Publicidade

Posts com a Tag Dja Djedje

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014 Francês da 1ª divisão | 10:08

Olympique e Paris empatam; Lyon vence nos acréscimos

Compartilhe: Twitter

Rolou entre terça e ontem a 16ª rodada do Campeonato Francês, a nossa Ligue 1.

CRAVEI NO BOLÃO o empate Lorient 1 x 1 Marseille, apesar de manter um desempenho medíocre no momento, sendo o 10º entre 19 participantes ativos.

Depois de receber de DJADJEDJE, Thauvin lançou Payet do outro lado do campo, o atacante cortou pra dentro e chutou cruzado, no alto. O goleiro Lecomte desviou mas ela entrou: 1 a 0 pro OM.

Só que nem dois minutos depois, pênalti pros donos da casa após choque forte do goleiro Mandanda em Jeannot (lance duvidoso, mas ok). Jordan Ayew bateu no canto oposto do seu ex-companheiro de time, empatando.

E NÃO É QUE ACERTEI NA MOSCA TAMBÉM o placar em Lille 1 x 1 PSG – apesar das muitas chances de gols criadas para ambos os lados? Foi o primeiro tropeço parisiense depois de 9 vitórias seguidas (leia mais e assista aos lances)

Sem seu companheiro de ataque Ibrahimovic, lesionado no tornozelo e também fora da final do Prêmio Puskas da Fifa pelo gol mais bonito do ano, o uruguaio Cavani abriu o placar para os visitantes, depois de boa trama ofensiva sul-americana: Lucas arrancou, serviu Lavezzi e o cruzamento foi uma assistência na medida para Edinson. Porém, ainda no primeiro tempo, o goleiro Sirigu tentou defender uma cabeçada no primeiro pau, vinda de um escanteio do LOSC, mas a bola bateu na trave e cruzou a linha do gol.

Fechando a rodada, o Lyon abriu o placar logo aos 6 minutos contra o Stade de Reims, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo e, quando parecia que ia ficar nisso mesmo, conseguiu a vitória aos 46 do 2º.

Desfecho bacana pra disputa no topo da tabela, pois agora o OL está um pouquinho mais próximo, a quatro pontos do PSG e cinco do OM.

Chamou a atenção, nesta rodada, o duplo rolinho do meia Ferreira-Carrasco no jogo do Monaco contra o Lens. Assista abaixo:

Demais resultados:

Montpellier 0 x 2 St Etienne – acertei o vencedor!
Monaco 2 x 0 Lens – PALPITE PERFEITO!
Nantes 1 x 2 Toulouse – palpite invertido…
Guingamp 5 x 1 Caen – a goleada da rodada
Nice 1 x 2 Rennes 
Metz 0 x 0 Bordeaux
Bastia 1 x 2 Evian

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 10 de junho de 2014 Copa do Mundo | 19:22

Estrangeiros do futebol francês na Copa 2014

Compartilhe: Twitter
Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante cuja seleção não se classificou pra Copa...

Antes mesmo de Falcao ser oficialmente cortado, os colombianos já tinham bolado a substituição perfeita, com um atacante que também atua na França e cuja seleção não se classificou pra Copa…

Copa do Mundo não é torneio pra gente falar só de seleção francesa neste espaço, mas também de lembrar ao planeta bola os jogadores do Mundial que atuam no nosso querido futebol francês.

Lembrando que, dos 23 franceses convocados por Deschampsapenas 8 jogam atualmente no país. Quase o mesmo número de atletas que representam as seleções africanas de Camarões (7) e Costa do Marfim (6)!

Uma curiosidade: nos maiores campeões mundiais, Brasil e Itália, apenas o PSG cedeu destaques, três em cada. E o hoje bicampeão francês é o maior cessor de atletas para todas as 32 seleções, entre todos os clubes do país: 11, bem à frente do Monaco, o segundo nessa relação, com 4.

Bora lá (me baseei nesse link do bom site espanhol Futbol desde Francia, cruzando depois com os 23 confirmados da página da Fifa sobre a Copa):

Argélia: Carl Medjani (defensor do Valenciennes), Mehdi Mostefa (defensor do Ajaccio) e Aissa Mandi (defensor do Reims). Ryan Boudebouz (meia do Bastia) e Foued Kadir (meia do Stade Rennais) foram pré-selecionados, mas cortados.

ArgentinaSergio Romero (goleiro reserva do Monaco) e Ezequiel Lavezzi (atacante do Paris Saint Germain).

Bélgica: Divock Origi (lateral/ala do Lille).

Brasil: Thiago Silva (zagueiro capitão), David Luiz (zagueiro vindo agora do Chelsea) e Maxwell (lateral-esquerdo), todos do Paris Saint Germain.

Camarões: Nicolas Nkoulou (lateral do Olympique de Marseille), Henri Bedimo (lateral-esquerdo do Lyon); Jean Illes Makoun (volante do Rennes); Landry Nguemo (volante do Bordeaux); Edgar Salli (meia do Lens, recém-promovido da Ligue 2); Benjamin Moukandjo (meia-atacante do Nancy, da Ligue 2) e Vincent Aboubakar (atacante do Lorient). Guy Ndy Assembe, goleiro do Guingamp, e Jean-Armel Kana-Biyik, zagueiro do Rennes, ficaram fora.

Aboubakar foi um principais goleadores do último Campeonato Francês, empatado na vice-liderança do ranking geral com o também convocado Cavani, do Uruguai, ambos atrás do sueco Zlatan Ibrahimovic, lamentavelmente fora desta Copa.

Colômbia: David Ospina (goleiro do Nice); Ábel Aguilar (volante do Toulouse); James Rodríguez (meia do Monaco).

O goleador monegasco Radamel Falcao García foi pré-relacionado entre os 30, mas não se recuperou da cirurgia no joelho como torcíamos. Porém, o país conta com a habilidade de Rodríguez, maior assistente da última Ligue 1.

Costa do Marfim: Serge Aurier (lateral-direito do Toulouse); Benjamin Angoua (zagueiro do Valenciennes); Jean Daniel Akpa-Akpro (ala do Toulouse); Ismäel Diomande (meia do Saint Étienne); Salomon Kalou (meia do Lille) e Max-Alain Gradel (atacante do Saint Étienne). O lateral-direito Brice Dja Djedje, do Olympique de Marseille, e o volante Romaric (Bastia) não ficaram entre os 23.

Tem o único técnico francês de nascimento entre uma seleção estrangeira do Mundial: Sabri Lamouche, 42 anos, naturalizado tunisiano.

Croácia: Danijel Subasic (goleiro titular do Monaco).

Estados Unidos: Alejandro Bedoya (meia do Nantes).

Gana: Jonathan Mensah (zagueiro do Évian Thonon Gaillard); John Boye (zagueiro do Stade Rennais); Andre Ayew (atacante do Olympique de Marseille); Jordan Ayew (atacante do Sochaux) e Abdul Majeed Waris (atacante do Valenciennes) – que fez uma segunda metade de temporada muito boa na Ligue 1.

Andre é irmão mais velho de Jordan Ayew, ambos filhos do ex-atacante Abedi Pelé, que é o maior artilheiro da história da seleção mas, ironicamente, nunca disputou uma Copa do Mundo.

Itália: Salvatore Sirigu (goleiro titular); Thiago Motta (volante/meia); Marco Verratti (volante/meia), todos do Paris Saint Germain, e acima da média, principalmente os dois de linha.

México: Guillermo Ochoa (goleiro que disputou a última temporada pelo Ajaccio e está sem clube) – costuma pegar muito quando acossado;

Nigéria: Vincent Enyeama (goleiro titular do Lille). O meia Sunday Mba (CA Bastia, Ligue 2) foi pré-relacionado, mas acabou fora.

Enyeama fez uma excelente Ligue 1 2013/14 pelo LOSC, sendo um dos arqueiros menos vazados do campeonato francês.

Portugal: João Moutinho (volante/meia do Monaco).

Uruguai: Edinson Cavani (atacante do Paris Saint Germain) – craque!

-> Link para todos os convocados para a Copa 2014 do site do O Globo

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sábado, 15 de fevereiro de 2014 Brasileiros na França, Extracampo, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 14:34

Mercado de inverno trouxe Berbatov e repatriou Cabaye, Trémoulinas, Hoarau…

Compartilhe: Twitter

A hora da xepa” nos momentos derradeiros da janela, finada em 31/1, revelou reforços importantes para PSG e Monaco, os dois candidatos ao título da Ligue 1 em curso, como analisou o site Trivela.

Eis as principais negociações envolvendo clubes franceses na janela de transferências do mês passado:

MONACO – Veio o atacante búlgaro Dimitar Berbatov, ex-Manchester United e que estava no Fulham, também inglês (para a vaga do colombiano Falcao García, hoje em tratamento pós-cirurgia no joelho). Também veio, em transação doméstica, o zagueiro Abdennour, do Toulouse FC.

PSG – Veio o volante (quase meia) Yohan Cabaye, da seleção francesa, que se projetou no Lille (que defendeu de 2004 a 2011) e estava no Newcastle, detentor da maior legião francesa da Premier League inglesa.

SAINT-ETIENNE – Repatriou o lateral-esquerdo Trémoulinas, que teve ótimos momentos no Bordeaux e não teve bons seis meses no Dínamo de Kiev, e o volante Josuha Guilavogui, cria do próprio clube, que vem de empréstimo do Atlético de Madri.

Convém lembrar que o presidente da ASSE revelou recentemente que rechaçou uma oferta de compra vinda do Catar, indo na contramão das experiências parisiense e monegasca.

BORDEAUX – Como mencionamos tempos atrás, foi buscar o experiente atacante Guillaume Hoarau (29 anos), ex-PSG, no futebol chinês, mais precisamente no Dalian Aerbin. Mas perdeu o bom meia polonês Obraniak para o Werder Bremen, da Alemanha, e o também meio-campista Ben Khalfallah, tunisiano que vinha apagado ultimamente, para o Troyes.

BASTIA – Outro experiente centroavante de volta à elite francesa é o irreverente Djibril Cissé, 32 anos e agora 10 clubes no currículo. Revelado pelo Auxerre, estava no Kuban Krasnodar, da Rússia.

AJACCIO – Sem ter feito na França metade do sucesso que teve na Itália, o meia romeno Adrian Mutu voltou ao seu país, para o Petrolul. Outro a deixar o clube córsego foi o atacante brasileiro Eduardo Ribeiro dos Santos, rumo ao Metz, que pela campanha que realiza na Ligue 2 tem boas possibilidades de alcançar a elite no meio do ano. É a 4ª camisa francesa para o experiente atleta.

EVIAN – Trouxe o centroavante brasileiro Túlio de Melo, que teve boas fases no Lille mas vinha com dificuldade de se firmar titular nesta temporada. E fez uma troca com o OM, como vemos abaixo.

OLYMPIQUE DE MARSEILLE – Cedeu o zagueiro Kassim Abdallah ao Evian TG e recebeu o atacante marfinense Brice Dja Djédjé, pelo qual muito torcemos só pelo nome bacana de se falar! Quem também saiu foi o atacante ganês Jordan Ayew, rumo ao Sochaux. Seu irmão mais velho André Ayew segue no clube.

LILLE – Se desvinculou de Túlio de Melo, como eu disse acima, e trouxe o útil lateral-direito Sebastien Corchia, ex-Sochaux.

LYON – Quase não teve alterações, cedendo apenas o atacante Alassane Plea, da seleção francesa sub 19, ao Auxerre, atualmente na segunda divisão.

MONTPELLIER – Recebeu o atacante de 19 anos Mbaye Niang, revelado pelo Caen e que chega emprestado do Milan, onde teve poucas chances. Para suprir a falta do também ofensivo Emanuel Herrera, agora no Tigres do México. Saiu também o meia Bryan Dabo, para o Sunderland, da Inglaterra.

Veja estas e outras transferências dos clubes da Ligue 1 nesta tabela do site espanhol Futbol desde Francia.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,