Publicidade

Posts com a Tag Drogba

quarta-feira, 2 de abril de 2014 Torneios europeus | 23:22

PSG abre ótima vantagem, mas Ibra se machuca contra o Chelsea

Compartilhe: Twitter
O segundo gol do Paris saiu assim (Getty Images)

O segundo gol do Paris saiu assim (Getty Images)

O objetivo de apagar a última impressão deixada pelo time inglês no estádio parisiense foi muito bem cumprido hoje, pela ida das quartas de finais da Liga dos Campeões da Europa: 3 a 1 pro Paris Saint-Germain. A comissão técnica da seleção brasileira (Felipão, Parreira, Murrrtosa) acompanhou in loco, assim como havia feito na véspera, em Barcelona 1 x 1 Atlético de Madrid.

As duas equipes já haviam se cruzado pela Champions de 2004/05, na fase de grupos. Em setembro do primeiro ano, no Parc des Princes, o Chelsea meteu 3 a 0, gols do zagueiro Terry e do atacante Drogba (2), ex-Olympique de Marselha. Na Inglaterra, dias depois, foi 0 a 0 (nesse link da Uefa dá pra relembrar as escalações dos times na época, assim como quando voltaram a se encontrar, em um amistoso em 2012).

Voltando a abril 2014, o Parrí conseguiu o que todo time da casa deseja em partida decisiva, que é abrir o placar rapidinho. Matuidi cruzou, Terry (o mesmo de 2004) afastou mal de cabeça, e ainda dentro da área Lavezzi dominou e bateu no alto, fora do alcance de Cech, aos 3 minutos. Mas aos 26, Ibra perdeu a bola pelo meio, Thiago Silva calculou mal o carrinho na direção de Oscar, o brasileiro caiu, pênalti. O belga Hazard, ex-Lille, cobrou com classe para empatar.

O domínio do PSG seria recompensado no 2º tempo. Aos 16, falta inexistente de David Luiz em Matuidi na lateral. Lavezzi levantou no meio da cozinha (LUIZ, Silvio), a bola passou por meio mundo e o azarado David empurrou para dentro, atrapalhado que só. A festa parisiense aumentou nos acréscimos, quando o argentino Pastore enfileirou a defesa inglesa pela ponta, numa jogada que pouco prometia, entrou na área e bateu cruzado, por baixo do goleiro, fechando o marcador.

Porém, Laurent Blanc não vai poder usar a formação que gostaria para o jogo de volta, na terça que vem, em Londres. Nada menos que O cara do elenco, Ibrahimovic, saiu de campo com lesão muscular na coxa e já é considerado desfalque. Outro lesionado que pode ficar de fora é o habilidoso volante Verratti. Vamos torcer para parar por aí!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de abril de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:27

Evra sai na frente de Malouda e Anelka

Compartilhe: Twitter

Patrice Evra foi titular e atuou o jogo inteiro no qual o Manchester United fez 1 a 0 sobre o Chelsea, em Londres, abrindo o confronto de quartas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa. Não só atuou como salvou um gol em cima da risca, em chute de Terry, e cometeu um pênalti não marcado no brasileiro Ramires no finalzinho da partida. Ou seja, foi muito bem!

Florent Malouda e Nicolas Anelka, preteridos da formação inicial do Chelsea por Carlo Ancellotti, vieram para campo muito tarde, com 70 minutos de jogo (25 do 2º tempo), e em opção errada do técnico italiano, que tirou Drogba em vez do apagado Torres. E não conseguiram evitar a derrota no clássico inglês, embora pelo menos o pênalti em cima de Ramires possa ser creditado na conta do árbitro espanhol Alberto Mallenco…

evra_united_chelsea1

A providencial salvada do lateral esquerdo francês... (AP)

evra_united_chelsea2

... ajudando os Diabos Vermelhos a abrirem vantagem sobre os Blues (AP)

evra_ramires

Ah, teve essa tesourada do francês em um brasileiro, mas o espanhol disse "segue o jogo!" (Reuters)

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010 Brasileiros na França, Franceses no mundo, Torneios europeus | 10:41

Olympique bate Chelsea, Real Madrid goleia Auxerre

Compartilhe: Twitter

Final da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa para todos. O Olympique de Marselha encerrou a etapa com moral, derrotando nada mais nada menos do que o Chelsea (1 a 0), até então invicto e com 100% de aproveitamento. Já o Auxerre provou que não tinha time para a Champions mesmo: 4 a 0 para o Real Madrid.

O retorno de Didier Drogba ao Vélodrome teve recepção festiva para o marfinense e desabafo de um brasileiro. Brandão marcou o único gol do jogo, já aos 35 minutos do 2º tempo, e pediu silêncio aos torcedores que o criticavam. O OM já tinha acertado uma bola na trave, com Valbuena, e contou com a sorte em lance que o juiz marcou pênalti de Diawara em Kalou, mas, após consultar o bandeirinha, voltou atrás. 

A vitória em Marselha não alterou a configuração dos classificados no grupo F: Chelsea em primeiro (15 pontos) e Olympique em segundo (12 pontos). Didier Deschamps utilizou: Mandanda; Kaboré, Diawara, Heinze, Taiwo; Abriel (Ayew), N’Diaye (Jordan Ayew), Cheyrou; Valbuena (Lucho González), Brandão, Rémy. Carlo Ancellotti, com alguns desfalques e poupados, levou a campo Cech; Bosingwa (Van Aanholt), Ivanovic, Terry (Bruma), P. Ferreira; Essien, McEachran, Ramires; Kalou, Drogba (Sturridge), Malouda.

brandao_marselha_chelsea_afp

Terry por baixo, Brandão por cima e os torcedores... quietos agora? (AFP)

No Santiago Bérnabeu, um intimidado e pouco produtivo Auxerre sucumbiu aos madridistas, em dia de protagonismo de um francês, Karim Benzema, autor de três gols – Cristiano Ronaldo fechou a conta. Não dava mesmo para o time francês evitar a lanterna do grupo G, até porque o Ajax não se intimidou perante o Milan, fez 2 a 0 e ficou com a terceira vaga e o passaporte para a Liga Europa.

Jean Fernandez escalou Sorin, Dudka, Coulibaly, Mignot, Grichting; Chafni, Alain Traoré, Oliech, Birsa (Langil); Pedretti (Sammaritano), Contout (Quercia). José Mourinho utilizou Dudek (Adan); Arbeloa, Ricardo Carvalho, Albiol e Marcelo (Garay); Diarra, Lass, Granero e León; Cristiano Ronaldo (Sarabia) e Benzema.

benzema_lass_real_madrid_auxerre_afp

Carinho francês em Madri: Lassana Diarra beija (argh!) Karim Benzema (AFP)

 

Franck Ribéry e Samir Nasri
Destaque para o atacante francês na vitória do Bayern de Munique sobre o Basel: dois dos três gols foram do Scarface! O time alemão se classificou em primeiro na sua chave. E Samir ajudou com um gol novamente o Arsenal, que superou o Partizan e também avançou.

O sorteio das oitavas de finais da Champions League acontece no dia 17, sexta da semana que vem.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 17:13

Lille acerta o pé e fecha rodada na frente

Compartilhe: Twitter
sow_lille_lorient_afp

Vários defensores do Lorient não bastaram para conter o artilheiro do LOSC, Moussa Sow (AFP)

Agradeço aos que me desejaram boas férias e vou procurar não deixar a turminha aqui na mão, seguindo a postar as informações de praxe, mesmo que demorem um pouco mais do que o costume, d’accord? Antes de entrar na rodada propriamente dita, vale registrar o empenho dos franceses neste final de semana na final da Copa Davis de tênis. Apesar da Sérvia ter vencido o confronto por 3 a 2, a França levou muitos torcedores para a quadra em Belgrado e dificultou bastante a conquista de Novak Djokovic e companhia, sobretudo na partida de duplas, no sábado. Congratulations! 

O mais novo líder isolado do Campeonato Francês demonstrou autoridade na arte de fazer gols: foram 6 do Lille pra cima do Lorient, que ainda fez 3. O triplé levou Moussa Sow a abrir vantagem no topo da artilharia da Ligue 1, chegando a 13 gols em 16 jogos, ótima média de 0,8 gol por partida. Atrás dele estão El-Arabi (Caen), com 10, o brasileiro Nenê (PSG), com 9, Gameiro (Lorient) e Payet (Saint-Etienne), com 8 gols. Pelo que me lembro, uma quantidade tamanha de gols marcados como esses nove no domingo (o jogo seria no sábado, mas o clima, como eu previa, não permitiu que assim fosse…) não acontecia na competição desde o épico Lyon 5 x 5 Olympique de Marselha, no dia 9 de novembro de 2009 (dá pra rever os gols deste clássico “sobrenatural” neste link).

O LOSC, time de melhor ataque do torneio, foi o maior beneficiado pela derrota do então líder Olympique de Marselha para o Nice, sacramentada aos 47 do 2º tempo na casa da tia Nice! Ineficaz na hora de concluir as chances de gols que cria, o OM paga o preço e deixa o campo novamente com um resultado amargo, depois do 0 a 0 contra o Rennes, na quarta. Segundo a France Football, “um curso de Bundesliga faria bem aos atacantes marselheses”, se referindo ao Campeonato Alemão, que goza de excelentes médias de gols rodada após rodada.

Paris Saint-Germain e Rennes venceram e também ultrapassaram o Olympique na Marselha. O primeiro superou o rival direto, Brest, por 3 a 1 – mais um gol para a conta de Nenê, em estupenda fase (que nenhum grande das potências europeias queira tirá-lo do PSG na janela de inverno europeu, heim…). O Stade Rennais foi bem mais modesto pra cima do Monaco (1 a 0), mas não pode ser descartado só porque é mais humilde, pois o time tem competência.

Ao lado do Marselha em pontos está agora o Lyon, que arrancou ótima vitória contra o Montpellier, fora de casa, com seus dois gols vindos de Lisandro López, que tomara que retorne aos bons tempos de vacas gordas. Logo atrás estão Bordeaux e Sochaux, este último surpreendendo não só por ter o segundo melhor ataque do Francês, mas pelo primeiro gol do volante/lateral-esquerdo Carlão, ex-Corinthians, na Ligue 1, nos 2 a 1 sobre o Valenciennes, certamente um feito histórico! No empate contra o Saint-Etienne, por 2 a 2, Fernando Menegazzo marcou para os Girondinos.

carlao_sochaux_valenciennes_afp

Carlão regozija-se com os companheiros de Sochaux no Auguste Bonal, em Montbeliard


*Liga dos Campeões*
A semana para os franceses reserva a última rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. Já se sabe que o Olympique de Marselha está classificado para as oitavas em segundo lugar no grupo F, que o Lyon garantiu sua presença entre os melhores do B e que o Auxerre no máximo pode tentar um lugar na sequência da Liga Europa pela chave G.

Os jogos deles, pelo horário de Brasília, estão relacionados abaixo (nenhum deles deve passar nos canais ESPN, pelo que acabei de ver):

Terça, 7 de dezembro
17h45 – Lyon x Hapoel Tel Aviv – Com um ponto a menos que o líder Schalke 04, o OL pode acabar em primeiro se vencer em casa, o que não é difícil pela (falta de) qualidade do seu rival, e o time alemão empatar ou perder para o Benfica, em Portugal.

Quarta, 8 de dezembro
17h45 – Real Madrid x Auxerre – Vencer o líder assegurado do grupo na Espanha parece quase impossível, mas com os madridistas bem pouco interessados no jogo, o AJA deve tentar os três pontos, pois, nesse caso, se o Ajax (um ponto à frente dos franceses) não bater o também garantido Milan na Itália, o Auxerre acaba no terceiro posto da fase e atinge a Europa League. Se houver empate no Santiago Bernabéu e vitória rossonera no San Siro, a equipe francesa também pula para a terceira colocação nos critérios de desempate (terá saldo de gols melhor que a holandesa).

17h45 – Olympique de Marselha x Chelsea – Na mesma situação em que o Real, o time inglês pode vir ao Vélodrome com vários reservas, sem dar trela para o resultado. Chance, portanto, para o OM tentar recuperar a autoestima diante de um adversário da elite mundial e treinar o ataque, que precisa melhorar a pontaria, para a sequência da Ligue 1 e as oitavas da Champions, no ano que vem. Se Didier Drogba entrar em campo contra a equipe que o revelou, a partida ganha um atrativo maior. No outro jogo do grupo, Zilina e Spartak Moscou (este já garantido em terceiro) cumprem tabela na Eslováquia.

A Liga Europa viverá sua derradeira rodada da fase de grupos na semana que vem, nos dias 15 e 16 de dezembro.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 3 de novembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:53

Chocolate do Marselha e arroz com feijão do Auxerre

Compartilhe: Twitter
zilina_marselha_gignac_dubravka_reuters

As atuações de Gignac e do goleiro Dubravka contrastaram gritantemente, como nessa foto da agência Reuters

Bela quarta-feira para os times franceses na Liga dos Campeões da Europa, numa semana em que tudo se inverteu em relação às duas primeiras rodadas: Lyon perdeu, Marselha e Auxerre ganharam. Com placares beeeem diferentes, mas em circunstâncias favoráveis, reanimando-os no principal torneio do continente.

E que goleada ACACHAPANTE do Olympique: 7 a 0 no MSK Zilina, e na Eslováquia! Foi a segunda maior vitória da história da Uefa Champions League, atrás apenas de Liverpool 8 x 0 Besiktas, em 2007. O Marseille ainda alcançou os recordes de maior vitória fora de casa ao final da partida e nos primeiros 45 minutos de jogo, quando já estava 4 a 0.

Particularmente, quem não se esquecerá desta noite de terça-feira será André-Pierre Gignac, aplaudido e substituído na segunda etapa por Brandão. Depois de marcar apenas um gol em dez jogos disputados na atual temporada, entre Ligue 1 e Champions, o atacante ex-Toulouse renasceu: fez um hat-trick e se tornou o quarto francês a obter tal marca na competição, depois de Franck Sauzée (esse eu não conhecia), Thierry Henry e Sylvain Wiltord. Lucho González marcou dois, Gabriel Heinze e Loïc Rémy completaram o placar com um tento cada.

Como era esperado, o Chelsea não tomou conhecimento do Spartak Moscou: 4 a 1 no Stamford Bridge, em resultado excelente para a pretensão de classificação do OM. Curiosamente, entre os que mais ajudaram o time francês no jogo de Londres estão o francês Nicolas Anelka (agora vice-artilheiro geral*), autor de um gol, e Didier Drogba, ex-Olympique, com um gol (de pênalti) e uma assistência (cruzamento perfeito para o cabeceio de Ivanovic). Agora, Marselha e Spartak empatam em pontos, mas o enorme saldo de gols do time francês não o coloca na frente porque, no confronto direto (1º critério de desempate), a vantagem é russa, pela vitória por 1 a 0 no Vélodrome. Portanto, é mais do que recomendável aos comandados de Didier Deschamps uma vitória em Moscou, na próxima rodada, dia 23.

auxerre_ajax_birsa_sammaritano_quercia_reuters

Julien Quercia tenta evitar, sem sucesso, a comemoração nada máscula de Valter Birsa e Frédéric Sammaritano (Reuters)

Bem mais magra, porém tão importante quanto, foi a vitória do Auxerre sobre o Ajax no L’Abbé-Deschamps, por 2 a 1. O AJA abriu o placar logo de cara, quanto Frédéric Sammaritano não quis saber da fama religiosa do seu nome e chegou com tudo num chute-dividida que virou gol nos primeiros minutos. A pressão holandesa foi intensa, Luiz Suárez deu um trabalhão e o empate veio de cabeça (com o beque Alderweired), no segundo tempo. Quando tudo parecia resolvido, porém, Kamel Chafni foi espertaço após sofrer falta no ataque: bateu rapidinho, colocando Steeven Langil na cara de Stekelenburg, e a rolada por baixo do arqueiro deu a vitória aos anfitriões.

Uma vitória do Real Madrid sobre o Milan seria perfeita para o sonho auxerrense, mas até que o empate por 2 a 2 no San Siro não foi ruim, pois a equipe francesa (3 pontos) está a apenas dois pontos do time italiano, vice-líder do grupo G (o Ajax tem 4). Como o Auxerre receberá os rossoneros na próxima rodada, pode ultrapassá-los na tabela em caso de vitória e, se o Real bater ou empatar com o Ajax na Holanda, subirá para uma surreal segunda posição na chave da morte! Como o futebol está sempre sujeito a acasos e imprevistos, o que custa sonhar?

FfF
Pinceladas sobre o que fizeram os jogadores franceses que atuam fora da França: 

– Ontem, Gabriel Obertan anotou um belo gol na vitória do Manchester United sobre o Bursaspor (3 a 0)

– Como disse o Filipe nos comentários, Karim Benzema foi o responsável pela assistência para o gol que salvou o Real Madrid da derrota na Itália. No fim de semana, pelo Campeonato Espanhol, ele também foi fundamental para o sucesso do time, que venceu o Hércules de Trezeguet (que abrira o placar) de virada.

Jérémy Menez abriu o placar para a Roma contra o Basel, finalizando com categoria. Acabaria 3 a 2 pró-giallorossi na Suíça.

Gael Clichy vacilou feio no lance que redundaria no segundo gol do Shakhtar Donetsk sobre o Arsenal, o de Eduardo, perdendo a bola na defesa, perto da linha de fundo. Os Gunners levaram 2 a 1 na Ucrânia.

*Com 5 gols em 4 jogos, Anelka está empatado com Lionel Messi (Barcelona) e atrás apenas de Samuel Eto’o (Inter de Milão), que tem 7.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 27 de setembro de 2010 Torneios europeus | 22:47

Times e transmissões para terça na Champions

Compartilhe: Twitter

Chelsea x Olympique de MarselhaVT na ESPN Internacional, às 18h

Drogba, Lampard e Kalou desfalcam o time inglês. O capitão Taiwo deve superar Mamadou Niang como o jogador que mais defendeu o OM em torneios europeus – serão 53 jogos desde que chegou, em 2005, para substituir Bixente Lizarazu

CHELSEA: Cech; Ivanovic, Alex, Terry e Ashley Cole; Essien, Mikel, Ramires e Malouda; Anelka e Sturridge.
Técnico: Carlo Ancelotti

OLYMPIQUE DE MARSELHA: Mandanda; Azpilicueta, Diawara, Heinze e Taiwo; Edouard Cissé, Cheyrou e Lucho González; Rémy, Ayew e Gignac (Brandão).
Técnico: Didier Deschamps

Árbitro: Frank De Bleeckere (Bélgica)


*LIGADOSCAMPEÕES
LIGADOSCAMPEÕESLIGADOSCAMPEÕESLIGADOSCAMPEÕES*


Auxerre x Real Madrid
 – ESPN Brasil ao vivo, às 15h45, e VT na ESPN Internacional às 20h

Jelen, se recuperando de contusão, é dúvida no AJA, que não terá Mignot. De titular, o Real só não conta com Kaká mesmo.

AUXERRE: Sorín; Hengbart, Coulibaly, Grichting e Dudka; Ndinga, Langil, Birsa e Pedretti; Oliech e Jelen (Contout).
Técnico: Jean Fernández

REAL MADRID: Casillas; Sergio Ramos, Pepe, Ricardo Carvalho e Marcelo; Xabi Alonso, Khedira e Özil; Cristiano Ronaldo, Benzema e Higuaín.
Técnico: José Mourinho

Árbitro: Claus Bo Larsen (Dinamarca)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 17:30

E continua o bololô. Ótimo!

Compartilhe: Twitter

A tabela de classificação do Campeonato Francês segue empolgante, todo mundo coladinho e quatro primeiros que pouca gente esperava que fossem os quatro primeiros: após sete rodadas, Saint Etienne (16 pontos), Rennes (15), Toulouse (14) e Caen (12). Até quando vai o fôlego dessa galera, que torce pros representantes franceses nas ligas europeias (Lyon, Marselha, Auxerre, PSG e Lille) se desgastarem ao máximo em âmbito continental? Confira tabela completa da Ligue 1

O Saint Etienne (ASSE) teve sua força posta à prova no clássico contra o Lyon, fora de casa, e se saiu bem: 1 a 0, gol do artilheiro Dimitri Payet, que mantém a ótima média de um por jogo (7 em 7). Escreve o BrasiLyonnais que o OL chutou quase seis vezes mais a gol que o rival (28 a 5), mas futebol é assim mesmo. Sem competência e sorte para marcar, você perde mesmo sendo aparentemente melhor na maior parte do jogo.

Logo atrás de Payet na tábua de goleadores aparecem Youssef El-Arabi (Caen) e Nenê, com quatro gols. O brasileiro voltou a deixar sua marca, na vitória do Paris Saint-Germain, em ascensão, contra o Lens, mesmo com o apoio da torcida do time nortista, que sempre aparece em ótimo número no Felix-Bollaert (2 a 0).

Nenê e a torcida do PSG, em lua de mel: bela noite em Lens!

Nenê e a torcida do PSG, em lua de mel: bela noite em Lens!

*Uma terça como poucas!*
Amanhã e quarta acontece a segunda rodada da Liga dos Campeões da Europa. Nesta terça, teremos “apenas” Chelsea x Olympique de Marselha e Auxerre x Real Madrid, amigo! Um dia depois, o Lyon vai a Israel para enfrentar o Hapoel Tel-Aviv. Todos às 15h45 de Brasília.

No Stamford Bridge, a ausência do suspenso Didier Drogba, ex-jogador do Olympique, é ótima para o time marselhês. Mas os franceses Nicolas Anelka e Florent Malouda, que têm se mostrado eficientes ofensivamente, estarão do lado oposto à equipe de Didier Deschamps, que fala em atacar mas não esconde que um empate em Londres seria um bom resultado.

Falta de efetividade no ataque, especialmente contra adversários mais fracos, é uma crítica que o Real Madrid tem recebido. Motivo para o Auxerre se animar? Mais ou menos, porque a qualidade do AJA é limitada. Maaas, como não é todo dia que a pequena Auxerre (40 mil habitantes na cidade, 80 mil na região) recebe um Real da vida, motivação não deve faltar aos franceses, que têm todos os motivos para comer grama em busca de uma “não-derrota” no L’Abbé-Deschamps (21 mil lugares).

Logo mais tem mais

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 15 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:15

Quase tudo errado

Compartilhe: Twitter

Somente os jogadores franceses que atuam em clubes não-franceses tiveram o que comemorar nesta quarta-feira pela Liga dos Campeões da Europa. Os times do país, Olympique de Marselha e Auxerre, saíram derrotados em circunstâncias diferentes. Que o AJA fatalmente perderia para o Milan, era esperado (foi 2 a 0). A decepção ficou por conta do revés em casa do Olympique para o Spartak Moscou (1 a 0). Em compensação, a dupla Florent Malouda-Nicolas Anelka protagonizou um dos gols do sacode que o Chelsea impôs ao Zilina na Eslováquia (4 a 1). Anelka marcou mais um na goleada, provando que, assim como Govou, sabe marcar gol pelo menos no seu clube…

Primeiro vamos de Auxerre, que pude ver pela TV na íntegra, o que é bem raro durante a semana. Jean Fernandez levou a campo Sorin; Hengbart, Coulibaly, Mignot e Grichting; Oliech, Pedretti, Ndinga, Birsa (Le Tallec) e Langil (Chafni); Jelen. O primeiro tempo foi bom para o recuado time francês, que, embora tenha tido bem menos posse de bola, conseguiu duas chances claras de gol, em cabeçada no travessão do becão Coulibaly e em ótimo contra-ataque no qual Langil foi fominha e não passou quando invadiu a área.

Sem aproveitar as poucas chances, deixando o polonês Jelen sozinho na frente e com o esloveno Birsa muito lento, o Auxerre pagou pelo melhor segundo tempo do Milan, especialmente quando Robinho entrou no lugar de Alexandre Pato. Aos 21, Ronaldinho levantou na área com precisão, Boateng escorou de cabeça e Ibrahimovic enganou Sorin, fazendo 1 a 0. Mal incorporou o baque, o AJA levou o segundo três minutos depois, quando novamente Ronnie puxou contra-ataque, serviu Ibra e o sueco bateu de primeira, de lado, no canto do goleiro “auxerrês”.

Fraco no ataque e sem inspirações individuais, o time francês sucumbiu e agora divide a lanterna do grupo G com o Ajax, derrotado pelo Real Madrid pelo mesmo placar, com o qual deve, no máximo, brigar pela terceira posição da chave e a vaga na próxima fase da Liga Europa. O próximo compromisso é contra o Real no Abbé-Deschamps.

Em Marselha, o time de Didier Deschamps foi Mandanda; Azpilicueta, Hilton, Heinze e Taiwo; Edouard Cissé, Cheyrou e Lucho González (Jordan Ayew); Valbuena, Brandão (Gignac) e André Ayew. Não pude ver o jogo do Vélodrome, mas relatos dão conta de que a pressão do Marselha foi forte, especialmente no segundo tempo. E a sorte faltou quando o lateral-direito espanhol Cezar Azpilicueta marcou contra o patrimônio aos 36 minutos e, na tentativa de diminuir o prejuízo, o OM mandou uma bola na trave já nos acréscimos!

Como está na mesma chave de Chelsea e Zilina, o Olympique deve, em tese, brigar pela segunda vaga do grupo com o próprio Spartak, o que o obriga a buscar a vitória quando for jogar em Moscou. O próximo compromisso na Liga é árduo: Chelsea, no Stamford Bridge, em provável reencontro com Didier Drogba.

Mignot disputa bola com o carrasco do Auxerre em Milão, Zlatan Ibrahimovic (Reuters)

Mignot disputa bola com o carrasco do Auxerre em Milão, Zlatan Ibrahimovic (Reuters)

Bonita a camisa do Olympique de Brandão. Mas acho que de cabelo comprido o brasileiro tem mais sorte... (Reuters)

Bonita a camisa do Olympique de Brandão. Mas acho que de cabelo comprido o brasileiro tem mais sorte... (Reuters)


Quinta: Liga Europa!

Pontapé inicial na fase de grupos para uma penca de times (48), entre eles Paris Saint-Germain e Lille. O PSG vai à Espanha enfrentar o Sevilla, às 16h05 – com ESPN Brasil ao vivo. O LOSC recebe o Sporting Lisboa (Portugal), pelo grupo C, às 14h.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 19 de junho de 2010 Copa do Mundo | 22:13

O blog torce para Costa do Marfim

Compartilhe: Twitter

Bruno Pessa é brasileiro e torce para que sua seleção de origem seja hexa na Copa 2010. Mas Le Blog du Foot é franco-brasileiro e, neste domingo, uma “nação irmã” da França vai enfrentar o time do Dunga.

A Costa do Marfim foi colonizada pelos franceses e tem no francês seu idioma oficial. Vários marfinenses jogam – como Gervinho e Koné – ou jogaram – como Drogba –  no futebol francês. Então existe uma afinidade, assim como há entre França e Argélia, por exemplo (vi na sexta que os argelinos representam o maior grupo imigrante vivendo no país da capital Paris).

Além do mais, a maioria dos brasileiros revanchistas querem que a França se f… desde 2006. Então, Costa do Marfim pode aprontar à vontade contra os pentacampeões mundiais que este blog não vai se irritar nem um pouquinho!

Autor: Tags: , , , , , , ,

sábado, 26 de setembro de 2009 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores, Franceses no mundo | 22:22

Fim de semana na redação 2a

Compartilhe: Twitter
Kaká e Benzema (AP)

Kaká e Benzema (AP)

Como já mencionado no post Fim de semana na redação 1, os plantões esportivos me permitem publicar aqui algo mais do que resultados da rodada do Francesão. Neste sábado, vi…:

> … que Karim Benzema marcou dois dos três do Real Madrid contra o Tenerife (Kaká fechou o placar) no Espanhol. Para quem não tem vaga garantida no ataque galáctico, superbe!

> … que a dupla dinâmica Anelka e Drogba não foi suficiente para livrar o Chelsea da derrota para o surpreendente Wigan pelo Inglês, por 3 a 1. Não tem mais 15 bobos na Premier League…

> … que, pela segunda divisão, o simpático Metz saiu derrotado em Le Havre (2 a 0) para o dono da casa, lanterna disparado da última Ligue 1. O lamento é porque vim trabalhar com a camisa laranja do Metz. É a única camisa de time francês que tenho, mas o afeto se consolida com o tempo, sa’co’mé né?

O exótico Gael (EFE)

O exótico Gael (EFE)

> Por falar em Metz, tá rolando um torneio de tênis com gente boa por lá. Dos três franceses na semifinal, Gael Monfils sobreviveu e decide o título amanhã contra o alemão Phillip Kohlschreiber. Não pode fazer feio em casa, viu cabeludão!

>> E as melhores fotos do dia francês no esporte, encerrando este post e um sábado delicioso de trabalho (sim, fui irônico), trazem Claude Puel, entusiasmado treinador do Lyon, na partida contra o Toulouse no Gerland, e os armários jogadores de rúgbi Sebastien Chabal (a lenda!) e François Steyn, que representam perfeitamente um time patrocinado pela “Dove Men Care” (a frase está em cinza, na altura do coração… que fofo!). Aprecie:

Os suaves Chabal e Steyn (AP)

Os suaves Chabal e Steyn (AP)

 

 

    
Puel esqueceu que não joga (AP)
                                                                                           Puel esqueceu que não joga mais (AP)
Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última