber de algum nome importante que eu não tenha colocado aqui, favor me avisar! :)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 10 de junho de 2014 Copa do Mundo | 19:22

Estrangeiros do futebol francês na Copa 2014

Compartilhe: Twitter
Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante cuja seleção não se classificou pra Copa...

Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante que também atua na França e cuja seleção não se classificou pra Copa…

Copa do Mundo não é torneio pra gente falar só de seleção francesa neste espaço, mas também de lembrar ao planeta bola os jogadores do Mundial que atuam no nosso querido futebol francês.

Lembrando que, dos 23 franceses convocados por Deschampsapenas 8 jogam atualmente no país. Quase o mesmo número de atletas que representam as seleções africanas de Camarões (7) e Costa do Marfim (6)!

Uma curiosidade: nos maiores campeões mundiais, Brasil e Itália, apenas o PSG cedeu destaques, três em cada. E o hoje bicampeão francês é o maior cessor de atletas para todas as 32 seleções, entre todos os clubes do país: 11, bem à frente do Monaco, o segundo nessa relação, com 4.

Bora lá (me baseei nesse link do bom site espanhol Futbol desde Francia, cruzando depois com os 23 confirmados da página da Fifa sobre a Copa):

Argélia: Carl Medjani (defensor do Valenciennes), Mehdi Mostefa (defensor do Ajaccio) e Aissa Mandi (defensor do Reims). Ryan Boudebouz (meia do Bastia) e Foued Kadir (meia do Stade Rennais) foram pré-selecionados, mas cortados.

ArgentinaSergio Romero (goleiro reserva do Monaco) e Ezequiel Lavezzi (atacante do Paris Saint Germain).

Bélgica: Divock Origi (lateral/ala do Lille).

Brasil: Thiago Silva (zagueiro capitão), David Luiz (zagueiro vindo agora do Chelsea) e Maxwell (lateral-esquerdo), todos do Paris Saint Germain.

Camarões: Nicolas Nkoulou (lateral do Olympique de Marseille), Henri Bedimo (lateral-esquerdo do Lyon); Jean Illes Makoun (volante do Rennes); Landry Nguemo (volante do Bordeaux); Edgar Salli (meia do Lens, recém-promovido da Ligue 2); Benjamin Moukandjo (meia-atacante do Nancy, da Ligue 2) e Vincent Aboubakar (atacante do Lorient). Guy Ndy Assembe, goleiro do Guingamp, e Jean-Armel Kana-Biyik, zagueiro do Rennes, ficaram fora.

Aboubakar foi um principais goleadores do último Campeonato Francês, empatado na vice-liderança do ranking geral com o também convocado Cavani, do Uruguai, ambos atrás do sueco Zlatan Ibrahimovic, lamentavelmente fora desta Copa.

Colômbia: David Ospina (goleiro do Nice); Ábel Aguilar (volante do Toulouse); James Rodríguez (meia do Monaco).

O goleador monegasco Radamel Falcao García foi pré-relacionado entre os 30, mas não se recuperou da cirurgia no joelho como torcíamos. Porém, o país conta com a habilidade de Rodríguez, maior assistente da última Ligue 1.

Costa do Marfim: Serge Aurier (lateral-direito do Toulouse); Benjamin Angoua (zagueiro do Valenciennes); Jean Daniel Akpa-Akpro (ala do Toulouse); Ismäel Diomande (meia do Saint Étienne); Salomon Kalou (meia do Lille) e Max-Alain Gradel (atacante do Saint Étienne). O lateral-direito Brice Dja Djedje, do Olympique de Marseille, e o volante Romaric (Bastia) não ficaram entre os 23.

Tem o único técnico francês de nascimento entre uma seleção estrangeira do Mundial: Sabri Lamouche, 42 anos, naturalizado tunisiano.

Croácia: Danijel Subasic (goleiro titular do Monaco).

Estados Unidos: Alejandro Bedoya (meia do Nantes).

Gana: Jonathan Mensah (zagueiro do Évian Thonon Gaillard); John Boye (zagueiro do Stade Rennais); Andre Ayew (atacante do Olympique de Marseille); Jordan Ayew (atacante do Sochaux) e Abdul Majeed Waris (atacante do Valenciennes) – que fez uma segunda metade de temporada muito boa na Ligue 1.

Andre é irmão mais velho de Jordan Ayew, ambos filhos do ex-atacante Abedi Pelé, que é o maior artilheiro da história da seleção mas, ironicamente, nunca disputou uma Copa do Mundo.

Itália: Salvatore Sirigu (goleiro titular); Thiago Motta (volante/meia); Marco Verratti (volante/meia), todos do Paris Saint Germain, e acima da média, principalmente os dois de linha.

México: Guillermo Ochoa (goleiro que disputou a última temporada pelo Ajaccio e está sem clube) – costuma pegar muito quando acossado;

Nigéria: Vincent Enyeama (goleiro titular do Lille). O meia Sunday Mba (CA Bastia, Ligue 2) foi pré-relacionado, mas acabou fora.

Enyeama fez uma excelente Ligue 1 2013/14 pelo LOSC, sendo um dos arqueiros menos vazados do campeonato francês.

Portugal: João Moutinho (volante/meia do Monaco).

Uruguai: Edinson Cavani (atacante do Paris Saint Germain) – craque!

-> Link para todos os convocados para a Copa 2014 do site do O Globo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 15 de fevereiro de 2014 Brasileiros na França, Extracampo, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 14:34

Mercado de inverno trouxe Berbatov e repatriou Cabaye, Trémoulinas, Hoarau…

Compartilhe: Twitter

A hora da xepa” nos momentos derradeiros da janela, finada em 31/1, revelou reforços importantes para PSG e Monaco, os dois candidatos ao título da Ligue 1 em curso, como analisou o site Trivela.

Eis as principais negociações envolvendo clubes franceses na janela de transferências do mês passado:

MONACO – Veio o atacante búlgaro Dimitar Berbatov, ex-Manchester United e que estava no Fulham, também inglês (para a vaga do colombiano Falcao García, hoje em tratamento pós-cirurgia no joelho). Também veio, em transação doméstica, o zagueiro Abdennour, do Toulouse FC.

PSG – Veio o volante (quase meia) Yohan Cabaye, da seleção francesa, que se projetou no Lille (que defendeu de 2004 a 2011) e estava no Newcastle, detentor da maior legião francesa da Premier League inglesa.

SAINT-ETIENNE – Repatriou o lateral-esquerdo Trémoulinas, que teve ótimos momentos no Bordeaux e não teve bons seis meses no Dínamo de Kiev, e o volante Josuha Guilavogui, cria do próprio clube, que vem de empréstimo do Atlético de Madri.

Convém lembrar que o presidente da ASSE revelou recentemente que rechaçou uma oferta de compra vinda do Catar, indo na contramão das experiências parisiense e monegasca.

BORDEAUX – Como mencionamos tempos atrás, foi buscar o experiente atacante Guillaume Hoarau (29 anos), ex-PSG, no futebol chinês, mais precisamente no Dalian Aerbin. Mas perdeu o bom meia polonês Obraniak para o Werder Bremen, da Alemanha, e o também meio-campista Ben Khalfallah, tunisiano que vinha apagado ultimamente, para o Troyes.

BASTIA – Outro experiente centroavante de volta à elite francesa é o irreverente Djibril Cissé, 32 anos e agora 10 clubes no currículo. Revelado pelo Auxerre, estava no Kuban Krasnodar, da Rússia.

AJACCIO – Sem ter feito na França metade do sucesso que teve na Itália, o meia romeno Adrian Mutu voltou ao seu país, para o Petrolul. Outro a deixar o clube córsego foi o atacante brasileiro Eduardo Ribeiro dos Santos, rumo ao Metz, que pela campanha que realiza na Ligue 2 tem boas possibilidades de alcançar a elite no meio do ano. É a 4ª camisa francesa para o experiente atleta.

EVIAN – Trouxe o centroavante brasileiro Túlio de Melo, que teve boas fases no Lille mas vinha com dificuldade de se firmar titular nesta temporada. E fez uma troca com o OM, como vemos abaixo.

OLYMPIQUE DE MARSEILLE – Cedeu o zagueiro Kassim Abdallah ao Evian TG e recebeu o atacante marfinense Brice Dja Djédjé, pelo qual muito torcemos só pelo nome bacana de se falar! Quem também saiu foi o atacante ganês Jordan Ayew, rumo ao Sochaux. Seu irmão mais velho André Ayew segue no clube.

LILLE – Se desvinculou de Túlio de Melo, como eu disse acima, e trouxe o útil lateral-direito Sebastien Corchia, ex-Sochaux.

LYON – Quase não teve alterações, cedendo apenas o atacante Alassane Plea, da seleção francesa sub 19, ao Auxerre, atualmente na segunda divisão.

MONTPELLIER – Recebeu o atacante de 19 anos Mbaye Niang, revelado pelo Caen e que chega emprestado do Milan, onde teve poucas chances. Para suprir a falta do também ofensivo Emanuel Herrera, agora no Tigres do México. Saiu também o meia Bryan Dabo, para o Sunderland, da Inglaterra.

Veja estas e outras transferências dos clubes da Ligue 1 nesta tabela do site espanhol Futbol desde Francia.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 30 de setembro de 2012 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 21:00

Marselha cai em Valenciennes e PSG se aproxima; Lyon perde do Bordeaux e vem em 3o após 7a rodada

Compartilhe: Twitter

Reforçado às 21h55 de 01/10

Valenciennes FC 4 x 1 Olympique de Marseille (Le Tallec 2, Danic e Kadir; Jordan Ayew – Assista aos gols)
Paris Saint-Germain 2 x 0 FC Sochaux-Montbéliard (doublé de Kevin Gameiro)
Olympique Lyonnais 0 x 2 Girondins de Bordeaux (Trèmoulinas e Diabaté)
Evian TG FC 1 x 1 FC Lorient (Khlifa; Sunu)
Stade Rennais FC 2 x 0 LOSC Lille (Assista aos gols. O capitão Mavuba deixou o jogo lesionado, desfalque pro Lille na Champions?)
AC Ajaccio 1 x 0 Stade Brestois 29 (Mostefa)
AS Nancy Lorraine 0 x 2 Montpellier Hérault SC (Belhanda e Camara)
OGC Nice 2 x 2 SC Bastia (Cvitanich e Civelli; Rothen e Modeste)
ESTAC Troyes 0 x 2 Toulouse FC (Ben Yedder e Rivière)
AS Saint-Etienne 0 x 0 Stade de Reims

Gols do fim de semana: Assista ao vídeo no site da ESPN

Estatísticas oficiais: leia o arquivo da LFP

Classificação: 1) OM, 18 pts; 2) PSG, 15; 3) OL, 14; 4) LOR e BOR, 13.
Zona do Rebaixamento: 17) EVI, 5; 18) NAN, 4; 20) TRO, 2.

Se mantivesse os inabaláveis 100% de aproveitamento, o Marselha igualaria um recorde do Lille da década de 30! Mas a equipe de Elie Baup dormiu na partida que abriu o domingo, caindo para o bom time do Valenciennes com notáveis falhas individuais de seus jogadores. Mandanda esteve num dia bastante negativo, bem como seus companheiros de defesa (Nkoulou, Morel, Fanni). Com a surpreendente goleada (que o OM não sofria desde 2006!), comandado pela dupla Danic-Le Tallec, o VAFC do beque brasuca Gil foi a 11 pontos e à 7a colocação, não distante dos líderes.

Desta vez Ibrahimovic passou em branco, mas o Paris Saint-Germain mostrou que tem outro goleador, Kevin Gameiro, em mais um triunfo, agora contra o Sochaux. Gameiro foi titular pela 1a vez e já correspondeu, o que mostra a Ancelotti que é possível escalá-lo como “9”, tirando Ibrahimovic da área e variando ofensivamente a equipe. A squadra do técnico italiano segue com a melhor defesa (3 gols sofridos em 7 rodadas), e vai animada tanto para o duelo com o Porto (co-líder do Português ao lado do Benfica) pela liderança do grupo A da Liga dos Campeões, na quarta, quanto especialmente para Le Classico que agora pode tirar a liderança isolada do Olympique no domingo.

O Lyon também poderia ter se aproximado do líder, mas saiu derrotado diante do Bordeaux e foi outro a perder a invencibilidade na L1. Ambos têm compromissos na Liga Europa na quinta, os Girondinos contra o Newcastle, por onde vem brilhando o meia francês Hatem Ben Arfa, e os Lioneses contra o desconhecido Hapoel Ironi Kiryat Shmona…

Nada espetacular o empate do Lorient com o Evian, de fraca campanha até aqui, mas o FCL segue no top 4, como um dos três invictos que restaram (ao lado de PSG e Bordeaux) e com o melhor ataque do Francês até agora, 13 gols marcados, pasmem!

Abertura da rodada com duelo de nortistas, Rennes e Lille, que vinham na metade de baixo da tabela, e deixaram Tulio de Melo e o selecionável Mvila no banco. Com Erding (ex-PSG) no ataque titular, o rubro-negro abriu o placar quando era mais atacado e tinha menos posse de bola, curiosamente. Pitroipa fez bela jogada pela esquerda, chutou, Landreau se atrapalhou com uma bola que dava pra agarrar, Feret apareceu em sua frente e o encobriu com um totózinho, aos 19 do 2o.

Logo depois do gol, Tulio veio pro jogo em mudança ofensiva de Rudi Garcia, que tirou o volante Gueye. E os visitantes acertaram a trave de Costil pela segunda vez (após bela intervenção do goleiro). Mas a sorte estava com os anfitriões. Alessandrini, que veio pro lugar do turco Mevlut, pegou um rebote de rebatida da área, pouco à frente da intermediária, dominou e acertou um lindo tirambaço curvilíneo, encobrindo Landreau, 2 a 0 até o apito final, que Garcia teve de ver longe do banco, expulso que foi. Antonetti só colocou Mvila aos 35, ele vinha de lesão?

Além de ver o jogo na tribuna do Parc des Princes, o ex-presidente Nicolas Sarkozy foi ao vestiário local, tietou Ibrahimovic e pegou Maxwell e outros de calças curtas...

No fim, o Rennes (14o) atingiu a pontuação do Lille (15o), 7 pontos. O LOSC levou gols em todas as partidas do campeonato até aqui, o que é bem preocupante não só no certame, mas também porque há uma UCL em curso! (o SRFC começou a rodada com o mesmo retrospecto ruim, mas conseguiu superá-lo depois dos 90 minutos). Nesta terça, o time busca seus primeiros pontos no torneio continental fora de casa, contra o Valencia, que faz campanha regular no Espanhol (10o colocado com 6 rodadas).

Providencial vitória do campeão Montpellier em Nancy, que o levou para o 13o lugar na tabela. Que seja uma injeção de ânimo para o grupo de René Girard, a despeito da fragilidade do adversário, agora penúltimo colocado, pois o MHSC tem parada dura nesta quarta-feira, enfrentando o Schalke 04 (4o na Bundesliga após 6 rodadas) na Alemanha pela Liga dos Campeões, na qual ainda não pontuou.

Pro Saint-Etienne não foi legal empatar em casa, por mais que o Stade de Reims esteja melhor colocado na competição. Brandão foi reserva e entrou no 2o tempo novamente, desta vez no lugar de Hamouma, dias depois ter recebido uma boa notícia com o arquivamento da acusação de estupro de que era alvo na França.

Franceses fora da França
Pelo que pude acompanhar, o meia Franck Ribéry foi muito bem na vitória do Bayern de Munique sobre o Werder Bremen no Campeonato Alemão, mantendo o time bávaro com 100% de aproveitamento na Bundelisga. E o zagueiro Laurent Koscielny foi mal na derrota do Arsenal para o Chelsea no clássico pelo Campeonato Inglês. No lance do gol de Fernando Torres, o beque tentou segurar o atacante, esqueceu da bola, e o espanhol esticou a perna para encostar para as redes…
Outro desempenho internacional de francês que valha o registro?

Meio de semana, 2a rodada de UCL e UEL:
Terça, 2/10 – Champions: Valencia (ESP) x Lille
Quarta, 3/10 – Champions: Porto (POR) x PSG / Schalke (ALE) x Montpellier
Quinta, 4/10 – Liga Europa: Hapoel Shmona (ISR) x Lyon / Marseille x AEL Limassol / Newcastle (ING) x Bordeaux

Programação da 8a rodada, que tem tudo pra pegar fogo no domingo, com os 4 primeiros se enfrentando e o Paris com a perspectiva de se igualar ao Marselha no topo da classificação:

Vendredi 5 octobre 2012
AS Saint-Etienne x AS Nancy Lorraine

Samedi 6 octobre 2012
Montpellier Hérault SC x Evian TG FC
SC Bastia x ESTAC Troyes
LOSC Lille x AC Ajaccio
Stade de Reims x Nice
FC Sochaux-Montbéliard x Stade Rennais FC
Toulouse FC x Valenciennes FC

Dimanche 7 octobre 2012
Stade Brestois 29 x Girondins de Bordeaux
*FC Lorient x Olympique Lyonnais
**Olympique de Marseille x Paris Saint-Germain

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 70 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 16 de setembro de 2012 Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 21:31

Marselha intacto, Lyon e Lorient por perto depois da 5a rodada

Compartilhe: Twitter

Resultados da 5eme journée da Ligue 1:

AS Nancy Lorraine 0 x 1 Olympique de Marseille
Olympique Lyonnais 2 x 0 AC Ajaccio
Stade Rennais FC 1 x 2 FC Lorient
Paris Saint-Germain 2 x 0 Toulouse FC
Valenciennes FC 0 x 0 Girondins de Bordeaux
Stade de Reims 3 x 1 Montpellier Hérault SC
ESTAC Troyes 1 x 1 LOSC Lille
Evian TG FC 3 x 0 SC Bastia
OGC Nice 4 x 2 Stade Brestois 29
AS Saint-Etienne 0 x 1 FC Sochaux-Montbéliard

Gols: Assista ao vídeo do site da ESPN

Todos os adversários, atrás na classificação, continuam torcendo contra, mas o Olympique de Marselha (15 pontos ganhos) segue perfeito: 1 a 0 fora de casa sobre o Nancy e quinta vitória em cinco rodadas, o que o clube nunca havia conseguido na história do Campeonato Francês! O feito é ainda mais notável porque, como lembra o amigo Eduardo Junior, a equipe começou a temporada desmontada, com novo técnico, muitas saídas e poucas reposições. Na partida de hoje, que encerrou a rodada, o time já vinha sendo melhor antes de abrir o placar, desperdiçando boas chances com Gignac. No segundo tempo, Jordan Ayew foi o nome do gol e o elenco de Elie Baup goza da melhor defesa da liga até aqui, com apenas um gol sofrido em cinco jogos.

Irmãos Ayew e Gignac na comemoração do gol marselhês no Marcel Picot (om.net)

O segundo na tabela é o Lyon (13 pontos), que bateu o Ajaccio com gols de Lovren, de cabeça (com a colaboração da indecisão do goleiro Ochoa após escanteio) e Lisandro Lopez, aproveitando contra-ataque. O romeno Mutu, ex-Fiorentina, estreou no ACA. O terceiro é o Lorient (11 pontos), que surpreende por se intrometer entre os mais cotados para comandar a tabela. O time de Ludovic Giuly contou com dois gols de Alain Traoré para bater o Rennes fora de casa, por 2 a 1, e viu seu atacante (especialista em marcar de fora da área, como lembra o @OptaJean) chegar à vice-artilharia geral com quatro tentos. Detalhe que a equipe foi para o vestiário com um jogador a menos, perdeu o goleiro Audard na etapa complementar mas mesmo assim segurou o resultado longe dos seus domínios.

PSG e Bordeaux (9 pontos) complementam o top 5 da classificação. Com os 2 a 0 no TFC, o Paris ganhou a primeira no Parc des Princes neste torneio e assim aumentou sua invencibilidade em casa na L1 para 14 jogos, contando a temporada passada. Recebido com tapete vermelho na chegada ao estádio, não teve um bom início de jogo, mas contou com uma bela atuação de Marco Verratti para se impor. No primeiro gol, o italiano de 19 anos, ex-Pescara, deu uma de Pirlo e enfiou com precisão para Pastore tocar com categoria por cima do goleiro Ahamada.

Foi o 1o gol parisiense de outro jogador além de Ibrahimovic na competição. Depois de um primeiro tempo com apenas sete faltas, Ancelotti colocou Nenê na segunda etapa, logo após o time sacramentar a vitória quando, em contra-ataque, Menez serviu Ibra, definitivamente sinômino de gol para a equipe da capital. Thiago Silva e Van der Wiel devem estrear na terça, pela Liga dos Campeões (dois links para a crônica do jogo: blogs TFC Toulouse Brasil e Tabela Online.

Também na sexta, abrindo a rodada, o Montpellier se deu mal contra o Stade de Reims, continuando aquém do que se espera para o campeão defendendo o título (ainda mais se considerarmos que a Champions já está aí…). A equipe vem falhando sobretudo nos minutos finais: 6 dos seus 8 gols sofridos aconteceram nos 30 minutos finais da partida. Um dos três gols do Reims foi marcado pelo atacante brasileiro Diego Rigonato, ex-Tours, recém-chegado ao clube.

**

SEMANA DE LIGAS
Antes da próxima rodada, cinco clubes têm compromisso na estreia da fase de grupos das ligas europeias. Pela Liga dos Campeões, haverá Montpellier x Arsenal e PSG x Dínamo de Kiev (que se reencontram depois da Copa da Uefa 2009/10, mencionada no primeiro post deste blog!), na terça, e Lille x Bate Borisov na quarta. Na Liga Europa, quinta-feira, jogam Lyon x Sparta Praga, Fenerbahce x Marselha e Bordeaux x Brugge. Sorte pra todos!

**

Programação da 6a rodada:

Vendredi 21 septembre 2012
Montpellier Hérault SC x AS Saint-Etienne

Samedi 22 septembre 2012
SC Bastia x Paris Saint-Germain
Stade Brestois 29 x Valenciennes FC
FC Lorient x OGC Nice
Stade de Reims x AS Nancy Lorraine
FC Sochaux-Montbéliard x ESTAC Troyes
Toulouse FC x Stade Rennais FC

Dimanche 23 septembre 2012
Girondins de Bordeaux x AC Ajaccio
Olympique de Marseille x Evian TG FC
LOSC Lille x Olympique Lyonnais

– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são mais de 70 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 7 de novembro de 2011 Francês da 1ª divisão | 09:31

Bordeaux breca sequência vitoriosa do líder PSG

Compartilhe: Twitter
FBL-FRA-L1-MARSEILLE-NICE

Jordan Ayew chama a torcida marselhesa: em plena recuperação, o OM chegou ao 8o lugar (AFP)

Segurar o melhor time do campeonato, que vinha de 6 vitórias seguidas, é um feito sim. Mas os Girondinos não têm muito o que comemorar com o empate em casa (1-1), permanecendo mal na tabela, na 14a posição, a apenas 2 pontos da zona de rebaixamento.

Beneficiou-se o Paris do empate do vice Montpellier, 1-1 também, em Saint-Etienne. Assim, manteve a diferença de 3 pontos no topo da classificação (30 contra 27).

Em terceiro vem o Lille, outro a tropecar, 1-1 com o Evian (Pedretti marcou). Tambem porque o Lyon parou no Sochaux (2-1) e segue em quarto pelas derrapadas dos perseguidores proximos – como o Toulouse contra o Auxerre (foto abaixo). Bom pro Marselha, que engatou a 3a vitoria consecutiva (2-0 no Ajaccio) e ja engrossa o bolo dos ponteiros.

Mesmo com mais posse de bola, o OL não soube utilizá-la com mais eficiência do que os anfitriões, e falhou muito na defesa, com Cris indo mal e Cissokho péssimo – um gol contra e um pênalti cometido para a conta do lateral-esquerdo…. O talentoso Boudebouz novamente brilhou no FCSM, dando lugar ao brasileiro Carlão nos minutos finais, quando o Sochô se retrancou e contou com o “atrapalhamento” lionês para garantir os três pontos e fazer suspirar o técnico bósnio Mehmet Badzarevic.

> Classificação após 13 rodadas (faltam 25): PSG lidera com 30 pontos, seguido por Montpellier, com 27, e Lille, com 24. Acesse a tabela completa

FBL-FRA-L1-AUXERRE-TOULOUSE
Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 26 de outubro de 2011 Copas francesas, Franceses no mundo | 21:53

PSG, Montpellier e Auxerre eliminados nas 8as da Copa da Liga Francesa

Compartilhe: Twitter

michel-bastos-lacazette

Ederson observa a dancinha de Bastos e Lacazette, para fúria da torcida verde no Geoffroy-Guichard (Olweb)

Zebras e confirmações nos oito jogos eliminatórios. Ontem, o Olympique de Marselha não deu chances pro Lens, 4 a 0. Gignac fez seu primeiro na temporada. Jordan Ayew e Remy, duas vezes, complementaram (Acertei esse palpite!).

Hoje, fortes emoções no primeiro jogo do dia, Dijon x PSG, que no domingo duelaram pela Ligue 1 com 2 a 0 pró-Parri. E não é que o modesto Dijon conseguiu a revanche, deixando o poderoso e milionário da história pelo caminho? (Claro que errei esse)

Foi muito bom o primeiro tempo no Stade Gaston Gerard, com quatro gols, embora o líder do Francês não encarasse a partida com a mesma gana do adversário (o técnico Patrice Carteron se esgoelando volta e meia demonstrava bem esse espírito…). Com Nenê, Pastore e Gameiro poupados, Bahebeck e Erding ganharam uma chance no mistão parisiense que começou dando as cartas: eles construíram a vantagem dos visitantes, o primeiro marcando de falta (que categoria do garoto!) e o segundo complementando bela jogada de Menez.

Mas os anfitriões reagiram rápido, com Sankharé batendo pênalti (duvidoso, de Lugano em Jovial – eu não daria, os dois se puxaram) e Berenguer concluindo rápida trama ofensiva. Aos 15 do 2o, novo pênalti pro Dijon (bola na mão de Camara, imprudente), Jovial venceu Douchez por centímetros e virou! Aos 25, vendo a água bater no traseiro, Kombouaré teve de lançar mão dos titulares; vieram Nenê e Gameiro, Pastore não. Pressão forte, jogo mais brigado, 3 bolas ao todo na trave do PSG, Menez sendo fominha em alguns lances, e o abafa não deu resultado. Leonardo e cia tiveram de deixar o estádio de cabeça baixa…

Outro jogão do dia foi Saint Etienne x Lyon, que levaram o tradicional clássico pela primeira vez a uma Copa da Liga. Um pouco melhor, o OL abriu o placar após falta sofrida por Michel Bastos nas imediações da área. Ele, Ederson e Kallstrom se prepararam, o sueco bateu na barreira, mas ela sobrou de frente pra Briand, de frente pra Ruffier. Ele chutou, houve um desvio no caminho mas a bola encontrou as redes aos 40 minutos.

jovial-lugano

Ceará observa o lance que virou pênalti de Lugano em Jovial, esbanjando jovialidade! (Site DFCO)

Segundo tempo e novamente os lioneses mais perto do gol. Depois do pênalti claro sofrido por Lacazette, Bastos foi impedido de cobrar não pelas milhares de vaias, mas pelos rojões atirados perto do gol de Ruffier. A tal ponto que a arbitragem saiu de campo e chamos os capitães pra conversar no vestiário! Na volta, o brasileiro bateu, marcou, comemorou muito perto da torcida e reservas adversários e deixou o jogo mais nervoso ainda, com novo tumulto. Aubameyang descontaria, mas não havia tempo pros stéphanois evitarem a vitória rival no 106o dérbi da história (apostei no ASSE…). Aos verdes, resta esperar quatro dias pelo reencontro de domingo pela Ligue 1.

Em casa, o Lille não bobeou diante do Sedan: 3 a 1, com gols de Pedretti, Joe Cole e Jelen (boa, acertei!). Túlio de Melo foi titular. Já o Auxerre, ex-time de Pedretti e Jelen, não conseguiu se garantir diante de sua torcida: levou 2 a 1 do Caen (um nabo com dois de Nabab!) e me dei mal nessa. Outro a decepcionar foi o Montpellier, caindo em casa diante do Lorient, outro 2 a 1, com um a menos desde os 10 minutos do 2o tempo (errei). Pentecôte conduziu a tia Nice à classificação, com mais um 2 a 1, no Sochaux (acertei). E depois de empate sem gols, coube ao Le Mans avançar ao bater o Rennes por 4 a 1 nos penais (falhei de nouveau).

Minutos depois já conhecemos os confrontos das quartas, marcados inicialmente para 10 de janeiro de 2012, uma terça-feira:
Lyon x Lille (olha o Ly-Li de vorta!)
Caen x O. Marseille
Le Mans x Lorient
Nice x Dijon

Enquanto isso, na Espanha…
…Karim Benzema abriu o placar na vitória do Real Madrid sobre o Villarreal, 3 a 0, muito bom para sua disputa com o argentino Gonzalo Higuain por uma vaga no galáctico ataque merengue.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 11 de maio de 2011 Francês da 1ª divisão | 21:37

Olympique ganha, mas Lille pode ser campeão na terça que vem

Compartilhe: Twitter

Por mais que o LOSC secasse, o Marselha foi seguro no Vélodrome e bateu o Brest com facilidade, 3 a 0. Rémy abriu o placar, Jordan Ayew ampliou com um belo arremate de efeito e, quando a turma de Deschamps cozinhava o galo pro relógio andar, Gabriel Heinze fechou o escore cobrando falta (sofrida por Jordan, que hoje ofuscou o irmão André) com facilidade, seguindo “dica” de Taiwo (que não continuará no time na próxima temporada, como conto mais abaixo no apêndice).

Então segue a diferença de 4 pontos entre líder e vice, só que agora com apenas 9 por disputar. Ou seja, se ela for a 7, caso o Olympique perca para o Lorient no domingo e o Lille derrote o Sochaux na terça-feira, o campeão estará definido. Até mesmo se empatar fora de casa o OM fica em situação complicadíssima, pois bastará um pontinho para os Dogues nas duas partidas que lhe restarem.

remy_andrade_afp

Loïc Rémy cumprimenta Elinton Andrade, na função que o brasileiro mais executa nos jogos, na condição de goleiro reserva (AFP)

Com o revés do Lyon, a matemática restringe a Lille e Olympique, apenas, a postulação do título. Que o OL não atingiria a taça mesmo, tudo bem, mas levar de quatro do Auxerre, que iniciou a rodada na metade debaixo da tabela, ficou bem feio, heim? Oliech fez o primeiro, Lovren prejudicou os Gones ao ser expulso e aí ferrou-se: o burquinense Alain Traoré marcou dois e Hengbart fechou a contagem e… o caixão de Claude Puel, cuja demissão foi publicamente pedida pela torcida lionesa?

lyon_afp

Não precisa perguntar o que a torcida do Lyon quer quanto ao treinador, d'accord? (AFP)

A rodada antecipada para o meio de semana ainda reservou:

Rennes 1 x 1 Caen (Mangane; M’Baye Niang) – Stade Rennais ainda 5º

Sochaux 3 x 0 Monaco (Sauget, Maiga e Boudebouz) – /Soxô/ ratificando 6º, a um ponto do Rennes

Montpellier 3 x 1 Lorient (Giroud, Estrada e Saihi; Ecuele-Manga) – Ambos precisam secar bastante o 5º e o 6º e não perder mais pontos para ter alguma chance de Liga Europa, assim como o Saint-Etienne

Lens 1 x 0 Bordeaux (Hermach) – De aspiração à Liga Europa a um fim de temporada melancólico, eis os Girondinos. Com bom público no Felix-Bollaert, o RCL evitou a degola precoce, mas tem que tirar 6 pontos de 9 restantes em relação ao Monaco para escapar…

Toulouse 0 x 0 ValenciennesOs dois precisam fazer muito pouco para não caírem

Nice 3 x 2 Arles Avignon (Ljuboja 2 e Clerc; Cabella e Kaba Diawara) – Tia Nice também quase livre do rebaixamento

>> Classificação a 3 rodadas do final (9 pontos por disputar):  Lille lidera com 69 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 65, Lyon, com 59, PSG, com 58, Rennes, com 53, e Sochaux, com 52. Veja tabela completa

**

Apêndice:

O lateral-esquerdo nigeriano e o zagueiro francês Mexès, da Roma, ambos em fim de contrato, foram confirmados pelo Milan como reforços para a próxima temporada no fresquinho campeão italiano. Taiwo teve a imagem desgastada na França depois que, no calor da conquista da Copa da Liga Francesa pelo OM, pegou pesado ao provocar o rival Paris Saint-Germain, que nem fazia parte do contexto, cantando, com a torcida marselhesa, o verso “Os marselheses vão a Paris para f… o PSG”. Será que ele vai dividir quarto com Gennaro Gattuso??

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 27 de abril de 2011 Brasileiros na França, Ex-jogadores, Francês da 1ª divisão | 22:46

Segura o Marselha de sangue africano agora…

Compartilhe: Twitter
irmaos_ayew_afp

André levanta o mano Jordan: papai Abedi deve ter gostado muito! (AFP)

Onze gols nos dois jogos de hoje fechando a 32ª rodada do Campeonato Francês, que marravilha!, como diria um outro aí…

Mais significativo foi Olympique de Marselha 4 x 2 Nice, pois a vitória alça o OM para a liderança da Ligue 1 meses depois do domínio do Lille. E faltando seis rodadas, no embalo do bicampeonato da Copa da Liga Francesa, como parar um OM que só dependerá de si próprio para conquistar mais um bi daqui a um mês mais ou menos?

Destaque total para os filhos de Abedi Pelé (ex-jogador do Olympique*), responsáveis pelos quatro gols marselheses no Vélodrome: três de André Ayew e um de Jordan, o mais novo (Abdou Traoré e Civelli fizeram os tentos visitantes). Junto com o nigeriano Taiwo, os irmãos ganenses são a prova de que os africanos contribuem muito para o futebol francês e qualquer tipo de discriminação contra eles é, além de abominável, totalmente burra e sem sentido…

Lyon 3 x 2 Montpellier também teve sua importância, pois aproximou o OL do Lille (4 pontos) e manteve a distância para o Marselha em cinco pontos, permitindo que o sonho do título possa ser ainda alimentado. Além do mais, ser segundo é melhor do que terceiro no fligir dos ovos, pois somente o vice entra, junto com o campeão, diretamente na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa.

A vitória só se definiu aos 44 minutos do segundo tempo, com o gol do “príncipe” Gourcuff. Ederson abriu o placar em Gerland, no seu primeiro tento depois do retorno de um longo tempo de estaleiro por contusão grave. Lisandro López fez o segundo lionês, entre os dois gols dos visitantes, com Giroud e Camara.

lyon_afp

Companheiros felicitam Ederson, o brasileiro que foi às redes hoje na França (AFP)

>> ClassificaçãoOlympique de Marselha lidera com 61 pontos, seguido por Lille, com 60, Lyon, com 56, PSG, com 53, e Rennes, com 51. Veja tabela completa

***

*Maior artilheiro de sempre da seleção de Gana, Abedi “Pelé” Ayew foi bicampeão francês e campeão europeu pelo OM, título mais importante da história do clube, em 1992/93.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última