Publicidade

Posts com a Tag imprensa francesa

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015 Francês da 1ª divisão | 13:45

Fim de semana frrrio

Compartilhe: Twitter

10 gols marcados nos 10 jogos da 23ª rodada do Campeonato Francês, entre sexta e ontem. O inverno tá pegando geral pra cima da produtividade ofensiva. É fato que quando produz gramados como o abaixo, no jogo Metz x Nice, prejudica o espetáculo mesmo.

Enfin, Marseille e PSG venceram e deram uma colada no Lyon, líder da Ligue 1, que empatou com o Monaco: 49 pontos ao todo pro OL e 47 pra dupla de perseguidores mais próxima.

Stade Saint-Symphorien, no último sábado (foto publicada na fanpage da Ligue1 Brasil no Facebook)

Stade Saint-Symphorien, no último sábado (foto publicada na fanpage da Ligue1 Brasil no Facebook)

 

Entre quem jogou bem no fim de semana, o jornal L’Equipe fez a seguinte seleção:

selecao rodada lequipe

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 24 de março de 2014 Extracampo, Franceses no mundo | 19:11

Pesquisa revela prestígio da Ligue 2 entre franceses

Compartilhe: Twitter
O campeoníssimo de popularidade, em primeiro plano, e um dos vices em segundo (purepeople.com)

O campeoníssimo de popularidade, em primeiro plano, e um dos vices em segundo
(purepeople.com)

O site do jornal L’Equipe publicou em 26 de fevereiro resultados de uma enquete promovida pela LFP (Ligue de Football Professionnel) e a UCPF (Union des Clubs Professionnels de Football) em duas etapas, realizada em novembro de 2013.

Assim como acontece no Brasil, o futebol foi eleito pelos 2015 franceses ouvidos inicialmente como o esporte mais popular. Rúgbi e tênis vêm em seguida, praticamente empatados – o que quem acompanha o noticiário esportivo do país não estranha (embora, segundo a página que o UOL fez para apresentar a França no seu hotsite da Copa 2014, a sequência das modalidades mais praticadas seja futebol, rúgbi e handebol).

Em um segundo momento, 68% de 5000 fãs do foot disseram que acompanham sistematicamente ou quase sempre o Campeonato Francês, enquanto que 65% responderam o mesmo para a Liga dos Campeões da Europa. Em seguida aparecem Copa da França (63%), Liga Europa e Copa da Liga Francesa (50%).

Se a segunda divisão não gera um grande entusiasmo (30%), curiosamente não perde em termos de interesse para as ligas nacionais estrangeiras, como Inglaterra (empate, 30%) e Espanha (27%). A imagem da Ligue 2 é boa para 74% dos ouvidos, percentual maior do que o da Ligue 1 (68%).

Quando a pergunta foi “qual jogador é o mais emblemático” da L1, com três escolhas possíveis, claro que ganhou Zlatan Ibrahimovic (69%), o homem gol disparado do torneio desde a temporada passada. O sueco do PSG deixou o atacante colombiano do Monaco, Radamel Falcao Garcia (27%), seu colega de ataque, o uruguaio Edison Cavani (20%) e o meia francês Mathieu Valbuena, do Olympique de Marseille (19%), comendo poeira.

Fonte: Site do jornal L’Equipe

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 19 de março de 2014 Copa do Mundo | 19:10

Revista francesa criticou Brasil da Copa, mas internautas brasileiros distorceram

Compartilhe: Twitter

Tempos atrás ouvi um comentarista brasileiro de futebol mencionando uma reportagem da France Football que detonava a organização e o contexto brasileiros para a Copa 2014. As críticas eram pesadas, com ironias que aumentavam nossa decepção pela forma como nosso país estava sendo percebido lá fora, embora a maioria dos fatos colocados já fossem de nosso conhecimento.

A capa que destaca a reportagem que virou polêmica aqui

A capa que destaca a reportagem que virou polêmica aqui

Mais recentemente, recebi um e-mail sobre o mesmo assunto, que pelo formato esteve (ou está, sei lá) sendo compartilhado a rodo entre os internautas brasileiros. Clicando nesse fórum, é possível ver o conteúdo desse e-mail.

O tom e a gravidade da reportagem, além da opinião difusa de algumas pessoas questionando os conteúdos circulantes na Internet a respeito, inclusive a existência da reportagem em si, me despertaram a curiosidade de tentar ler seu texto na íntegra, diretamente da fonte. Como a revista não disponibiliza suas edições integrais em seu site (no máximo vc consegue folhear parte da mais recente), pedi ao meu melhor contato no jornalismo esportivo francês, o atencioso Stef, do site Parlons Foot, que rapidamente me encaminhou um link que permite o download da matéria completa (dentro de uma pasta compactada na extensão .rar).

Infelizmente não consegui me debruçar sobre a leitura completa das 12 páginas da matéria ainda, que por ser em francês me custaria mais tempo do que no nosso português. Mas felizmente outros jornalistas brasileiros leram, e identificaram que a reportagem existe sim (publicada na edição 3537, de 28 de janeiro), é bem áspera, porém acabou exagerada e distorcida, em alguns pontos, no texto que circula por e-mails e fóruns de internautas brasileiros. Sugiro que leiam essa postagem do UOL de 25 de fevereiro, justamente dando o alerta.

Ao que parece, as falhas na preparação para o Mundial serviram de pretexto para o ataque a governantes, políticos e demais autoridades brasucas, o que num ano eleitoral não é de se estranhar. Não que esses líderes e representantes nada tenham a ver com o problema, e que a organização pra Copa não tenha grandes problemas, mas a intenção principal desse post é mostrar a você que a FF disse coisas graves, mas nem tudo que disseram que ela disse é verdade.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014 Francês da 1ª divisão | 13:40

Vídeo de emissora mostra aquecimento das torcidas de PSG e OM

Compartilhe: Twitter

Detentor da transmissão televisiva do 70º Le Classique, que acontece no domingo, na próxima rodada do Campeonato Francês (27ª), o Canal + promoveu uma ação divertida para “bombar” o esperado duelo entre os torcedores de Paris Saint-Germain e Olympique de Marseille.

Gritos e coros costumeiros das torcidas nos estádios foram adaptados para situações cotidianas em uma cidade, e ficou engraçado, como vemos no vídeo abaixo:

(dica tuitada pelo amigo Eduardo Madeira Jr)

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 Extracampo, Franceses no mundo | 14:05

Anelka “causando” após comemoração polêmica na Inglaterra

Compartilhe: Twitter
Os dois gols de Anelka contra o West Ham são os únicos dele em 12 partidas pela PL 2013/14 até aqui (Photo: LeMonde/AFP)

Os dois gols de Anelka contra o West Ham são os únicos dele em 12 partidas pela PL 2013/14 até aqui (Photo: LeMonde/AFP)

Marcar gols pelo pequeno West Bromwich Albion nas ligas e copas inglesas não daria tanta repercussão para Nicolas Anelka, que parece já ter entrado na fase descendente da carreira (não só pelos 34 anos, mas pelos recentes clubes pequenos por onde tem passado), quanto uma comemoração polêmica contra o West Ham, dia 28 de dezembro último, pela Premier League (Campeonato Inglês da primeira divisão).

Anelka fez o gesto da foto acima, denominado de quenelle, uma espécie de nazismo invertido. Para ele e os que o defendem, trata-se de uma referência a um amigo e comediante francês, Dieudonne M’bala M’bala, por sua postura “antissistema”, contra o establishment. Para os que o condenam, é um sinal antissemita, e portanto racista.

O problema é que a federação inglesa de futebol, a FA, o condenou, suspendendo-o por 5 jogos. Dieudonne também, tendo sido banido de entrar em território britânico. O humorista não conta com “ficha limpa” na França, onde tem ligação com a extrema direita (para piorar…).

O WBA também pode punir o atacante, depois de ter perdido o patrocínio máster da Zoopla ao fim da temporada. Segundo o site do Le Monde, a decisão tem a ver com a repercussão negativa do quenelle anelkiano.

O jogador, que além da suspensão não vem jogando porque se machucou no joelho, pediu uma audiência pessoal à FA, que terá três membros independentes e está prevista para a semana que vem, para se explicar, após negar o antissemitismo. Vamos ver se consegue sair menos manchado dessa…

Para saber mais do contexto que cerca o quenelle na França e na Europa, leia os textos Da cintura pra baixo é quenelle!, assinado por Jota Neto no Doentes por Futebol, e Anelka, La Quenelle e o que isso tem a ver com nazismo, de Felipe Lobo, no Trivela.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014 Copas francesas | 12:40

Definidos quase todos os confrontos de 1/16 avos da Copa da França

Compartilhe: Twitter

Faltando apenas Cannes x St Etienne, na próxima terça, pra rolar na etapa 1/32 avos, esses são os duelos da próxima fase (por enquanto agendados pra dia 21 de janeiro, terça, mas alguns serão desdobrados para quarta após as TVs negociarem com a FFF):

1/16-cdf-14-certo

Capa do jornal L'Equipe de domingo (merci, David!) destacando o azarão Yzeure: "É pra enlouquecer Allier!", diz a foto

Capa do jornal L’Equipe de domingo (merci, David!) destacando o azarão Yzeure: “É de enlouquecer Allier!”, diz a foto

Em um dos jogos postergados pelo mau tempo, realizado ontem, o PSG não tomou conhecimento do Brest: 5 a 2, com três do artilheiro Ibrahimovic, que vem apresentando excepcional média de gols nos jogos oficiais (desde outubro, ela é de 1,50 por jogo, nas 18 partidas por PSG e seleção sueca).

O Paris volta a encarar um time da elite, agora o Montpellier, mas segue favorito. Olympique de Marseille x Nice, porém, é um pouco mais equilibrado.

Curioso que, depois de surpreender o Lorient, o pequeno Yzeure, do departamento (Estado) de Allier, tem outra parada dura da Ligue 1 pela frente: o grande Lyon, que não deve deixar de assistir o teipe da classificação do adversário para evitar um vexame fora de casa…

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 Francês da 1ª divisão | 18:40

Sobre o turno da L1: seleções dos melhores e podcast de balanço

Compartilhe: Twitter

O último Le Podcast du Foot do ano desfia as tônicas do primeiro turno da Ligue 1, encerrada no fds passado. Eduardo Madeira apresentou, Flavio Botelho e Eduardo de Medeiros comentaram na edição 45, disponível no player abaixo:

Le Podcast du Foot #45 by Eduardomtjunior on Mixcloud

A equipe de “podecasteiros”, do qual participo orgulhosamente, elegeu seu time-base com os melhores do campeonato até aqui, por meio de votação. Os elencados são:

selecao-do-turno-equipe-podcast

Quem quiser (e puder!) que poste a sua seleção de quem mais se destacou em cada posição nessa metade de Francês 2013/2014.

A minha seria:

Goleiro: Enyeama (Lille)

Defesa:
Mariano (Bordeaux)
Perrin (Saint-Etienne)
Thiago Silva (Paris Saint-Germain)
Maxwell (Paris Saint-Germain)

Meio de campo:
Mavuba (Lille)
Matuidi (PSG)
James Rodriguez (Monaco)

Ataque:
Cavani (PSG)
Falcao (Monaco)
Ibrahimovic (PSG)

Técnico: René Girard (Lille)

A do jornal L’Equipe, com base nas melhores notas dadas pela publicação rodada a rodada, seria:

selecao-lequipe-turno-13

(pelo Facebook, é possível visualizá-la aqui tb)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 27 de março de 2013 Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 12:22

Ô, dó: França 0 x 1 Espanha na "final antecipada" das Eliminatórias

Compartilhe: Twitter

Atualizado em 28/03

No fim das contas, os Bleus se saíram melhor encarando La Roja fora de casa do que dentro, pelo qualificatório para o Mundial no Brasil.

O jogo mais importante do ano pra França teve resultado negativo e sabor amargo, pois o time conseguiu criar oportunidades pra marcar, chegou a pressionar a campeã mundial mas saiu derrotada no Stade de France (não perdia em casa pelas Eliminatórias pra Copa desde o fatídico torneio de 1993).

O técnico Deschamps sacou Giroud do time e colocou Cabaye, reforçando a marcação na meia cancha. O voto de confiança em Benzema, porém, não foi suficiente para poupá-lo dos apupos dos torcedores quando foi substituído pelo mesmo Di-di-di-di-di-di-er (c/c Vinicius Ramos) em Saint Denis. Que draga a de Karim!

No primeiro tempo os franceses tiveram sorte, quando o goleiro Lloris cometeu pênalti claro no atacante Pedro, entretanto não assinalado pelo árbitro. Já no segundo, o mesmo Pedrito vingou-se balançando as redes de Hugo, ao que, logo depois, pude ouvir na transmissão que acompanhava ouvindo a rádio francesa RTL o lamento “Ai ai ai ai ai, c’est cruel!”.

Momento difícil e seca de gols para o atacante ex-Lyon, hoje no Real Madrid (Photo: lemonde.fr)

A equipe anfitriã não se abateu, Ribéry namorou a trave de Valdés, e o portero espanhol foi um dos responsáveis pela vitória desse time muito difícil de bater de uns anos pra cá. Mas a guerra não está perdida, pois a diferença entre as seleções no grupo I é de apenas um ponto e ainda restam três partidas para ambas (as primeiras colocadas das nove chaves se garantem na Copa, e as oito melhores vices se degladiam em repescagens ida e volta).

O próximo compromisso francês pelo quali é só em 6 de setembro, visitanto a Geórgia (vide calendário para o restante do ano). Antes, em 5 de junho, irá ao Centenário do Uruguai para amistoso contra a Celeste e, quatro dias depois, disputa na nossa terra brasilis um amical contra a Canarinho, na Arena Grêmio, Porto Alegre (aliás, minha maior chance de presenciar essa partida do estádio é ganhando a promoção da rede de supermercados Extra, que sorteará oito afortunadas famílias para estar no camarote ao lado do veterano-propaganda Ronaldo Fenômeno… #quepobreza).

Podcast especial
O último Le Podcast du Foot, o de número 25, deixou o Campeonato Francês um pouco de lado para abordar principalmente a seleção francesa. Ouça no player abaixo:

Autor: Tags: , , , , , , , ,

sábado, 13 de outubro de 2012 Seleção francesa | 12:05

França esbarra no velho problema da eficiência e perde amistoso pro Japão

Compartilhe: Twitter

Os onze que começaram o jogo. Se Deschamps poupou Ribéry para terça OK, porque o jogador do Bayern não pode ficar fora dessa foto em partidas decisivas (fff.fr)

Se ontem em Saint-Denis o maior objetivo era testar a equipe e corrigir os erros, uma deficiência já conhecida voltou a aparecer: os Bleus criam bastante, às vezes até mais que o adversário, mas não aproveitam e acabam saindo sem a vitória. Tudo bem que a motivação num amistoso é diferente, que Ribéry só entrou nos minutos finais, poupado que foi, mas a lição de que o aproveitamento precisa melhorar está posta. Jogaram Lloris (cap); Débuchy (Jallet), Koscielny, Sakho e Clichy; Capoue (Gonalons), Sissoko, Matuidi (Chantôme); Ménez (Ribéry), Benzema (Valbuena) e Giroud. (Assista aos melhores momentos).

Assim foi com o 1 a 0 para o Japão (gol de Shinji Kagawa, talvez o melhor jogador japonês da atualidade, aos 43 minutos do segundo tempo), primeira vitória do país asiático sobre os franceses na história dos confrontos. “Le Japon par ippon”, resumiu com eficácia a manchete no site da France Football. Mano Menezes esteve na plateia, afinal o Brasil encara os japoneses na terça-feira.

Acertar o pé logo passa a ser primordial (sobretudo Benzema, por ser a referência no ataque e amargar uma seca ruim para todo o time), até porque já na terça-feira o jogo é pra valer e o rival é de altíssimo nível: Espanha, que ontem não tomou conhecimento da Bielorrússia fora de casa (4 a 0) e se igualou à França na liderança do grupo nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, com seis pontos em dois jogos disputados por cada seleção.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 1 de outubro de 2012 Extracampo | 23:42

Blog repercute na França, que barato essa Internet!

Compartilhe: Twitter

A sequência de temporadas cobrindo futebol francês, bem como a consolidação da participação de leitores e colegas “analistas” em comunidades virtuais (do antigo Orkut ao atual Facebook), me fez curtir cada vez mais essa janela imensa que é a Internet, permitindo a interação e o diálogo com pessoas de outras cidades, outros Estados e, porque não, outros países. Caso me permitissem manter uma coluna em um jornal sobre o mesmo assunto, por exemplo, a abrangência geográfica de meus leitores só se compararia à Internet se o veículo tivesse uma página, seção ou blog, que fosse, na… Internet.

Se já era bacana termos, num fórum ativo como é a Ligue 1 Brasil no Face (ressoando em twitters e blogs), comentários vindos de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, e não paramos certamente por aí, e quando nossa curtição ganha audiência na França, o que dizer?? Pois foi justamente o que aconteceu dias atrás, quando me deparei com um comentário, que logo tornamos conversação, de um blogueiro francês, Stephane (Stef), da comunidade virtual Parlons Foot.

O torcedor fanático do Olympique de Marselha, de 46 anos, que não é jornalista mas passa a impressão de acompanhar o foot como se fosse profissional, ficou impressionado por achar um blog sobre futebol francês no Brasil. “Parece ficção científica”, escreveu em post lá no Parlons, e estendeu sua surpresa para o Le Podcast du Foot (citou os colegas Eduardo Junior e Filipe Papini) e, no caso do detentor do BrasiLyonnais, por haver um blogueiro torcedor do Lyon por aqui! Mal sabe ele que outros clubes da Ligue 1 também são seguidos e descritos por perto por admiradores brasucas (aliás, amigos com blogs de times franceses, manifestem-se nos comentários abaixo, com nome e link, para eu vos relacionar e encaminhar por email ao Stef, já estamos em contato!)

Não sei onde essa repercussão vai parar, se continua na França, se volta pro Brasil, se alcança a Europa, se morre em São Paulo, enfim, não importa, esse é o barato, todos têm voz e allez le foot!

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última