Publicidade

Posts com a Tag Equador

quarta-feira, 25 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 20:02

França e Equador ficam no zero: classificação em primeiro!

Compartilhe: Twitter
Terceira combinação de uniforme diferente da França: hoje toda de branco, contra Suíça de branco-azul-branco, e contra Honduras de azul-azul e vermelho, de cima para baixo (Le Monde)

Terceira combinação de uniforme diferente da França: hoje toda de branco, contra Suíça de branco-azul-branco, e contra Honduras de azul-azul-vermelho, de cima para baixo (Le Monde)

Não deu para repetir a façanha da Copa de 1998, com 100% de aproveitamento na fase de grupos, mas a invencibilidade foi mantida hoje no Rio de Janeiro e, o que é mais importante, o posto de líder do Grupo E para o próximo desafio nesta Copa 2014. Pelas oitavas de finais, o adversário a ser batido é a Nigéria, segunda colocada do Grupo F, na segunda-feira, dia 30, às 13h, em Brasília. À Suíça, que se classificou atrás dos Bleus, cabe a tarefa inglória de encarar a Argentina, na terça-feira, 13h, em São Paulo.

-> Principal jogador francês na Copa, Karim Benzema não canta o hino nacional em protesto contra a xenofobia

Benzema, que havia marcado 9 vezes nas últimas 8 partidas pela França, passou em branco pela primeira vez no torneio, mantendo-se com 24 gols com a camisa francesa – é o 9º maior artilheiro bleu, dois gols atrás de Wiltord, que atuou de 1999 a 2006 e foi vice-campeão mundial na última Copa disputada na Alemanha. O duelo do 10 gaulês contra Enner Valencia, goleador equatoriano, prometia ser bom, porém não estavam calibrados nesta quarta-feira – tanto que o melhor em campo, segundo o Man of The Match, foi o arqueiro Domínguez…

O jogo
Com Cabaye suspenso e a classificação 99% assegurada antes do apito inicial, Deschamps optou por poupar alguns titulares, como Debuchy, Varane, Evra e Valbuena. O primeiro tempo foi mais pegado do que bem jogado, com poucas chances claras de gols, algumas trombadas e até uma cotovelada de Sakho, que ainda bem que o árbitro não viu…

Os jogadores deixaram o gramado para o intervalo sob vaias dos brasileiros no Maracanã, que teve mais de 73 mil pessoas de público! Os franceses estavam tranquilos, e os equatorianos apreensivos, pois com o empate e a vitória da Suíça por 2 a 0 sobre Honduras, era preciso vencer para seguir no Mundial.

-> Em família: belas esposas e namoradas dos atletas franceses posam para foto no Maraca

O segundo tempo começou muito bom para os Bleus. Logo no primeiro minuto, Sagna apareceu bem, perto da linha de fundo, cruzou rasteira e Griezmann desviou rumo ao gol. Domínguez defendeu no reflexo e a bola tocou a trave! Dois minutos depois, Digne tentou desarmar Antonio Valencia no carrinho, e o meia-atacante sul-americano deixou as travas da chuteira na perna do lateral do PSG: vermelho pra ele!

A partida ganhava em emoção, pois o Equador não esmorecia, mesmo com um a menos, pela necessidade premente do gol, consequentemente dando mais espaço para a França contra-atacar com perigo. Com 15 minutos, Deschamps colocou Varane, para poupar Sakho, com dor na coxa esquerda, e dar ritmo de jogo ao zagueiro do Real Madrid.

-> A ESPN do Brasil deslocou o competente comentarista Leonardo Bertozzi para acompanhar a França na Copa. Para acompanhá-lo, seu Twitter é @lbertozzi

Outro que teve mais uma chance foi Giroud, aos 21, substituindo o motor do time, Matuidi – fez muito bem Didier em dar uma descansada nele! O Equador foi cansando, se arriscando e dando mais posse de bola aos franceses, enquanto a Suíça ampliava pra 3 a 0 sua vitória… Aos 28, Sissoko levantou na medida para Pogba, mas o cabeceio do volante da Juventus saiu torto, que chance desperdiçada!

Cinco minutos depois, a última troca de DD, permitindo a Rémy estrear na Copa com a saída de Griezmann. Valente, o adversário não desistia de atacar e preocupar, ao passo que Les Bleus também não abdicavam do jogo, apesar de errar e se lamentar muito na frente – Pogba era um dos que mereciam o gol. E assim foi até o final, na segunda vez em que as seleções se enfrentaram – na primeira, houve vitória francesa por 2 a 0 em amistoso disputado em 2008.

Que venham os nigerianos! Lembrando que, todas as vezes em que foi além da primeira fase, nossa seleção chegou pelo menos às semifinais (58, 82, 86, 98 e 06)!!

Ficha técnica francesa: Lloris; Sagna, Koscielny, Sakho (Varane), Digne; Pogba, Matuidi (Giroud), Sissoko e Schneiderlin; Griezmann (Rémy) e Benzema. Técnico: Deschamps

No twitter @obrunopessa, com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa ;)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 24 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 14:24

Seleção francesa pode ter zaga reserva contra Equador

Compartilhe: Twitter

Alguns jogadores da França não escondem a alegria pela ótima campanha na Copa 2014, postando fotos da viagem e do sol do Rio de Janeiro, onde enfrentam os equatorianos amanhã, às 17h de Brasília, no Maracanã.

-> Ochoa, Aurier, Origi e outros destaques desta Copa jogaram a última temporada no futebol francês. Conheça todos eles neste post

Mas o técnico Didier Deschamps persiste com a tática do mistério em relação aos titulares às vésperas de mais um compromisso pelo Mundial. O volante Cabaye, suspenso pelo segundo cartão amarelo, é ausência certa. A dupla de zaga titular, Sakho (com uma distensão muscular) e Varane (com problema gástrico), esteve no departamento médico nos últimos dias e pode ser substituída por Koscielny e Mangala.

Em outras posições, indefinições também. Pogba e Sissoko disputam vaga no meio, enquanto Giroud e Griezmann brigam para formar dupla de ataque com o artilheiro Benzema.

-> Quer saber o que os jogadores franceses postam nas redes sociais? Veja neste post todos os perfis ativos!

Vitória ou empate no segundo jogo francês contra a seleção sul-americana na história deixa os Bleus (+ 6 gols de saldo) classificados para as oitavas de finais em primeiro lugar do Grupo E. Mesmo uma derrota pode manter esse privilégio, se o Equador (0 de saldo) e a Suíça (-2) não superarem a líder da chave no saldo de gols. Ou seja, só uma tragédia tira a França da liderança e uma hecatombe para privá-la da segunda fase da Copa.

No twitter @obrunopessa, com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa 😉

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 20 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 19:04

França atropela Suíça e encaminha classificação na Copa

Compartilhe: Twitter
O gol validado de Benzema - mais uma vez ele comemorou mas não ficou com o crédito oficial do tento :( (FFF)

O gol validado de Benzema – mais uma vez ele comemorou mas não ficou com o crédito oficial de um dos tentos :( (FFF)

Soberba num primeiro tempo intenso, e eficiente em momentos-chave do segundo, a seleção francesa meteu 5 a 2 nos suíços, gols de Giroud, Matuidi, Valbuena, Benzema e Sissoko, para os vitoriosos, e Dzemaili e Xhaka, para os derrotados, agora pouco na Arena Fonte Nova, a fonte das goleadas dessa Copa 2014!

Líder isolada do Grupo E, com 6 pontos, a campeã do mundo em 1998 ficou muito perto da vaga antecipada nas oitavas de finais. O resultado de Honduras x Equador não deu a classificação antecipada nesta noite (2 a 1 para os sul-americanos, que assim como os suíços também podem avançar ainda), mas basta um empate justamente contra o Equador para ela se concretizar.

Deschamps promoveu duas alterações na formação que começou o jogo de estreia contra Honduras: Sissoko substituiu o pendurado por cartão amarelo Pogba na volância, e o centroavante Giroud mudou o posicionamento do ataque no lugar do ponta Griezmann. O time nem sentiu, muito pelo contrário, pois aliás poderia tranquilamente ter feito sete em vez de cinco gols.

perfilados-trivela

 Como bem colocou o site Trivela, faltou o momento da Marselhesa no primeiro jogo francês neste Mundial

O placar foi aberto logo aos 16 minutos, com Giroud marcando o centésimo gol francês em Copas de cabeça, pulando atrás de Varane para complementar a bela cobrança de Valbuena. No primeiro erro de passe suíço na saída de bola, a Brazuca veio no pé de Benzema, que arrancou e, no 3 x 2 do ataque francês, serviu Matuidi, que só precisou de um arremate colocado para enganar o goleiro, batendo no canto dele em vez de cruzado.

Quando a Suíça tentava sair das cordas, novo nocaute bleu com um pênalti cavado por Benzema, que acabou castigado na cobrança: deu pouca distância para a bola e o chute não foi nem forte nem no cantinho, possibilitando a Benaglio (quase irmão-gêmeo do personagem SHELDON COOPER…) a rebatida. No rebote, o inacreditável: a bola veio pingando para Cabaye, que meteu a patada e acertou o travessão com o gol vazio!

Poderia ser uma grande injeção de ânimo para o time vermelho, só que a França estava com a cabeça e o talento nos lugares certos. Contra-ataque veloz aos 39 minutos, de Varane para Giroud, o atacante do Arsenal correu pela esquerda e serviu com açúcar e afeto para Valbuena só chapar para as redes. 3 a 0 na primeira etapa e isso porque o arqueiro suíço ainda fez belas defesas.

A Suíça até melhorou depois do intervalo, só que errava nas finalizações. Ao passo que Benzema não poderia passar em branco. Servido por um ótimo passe de trivela de Pogba, o centroavante do Real Madrid girou com estilo para fazer o 4º francês aos 21 minutos. E a máquina não parava! Aos 26, Benzema viu a chegada livre de Sissoko e ele seguiu o exemplo de Matuidi no gol do colega, batendo de primeira, só que desta vez cruzado, para carimbar o quinto.

Juninho Pernambucano, ex-jogador do Lyon e comentarista da Globo nesta Copa, sabe o que diz:

Quando já não dava tempo, os suíços enfim acharam as redes. Na cobrança de falta de Dzemaili, Benzema levantou o pé na barreira, a bola passou por baixo e morreu no cantinho de Lloris. Logo depois, Xhaka complementou ótimo passe de Inler, sem chances para o goleiro do Tottenham. Mas não dava mais tempo mesmo. Nem mesmo, vejam só, para mais um gol francês. Nos acréscimos, BenzeBut concluiu uma jogada para as redes, só que o árbitro holandês Djorn Kuipers não teve bom senso e encerrou a partida seguntos antes!

Um pouco antes, Cabaye conseguiu forçar o cartão amarelo e, como é seu segundo na competição, cumpre suspensão contra o Equador, na quarta que vem, para poder entrar zerado nas oitavas, como Deschamps queria. Uma tarde quase perfeita em Salvador!

Ficha técnica francesa – Lloris; Debuchy, Sakho (Koscielny), Varane e Evra; Matuidi, Cabaye, Sissoko e Valbuena (Griezmann); Giroud (Pogba) e Benzema. Técnico: Didier Deschamps

– Compartilho mais notícias e comentários da França (e da Copa, e do mundo, e da vida…) no Twitter do que aqui, por questões de disponibilidade, agilidade e adequação. Meu perfil lá é @obrunopessa e a hashtag do blog é #leblogdufoot 😉

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 12 de junho de 2014 Copa do Mundo, Seleção francesa | 23:04

Retrospecto francês contra os adversários na 1a fase

Compartilhe: Twitter
Tabela com os gols marcados pelas maiores artilheiras em todos os Mundiais

Tabela com os gols marcados pelas maiores artilheiras em todos os Mundiais

A França está a quatro gols da marca do centésimo em sua trajetória nas Copas do Mundo (conforme tabela acima, antes de considerar os gols brasileiros na estreia de hoje). Participou de 13 das 19 edições até aqui. A campeã do mundo em 1998 repetiu o feito de chegar a uma final em 2006, mas decepcionou feio ao se despedir nas primeiras fases em 2002, quando vinha como defensora do título, e 2010, a primeira Copa da Era Le Blog du Foot.

É a primeira vez que enfrentará Honduras, seu adversário na estreia, no domingo. O país centro-americano ainda busca sua primeira vitória num Mundial (3 empates e 3 derrotas). Apesar do retrospecto mais vitorioso, os Bleus não ganham em uma Copa desde a derrota imposta a Portugal (1 a 0) na semifinal de 2006. Empatou a final com a Itália, no tempo regulamentar, e nos três jogos na África do Sul foram duas derrotas, um empate e apenas um mísero gol marcado.

Apesar de teoricamente mais frágil do que suíços e equatorianos, o time hondurenho foi visto de perto por um espião francês nos testes antes de vir ao Brasil.

Contra a Suíça, pelo contrário, já existe uma história de 36 duelos de 1905 a 2006, com 15 vitórias francesas, 12 suíças e 9 empates. O último foi na Copa da Alemanha, um zero a zero na fase de grupos – um placar com a cara do estilo de jogo que os suíços têm implantado nos últimos anos. Agora novamente pelo torneio mais importante do mundo, dia 20.

França e Equador se encontraram apenas uma vez antes do jogo que acontecerá dia 25. Foi um amistoso em Grenoble, em maio de 2008, com triunfo dos donos da casa por 2 a 0.

No twitter @obrunopessa, com a hashtag #leblogdufoot, tem mais informações e comentários meus sobre a França e a Copa

-> FALTAM 3 DIAS PARA A ESTREIA FRANCESA NA COPA 2014!! <-

Autor: Tags: , , , , , , , ,