Publicidade

Posts com a Tag Gallas

quarta-feira, 13 de abril de 2011 Extracampo, Seleção francesa | 19:11

Internautas escolhem Sakho para o lugar de Mexès

Compartilhe: Twitter

Com Philippe Mexès fora de combate pelos próximos meses, Laurent Blanc deverá arrumar outro titular ao lado de Adil Rami na zaga da seleção francesa para os jogos que se avizinham.

Enquete promovida pelo site da revista France Football revelou a preferência dos internautas por Mamadou Sakho, beque do PSG (acho que a popularidade do time da capital pesou na escolha dos votantes tanto quanto os critérios técnicos…), como se vê:

> Mamadou Sakho (PSG):  52%
> Laurent Koscielny (Arsenal, ING):  25%
> Sebastien Squillaci (Arsenal, ING):  8%
> Younes Kaboul (Tottenham, ING):  5%
Julien Escudé (Sevilla, ESP):  2%
> Um outro:  7%
(número de votos: 10.577)

Sakho disputa bola com Yohan Mollo no último jogo do PSG, contra o Caen (AFP)

Eu daria mais chances a Kaboul, gostei do que vi dele em campo. Mas o jogador do Tottenham* também está fora de combate… Então fico com Koscielny, acho mais preparado do que Sakho. 

E você, quem escolheria?

*Tottenham que, nesta quarta, tombou diante do Real Madrid na Liga dos Campeões da Europa com o veterano William Gallas na defesa, incapaz de parar os gols merengues…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 4 de abril de 2011 Brasileiros na França, Franceses no mundo | 23:58

Lesões francesas, estagiário no Lyon…

Compartilhe: Twitter

Philippe Mexès, zagueiro que vem sendo titular da França de Laurent Blanc, está fora de ação por pelo menos quatro meses. Em jogo da Roma pelo Campeonato Italiano no domingo, contra a Juventus, o beque loiro teve ruptura dos ligamentos cruzados anteriores do joelho esquerdo, algo que parece grave só de se pronunciar…

mexes_reu

Quando vinha muito bem, Mexes se despede da temporada 2010/2011 (Reuters)

Com contrato acabando na equipe de Gian Oddi, Mexès pintava forte como reforço do Milan para a próxima temporada. Será que a grave contusão o afasta de Milanello? O que se sabe é o técnico dos Bleus vai ter que arrumar outro companheiro para Adil Rami na zaga da seleção para os três compromissos de junho (Belarus, dia 3, Eliminatórias da Euro / Ucrânia, dia 6, amistoso / Polônia, dia 9, amistoso) e provavelmente para o de agosto, o amistoso do dia 10 contra o Chile. 

Franceses fora… da Champions
A contratura na coxa esquerda tirou mesmo Karim Benzema do ataque do Real Madrid contra o Tottenham, nesta quarta-feira, no jogo de ida pelas quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Do lado inglês, também é certo que a defesa não terá Younes Kaboul, de molho faz tempo. Já a presença de William Gallas é incerta, devido a problema no joelho.

Ederson voltou
O meia brasileiro participou dos últimos 45 minutos do empate entre Lyon e Nice, no domingo. Embora seu time tenha permitido o empate dos donos da casa, depois de estar ganhando por 2 a 0, o retorno foi bastante especial para o jogador, como podemos constatar no Brasil Lyonnais.

Falando em OL…
… o leitor Eduardo Júnior informa que uma promessa do futebol brasileiro está partindo para estágio no clube lionês neste mês de abril. É o goleiro Fernando Milioli Magagnin, de 16 anos, da equipe juvenil do Criciúma-SC.

De 4 a 16 de abril, o garoto treinará com o preparador de goleiros Bats, camisa 1 da França em 1986 que defendeu o pênalti de Zico na Copa do Mundo do México. O brasileiro viaja com Toninho da Silva, ex-treinador das categorias de base do Criciúma e irmão de Sonny Anderson, ex-atleta e hoje dirigente do Lyon, que os recepcionará por lá. Que Fernando deixe uma boa impressão e abra portas na Europa!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 18 de março de 2011 Extracampo, Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 19:40

Ligue 1, Henry na TV, franceses na Champions…

Compartilhe: Twitter

A rodada do fim de semana do Campeonato Francês, a 28ª, promete muito, com dois pegas envolvendo nada menos que quatro dos cinco postulantes ao título: o terceiro Lyon recebe o segundo Rennes, e o quinto PSG viaja para encarar o quarto Olympique, no clássico das maiores torcidas do país.

Sobrou o líder Lille, que enfrenta o décimo segundo Brest fora de casa. Vai se aproveitar e aumentar a vantagem na ponta? Se bem que o SB29 é assaz forte em seus domínios…

*Sábado, 19/03
15h – Brest (12º) x Lille (1º) – TV5 anuncia transmissão ao vivo
15h – Montpellier (6º) x Lens (19º) 
15h – Lorient (9º) x Saint-Etienne (7º)
15h – Valenciennes (14º) x Bordeaux (8º)
15h – Toulouse (10º) x Nice (13º) 
15h – Auxerre (18º) x Sochaux (11º) 
17h – Lyon (3º) x Rennes (2º) SporTV2 anuncia transmissão em VT às 23h

*Domingo, 20/03
13h – Caen (15º) x Arles-Avignon (20º)
13h – Monaco (17º) x Nancy (16º) 
17h – O. Marseille (4º) x Paris-SG (5º) – Brandão deve voltar ao OM na terça para definição do seu futuro. Le Parisien informou que o Cruzeiro pode ser seu destino quando acabar a temporada europeia…

*Classificação: Lille lidera com 52 pontos, seguido por Rennes, com 49, Lyon e Olympique de Marselha, com 48, e PSG, com 45. Veja tabela completa


Thierry Henry na Rede Record
Escondido no New York Red Bulls, o maior artilheiro da história da seleção francesa foi entrevistado por repórter da emissora nos EUA e aparecerá amanhã de manhã no programa Esporte Fantástico, que começa às 10h. Eis trecho do informe que recebi:

Henry revelou que cresceu vendo Romário jogar é que é fã de Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo. “É uma pena para o esporte vê-lo parar de jogar”, diz ele, referindo-se ao Fenômeno. Muito bem-humorado, ele se rendeu à supremacia da seleção brasileira. “Nós [franceses] só temos um título. Vocês têm cinco. Todo mundo tenta alcançar vocês. Todo mundo”, disse. Ele confessa que nunca visitou o Brasil. “Eu fui convidado pelo Roni – como Thierry chama Ronaldinho Gaúcho -, pelo Daniel Alves, pelo Sony Anderson, mas, não sei por quê, nunca tive tempo de ir. Quem sabe, se estiver livre, vou na Copa do Mundo. Tomara que eu vá um dia!”

Alguém se disponibiliza a mostrar o Brasil pro Thierry?

Embates franceses
Definidos os confrontos das quartas de finais da Liga dos Campeões, sem times franceses (chuif…), em dois duelos veremos disputas entre jogadores gauleses: Karim Benzema x William Gallas em Real Madrid versus Tottenham e Nicolas Anelka x Patrice Evra em Chelsea versus Manchester United. Um deles tem boas chances de estar na finalíssima. Quem chega lá?

Abidal, só 2011/2012
Operado na quinta-feira de um tumor no fígado com sucesso, e com previsão de alta no fim da semana que vem, o lateral-esquerdo francês do Barcelona só deve retornar ao futebol em agosto, no início da próxima temporada. Que volte revigorado, então.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 10 de março de 2011 Brasileiros na França, Extracampo, Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 00:15

Apanhado

Compartilhe: Twitter

Como me ausentei nos últimos dias por causa do Carnaval, passo brevemente pelos fatos recentes que merecem registro:

>> Lille e Rennes, quem diria, abriram vantagem na corrida pelo título do Campeonato Francês. O primeiro venceu um concorrente direto dos dois, o Olympique, arrancando um 2 a 1 nos acréscimos (com Frau, aproveitando cruzamento de Emerson). O segundo também ganhou fora de casa, do Montpellier, 1 a 0. Quem bobeou foi o PSG, caindo diante do Auxerre, que não vencia há 16 partidas… Melhor pro Lyon, que atropelou o Arles (5 a 0), com triplé de Lisandro e gol de Michel Bastos. O Bordeaux não decepcionou: 3 a 1 no Brest.

* Classificação: Lille e Rennes lideram com 49 pontos, seguidos por Olympique de Marselha e Lyon, com 45, e PSG, com 44. Veja tabela completa

lille_marselha_ap

Olha quem continua no topo da Ligue 1: os Dogues. Mas não estão sozinhos... (AP)

>> E o Brandão, heim? Se meteu em um enrosco, chegou a ser até preso, mas já está em liberdade. Dois dias depois da derrota do Marselha, da qual participou, foi acusado de estupro por uma moça de 23 anos. Primeiro ela disse que o brasileiro a violentou no carro no último dia 1º, quando a levava para casa após saírem juntos de uma casa noturna em Aix-en-Provence, o que gerou a detenção e a investigação que envolveu depoimentos de jogadores do Olympique. Depois, porém, ela retirou a acusação, o atacante foi solto no dia seguinte, mas continuará respondendo ao processo. Ele não nega que saiu com a dita cuja e os dois tiveram relação sexual. Só que ela diz que foi forçada e ele, consentida. Dá a pinta de que ela exagerou na história porque ficou p… com ele por algum motivo que desconhecemos, não?

>> Notícia triste de bastidores nesta quarta-feira: depois de 15 anos, foi rompido o enlace matrimonial entre Christian Karembeu, ex-jogador e campeão do mundo em 1998, com a modelo eslovaca Adriana Karembeu, loiríssima que já arrancou suspiros por aqui outrora. Diz o espanhol Mundo Deportivo que a iniciativa foi dela, cansada da superexposição do casal na mídia e, especificamente, de fotos delas com outros homens cotados como supostos amantes. Agora é torcer para que ela continue como embaixatriz da Federação Francesa de Futebol.

>> Dois zagueiros franceses viveram sortes opostas nas oitavas da Liga dos Campeões. Na terça-feira, Phillippe Mexès foi expulso ainda no primeiro tempo e naufragou, com a Roma, diante da brasileirada do Shakhtar Donetsk. Nesta quarta-feira, William Gallas salvou em cima da risca um gol quase feito por Robinho, com Gomes já batido, e ajudou o Tottenham a eliminar o poderoso Milan, que teve em Mathieu Flamini uma cópia do jeito Gattuso de entrar duro demais pra cima dos adversários e sem eficiência, lamentavelmente…

tottenham_milan_gallas_salva_ap

Saaaalva Gallassss! E os Spurs alcançam as quartas pela 1ª vez na Champions (AP)

>> As oitavas de finais da Liga Europa têm os confrontos de ida nesta quinta-feira. O representante francês na parada é o Paris Saint-Germain, que encara o Benfica às 17h05 de Brasília. O jogo em Portugal terá transmissão da ESPN HD (aaahhh…) e também da RedeTV! (êêê!) ao vivo.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:12

Ligas europeias, versão 2011: preparemo-nos

Compartilhe: Twitter

Fevereiro significa volta de Liga dos Campeões e Liga Europa, e o que é melhor, iniciando as fases decisivas, com mata matas, sem aqueles timecos que apenas fazem figuração na etapa de grupos. Bacana que são apenas 2 jogos no mesmo dia e horário, no caso da liga maior, aí dá pra assistir a ambos aqui na redação do iG…

Curiosamente, o Lille, melhor time do Campeonato Francês, hoje não joga a Champions, supra-sumo do continente (e de muitos jornalistas brasileiros…), mas a secundária Europa League. Os 4 franceses vivos nas competições europeias estão entre os 5 melhores da Ligue 1 – a exceção é o Rennes, atualmente vice-líder.

Lyon e Marselha entram em campo só na semana que vem, mas já pensam, obviamente, em seus confrontos, assim como seus adversários. No sábado, por exemplo, José Mourinho foi a Saint-Etienne ver o OL jogar, para ver se finalmente seu Real Madrid não sucumbe aos lioneses… Ederson pode ser a novidade no time francês, caso sua recuperação evolua bem.

PSG e Lille já jogam nesta quinta-feira. Como a maioria de nós gostamos do futebol europeu, e não só do francês, segue a programação das Ligas nas próximas duas semanas:

Liga dos Campeões, oitavas, ida

 Terça, 15/02
17h45 – Milan x Tottenham / Valencia x Schalke 04

Quarta, 16/02
17h45 – Arsenal x Barcelona / Roma x Shakhtar Donetsk 
               
Terça, 22/02
16h45 – Lyon x Real Madrid / Copenhague x Chelsea

Quarta, 23/02
16h45 – O. Marselha x Manchester United / Inter x Bayern

gallas_tottenham

William Gallas, do Tottenham, é um dos tantos franceses fora da França que acompanharemos nas ligas europeias (Reuters)


Liga Europa, 1/16-avos, ida e volta
 

 

Terça, 15/02
15h – Aris x Manchester City

Quinta, 17/02
16h – BATE Borisov x PSG         18h05 – Lille x PSV Eindhoven             + 13 jogos

Terça, 22/02
14h – CSKA Moscou x PAOK

Quarta, 23/02
14h – Porto x Sevilla

Quinta, 24/02
15h – PSV x Lille           17h05 – PSG x Bate Borisov              + 12 jogos

Sendo possível, volto mais tarde com mais informações

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

domingo, 2 de janeiro de 2011 Seleção francesa | 20:08

Foi o pior ano da seleção francesa desde 1930

Compartilhe: Twitter

Iniciado o 2011 (começaram bem? o que desejam? Eu quero não apenas falar de e escrever sobre futebol, mas tentar jogar um pouquinho também…), é hora de fazer um breve balanço do 2010 da seleção francesa.

Embora o desfecho da temporada tenha sido belo, com uma vitória sobre a forte rival Inglaterra no lendário Wembley, a França apresentou um desempenho deficitário no ano: 13 jogos, 5 vitórias (4 já na era Laurent Blanc), 2 empates e 6 derrotas, com 13 gols pró e 13 contra, um saldo que ilustra bem um recomeço: zero.

Les Bleus não conheciam seis derrotas no mesmo ano desde 1930 (!), quando perderam 60% dos 10 jogos realizados no ano. Se esquecermos o fiasco na Copa 2010, pelo menos anima saber que um novo treinador está no lugar de Raymond Domenech, que definitivamente já deu o que tinha que dar.

inglaterra_frança_fff

Batendo os ingleses, a França que terminou o ano deixou o torcedor com um sentimento de esperança para os próximos desafios (Foto: Site FFF)

Eis as partidas da seleção em 2010, que teve Benzema como artilheiro, com três gols:…

3 de março (amistoso, Saint-Denis): França 0 x 2 Espanha
26 de maio (amistoso, Lens): França 2 x 1 Costa-Rica (gols franceses: Sequeira contra, Valbuena)
30 de maio (amistoso, Rades): Tunísia 1 x 1 França (gol francês: Gallas)
4 de junho (amistoso, Saint-Pierre de la Réunion): França 0 x 1 China
11 de junho (Copa do Mundo, Cidade do Cabo): França 0 x 0 Uruguai
17 de junho (Copa do Mundo, Polokwane): França 0 x 2 México
22 de junho (Copa do Mundo, Bloemfontein): França 1 x 2 África do Sul (gol francês: Malouda)
11 de agosto (amistoso, Oslo): Noruega 2 x 1 França (gol francês: Ben Arfa)
3 de setembro (Eliminatórias da Euro, Saint-Denis): França 0 x 1 Bielorrússia
7 de setembro (Eliminatórias da Euro, Sarajevo): Bósnia 0 x 2 França (gols franceses: BenzemaMalouda)
9 de outubro (Eliminatórias da Euro, Saint-Denis): França 2 x 0 Romênia (gols franceses: RémyGourcuff)
12 de outubro (Eliminatórias da Euro, Metz): França 2 x 0 Luxemburgo (gols franceses: Benzema e Gourcuff)
17 de novembro (amistoso, Londres): Inglaterra 1 x 2 França (gols franceses: BenzemaValbuena)

… e o calendário para este 2011, com um início pra lá de interessante e a definição das Eliminatórias para a Eurocopa de 2012:

9 de fevereiro (amistoso, Saint-Denis): França x Brasil
25 de março (Eliminatórias da Euro, Luxemburgo): Luxemburgo x França
29 de março (amistoso): França x rival a definir 
3 de junho (Eliminatórias da Euro, Minsk): Bielorrússia x França 
7 de junho (amistoso, Kiev): Ucrânia x França
10 de agosto (amistoso): França x Chile
2 de setembro (Eliminatórias da Euro, Tirana): Albânia x França
6 de setembro (Eliminatórias da Euro): Romênia x França
7 de outubro (Eliminatórias da Euro): França x Albânia
11 de outubro (Eliminatórias da Euro): França x Bósnia

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 26 de novembro de 2010 Franceses no mundo | 10:01

Samir Nasri x William Gallas

Compartilhe: Twitter

Aconteceu no sábado, no clássico londrino entre Arsenal e Tottenham pela Premier League. Dos vários franceses que compõem as equipes inglesas, rivais tradicionalíssimas, dois se estranharam antes da bola rolar: o meia Samir Nasri, 23 anos, e o zagueiro William Gallas, 33. Animosidade que partiu do primeiro, quando se recusou a cumprimentar o segundo conforme o protocolo manda e podemos comprovar no vídeo abaixo – repare na “esnobada” de Nasri quando se aproxima de Gallas:

Pelo que sei, o transcorrer do jogo não evidenciou nenhum lance ou momento ríspido entre os dois, e os fatos visíveis pararam por aí. Depois, Gallas não negou a “ignorada” de Nasri, mas pareceu não ficar muito irritado, até porque esperava por hostilidade e considerou generosa a recepção que teve da torcida do Arsenal, time que defendeu por quatro temporadas, até meados deste ano, antes de partir para o rival. Disse o zagueiro: “Acho que ele é jovem ainda, você tem que entendê-lo. Foi lamentável essa reação dele. Sim, vamos apenas dizer que foi vergonhoso para ele”.

Porém, o meia dos Gunners não se preocupou em apaziguar a situação: “Eu nunca desceria tão baixo como ele para trocar o Arsenal por seu pior inimigo”, afirmou, acirrando a rivalidade entre os clubes. Mas segundo a imprensa inglesa, o descontentamento de Samir com William tem origens mais antigas, remontando à seleção francesa que disputou a Eurocopa de 2008. Já experiente naquele grupo, o zagueiro teria mencionado em sua autobiografia “a insolência de um rapaz não identificado, que passou a ser conhecido como Nasri”.

Pelo que se apurou na época, Gallas e Thierry Henry, outro jogador tarimbado nos Bleus, não aprovaram o comportamento dos jovens Nasri e Karim Benzema nos bastidores daquele torneio continental, apelidando-os de “pequenos imbecis”. A consequência é que, mesmo companheiros de Arsenal desde a competição na Áustria/Suíça, Nasri e Gallas não se falaram mais, e o primeiro chegou a dizer que outros colegas de clube evitavam conversar com o zagueirão e aproveitar o vexame de Henry, Gallas e companhia na Copa 2010 para pedir respeito aos mais jovens, questionando a postura dos trintões.

gallas_nasri

Gallas e Nasri, outrora colegas, hoje desafetos (Arte: Le Blog du Foot)

Aí a consequência foi o non-shaking-hands, repetindo o que Wayne Bridge, do Manchester City, fizera com John Terry, do Chelsea, pelo mesmo Campeonato Inglês, em fevereiro deste ano. A diferença é que Bridge ganhou o jogo e não mais falou sobre o caso, enquanto Nasri perdeu para Gallas no último sábado e ainda comentou: “Há altos e baixos na vida e admiro o modo pelo qual um jogador se mantém leal a seu time. Não consigo me imaginar deixando meu time para jogar no seu maior inimigo. Há muitos outros clubes, clubes em Londres até. Mas jogar no Tottenham? Não posso compreender”.

Pelo jeito, uma trégua nessa guerrinha pública (besta, a meu ver) ainda está longe do fim…

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 24 de novembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:05

Lyon perde mas se classifica na Liga

Compartilhe: Twitter
schalke_lyon_pose_afp

Em que pesem as derrotas fora de casa para Benfica e Schalke, o OL merece a vaga (AFP)

Schalke 04 3 x 0 Lyon, Hapoel Tel Aviv 3 x 0 Benfica. Não esperava por placares como esse nessa rodada de hoje do grupo B da Liga dos Campeões da Europa. Mas eles aconteceram e felizmente beneficiaram a equipe francesa, apesar de ela ter perdido seu segundo jogo consecutivo e acumulado 7 gols sofridos nos últimos 180 minutos. 

schalke_lyon_raul_lovren_afp

Lovren observa o veterano Raúl: ver demais e marcar de menos foi um dos erros lioneses em Gelsenkirchen (AFP)

Na Veltins-Arena, os donos da casa começaram com tudo, indicando que a parada para Lloris seria dura. Logo aos 13 minutos, Lisandro López perdeu a bola, Diakhaté afastou mal o cruzamento na área e a bola sobrou para Raúl. O zagueiro tentou se recuperar travando o espanhol, mas a redonda sobrou limpa para Farfan colocar no canto do gol, fazendo 1 a 0.

Lisandro teve boa chance de empatar aos 16, mas chutou em cima de Neuer, a poucos metros do goleirão. Perdeu, pagou: já aos 20 o Schalke ampliaria, em ataque rápido, quando Kluge avançou e passou para Huntelaar, que se antecipou a Cissokho depois que Raúl saiu da bola e levou a marcação junto. A ausência de Cris era sentida na organização da zaga lionesa.

O OL não se abateu, tentou subtrair o prejuízo, mas cedia o contra-ataque, o que tornava as coisas muito perigosas para a defesa. Claude Puel veio com o atacante Gomis no lugar do lateral-esquerdo Cissokho, trazendo Michel Bastos para compor o setor pela defesa – o que não gosto, pois afasta o brasileiro da área, e também acabou não dando resultado… Mas enfim, perdido por um, perdido por mil né?

Minutos depois, Gourcuff foi atingido duramente por Metzelder e teve de sair de maca, dando lugar a Pjanic. Até Licha sairia, para a entrada de Pied. Mas nada lá na frente. E o Lyon conseguiu a proeza de tomar mais um gol de “Ruim-telaar” (como os colegas dizem aqui na redação), que recebeu passe na área francesa com todo o tempo do mundo, sassaricou na frente de Reveillère e chutou. A bola prensada encobriu Lloris, pra sorte do holandês: 3 a 0, fecha a conta e passa a régua na Alemanha.


L’autres françaises

Younes Kaboul: titular ao lado de Gallas no Tottenham, time de Gomes (o goleiro grande!). Mostrou presença de área e habilidade ao abrir o placar contra o Werder, em voleio após cruzamento à meia-altura de Lennon. Foi o 2º gol em 2 jogos! E acabou como top player do site oficial da Champions, com nota 8,5 dos “experts”.

Jonathan Biabiany: titular na Inter de Milão contra o Twente. Muito bem no primeiro tempo, “causando” pelo lado direito do ataque. Jogou até os 35 do 2º tempo.

Djibril Cissé: artilheiro do Campeonato Grego e capitão do Panathinaikos, perdeu ótima chance de gol contra o Barcelona aos 19, quando invadiu a área e finalizou para bela defesa de Valdés. Ficou até o fim liderando o ataque do time ateniense, porém se mostrou improdutivo.

Jean-Alain Boumsong: titular também nos 90 minutos, mas a defesa levou três do Barça né…

Sidney Govou nem banco foi hoje na Grécia, não sei se machucou-se, mas soube que já anda deixando o clube insatisfeito pela vida noturna agitada…

Eric Abidal: foi banco na equipe espanhola, entrou aos 26 do 2º tempo. Com as boas partidas dos brasileiros Adriano e Maxwell pela lateral-esquerda, pode acabar sobrando no time catalão, que terá o superclássico contra o Real Madrid pelo Campeonato Espanhol na próxima segunda-feira.

kaboul_tottenham_werder_afp

Que Kaboul está com a bola cheia, ninguém duvida! (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 1 de setembro de 2010 Franceses no mundo | 00:37

E se fechou o mercado

Compartilhe: Twitter

Muita movimentação nesta terça-feira entre os clubes europeus, por conta do último dia para as transferências de jogadores para a primeira metade da temporada, até dezembro. Mas vou colocar aqui negócios fechados envolvendo clubes e jogadores franceses há mais tempo também, porque fiquei devendo, admito:

– O futebol francês perdeu Asamoah Gyan, artilheiro do Rennes que se valorizou pelo que fez com Gana na Copa 2010 e foi para a prima rica Premier League: assinou com o Sunderland. Que o sol não lhe faça cair na obscuridão!

– Outro que foi bem na Copa foi o japonês Daisuke Matsui, meia do Grenoble, que anteriormente passara por Le Mans e Saint Etienne. Merecia mais do que uma segunda divisão francesa, então conseguiu ser emprestado para o Tom Tomsk (?), atualmente o oitavo colocado no Campeonato Russo. Que suporte o frio de lá com disciplina oriental.

– Só o Valencia levou três jogadores que atuavam na França: o zagueiro/volante português Ricardo Costa, do Lille, o volante argentino Alberto Costa, do Montpellier, e o meia francês Sofiane Feghouli, do Grenoble, este uma promessa, pois já atuou na seleção francesa sub-21.

– Quem vem de fora para a Ligue 1 é o zagueiro senegalês Pape Diakhaté, reforço do Lyon, como já informou na segunda-feira o amigo Filipe Papini, do BrasiLyonnais.Foi emprestado pelo Dínamo de Kiev, da Ucrânia, por uma temporada. Na verdade ele retorna para o país onde surgiu para o futebol – foram seis temporadas de Nancy – e no qual jogava desde o começo do ano, emprestado para o Saint-Etienne.

– Com uma fase de grupos nada fácil de Liga dos Campeões da Europa pela frente, o Auxerre apostou em uma solução caseira nesta terça: Frédéric Sammaritano, meia ofensivo do Vannes, é a novidade. Chega por três anos, depois de se destacar como campeão europeu sub-19 ao lado de Yoann Gourcuff. Com 1,62m, dizem que lembra Mathieu Valbuena, do Olympique de Marselha. Vamos ver então!

– Surpreendeu a ida de David Trezeguet para o Hercules. Que ele sairia da Juventus, da Itália, já se sabia. Mas o experiente atacante provavelmente lutará contra o rebaixamento no pequeno clube de Alicante, de volta à elite espanhola… A Juve tomou emprestado o lateral Armand Traoré, que não conseguiu se firmar no Arsenal, detentor dos seus direitos, e já passou uma temporada no Portsmouth.

– O Arsenal dispensou o zagueiro Mikael Silvestre, que acertou com o alemão Werder Bremen por dois anos. E viu o também defensor  William Gallas acertar com o Tottenham, um dos seus rivais no Campeonato Inglês. Por sua vez, Arséne Wenger não se fez de rogado e repôs as perdas francesas na posição: o compatriota Sebastien Squillaci, ex-Sevilla, se juntou ao já chegado Laurent Koscielny, vindo do Lorient semanas atrás.

– Antes de receber Gallas, o Tottenham transferiu definitivamente o também zagueiro Dorian Dervite, que eu sinceramente não conhecia, para o Villarreal. Vindo para o clube inglês procedente do Lille, o jovem de 22 anos foi prejudicado por uma grave lesão no joelho enquanto esteve na terra da Rainha. Então, que seu futebol apareça na Espanha!

Desculpem por deixar alguns nomes sem citar. Esqueci alguém relevante desse fim de janela?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 22 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 12:58

França 1 x 2 África do Sul: para esquecer

Compartilhe: Twitter

O time titular entrou bastante modificado, assim como os Bafana. Clichy, Squillaci, Gourcuff, Cissé e Alou Diarra vieram como titulares, com este herdando a braçadeira de capitão de Evra, no banco. Henry seguia reserva, vendo Gignac e Djibril no ataque.

Mas uma das raras coisas que deram certo para os Bleus nesta Copa 2010 foi o hino, a sempre bela Marselhesa. Nos primeiros minutos, a França teve mais posse de bola e volume de jogo ofensivo, até a falha fatal de Lloris, errando o tempo de bola na saída em escanteio, que resultou em gol de cabeça de Khumalo, vencendo, pelo alto, o também alto Diaby.

Até aí, jogo perdido, mas reversível. Porém, Gourcuff, decepção total nesta Copa, fez o favor de subir com um sul-africano com o cotovelo na cara dele, que desabou no gramado. Expulso o camisa 8, a tarefa francesa começou a beirar o impossível.

Para piorar – sim, tinha como piorar! -, o azar francês apareceu em ataque da África do Sul, aproveitando-se do dia infeliz de Diaby, que ao rebater um cruzamento na área deu de presente para Masilela. O camisa 3 cruzou na pequena área, Mphela chegou mais firme que Clichy e, na força física, fez 2 a 0. Vendo o replay da jogada, constata-se como a zaga francesa se movimentou em função da bola e descuidou da marcação: erro primário! 

gourcuff domenech frança africa do sul

Gourcuff passa por Domenech: o meia só repetiu Kaká na expulsão besta

Antes do apito final, Gallas perdeu boa chance de descontar, não conseguindo desviar, cara a cara com o goleiro, perigoso cruzamento na área africana. Raymond Domenech colocou Malouda no lugar de Gignac para recompor o meio de campo, na volta do intervalo.

Chegando aos 10 minutos, Henry finalmente teve a chance de jogar, na vaga de Cissé. O problema é que a África do Sul seguia motivada, pois, com o Uruguai batendo o México, ela precisava de mais dois gols para seguir viva na Copa. No entanto, uma jogada enfim teve final feliz para os Bleus: Sagna e Diaby tabelaram no meio, o lateral avançou, meteu boa bola para Ribéry e, na área e de cara para Josephs, o camisa 7 cruzou para Malouda só empurrar para as redes, com o gol vazio. Ufa, não vamos sair do Mundial repetindo o vexame de 2002, com gols pró zero!

Aos 36, Domenech colocou o queridinho Govou no lugar de Diarra, tentando pôr o time mais pra frente. Henry e Ribéry demonstraram fôlego e vontade nos minutos finais, mas pouco perigo criaram. Acabou a Copa 2010 para a França, e é melhor ir para casa mesmo e recomeçar do zero quando Blanc chegar. Chega de “causar” na África, pois o título de maior decepção do Mundial ninguém deve tirar dos Bleus…

> Leia o relato completo de França 1 x 2 África do Sul

> Veja a galeria de imagens da partida em Bloemfontein

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. Última