Publicidade

Posts com a Tag Holanda

quinta-feira, 6 de março de 2014 Seleção francesa | 14:00

França derruba invencibilidade da Holanda e ganha confiança pro Mundial

Compartilhe: Twitter

Incorpado às 18h11

Parece uma pataquada, mas foi assim, observado pelo colega de seleção Griezmann e o colega de PSG van der Wiel que Blaise Matuidi mandou ver, com estilo, seu gol em Saint-Denis ontem (AFP)

Parece uma pataquada, mas foi assim, observado pelo colega de seleção Griezmann e o colega de PSG van der Wiel que Blaise Matuidi mandou ver, com estilo, seu gol em Saint-Denis ontem (AFP)

Muito bom ganhar da atual vice-campeã mundial, que vinha com a maior série invicta entre as grandes seleções (17 partidas), como apontava a coluna do PVC no ESPN.COM.BR.

Deschamps titularizou Lloris; Debuchy, Varane, Mangala e Evra; Pogba, Matuidi, Cabaye e Valbuena; Benzema e Griezmann (com o intuito de testar o jovem atacante, a certeza Ribéry começou no banco, tendo entrado no segundo tempo). Além do atacante do Bayern de Munique, participaram também, entrando no decorrer do amistoso, Sagna, Digne, Sissoko, Remy e Giroud.

Dos três novos observados, Griezmann não foi mal, mas também não arrancou suspiros. Digne idem (ainda acho Kurzawa mais completo). Já Mangala foi muito bem, ao lado do colega de zaga Varane, e pode ter mais chances de vir pro Brasil, ainda mais se Abidal não estiver bem fisicamente.

BenzeBut“, que fez 4 dos últimos 8 gols marcados pelos Bleus, abriu o placar aos 32 minutos, confirmando o faro de gols que vem apresentando no Real Madrid. Ainda no primeiro tempo, aos 41, o volante-elemento-surpresa Matuidi ampliou num semi-voleio, dentro da área, como nem atacantes de ofício conseguiriam fazer…

Foi uma vitória merecida e convincente, com dois belos gols no Stade de France, ideal para o último teste antes da convocação para a Copa do Mundo. Em 13 de maio, Didier convocará a lista para três derradeiros amistosos (Noruega em 27 de maio no Stade de France, Paraguai em 1 de junho em Nice e Jamaica em 8 de junho em Lille) para a Copa. Mas como tem até 2 de junho para enviar à Fifa seus 23 do Mundial, essa primeira lista pode conter mais nomes, como algumas seleções já disseram que farão (o Brasil) ou fizeram na África do Sul, em 2010 (como a própria França).

Como diria Silvio Santos, aguardemmmm!

-> Veja como foi a partida lance a lance

-> Assista aos gols e melhores momentos do jogo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 Seleção francesa | 11:17

Convocados pra França x Holanda e vitórias do passado

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 13h38

Didier Deschamps anunciou hoje os nomes para o amistoso do dia 5 de março (quarta que vem), contra os Países Baixos no Stade de France, em Saint-Dennis.

As novidades são as estreias do lateral-esquerdo Lucas Digne, atualmente reserva no PSG, e do atacante Antoine Griezmann, destaque do espanhol Real Sociedad (tem 15 gols na liga nacional), que já cumpriu suspensão depois de ter sido punido por indisciplina na seleção de base, à época com outros colegas. Ambos os debutantes, porém, já fizeram bonito nas categorias juvenis dos Bleus, Les Espoirs, que foram campeões mundiais sub-20 ano passado.

Abidal, Nasri, Lacazette e Thauvin não foram chamados. O primeiro está gripado, não tendo treinado com o Monaco nesta quinta, e é dúvida para o compromisso do time de depois de amanhã, contra o Saint-Etienne, pelo Campeonato Francês. O terceiro vem bem com o Lyon na Ligue 1, sendo artilheiro do time, e concordo com quem o considera mais merecedor do que o Payet de estar na lista.

Layvin Kurzawa vem fazendo ótima temporada na lateral-esquerda do Monaco, como eu disse recentemente aqui, mas acabou sendo chamado para a seleção sub 21, justamente os Espoirs, que enfrentam Belarus pelas Eliminatórias da Eurocopa 2015 da categoria no dia 4.

É a última convocação programada antes do técnico chamar seus selecionados e pré-selecionados para vir à Copa, que no caso francês terá amistosos preparatórios antes do início do Mundial. Hora dos caras abaixo mostrarem o melhor trabalho possível!

La liste des Bleus

GARDIENS : Lloris (Tottenham/ANG), Mandanda (Marseille), Ruffier (St-Etienne)

DEFENSEURS : Debuchy (Newcastle/ANG), Evra (Manchester United/ANG), Koscielny (Arsenal/ANG), Sagna (Arsenal/ANG), Sakho (Liverpool/ANG), Varane (Real/ESP), Mangala (FC Porto/POR), Digne (PSG)

MILIEUX : Matuidi (PSG), Pogba (Juventus/ITA), Sissoko (Newcastle/ANG), Grenier (Lyon), Cabaye (PSG), Mavuba (Lille), Valbuena (Marseille)

ATTAQUANTS : Benzema (Real Madrid/ESP), Giroud (Arsenal/ANG), Payet (Marseille), Ribéry (Bayern Munich/ALL), Rémy (Newcastle/ANG), Griezmann (Real Sociedad/ESP)

**

Plus
O site da FFF disponibilizou vídeos com duas vitórias bleus sobre os laranjas, que trazem curiosidades, confira:

18/11/1981 – 2 x 0 pelas Eliminatórias pra Copa de 1982, gols de Michel Platini e Didier Six no estádio Parc des Princes (a base daquele time chegaria à 4ª colocação no Mundial espanhol). A vitória foi 50% do que a seleção de Michel Hidalgo precisava para conquistar a vaga. Como os outros 50% eram vencer o Chipre em casa semanas depois, assim que acabou a partida contra os neerlandeses teve invasão de campo e festa generalizada…

26/02/19972 x 1 em amistoso, um ano antes da Copa de 1998, gols do meia Robert Pires e do atacante Patrick Loko pros Bleus, também no campo do PSG. Detalhe que nenhum dos dois goleadores da partida, assim como o então goleiro titular, Bernard Lama, compuseram o elenco campeão mundial em casa no ano seguinte…

-> Recomendo um texto de Andres Onrubia, colaborador do site Futbol desde Francia, sobre as opções (muitas, segundo ele) de Deschamps para a Copa.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 7 de junho de 2012 Seleção francesa | 21:08

Momento retrô: Inspirações francesas para a Eurocopa

Compartilhe: Twitter

Daqui a quatro dias, os Bleus começam a busca pelo tricampeonato europeu. Sabem como foram as conquistas em 1984 e 2000? Eu pouco sabia, até assistir aos filmes oficiais da Uefa dos respectivos torneios, que a SporTV transmitiu e felizmente arquivou em seu site. Ambos têm pouco mais de 50 minutos, em forma de documentários, e é claro que recomendo ao fã do foot!

*1984 – Assista ao filme aqui
Depois de 24 anos, a Euro voltava ao país de seu criador, Henry Delaunay. E aquela edição representaria o momento de glória de uma geração habilidosa, que também foi a duas semifinais de Copas do Mundo, em 1982 e 86. Uma equipe que plantou as sementes (conforme análise do Trivela) de uma nova geração vitoriosa, marcada na história do futebol mundial em 1998 e 2000.

Como seria Zidane anos depois, Michel Platini foi o craque de 1984, ostentando até hoje o recorde de gols em uma única Euro: 9 (o ataque do time fez 14, feito também imbatível até aqui!). Excelente, e se considerarmos que foram só 5 jogos na campanha (eram apenas 8 seleções no campeonato), impressionante! Curiosamente, a artilharia-mor de uma única Copa também cabe a um francês, Just Fontaine, 13 em 1958. Mas não podemos olvidar que Platini compunha um meio-campo memorável, chamado até de mágico na época, ao lado de Jean Tigana, Alain Giresse e Luis Fernandez, espanhol naturalizado francês. Sob o comando de Michel Hidalgo, o time confirmou a expectativa da torcida, atuando em casa (em 2016 o filme se repetirá?), e garantiu o primeiro título de expressão para a França.

Campanha: França 1 x 0 Dinamarca – Paris, Parque dos Príncipes (a casa gaulesa pré-Stade de France)
França 5 x 0 Bélgica – Nantes
França 3 x 2 Iugoslávia – Saint-Etienne
Semifinal – França 3 x 2 Portugal – Marselha
Final – França 2 x 0 Espanha – Paris

**2000 – Assista ao filme aqui
Outra marca histórica da França foi conquistada quando a Euro teve sua primeira sede compartilhada, entre Bélgica e Holanda: nunca uma seleção fora campeã europeia logo após ter sido campeã mundial. Com Zizou em plena forma e a base de 1998, Roger Lemerre liderou um elenco que soube confirmar o favoritismo, embora tenha passado por dificuldades, como uma final “sufocante” contra os italianos. Deschamps se despediu da seleção levantando mais uma taça, o então zagueiro-líbero Blanc voltou a beijar a careca de Barthez após a decisão, e jovens como Henry e Trezeguet contribuíram decisivamente também, ao lado do mais velho Djorkaeff. No filme supracitado, Petit, Vieira e Pirés também depõem.

Campanha – França 3 x 0 Dinamarca
França 2 x 1 Rep. Tcheca
França 2 x 3 Holanda (Bleus com reservas, pois ambas já entraram classificadas)
Quartas – França 2 x 1 Espanha (Raúl desperdiçou pênalti idiotamente cometido por Barthez no final)
Semis – França 2 x 1 Portugal (repetindo 84. Zidane garantiu a vitória, de pênalti, com o gol de ouro na prorrogação)
Final – França 2 x 1 Itália (os italianos fizeram 1 a 0 em Roterdã, já no 2o tempo. Wiltord, Trezeguet e Pirès vieram do banco para suprir o cansaço bleu. O primeiro empatou pertinho do fim, quando a Azzurra preparava a festa, causando o tempo extra. Abalada, a Itália viu o segundo ir à linha de fundo e cruzar para um lindo meio-voleio do terceiro, gol de ouro e bicampeonato francês!)

Karim Benzema, Hatem Ben Arfa e Samir Nasri com o troféu da Eurocopa sub 17 de 2004, após a França ter batido a Espanha por 2 a 1, em 15 de maio daquele ano, em Châteauroux (Photo: Alain de Martignac)

Os títulos relatados acima não são os únicos links da França com um passado vitorioso no contexto europeu. Dentro do atual elenco do atual técnico Blanc, despontam talentos da chamada “Geração 87”, nascidos naquele ano e protagonistas do título expresso na fotografia acima. Além da tríade ilustrada, Menez e Matuidi também estavam lá e reaparecem aqui.

Essa geração está pronta para o renascimento na Polônia e na Ucrânia?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011 Eurocopa | 16:07

Sorteio da Euro 2012 traz equilíbrio pra França

Compartilhe: Twitter

O ébano Bafé Gomis representou os Bleus em vídeo de apresentação da Euro no site da Uefa (Uefa.com)

>> Grupo A – Polônia, Grécia, Rússia e República Tcheca 

>> Grupo B – Holanda, Dinamarca, Alemanha e Portugal

>> Grupo C – Espanha, Itália, Irlanda e Croácia

>> Grupo D – Ucrânia, Suécia, França e Inglaterra

Lembrando que os potes estavam assim:

> Pote 1 (cabeças de chave): Espanha, Holanda, Polônia (sede) e Ucrânia (sede)

> Pote 2: Alemanha, Itália, Inglaterra e Rússia

> Pote 3: Croácia, Grécia, Portugal e Suécia

> Pote 4: França, Dinamarca, República Tcheca e Irlanda

Ou seja, o sorteio foi razoável pros Bleus. Não que Ucrânia, Suécia e Inglaterra sejam moleza, mas ficam num patamar similar. Cruzar com Espanha, Alemanha e Holanda logo de cara seria pior, concordam? E acho melhor já estrear contra os ingleses (que não ganham da França faz tempo!) do que fazer o último jogo da fase, provavelmente definindo classificação, contra the guys

Além do grupo francês, que é o D, a chave A também exala equilíbrio, bem mais do que B e C penso eu…

A Euro será disputada entre os dias 9 de junho e 1º de julho de 2012. Bora de mochilão? (risos)

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de março de 2011 Copas francesas | 21:09

PSG avança na prorrogação. Lille, só nos pênaltis

Compartilhe: Twitter

Copa da França, insisto, significa sempre emoção nas fases derradeiras. E alguma dose de tensão, como provaram os postulantes ao título da Ligue 1 nas quartas de finais.

Contando com a estrela de dois garotos que entraram bem no segundo tempo do jogo no Parc des Princes, além de duas assistências brasileiras, o Paris Saint-Germain eliminou o Le Mans e se credenciou a disputar a semifinal da Copa da França, nesta quarta-feira.

psg_lemans_ceara_afp

Ceará disputa bola com Thomas Frederic: brasileiro foi bem, obrigado (AFP)

Antoine Kombouaré começou com uma formação praticamente titular, mas foram os reservas Jean-Christophe Bahebeck, de 17 anos, e Neeskens* Kebano, de 18 anos, que balançaram as redes, aliviando os mais experientes que devem ter cansado com 120 minutos de bola rolando. O primeiro aproveitou passe de Nenê na cobrança de escanteio, limpando e finalizando bonito, enquanto que o segundo só escorou boa jogada de Ceará, que foi à linha de fundo e cruzou com carinho e afeto…

As equipes já estavam com dez em campo no desenrolar da prorrogação, pois o zagueiro Zoumana Camara deixou o PSG com um a menos ao levar cartão vermelho aos 33 do 2º tempo. Para sorte dos anfitriões, o Le Mans também teve um expulso assim que começou a prorrogação, o também beque Mamadou Wague. Atual campeão, o Paris (8 títulos) alcança sua 14ª semifinal de Copa da França e segue na briga para se aproximar do Olympique de Marselha, maior vencedor da história do torneio (10 títulos).

Um pouco mais tarde, o Lille recebeu o Lorient, rival de primeira divisão que deu trabalho até aonde poderia: a disputa por penalidades máximas. Mesmo com um a mais graças à expulsão de Manga aos 19 minutos da segunda etapa, o LOSC não conseguiu transformar a vantagem numérica em vantagem no placar, nem mesmo depois do brasileiro Túlio de Mello vir para o lugar do artilheiro Moussa Sow no comando do ataque.

lille_afp

Com desabrigados no elenco, o Lille voltou a precisar dos pênaltis para caminhar na Copa da França (AFP)

A decisão nos pênaltis opôs os goleiros Landreau, o mais experiente da Ligue 1, pelo lado do Lille, e Audard, que fez ótima partida pelo lado visitante. Eles bem que tentaram evitar os gols nas cobranças, mas apenas o Lorient errou uma vez. Na última, Hazard se valeu de paradinha legal, no caminhar para a bola, enganou Audard e colocou no canto oposto, decretando o marcador final em 5 a 3. Depois de 1984/1985, os Dogues, líderes do Francesão, finalmente estão de volta a uma semifinal de Coupe de France.

angers_afp

Agora, o Angers é o candidato à zebra das semifinais (AFP)

No jogo entre os menores do dia, acabou o sonho do pequenino Chambéry, que havia eliminado três equipes da elite (Monaco, Brest e Sochaux) no decorrer da competição. Levou 3 a 0 do Angers, da Ligue 2, em Grenoble. Não pode reclamar da sorte, não é?

Resultados:
Stade de Reims (L2) 2 x 3 Nice
Chambéry (CFA2) 0 x 3 Angers (L2) – Saivet, Renouard e o argentino Gomez marcaram os gols
Paris Saint-Germain 2 x 0 Le Mans (L2)
Lille 0 (5) x 0 (3) Lorient

*Neeskens Kebano homenageia Johan Neeskens, holandês que marcou época no Ajax e no “carrossel” protagonizado por Johan Cruyff na Holanda dos anos 1970. O pai da revelação parisiense era muuuito fã do nederlandês…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 19 de julho de 2010 Seleção francesa | 20:52

Meninos europeus pela glória na França

Compartilhe: Twitter

Agradeço a dica que resultou neste post ao leitor Eduardo Júnior

Acontece no norte francês a fase final da Eurocopa Sub-19, desde domingo, humanamente conhecido como ontem. Oito seleções de moleques estão divididas em quatro grupos. No A, França, Holanda, Áustria e Inglaterra; no B, Espanha, Croácia, Portugal e Itália.

Nos quatro jogos da primeira rodada, o placar mais elástico foi justamente dos donos da casa: 4 a 1 na Holanda, com gols de Cédric Bakambu (2), Gaël Kakuta e Bruno Indi (contra) no estádio do Caen. Pelo bom vídeo abaixo, produzido pela Eurosport, vê-se o passeio francês sobre os laranjinhas, sob a aprovação de ninguém menos que Laurent Blanc, le nouveau professeur:

A Inglaterra fez 3 a 2 na Áustria, em Flers, pela outra partida da chave. No outro grupo, tivemos Espanha 2 x 1 Croácia (Bayeux) e Itália 0 x 2 Portugal (Mondeville). Na vitória espanhola, um dos gols foi marcado por Thiago Alcântara, filho do ex-jogador Mazinho, aquele mesmo do tetracampeonato brasileiro em 1994.

Na quarta-feira, dia 21, os Petit Bleus voltam a campo para enfrentar a Áustria. No sábado, encaram os vizinhos ingleses. Os dois primeiros de cada chave se classificam para as semifinais (no dia 27), que elegerão os finalistas da decisão do dia 30. E os destaques podem aparecer em breve nas convocações das seleções principais que começarão a pensar na Copa do Mundo de 2014…

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 Copa do Mundo, Eliminatórias da Copa, Seleção francesa | 13:28

Que venha então a África do Sul

Compartilhe: Twitter

Hoje, quarta-feira, excepcionalmente mudei de horário no trabalho e vim de manhã. E justamente eu, os franceses e demais francófilos recebemos com decepção a notícia de que a França não será cabeça de chave de um dos oito grupos da Copa do Mundo de 2010. Para a composição dos potes do sorteio de sexta, foi levado em consideração somente o ranking da Fifa de outubro para a composição dos cabeças, e não mais o desempenho nos últimos Mundiais, o que, convenhamos, é justo e reflete mesmo a relação atual de forças na atualidade (leia mais sobre os potes aqui).

Não acredito em retaliação aos franceses pela classificação “desonesta” para a Copa, naquele fatídico jogo da repescagem contra a Irlanda. É tão difícil assumir que a França está atrás da Holanda? Quem acompanhou os últimos jogos das duas seleções e abandonar suas paixões certamente dirá que não.

Sabemos agora que Les Bleus vão cair, após o sorteio, no grupo capitaneado por uma destas nobres seleções: África do Sul (país-sede, potência da… alegria), Brasil, Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha, Argentina ou Holanda. Os maiores medos dos franceses são brasileiros – mas os carrascos não são os europeus? – e os espanhóis – que aprenderam a não mais morrer na praia.

O ideal é que venham então os donos da festa, que, por mais empolgados que estarão diante de sua torcida, não vão superar as fragilidades demonstradas há meses, com Joel e Parreira. Qualquer outra opção será osso dificílimo de roer.  

Como não estarei na redação quando os jogos de PSG e Lille acabarem, no começo da noite de hoje, ficamos combinados assim: amanhã, quinta, falo destas partidas e de Toulouse x Partizan, pela Liga Europa, que acontece às 16h (de Brasília) de amanhã. E na sexta, depois de amanhã, comentamos o grupo dos franceses na Copa que se avizinha. D’accord?

Autor: Tags: , , , , , ,