Publicidade

Posts com a Tag Gourcuff

sábado, 9 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 18:56

Suado, mas merecido!

Compartilhe: Twitter
O gol que selou a vitória dos Bleus na perspectiva da rede do Stade de France (AFP)

O gol que selou a vitória dos Bleus na perspectiva da rede do Stade de France (AFP)

A pressão francesa demorou a se converter no resultado esperado, mas ele veio: 2 a 0 sobre a Romênia (gols de Rémy e Gourcuff), e liderança do grupo D nas Eliminatórias para a Eurocopa 2012.

Pressionando desde o início, sempre empurrada pelo estádio cheio de bandeirinhas tricolores tremulando e com boa movimentação na frente, a França teve dificuldades para furar a retranca romena no primeiro tempo. Benzema, sempre perigoso, raspou a trave com bonito chute aos 39 minutos, mas foi só.

A busca pelo gol seguiu forte na segunda etapa, com Valbuena acertando o travessão aos 11 minutos, após defesa e alguma sorte do goleiro romeno. Dois minutos depois, Nasri (muito bem no jogo) invadiu a área e Pantelimon fez outra bela defesa. Para dar mais emoção ainda aos franceses, a Romênia se soltava mais e criava perigo nos contra-ataques. Num deles, aos 25 minutos, Clichy saiu jogando errado e, na sequência da jogada, Lloris, mostando sorte, viu sua trave ser acertada e bola voltar marota pras suas mãos… 

Até que Blanc resolveu mexer no time, sacando os aplaudidos Nasri e Valbuena para as entradas de Gourcuff e Rémy. E sua estrela brilhou, pois os gols sairiam justamente dos pés deles. Primeiro o marselhês Rémy, que recebeu em velocidade no contra-ataque e chutou cruzado, rasteiro, aos 38. E quando a torcida ansiava pelo apito final, Payet, que entrara no lugar de Benzema, fez bela jogada individual, foi à linha de fundo e rolou para Gourcuff só colocar no canto.

Vitória assegurada e liderança tomada (seis pontos, um à frente de Albânia e Bielorrússia), apagando o revés em casa para os bielorrussos, na primeira rodada, bem como o tropeço diante dos mesmos romenos, no mesmo Stade de France, pelas Eliminatórias para a Copa 2010. Fantasmas exorcizados, bora golear Luxemburgo na terça-feira!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Eliminatórias da Eurocopa | 15:42

Gourcuff no banco, Alou Diarra capitão

Compartilhe: Twitter

Escalação confirmada para França x Romênia, logo mais, 16h. Com Diarra na “volância”, Gourcuff foi para o banco:

Lloris; Réveillère, Mexès, Rami, Clichy; Alou Diarra (cap.), M’Vila, Valbuena, Nasri e Malouda; Benzema.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 8 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 21:45

O importante é o resultado

Compartilhe: Twitter
Karim Benzema no treino de reconhecimento do glorioso Stade de France (AFP)

Karim Benzema no treino de reconhecimento do glorioso Stade de France (AFP)

Faço minhas as palavras de Laurent Blanc, sobre o terceiro jogo da França nas Eliminatórias da Eurocopa 2012, neste sábado, contra a Romênia (16h de Brasília, com SporTV ao vivo e Tempo Real do Placar iG). Mesmo que o time não encante em Saint-Denis, se ganhar está ótimo. Até porque os empates desta sexta-feira pelo grupo francês ajudaram – Luxemburgo 0 x 0 Bielorrússia, Albânia 1 x 1 Bósnia -, deixando a classificação da seguinte maneira:

1. Albânia (!): 5 pontos, 1 gol de saldo, 3 gols marcados
2. Bielorrússia: 5 pontos, 1 gol de saldo, 1 gol marcado
3. Bósnia: 4 pontos, 1 gol de saldo, 4 gols marcados 
4. França: 3 pontos, 1 gol de saldo, 2 gols marcados
5. Romênia: 2 pontos, 0 gol de saldo, 1 gol marcado
6. Luxemburgo: 1 ponto, -4 gols de saldo, 0 gols marcados

Ou seja, qualquer vitória amanhã leva os Bleus para o topo do grupo D. Sem poder escalar os lesionados Sagna, Diaby e Alou Diarra, Blanc deve sair jogando no 4-5-1 com os seguintes nomes: Lloris; Réveillère, Rami, Mexès e Clichy; M’Vila, Gourcuff, Nasri, Valbuena e Malouda (que deve ser capitão de novo); Benzema.

A provável escalação do técnico Razvan Lucescu na Romênia é: Pantilimon; Rat, Tamas, Chivu e Radoi; Torje, Deac, Maftei e Bilasco; Stancu e Niculae. Sem o destaque Adrian Mutu, suspenso por doping, o nome mais conhecido do escrete romeno é o do polivalente defensor Cristian Chivu, atualmente na Inter de Milão, da Itália. Daniel Niculae fará o papel de “inimigo íntimo” dos franceses, pois atua no Monaco.

A arbitragem será do português Pedro Proença Oliveira Alves Garcia. Então vamos ganhaire, pá!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 20:04

O time que se desenha. Com uma surpresa

Compartilhe: Twitter

Três dias antes de pegar a Romênia, a França pode ir a campo no esquema 4-2-3-1, conforme se viu no treino desta quarta-feira. Laurent Blanc manteve Lloris como titular no gol, tendo à sua frente, na defesa, o quarteto Réveillère, Mexès, Rami e Clichy, da direita para a esquerda.

No meio-de-campo, provavelmente a maior surpresa: Gourcuff como volante, ao lado de Mvila. Um pouco mais à frente, o trio Valbuena-Nasri-Malouda, apoiando ofensivamente o único atacante de ofício, Benzema.

Os nomes me agradam, mas temo que, preocupado demais com a marcação, Yoann perca boas oportunidades para ajudar o ataque com seu talento…

Cada repórter tenta fazer Gourcuff provar sua Ana Maria Pullmann...

Cada repórter tenta fazer Gourcuff provar sua Ana Maria Pullmann...

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 5 de outubro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 17:53

Seleção prepara a mente

Compartilhe: Twitter

Como Laurent Blanc tinha indicado aos jogadores, a seleção francesa já conta com o auxílio de um psicólogo. O profileur esteve em Clairefontaine-en-Yvelines, concentração dos Bleus, nesta terça-feira de tarde, entrando em contato pela primeira vez com os atletas que se preparam para os próximos jogos das Eliminatórias da Eurocopa 2012. O técnico confia na importância da preparação mental, revelando que ela o ajudou a conquistar a Copa do Mundo de 1998, como zagueiro e capitão do time de Aimé Jacquet.

Outros problemas que parecem incomodar o técnico são pontualidade e a disciplina. Karim Benzema foi novamente alvo de reclamações, agora porque se apresentou com atraso em Clairefontaine, no início dessa semana, junto com o colega de Real Madrid Lassana Diarra. É bom que Benzema mostre serventia nos treinos e jogos, senão a paciência do professeur acaba mais cedo ou mais tarde…

Payet chega à concentração. Na França, Clairefontaine é a casa dos Bleus. No Brasil, é o Le Blog du Foot! (AFP)

Payet chega à concentração. Na França, Clairefontaine é a casa dos Bleus. No Brasil, é o Le Blog du Foot! (AFP)

No que diz respeito ao time que levará a campo contra a Romênia, no sábado, Blanc talvez poupe Abou Diaby, que saiu lesionado do último jogo do Arsenal, contra o Chelsea, no domingo. Mesmo que seja escalado como titular, o volante não deve atuar uma partida inteira logo de cara.

Com o outono europeu indicando cerca de 10 graus Celsius na região da Île-de-France, que compreeende a capital Paris, no norte do país, a atividade coletiva com bola do dia não revelou ainda o time titular contra os romenos, mas a tendência é que Yohann Gourcuff, Samir Nasri e Florent Malouda saiam jogando juntos no meio-de-campo. É por aí mesmo, Laurent!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 30 de setembro de 2010 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 16:53

O artilheiro seduziu o treinador

Compartilhe: Twitter

E Dimitri Payet alcançou a seleção francesa. O goleador do Campeonato Francês com média de um tento por jogo (7 em 7 rodadas) pelo Saint-Etienne é a principal novidade da lista de Laurent Blanc para a terceira e quarta rodadas das Eliminatórias para a Eurocopa 2012. A França receberá Romênia, agora no dia 9 de outubro, e Luxemburgo, três dias depois.

Legal ver Gourcuff e Nasri de volta. Ben Arfa, começando bem na Inglaterra pelo Newcastle, ficou de fora. O mais engraçado é que Blanc falou publicamente que Benzema, afeito às baladas all night long, “não gosta de trabalhar e acordar cedo”, mas chamou o atacante do Real Madrid. Será que ele vai lhe dar um despertador à la Mr. Bean, que joga água na cara do sujeito pra ele levantar na marra??

Payet tem sido figurinha repetida dos gols do Francês 2010/2011 (AFP)

Payet tem sido figurinha repetida dos gols do Francês 2010/2011 (AFP)

Vamos ver se Blanc consegue criar o “núcleo duro” que deseja para dar solidez ao time. Enfin, voilá la liste:

Goleiros: Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Cédric Carrasso (Bordeaux).

Defensores: Bakary Sagna (Arsenal/Inglaterra), Adil Rami (Lille), Philippe Mexès (Roma/Itália), Mamadou Sakho (Paris Saint-Germain), Gaël Clichy (Arsenal/Inglaterra), Benoît Trémoulinas (Bordeaux).

Meio-campistas: Abou Diaby (Arsenal/Inglaterra), Alou Diarra (Bordeaux), Lassana Diarra (Real Madrid / Espanha), Yann Mvila (Rennes), Florent Malouda (Chelsea/Inglaterra), Yoann Gourcuff (Lyon), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha), Blaise Matuidi (Saint-Étienne), Samir Nasri (Arsenal/Inglaterra).

Atacantes: Kevin Gameiro (Lorient), Guillaume Hoarau (Paris Saint-Germain), Karim Benzema (Real Madrid/ Espanha), Loïc Rémy (Olympique de Marselha), Dimitri Payet (Saint-Étienne).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 29 de setembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:26

O orgulho da França

Compartilhe: Twitter
"Ceis tão vendo onde eu rendo pra c..., né?", disse Michel no jogo do Lyon (AP)

"Ceis tão vendo onde eu rendo pra c..., né?", disse Michel no jogo do Lyon (AP)

Se as coisas vão mal em âmbito nacional, nada como um torneio continental para voltar a sorrir. É isso que o Lyon tem feito neste início de temporada. Hoje, não se importou com fato de jogar fora de casa e meteu 3 a 1 no Hapoel Tel-Aviv, em Israel. É a segunda vitória em dois jogos pela Liga dos Campeões da Europa, alçando o OL à liderança do grupo B – seis pontos, três à frente de Schalke 04, da Alemanha, e Benfica, de Portugal.

Claude Puel (bem mais aliviado, assim como o presidente Jean-Michel Aulas) escalou Lloris; Réveillère, Diakhaté, Lovren e Cissokho; Toulalan, Källström, Gourcuff (Pjanic, aos 32 do 2º) e Michel Bastos (Gonalons aos 44 do 2º); Briand e Gomis (Pied aos 18 do 2º).

Michel Bastos comandou a vitória, marcando de pênalti aos 7 minutos do 1º tempo e ampliando com uma pintura de gol aos 36 (aproveitou rebote de escanteio, batendo “na orelha” da bola, que fez curva impressionante e entrou na forquilha! – veja no vídeo no fim deste post). O goleiro nigeriano Enyeama – aquele mesmo que se destacou na Copa 2010, especialmente contra a Argentina – descontou aos 34 da segunda etapa, também cobrando penalidade. Mas Pjanic definiu o vencedor da contenda em Tel-Aviv, já nos acréscimos do jogo.

Bastos vem provando que não pode ser lateral esquerdo, sob pena de desperdiçar sua eficiência no ataque, chegando à área ou finalizando de média distância. Imagine se hoje ele fosse escalado como lateral: na hora do escanteio que originou seu gol, provavelmente estaria plantado no meio de campo, como um dos últimos homens lioneses, cobrindo a subida dos zagueiros que fossem tentar o cabeceio, e não na entrada da área, esperando um provável rebote…

O camisa 11 agora é o vice-artilheiro da Liga, com três gols, ao lado do francês Anelka (Chelsea) e do sueco Ibrahimovic (Milan), todos atrás de Samuel Eto’o Fils, da Inter de Milão, que tem quatro.

Com Olympique de Marselha (decepção) e Auxerre (confirmação) sem somar pontos depois de duas rodadas, o orgulho da França na Champions neste momento se chama Olympique Lyonnais.


Efe-efe-Efe

Figurando na já tradicional seção “Franceses fora da França (FfF)”, temos nesta quarta o jovem atacante Jonathan Biabiany. Finalmente aproveitado pela Internazionale, depois de alguns empréstimos para equipes menores da Itália, ele foi titular, jogou a partida inteira e esteve muito bem especialmente no primeiro tempo da goleada sobre o Werder Bremen – que teve como titular o zagueiro francês Mikaël Silvestre.

Silvestre (à esquerda) e Biabiany (centro): luta árdua pela melhor careta de esforço no Giuseppe Meazza (AP)

Silvestre (à esquerda) e Biabiany (centro): luta árdua pela melhor careta de esforço no Giuseppe Meazza (AP)

Mesmo sem jogar hoje, o meia-atacante Jérémy Menez foi destaque. Embora tenha atuado só por cerca de 60 minutos nas duas partidas da Roma, ele tem a melhor eficiência nos passes na Champions 2010/2011: acertou todos os 26 que distribuiu até aqui. Se liga aí, Claudio Ranieri!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 20 de setembro de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 17:22

Refazendo a história?

Compartilhe: Twitter

O Saint-Etienne, atual líder do Campeonato Francês, é um velho conhecido das premiações de fim de temporada para os campeões, porque esteve lá muitas vezes e porque não aparece há um bom tempo também. É o maior campeão nacional da história, com 10 títulos, mas o último foi lááá em 1980/1981.

A ascensão ao topo da tabela veio com a boa vitória por 3 a 0 sobre o Montpellier, no sábado, com o selecionador da França Laurent Blanc nas tribunas e dois gols de Dimitri Payet, artilheiro-geral do torneio com ótima média de um gol por jogo. O ASSE não comandava uma Ligue 1 desde 1982, quando foi vice-campeão, atrás do Monaco. Será que é um presságio de que a história está sendo refeita? 

No clássico da rodada, envolvendo recentes campeões nacionais, o Bordeaux se deu melhor que o Lyon em casa: 2 a 0. O primeiro gol veio num lance explorado pelos Girondinos desde os tempos de Blanc, antecessor de Jean Tigana: falta levantada na área. Plasil mandou na direção do gol, Alou Diarra e Lovren subiram praticamente juntos, a bola foi desviada e fugiu do alcance de Lloris, aos 15 minutos do segundo tempo. E o derradeiro tento saiu em contra-ataque já nos acréscimos, na jogada protagonizada por Jussiê no post abaixo e que merece ser revista. Sim, Gourcuff reencontrou o Stade Chaban-Delmas, sua antiga casa, atuando por toda a partida.

O Auxerre, que tem tudo para ter vida curta na Liga dos Campeões da Europa, também vai mal das pernas em circunscrição nacional: a defesa deu mole em um lance contra o Lille e a derrota pelo placar magro veio. E assim o AJA ficou na penúltima colocação na classificação, menos pior somente do que o Arles-Avignon, que perdeu a sexta em seis rodadas para o Olympique de Marselha (3 a 0) e, até aqui, nada de pontos!

>> Classificação da Ligue 1: Saint-Etienne e Toulouse lideram, com 13 pontos, seguidos pelo Rennes, que tem 12. Confira tabela completa


*Amanhã e depois tem futebol!*

10 partidas pela fase 1/16-de-final da Copa da Liga Francesa. São elas:

Terça, 21/09
15h – Nîmes (2ª) x Valenciennes  
            Ajaccio x Le Havre (2ª)  
15h45 – Lorient x Brest  

Quarta, 22/09
13h – Monaco x Lens  
15h45 – Nancy x Bordeaux  
                 Arles-Avignon x Caen   
                 Saint-Etienne x Nice   
                 Boulogne (2ª) x Toulouse  
                 Guingamp (3ª) x Rennes   
                 Sochaux x Bastia (3ª)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de setembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 22:54

Ligue 1, 6ª rodada: jogos e escalações

Compartilhe: Twitter

Sempre que possível, listarei, além das partidas previstas na rodada, os times prováveis que irão a campo, com o auxílio da France Football, d’accord? Abaixo, as equipes para os jogos do sábado. Mas o destaque da journée está no domingo, quando Yoann Gourcuff pode reencontrar (está lesionado e ainda é dúvida) seu ex- time no clássico Bordeaux x Lyon.


Sábado, 18 de setembro

14h – Monaco (9º) x Toulouse (1º)

MON
: Ruffier; Adriano, Puygrenier, Hansson e Muratori; Mendy, Mangani, Aubameyang, Park e Malonga; Mbokani.

TOU: Valverde; Gunino, Cetto, Congré e Tabanou; Capoue, Sissoko, Didot, Devaux e Machado; Santander.

14h – Saint-Etienne (3º) x Montpellier (5º)

ASSE: Janot; Ebondo, Monsoreau, Marchal e Bocanegra; Sako, Perrin, Battles, Matuidi, Payet; Rivière.
MON: Jourdren; Collin, Spahic (Stambouli), Yanga-Mbiwa e Jeunechamp; J. Marveaux, Pitau e Estrada; Belhanda, Giroud e Kabze.

14h – Sochaux (10º) x Nice (4º)

SOC: Dreyer; Faty, Perquis, Bréchet e Sauget; Boudebouz,M. Martin, Anin, Maurice-Belay; Brown e Maïga.
NIC: Ospina; K. Coulibaly, Civelli, Pejcinovic e Gace; D. Diakité, Mouloungui, Sablé, Faé e Mounier; Ljuboja.

14h – Lorient (14º) x Caen (6º)

LOR: Audard; Sosa, Bourillon, Ecuele-Manga e Le Lan; Amalfitano, Romao, Mvuemba e Monnet-Paquet; Kitambala e Gameiro.
CAE: Thébaux; Barzola, Sorbon, Heurtaux e Tafforeau; Seube, Marcq, Hamouma, Moulin e El-Arabi; K. Traoré.

14h – Nancy (11º) x Brest (15º)

NAN: Bracigliano; Chrétien (Loties), A. Ndiaye, André Luiz e Lemaitre; Nguemo, Gavanon e B. Traoré; Féret, Bakar e Cuvillier (Vahirua).
BRE: Elana; Daf, Brou Apanga, Kantari e Ferradj; Licka, Ewolo, L.Touré, Grougi, Lesoimier; Roux.

14h – Valenciennes (12º) x Lens (19º)

VAL: Penneteau; Mater, Bisevac, Baldé e Pallois; Cohade, R. Gomis e Saez; Dossevi, Samassa e Danic.
LEN: Runje; Demont, Yahia (Hermach), Chelle e Ramos; Hermach (Kovacevic), Sertic e Bédimo; Boukari, Eduardo e Maoulida.

16h – Arles-Avignon (20º) x Olympique de Marselha (13º)

ARL: Planté; Laurenti, Mejia, Pavon, Erbaté e Fanchone; Ben Idir, Piocelle e Meriem; Kermorgant e Dja Djédjé.
OM: Mandanda; Azpilicueta, Mbia (Hilton), Heinze e Taiwo; E. Cissé, Cheyrou e Kaboré; Valbuena, Gignac e A. Ayew (Brandão).

Domingo, 19 de setembro

12h – Paris-SG (7º) x Rennes (2º)

12h – Lille (8º) x Auxerre (17º)

16h – Bordeaux (18º) x Lyon (16º)


>> Classificação
: Toulouse lidera, com 12 pontos, seguido por Rennes, 11, e Saint-Etienne, com 10. Confira tabela completa


Neste fim de semana estou de plantão e vou tentar aparecer por aqui

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 14 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:00

Dever cumprido

Compartilhe: Twitter

Lyon 1 x 0 Schalke. Poderia ter sido muito mais, pela maciça presença ofensiva do OL, acuando o rival com um a menos num dia de mais sorte que o time alemão. Mas foi uma estreia positiva na Liga dos Campeões da Europa e tomara que os gols perdidos não façam falta para efeito de classificação – até porque, na outra partida do gupo B, o Benfica fez 2 a 0 no Hapoel Tel-Aviv e, no desempate, lidera a chave após a primeira rodada. Na segunda, o time francês vai a Israel encarar o Hapoel.

Claude Puel utilizou Lloris; Réveillère, Diakhaté, Lovren e Kolodziejczak; Toulalan, Pjanic e Gourcuff (Makoun, 42 do 2º); Michel Bastos (Pied, 27 do 2º), Lisandro López e Briand (Kallstrom, aos 45 do 2º). Sem Cris e Ederson, lesionados, um ofensivo Lyon tomou a maior parte das iniciativas de ataque, embora tenha levado alguns sustos. Deu sorte, é bem verdade, no lance do gol, quando Briand lançou para Michel Bastos e Moritz recuou bola curta para Neuer, permitindo que o brasileiro se antecipasse e desviasse para o gol, aos 21 minutos de jogo.

As coisas ficaram ainda mais fáceis aos 38, quando o zagueiro Howedes entrou na voadora em Briand e foi mandado para o chuveiro – de forma muito rigorosa, pois acho que um amarelo e uma advertência verbal bastariam. No segundo tempo, o Lyonnais protagonizou um festival de gols perdidos, mas assegurou os importantíssimos três pontos.

Em Barcelona, a dupla francesa Djibril Cissé e Sidney Govou, que foi à Copa 2010, brilhou no gol inaugural a favor do Panathinaikos. Mas depois Lionel Messi e companhia mostraram quem realmente tinha a força no Camp Nou…

Michel Bastos se sobrepõe a Benedikt Höwedes, em todos os sentidos, no único gol válido no Gerland (Reuters)
Michel Bastos se sobrepõe a Benedikt Höwedes, em todos os sentidos, no único gol válido no Gerland (Reuters)

Olympique e Auxerre estreiam
Nesta quarta-feira, os outros dois franceses da Champions estreiam. Único clube do país a sentir o sabor de conquistar o torneio (1992/93), o Marselha recebe o Spartak Moscou, da Rússia. Já sabe que pode contar com Mathieu Valbuena, Brandão e N’Diaye, que renovaram seus contratos, para tentar ir além da fase de grupos, na qual parou na última edição. O time russo tem os brasileiros Ibson, ex-Flamengo, Alex, ex-Inter, e Welliton, ex-Goiás – este último é o artilheiro do Campeonato Russo e vem sendo cotado para atuar pela seleção local.

De volta depois de 2003, o Auxerre não tem nada a perder, pois sua presença é surpreendente, deixando para trás, nas eliminatórias, o Zenit, tido por muitos como mais merecedor de figurar na UCL. E também porque está num grupo indigesto, com Milan, Real Madrid e Ajax. A aventura começa contra os milaneses no San Siro, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 3
  3. 4
  4. 5
  5. 6
  6. 7
  7. 10
  8. Última