Publicidade

Posts com a Tag Hazard

quinta-feira, 12 de março de 2015 Brasileiros na França, Torneios europeus | 08:28

Heróico PSG sobrevive na Champions!

Compartilhe: Twitter
Thiago Silva fez a bobagem de encostar a mão na bola em disputa com Zouma dentro da área, na prorrogação: pênalti convertido por Hazard. Mas não se intimidou, foi pra área adversária nos escanteios, e depois de esbarrar em Courtois uma vez, conseguiu vencê-lo por cima num cabeceio preciso, marcando o gol da qualificação e de sua redenção!

Thiago Silva fez a bobagem de encostar a mão na bola em disputa com Zouma dentro da área, na prorrogação: pênalti convertido por Hazard. Mas não se intimidou, foi pra área adversária nos escanteios, e depois de esbarrar em Courtois uma vez, conseguiu vencê-lo por cima num cabeceio preciso, marcando o gol da qualificação e de sua redenção!

Santa regra do gol fora de casa qualificado. Permitiu que o Paris Saint-Germain mantivesse o sonho de enfim conquistar a Europa nesta temporada. Depois de empatar com o Chelsea por 1 a 1 em casa, saindo em desvantagem da primeira metade do duelo, conseguiu 2 a 2 ontem em Londres nos minutos finais da prorrogação, superando o desequilíbrio numérico e a dificuldade emocional que a dramática partida lhe impôs.

Ibrahimovic foi expulso ainda no primeiro tempo, em lance de punição controvertida pela violência do choque contra Oscar, Cavani perdeu um gol quando o goleiro já estava vencido, Cahill abriu o placar. Mas David Luiz empatou nos minutos finais num cabeçazo, festejando como se o time da casa nunca tivesse sido o seu por um bom tempo. E na prorrogação, o drama que relatei na legenda da foto acima.

Agora é esperar o adversário das quartas de finais, quando o PSG não terá Ibra e Verratti, mas irá com muita confiança, renovadíssimo! Indico o belo texto sobre essa classificação do amigo de Internet Vinicius Ramos, blogueiro do ESPN FC no Ici c’est Paris!

David Luiz e a moral da história deste 11/3 no Stamford Bridge

David Luiz e a moral da história deste 11/3 no Stamford Bridge

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de abril de 2014 Torneios europeus | 23:22

PSG abre ótima vantagem, mas Ibra se machuca contra o Chelsea

Compartilhe: Twitter
O segundo gol do Paris saiu assim (Getty Images)

O segundo gol do Paris saiu assim (Getty Images)

O objetivo de apagar a última impressão deixada pelo time inglês no estádio parisiense foi muito bem cumprido hoje, pela ida das quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa: 3 a 1 pro Paris Saint-Germain. A comissão técnica da seleção brasileira (Felipão, Parreira, Murrrtosa) acompanhou in loco, assim como havia feito na véspera, em Barcelona 1 x 1 Atlético de Madrid.

As duas equipes já haviam se cruzado pela Champions de 2004/05, na fase de grupos. Em setembro do primeiro ano, no Parc des Princes, o Chelsea meteu 3 a 0, gols do zagueiro Terry e do atacante Drogba (2), ex-Olympique de Marselha. Na Inglaterra, dias depois, foi 0 a 0 (nesse link da Uefa dá pra relembrar as escalações dos times na época, assim como quando voltaram a se encontrar, em um amistoso em 2012).

Voltando a abril 2014, o Parrí conseguiu o que todo time da casa deseja em partida decisiva, que é abrir o placar rapidinho. Matuidi cruzou, Terry (o mesmo de 2004) afastou mal de cabeça, e ainda dentro da área Lavezzi dominou e bateu no alto, fora do alcance de Cech, aos 3 minutos. Mas aos 26, Ibra perdeu a bola pelo meio, Thiago Silva calculou mal o carrinho na direção de Oscar, o brasileiro caiu, pênalti. O belga Hazard, ex-Lille, cobrou com classe para empatar.

O domínio do PSG seria recompensado no 2º tempo. Aos 16, falta inexistente de David Luiz em Matuidi na lateral. Lavezzi levantou no meio da cozinha (LUIZ, Silvio), a bola passou por meio mundo e o azarado David empurrou para dentro, atrapalhado que só. A festa parisiense aumentou nos acréscimos, quando o argentino Pastore enfileirou a defesa inglesa pela ponta, numa jogada que pouco prometia, entrou na área e bateu cruzado, por baixo do goleiro, fechando o marcador.

Porém, Laurent Blanc não vai poder usar a formação que gostaria para o jogo de volta, na terça que vem, em Londres. Nada menos que O cara do elenco, Ibrahimovic, saiu de campo com lesão muscular na coxa e já é considerado desfalque. Outro lesionado que pode ficar de fora é o habilidoso volante Verratti. Vamos torcer para parar por aí!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 3 de junho de 2012 Francês da 1ª divisão, Futebol feminino | 18:03

Ligue 1 2012/13 já tem data para reencontrarmos os gols

Compartilhe: Twitter

É no fim de semana de 10 a 12 de agosto que o Campeonato Francês dará início a mais uma edição na elite, com uma novidade e um desafio. De novo, a definição de um jogo às sextas-feiras acompanhando as partidas aos sábados e domingos, por conta da entrada forte da emissora de televisão BeIN Sport na partilha das transmissões com o Canal + (Plus). A abertura caberá ao campeão Montpellier em campo contra o Toulouse, em 10/08 – veja a rodada completa.

O desafio que caberá aos 20 participantes é saciar nosso apetite por gols que a edição 2011/12 satisfez bem. Foram 956 tentos anotados, uma marca que não se via em 27 anos, desde que a temporada 84/85 registrou 979 gols. A média por partida foi de 2,5 gols, com 25,2 por rodada.

Abaixo, os clubes que se destacaram positiva e negativamente, além de mais estatísticas da última Ligue 1:

> Qualifiés pour l’UEFA Champions League : Montpellier Hérault SC et Paris Saint-Germain
> Qualifié pour le tour préliminaire de l’UEFA Champions League : LOSC Lille Métropole
> Qualifiés pour l’UEFA Europa League : Olympique Lyonnais, Girondins de Bordeaux (vaga aberta pelo OL ao vencer a Copa da França e ficar em 4o), Olympique de Marseille (Copa da Liga)
> Meilleur buteur : Olivier Giroud (21 buts – Nenê também fez 21, mas no critério de desempate perdeu por ter um porcentual maior de gols de pênalti)
> Meilleur passeur : Eden Hazard (15 passes décisives. Pena que o futebol francês o perdeu para o inglê$…)
> Meilleure équipe à domicile : Montpellier Hérault SC
> Meilleure équipe à l’extérieur : Paris Saint-Germain
> Meilleure attaque : Paris Saint-Germain (75 buts marqués). Os jogos do PSG foram os de mais gols, em média: 3,05
> Meilleure défense : Montpellier Hérault SC et Toulouse FC (34 buts encaissés)
> Clubs relégués : SM Caen, Dijon FCO, AJ Auxerre (jogarão a Ligue 2, que começa antes da L1, em 27 e 30 de julho)
> Clubs promus : SC Bastia, Stade de Reims, ESTAC (Troyes), os mais novos integrantes da elite.

A festa do campeão, com o zagueiro brasileiro Hilton segurando a taça. Detalhe para o moicano azul-laranja do fanfarrão presidente Louis Nicolin...

Média de cartões amarelos por jogo: 3,8 / Média de cartões vermelhos por jogo: 0,3
– Placar mais comum: 1 x 1 (Ocorreu em 60 partidas ou 15,8%)
Maior série de vitórias: PSG (da 7ª até 12ª rodada) e Bordeaux (da 33ª até a 38ª rodada) com 6 jogos.
– Maior série de jogos sem derrota: Lille (da 3ª até 19ª rodada) com 17 jogos.
Maior série de jogos sem vitória: OM (da 22ª até 34ª rodada) e Sochaux (da 14ª até a 26ª rodada) com 13 jogos.

Ranking por média + capacidade de público (Média do campeonato: 18.869)
1) Paris Saint-Germain : 42.892 – 47.428
2) Olympique de Marseille : 40.445 – 42.957
3) Olympique Lyonnais : 33.067 – 41.044
4) AS Saint-Etienne : 21.478 – 26.747
5) Toulouse FC : 21.446 – 35.575
6) Stade Rennais FC : 20.725 – 31.127
7) Girondins de Bordeaux : 20.712 – 34.694
8) Montpellier Hérault SC : 17.492 – 32.950
9) LOSC Lille Métropole : 16.971 – 17.963
10) FC Lorient : 15.643 – 18.110

(Já no Campeonato das Tribunas, que a liga francesa concede à “melhor” torcida nos quesitos animação, lotação em casa e fidelidade fora de casa, os vencedores foram Lille, Dijon (?) e Marselha, este o ganhador em 2010/11. O LOSC, aliás, está perto de oferecer aos fãs um estádio novinho)

Conclusão: Ter mais dinheiro e torcida não garante título, né PSG? Mas, passada a festa em Montpellier, o campeão terá de conviver com a dura pressão de se manter no topo (mais análises sobre o MHSC nós lemos aqui, mais tática, e aqui, mais genérica).

Menção honrosa
Ontem o Lyon feminino conseguiu o que se esperava: campeão francês e temporada perfeita, com os títulos europeus e da Copa da França já conquistada!

Que hegemonia, hein? Que sirva de base para a seleção francesa que disputará as Olimpíadas de Londres, no final de julho, fazer bonito e ao menos chegar ao pódio!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012 Francês da 1ª divisão | 10:25

Vous aimez les buts? Appréciez Lille 4 x 5 Bordeaux!

Compartilhe: Twitter

Se gosta de gols, tem de espiar os nove tentos do jogão da última rodada da Ligue 1, a 23ª. Abaixo da ficha técnica com os goleadores da partidaça, les buts!

(Falando em rodada do Francês, a deste fim de semana colocará frente a frente líder e vice-líder, de longe os melhores da competição em pontos somados: a melhor defesa, o Paris Saint-Germain do vice-artilheiro Nenê, contra o melhor ataque, o Montpellier, do artilheiro Giroud. Veja números do confronto, cujo histórico favorece o PSG)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 27 de novembro de 2011 Francês da 1ª divisão | 23:24

PSG perde pro Marselha e Montpellier toma a ponta!

Compartilhe: Twitter

A supremacia do OM no clássico dos clássicos da França foi incontestável, como conta o amigo Eduardo Junior no Futebol Europeu Online.

Ele pergunta se a vinda de Lugano pro Saint-Germain foi um bom negócio, e parece que até agora não foi. Já alguns jornalistas europeus contestam a instabilidade de Pastore, outro sul-americano, só que esse com status de estrela no ataque, que decide contra os pequenos mas se apaga diante dos grandes… Menez é outro que irrita quando abusa das jogadas individuais quase todas sem efeito prático!

Resultados da rodada da Ligue 1:

Olympique 3 x 0 Paris
Sochaux 1 x 3 Montpellier – Segundo triplé de Olivier Giroud, que se descolou de Kevin Gameiro no topo da artilharia (11 a 8 gols)
Auxerre 0 x 3 Lyon – Lisandro Lopez voltou em grande estilo, com dois gols. Michel Bastos também deixou o dele
Rennes 3 x 2 Evian
Lille 2 x 0 Brest – Hazard deu assistência e acertou o travessão. Este vídeo mostra seus lances em campo
Lorient 1 x 0 Nice
Saint-Etienne 3 x 1 Ajaccio
Bordeaux 2 x 0 Caen
Toulouse 2 x 0 Valenciennes
Nancy 1 x 2 Dijon

Classificação após 15 rodadas (faltam 23): Montpellier lidera com 33 pontos, PSG 30 pts, Lille e Rennes 28, Lyon e Toulouse 26. Acesse a tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de novembro de 2011 Seleção francesa | 12:15

França x Bélgica: para encerrar um 2011 sem derrotas

Compartilhe: Twitter

A seleção finaliza o ano com o amistoso de hoje contra a Bélgica, 18h de Brasília na sua casa, Stade de France. O SporTV2 anuncia VT às 20h, para quem quiser conferir.

Foi um ano positivo, mas cumprir o mesmo objetivo em 2012 será bem mais difícil. Na primeira temporada da Era Blanc, a meta era se classificar para a Eurocopa, que acontece na segunda. A vaga direta, sem repescagem, foi obtida, embora com dificuldade evidente no tête-a-tête contra a Bósnia. Mas o objetivo de lutar pelo título europeu encontrará a nata do futebol do continente pelo caminho, e para não ficar pelo caminho tão cedo nos campos polaco-ucranianos os Bleus precisam evoluir, ainda.

Hoje e amanhã
15ª no ranking Fifa, a França encara a Bélgica, 37ª, com arbitragem do espanhol Muniz Fernandez. Les équipes probables:

France : Lloris (cap.); Réveillère, Rami, Sakho, Abidal; Mvila (ou A. Diarra), Cabaye, Rémy, Martin, Ribéry; Benzema
Belgique : Courtois; Alderweireld, Kompany (cap.), Van Buyten, Vermaelen; Simons, Fellaini, Witsel; Dembele, Vossen, Hazard >> sim, o meia-atacante do Lille!

E para algum dia, poderemos ver Zinedine Zidane no comando técnico da seleção…

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 28 de julho de 2011 Copas francesas | 12:46

Acredite: Marselha 5 x 4 Lille!

Compartilhe: Twitter

Não, Santos 4 x 5 Flamengo não foi um fenômeno futebolístico ímpar de nove gols isolado ontem. A decisão do Troféu dos Campeões da França, disputada no Marrocos (??), também teve final eletrizante. E coroou minha aposta no Olympique de Marselha, bicampeão consecutivo e três vezes campeão da Supercopa francesa.

Eu parecia fadado ao fracasso “palpitístico” até os 40 minutos do segundo tempo, quando o Lille vencia por 3 a 1. 99% dos acompanhantes do futebol em sã consciência diriam que a parada estava decidida. Mas o OM sacudiu tudo nos minutos derradeiros e arrancou a vitória por 5 a 4 com dois pênaltis a seu favor, sendo o último bastante polêmico, ainda mais para os padrões europeus.

Queria incorporar um vídeo com os gols aqui, mas não achei nenhum completo nem tive tempo de procurar mais (se alguém tiver, compartilhe conosco!)

Conclusões a partir do que consegui ver:

– Curti o novo modelo de camisa do Lille;

Hazard, quando parte para cima, consegue infernizar qualquer um. Vale pro belga do LOSC o mesmo que pra Neymar contra o Fla – perderam o jogo, mas não podemos esquecer seus brilhantes lances;

– Nunca subestime o poder de luta e reação do Olympique enquanto a partida não acabar. Lembremo-nos daquele épico Lyon 5 x 5 OM de novembro de 2009…

Esse juiz marroquino Bouchaïb El Ahrach deu razões para o Lille reclamar no final, né não? 

om-trofeu-campeoes-afp

E o destaque da comemoração marselhesa vai para a loura Margarita Louis-Dreyfus, acionista majoritária do clube! (AFP)

**

Ontem também rolou o amistoso Shakthar 1 x 1 Lyon, com gols brasileiros, na Ucrânia.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 24 de maio de 2011 Extracampo | 21:35

Campeão Lille dá as cartas entre os melhores da temporada

Compartilhe: Twitter

Tava na cara, tanto que acertei o melhor jogador e o melhor treinador da temporada na França, na 20ª edição da premiação da UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais, o sindicato da classe boleira): Eden Hazard e Rudi Garcia, claro, representando o mais eficiente clube da Ligue 1 2010/2011. O meia belga do Lille, eleito a maior revelação de 2009 e 2010 (Dúvida: no segundo ano o cara ainda pode ser considerado revelação?), faz história por ter sido o jogador mais jovem a ganhar o principal prêmio da organização. 

Desta vez, o troféu revelação ficou para o selecionável zagueiro Mamadou Sakho, do Paris Saint-Germain, e o de goleiro foi para Steve Mandanda, do vice-campeão Olympique de Marselha. A ofensivíssima seleção da Ligue 1, com quatro jogadores do LOSC Métropole, foi composta por:

garcia-et-hazard_ff

Eden e Rudi, pequenos apenas nos nomes, com seus troféus (France Football)

Steve Mandanda (O. Marseille); Anthony Reveillère (Lyon), Adil Rami (Lille), Mamadou Sakho (PSG) e Taye Taiwo (NIG – Marseille); Yann M’Vila (Rennes), Eden Hazard (Lille) e Nenê (PSG); Gervinho (CMA – Lille), Kévin Gameiro (Lorient) e Moussa Sow (SEN – Lille).

Não empolga a nenhum de nós, mas como melhores árbitros foram escolhidos Anthony Gautier, Clément Turpin (destaque do ano de 2010 segundo a France Football) e Nicolas Pottier.

Ligue 2
Acertei de novo: melhor jogador para Sebastian Ribas (Dijon) e melhor técnico para Bernard Casoni, do Evian. O time-base da segunda divisão reúne:

Benoît Costil (Sedan); Sébastien Corchia (Le Mans), Grégory Cerdan (Le Mans), Benjamin Genton (Le Havre) e Cédric Fabien (Boulogne-sur-Mer); Romain Alessandrini (Clermont Foot), Olivier Sorlin (Evian Thonon-Gaillard), Rudy Haddad (Châteauroux) e Benjamin Corgnet (Dijon); Sebastian Ribas (Dijon) e Sloan Privat (Clermont Foot). Boas opções para os times da elite, heim…

Mulheres e homenagens
Entre les femmes, errei: deu Elise Bussaglia, do Paris Saint-Germain. Houve troféus de honra em homenagem a Just Fontaine (maior artilheiro de uma única edição de Copa, com 13 gols em 1958), Michel Hidalgo (técnico da França campeã europeia em 1984), Philippe Piat (sem distinções como ex-jogador, mais é presidente da UNFP desde 1969!) e Sylvain Kastendeuch (um ex-atleta um pouco melhor, jogou no Metz e defendeu os Bleus no fim dos anos 80. Mas é co-presidente do sindicato da categoria, entendeu?).

O público ainda votou e elegeu a equipe símbolo dos (últimos) 20 anos da UNFP, com nomes marcantes, como os vários campeões mundiais em 1998: Fabien Barthez; Christian Karembeu, Lilian Thuram, Laurent Blanc e Bixente Lizarazu; Patrick Vieira (ainda joga), Robert Pirès (a.j.), Franck Ribéry (a.j.) e Zinédine Zidane (ainda brinca e detona); Jean-Pierre Papin e Pedro Miguel Pauleta. Técnico: Didier Deschamps. Timaço, né não?

Você também pode se interessar por:

> Nasri e Nenê são reconhecidos entre os melhores de 2010

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 16 de maio de 2011 Copas francesas | 18:12

E o Lille matou a enorme fome de conquistas

Compartilhe: Twitter

Um golzinho no finalzinho da decisão da Copa da França premiou o Lille depois de 56 anos sem títulos de expressão. Azar do Paris Saint-Germain, que viu o bi escapar no sábado no Stade de France. Um parabéns especial aos brasileiros campeões, o atacante Túlio de Melo (que entrou no início do segundo tempo) e o lateral Emerson (que permaneceu no banco de reservas).

Houve falha de Coupet, mas o mérito de Obraniak não pode ser ignorado: aos 44 minutos do segundo tempo, o meia polonês teve frieza e eficiência incomuns para cobrar uma falta cruzada no ângulo oposto do goleiro parisiense, que acreditou que a bola sairia e nem esticou os braços para tentar interceptá-la… (veja no vídeo após o texto abaixo)

lille_mavuba_taça_afp

O capitão Rio Mavuba ergueu a taça e teve o gesto de levantar os braços repetido pelos colegas em Saint-Denis (AFP)

lille_diaseguinte_afp

Festa também no dia seguinte, na volta à Lille, com Hazard banhando os torcedores. Acho que essa champagne é melhor do que a que os santistas tacaram no Muricy, heim? (AFP)

Rudi Garcia estava certo: o jogo seria decidido em um detalhe. Não em dois detalhes, pois Coupet, logo depois do gol sofrido, faria pênalti em Gervinho e, surpresa, defenderia a cobrança de Debuchy, o que no resultado da partida nada interferiu. E para sorte do técnico do LOSC, o título lhe sorriu e o alçou positivamente à história do clube nordista, que ganha muita confiança na briga pelo caneco da Ligue 1 contra o Olympique de Marselha.

Olha, já tô achando que veremos um doublé por aí… E você?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 12 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 23:32

Nenê, Hazard, Gameiro ou Sow?

Compartilhe: Twitter

Temporada acabando e as tradicionais premiações apontam os nomes que se destacaram e concorrem às honrarias. A UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais), que chega à 20ª edição dos seus prêmios, revelou os indicados em suas sete categorias. As distinções serão entregues no dia 22, domingo, por volta das 16h de Brasília, à Paris, como dizem os franceses.

Para suceder Lisandro López no rol de ganhadores do prêmio principal, de melhor jogador do ano, concorrem o brasileiro Nenê, o belga Hazard, o senegalês Sow e o francês Hazard. Abaixo coloco alguns números para a gente poder opinar sobre quem leva a melhor, além dos meus pitacos.

Entre os melhores goleiros, concorrem Landreau, Lloris, Mandanda e Ruffier. Quanto aos técnicos, o nome que sucederá Jean Fernandez (Auxerre) será ou Deschamps, ou Garcia, ou Gillot ou Gourcuff pai. As mesmas categorias se repetem na segunda divisão, a Ligue 2. E o futebol feminino também é comtemplado, com apenas jogadoras de Lyon e PSG participando. Não, Shirley Cruz não é brasileira, mas costarriquenha.

Hazard à frente de Sow em treino do LOSC. Quem se dará melhor no troféu da UNFP? (Losc.fr)

E os nominados são:

>> Meilleur joueur de Ligue 1 : Kévin Gameiro (Lorient), Eden Hazard (Lille), Nenê (Paris-SG) e Moussa Sow (Lille). Acho que dá Hazard, a maior revelação e o mais habilidoso do provável campeão

– Nenê: 33 jogos, 14 gols (26% do PSG – 6º artilheiro-geral), 6 assistências (12º no geral), 3 cartões amarelos, 0 vermelho
Hazard: 35 jogos, 7 gols (11% do Lille), 9 assistências (6º no geral), 2 cartões amarelos, 0 vermelho
– Gameiro: 33 jogos, 14 gols (46% do Lorient – 2º artilheiro-geral), 3 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho
Sow: 33 jogos, 21 gols (34% do Lille – 1º artilheiro-geral), 2 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho

> Meilleur gardien de Ligue 1 : Mickaël Landreau (Lille), Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Marseille), Stéphane Ruffier (Monaco). Fico com Landreau, para homenagear o veterano

Meilleur entraîneur de Ligue 1 : Didier Deschamps (Marseille), Rudi Garcia (Lille), Francis Gillot (Sochaux) e Christian Gourcuff (Lorient). Escolho Garcia, porque com um elenco mais fraco do que o de Deschamps ficou quase sempre na frente na tabela

> Meilleur joueur de Ligue 2 : Benjamin Corgnet (Dijon), Rudy Haddad (Châteauroux), Sloan Privat (Clermont-Ferrand) e Sébastian Ribas (Dijon). Ribas lidera a artilharia do torneio, dois gols à frente de Privat (19 a 17). Fico com o “primo” do Diego ex-meia do Santos então…

> Meilleur gardien de Ligue 2 : Benoît Costil (Sedan), Bertrand Laquait (Evian-Thonon), Grégory Malicki (Angers) e Johny Placide (Le Havre). O líder Evian foi um dos que menos perdeu. Então vou de Laquait

Meilleur entraîneur de Ligue 2 : Patrice Carteron (Dijon), Bernard Casoni (Evian), Landry Chauvin (Sedan) e Olivier Pantaloni (AC Ajaccio). Casoni, porque está fazendo história no time criado em 2007

> Meilleure joueuse: Camille Abily (Lyon), Elise Bussaglia (Paris-SG), Shirley Cruz (Lyon) e Lara Dickelmann (Lyon). Abily tem jeitão de “Zinedina”, portanto…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última