Publicidade

Posts com a Tag Eduardo Santos

sábado, 15 de fevereiro de 2014 Brasileiros na França, Extracampo, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 14:34

Mercado de inverno trouxe Berbatov e repatriou Cabaye, Trémoulinas, Hoarau…

Compartilhe: Twitter

A hora da xepa” nos momentos derradeiros da janela, finada em 31/1, revelou reforços importantes para PSG e Monaco, os dois candidatos ao título da Ligue 1 em curso, como analisou o site Trivela.

Eis as principais negociações envolvendo clubes franceses na janela de transferências do mês passado:

MONACO – Veio o atacante búlgaro Dimitar Berbatov, ex-Manchester United e que estava no Fulham, também inglês (para a vaga do colombiano Falcao García, hoje em tratamento pós-cirurgia no joelho). Também veio, em transação doméstica, o zagueiro Abdennour, do Toulouse FC.

PSG – Veio o volante (quase meia) Yohan Cabaye, da seleção francesa, que se projetou no Lille (que defendeu de 2004 a 2011) e estava no Newcastle, detentor da maior legião francesa da Premier League inglesa.

SAINT-ETIENNE – Repatriou o lateral-esquerdo Trémoulinas, que teve ótimos momentos no Bordeaux e não teve bons seis meses no Dínamo de Kiev, e o volante Josuha Guilavogui, cria do próprio clube, que vem de empréstimo do Atlético de Madri.

Convém lembrar que o presidente da ASSE revelou recentemente que rechaçou uma oferta de compra vinda do Catar, indo na contramão das experiências parisiense e monegasca.

BORDEAUX – Como mencionamos tempos atrás, foi buscar o experiente atacante Guillaume Hoarau (29 anos), ex-PSG, no futebol chinês, mais precisamente no Dalian Aerbin. Mas perdeu o bom meia polonês Obraniak para o Werder Bremen, da Alemanha, e o também meio-campista Ben Khalfallah, tunisiano que vinha apagado ultimamente, para o Troyes.

BASTIA – Outro experiente centroavante de volta à elite francesa é o irreverente Djibril Cissé, 32 anos e agora 10 clubes no currículo. Revelado pelo Auxerre, estava no Kuban Krasnodar, da Rússia.

AJACCIO – Sem ter feito na França metade do sucesso que teve na Itália, o meia romeno Adrian Mutu voltou ao seu país, para o Petrolul. Outro a deixar o clube córsego foi o atacante brasileiro Eduardo Ribeiro dos Santos, rumo ao Metz, que pela campanha que realiza na Ligue 2 tem boas possibilidades de alcançar a elite no meio do ano. É a 4ª camisa francesa para o experiente atleta.

EVIAN – Trouxe o centroavante brasileiro Túlio de Melo, que teve boas fases no Lille mas vinha com dificuldade de se firmar titular nesta temporada. E fez uma troca com o OM, como vemos abaixo.

OLYMPIQUE DE MARSEILLE – Cedeu o zagueiro Kassim Abdallah ao Evian TG e recebeu o atacante marfinense Brice Dja Djédjé, pelo qual muito torcemos só pelo nome bacana de se falar! Quem também saiu foi o atacante ganês Jordan Ayew, rumo ao Sochaux. Seu irmão mais velho André Ayew segue no clube.

LILLE – Se desvinculou de Túlio de Melo, como eu disse acima, e trouxe o útil lateral-direito Sebastien Corchia, ex-Sochaux.

LYON – Quase não teve alterações, cedendo apenas o atacante Alassane Plea, da seleção francesa sub 19, ao Auxerre, atualmente na segunda divisão.

MONTPELLIER – Recebeu o atacante de 19 anos Mbaye Niang, revelado pelo Caen e que chega emprestado do Milan, onde teve poucas chances. Para suprir a falta do também ofensivo Emanuel Herrera, agora no Tigres do México. Saiu também o meia Bryan Dabo, para o Sunderland, da Inglaterra.

Veja estas e outras transferências dos clubes da Ligue 1 nesta tabela do site espanhol Futbol desde Francia.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 2 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 23:57

Lille goleia, passa Olympique e retoma ponta!

Compartilhe: Twitter

Tô triste por não ter tido tempo nem ontem nem hoje pra escrever além disso, mas trampei como um semi-escravo et, enfin, c’est la vie…

lille_afp

Os Dogues voltaram à liderança em grande estilo: agora vão mordê-la o suficiente para ela não cair? (AFP)

Os resultados da 33ª rodada: 

Lille 5 x 0 Arles-Avignon (Gervinho 2, Debuchy de pênalti, Cabaye e Rozehnal) – Corrèze-ARL foi expulso aos 13 do 2º 
O. Marseille 1 x 1 Auxerre (Valbuena; Jo-Gook) – Mais de 53 mil no Vélodrome
Toulouse 2 x 0 Lyon (Cetto e Cissokho contra) – Michel Bastos e Cissokho, do OL, foram expulsos
Paris-SG 3 x 1 Valenciennes (Nenê, Bodmer e Sakho; Pujol) – Mais de 29 mil no Parc des Princes
Rennes 0 x 0 Bordeaux
Lens 2 x 3 Lorient (Démont e Eduardo Santos; Gameiro 2 e Amalfitano)
Saint-Etienne 1 x 1 Monaco (Payet; Welcome)
Sochaux 1 x 0 Nancy (Butin)
Montpellier 0 x 0 Brest
Nice 0 x 4 Caen (Hamouma 2, Mollo e El-Arabi)

>> Classificação a 5 rodadas do final
Lille lidera com 63 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 62, Lyon e PSG, com 56, Rennes, com 52, e Lorient, com 47. Veja tabela completa

Eu tava crente que o OM, depois de roubar a liderança do LOSC, não a largaria mais. Caí do cavalo… E agora, o Lille finalmente garante esse título depois de tanto tempo na frente da tabela?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011 Francês da 1ª divisão | 19:46

Túlio assegura vitória do tranquilo Lille. Veja os resultados

Compartilhe: Twitter

Amanhã volto para falar de mercado. Peço desculpa pelas demoras recentes e menores postagens, pois estou em reta final no meu mestrado e não tenho tido tempo para me dedicar (como gostaria) ao blog fora do iG.

Mais uma rodada do Campeonato Francês deixada para trás e o Lille continua sossegado na ponta. Venceu o Lens em casa pela contagem mínima e manteve quatro confortáveis pontos de vantagem para o PSG, que ganhou longe de casa do lanterníssima Arles Avignon. E pôde comemorar as derrotas de Rennes e Lyon, bem como o empate do Olympique de Marselha, todos mais distantes do líder da Ligue 1.

Reserva na partida do LOSC, Túlio de Melo venceu o duelo brasileiro contra Eduardo Santos, titular pelo RCL. Entrou no segundo tempo e decidiu. Outro brasuca a marcar na rodada foi Michel Bastos, mas o OL não conseguiu somar pontos em Valenciennes. Quatro jogadores conseguiram marcar dois gols cada, em fim de semana com 25 gols em 10 jogos, com destaque numérico para os 5 a 1 do Sochaux, outrora 11º, sobre o Rennes, outrora 3º.

lille_lens_melo_beria_debuchy_reuters

Melo é festejado por Beria e Debuchy na comemoração do Lille: tá pintando o campeão? (Reuters)

Os placares da 21ª journée:

Lille 1 x 0 Lens (Túlio de Melo
Arles-Avignon 1 x 2 Paris Saint-Germain (N’Diaye; Erding 2)
Sochaux 5 x 1 Rennes (Maiga 2, Martin, Ideye e Boudebouz; Boukari)
Valenciennes 2 x 1 Lyon (Bisevac de pênalti e Pujol; Michel Bastos
Monaco 0 x 0 Olympique de Marselha
Saint-Etienne 2 x 1 Toulouse (Sako 2; Tabanou)
Lorient 2 x 0 Brest (Gameiro 2
Caen 2 x 0 Auxerre (Nivet e Kandia Traoré)
Nancy 1 x 2 Montpellier (Hadji; Camara e Bocaly) 
Bordeaux 2 x 0 Nice (Sané e Modeste) 

 >> Classificação: Lille lidera com 41 pontos, seguido por PSG, com 37, Lyon e Rennes, com 34. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011 Copas francesas, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 17:17

Ligue 1 medíocre na Copa da França

Compartilhe: Twitter

Dos 20 times da elite francesa que entraram em campo no fim de semana passado, pela etapa 1/32 de finais da Copa da França, 4 se enfrentaram (Caen x Lyon e PSG x Lens) e 16 encararam rivais de divisões menores. Desses 16, apenas 8 conseguiram continuar na competição: Rennes, Nice, Lille, Bordeaux, Lorient, Sochaux, Nancy e Brest.

Ou seja, 50% deles fracassaram, um número bastante elevado e inesperado (é a primeira vez que tantos fracassam nessa fase do torneio): Olympique de Marselha (atual campeão nacional), Toulouse, Auxerre, Saint-Etienne, Monaco, Valenciennes, Montpellier e Arles-Avignon. Em termos numéricos, a mediocridade (no sentido de “mediana”, “mais ou menos”) da Ligue 1 está atestada, desculpas à parte, como o fato de os times estarem vindo de férias e pré-temporada curtas.

Jogadores do Evian festejam com torcida a classificação contra o Marselha (AFP)

Jogadores do Evian festejam com torcida a classificação contra o Marselha (AFP)

Confira abaixo todos os resultados da última rodada da Coupe de France entre os clubes da primeira divisão:

Resultados dos times da elite eliminados:
Evian (L2) 3 x 1 Olympique de Marselha
Toulouse 1 x 2 Paris FC (Nat)
Wasquehal (CFA2) 2 x 1 Auxerre
Saint-Etienne 0 x 2 Clermont (L2)
Chambéry (CFA2) 1 (3) x 1 (2) Monaco
Angers (L2) 2 x 1 Valenciennes
Reims (L2) 1 x 0 Montpellier
Arles Avignon 1 (2) x 1 (4) Sedan (L2)

Resultados dos times da elite classificados:
Caen 0 x 1 Lyon
Paris Saint-Germain 5 x 1 Lens (Nenê marcou pelo PSG, que teve
doublé de Hoarau, e Eduardo Santos pelo RCL)
Rennes 7 x 0 AS Cannes (Nat)
Créteil Lusitanos (Nat) 1 (5) x 1 (6) Nice
Forbach (CFA2) 1 x 3 Lille
Bordeaux 3 x 1 Rouen (Nat)
Lorient 4 x 1 Vannes OC (L2)
Jarville (CFA2) 0 x 1 Sochaux
Aurillac (CFA) 2 (3) x 2 (4) Nancy
Issy-les-Moulineaux (DH) 0 x 1 Brest

*Abreviações: (National = 3ª divisão) (CFA1 = 4ª divisão) (CFA2 = 5ª divisão) (DH = 6ª divisão)

psg_torcida_afp

"Aqui é Paris": time da capital não deu chance para adversário também da elite (AFP)

Agora veja os confrontos da fase 1/16 de finais da competição. O único confronto entre equipes da elite é Nice x Lyon (nada de facilidade novamente pro OL…). Todas as 16 partidas estão programadas para as 17h de Brasília do dia 22 de janeiro, sábado:

Nice x Lyon 
Agen (CFA2) x Paris Saint-Germain
Lille x Wasquehal (CFA2) – o time amador mandaria o jogo, mas alegou falta de condições
Nîmes (L2) x Nancy
Angers (L2) x Bordeaux
Sochaux x Paris FC (Nat)
Fontenay-le-Comte (CFA) x Lorient
Chambéry  (CFA2) x Brest
Vaulx ou Jura Sud x Rennes

Sedan (L2) x Metz (L2)
Clermont Foot (L2) x Reims (L2) 
Strasbourg (Nat) x Evian TG (L2)
Cherbourg  (CFA) x Le Mans (L2)
Nantes (L2) x Raon-l’Étape (CFA)
Boulogne (L2) x Drancy (CFA)
Quevilly (CFA) x Martigues (CFA)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 11:52

Lille se confirma como melhor time do turno do Francês

Compartilhe: Twitter

Com tanto equilíbrio, todos podem tirar pontos dos líderes na Ligue 1. Essa foi a tônica do primeiro turno, repetida na décima nona rodada, nesta quarta-feira, que encerrou o ano de 2010 na França – o returno começa nos dias 15 e 16 de janeiro de 2011. Melhor para o Lille, que mesmo empatando em casa se consagrou como champion d’automne, graças às derrotas de PSG e Rennes e aos empates de Lyon e Olympique de Marselha (o LOSC tem ainda um jogo adiado por fazer, contra o Nancy).  

moussa_sow_lille_afp

Como dizem os locutores nos estádios após os gols, o goleador-mor desta primeira metade foi Moussa... Sooowww! (AFP)

Contra o Saint-Etienne, que poderia alcançar a mesma pontuação em caso de vitória, o Lille não venceu, como esperava, mas garantiu o artilheiro do turno, Moussa Sow, com 14 gols. O ASSE não pôde contar com seu artilheiro Payet, em razão de uma gastroenterite (ué, já mandou ver a ceia natalina?). O Rennes não teve a mínima chance contra o Caen: saiu perdendo antes dos 10 minutos de jogo e assim terminou a partida, caindo longe de casa.

Com um a menos desde o começo do jogo, o PSG não resistiu ao Nancy fora de casa na segunda etapa. O Lyon também não teve o que comemorar: foi para o intervalo ganhando do Auxerre e na condição de líder da competição por causa dos resultados combinados. Mas o AJA empataria assim que a bola voltou a rolar no Gerland, o que deixou os lioneses chupando o dedo… 

Sem Brandão, lesionado no tendão de Aquiles, e com Gignac mais reclamando da marcação do que jogando como deveria, um instável OM, demasiado nervoso com a arbitragem, parou na segunda melhor defesa do torneio (15 gols sofridos), atrás do Rennes (12 gols). O Stade Brestois, porém, se destaca pela ruindade do gramado do acanhado estádio Francis Le Blé, que pasto!

Veja os resultados completos da 19ª journée:

Lille 1 x 1 Saint-Etienne (Sow aos 27 do 2º; Sako de pênalti aos 31 do 2º) 
Nancy 2 x 0 Paris Saint-Germain (Hadji aos 22 e 37 do 2º) – Sakho-PSG foi expulso aos 14 do 1º
Caen 1 x 0 Rennes (Hamouma aos 9 do 1º)
Lyon 1 x 1 Auxerre (Mignot contra aos 48 do 1º; Quercia no 1º do 2º)
Brest 0 x 0 Olympique de Marselha – Fanni-OLY saiu machucado no 1º tempo, Kaboré-OLY foi expulso aos 39 do 2º 
Bordeaux 2 x 2 Lens (Alou Diarra aos 22 do 2º e Gouffran aos 47 do 2º; Eduardo aos 16 do 1º e Boukari aos 47 do 1º) – Alou Diarra-BOR foi expulso aos 27 do 2º 
Lorient 0 x 0 Montpellier 
Monaco 2 x 1 Sochaux (Malonga aos 8 do 1º e Park aos 48 do 2º; Maiga aos 2 do 2º) 
Valenciennes 2 x 1 Toulouse (Angoua aos 44 do 1º e Danic aos 47 do 1º; Sissoko aos 35 do 1º)  
Arles-Avignon 0 x 0 Nice

>> Classificação: Lille (um jogo a menos) lidera com 32; PSG, Rennes e Lyon somam 31; Marselha e Saint-Etienne, 29.  Confira tabela completa

Joyeux Noël à tous! (Feliz Natal a todos!)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 30 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo | 23:33

Brest goleia Lens e cola nos líderes

Compartilhe: Twitter
Yahia_Grougi_brest_lens

Bruno Grougi corre atrás da bola e do tunisiano Alaeddine Yahia (AFP)

Em partida programada originalmente para a rodada do fim de semana, mas postergada por causa do mau tempo (o inverno tá pegando na Europa, é chuva e neve aparecendo em vários estádios), o Brest não tomou conhecimento do Lens: fez 4 a 1 em casa, subindo para a liderança compartilhada do Campeonato Francês. Soma os mesmos 25 pontos de Olympique de Marselha e Lille, mas perde no saldo de gols (11 OM, 8 LOSC e 7 SB).

Deu pra ver a friaca em Brest, mas nevou pouco e a bola rolou normalmente. O zero no placar não durou nem 10 minutos, quando Poyet colocou os anfitriões à frente, desviando de cabeça falta cobrada por Grougi. Mais nove minutos, um escanteio na pequena área e Baysse se antecipa a Runje para testar para as redes, ampliando em 2 a 0.

De cinza e rosa (?), o Lens esboçava reagir. O brasileiro Eduardo Santos teve uma boa chance quando recebeu na área, mas o esperto goleiro Elana mandou para escanteio. Na segunda oportunidade, aos 44 da primeira etapa, não desperdiçou: o atacante recebeu em profundidade, ganhou do zagueiro no corpo a corpo e tocou por baixo do arqueiro do Stade Brestois.

Na volta do intervalo, o máximo que o RCL produziu em termos ofensivos foi uma jogada irregular de gol, bem anulada por impedimento aos 12 minutos. De resto, domínio do SB e destaque para a estrela do meia Bruno Grougi, meu xará!, nos dois gols que definiriam o placar. O terceiro dos donos da casa saiu após troca de passes pela esquerda, um chutaço do atacante Roux que explodiu na trave e veio no rebote para Grougi, que só empurrou com o goleiro fora de posição. E o quarto, em boa jogada de Roux pela esquerda, com cruzamento entre a zaga do Lens que achou o cabeludinho Bruno, cuja testada no canto deixou Runje desolado, apenas observando. Daria pro Brest aumentar, mas acabou assim e a torcida já estava satisfeita com a bela exibição do time, que tem a melhor defesa da Ligue 1, ao lado do Rennes (11 gols sofridos).

Falando em Stade Rennais, o atual sexto colocado, a dois pontos de Marselha, Lille e Brest, enfrenta justamente o Olympique de Marselha nesta quarta, em duelo que ambos “estavam devendo na tabela” e pode alterar a composição dos primeiros na classificação. A partida, às 16h de Brasília, está anunciada com transmissão ao vivo na SporTV2. No mesmo horário, jogam Valenciennes (14º, 18 pontos) e Saint-Etienne (12º, 20), que a mesma SporTV2 anuncia em VT de quarta para quinta, à meia-noite.

Gabriel Obertan
O atacante francês foi titular no time reserva do Manchester United que enfrentou o West Ham pela Copa da Liga Inglesa. Fez uma boa jogada no começo do jogo, chutando bola que acertou a trave após rebote do goleiro. Porém, não evitou o vareio o time londrino, que impôs 4 a 0 e se classificou para as semifinais.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 15 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 21:28

Campeonato Francês: acirradíssimo

Compartilhe: Twitter

Depois de mais uma rodada no fim de semana, a Ligue 1 continua extremamente competitiva. Engraçadamente, o 19º e penúltimo colocado Nancy está à frente do lanterna, Arles, na mesma quantidade de pontos que o separa do líder, o Brest! (oito). Ou seja, prever quem lutará pelo quê continua uma dura missão.

Não podemos desprezar a força defensiva do Stade Brestois, que mesmo não empolgando no ataque é um dos dois times que menos sofreu gols no certame (8, ao lado do Rennes). A liderança isolada veio depois do 1 a 1 com o Sochaux, que saiu na frente em casa mas cedeu a igualdade minutos depois.

Uma das maiores ajudas ao Brest veio da derrota do Rennes, que começou a rodada como 2º e terminou em 5º depois da derrota em Auxerre (2 a 1). Pude acompanhar parte do jogo no Abbé-Deschamps e vi o golaço de Valter Birsa, que recebeu no meio, abriu espaço cortando para a esquerda e bateu colocado, encobrindo o goleiro Douchez, que só pôde olhar embasbacado.

Pouco depois, porém, Kembo-Ekoko subiu sozinho, cabeceou na trave e deu sorte de a bola voltar na pinta pra ele empurrar pro gol do AJA, que buscaria a vitória quando Contout foi derrubado por Douchez e Quercia apareceu para definir o lance pro gol. Apesar das estatísticas equilibradas e maior posse de bola do Stade Rennais, deu Auxerre e acho que merecidamente, porque foi mais incisivo na busca pelo gol. Roy Hodgson, treinador do inglês Liverpool, estava no estádio, dizem que para ver o selecionável Yann M’Vila e o congolês Delvin Ndinga, ambos volantes. 

O Brest aplaudiria ainda ao tropeço do Olympique de Marselha em casa, contra o Lens. A torcida no Vélodrome vibrou logo aos 10 minutos, quando Lucho González bateu escanteio, Heinze desviou e Mbia arrematou para o gol. Entretanto, a ofensiva marselhesa parou por aí e num ataque do RCL houve uma bola na área mal rebatida pela zaga, permitindo que o brasuca Eduardo Santos batesse bonito, de direita, sem qualquer chance para Mandanda.

moussa_sow_lille_afp

Moussa Sow merece um P de parabéns pelo que tem feito no Francesão (AFP)

Pena que Santos seria substituído logo depois, o que julguei errado da parte do técnico Jean-Guy Wallemme – até porque houve um contra-ataque pros visitantes no finalzinho que poderia ter lhes dado a vitória se o brasileiro estivessem em campo. Se falhou ao não conseguir vencer, o OM pode reclamar do juiz que não viu um pênalti claro em Mbia, seguro por adversário em falta alçada na área lá pelos 30 do 2º tempo. Mesmo assim, o ataque com Remy, Gignac e Brandão (este nos últimos 15 minutos) foi mal e os anfitriões ouviram vaias da torcida no fim do jogo.

Na cola do SB29 vem o Lille, que aplicou sonoros 5 a 2 no Caen. Moussa Sow, ex-Rennes, arrepiou com um hat-trick e alcançou a artilharia geral da Ligue 1 ao lado de, curiosamente, Youssef El-Arabi, atacante do mesmo Caen e cria desta casa! O LOSC divide a vice-liderança com o Montpellier, que bateu o Toulouse pelo placar mínimo e vem subindo pelas beiradas.

No 1 a 1 com o Lorient, o Paris Saint-Germain teve dois grandes sustos: só conseguiu igualar o marcador no limiar dos 90 minutos, com Nenê salvando a lavoura, e viu Hoarau desmaiar quando estava no banco de reservas, após ser substituído. Mas o mal-estar foi ligeiro e o atacante rapidamente se recuperou. PSG agora é o quarto, a dois pontos da ponta.

Por fim, Lyon e Nice fecharam a journée no Gerland. Antes eles dividiam a mesma pontuação, no miolo da classificação, mas com a vitória o OL subiu para oitavo, a três pontinhos do líder. Jérémy Pied fez o único gol do jogo, porque Michel Bastos bateu mal um pênalti (sofrido por Gomis de forma bem discutível, a meu ver), defendido por Ospina.

Nada empolgante pro Lyonnais, mas venceu. E chegou aos mesmos pontos do Bordeaux, que também ganhou (2 a 1 no Nancy, com gol irregular e muita confusão no encerrar do jogo) e é outro a ser considerado na briga pelas melhores posições – como se alguém pudesse ser desconsiderado nesse campeonato tão misturado…

Logo mais volto para escrever sobre Inglaterra x França!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 14 de novembro de 2010 Francês da 1ª divisão | 20:21

Resultados da 13ª rodada

Compartilhe: Twitter
auxerre_rennes_sammaritano_fanni_afp

Fanni, do Rennes, "chega chegando" para cima de Sammaritano, do Auxerre. Mas quem saiu vitorioso foi o ascendente AJA (AFP)

 

2,3 gols de média (boa!)

Brest 1 x 1 Sochaux (Roux; Brown) 
Caen 2 x 5 Lille (El-Arabi e Kandia Traoré; Moussa Sow 3, Gervinho e Béria) 
Montpellier 1 x 0 Toulouse (Giroud) 
Lorient 1 x 1 Paris Saint-Germain (Kitambala; Nenê
Auxerre 2 x 1 Rennes (Birsa e Quercia; Kembo-Ekoko)
Olympique de Marselha 1 x 1 Lens (Mbia; Eduardo Santos) – Mais de 50 mil pessoas no Vélodrome
Lyon 1 x 0 Nice (Pied) – Michel Bastos perdeu pênalti
Bordeaux 2 x 1 Nancy (Sané e Plasil; Efoulou) 
Monaco 0 x 0 Arles-Avignon

Valenciennes x Saint-Etienne – adiado devido ao mau tempo (choveu no Norte francês durante mais de 24h)

>> Classificação: Brest lidera com 22 pontos, seguido por Lille e Montpellier, com 21. Confira tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 24 de março de 2010 Copas francesas, Franceses no mundo | 21:21

Muitos gols decisivos

Compartilhe: Twitter

Nas duas partidas restantes pelas quartas-de-finais da Copa da França, assistimos a um bocado de gols decisivos, onze. No Principado mais charmoso da Fórmula 1, o Monaco superou o Sochaux no sufoco da prorrogação, por 4 a 3. Já no norte francês, o Lens prevaleceu para cima do Saint-Etienne, fazendo 3 a 1 com contribuição brasileira.

Primeiro, as reviravoltas em Monaco. Boudebouz assustou os donos da casa no Louis II, ao abrir o placar para o Sochaux aos 29 minutos de jogo. Mas o Monaco conseguiu a virada logo depois, com gols de Puygrenier e Haruna, aos 34 e 38 minutos, respectivamente. Mal começou o segundo tempo, porém, o Sochaux empatou com Dalmat. E a virada veio aos 26 minutos, com Brown. Entretanto, quando tudo levava a crer que os visitantes garantiriam a vaga nas semifinais, Pino marcou para os anfitriões, aos 45 minutos!

A partida teria de ser decidida na prorrogação. Aí, brilhou a estrela do nigerense Moussa Maazou, que vem se mostrando uma ótima contratação para o ASM: ele marcou aos cinco minutos, na terceira e derradeira virada da partida. Para o Monaco, esta Copa pode ter o mesmo efeito esperado pelo PSG: salvar uma temporada que vem se mostrando decepcionante na Ligue 1.

Nenê, no alto, e colegas comemoram gol monegasco (Reuters)

Por fim, o triunfo do Lens. Apesar de estar longe de seus domínios, os alviverdes do Saint-Etienne saíram na frente do marcador logo no primeiro minuto de jogo. Após cruzamento de Monsoreau, Chelle e Ramos falharam e a bola sobrou com o belga Kevin Mirallas, que só teve o trabalho de empurrar para as redes. O empate do Lens veio ainda na primeira etapa. Aos 36 minutos, o zagueiro Chelle acertou a trave do goleiro Planté e, no rebote, o brasileiro Eduardo Santos apareceu para completar para o gol.

A virada dos donos da casa veio aos 30 minutos. Mais uma vez Roudet apareceu para bater falta, encontrando o zagueiro Yahia, que desviou para a meta adversária, não dando chances ao arqueiro adversário. No final, o próprio Roudet marcou o seu, garantindo a classificação da equipe aurirrubra para as semifinais. Como Eduardo esteve na campanha vitoriosa do Guingamp na última Copa da França, ele é o único que pode conquistar o bicampeonato consecutivo da competição!

Eduardo Santos tenta se livrar de marcador no Felix Bollaert (Reuters)

Franceses fora da França
Nesta quarta, Florent Malouda fez dois dos cinco gols que o Chelsea aplicou para cima do falido Portsmouth, fora de casa, pelo Campeonato Inglês. A revelação Jonathan Biabiany participou diretamente do gol do Parma sobre o Milan no Campeonato Italiano: chutou cruzado, o goleiro Abbiati rebateu e Bojinov mandou para a redes, decretando a derrota rossonera. E no berço da filosofia ocidental, Djibril Cissé, sempre ele, encerrou a vitória do Panathinaikos sobre o Pas Giannina por 3 a 1, pela partida de ida das semifinais da Copa da Grécia.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 7 de fevereiro de 2010 Franceses no mundo, Seleção francesa | 23:21

Fim de semana na redação 6

Compartilhe: Twitter
Ribérra voltou a marcar, brigando como nunca (AFP)

Ribérra voltou a marcar, brigando como nunca (AFP)

Além da tradicional rodada do Campeonato Francês, o post deste domingo traz breves registros do que vi, no plantão, dos franceses nos campeonatos Inglês e Alemão, além do sorteio dos grupos das Eliminatórias para a Eurocopa 2012 – do ponto de vista francês, bien sûr:

Inglaterra: Em Liverpool x Everton, houve um duelo de franceses nos ataques. David N’Gog, 20 anos, voltou a ser titular dos Reds, com a ausência de Fernando Torres, enquanto Louis Saha, 31, também começou a partida do lado azul. Mas ambos decepcionaram, um talvez porque seja muito verde, o outro porque já deu o que tinha que dar…

 – Alemanha: Franck Ribéry voltou a se apresentar como nos bons tempos e fazer o que dele se esperava: gol e muita disposição em campo. Contribuiu sobremaneira para a vitória do Bayern de Munique sobre o Wolfsburg. Que se mantenha assim até a Copa, desejam os franceses.
 
– Nunca tinha visto sorteio de grupos de competição internacional num domingo, mas foi hoje mesmo que a Uefa distribuiu 51 seleções do continente em 9 chaves (6 grupos com 6 países cada e 3 grupos com 5 países cada) para a Eurocopa 2012, que terá sedes na Polônia e Ucrânia. O esquema é bem semelhante ao das Eliminatórias para a Copa: classificam-se os nove primeiros colocados e o melhor segundo colocado. As oito seleções restantes que ficarem na segunda colocação disputam uma repescagem por quatro vagas finais. Daí se tiram 14 países, que vão se somar a poloneses e ucranianos nos 16 da Euro.

Pois bem, a França caiu no grupo D, no qual enfrentará Romênia, Bósnia-Herzegovina, Belarus, Albânia e Luxemburgo. Os romenos, que os franceses conhecem bem das últimas Eliminatórias para 2010, e os bósnios, que só não vão para a África do Sul em junho porque perderam de Portugal na repescagem, são os únicos que se mostram capacitados a dar algum trabalho para os Bleus. O que o presidente da Federação Francesa de Futebol, Jean-Pierre Escalettes, comemorou, entretanto, foi um fator extracampo: “‘Minha maior satisfação é que não teremos viagens muito longas a fazer”.    

– Pra finalizar, os resultados da 23a journée da Ligue 1, que comento amanhã, segunda:

Boulogne 0 x 2 Montpellier (Camara e Montano)
Nice 1 x 1 Lille (Ben Saada; Túlio de Melo
Grenoble 5 x 0 Auxerre (Ljuboja, Akrour 2 e Matsui 2
Paris-SG 0 x 3 Lorient (Vahirua, Gameiro e Amalfitano) 
Sochaux 1 x 1 Nancy (Dalmat; Dia) 
Lens 2 x 1 Le Mans (Monnet-Paquet e Eduardo Santos; Maïga) 
Rennes 4 x 2 Bordeaux (Marveaux, Briand pênalti, Bangoura e Gyan; Gouffran e Wendell
Toulouse 0 x 0 Lyon – Makoun-LYO foi expulso 
Saint-Etienne 3 x 0 Monaco (Matuidi, Bergessio e Rivière) 
Marseille 5 x 1 Valenciennes (Lucho González, Brandão, Cheyrou, Valbuena e Niang; Sanchez) – mais de 46 mil pessoas no Vélodrome

A melhor foto de N'Gog na vitória do Liverpool foi esta... (AP)

A melhor foto de N'Gog na vitória do Liverpool foi esta... (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última