Publicidade

Posts com a Tag Gourcuff

terça-feira, 29 de maio de 2012 Eurocopa, Seleção francesa | 23:18

Gourcuff e Yanga-Mbiwa fora da França que vai à Euro 2012

Compartilhe: Twitter

Laurent Blanc precisava cortar dois nomes até hoje, e sobrou para o jovem zagueiro Mapou Yanga-Mbiwa, do Montpellier, talvez por ser ainda cru para a ocasião, e o conhecido meia Yohann Gourcuff, do Lyon, quiçá por não demonstrar condições de realizar atualmente o que seu talento já sugeriu outrora…

Quem eu?? Você, olhos verdes! (FF)

Mapou nem desconfia da “comoção” que sua exclusão gerou na comunidade Ligue 1 Brasil no Facebook, enquanto que o lamento pela ausência de “Yo-Yo” é partilhado por fãs do futebol jogado e admiradoras do porte físico exibido… Eis, portanto, os 23 selecionados para defender a França na Eurocopa:

GOLEIROS
1. Hugo Lloris (Olympique Lyonnais)
16. Steve Mandanda (Olympique de Marseille)
23. Cédric Carrasso (Girondins de Bordeaux)

DEFENSORES
2. Mathieu Debuchy (Lille OSC)
3. Patrice Evra (Manchester United/ING)
4. Adil Rami (Valencia CF/ESP)
5. Philippe Mexès (AS Roma/ITA)
13. Anthony Réveillère (Olympique Lyonnais)
21. Laurent Koscielny (Arsenal/ING)
22. Gaël Clichy (Manchester City/ING)

MEIAS
6. Yohan Cabaye (Newcastle/ING)
11. Samir Nasri (Manchester City/ING)
12. Blaise Matuidi (Paris Saint-Germain)
15. Florent Malouda (Chelsea/ING)
17. Yann M’Vila (Stade Rennais)
18. Alou Diarra (Olympique de Marseille)
19. Marvin Martin (FC Sochaux-Montbéliard)

ATACANTES
7. Franck Ribéry (Bayern Munich/ALE)
8. Mathieu Valbuena (Olympique de Marseille)
9. Olivier Giroud (Montpellier HSC)
10. Karim Benzema (Real Madrid/ESP)
14. Jérémy Ménez (Paris Saint-Germain)
20. Hatem Ben Arfa (Newcastle/ING)

É possível conferir os convocados dos outros 15 países neste link da France Football. Considerando que os dois primeiros de cada grupo avançam na disputa, e que a chave francesa reúne ainda Inglaterra, Suécia e Ucrânia, pergunto-vos: o que podemos esperar para os Bleus no grupo D? Na avaliação do perspicaz Leonardo Bertozzi, da ESPN, até que bastante. Concorda?

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 28 de maio de 2012 Seleção francesa | 12:24

Rumo à Euro 2012, França vira sobre a Islândia em amistoso

Compartilhe: Twitter

Depois de sair perdendo por 2 a 0 da inexpressiva Islândia em casa, a seleção francesa tomou vergonha na cara e ao menos saiu de Valenciennes com a vitória por 3 a 2 no amistoso de ontem, preparatório para a Eurocopa que se vislumbra.

Laurent Blanc utilizou Mandanda; Debuchy, Rami, Méxès e Evra; Cabaye (Alou Diarra, 13 do 2º), Gourcuff (Ribéry, 30 do 2º), Nasri (Martin, 13 do 2º) e Menez (Valbuena, 30 do 2º); Ben Arfa (Giroud, 13 do 2º) e Benzema (Malouda, 13 do 2º). Destaque para a entrada de Ribéry, autor de um dos gols (não marcava pela seleção desde 2009!) ao lado de Debuchy e Rami, bem como o desempenho de outro reserva, Giroud.

Não vi a peleja, mas colegas virtuais disseram que Gourcuff e Evra foram mal, e por isso correm risco de serem cortados pelo técnico na lista final de 23 para a Euro, que deve ser entregue à Uefa até amanhã, dia 29 (veja quem foi pré-selecionado). A análise da France Football até poupa o ataque bleu, mas critica negativamente a defesa, sobretudo o lado esquerdo do experiente Evra…

Na próxima quinta, 31, a França pega a Sérvia (em Reims) e no dia 5 de junho o rival será a Estônia (em Mans), encerrando a preparação, sempre em casa. A estreia no torneio continental será no dia 11 de junho contra a tradicional rival Inglaterra, pelo Grupo D, quando esperamos que, mais entrosada, a equipe titular falhe menos…

Vídeo com melhores momentos da partida dominical:

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 8 de julho de 2011 Extracampo | 17:58

PSG enrolado, Lyon derrotado

Compartilhe: Twitter

Depois de começar bem a etapa de mercado aquecido entre temporadas, com as vindas de Kevin Gameiro e Nicolas Douchez, o Paris Saint-Germain pisou no freio e atualmente não consegue se desvencilhar das interrogações.

A chegada de Leonardo, por exemplo, anunciada semanas atrás como praticamente certa, ainda não foi confirmada, conforme o próprio brasileiro declarou em Milão recentemente. A imprensa francesa questiona o jogador e publica que a vinda do novo manager pode estar relacionada à possível saída do presidente Robin Leproux, por não concordar com a redução do seu poder no clube, efetuada pela recém-formada administração catariana.

A indefinição quanto à permanência do mandatário, portanto, mantém o PSG de certa forma paralisado. Embora os jogadores já estejam treinando sob comando de Antoine Kombouaré (amanhã tem amistoso contra o Sion, na Suíça), os reforços para posições importantes, como volante e meia-atacante pela direita (nas vagas que eram de Makelele e Giuly), ainda não apareceram.

Últimos posts sobre o Saint-Germain:
> PSG confirma Leonardo
> Gameiro e Douchez reforçam PSG

**

lyon-bastos-olweb

Michel Bastos em ação em Salzburg. Gostei do uniforme lionês! (Olweb.fr)

No primeiro de seus amistosos de pré-temporada, o Lyon foi derrotado pelo Red Bull Salzburg, na casa do adversário, na Áustria, por 1 a 0. O gol saiu aos 22 minutos do primeiro tempo. Dois minutos depois, o zagueiro ganês John Mensah foi expulso por tocar a mão na bola dentro da área e a reação lionesa ficou prejudicada, apesar do Red Bull ter despediçado o pênalti decorrente da infração.

Já comandado por Rémi Garde no banco, o OL não teve Yohan Gourcuff, que ficou na França por conta de uma lesão no tornozelo. Veja os próximos amistosos do clube:

– Sábado, 16 de Julho às 11h15 (Genk, Bélgica) – Genk x Lyon;
– Domingo, 24 de Julho, às 12h (Hannover, Alemanha) – Hannover x Lyon;
– Quarta-feira, 27 de Julho, às 13h (Donetsk, Ucrânia) – Shakhtar x Lyon;
– Domingo, 31 de Julho, às 16h (Genebra, Suíça) – Porto x Lyon

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 6 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:50

Ligue 1, 34ª rodada: os grandes Olympiques frente a frente

Compartilhe: Twitter

Nenê brilhou no primeiro jogo contra o ASM. E no segundo? (Divulgação)

Era tudo que o Lille queria para o oponente principal na luta pelo título: vai lá Marselha, pega o Lyon! E assim o clássico dos Olympiques ganha contorno decisivo, até porque o OL pode diminuir sua distância para o OM para três pontos e ainda seguir com chances de taça ou vice, que também conta muito por colocar o time diretamente na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Do lado marselhês, Didier Deschamps terá Lucho González e Cheyrou, recuperados de contusões. O zagueiro brasileiro Hilton, que costuma ficar no banco, é a ausência. Sem Toulalan e e Ederson (de novo lesionado), Claude Puel poderá contar com Cris e Briand entre os lioneses. Gourcuff, porém, ainda é dúvida.

Em compensação, o LOSC não deve se animar muito porque vai ter de enfrentar o desespero de um Nancy, fora de casa, que precisa da vitória para talvez já sair do início da zona de rebaixamento – soma 38 pontos, em 18º, um atrás de Valenciennes, Monaco, Auxerre, Caen e Nice, todos ainda preocupados com a manutenção na elite.

É nesse clima de obrigação de vitória que o Monaco reencontrará Nenê no Principado. No jogo do turno, no Parc des Princes, o brasileiro do PSG não quis saber de cerimônia e fez os dois gols do time no empate por 2 a 2. Em briga diretíssima com o Lyon pelo terceiro lugar que vale a terceira vaga na Champions, o Paris ficará de olho bem aberto no pega de domingo do Gerland.

Eis a rodada: 

Sábado, 7/5

14h – Monaco (14º) x Paris-SG (4º)SporTV2 anuncia transmissão em VT às 20h30
14h – Lorient (6º) x Toulouse (11º)
14h – Bordeaux (8º) x Sochaux (7º)
14h – Arles-Avignon (20º) x Saint-Etienne (9º)
14h – Auxerre (15º) x Montpellier (10º)
14h – Brest (12º) x Nice (17º)
14h – Caen (16º) x Lens (19º)
16h – Nancy (18º) x Lille (1º)

Domingo, 8/5 (feriado na França, Dia do Veterano em lembrança ao fim da Segunda Guerra Mundial)

12h – Valenciennes (13º) x Rennes (5)
16h – Lyon (3º) x O. Marseille (2º)SporTV2 anuncia transmissão ao vivo do clássico! (pena que é no mesmo horário das decisões pelos estaduais brasileiros, maldade isso…)

>> Classificação a 5 rodadas do finalLille lidera com 63 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 62, Lyon e PSG, com 56, Rennes, com 52, e Lorient, com 47. Veja tabela completa

Dando tempo, volto e aumento…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 27 de abril de 2011 Brasileiros na França, Ex-jogadores, Francês da 1ª divisão | 22:46

Segura o Marselha de sangue africano agora…

Compartilhe: Twitter
irmaos_ayew_afp

André levanta o mano Jordan: papai Abedi deve ter gostado muito! (AFP)

Onze gols nos dois jogos de hoje fechando a 32ª rodada do Campeonato Francês, que marravilha!, como diria um outro aí…

Mais significativo foi Olympique de Marselha 4 x 2 Nice, pois a vitória alça o OM para a liderança da Ligue 1 meses depois do domínio do Lille. E faltando seis rodadas, no embalo do bicampeonato da Copa da Liga Francesa, como parar um OM que só dependerá de si próprio para conquistar mais um bi daqui a um mês mais ou menos?

Destaque total para os filhos de Abedi Pelé (ex-jogador do Olympique*), responsáveis pelos quatro gols marselheses no Vélodrome: três de André Ayew e um de Jordan, o mais novo (Abdou Traoré e Civelli fizeram os tentos visitantes). Junto com o nigeriano Taiwo, os irmãos ganenses são a prova de que os africanos contribuem muito para o futebol francês e qualquer tipo de discriminação contra eles é, além de abominável, totalmente burra e sem sentido…

Lyon 3 x 2 Montpellier também teve sua importância, pois aproximou o OL do Lille (4 pontos) e manteve a distância para o Marselha em cinco pontos, permitindo que o sonho do título possa ser ainda alimentado. Além do mais, ser segundo é melhor do que terceiro no fligir dos ovos, pois somente o vice entra, junto com o campeão, diretamente na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa.

A vitória só se definiu aos 44 minutos do segundo tempo, com o gol do “príncipe” Gourcuff. Ederson abriu o placar em Gerland, no seu primeiro tento depois do retorno de um longo tempo de estaleiro por contusão grave. Lisandro López fez o segundo lionês, entre os dois gols dos visitantes, com Giroud e Camara.

lyon_afp

Companheiros felicitam Ederson, o brasileiro que foi às redes hoje na França (AFP)

>> ClassificaçãoOlympique de Marselha lidera com 61 pontos, seguido por Lille, com 60, Lyon, com 56, PSG, com 53, e Rennes, com 51. Veja tabela completa

***

*Maior artilheiro de sempre da seleção de Gana, Abedi “Pelé” Ayew foi bicampeão francês e campeão europeu pelo OM, título mais importante da história do clube, em 1992/93.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 26 de abril de 2011 Extracampo, Francês da 1ª divisão | 20:55

$$ Gourcuff dando o troco em Heinze $$

Compartilhe: Twitter

Segundo levantamento do site Football Finance, que listou os 100 maiores salários do futebol mundial, o meia do Lyon supera o zagueiro do Olympique de Marselha como detentor do maior vencimento entre os jogadores que atuam no futebol francês: 4,8 contra 4,5 milhões de euros.

Achei curioso porque o levantamento da France Football, que costumo divulgar por aqui, colocou o argentino à frente do francês no mês passado: 4,5 contra 4,4. Bom, talvez a divergência se refira a rendimentos extras, como direitos de imagem, luvas… (cachecóis, gorros…). Embora a pesquisa da Finance diga que não leva em conta os ganhos externos, seus valores estão superando os apurados pela France

Independentemente de quem ganhe na conta bancária, OM (sem Mbia, machucado, e Rémy, suspenso) e OL (sem Pjanic, suspenso, e com Michel Bastos recém-operado provavelmente no Gerland) precisam da vitória nesta quarta-feira, no complemento da rodada, para seguirem com chances reais de título, se aproveitando do tropeço do Lille no domingo. Marselha x Nice e Lyon x Montpellier começam às 14h de Brasília. A SporTV2 anuncia transmissão ao vivo da primeira partida, promessa que cobraremos caso não seja cumprida!

Yoyo em loja da Adidas na semana passada. Rico e boa pinta, seria o Príncipe William da França?? (Olweb.fr)

Outros franceses top d’argent
Na relação dos 100 endinheirados da Football Finance, encontramos os seguintes atletas e agremiações familiares aos nossos olhos:

11º) Ribéry – Bayern-ALE – 8 milhões/ano
27º) Benzema – Real Madrid-ESP – 6 milhões
36º) Vieira – Man. City-ING – 5,5 milhões
50º) Lass Diarra – Real Madrid-ESP – 5 milhões
54º) Evra – Man. United-ING – 5 milhões
58º) Anelka – Chelsea-ING – 4,8 milhões
59º) Gourcuff – Lyon-FRA – 4,8 milhões
66º) Flamini – Milan-ITA – 4,5 milhões
68º) Heinze – O. Marselha-FRA – 4,5 milhões
75º) Lucho González – O. Marselha-FRA – 4,3 milhões
76º) Malouda – Chelsea-ING – 4,3 milhões
80º) Cris – Lyon-FRA – 4,2 milhões (brasileiro melhor pago na Ligue 1)
81º) Lisandro López – Lyon-FRA – 4,1 milhões
96º) Gignac – O. Marselha-FRA – 3,8 milhões
97º) Henry – NY Red Bulls-EUA – 3,8 milhões

O que acha dos números? Eu achava que o Henry ganhasse mais. Merecia, não?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 1 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão | 01:10

Nada de novo entre os endinheirados

Compartilhe: Twitter

Essa é da semana passada, mas não consegui subir aqui antes. Como faz todo semestre, a France Football divulga a lista dos maiores salários do futebol europeu e também dentro da França. No país do biquinho, não houve surpresa: os cinco primeiros são os mesmos cinco da relação divulgada em abril.

heinze

Gabriel Heinze, por cima da bola e no topo da liga (Getty Images)

O zagueiro argentino Gabriel Heinze continua se sobressaindo a meias e atacantes goleadores com o que o Olympique de Marselha muito bem lhe paga. Em seguida, aparecem Yoann “Yo-yo” Gourcuff, do Lyon, outro argentino, Lucho González, também do Olympique, o brasileiro Cris e outro hermanito, Lisandro López, ambos lioneses. Dos dez primeiros, seis são estrangeiros. Entre os brasucas, além de Cris, despontam Michel Bastos, Nenê e Ederson, todos meia-atacantes, ao contrário do zagueiro.

Salta aos olhos, logo de cara, o poderio financeiro de Olympique de Marselha e Lyon, com nada menos que 15 dos 20 jogadores mais bem assalariados da Ligue 1. O Paris Saint-Germain, time da capital francesa, possui quatro atletas. O Bordeaux encerra a relação com um nome. Já o atual líder da Ligue 1, o Lille, e o terceiro colocado, Rennes, ficaram de fora, o que é assaz curioso por mostrar que dinheiro não é o fator preponderante para se destacar na tabela de classificação… Caso um desses dois postulantes ao título consiga a façanha de levantar a taça, talvez figure no top 20 da temporada 2011/2012.

>> Veja o atual ranking de salários, com a comparação com o de 2009/2010 e o número de partidas, assistências e gols após 28 rodadas do Francês, para termos uma noção da efetividade dos caras:

1. Gabriel Heinze (zagueiro argentino, OM): 4,5 milhões de euros/ano, manteve posição, 22 jogos e 2 gols
2. Yoann Gourcuff (meia francês, Lyon): 4,4 / manteve /  22 jogos, 4 assistências e 2 gols
3. Lucho Gonzalez (meia argentino, OM): 4,3 / manteve / 27 jogos, 3 assistências e 7 gols
4. Cris (zagueiro brasileiro, OL): 4,3 / manteve / 14 jogos
5. Lisandro Lopez (atacante argentino, OL): 4,1 / manteve / 19 jogos, 2 assistências e 12 gols
6. André-Pierre Gignac (atacante francês, OM): 3,8 / subiu 10 posições (estava no Toulouse) / 22 jogos, 3 assistências e 5 gols
7. Kim Källström (volante sueco, OL): 3,7 / manteve / 24 jogos, 2 assistências e 2 gols
8. Bafetimbi Gomis (atacante francês, OL): 3,5 / subiu 1 posição / 28 jogos, 2 assistências e 10 gols
9. Michel Bastos (meia brasileiro, OL): 3,4 / subiu 1 posição / 23 jogos, 3 assistências e 5 gols 
10. Ludovic Giuly (atacante francês, PSG): 3,2 / subiu 2 posições / 26 jogos, 6 assistências e 4 gols
11. Claude Makelele (volante francês, PSG): 3,1 / caiu 3 posições / 25 jogos e 1 assistência
12. Nenê (meia brasileiro, PSG): 3 / não constava / 26 jogos, 5 assistências e 13 gols
13. Loic Rémy (atacante francês, OM): 3 / não constava / 25 jogos, 2 assistências e 9 gols
14. Jérémy Toulalan (volante francês, OL): 3 / não constava / 22 jogos e 1 assistência
15. Stéphane M’Bia (volante camaronês, OM): 2,9 / não constava / 21 jogos e 1 gol
16. Mathieu Valbuena (meia francês, OM): 2,9 / não constava / 22 jogos e 3 gols
17. Guillaume Hoarau (atacante francês, PSG): 2,8 / manteve /  26 jogos, 5 assistências e 8 gols
18. Alou Diarra (volante francês, Bordeaux): 2,8 / manteve / 23 jogos e 4 gols
19. Ederson (meia brasileiro, OL): 2,8 / manteve / 1 jogo (se contundiu e teve que operar)
20. Steve Mandanda (goleiro francês, OM): 2,8 / manteve / 28 jogos

O que você acha desses valores e números? Opine!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 29 de março de 2011 Seleção francesa | 19:08

Tanto bateu que… não furou

Compartilhe: Twitter
rami_afp

Rami lamenta má sorte, em imagem que representa bem o que foi o amistoso (AFP)

Jogando de “marinheira”, a França cansou de perder gols e decepcionou o ótimo público que presenciou o amistoso contra a Croácia no Stade de France. Zero a zero no placar, pois não houve santo que transpusesse a meta de Stipe Pletikosa (que entrou na volta do intervalo), de um lado, e Hugo Lloris se manteve seguro nas vezes em que foi ameaçado, do outro. 

Como se temia, Evra e Ribéry receberam vaias dos torcedores, mesmo iniciando no banco de reservas. Quem também não escapou dos apupos foi o técnico croata Slaven Bilic, lembrado por ter “cavado” a expulsão do então zagueiro Blanc na semifinal da Copa de 1998, no mesmo estádio. A novidade na escalação francesa foi Matuidi no lugar de Gourcuff, para tristeza das fãs do moço. Do lado visitante, Dejan Lovren, zagueiro do Lyon, compunha a defesa.

Com dificuldades para criar chances no primeiro tempo, a França teve uma boa oportunidade, quando Benzema recebeu dentro da área, mandou lá em cima e culpou o gramado, e outra não tão boa assim, quando Menez e Benzema tabelaram e o atacante do Real Madrid mandou na lateral do gol. Em compensação, a Croácia assustou quando Mexès bobeou, Perisic roubou a bola pela direita do ataque e chutou cruzado, exigindo eficiente intervenção de Lloris.

ribery_afp

Ribérra enfrentou a multidão e não foi mal não, visse? (AFP)

Aos 14 da etapa complementar, Blanc sentiu que Ribéry tinha culhões e o colocou no lugar de Malouda. Um minuto depois, sacou Menez e pôs Remy. Benzema procurava o jogo, pelo menos se esforçava. Aos 22, Rami fez surpreendente jogada individual no ataque, saiu costurando pelo meio e chutou colocado de chapa, mas a bola acertou a trave, que pecado!

Sentindo o bom momento do time, a torcida começou a participar mais do jogo, incentivando e esquecendo-se de vaiar o Franck. Aos 29, Blanc deu uma chance a Gameiro, que veio para o lugar de Benzema, com dores na coxa – assim que chegou ao banco, Karim recebeu atendimento e curativo no local.

Dez minutos depois, Ribéry mostrou seu valor e talento ao executar preciso lançamento pra Remy, cara a cara com Pletikosa. Só que o atacante dominou errado, esticou demais e permitiu que o goleiro o desarmasse, perdendo “a” chance do jogo!

Com 42, Gourcuff foi incumbido de tentar algo, natural, mágico ou sobrenatural que fosse, no lugar de Nasri. Deu tempo para Yo-Yo bater falta, escanteio, chutar perigosamente e até Rami tentar uma bicicleta meio suicida dentro da área (tanto que deixou o jogo na maca…), mas Stipe estava imbatível e todos tiveram de deixar o Saint-Denis sem ver sequer um gol.

croacia_afp

Sempre efusivos demais (para não dizer violentos), os croatas fizeram a sua fumaça (AFP)

Eliminatórias para a Eurocopa 2012
Algumas seleções entraram em campo hoje pelo qualificatório, inclusive pelo grupo francês. Na chave D, a Romênia venceu Luxemburgo em casa por 3 a 1, com dois gols de Adrian Mutu, e mesmo indo a cinco pontos continua na quinta e penúltima colocação, justamente à frente dos luxemburgueses, com apenas um ponto. Relembrando, les Bleus lideram com 12, seguidos por Belarus e Albânia, com 8.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 25 de março de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 19:14

Vitória clássica, obrigação cumprida

Compartilhe: Twitter
lux_fra_rami_nasri_mexes_ap

Rami faz "cuti-cuti" no assistente Nasri depois do gol de Mexès, o louro (AP)

Estreando novo uniforme número 1 (camisa e calção azuis, meião vermelho) e capitão (o jovem Samir Nasri), a França derrotou Luxemburgo no “evento esportivo do ano” no minúsculo país. Philippe Mexès, de cabeça, e Yoann Gourcuff, de pé esquerdo, construíram os 2 a 0 que bastaram para que os Bleus chegassem a 12 pontos e mantivessem a liderança do grupo D das Eliminatórias para a Eurocopa 2012 independentemente das duas partidas de amanhã pela chave.

O início de jogo teve muitos passes laterais por parte da França, com dificuldade para penetrar na acirrada marcação adversária. Com o tempo, Luxemburgo se animou, foi mais ao ataque e animou os torcedores presentes no acanhado estádio.

Aos 18 minutos, primeira boa jogada francesa, quando Sagna foi à linha de fundo, cruzou com perigo no meio da área e Malouda finalizou errado, desperdiçando grande chance ao mandar a bola por cima do gol. Aos 28, falta perigosa perto do bico da grande área. Mexès sinaliza para Nasri onde ele deve colocar a bola. A cobrança vem no ponto e o zagueiro da Roma testa firme pra rede, facilitado pela desorganizada marcação dos “luxes”: 1 a 0. 

lux_fra_evra_abidal_afp

"Abidal, pensamos em você. Coragem!", diz a camisa do substituto de Eric, Patrice Evra

A vantagem trouxe mais tranquilidade para os franceses, ainda protagonistas das principais chances de gols. Aos 38, Ribéry enfiou bela bola para Malouda, que acabou demorando para arrematar, sendo travado dentro da área. Três minutos depois, Benzema arrancou em contra-ataque, deixou um marcador na saudade mas telegrafou a finalização de chapa, interceptada antes de chegar ao gol.

Sem alterações da parte de Laurent Blanc no intervalo, a França v0ltou a campo para ver se conseguia ao menos mais um gol e o sossego para garantir os três pontos. Luxemburgo não mudou sua proposta de jogo, tentando aproveitar roubadas de bola para sair com velocidade. Nasri acabou sendo presa para a marcação anfitriã, até se machucando aos 12 minutos. Aos 19, bom escanteio batido por Malouda, Rami subiu bonito de cabeça, mas estava longe do gol e permitiu a defesa sem rebote do goleiro. No minuto seguinte, bonita jogada individual de Benzema, habilidoso para abrir espaço entre os rivais, porém o chute foi para a rede do lado de fora.

A tranquilidade esperada veio aos 27, quando Mexès lançou boa bola para Ribéry na esquerda, o meia-atacante do Bayern abriu espaço para cruzar, a zaga rebateu mal, para o meio, e Gourcuff apareceu finalizando de primeira, pegando o goleiro no contrapé: 2 a 0. As chances de aumentar o escore não cessaram, com o desânimo que abateu Lux. Com 32, nova boa jogada de Ribérra, colocando Malouda em ótimas condições. Só que a finalização foi toda errada e nem a complementação de Benzema, livre, acertou o gol.

lux_fra_ribery_afp

Ribéry andou se irritando no 2º tempo com a marcação, mas foi melhor do que no 1º (AFP)

Nos minutos finais, Luxemburgo arriscou um tudo ou nada, depois de ter feito as três alterações, e trouxe alguma preocupação para Lloris. Por outro lado, deu espaços e Benzema e Ribéry tiveram mais oportunidades, não aproveitadas. Não precisava, pois a vitória foi assegurada depois de ouvirmos, nos minutos finais, os franceses cantando a bonita Marselhesa na arquibancada… A se destacar que Blanc não quis ou precisou mexer no time, que apresentou bom preparo físico.

Sub 21 bem também
Ontem, os “Espoirs” da França conquistaram uma vitória que merece ser registrada. Foi amistoso, mas foi contra uma seleção de respeito e que vem revelando muitos talentos: 3 a 2 na Espanha em Reims, com dois gols de Emmanuel Rivière, atacante do Saint-Etienne, e um de Magaye Gueye, do Everton.

Erick Mombaerts utilizou Gorgelin; Corchia (capitão), Stambouli, Mangala e Makonda; Guilavongui, Pajot (Varane), Saivet e Griezmann (Sylla); Gueye (Cabella) e Rivière. Resultado ótimo para ganhar confiança na preparação para as Eliminatórias da Euro sub 21, que começam em setembro.

lux_fra_gourcuff_afp

Para as leitoras: e esse estilo "barba por fazer" do Gourcuff, hein? Olhem só do pescoço pra cima, tá? (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 08:02

Por menos sofrimento

Compartilhe: Twitter

Mais rapidez e intensidade para chegar ao gol e abrir o placar. É isso o que Laurent Blanc disse aos jornalistas na quinta-feira sobre o que espera da França contra Luxemburgo hoje, no quinto jogo da equipe pelas Eliminatórias para a Eurocopa de 2012, às 17h de Brasília.

Como a última partida francesa no qualificatório foi contra o mesmo adversário, podemos dizer que o jogo desta sexta no estádio Josy Barthel, com arbitragem do norueguês Tom Harald Hagen, pode ser considerado de “volta”. E Blanc, no seu discurso, fez referência aos 2 a 0 construídos com certa dificuldade na “ida”, em Metz (12/10/2010), quando, em que pese a fragilidade luxemburguesa, Karim Benzema abriu o placar aos 22 minutos do 1º tempo e Yoann Gourcuff ampliou só aos 31 do 2º, quando os Bleus tinham um jogador a mais.

Ribéry e Evra

Ribéry e Evra: expectativa em torno do retorno à seleção (AFP)

Vencer o lanterna da chave, que ainda não sabe o que é fazer gol depois de quatro jogos, também garante a manutenção da liderança do grupo D, que terá, amanhã, Bósnia-Herzegovina x Romênia e Albânia x Belarus/ Bielorrússia. Lembrando que os primeiros colocados dos grupos e o melhor segundo se garantem diretamente na Euro, enquanto que os demais vices fazem mata-matas para definir as últimas vagas, a situação da chave é a seguinte:

França, 9 pontos, 4 jogos, 6 gols pró, 1 contra, saldo +5
2º Belarus, 8 pontos, 4 jogos, 3 gols pró, 0 contra, saldo +3
3º Albânia, 5 pontos, 4 jogos, 3 gols pró, 4 contra, saldo -1
4º Bósnia, 4 pontos, 3 jogos, 4 gols pró, 3 contra, saldo +1
5º Romênia, 2 pontos, 3 jogos, 1 gol pró, 3 contra, saldo -2
6º Luxemburgo, 1 ponto, 4 jogos, 0 gol pró, 6 contra, saldo -6

As equipes prováveis para Luxemburgo x França são:

LUX: Joubert; Schnell, Blaise, Hoffmann, Munsch; Laterza, Payal, Gerson, Bettmer e C. Leweck; Joachim.

FRA: Lloris; Sagna, Rami, Mexès e Evra; M’vila, Gourcuff, Nasri, Ribéry e Malouda; Benzema.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última