Publicidade

Posts com a Tag Diawara

quinta-feira, 8 de maio de 2014 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 14:03

PSG assegura título mesmo perdendo na 36ª rodada da Ligue 1

Compartilhe: Twitter

Abastecido às 17h08

Selfie no vestiário parisiense durante o festejo da conquista, com os brasileiros Marquinhos (encoberto), Thiago Motta (naturalizado italiano, no centro, atrás) e Alex (à direita)

Selfie no vestiário parisiense durante o festejo da conquista, com os brasileiros Marquinhos (encoberto), Thiago Motta (naturalizado italiano, no centro, atrás) e Alex (à direita)

A antepenúltima rodada finalmente confirmou a consagração do Paris Saint-Germain, bicampeão francês – pela primeira vez conseguiu esse doublé. O quarto título da L1 da história do clube foi garantido antes mesmo do time entrar em campo contra o Rennes, já que minutos antes o Monaco não venceu o Guingamp (1 a 1). Assim, até com a derrota em casa (1-2), que livrou o Stade Rennais do rebaixamento, o PSG já pôde celebrar.

Mais curiosamente ainda, foi justamente o Rennes o último que havia batido o Parrí no Parc des Princes, em novembro de 2012. Lavezzi abriu o placar para os anfitriões, e Kadir e Ntep decretaram o resultado final, marcando os gols que faltaram ao rubro-negro dias antes, na decisão da Copa da França…

Na sexta, o empate do Lille com o Bastia por 1 a 1 já havia assegurado ao Monaco o ingresso na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa, como já se previa. Desde 2004/5 que o clube não a disputava, depois de ter sido vice em 2003/4. O Lille deve ratificar a terceira colocação mesmo, pois soma cinco pontos a mais que o Saint-Etienne, com seis em jogo ainda.

No domingo, o Choc des Olympiques favoreceu o Marseille: 4 a 2 contra o Lyon. O centroavante Gignac foi decisivo para os donos da casa, no Vélodrome, com dois gols. Thauvin e Diawara também marcaram para o OM, agora a apenas dois pontos do OL, com duas rodadas ainda a disputar, na querela pelo quinto lugar, que conduzirá à Liga Europa 2014/5.

Aliás, já está credenciado para disputar a UEL, ao menos na fase de playoffs, o St Etienne. Ganhou do Montpellier por 2 a 0, manteve a quarta posição e pode, no máximo, terminar o campeonato em quinto. Esperemos que desta vez atinja a etapa de grupos, ao contrário do que vimos no início desta temporada.

Mesmo tendo batido o Valenciennes, por 1 a 0, o Bordeaux, hoje sétimo, já não consegue brigar pelo quinto posto. Já o derrotado VAFC vai mesmo ser rebaixado, se juntando ao outrora relegado Ajaccio. O último descendente para a Ligue 2 segue indefinido, entre Montpellier, Nice, Guingamp (o recém-campeão da Copa da França, isso mesmo!), Evian e Sochaux.

Quem também vive um fim de temporada angustiante é o Auxerre, que estávamos acostumados a ver na Ligue 1, inclusive em Liga dos Campeões recente. Luta faz tempo para não cair da L2 para o National, a terceira divisão, está na ZR e agora faltam 3 rodadas para o fim da competição.

-> Leia uma análise tática do PSG bicampeão no site espanhol Futbol desde Francia

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de março de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:41

Era muito pro Marselha… (e outras do dia)

Compartilhe: Twitter

A eficiência e a experiência pesaram e o Olympique de Marselha volta para a França eliminado da Liga dos Campeões. Não conseguiu evitar o 2 a 1 para o Manchester United na Inglaterra, como era o mais provável mesmo.

O segundo time mais velho do MU a entrar em campo num jogo de Liga (29 anos e 317 dias, segundo o Infostrada) obviamente seria um adversário difícil de bater. O titular Ryan Giggs, por exemplo, é o terceiro jogador com mais partidas de mata-matas da história da Champions, atrás de Seedorf e Raúl. Ou seja, não há equipe mais “macaca véia” no assunto quanto o time do velhaco Alex Ferguson!

mu_om_gol_ap

Mandanda levanta o braço inutilmente, pois a corrida de Chicharito foi completamente sorridente (AP)

Le match
Antes da bola rolar, foi observado um bonito minuto de silêncio em lembrança à tragédia que vive o Japão. Nem deu muito tempo de ver como as equipes se comportariam no zero a zero. Logo aos 5 minutos, Giggs achou bem Rooney pelo lado esquerdo do ataque inglês, Wayne bateu cruzado e achou Javier “Chicharito” Hernandez em posição duvidosa. Com gol livre, o mexicano empurrou e correu pro abraço: 1 a 0.

Aos 8, entretanto, o Olympique já criou uma chance real para empatar. Remy deu lindo passe de calcanhar pra Gignac, colocando-o em condições de finalizar na entrada da área, de cara pra Van der Sar. Mas André Pierre bateu mal e a bola subiu muito… Esse desperdício poderia fazer falta depois, sem contar que 1 a 1 logo de cara deixaria o Marselha muito bem na parada.

Aos 19, Chicharito chegou muito duro em Heinze e levou amarelo. Então, passei a torcer para ele se enervar ainda mais durante o jogo… Estava difícil pro OM criar algo, o Manchester assustava de vez em quando, mas aos 35 foi de lamentar: bola na área anfitriã e Diawara subiu sozinho, a centímetros do gol, mas cabeceou torto, que pena! Seis minutos depois, Remy emendou de primeira após rebote da defesa, num tirambaço, só que muito forte – se fosse no gol, Van der Sar não chegaria…

Sem substituições no intervalo, o segundo tempo trouxe o mesmo panorama, com o Olympique pelejando muito, mas sem criatividade ou talento para chegar ao gol, e o United pelejando menos, na espreita, só que mais criativo e talentoso na ligação com o ataque. Aos 29, boa jogada francesa, com Remy cruzando pra Cheyrou, mas a conclusão saiu fraca. Não fez, não fez, não fez? Tomou: um minuto depois, Valencia acionou Giggs pela direita e o cruzamento rasteiro achou Chicharito livre (como??), de cara pra Mandanda. Pane na defesa e 2 a 0… 

Didier Deschamps colocou Valbuena e Jordan Ayew para ver o que dava, nos lugares de Gignac e Mbia. E o time visitante voltou para a disputa aos 37, quando, após escanteio, o zagueiro Brown, pressionado por Heinze, cabeceou contra o patrimônio: 2 a 1. Mas a pressão francesa foi bagunçada, nervosa, e não saíram mais gols.

Deu mesmo a lógica: o Manchester do capitão francês Evra.

Ribéry fora do páreo
Julio Cesar evitou o gol do francês cara a cara no primeiro tempo, o Bayern de Munique foi melhor do que a Inter de Milão em boa parte do eletrizante jogo (principalmente nos 45 minutos iniciais), mas o time italiano conseguiu fazer 3 a 2 no final e foi às quartas da Liga.

Quarta: a vez do Lyon
O pega no Santiago Bernabéu promete muito. E o OL vai para lá sem Michel Bastos, machucado no joelho e com cirurgia prevista para breve no Brasil. Com lesão muscular no bíceps femoral esquerdo, Cristiano Ronaldo não está 100%, mas acho que vai para o jogo, porque o Real Madrid precisa superar o trauma de seis temporadas seguidas morrendo nas oitavas.

O problema, para o time francês, é que o zero a zero classifica o Real, devido ao 1 a 1 em Gerland. Então vai ser díficil não ceder o contra-ataque aos merengues… Tenso! 

Abidal operado às pressas
A informação é que o lateral-esquerdo francês do Barcelona e da seleção, de 32 anos, está com tumor no fígado. A cirurgia será na sexta-feira, na cidade espanhola. Toda a sorte, Eric!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 23 de novembro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 20:35

Olympique classificado, Auxerre dá adieu

Compartilhe: Twitter
om_posado_afp

A pose antes da bola rolar no Luzhniki. Que bela camisa marselhesa!

O excelente placar de 3 a 0 contra o Spartak Moscou, na Rússia, deu a vaga ao Marselha antecipadamente nas oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Com a vitória do Chelsea sobre o Zilina (2 a 1), o time francês avança como segundo colocado no grupo F, cumprindo tabela na última rodada da fase de grupos, quando pegará o time inglês em casa.

Com aquela friaca costumeira em “Moskva”, o OM começou a tornar as coisas mais fáceis quando Mathieu Valbuena girou dentro da área e abriu o marcador com um indefensável arremate no primeiro tempo. Obrigado a partir pro ataque, o Spartak ficou mais com a bola e assustou no finalzinho, em contra-ataque perigosíssimo no qual Mandanda interviu de forma providencial.

Sem seu brasileiro mais criativo e talvez perigoso nas bolas paradas (Alex, ex-Inter), mas com Ari (ex-Fortaleza), Welliton (ex-Goiás) e Ibson (ex-Flamengo), o SM levou um baque quando aos 9 do 2º tempo Loic Rémy conseguiu duas proezas: transformou um chute na orelha da bola em chapéu e acertou as duas traves na finalização antes da pelota entrar: 2 a 0.

Como se não bastasse o prejuízo no placar, azar em campo para os donos da casa: Welliton, quem mais criava perigo para o time, se envolveu em confusão com Diawara e o árbitro só expulsou o atacante brasileiro, sendo rígido demais para um dos lados na avaliação da punição. Só faltava o Olympique ampliar para ficar ainda mais claro o desfecho do jogo, e foi o que aconteceu, quando Ayew roubou uma bola, ela sobrou para Brandão e o brasuca chutou cruzado, de canhota, no cantinho: 3 a 0. O 9 marselhês poderia ter feito mais, mas acabou por aí. Ótimo, a vaga é do time de Didier Deschamps!

om_valbuena_brandao_remy_afp

Os goleadores do dia confraternizam: Valbuena, Brandão e Rémy (AFP)

Por sua vez, a utopia do Auxerre morreu com a derrota por 2 a 0 para o Milan, na França. Chegar à penúltima rodada dessa etapa com chances de classificação até que ficou de bom tamanho na chave da morte que foi o grupo G. Até pode almejar uma Liga Europa, mas ganhar dos reservas do embalado Real Madrid na derradeira journée não parece missão fácil.

No Abbé-Deschamps, o Auxerre começou animado, procurando jogo, enquanto o Milan procurou marcar firme, até demais, “batendo” com a conivência do frouxo do juiz. No segundo tempo o time italiano melhorou, e quando o jogo estava morno, sem muita graça, apareceu o diferencial número 1: Ibrahimovic, o senhor resolve-as-paradas-milanesas, que aproveitou “passe” do zagueiro Dudka e bateu de primeira, vencendo o goleiro Sorin.

No fechar das cortinas, o diferencial número 2. Ronaldinho Gaúcho, que entrara há poucos minutos, recebeu de Robinho, entrou na área e tocou no canto com habilidade, relembrando seu métier dos bons tempos: 2 a 0 e fim da ilusão auxerrense. Ronnie foi o mais festejado após o apito final, depois de reencontrar o estádio onde começou sua passagem pelo futebol europeu, vindo do Grêmio.

auxerre_milan_ronaldinho_sorin_ap

Ronnie corre para o abraço, enquanto Sorin olha desolado para o nada (AP)


Dos clubes para os jogadores

Entre os franceses que atuam fora da França, foram destaque na Liga nesta terça:

Karim Benzema. Titular do Real Madrid, participativo no primeiro tempo e autor de um golaço contra o Ajax, concluindo com precisão dentro da área, após toque de calcanhar de Ozil.

Jérémy Menez. Titular da Roma, deu um “drible da vaca” em disparada pelo lado direito e cruzou para o gol de Borriello contra o Bayern de Munique.

Florent Malouda. Autor do gol da virada do Chelsea sobre o Zilina, em jogada que começou com Anelka e passou por Drogba.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 19 de outubro de 2010 Franceses no mundo, Torneios europeus | 17:58

Conforme os prognósticos

Compartilhe: Twitter

Liga dos Campeões da Europa previsível para os times franceses nesta terça-feira. As transmissões via internet que tentei sintonizar mais falharam que funcionaram, mas segue a vida…

Enfim, o Olympique de Marselha venceu. Bateu o Zilina em casa (1 a 0, gol do zagueirão Diawara). Segue na luta com o Spartak Moscou pela segunda vaga do grupo.

Como sempre, o Auxerre perdeu. O “AJA” derrotado pelo “AJAX” (2 a 1) na Holanda. Nem Liga Europa deve rolar…

Enquanto o pau comia nos protestos contra a reforma da previdência em algumas ruas de Marselha, a metros dali o Olympique recebia o MSK no Vélodrome. E comeu grama para vencer, apesar da superioridade técnica do seu elenco. Só no primeiro tempo foram onze escanteios para o OM, mas nada de gols…

Até que aos 3 minutos da etapa complementar veio o alívio, quando o senegalês Diawara testou para o gol e o arqueiro Dubravka foi amigão dos marselheses, falhando na defesa. Depois, Deschamps colocou Rémy e Abriel nos lugares de Brandão e Lucho González, mas nada de ampliação de placar. Então, o técnico optou por Edouard Cissé para a vaga de Gignac nos dez minutos finais, segurando o resultado.

Lá na Amsterdã Arena, De Zeeuw, logo aos 7 minutos, colocou o time da casa na frente após um balaço sem chance para Sorin. O uruguaio Luis Suárez, o mesmo que bancou o goleiro na Copa 2010, ampliou depois de jogada rápida pelo setor direito do ataque. Antes, o time francês teve um gol bem anulado, depois que Contout fez falta no goleiro Stekelenburg na disputa aérea na área.

O gol pra valer saiu após bela cobrança de falta do esloveno Valter Birsa, um minuto depois do AJA ficar com um a mais em campo, com a expulsão de Ooijer. Mas parou por aí, até porque o Ajax terminaria o jogo em vantagem numérica graças aos vermelhos dados a Oliech e Mignot. Le Tallec e Jelen (o líder em impedimentos da Champions, com 8 em 2 jogos!) realmente fizeram falta lá na frente…

olympique_marselha_zilina_diawara_afp

O senegalês Souleymane Diawara ganha no alto, marca e parte para uma comemoração tresloucada, que só acabaria no chão (AFP)

 

Franceses fora da França
Nicolas Anelka fez o segundo e último da vitória do impecável Chelsea (3 vitórias em 3 jogos) sobre o Spartak Moscou, na Rússia, e se igualou a Samuel Eto’o (Inter de Milão) no topo da artilharia da Champions League com 4 gols.

Samir Nasri marcou o segundo na goleada do Arsenal, também 100%, sobre o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia (5 a 1). Foi seu primeiro no atual torneio.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 28 de setembro de 2010 Torneios europeus | 18:39

Oh Liga inglória!

Compartilhe: Twitter
O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

O Auxerre domou as feras um tempão, criou chances possíveis de gol, mas saiu derrotado no seu quintal (AFP)

Claro que eu não esperava algo diferente de derrotas de Olympique de Marselha para Chelsea e de Auxerre para Real Madrid. Porque torço pros franceses, mas em se tratando de Liga dos Campeões da Europa é preciso ser racional. Mas perder sempre dói de alguma forma, ainda mais quando você sente que a zebra podia prosperar até o fim do jogo.

Pô, o fra(n)co batalhador Auxerre do goleiro Sorin-não-argentino segurou o Real por 82 minutos (até o gol de Di Maria, Ave Maria!), com Cristiano Ronaldo, gel, pompa e circunstância! Custava segurar por mais uns dez, pra garantir o histórico empate no pitoresco L’Abbé-Deschamps? Ou quem sabe mandar pro gol de Iker Casillas um mísero contra-ataque com Jelen ou uma testada de zagueiro após chuveirão na área?

Lá do outro lado do Canal da Mancha, é óbvio que o “Chersa” foi melhor que o OM. Mas vejam que azar falta de sorte do time de-Didier-Deschamps nos gols: primeiro, Terry dá um leve toquinho e a bola passa no único furo existente entre o pé de Cheyrou e a trave de Mandanda! Depois, no cruzamento de Essien, Mbia virou de costas, mas a mal-intencionada bola foi encontrar justamente seu braço, sendo acintosa na queda ao gramado, para convencer o juiz de que foi pênalti. Com até a física a favor do time inglês, que se pode fazer?

A esperança é que amanhã o Lyon é o favorito contra o Hapoel, mesmo em Israel (infelizmente, não teremos nem VT nos canais da ESPN). Virá a bonança na quarta depois da tempestade de terça?

Choro à parte do blogueiro, veja quem foi a campo por Auxerre e Olympique hoje:

AJA: Sorin; Hengbart, Coulibaly, Grichting e Dudka; Ndinga, Langil (Alain Traoré), Pedretti, Contout (Jelen) e Chafni (Quercia); Oliech.

OM: Mandanda; Kaboré, Diawara, Mbia e Heinze; Edouard Cissé, Cheyrou (Andre Ayew) e Lucho González; Brandão, Rémy e Gignac (Valbuena).

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Fogo amigo que vitimou o Olympique: os franceses Anelka e Malouda, do azul mais escuro - e brilhante - Chelsea (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 30 de abril de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 21:02

Tudo igual é melhor pro Olympique

Compartilhe: Twitter

Esta torcida está muito perto de voltar a gritar "é campeão!" (AFP)

O Auxerre tinha uma chance crucial de diminuir de cinco para dois pontos a diferença para o Olympique de Marselha na tabela do Campeonato Francês, a três rodadas do final. O OM, por sua vez, poderia colocar a mão na taça se vencesse. Mas ninguém foi capaz de balançar as redes no Stade L’Abbé-Deschamps nesta sexta-feira, na abertura da 35ª journée. Os visitantes tiveram boas oportunidades de gol, sobretudo com o brasileiro Brandão, mas as defesas prevaleceram.

Com a mesma margem de pontos separando os ponteiros, a vantagem maior é do Marselha, pois resta, agora, uma rodada a menos para o Auxerre lhe alcançar. Inclusive, o Olympique poderá se sagrar campeão já na próxima rodada, a antepenúltima do campeonato, se vencer o Rennes na quarta-feira e o Auxerre perder ou empatar com o Lyon, no mesmo dia.

O consolo que cabe ao AJA, com o troféu parecendo distante, é ter somado pontos diante de um rival de muita força, pois, se garantir o segundo lugar, ficará com uma vaga direta na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa. O que, convenhamos, é excelente para os prognósticos que se faziam do time da juventude auxerresa no início da temporada.

Primeiro duelo do dia: Coulibaly, do Auxerre, contra o marselhense Brandão (AFP)

Segundo duelo do dia: Diawara x Jelen. Mais um zagueiro que levou a melhor (AFP)

Fim de semana
Relembrando: amanhã, sábado, o futebol francês volta todas as suas atenções para a final da Copa da França, entre Paris Saint-Germain e Monaco (leia mais a respeito CLICANDO AQUI), a partir das 15h45 (de Brasília). Quem salvará a temporada com mais um caneco para a sala de troféus?

No domingo, teremos sete jogos pela Ligue 1, que são, no horário brasiliano:

12h – Bordeaux (5º) x Toulouse (13º)
           Lille (6º) x Nancy (11º)
           Rennes (7º) x Sochaux (14º)
           Valenciennes (10º) x Lorient (8º)
           Boulogne-sur-Mer (18º) x Nice (15º)
           Saint-Etienne (17º) x Lens (16º)
16h – Montpellier (3º) x Lyon (4º)

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (72 pontos em 35 jogos), seguido pelo Auxerre (67 pontos em 35 jogos), à frente do Lille (61 pontos em 34 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) e Gameiro (Lorient) têm 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Jelen (Auxerre), Erding (PSG) e Lisandro (Lyon), 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

domingo, 11 de abril de 2010 Francês da 1ª divisão | 22:26

Resultados da 32ª rodada

Compartilhe: Twitter

Olympique de Marselha 4 x 1 Nice (Koné, Mbia, Valbuena e Diawara; Faé)
Nancy 0 x 1 Auxerre (Niculae) 
Lyon 1 x 1 Lille (Cris; Frau) – Gonalons-LYO e Costa-LIL foram expulsos; 37 mil pessoas no Gerland
Le Mans 2 x 2 Montpellier (Lamah 2; Aït-Fana e Camara de pênalti) –  Jeunechamp-MON foi expulso
Paris Saint-Germain 3 x 1 Bordeaux (Armand, Erding e Hoarau; Sané) – Ramé-BOR foi expulso; mais de 42 mil pessoas no Parc des Princes
Lorient 1 x 1 Rennes (Sigamary Diarra; Danzé) 
Monaco 2 x 1 Valenciennes (Nenê e Maazou; Bisevac) 
Toulouse 4 x 0 Grenoble (Machado, Tabanou 2 e Gignac) 
Sochaux 0 x 2 Saint-Etienne (Perrin e Bergessio) 
Lens 3 x 0 Boulogne (Maoulida 3) – mais de 34 mil pessoas no Félix-Bollaert

Agora, faltam somente 6 rodadas para o final do Campeonato Francês 2009/2010!

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (62 pontos em 31 jogos), seguido pelo Auxerre (60 pontos em 32 jogos), à frente de Lyon (58 pontos em 32 jogos) e Montpellier (58 pontos em 32 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Erding (PSG), Lisandro (Lyon) e Gameiro (Lorient), 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 28 de março de 2010 Copas francesas | 01:40

Olympique de Marselha, enfim, campeão!

Compartilhe: Twitter

Depois de um primeiro tempo equilibrado, Diawara, ex-Bordeaux, cabeceou de forma certeira e fez 1 a 0 aos 16 minutos do segundo. Pouco tempo depois, Valbuena – que havia entrado no lugar de Niang, machucado – recebeu de Ben Arfa com espaço na area, chutou e ampliou.

Mais alguns minutos e Valbuena bateu falta, ela desviou em Chalmé e venceu Ramé: 3 a 0. Sané ainda descontaria de cabeca, mas o Bordeaux teve mesmo de se contentar com o vice-campeonato da Copa da Liga Francesa em vez do tetra e bi consecutivo.

Olympique de Marselha, campeão depois de 17 anos! (desde a Liga dos Campeões da Europa de 1993). A maior torcida da França esta em festa – curiosamente, a maior torcida brasileira tambem comemorou um titulo nacional no ano passado depois de.. 17 anos!

Stade de France, palco da gloria de Brandao, Elinton e companhia marselhesa (Reuters)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010 Brasileiros na França, Copas francesas | 21:31

Em dia de Copas de novo, Brandão brilha

Compartilhe: Twitter
Mesmo de bandana sobre ferimento, Evaeverson não perdoou o Toulouse (AFP)

Mesmo de bandana sobre ferimento, Evaeverson não perdoou o Toulouse (AFP)

Quarta-feira com futebol francês pelas duas Copas do país. Primeiro rolaram duas partidas pela fase 1/16-de-finais da Copa da França: Sochaux x Le Mans e Villefranche-sur-Saône x Saint-Etienne. No primeiro duelo, de times da Ligue 1, o 13º na tabela do Francês fez valer o fator casa contra o 18º, que teve alguns titulares importantes (como o atacante Le Tallec) poupados. O placar de 3 a 0 foi construído com gols do meia Ryad Boudebouz e do atacante nigeriano Brown Ideye (duas vezes). Agora, o Sochaux terá, supostamente, vida mais fácil nas oitavas, quando pega o Beauvais, da quarta divisão.

É sempre conveniente dizer “supostamente” no caso acima, porque, por exemplo, o Saint-Etienne teria tudo para atropelar o Villefranche, da quarta divisão, hoje também, mas… só se classificou nos pênaltis após empate por 2 a 2! Bergessio e Sako marcaram no tempo normal para o ASSE, que fez 3 a 1 nas penalidades. Nas oitavas, os verdes terão pela frente o Vannes, da segunda divisão, nas oitavas-de-final. E como estão rondando a zona de rebaixamento da primeira divisão, não os considero favoritos…

Copa da Liga: Cabeçadas e Brandão na cabeça!
A primeira semifinal da Copa da Liga Francesa opõs Toulouse e Olympique de Marselha na casa do primeiro. E que jogo! Já no primeiro tempo, os centroavantes Brandão e Gignac despontavam como atrações do confronto. O brasileiro inclusive fez belo cruzamento na cabeça de Niang que, mesmo sozinho, errou o gol e se lamentou muito. Mas quem sorriria primeiro seria o francês, presença constante nos últimos compromissos de sua seleção: aos 14 minutos da segunda etapa, Ebondo cruzou e Diawara permitiu que Gignac testasse para as redes do brasileiro Elinton Andrade.

O Toulouse ficou muito perto da vaga na final, mas a noite seria de Evaeverson (!) Lemos da Silva, o Brandão. Aos 41 minutos, ele devolveria, também de cabeça, a igualdade ao marcador na casa do TFC, depois de linda jogada de Ben Arfa pela direita do ataque marselhês. Prorrogação! Mas nada de pênaltis, pois 15 minutos depois, o brasileiro daria seu último golpe: o camisa nove recebeu na entrada da área e chutou forte de esquerda, por baixo das pernas de Ebondo e no contrapé de Valverde. A dois minutos do fim, Bonnart salvou o Olympique com os órgãos genitais (!!) após cabeçada de Capoue fora do alcance de Elinton… Festa de todo o OM e sua fanática torcida, à espera de Bordeaux ou Lorient (jogam dia 17) na grande decisão.

Jogadores e o goleiro Andrade, também brasileiro, comemoram o avanço do OM (AFP)

Jogadores e o goleiro Andrade, também brasileiro, comemoram o avanço do OM (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 23:05

Bordeaux dispara após complemento da rodada

Compartilhe: Twitter
 

 

Os líderes jogando em Montpellier e o Domenech vendo PSG x Lens. Só ele mesmo...

Os líderes jogando em Montpellier e o Domenech vendo PSG x Lens. Só ele mesmo...

 


Nos sete jogos restantes da atrasadíssima 11ª rodada do Campeonato Francês, adivinhe quem cantou de galo no confronto entre os líderes? Os Girondinos, claro. Não importa se o jogo é dentro ou fora; o Bordeaux enche o papo de 1 a 0 em 1 a 0. Agora, com 37 pontos ganhos, abriu seis de vantagem para o vice, que passou a ser o Olympique de Marselha – o OM teve estrela e foi buscar a virada contra o Lorient, fora de casa, já nos acréscimos.

Dos outro cinco times que jogaram em casa, quatro venceram: Lyon (ufa), Monaco (ufa parte 2), Nancy e Le Mans. Só o PSG tropeçou, empatando com o Lens –  mas isso não foi novidade, porque o Parrí não engrena mesmo. Foi assim:

Montpellier 0 x 1 Bordeaux (Jussiê)
Lorient 1 x 2 Olympique de Marseille (Vahirua de pênalti; Ayew e Diawara)
Lyon 2 x 0 Boulogne (Pjanic e Delgado)
Monaco 1 x 0 Rennes (Park)
Nancy 2 x 0 Nice (Féret e Malonga)
Le Mans 1 x 0 Grenoble (Helstad)
Paris Saint-Germain 1 x 1 Lens (Makélélé; Maoulida)


>>TOULOUSE FORA DA LIGA EUROPA

Com -1 grau de temperatura na Bélgica, o Toulouse entrou em campo precisando da vitória contra o Club Brugge para se classificar na Liga Europa. Teve um primeiro tempo bom, chegando bastante ao ataque, mas caiu de produção no segundo, abusou das bolas aéreas sem sucesso e acabou castigado no finzinho, levando o gol dos anfitriões, classificados no grupo J ao lado do outrora garantido Shakhtar Donetsk.

Agora, é torcer para o Lille se juntar ao Olympique de Marselha – que vem como terceiro da sua chave na Liga dos Campeões – como os franceses da fase de mata-matas do torneio. Túlio de Melo e Gervinho, pra cima do Slavia Praga!

O francês de maior destaque dos jogos de hoje da Europa League foi Djibril Cissé: o do cabelo estiloso fez dois dos três do grego Panathinaikos no confronto direto contra o romeno Dínamo Bucareste. Tá vendo, Djibra, é só não aprontar que você acaba se destacando positivamente…

Não, não é um maluco das arquibancadas. É o Djibra! (AFP)

Não, não é um maluco das arquibancadas. É o Djibra! (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última