Publicidade

Posts com a Tag Fifa

terça-feira, 28 de outubro de 2014 Franceses no mundo | 13:12

Benzema e Pogba são os franceses na lista da Fifa

Compartilhe: Twitter

Foram divulgados os concorrentes ao Bola de Ouro 2014 na madrugada de hoje, desta vez sem Ribéry, terceiro colocado na última eleição: saiba mais clicando aqui

Chamada da matéria publicada no site do jornal francês L’Equipe

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014 Extracampo, Franceses no mundo | 18:11

Ribéry perde a Bola de Ouro 2013, mas foi justo

Compartilhe: Twitter

Atualizado em 15/01

Brilha no Brasil que essa derrota na Suíça nem será sentida! (Photo: Fifa.com)

Brilha no Brasil que essa derrota na Suíça nem será sentida! (Photo: Fifa.com)

Embora tenha ganhado 41 de seus 45 jogos oficiais com o Bayern de Munique em 2013, e sido o principal jogador da seleção francesa na campanha das Eliminatórias pra Copa que culminou com o passaporte para o Brasil, Franck Ribéry não levou o principal prêmio individual do futebol pelo desempenho no ano passado.

O Scarface foi muito eficiente, mas quase todo o Bayern também foi. Já Cristiano Ronaldo foi mais brilhante, indefectível goleador tanto por Real Madrid quanto por Portugal, e mereceu o bicampeonato, destronando enfim a Lionel Messi.

Considerando a votação de cada um, no entanto, não é absurdo considerar que tenha havido “empate técnico tríplice”: CR7 27,99%, LM10 24,72%, FR7 23,36%! E levando-se em conta apenas os votos de jornalistas (técnicos e capitães das seleções também votaram), como acontecia na Bola de Ouro da France Football (leia mais a respeito no penúltimo parágrafo), Ribérra teria ganho!

A seleção de 2013 segundo a Fifa teve o camisa 7 do time alemão e dois jogadores gringos do PSG: Neuer, Dani Alves, Sergio Ramos, Thiago Silva e Lahm; Iniesta, Xavi, Ribéry e Messi; Cristiano Ronaldo e Ibrahimovic.

Ibra, aliás, faturou o Prêmio Puskas com o gol mais bonito do ano. EMBORA, não há como ignorar, tenha sido lembrado em 2014 com um prêmio referente a 2013 por um gol marcado ainda em 2012 (pela Suécia, contra a Inglaterra)…

FRANCESES NA HISTÓRIA

Zinedine Zidane segue sendo o único francês no rol de vencedores da Fifa: são três prêmios de Melhor do Mundo (1998, 2000 e 2003 – confira o histórico de ganhadores) e uma Bola de Ouro concedida pela France Football, em 1998. Na premiação concedida pela revista francesa, Kopa, Platini e Papin também tiveram o júbilo de levar o troféu para casa (acesse aqui a lista dos três primeiros desde 1956). Desde 2010, os prêmios foram unificados.

Henry chegou perto do prêmio Fifa algumas vezes entre 2000 e 2006, principalmente em 2003, quando, no Arsenal, foi derrotado apenas pelo tcheco Pavel Nedved, da Juventus (veja o top 10 de “quase” do prêmio).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

sábado, 21 de dezembro de 2013 Franceses no mundo | 20:24

Franck Ribéry eleito melhor jogador do Mundial de Clubes. E a Bola de Ouro?

Compartilhe: Twitter
O francês comemora o primeiro gol do Munchen contra o Guangzhou, na semifinal no Marrocos (Photo: AP)

O francês comemora o primeiro gol do Munchen contra o Guangzhou, na semifinal no Marrocos (Photo: AP)

Principal jogador francês de futebol da atualidade, Ribérra papou o principal prêmio individual da Copa do Mundo de Clubes da Fifa, hoje, no Marrocos, logo após seu imparável Bayern de Munique derrotar o surpreendente Raja Casablanca, algoz do Atlético Mineiro nas semifinais, e faturar o título de melhor equipe clubística do planeta.

Presidente da Uefa, Michael Platini esteve no estádio em Marrakech e participou da entrega das medalhas, cumprimentando seu compatriota FR7. Ele deve ser mais um que torce para o melhor jogador europeu segundo a entidade continental faturar também a Bola de Ouro da Fifa, dia 13 de janeiro próximo, naquela cerimônia de gala que acontecerá em Zurique, na Suíça.

Ribéry concorre com o tetracampeão Lionel Messi e o artilheiro da Europa na temporada, Cristiano Ronaldo, as figurinhas carimbadas da disputa nos últimos anos. Pesa a favor do Scarface o ótimo desempenho dele e do Bayern no ano e a ausência do argentino em parte da temporada, por lesões, fora o fato de que seu Barcelona não é a mesma unanimidade de outrora. Porém, o português chega mais forte pra briga, pela excelente média de gols e fator decisivo tanto para o Real Madrid quanto para a seleção lusitana. Se FR7 perder, acho que CR7 leva. Mas torço pro bleu, claro!

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 12 de novembro de 2013 Extracampo, Futebol feminino | 17:10

Francesa concorre ao Prêmio Puskas com gol no Campeonato Francês. E o Ibra, vence?

Compartilhe: Twitter

Atualizado em 14/11

A jogadora não convence apenas pelo talento em campo, concorda? (Photo: Olweb.fr)

A jogadora não convence apenas pelo talento em campo, concorda? (Photo: Olweb.fr)

Louisa Necib, do Lyon e da seleção francesa, representa o país na disputa pelo gol mais bonito do ano, segundo eleição promovida pela Fifa, que conhecerá os premiados em 13 de janeiro de 2014, naquela festa de gala que a entidade realiza anualmente.

A votação popular está aberta no site da Fifa (eu já votei na musa lionesa!): clicando aqui você vê quem está na disputa e vota no seu escolhido até 9 de dezembro. Nessa data, serão divulgados os três mais votados, e em seguida aberto um novo perído de votação para definir o campeão, com homens e mulheres concorrendo ao mesmo prêmio.

Entre os homens, Zlatan Ibrahimovic, nosso popular Ibra, é um dos favoritos, concorrendo não com a camisa do PSG, mas por um gol antológico marcado pela seleção sueca, contra a Inglaterra. Foi no ano passado, mas depois do período considerado pela Fifa para a eleição do gol naquela temporada.

O de Necib foi um golaço, porém nada de espetacular. Impressiona é por onde o chute da meia entrou, ainda mais se considerarmos que as mulheres não têm a mesma força dos homens.

Assista a ele no vídeo abaixo (que vai te direcionar pro YouTube, afinal a Fifa nada tem de fofa…) e comente se quiser:

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 8 de novembro de 2011 Franceses no mundo | 14:05

Neymar "paga pau" do Henry e a eleição da Fifa

Compartilhe: Twitter

Top 23 entre os melhores do mundo de 2011 pra Fifa (e pra vc? Pra mim é top five fácil!), Neymar esteve dias atrás nos EUA não só pra passear, pois o astro do futebol brasileiro no momento respira compromi$$os comerciais.

Garoto-propaganda da Red Bull, entre outras tantas marcas, @Njr92 entregou a bola do duelo entre New York Red Bulls (sério?), de Thierry Henry, e Los Angeles Galaxy, de David Beckham. Tirou foto com o inglês, cujo time aliás levou a melhor sobre o do francês na MLS. Mas o elogio maior foi pro maior artilheiro da história da seleção e do Arsenal:

“O Henry é um jogador que acompanho há muito tempo e que teve passagens fantásticas principalmente no Barcelona e no Arsenal, além é claro da seleção francesa. É um jogador que tem um estilo um pouco diferente do meu, jogando mais centralizado, mas que por isso mesmo é um dos grandes artilheiros do futebol mundial”, declarou Neymar.

Moleque Ney ao lado do veterano Titi, os árbitros e o norte-americano Landon Donovan (Divulgação)

Eleição da Fifa
Se dificilmente o santista aparecerá entre os finalistas da Bola de Ouro em 5 de dezembro (serão Messi, Ronaldo e…?), pelo menos prestígio popular não lhe falta. O moicano brasileiro lidera com folga a votação promovida pelo site da France Football, deixando Lionel e Cristiano comendo poeira – hoje, com pouco mais de 3 mil votos computados, tem mais que o dobro do argentino. Escolha seu preferido entre os 23 e vote também.

Dois jogadores representam a França entre os finalistas, embora o país não tenha nenhum clube representado, nos deixando realistas de que a Ligue 1 tem suas limitações. Karim Benzema e Eric Abidal, ambos no futebol espanhol, aparecem entre os 23, mas dificilmente irão além desta fase.

Autor: Tags: , , , , , ,

domingo, 29 de maio de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 00:36

Abidal não só levou a melhor sobre Evra. Levantou a Champions!

Compartilhe: Twitter

A final da Liga dos Campeões da Europa entre os homens reservou um duelo particular entre dois laterais esquerdos franceses. Mas durante o jogo em Wembley, nem Eric Abidal nem Patrice Evra se sobressaíram.

Porém, no momento de o campeão Barcelona levantar a taça, depois da vitória incontestável sobre o Manchester United, surpresa mais do que bacana: Abidal ganha a braçadeira de capitão de Carles Puyol e assim a honra de erguer o tróféu pela primeira vez, uma homenagem marcante ao jogador que superou um tumor durante a temporada e deu uma baita duma volta por cima, incentivando a todos que lutam pelo direito de voltar a ter uma vida normal mesmo diante de um enorme obstáculo.

Abidal-taça-liga

Esse Barça é digno de aplauso não somente pelo que faz em campo! (AP)

E não é que dois franceses levantaram as duas Champions nesta semana, a feminina e a masculina, sendo uma jogadora lionesa e um atleta ex-Lyon? Significa, embora Michel Platini parecesse, como se vê na foto acima, mais preocupado com a crise política vivida pela Fifa na condição de presidente da Uefa…

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011 Brasileiros contra a França, Copa do Mundo, Ex-jogadores, Seleção francesa | 17:55

France vs Brésil: História é o que não falta

Compartilhe: Twitter

Quarta-feira agora, cotidianamente conhecida como amanhã, as seleções masculinas de futebol de França e Brasil farão o 14º confronto desde sempre. A vantagem é ligeiramente brasileira: cinco vitórias, contra quatro francesas (21 gols canarinhos, 18 bleus). Foram quatro empates também, o que permite enxergar bastante equilíbrio no retrospecto.

Se bem que, nos últimos cinco embates, nada de vitória brasuca – a última foi há quase 20 anos, em 1992. De todos os participantes do jogão que se aproxima, cinco são os personagens que já disputaram um França x Brasil: Laurent Blanc, Eric Abidal, Alou Diarra, Florent Malouda e Robinho. O único francês que perdeu foi o técnico, quando era jogador, ainda no século 20…

Eis os duelos:

lequipe_13_07_1998

"Para a eternidade", sobre 12/07/1998 (Zidane, Djorkaeff e Petit na foto)

01/07/2006França 1 x 0 BrasilCopa do Mundo (Alemanha)
Apesar da desvantagem histórica, a última lembrança, entretanto, é doce para os europeus e catastrófica para os sul-americanos. A maestria de Zinedine Zidane e o gol de Thierry Henry em Frankfurt classificaram a França para a semifinal, mandando o Brasil de Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Kaká para casa na Copa. Quer rever os melhores momentos? Vídeo no pé do post! (com Galvão Bueno é mais gostoso…)

20/05/2004 – França 0 x 0 BrasilAmistoso (Saint-Denis)
Comemoração do centenário da Fifa, com os então campeões do mundo e da Europa em campo. Uniformes à moda antiga, pompa e circunstância, mas nada de gols, até porque Grégory Coupet foi muito bem.

07/06/2001Brasil 1 x 2 FrançaCopa das Confederações (Suwon, Coreia do Sul)
Semifinal do torneio ocorrido um ano antes do Mundial asiático. Pirés abriu o placar, Ramon empatou para a seleção de Emerson Leão (que tinha Leomar, Carlos Miguel, Robert e outros craques) e Desailly deu a vitória aos franceses.

12/07/1998 – França 3 x 0 BrasilCopa do Mundo (Saint-Denis) 
Eis que o mundo da bola conhece e reverencia Zizou – premiado, dias atrás, com o Laureus por sua carreira no esporte – autor de dois gols e vencedor de um duelo que não houve com Ronaldo, na época ainda Ronaldinho. Petit fechou o caixão do time do mestre Zagallo (veja o que o ex-volante faz da vida hoje). No último domingo, a edição impresa do L’Équipe relembrou o fato. O vídeo está lá no pé (tem Galvão? mas é claro!)

03/06/1997 – França 1 x 1 BrasilTorneio da França (Lyon)
Partida inaugural do mini-campeonato, que reuniu ainda Inglaterra (a campeã) e Itália. Roberto Carlos abriu o placar com aquela célebre bomba que fez uma impressionante curva para vencer Barthez. No segundo tempo, o empate veio com o obscuro Marc Keller, atacante que passou por clubes medianos nos anos 1990 e atualmente é dirigente do Monaco. Em seis jogos pelos Bleus, seu único gol foi aquele propiciado pelo rebote de Taffarel.
 
26/08/1992 – França 0 x 2 Brasil Amistoso (Parc des Princes, Paris)
Não me lembro deste jogo (tinha 10 anos na época…), nem achei vídeo no YouTube. Os Bleus, que tinham demitido Michel Platini do comando da equipe quase dois meses antes, foram comandados por Gerard Houllier, com Aimé Jacquet como preparador físico. O time já tinha os futuros campeões mundiais Blanc, Deschamps e Petit, assim como Papin e Ginola lá na frente. 

 
 

platini_alemao_86

Platini precedeu Zidane no posto de "francês mais odiado pelos brasileiros no futebol"

21/06/1986 Brasil 1 (3) x 1 (4) França Copa do Mundo (México)
Embora o estádio Jalisco tenha sido o principal palco do tricampeonato mundial em 1970, a última aparição canarinho por lá em Copas teve sabor amargo para a torcida brasileira: no duelo dos craques de então, Michel Platini deixou Zico para trás nas quartas-de-finais em Guadalajara, quando o Galinho perdeu pênalti, defendido por Joel Bats, que alteraria o placar de 1 a 1 no tempo normal e poderia ter evitado a posterior disputa por penalidades. Platini marcou o único gol sofrido pelo Brasil na Copa nos 90 minutos regulamentares. 
 
15/05/1981 – França 1 x 3 Brasil – Amistoso (Parc des Princes)
Zico, Reinaldo e Sócrates decretaram a vitória brasileira, com Didier Six descontando perto do final para os Bleus, que tinham Jean Tigana, hoje técnico do Bordeaux, naquele grupo.

01/04/1978 – França 1 x 0 Brasil – Amistoso (Parc des Princes)
Michel Platini decidiu aos 41 minutos do 2º tempo.
 
30/06/1977
 – Brasil 2 x 2 FrançaAmistoso (Maracanã, Rio de Janeiro)
Edinho e Roberto Dinamite deixaram os brasileiros em vantagem, mas Didier Six e Marius Trésor igualaram o placar final. Platini jogou os 90 minutos, assim como Bernard Lacombe, então atacante e posteriormente treinador e dirigente do Lyon.

28/04/1963França 2 x 3 BrasilAmistoso (Olympique des Colombes, Paris)
Os três gols brasileiros constam no currículo de um tal de Edson Arantes do Nascimento…

24/06/1958 – Brasil 5 x 2 FrançaCopa do Mundo (Suécia)
Just Fontaine, artilheiro do Mundial com incríveis 13 gols em 6 jogos (recorde até hoje), fez um dos gols franceses em Estocolmo. Raymond Kopa deu passe para os dois tentos gauleses. Mas Pelé, três vezes, Vavá e Didi arruinaram o sonho europeu de chegar à final. No YouTube dá para assistir a essa relíquia histórica, dividida em várias partes (procure por “World Cup 1958 Full Game Semifinal Brazil vs France”).

01/08/1930 – Brasil 3 x 2 FrançaAmistoso (Laranjeiras, Rio de Janeiro)
Primeiro duelo da história, vitória dos anfitriões de virada.

*Mais curiosidades sobre Brasil x França, como as comparações dos valores de passe de todos os jogadores convocados pro jogo de amanhã, você acha no blog Futebol em Números, do iG.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 16 de novembro de 2010 Franceses no mundo | 18:35

Nasri na disputa pelo gol do ano

Compartilhe: Twitter

Nove jogadores disputam a honraria de ter o gol mais bonito do ano segundo a Fifa. E há um francês (ah, oui!) entre eles: Samir Nasri, meia do Arsenal.

Ele e os outros oito concorrentes (sete homens e uma mulher, vejam só!) disputam o Prêmio Puskas, criado pela Fifa e entregue na cerimônia da escolha do Jogador do Ano, agora nomeado Bola de Ouro (prêmio unificado com o da revista “France Football”), que acontecerá no dia 10 de janeiro de 2011, em Zurique. Embora não haja franceses na luta pelo prêmio de melhor do mundo no futebol masculino, eles existem em outras categorias.

O golaço de Nasri em questão saiu na goleada do time inglês sobre o Porto, de Portugal, por 5 a 0. Foi no Emirates Stadium, em Londres, pelas quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa, no dia 9 de março último. Ele pode ser apreciado no vídeo abaixo e no site da Fifa, junto com os gols dos demais concorrentes: craques da estirpe de Neymar (alguém conhece?), Messi (ouviu falar?), Robben (só sei do Robin do Batman!) e por aí vai…

Será que le petit Samir tem alguma chance nessa briga? Torcerei mas acho difícil, diante de outros gols bem mais difíceis de executar que também constam na parada.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 28 de outubro de 2010 Franceses no mundo, Seleção francesa | 19:33

Franceses no páreo pela Bola de Ouro

Compartilhe: Twitter

Sim, percebi que não há jogadores da França entre os 23 indicados para o prêmio de melhor do mundo de 2010 segundo Fifa arsene_wenger/ France Football. Nem deveria haver, né? Mas o dia 10 de janeiro de 2011 pode sim premiar um atleta ou técnico francês. Me refiro às outras categorias do prêmio, que não se restringe a jogadores de futebol masculino – porque Le Blog tem visão ampla quando o assunto é futebol! 

*Concorrente ao prêmio de Técnico do Ano na categoria futebol masculino Arsène Wenger
Nome forte, bem cotado. Pródigo em revelar jogadores no Arsenal, com o qual combina até no nome. Escrevi recentemente sobre a trajetória de Wenger neste bológue. camille_abily_frança_fff

*Concorrente ao prêmio da categoria Jogadora do Ano  Camille Abily
Loura e meia-atacante de 25 anos da seleção francesa e do Lyon, para o qual voltou recentemente depois de passagem vitoriosa na liga norte-americana, onde foi campeã nacional no mês passado pelo Gold Pride, cuja artilheira é a “fenômena” Marta. Soma quatro títulos franceses (dois pelo Montpellier e dois pelo Lyon, pelos quais atingiu as semifinais da Liga dos Campeões feminina uma vez por cada). Na França, tem 67 jogos e 16 gols desde 2001. Se não bruno_bini_fffder Marta, quem sabe Abily surpreende e fatura a distinção…

*Concorrente ao prêmio de Técnico do Ano na categoria futebol feminino Bruno Bini
Comandante da seleção de moças da França, atual oitava no ranking da Fifa, desde 2007, depois de dirigir menininhas (sub 16) e meninotas (sub 18). Levou o time principal pela primeira vez à segunda fase de um torneio internacional, na Euro 2009 (morreu nas quartas de finais), e o classificou para a Copa do Mundo 2011 (Alemanha).  Foi meio-campista profissional na década de 1970, mas nada que valha a pena gastar minhas preciosas linhas…

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quarta-feira, 7 de outubro de 2009 Eliminatórias da Copa, Extracampo, Torneios europeus | 18:58

Velório, bastidores, alívio e susto

Compartilhe: Twitter

Ontem, em Toulouse, aconteceu uma grande cerimônia para o velório de Brice Taton, fã do TFC que morreu em decorrência da violência que sofreu de torcedores do Partizan Belgrado, na Sérvia, após jogo da Liga Europa entre as equipes. A catedral Saint-Etienne estava cheia. Parece que medidas mais rígidas vêm sendo tomadas contra torcedores que cometem barbaridades tanto na Sérvia quanto na França. Pelo menos isso.

(foto embargada pela Getty Images)

(foto embargada pela Getty Images)

Bastidores
Repórter especial do iG, Mauricio Stycer aproveitou férias na Espanha para assistir in loco a Real Madrid 3 x 0 Olympique de Marselha, pela Liga dos Campeões, no último dia 30. A visão da arquibancada do Santiago Bernabéu você pode conferir clicando aqui.

Alívio
A Fifa confirmou que as oito seleções europeias classificadas para a repescagem das Eliminatórias para a Copa serão distribuídas em chaves, de acordo com a posição no ranking da entidade. Assim, dois países bem colocados na relação não correm o risco de se enfrentar nos mata-matas. Seríssima candidata à repescagem, a França assim se livra de ter pela frente uma Alemanha, por exemplo – germânicos e russos brigam pela ponta do grupo 4; quem perder, joga a repescagem. O sorteio é dia 19 e as partidas das repescagens, em 14 e 18 de novembro.

Susto
Bafétimbi Gomis desmaiou hoje no treino da seleção em Guingamp, você viu? Leia mais e veja fotos clicando aqui. A cena impressionou…

Gomis no gramado (AFP)

Gomis no gramado (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , ,