Publicidade

Posts com a Tag Eugenie Le Sommer

domingo, 21 de junho de 2015 Futebol feminino | 21:18

França despacha Coreia do Sul e encara Alemanha

Compartilhe: Twitter

fra-cor

Necib, Thomis e Le Sommer, destaques desta seleção

Com tranquilidade, as francesas fizeram 3 a 0 nas sul-coreanas, poucas horas depois de Brasil 0 x 1 Austrália, e se classificaram hoje para as quartas de finais da Copa do Mundo, no Canadá.

Que se preparem muito bem, porque terão pela frente a forte Alemanha, na sexta-feira, às 16h de Brasília. As alemãs eliminaram as suecas.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 Futebol feminino | 13:43

Mulheres: França derrota Brasil na despedida do ano

Compartilhe: Twitter
Foto de Jean-Philippe Kciasek no site da Federação Francesa de Futebol (fff.fr)

Foto de Jean-Philippe Kciasek no site da Federação Francesa de Futebol (fff.fr)

A seleção francesa feminina despediu-se de 2014 com uma boa vitória sobre o Brasil, que entre as mulheres atualmente está num patamar inferior à adversária de hoje em Lyon, mas segue como um time de respeito, com Marta e Cristiane no ataque e a lendária Formiga na meia cancha.

Ontem, no estádio Gerland, do Olympique Lyonnais (maior campeão nacional entre as mulheres), Le Sommer abriu o placar os 31 do 1º, após cruzamento À LA ZIDANE da musa Necib, e Dali fechou o marcador aos 16 do 2º. Mais entrosada, a equipe francesa dominou a maior parte do jogo e podia até ter ganho de mais.

Ambas as seleções se preparam para o Mundial do Canadá, no ano que vem. O sorteio dos grupos é dia 6 de dezembro agora, e a competição rola de 6 de junho a 5 de julho de 2015.
A França vem de um quarto lugar na última Copa do Mundo (Alemanha, 2011), e pelo time que mantém tem tudo para brigar por uma vaga numa final inédita para ela!
Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 6 de agosto de 2012 Futebol feminino | 22:45

Olimpíadas 2012: Objetivo agora é o bronze, contra o Canadá

Compartilhe: Twitter

Faltou pouco, mas as francesas sucumbiram diante das japonesas hoje, em Wembley, e deram adeus ao sonho do ouro olímpico em 2012. Diante de um rival em ascensão, campeão do mundo em 2011, o time de Bruno Bini começou mal, permitindo que o Japão fizesse 2 a 0, depois melhorou, diminuiu a desvantagem, mas perdeu chances importantes, inclusive o pênalti, e o marcador acabou desfavorável em 2 a 1.

Leia o resumo da partida abaixo, publicado pelo site da Espn:

Vindo de vitória sobre o Brasil, as japonesas faziam um jogo truncado contra a seleção da França. As equipes não criavam muitas oportunidades e as melhores chances de gol eram em chutes de longe e cruzamentos na área. Em um desses levantamentos, o Japão abriu o placar. Aos 31 minutos, Sawa levantou, a goleira francesa, Bouhaddi, saiu muito mal, e a bola sobrou para Ogimi marcar.

Precisando do empate, as francesas prometiam ir para o ataque no segundo tempo, mas, logo no inicio da etapa complementar veio uma ducha de água fria. Em outro cruzamento, Sakaguchi subiu e cabeceou no canto para fazer o segundo das japonesas no jogo e ampliar a vantagem.

Com a desvantagem no placar, Bruno Bini, técnico da França, lançou a atacante Le Sommer. A jogadora foi decisiva para evolução francesa na partida. As europeias passaram a dominar a partida e desperdiçaram diversas chances de gol, até que, aos 38 minutos, Le Sommer recebeu bom passe de Thomis e marcou o primeiro da França.

Faltando apenas um gol para levar a partida para a prorrogação, as francesas foram com tudo para ao ataque e, aos 40 minutos, elas tiveram uma chance de ouro para igualar o jogo. Le Sommer fez linda jogada individual e sofreu o pênalti. Na cobrança, Bussaglia bateu rasteiro para fora e desperdiçou a oportunidade de levar a França a uma inédita final de Olimpíada.

O adversário na disputa pelo bronze, que também seria honroso, é o Canadá, como se esperava. Mas as canadenses venderam muito caro a derrota para as então favoritas norte-americanas, conseguindo levar a emocionante partida, que teve placar final de 4 a 3, para a prorrogação. O jogo acontece nesta quinta-feira, dia 9, às 9h de Brasília. Ainda não acabou, allez allez!

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 25 de julho de 2012 Seleção francesa | 22:35

Olimpíadas 2012: França 2 x 4 EUA, banho de água fria

Compartilhe: Twitter

Colaboração de Ronaldo Bento

A estreia começou pra lá de boa, com 2 a 0 nos primeiros 15 minutos de jogo em Glasgow, Escócia, gols anotados por Gaetane Thiney e Marie-Laure Delie, em lances em que a goleira-musa-saltadora Hope Solo deu uma mãozinha. Jogando de branco, a equipe de Bruno Bini parecia pronta para surpreender uma das favoritas ao ouro olímpico, mas Abby Wambach (sempre ela) diminuiu logo depois, e Alex Morgan (boa também…) permitiu que o placar voltasse a ficar igual antes do intervalo, em falhas de posicionamento da defesa gaulesa.

Entretanto, mais ligada no início da segunda parte do jogo, a seleção dos Estados Unidos virou para 3 a 2 com Carli Lloyd aos 11 minutos e matou a partida aos 21 minutos novamente com Morgan, fazendo assim 4 a 2. A França criou chances de ataque, e se tivesse mais calma e precisão poderia ter saído de campo com melhor sorte.

Até na dedada a França perdeu... (na foto da Getty Images, a número 9 Eugenie Le Sommer)

Novamente o time francês cai diante do norte-americano, assim como aconteceu na semifinal do Mundial de 2011. Porém, o que alenta desta vez é que não se tratou de uma eliminatória e o desafio mais complicado do grupo parece já ter ficado para trás.

Na segunda rodada, no sábado, os EUA voltam a campo contra a Colômbia, às 13h, e a França encara a Coreia do Norte, às 15h45, lembrando que as norte-coreanas venceram hoje as colombianas, 2 a 0. Reajam, Les Bleues!

– Quer ver os melhores momentos da partida? Assista ao vídeo de 9 minutos do site da Record, o R7.
– Quer receber notícias e opiniões sobre futebol francês no seu Twitter, interagindo comigo? Me segue lá!
– Quer ficar por dentro do futebol francês e debater com outros antenados e interessados no Facebook? Peça para entrar na comunidade Ligue 1 Brasil (Já são cerca de 50 membros!)

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 18 de maio de 2012 Futebol feminino, Torneios europeus | 14:20

Rainhas da Chaaaaaammmpiooonnnsss!

Compartilhe: Twitter

Atualizado às 15h50

Ah, lionesas, bicampeãs europeias! Mesmo em território alemão, bateram o Frankfurt em Munique ontem por 2 a 0, gols de Le Sommer, camisa 9 (precisa cobrança de pênalti) e Abily (a 23, cérebro da equipe, esbanjou categoria mandando por cobertura) – assista aos tentos aqui. E fizeram história, deixando o time masculino novamente com invejinha…

Foram 39 gols marcados e apenas um sofrido na insofismável campanha! O parceiro Mario “Alemão” postou umas fotos da contenda.

Foto do jornal L'Équipe de hoje: Mágicas, né? (Olweb.fr)

Agora o Lyon está atrás apenas do Frankfurt, justamente, no panteão dos maiores campeões da Uefa Women’s Champions League. O 1. FFC tem três conquistas, OL e Umea, da Suécia (que viveu o auge com uma meia brasileira chamada Marta…) vêm com duas e os demais campeões desde 2001/2, temporada de criação do torneio, somam uma.

Dias antes, les femmes lyonnaises já haviam conquistado a Copa da França, derrotando o Montpellier na decisão. Para finalizar a temporada de maneira inolvidável, só falta o título do Campeonato Francês, no qual a disputa com o Juvisy está pau a pau, ou melhor, …. (não, pau a pau é melhor mesmo…).

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 11 de julho de 2011 Seleção francesa | 15:33

Campanha histórica na Alemanha

Compartilhe: Twitter

 (semifinais na TV: França x EUA terá transmissão de SporTV2 e Esporte Interativo, às 13h desta quarta. Às 15h45, SporTV e Esporte Interativo mostram Japão x Suécia)

frança

La vie en rose depois da batalha! (Fifa/Getty Images)

Dignas de aplauso as francesas na Copa do Mundo: levaram o país pela primeira vez à fase semifinal, entre os quatro melhores do torneio! De quebra, ainda se garantiram nas Olímpíadas de Londres 2012!

A classificação nas quartas de finais foi para lá de sofrida. Depois do empate por 1 a 1 com a Inglaterra que veio somente aos 43 minutos do segundo tempo, com um lindo gol de Elise Bussaglia, as bravas comandadas de Bruno Bini bateram as rivais europeias nos pênaltis, por 4 a 3, graças aos gols de Bussaglia, Thiney, Bompastor e Le Sommer. Abily desperdiçou sua cobrança, mas as inglesas erraram duas vezes e premiaram as francesas (assista aos melhores momentos da partida).

O adversário na semi tinha tudo para ser o Brasil da melhor do mundo Marta, artilheira geral com quatro gols nos quatro jogos pelo Mundial. Mas as estadunidenses comprovaram a fama de carrascas das brasucas, e foram buscar um empate por 2 a 2 no finalzinho, com uma a menos em campo, para depois triunfarem nas penalidades. Destaques para a veterana atacante Abby Wambach, decisiva no cabeceio, e a bela goleira Hope Solo, que ainda por cima cata muito, sobretudo pênaltis (momento piada infame inevitável: SOZINHA, HOPE SOLO dá ESPERANÇA a muito marmanjão por aí…).

wambach-solo

Wambach e Solo, heróicas contra as brasileiras (Fifa.com)

Temos de admitir que os EUA são favoritos contra a surpresa França, na quarta-feira, às 13 horas de Brasília, em Mönchengladbach. Mas não custa sonhar em fazer mais história ainda na Alemanha…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,