Publicidade

Posts com a Tag Gameiro

quarta-feira, 1 de junho de 2011 Eliminatórias da Eurocopa, Seleção francesa | 20:02

Sexta-feira tem seleção, e com TV

Compartilhe: Twitter

Reunida para um jogo nas Eliminatórias da Eurocopa de 2012 e dois amistosos, a França já está em Minsk, onde disputa o primeiro desafio, fora de casa, contra os bielorrussos. Para nós, a ESPN Internacional transmitirá a partida às 15h30 desta sexta, com abre de jogo às 15h15.

Les Bleus lideram o grupo D do qualificatório continental com 12 pontos e uma vantagem tranquila, por ora, sobre os vices, justamente Belarus e Albânia (?), com 8. Portanto, os donos da casa estão mais do que motivados para ganhar dos franceses e reduzir essa diferença de quatro para somente um ponto.

Na segunda-feira, outro compromisso em solo ex-soviético: amical contra a Ucrânia em Donetsk, terra do Shakhtar. Três dias depois, na quinta, outro amistoso, contra a Polônia, em Gdansk. Ambas as cidades deverão receber jogos da Eurocopa próxima, sediada conjuntamente por ucranianos e poloneses.

evra-reveillere-fff

Laterais no voo França-Belarus: Evra tentando esquecer o Barcelona com esse foninho? Réveillère avisando mamá que liga de novo quando chegar?

Entre os jogadores selecionados por Laurent Blanc, destaque para o retorno de Eric Abidal e o début de Marvin Martin, um prêmio à boa campanha do Sochaux na Ligue 1 e ao melhor assistente do torneio. Os retenus foram:

Goleiros: Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Cédric Carrasso (Bordeaux).

Defensores: Eric Abidal (Barcelona/ESP), Bacary Sagna (Arsenal/ING), Adil Rami (Lille – Valencia/ESP), Mamadou Sakho (Paris Saint-Germain), Patrice Evra (Manchester United/ING), Anthony Réveillère (Lyon), Younes Kaboul (Tottenham/ING) – O titular da zaga e algumas vezes capitão Mexès está lesionado

Meio-campistas: Alou Diarra (Bordeaux), Blaise Matuidi (Saint-Etienne), Yohan Cabaye (Lille), Yann Mvila (Rennes), Florent Malouda (Chelsea/ING), Abou Diaby (Arsenal/ING), Jérémy Menez (Roma/ITA), Samir Nasri (Arsenal/ING), Franck Ribéry (Bayern de Munique/ALE), Marvin Martin (Sochaux), Charles N’Zogbia (Wigan/ING), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha).

Atacantes: Kevin Gameiro (Lorient), Guillaume Hoarau (Paris Saint-Germain), Karim Benzema (Real Madrid/ESP), Loïc Rémy (Olympique de Marselha).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 24 de maio de 2011 Extracampo | 21:35

Campeão Lille dá as cartas entre os melhores da temporada

Compartilhe: Twitter

Tava na cara, tanto que acertei o melhor jogador e o melhor treinador da temporada na França, na 20ª edição da premiação da UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais, o sindicato da classe boleira): Eden Hazard e Rudi Garcia, claro, representando o mais eficiente clube da Ligue 1 2010/2011. O meia belga do Lille, eleito a maior revelação de 2009 e 2010 (Dúvida: no segundo ano o cara ainda pode ser considerado revelação?), faz história por ter sido o jogador mais jovem a ganhar o principal prêmio da organização. 

Desta vez, o troféu revelação ficou para o selecionável zagueiro Mamadou Sakho, do Paris Saint-Germain, e o de goleiro foi para Steve Mandanda, do vice-campeão Olympique de Marselha. A ofensivíssima seleção da Ligue 1, com quatro jogadores do LOSC Métropole, foi composta por:

garcia-et-hazard_ff

Eden e Rudi, pequenos apenas nos nomes, com seus troféus (France Football)

Steve Mandanda (O. Marseille); Anthony Reveillère (Lyon), Adil Rami (Lille), Mamadou Sakho (PSG) e Taye Taiwo (NIG – Marseille); Yann M’Vila (Rennes), Eden Hazard (Lille) e Nenê (PSG); Gervinho (CMA – Lille), Kévin Gameiro (Lorient) e Moussa Sow (SEN – Lille).

Não empolga a nenhum de nós, mas como melhores árbitros foram escolhidos Anthony Gautier, Clément Turpin (destaque do ano de 2010 segundo a France Football) e Nicolas Pottier.

Ligue 2
Acertei de novo: melhor jogador para Sebastian Ribas (Dijon) e melhor técnico para Bernard Casoni, do Evian. O time-base da segunda divisão reúne:

Benoît Costil (Sedan); Sébastien Corchia (Le Mans), Grégory Cerdan (Le Mans), Benjamin Genton (Le Havre) e Cédric Fabien (Boulogne-sur-Mer); Romain Alessandrini (Clermont Foot), Olivier Sorlin (Evian Thonon-Gaillard), Rudy Haddad (Châteauroux) e Benjamin Corgnet (Dijon); Sebastian Ribas (Dijon) e Sloan Privat (Clermont Foot). Boas opções para os times da elite, heim…

Mulheres e homenagens
Entre les femmes, errei: deu Elise Bussaglia, do Paris Saint-Germain. Houve troféus de honra em homenagem a Just Fontaine (maior artilheiro de uma única edição de Copa, com 13 gols em 1958), Michel Hidalgo (técnico da França campeã europeia em 1984), Philippe Piat (sem distinções como ex-jogador, mais é presidente da UNFP desde 1969!) e Sylvain Kastendeuch (um ex-atleta um pouco melhor, jogou no Metz e defendeu os Bleus no fim dos anos 80. Mas é co-presidente do sindicato da categoria, entendeu?).

O público ainda votou e elegeu a equipe símbolo dos (últimos) 20 anos da UNFP, com nomes marcantes, como os vários campeões mundiais em 1998: Fabien Barthez; Christian Karembeu, Lilian Thuram, Laurent Blanc e Bixente Lizarazu; Patrick Vieira (ainda joga), Robert Pirès (a.j.), Franck Ribéry (a.j.) e Zinédine Zidane (ainda brinca e detona); Jean-Pierre Papin e Pedro Miguel Pauleta. Técnico: Didier Deschamps. Timaço, né não?

Você também pode se interessar por:

> Nasri e Nenê são reconhecidos entre os melhores de 2010

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 23 de maio de 2011 Francês da 1ª divisão | 19:15

Sexteto europeu definido na Ligue 1

Compartilhe: Twitter

O fim de semana que confirmou o doublé do Lille na temporada definiu os seis franceses que jogarão os torneios continentais em 2011/2012. A única pendência nesse quesito é saber qual das ligas o Lyon e o PSG jogarão.

O tricampeão LOSC (sobre o feito eu voltarei em outro post) e o Olympique de Marselha, que já assegurou o vice-campeonato, vão para a fase de grupos da Liga dos Campeões. O terceiro colocado vai para a pré-Liga. Hoje ele seria o OL, mas o Paris Saint-Germain está dois pontos atrás e pode inverter essa situação se ganhar do Saint-Etienne fora de casa e os lioneses perderem para o Monaco no Principado na última rodada. Caso haja empate em Mônaco, o Paris precisará golear por ao menos cinco gols de diferença.

Quem ficar em quarto jogará a Liga Europa, ao lado de Rennes e Sochaux, que podem até trocar de posições na derradeira journée, mas não sairão do 5º e 6º lugares, suficientes para a disputa da UEL.

lille-sow-afp

Moussa Sow comanda a banheirada dos lilleanos (Túlio mergulhou com bandeira e tudo...) pelo título no vestiário do Parc des Princes. O senegalês marcou, foi a 22 gols na Ligue e defenderá o título de artilheiro geral na última rodada. Com 21, só Kevin Gameiro, do Lorient, o ameaça (AFP)

Por outro lado, bem distante mesmo, a disputa para não ficar em 18º e completar a tríade de rebaixados ao lado de Lens e Arles Avignon segue duríssima. O Monaco, com 44 pontos, é o atual antepenúltimo e precisa urgentemente acabar a temporada com os três pontos, senão tem tudo para repetir o vexame que desconhece desde 1976/77.

Auxerre e Brest, 12º e 13º colocados com 46, têm chances bem pequenas de queda, por haver mais gente em pior situação: Nice (14º, 46), Valenciennes (15º, 45), Caen (16º, 45) e Nancy (17º, 45), além do próprio Monaco. Nice e Valenciennes se enfrentarão.

Com bons públicos nos estádios, a 37ª rodada registrou os seguintes placares:

Paris Saint-Germain 2 x 2 Lille (Hoarau e Bodmer; Obraniak e Sow) – Mais de 40 mil no Parc des Princes. Hoarau foi expulso com dois amarelos, um por falta cometida e outro por simulação
O. Marseille 2 x 2 Valenciennes (André Ayew e Rémy; Kadir e Rémi Gomis) – Quase 53 mil no Vélodrome
Lyon 0 x 0 Caen – Mais de 37 mil no Gerland
Rennes 0 x 2 Nancy (Féret e Bakaye Traoré)
Sochaux 2 x 1 Saint-Etienne (Ideye 2 e Aubameyang)
Nice 2 x 0 Lorient (Mouloungui 2) – Romão-LOR foi expulso
Toulouse 2 x 0 Bordeaux (Cetto e Capoue)
Montpellier 0 x 1 Monaco (Moukandjo)
Auxerre 0 x 1 Brest (Larsen Touré)
Lens 0 x 1 Arles-Avignon (Kermorgant) – Mais de 28 mil no Felix-Bollaert

>>> Classificação a 1 rodada do final (3 pontos por disputar): Lille campeão com 73 pontos, seguido pelo vice Olympique de Marselha, com 67, Lyon, com 61, PSG, com 59, Rennes, com 56, e Sochaux, com 55. Veja a tabela completa da Ligue 1

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 17 de maio de 2011 Francês da 1ª divisão | 23:15

Marselha é todo Sochaux e Lyon é todo Bordeaux

Compartilhe: Twitter

Nenê pediria pra Wendel dar uma aliviada amiga em Bordô x Parri?

Muita expectativa em torno dos dois jogos que fecham a 36ª e penúltima rodada da Ligue 1, nesta quarta-feira às 14h de Brasília. Primeiro: se vencer o Sochaux em casa, o Lille fica muito, mas muito perto mesmo do título francês – o Olympique de Marselha teria que ganhar as duas últimas partidas, torcer para o LOSC perder as duas e ainda tirar uma grande diferença de saldo de gols.

Portanto, o Marselha botará toda sua fé amanhã no time do Carlão, que renovou até 2014. Pro seu consolo, o Sochô ainda luta por algo no campeonato:  a manutenção da sexta colocação, na pior das hipóteses, para atingir a Liga Europa 2011/2012. A situação poderia ser menos feia pro OM se a vitória tivesse vindo contra o Lorient, em vez do 2 a 2, que por sinal levou Kevin Gameiro a 21 gols, se igualando a Moussa Sow na artilharia da Ligue 1, totalmente indefinida ainda. Vamos ver se o oba-oba e a ressaca da conquista histórica da Copa da Liga não tiram o foco dos Dogues…

Segundo: se vencer o Bordeaux fora, o PSG ultrapassa o Lyon na tabela, rouba-lhe o terceiro posto e a vaga que fecha a zona de acesso à Liga dos Campeões da Europa. O problema dos lioneses é que os girondinos não aspiram a mais nada na competição, fazendo uma campanha final pra lá de desanimada.

Problema que começou quando o OL não conseguiu superar o Brest na segunda-feira, ficando no 1 a 1. Ederson abriu o placar de cabeça, se antecipando ao goleiro Elana. No intervalo, um brasileiro substituiu outro, com o recuperado Michel Bastos de novo em campo. Mas Lloris não teve chance quando o tcheco Licka acertou um balaço de fora da área. Gomis perderia ótimas chances, além de sair lesionado e, no fim das contas, ver sua temporada encerrada. Cris foi bem, mas faltou o gol lá na frente…

puel_afp

O técnico Claude Puel contra o Stade Brestois. Se o Lyon não se mantiver na Champions, a tragédia que se abaterá sobre o clube deve varrê-lo... (AFP)

Os resultados das partidas já finalizadas:

Lorient 2 x 2 O. Marseille (Lamine Koné e Gameiro; Rémy e Gignac)
Brest 1 x 1 Lyon (Licka; Ederson)

A medalha da Copa da França de Túlio de Melo. Desafio do Lille agora é garantir uma honraria mais elevada (Twitter)

Saint-Etienne 1 x 2 Rennes

(Sako; Montaño e Leroy) – ASSE dificilmente alcança Liga Europa, já garantida pelo Stade Rennais se a Champions não cair no colo

Caen 2 x 0 Montpellier (Hamouma; Kandia Traoré) – Oui, Caen pode cair. MHSC não deve sair do lugar

Valenciennes 1 x 1 Auxerre (Kadir; Jo-Gook) – AJA sussa, mas VAFC ainda preocupado

Arles-Avignon 1 x 0 Toulouse (Ghilas) – Lanterninha tenta evitar pior campanha de sempre na Ligue 1. É, valeu alguma coisa… TFC ainda ameaçado por queda

Nancy 3 x 0 Nice (Hadji, Berenguer e Bakaye Traoré) – Civelli-NIC foi expulso. Os times ocupam as duas posições imediatamente superiores à zona de rebaixamento. Ou seja, continuam tensos!

Monaco 1 x 1 Lens (Moukandjo; Varane) – O empate no finalzinho não bastou: O RCL está de volta à Ligue 2. E o ASM foi pra degola, bem ameaçado portanto

>> Confira como está a classificação geral. Para quem está torcendo?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 12 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 23:32

Nenê, Hazard, Gameiro ou Sow?

Compartilhe: Twitter

Temporada acabando e as tradicionais premiações apontam os nomes que se destacaram e concorrem às honrarias. A UNFP (União Nacional dos Futebolistas Profissionais), que chega à 20ª edição dos seus prêmios, revelou os indicados em suas sete categorias. As distinções serão entregues no dia 22, domingo, por volta das 16h de Brasília, à Paris, como dizem os franceses.

Para suceder Lisandro López no rol de ganhadores do prêmio principal, de melhor jogador do ano, concorrem o brasileiro Nenê, o belga Hazard, o senegalês Sow e o francês Hazard. Abaixo coloco alguns números para a gente poder opinar sobre quem leva a melhor, além dos meus pitacos.

Entre os melhores goleiros, concorrem Landreau, Lloris, Mandanda e Ruffier. Quanto aos técnicos, o nome que sucederá Jean Fernandez (Auxerre) será ou Deschamps, ou Garcia, ou Gillot ou Gourcuff pai. As mesmas categorias se repetem na segunda divisão, a Ligue 2. E o futebol feminino também é comtemplado, com apenas jogadoras de Lyon e PSG participando. Não, Shirley Cruz não é brasileira, mas costarriquenha.

Hazard à frente de Sow em treino do LOSC. Quem se dará melhor no troféu da UNFP? (Losc.fr)

E os nominados são:

>> Meilleur joueur de Ligue 1 : Kévin Gameiro (Lorient), Eden Hazard (Lille), Nenê (Paris-SG) e Moussa Sow (Lille). Acho que dá Hazard, a maior revelação e o mais habilidoso do provável campeão

– Nenê: 33 jogos, 14 gols (26% do PSG – 6º artilheiro-geral), 6 assistências (12º no geral), 3 cartões amarelos, 0 vermelho
Hazard: 35 jogos, 7 gols (11% do Lille), 9 assistências (6º no geral), 2 cartões amarelos, 0 vermelho
– Gameiro: 33 jogos, 14 gols (46% do Lorient – 2º artilheiro-geral), 3 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho
Sow: 33 jogos, 21 gols (34% do Lille – 1º artilheiro-geral), 2 assistências, 0 cartão amarelo, 0 vermelho

> Meilleur gardien de Ligue 1 : Mickaël Landreau (Lille), Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Marseille), Stéphane Ruffier (Monaco). Fico com Landreau, para homenagear o veterano

Meilleur entraîneur de Ligue 1 : Didier Deschamps (Marseille), Rudi Garcia (Lille), Francis Gillot (Sochaux) e Christian Gourcuff (Lorient). Escolho Garcia, porque com um elenco mais fraco do que o de Deschamps ficou quase sempre na frente na tabela

> Meilleur joueur de Ligue 2 : Benjamin Corgnet (Dijon), Rudy Haddad (Châteauroux), Sloan Privat (Clermont-Ferrand) e Sébastian Ribas (Dijon). Ribas lidera a artilharia do torneio, dois gols à frente de Privat (19 a 17). Fico com o “primo” do Diego ex-meia do Santos então…

> Meilleur gardien de Ligue 2 : Benoît Costil (Sedan), Bertrand Laquait (Evian-Thonon), Grégory Malicki (Angers) e Johny Placide (Le Havre). O líder Evian foi um dos que menos perdeu. Então vou de Laquait

Meilleur entraîneur de Ligue 2 : Patrice Carteron (Dijon), Bernard Casoni (Evian), Landry Chauvin (Sedan) e Olivier Pantaloni (AC Ajaccio). Casoni, porque está fazendo história no time criado em 2007

> Meilleure joueuse: Camille Abily (Lyon), Elise Bussaglia (Paris-SG), Shirley Cruz (Lyon) e Lara Dickelmann (Lyon). Abily tem jeitão de “Zinedina”, portanto…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 2 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 23:57

Lille goleia, passa Olympique e retoma ponta!

Compartilhe: Twitter

Tô triste por não ter tido tempo nem ontem nem hoje pra escrever além disso, mas trampei como um semi-escravo et, enfin, c’est la vie…

lille_afp

Os Dogues voltaram à liderança em grande estilo: agora vão mordê-la o suficiente para ela não cair? (AFP)

Os resultados da 33ª rodada: 

Lille 5 x 0 Arles-Avignon (Gervinho 2, Debuchy de pênalti, Cabaye e Rozehnal) – Corrèze-ARL foi expulso aos 13 do 2º 
O. Marseille 1 x 1 Auxerre (Valbuena; Jo-Gook) – Mais de 53 mil no Vélodrome
Toulouse 2 x 0 Lyon (Cetto e Cissokho contra) – Michel Bastos e Cissokho, do OL, foram expulsos
Paris-SG 3 x 1 Valenciennes (Nenê, Bodmer e Sakho; Pujol) – Mais de 29 mil no Parc des Princes
Rennes 0 x 0 Bordeaux
Lens 2 x 3 Lorient (Démont e Eduardo Santos; Gameiro 2 e Amalfitano)
Saint-Etienne 1 x 1 Monaco (Payet; Welcome)
Sochaux 1 x 0 Nancy (Butin)
Montpellier 0 x 0 Brest
Nice 0 x 4 Caen (Hamouma 2, Mollo e El-Arabi)

>> Classificação a 5 rodadas do final
Lille lidera com 63 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 62, Lyon e PSG, com 56, Rennes, com 52, e Lorient, com 47. Veja tabela completa

Eu tava crente que o OM, depois de roubar a liderança do LOSC, não a largaria mais. Caí do cavalo… E agora, o Lille finalmente garante esse título depois de tanto tempo na frente da tabela?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 25 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão | 00:08

Olympique pode virar líder na quarta. Monaco se livrando

Compartilhe: Twitter

Seis empates entre os oito jogos que abriram a 32ª rodada da Ligue 1. Para felicidade do Monaco, que fez sua parte contra o top 5 Rennes, várias dessas igualdades envolveram concorrentes dele na fuga contra o rebaixamento. Agora, o ASM é o 15º, com dois times e dois pontos entre ele e o Caen, primeiro time da zona da rebarba hoje. Seis pontos atrás do Caen, o Lens parece muito propenso a se juntar ao Arles Avignon na próxima Ligue 2…

Lá em cima, olha o Lille querendo entregar pro Marselha! Não conseguiu vencer o Lorient hoje e agora vai ter que secar o principal perseguidor na quarta. Saboreando mais uma conquista, a Copa da Liga vencida ontem, o OM só depende de suas forças para, em derrotando a tia Nice (apenas a 14ª) no Vélodrome, finalmente surrupiar a liderança do Francesão.

Logo abaixo do top 5, que se digladia por vagas na Liga dos Campeões, principalmente, e Liga Europa, como opção consoladora, a luta pelo sexto lugar ganhou o atrativo de valer presença no segundo torneio continental em importância (pelo fato do OM levar a Coupe de la Ligue e os finalistas da Copa da França serem Lille e PSG) a quem ali terminar. Hoje se trata do Bordeaux, mas Lorient, Saint-Etienne, Sochaux e Montpellier estão coladinhos e vivos nessa disputa, que é mais um atrativo da reta final do torneio.

Nesse mesmo momento, o gol do Lorient era muito celebrado também lá em Marselha... (AFP)

A rodada, por ora parcial:

Brest 2 x 2 Paris-SG (Larsen Touré e Grougi; Bodmer e Kantari contra, aos 42 do 2º tempo)
Monaco 1 x 0 Rennes (Welcome) – Muito bem-vindo esse gol do hondurenho George Wilson Welcome Wollins…
Bordeaux 2 x 0 Saint-Etienne (Plasil e Diabaté) – Quase 30 mil pessoas no Chaban-Delmas 
Valenciennes 1 x 1 Sochaux (Kadir; Ducourtioux contra)
Caen 1 x 1 Toulouse (Hamouma e Sissoko)
Auxerre 1 x 1 Lens (Boly e Roudet)
Nancy 0 x 0 Arles-Avignon – Baldé-ARL foi expulso aos 10 do 1º tempo 
Lorient 1 x 1 Lille (Gameiro; Debuchy) – Kevin, atacante “lorientês”, foi a 18 gols e está a 3 do líder na artilharia, Sow, que curiosamente é do LOSC

Quarta-feira, 27/4
14h – O. Marseille (2º) x Nice (14º)
14h – Lyon (3º) x Montpellier (10º)

*Classificação: Lille lidera com 60 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 58, Lyon e PSG, com 53, e Rennes, com 51. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 18 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão | 12:41

Lille e Marselha colados: Francês é o mais emocionante da Europa

Compartilhe: Twitter

O Campeonato Português 2010/2011 está decidido. O Espanhol, o Alemão e o Italiano, quase. O Inglês dificilmente escapará do Manchester United. E o Francês, alguém pode apostar no campeão sem medo de perder dinheiro? Não! Eis o nacional mais emocionante entre os mais importantes do continente.

Porque, com o empate do Lille em casa contra o Bordeaux e a vitória do Olympique fora sobre o Montpellier, a diferença entre primeiro e segundo é de apenas um pontinho. Derrotado pelo PSG no clássico da rodada, o Lyon se descolou do Marselha (cinco pontos) e vai ter que fazer muita catiça pra roubar o caneco dos dois primeiros.

taiwo_afp

"E a diferença ficou assim, ó", diz o lateral-esquerdo nigeriano do OM depois de cobrar o pênalti que decretou a importantíssima vitória de virada do mais que candidato ao bi (AFP)

Veja os resultados da 31ª rodada, faltando agora 7 para o final da Ligue 1 (21 pontos em disputa):

> Lille 1 x 1 Bordeaux (Sow; Savic) – Moussa Sow continua comandando a artilharia, com 21 gols 

> Montpellier 1 x 2 O. Marseille (Giroud; Gignac e Taiwo de pênalti) – Um expulso para cada lado, El-Kauotari e Rémy 

> Paris-SG 1 x 0 Lyon (Zoumane Camara, aos 32 do 2º) – Zagueiro marcou de joelho após bate-rebate em escanteio

> Rennes 1 x 2 Lorient (Dalmat; Gameiro e Coquelin) – Mais de 28 mil pessoas no Stade de la Route de Lorient. Mas o Stade Rennais teve dois expulsos, um em cada tempo. Gameiro foi a 17 gols e segue vice-artilheiro geral

> Saint-Etienne 2 x 1 Nancy (Payet 2; André Luiz) – O atacante do ASSE foi a 12 gols

> Sochaux 3 x 2 Caen (Dramé e Maiga 2; El-Arabi e Hamouma) – Logo atrás de Gameiro, o marroquino Younes El-Arabi foi a 16 gols. Maiga soma 13

> Toulouse 0 x 1 Auxerre (Dudka aos 47 do 2º) – Mais de 35 mil pessoas no Municipal de Toulouse

> Lens 1 x 1 Brest (Hermatch; Ayité)

> Nice 3 x 2 Monaco (Mounier, Civelli e Mouloungui; Gosso e Park de pênalti) – O sul-coreano do ASM foi a 12 gols

> Arles-Avignon 0 x 1 Valenciennes (Pujol) – Agora nem a matemática evita a queda do ACA. O atacante do VAFC atingiu 14 gols 

*Classificação: Lille lidera com 59 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 58, Lyon, com 53, PSG, com 52, e Rennes, com 51. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de abril de 2011 Francês da 1ª divisão | 18:42

Briga lá em cima, briga lá embaixo, briga de artilheiros

Compartilhe: Twitter

Mais uma rodada em que o Lille se deu melhor do que quase todos os seus seguidores: só o Olympique também ganhou, pois Rennes, Lyon e PSG não conseguiram somar mais do que um ponto no final de semana.

Sow

Sow se achando. Se vc fosse artilheiro e líder com sobras, também não estaria? (AFP)

A nove rodadas do final da Ligue 1 (27 pontos a disputar), a diferença entre o líder LOSC e o vice-líder Marselha é de quatro pontos. O OM deu uma desgarrada de Stade Rennais (3 pontos) e OL (quatro), o que o favorece, ao menos, na luta por uma vaga direta na Liga dos Campeões da Europa. Mais atrás, a quatro pontos do Lyon, surge o Paris Saint-Germain, que vai ter que ralar para tentar beliscar um lugar na Champions.

Na ponta debaixo da tabela, Arles-Avignon (12 pontos em 29 rodadas) já sabe que caiu, Lens está bem ameaçado e a última vaga de rebaixado está longe de ser definida. Quatro pontos acima do Lens, o Monaco (32 pontos) é o primeiro a se preocupar. Porém, sua diferença para Auxerre (33 pts), Valenciennes (34), Caen (35), Nice (35) e Brest (35) é mínima, “caível” em uma simples rodada. Para o campeonato, esse quadro é bastante interessante pois, quanto menos equipes desinteressadas houver nas rodadas finais, mais lutas e emoções dentro de campo veremos. 

Sow e El-Arabi, subindo. Nenê parado
Ambos marcaram na vitória do Lille sobre o Caen, 3 a 1 em Villeneuve D’Ascq. Moussa Sow, máximo artilheiro do torneio, soma 20 gols em 29 partidas do Francês (foi titular em 26), com uma média de 1 gol a cada 113 minutos jogados (1 jogo + 23 minutos). Constatamos, logo, que o senegalês atuou em todas as partidas dos Dogues e, o que é mais surpreendente além do fato de não ter se machucado a ponto de ter de desfalcar o time, o cara não tomou um mísero cartão amarelo, uma prova de que o fair-play não é característica só dos inocentes que não fedem nem cheiram…

Já Younes El-Arabi foi a 15 gols. É o terceiro maior goleador, um gol atrás de Kevin Gameiro, selecionável do Lorient. Como estacionou nos 13, Nenê agora tem a companhia de Lisandro López, argentino do Lyon, e vê um monte de gente encostando… O brasileiro do PSG não marca desde o início de janeiro, faz quase três meses. Na época, ele havia completado oito gols em dez partidas. Não por coincidência, seu jejum de gols é acompanhado pela queda de rendimento e de bons resultados dos parisienses.

Tentarei voltar ainda nesta segunda, vejamos…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 29 de março de 2011 Seleção francesa | 19:08

Tanto bateu que… não furou

Compartilhe: Twitter
rami_afp

Rami lamenta má sorte, em imagem que representa bem o que foi o amistoso (AFP)

Jogando de “marinheira”, a França cansou de perder gols e decepcionou o ótimo público que presenciou o amistoso contra a Croácia no Stade de France. Zero a zero no placar, pois não houve santo que transpusesse a meta de Stipe Pletikosa (que entrou na volta do intervalo), de um lado, e Hugo Lloris se manteve seguro nas vezes em que foi ameaçado, do outro. 

Como se temia, Evra e Ribéry receberam vaias dos torcedores, mesmo iniciando no banco de reservas. Quem também não escapou dos apupos foi o técnico croata Slaven Bilic, lembrado por ter “cavado” a expulsão do então zagueiro Blanc na semifinal da Copa de 1998, no mesmo estádio. A novidade na escalação francesa foi Matuidi no lugar de Gourcuff, para tristeza das fãs do moço. Do lado visitante, Dejan Lovren, zagueiro do Lyon, compunha a defesa.

Com dificuldades para criar chances no primeiro tempo, a França teve uma boa oportunidade, quando Benzema recebeu dentro da área, mandou lá em cima e culpou o gramado, e outra não tão boa assim, quando Menez e Benzema tabelaram e o atacante do Real Madrid mandou na lateral do gol. Em compensação, a Croácia assustou quando Mexès bobeou, Perisic roubou a bola pela direita do ataque e chutou cruzado, exigindo eficiente intervenção de Lloris.

ribery_afp

Ribérra enfrentou a multidão e não foi mal não, visse? (AFP)

Aos 14 da etapa complementar, Blanc sentiu que Ribéry tinha culhões e o colocou no lugar de Malouda. Um minuto depois, sacou Menez e pôs Remy. Benzema procurava o jogo, pelo menos se esforçava. Aos 22, Rami fez surpreendente jogada individual no ataque, saiu costurando pelo meio e chutou colocado de chapa, mas a bola acertou a trave, que pecado!

Sentindo o bom momento do time, a torcida começou a participar mais do jogo, incentivando e esquecendo-se de vaiar o Franck. Aos 29, Blanc deu uma chance a Gameiro, que veio para o lugar de Benzema, com dores na coxa – assim que chegou ao banco, Karim recebeu atendimento e curativo no local.

Dez minutos depois, Ribéry mostrou seu valor e talento ao executar preciso lançamento pra Remy, cara a cara com Pletikosa. Só que o atacante dominou errado, esticou demais e permitiu que o goleiro o desarmasse, perdendo “a” chance do jogo!

Com 42, Gourcuff foi incumbido de tentar algo, natural, mágico ou sobrenatural que fosse, no lugar de Nasri. Deu tempo para Yo-Yo bater falta, escanteio, chutar perigosamente e até Rami tentar uma bicicleta meio suicida dentro da área (tanto que deixou o jogo na maca…), mas Stipe estava imbatível e todos tiveram de deixar o Saint-Denis sem ver sequer um gol.

croacia_afp

Sempre efusivos demais (para não dizer violentos), os croatas fizeram a sua fumaça (AFP)

Eliminatórias para a Eurocopa 2012
Algumas seleções entraram em campo hoje pelo qualificatório, inclusive pelo grupo francês. Na chave D, a Romênia venceu Luxemburgo em casa por 3 a 1, com dois gols de Adrian Mutu, e mesmo indo a cinco pontos continua na quinta e penúltima colocação, justamente à frente dos luxemburgueses, com apenas um ponto. Relembrando, les Bleus lideram com 12, seguidos por Belarus e Albânia, com 8.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última