Publicidade

Posts com a Tag Cristiano Ronaldo

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014 Extracampo, Franceses no mundo | 18:11

Ribéry perde a Bola de Ouro 2013, mas foi justo

Compartilhe: Twitter

Atualizado em 15/01

Brilha no Brasil que essa derrota na Suíça nem será sentida! (Photo: Fifa.com)

Brilha no Brasil que essa derrota na Suíça nem será sentida! (Photo: Fifa.com)

Embora tenha ganhado 41 de seus 45 jogos oficiais com o Bayern de Munique em 2013, e sido o principal jogador da seleção francesa na campanha das Eliminatórias pra Copa que culminou com o passaporte para o Brasil, Franck Ribéry não levou o principal prêmio individual do futebol pelo desempenho no ano passado.

O Scarface foi muito eficiente, mas quase todo o Bayern também foi. Já Cristiano Ronaldo foi mais brilhante, indefectível goleador tanto por Real Madrid quanto por Portugal, e mereceu o bicampeonato, destronando enfim a Lionel Messi.

Considerando a votação de cada um, no entanto, não é absurdo considerar que tenha havido “empate técnico tríplice”: CR7 27,99%, LM10 24,72%, FR7 23,36%! E levando-se em conta apenas os votos de jornalistas (técnicos e capitães das seleções também votaram), como acontecia na Bola de Ouro da France Football (leia mais a respeito no penúltimo parágrafo), Ribérra teria ganho!

A seleção de 2013 segundo a Fifa teve o camisa 7 do time alemão e dois jogadores gringos do PSG: Neuer, Dani Alves, Sergio Ramos, Thiago Silva e Lahm; Iniesta, Xavi, Ribéry e Messi; Cristiano Ronaldo e Ibrahimovic.

Ibra, aliás, faturou o Prêmio Puskas com o gol mais bonito do ano. EMBORA, não há como ignorar, tenha sido lembrado em 2014 com um prêmio referente a 2013 por um gol marcado ainda em 2012 (pela Suécia, contra a Inglaterra)…

FRANCESES NA HISTÓRIA

Zinedine Zidane segue sendo o único francês no rol de vencedores da Fifa: são três prêmios de Melhor do Mundo (1998, 2000 e 2003 – confira o histórico de ganhadores) e uma Bola de Ouro concedida pela France Football, em 1998. Na premiação concedida pela revista francesa, Kopa, Platini e Papin também tiveram o júbilo de levar o troféu para casa (acesse aqui a lista dos três primeiros desde 1956). Desde 2010, os prêmios foram unificados.

Henry chegou perto do prêmio Fifa algumas vezes entre 2000 e 2006, principalmente em 2003, quando, no Arsenal, foi derrotado apenas pelo tcheco Pavel Nedved, da Juventus (veja o top 10 de “quase” do prêmio).

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

sábado, 21 de dezembro de 2013 Franceses no mundo | 20:24

Franck Ribéry eleito melhor jogador do Mundial de Clubes. E a Bola de Ouro?

Compartilhe: Twitter
O francês comemora o primeiro gol do Munchen contra o Guangzhou, na semifinal no Marrocos (Photo: AP)

O francês comemora o primeiro gol do Munchen contra o Guangzhou, na semifinal no Marrocos (Photo: AP)

Principal jogador francês de futebol da atualidade, Ribérra papou o principal prêmio individual da Copa do Mundo de Clubes da Fifa, hoje, no Marrocos, logo após seu imparável Bayern de Munique derrotar o surpreendente Raja Casablanca, algoz do Atlético Mineiro nas semifinais, e faturar o título de melhor equipe clubística do planeta.

Presidente da Uefa, Michael Platini esteve no estádio em Marrakech e participou da entrega das medalhas, cumprimentando seu compatriota FR7. Ele deve ser mais um que torce para o melhor jogador europeu segundo a entidade continental faturar também a Bola de Ouro da Fifa, dia 13 de janeiro próximo, naquela cerimônia de gala que acontecerá em Zurique, na Suíça.

Ribéry concorre com o tetracampeão Lionel Messi e o artilheiro da Europa na temporada, Cristiano Ronaldo, as figurinhas carimbadas da disputa nos últimos anos. Pesa a favor do Scarface o ótimo desempenho dele e do Bayern no ano e a ausência do argentino em parte da temporada, por lesões, fora o fato de que seu Barcelona não é a mesma unanimidade de outrora. Porém, o português chega mais forte pra briga, pela excelente média de gols e fator decisivo tanto para o Real Madrid quanto para a seleção lusitana. Se FR7 perder, acho que CR7 leva. Mas torço pro bleu, claro!

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 8 de agosto de 2013 Franceses no mundo, Seleção francesa | 14:08

Deschamps promove retorno de Abidal à França, para amistoso contra Bélgica

Compartilhe: Twitter

Divulgada hoje a convocação da seleção francesa para o amical contra os belgas, dia 14 agora (quarta-feira próxima), no Stade Roi-Baudoin, em Bruxelas.

Voilà:

Goleiros – Hugo Lloris (Tottenham / ING), Steve Mandanda (O. Marseille), Mickael Landreau (Bastia).

Defensores – Mathieu Debuchy (Newcastle / ING), Eric Abidal (Monaco), Eliaquim Mangala (Porto / POR), Adil Rami (Valencia / ESP), Gael Clichy (Manchester City / ING), Patrice Evra (Manchester United / ING), Bacary Sagna e Laurent Koscielny (Arsenal / ING).

Meias – Joshua Guilavogui (Saint-Etienne), Geoffrey Kondogbia (Sevilla / ESP), Rio Mavuba (Lille), E. Capoue (Toulouse), Moussa Sissoko (Newcastle / ING), Clement Grenier (Lyon).

Atacantes – Franck Ribery (Bayern de Munique / ALE), Mathieu Valbuena e Dimitri Payet (O. Marseille), Samir Nasri (Manchester City / ING), Karim Benzema (Real Madrid / ESP), Olivier Giroud (Arsenal / ING).

Lembrando que Ribérra concorre com nada mais nada menos do que Lionel Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, pelo título de Melhor Jogador da Europa segundo a UEFA.

O prêmio será revelado dia 29 de agosto, em Mônaco, capital europeia do glamour. #Allez, Scarface!

Autor: Tags: , , , , , , ,

sábado, 5 de novembro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 00:03

PSG, OM e Lyon ainda dependem de si próprios nas ligas

Compartilhe: Twitter

Ufa, ao menos o Paris venceu! Mas tô pessimista este ano sobre as possibilidades francesas na Europa… Tu não? Tentando ver pelo lado otimista, 3 dos 5 clubes ainda dependem apenas de si pra avançarem… (classificam-se os 2 primeiros dos grupos)

– Champions:
Mesmo ficando no zero com o Arsenal, o Marselha se manteve em 2o no grupo, a um ponto dos ingleses e, o q é importante, 3 à frente do Dortmund a 2 rodadas do fim desta fase. O jogo no Emirates foi movimentado e de qualidade no primeiro tempo, mas truncado no segundo. Mandanda mandou bem! (pfff)

Ao Lyon faltou inspiração pra segurar o Real (0 a 2), ja classificado com 12 pts – leia mais sobre a jornada inspirada de Cristiano Ronaldo no blog El Pichichi. Segue com 4 pts, a 3 do Ajax, unico rival na briga pela 2a vaga. Mas basta vence-lo em casa (terá vantagem no desempate) e o Zagreb fora pra carimbar vaga.

Lanterna da chave com 2 pts depois do revés em Milão (2 a 1, Túlio de Melo descontou), o Lille ou enfim ganha ou adieu! Pega o CSKA (5 pts) na fria Moscou e torce pela Inter (9) contra o Trabzonspor (5), adversario na ultima rodada.

FBL-EUR-C3-PSG-SLOVAN BRATISLAVA

O branco Pastore fez o negro Sissoko sorrir, e o multiétnico Saint-Germain saiu ganhando (AFP)

– UEL
O PSG, depois do 1 a 0 no Bratislava (Pastore salvou!), se consolidou na vice-liderança da chave, com 7 pontos, 3 atrás do Athletic Bilbao, já garantido. Empatando com o Salzburg (4 pts) na próxima rodada, na Áustria, carimba seu passaporte aussi.

O Rennes (2 pontos), porém, está com a corda no pescoço depois da derrota por 3 a 1 para o Celtic (5). Ou ganha de Atlético de Madri e Udinese (líderes do grupo com 7), ou se limita aos campos franceses no resto da temporada – o que, convenhamos, é o que deve acontecer…

FfF– O zagueiro Adil Rami, figura recorrente na seleção de Blanc, marcou na vitoria do Valencia sobre o Bayer Leverkusen por 3 a 1.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de março de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:41

Real elimina Lyon e despacha a catiça

Compartilhe: Twitter

Depois de seis anos caindo nas oitavas de finais da Liga dos Campeões, mesmo com times capazes de ir bem além, o Real Madrid superou o carma para cima do Lyon, seu algoz no ano passado e que nunca havia vencido, em sete jogos. Marcelo matou a pau, Benzema voltou a ser implacável contra seu ex-clube e agora temos de torcer para Karim e os demais franceses fora da França na sequência da Champions. Michel Bastos e Ederson, se tivessem inteiros, poderiam ajudar. Mas como o “se” não entra em campo, segue a vida…

benzema_lloris_reu

Francês que brilha, francês que se lamenta e só resta ao país torcer pelos jogadores (Reuters)

Le match
O Real começou com tudo, mantendo a bola sempre no campo de ataque e fazendo Lloris trabalhar repetidamente. Aos 8, Pepe obstruiu Gourcuff em contra-ataque lionês, levando o amarelo. Passei a esperar que o jogo francês se concentrasse por cima do muitas vezes violento zagueiro português –  que por sinal fez o favor de acertar uma joelhada na cara de Lisandro López sem a arbitragem perceber…

Com o tempo, o Lyon foi atacando mais. Boa jogada aos 21, com Cissokho acionando Delgado, que chutou colocado e Casillas mandou para escanteio. Aos 26, Cristiano Ronaldo fez bela jogada, finalizou forte e Lloris espalmou com estilo, por cima do gol. Três minutos depois, Ricardo Carvalho deu carrinho feio em Delgado, por trás, e foi acertadamente advertido com amarelo pelo juiz esloveno (?). A zaga merengue já estava pendurada…

Cris estava bem perto de Benzema, tendo feito um eficiente desarme dentro da área aos 31 minutos. Mas cinco minutos depois, o brasileiro do Real fez a diferença: Marcelo tabelou com Cristiano Ronaldo, passou por Cris, deixou Lovren no chão e finalizou até que no meio do gol, mas Lloris, caído, só conseguiu espalmar para dentro: 1 a 0. Desse jeito, um gol do OL levava a disputa para os pênaltis.

Aos 40, Marcelo cruzou bem, Benzema emendou alta e Lloris fez linda e difícil defesa. Logo depois o 9 francês meteu para as redes, mas o bandeirinha invalidou corretamente. Ai ai ai… Melhor ir para o intervalo. Na volta dele, Claude Puel tirou Briand, que nada vinha fazendo de útil, e colocou Gomis, autor do gol na ida em Gerland. Gostei da mexida.

Entretanto, o Madrid continuava mais perto do segundo do que o Lyon do primeiro, infelizmente, com Lloris se desdobrando para não ser batido. Porém, aos 21, Reveillère errou passe, Marcelo lançou para o ataque, Lovren não achou a bola, Benzema deixou o mal-posicionado Cris para trás e tocou por baixo de Lloris: 2 a 0, e desta vez Karim comemorou sim, tá certo – seis gols em sete jogos na Liga, pô!

Puel tirou então Gourcuff, uma decepção, apostando no jovem Pied. Quem sabe alguém querendo mostrar serviço sirva mais para o time… A arbitragem poderia ajudar se fosse mais atenta e visse Pepe chutando propositadamente Lisandro em disputa pelo alto. Gomis chutou com perigo aos 25, mostrando que o Lyon ainda não estava morto – um gol poria fogo na partida, certamente.

Só que a defesa lionesa não estava a fim de colaborar e Di María ficou frente a frente com Lloris, esperou o goleiro francês cair (não deveria ter caído tão cedo…) e tocou por cima, sutilmente, para fazer 3 a 0 e enterrar o projeto Champions de Jean-Michel Aulas e subalternos. Pjanic veio pro lugar de Delgado, Lassana Diarra também entrou, mas o OL já estava entregue e o Real fez o tempo passar com eficiência.

Chelsea 0 x 0 Copenhague
Praticamente eliminado antes mesmo do jogo na Inglaterra, o time dinamarquês arrumou uma forma interessante de não passar em branco hoje: jogou de camisa rosa, quase violeta… Até que evitou a derrota em Londres, o que é digno de nota. Mas Florent Malouda e Nicolas Anelka vão às quartas de finais da Liga, como era de se esperar.

Amanhã o PSG decide
Em Portugal foi 2 a 1 para o Benfica, o que obriga o Paris a buscar a vitória em casa, pelas oitavas de finais da Liga Europa, às 14h45. A Rede TV! transmite ao vivo, com o inigualável Sílvio Luiz, que fará jornada dupla (coitado do decano…).

Abidal opera amanhã
A cirurgia foi antecipada em um dia e o lateral francês, que recebeu apoio dos colegas do Barcelona e dos jogadores de Real e Lyon no Santiago Bernabéu, já passou por procedimentos pré-operatórios. Bonne chance à lui!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de março de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:41

Era muito pro Marselha… (e outras do dia)

Compartilhe: Twitter

A eficiência e a experiência pesaram e o Olympique de Marselha volta para a França eliminado da Liga dos Campeões. Não conseguiu evitar o 2 a 1 para o Manchester United na Inglaterra, como era o mais provável mesmo.

O segundo time mais velho do MU a entrar em campo num jogo de Liga (29 anos e 317 dias, segundo o Infostrada) obviamente seria um adversário difícil de bater. O titular Ryan Giggs, por exemplo, é o terceiro jogador com mais partidas de mata-matas da história da Champions, atrás de Seedorf e Raúl. Ou seja, não há equipe mais “macaca véia” no assunto quanto o time do velhaco Alex Ferguson!

mu_om_gol_ap

Mandanda levanta o braço inutilmente, pois a corrida de Chicharito foi completamente sorridente (AP)

Le match
Antes da bola rolar, foi observado um bonito minuto de silêncio em lembrança à tragédia que vive o Japão. Nem deu muito tempo de ver como as equipes se comportariam no zero a zero. Logo aos 5 minutos, Giggs achou bem Rooney pelo lado esquerdo do ataque inglês, Wayne bateu cruzado e achou Javier “Chicharito” Hernandez em posição duvidosa. Com gol livre, o mexicano empurrou e correu pro abraço: 1 a 0.

Aos 8, entretanto, o Olympique já criou uma chance real para empatar. Remy deu lindo passe de calcanhar pra Gignac, colocando-o em condições de finalizar na entrada da área, de cara pra Van der Sar. Mas André Pierre bateu mal e a bola subiu muito… Esse desperdício poderia fazer falta depois, sem contar que 1 a 1 logo de cara deixaria o Marselha muito bem na parada.

Aos 19, Chicharito chegou muito duro em Heinze e levou amarelo. Então, passei a torcer para ele se enervar ainda mais durante o jogo… Estava difícil pro OM criar algo, o Manchester assustava de vez em quando, mas aos 35 foi de lamentar: bola na área anfitriã e Diawara subiu sozinho, a centímetros do gol, mas cabeceou torto, que pena! Seis minutos depois, Remy emendou de primeira após rebote da defesa, num tirambaço, só que muito forte – se fosse no gol, Van der Sar não chegaria…

Sem substituições no intervalo, o segundo tempo trouxe o mesmo panorama, com o Olympique pelejando muito, mas sem criatividade ou talento para chegar ao gol, e o United pelejando menos, na espreita, só que mais criativo e talentoso na ligação com o ataque. Aos 29, boa jogada francesa, com Remy cruzando pra Cheyrou, mas a conclusão saiu fraca. Não fez, não fez, não fez? Tomou: um minuto depois, Valencia acionou Giggs pela direita e o cruzamento rasteiro achou Chicharito livre (como??), de cara pra Mandanda. Pane na defesa e 2 a 0… 

Didier Deschamps colocou Valbuena e Jordan Ayew para ver o que dava, nos lugares de Gignac e Mbia. E o time visitante voltou para a disputa aos 37, quando, após escanteio, o zagueiro Brown, pressionado por Heinze, cabeceou contra o patrimônio: 2 a 1. Mas a pressão francesa foi bagunçada, nervosa, e não saíram mais gols.

Deu mesmo a lógica: o Manchester do capitão francês Evra.

Ribéry fora do páreo
Julio Cesar evitou o gol do francês cara a cara no primeiro tempo, o Bayern de Munique foi melhor do que a Inter de Milão em boa parte do eletrizante jogo (principalmente nos 45 minutos iniciais), mas o time italiano conseguiu fazer 3 a 2 no final e foi às quartas da Liga.

Quarta: a vez do Lyon
O pega no Santiago Bernabéu promete muito. E o OL vai para lá sem Michel Bastos, machucado no joelho e com cirurgia prevista para breve no Brasil. Com lesão muscular no bíceps femoral esquerdo, Cristiano Ronaldo não está 100%, mas acho que vai para o jogo, porque o Real Madrid precisa superar o trauma de seis temporadas seguidas morrendo nas oitavas.

O problema, para o time francês, é que o zero a zero classifica o Real, devido ao 1 a 1 em Gerland. Então vai ser díficil não ceder o contra-ataque aos merengues… Tenso! 

Abidal operado às pressas
A informação é que o lateral-esquerdo francês do Barcelona e da seleção, de 32 anos, está com tumor no fígado. A cirurgia será na sexta-feira, na cidade espanhola. Toda a sorte, Eric!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 4 de março de 2011 Francês da 1ª divisão | 17:11

Ligue 1, 26ª rodada, com pega entre líderes, treta…

Compartilhe: Twitter

Destaque maior para Olympique x Lille, que pode alterar a ordem dos líderes na corrida pelo título. O Marselha não sabe se poderá contar com André-Pierre Gignac, machucado no último fim de semana (problema nos adutores). O LOSC renovou contrato até 2015 com sua maior revelação, Eden Hazard, para diminuir as chances de perder o novato belga, já comparado com Cristiano Ronaldo e tra lá lá, na metade do ano (o irmão do meia-atacante, Kylian, de 15 anos, vai começar a treinar na base do Lille. Olho no DNA!).

Rennes e PSG (sem Hoarau e Erding) jogam fora, contra times tradicionais mas em posições distintas: o tranquilo Montpellier e o preocupado Auxerre, que caiu muito desde que o ano virou. Recebendo o lanterna, o OL torce pros concorrentes se darem mal para reduzir sua desvantagem nessa disputa. 

O time lionês tem a volta do argentino Lisandro López,  recuperado de uma contusão na perna, no ataque. Mas a defesa não poderá contar com o brasileiro Cris, lesionado na coxa, que pode até perder a volta da Liga dos Campeões da Europa, contra o Real Madrid – assim como o CR7, diga-se de passagem…

“Treta” na arbitragem
Reivindicando sua parte no contrato da Federação Francesa de Futebol com a Nike, avaliado em 42 milhões de euros (R$ 96,5 milhões), o sindicato dos árbitros determinou que seus filiados, os juízes das primeira e segunda divisões, atrasassem em 15 minutos o início das partidas neste fim de semana, como protesto.

Precavida contra a “chantagem inaceitável”, a FFF escalou árbitros da terceira divisão, que “respeitem o regulamento”, nesta rodada da Ligue 1. Vamos ver se não temos lambanças nos jogos e se essa querela respingará dentro de campo…  

Sábado, 5/3
15h – Montpellier (6º) x Rennes (2º)
15h – Caen (14º) x Saint-Etienne (7º)
15h – Lorient (8º) x Nancy (16º)
15h – Toulouse (11º) x Sochaux (12º)
15h – Valenciennes (13º) x Monaco (18º) 
15h – Nice (15º) x Lens (19º)
17h – Auxerre (17º) x Paris-SG (4º) 

Domingo, 6/3
13h – Lyon (5º) x Arles-Avignon (20º) 
13h – Brest (9º) x Bordeaux (10º) – SporTV anuncia transmissão ao vivo
17h – O. Marseille (3º) x Lille (1º) SporTV2 anuncia transmissão ao vivo

>> Classificação: Lille e Rennes lideram com 46 pontos, seguidos por Olympique de Marselha, com 45, PSG, com 44, e Lyon, com 42. Veja tabela completa

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:43

Benzema materializa a ironia. Anelka impecável

Compartilhe: Twitter

(Abre parêntese: Jogadores franceses calam os detratores e marcam todos os gols do dia na Champions. Fecha parêntese, obrigado)

Por cinco anos e quase 150 jogos, a torcida do Lyon se acostumou a torcer por Karim Benzema e comemorar seus mais de 60 gols. Hoje, em sua casa, provou do amargo gosto de ver o filho de Gerland balançar as redes do lado rival – no caso, o Real Madrid. Triste, mas poderia ter sido pior, caso fosse o gol da primeira vitória madridista sobre o time francês, na ida das oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. O que não se nega é que foi o quinto do atacante em seis jogos na Champions, nada mal para um reserva…

Outro gaulês a brilhar foi Nicolas Anelka, mais um atacante costumeiramente contestado. O Chelsea foi à Dinamarca e só deu ele no placar. Agora soma sete gols e se iguala a Samuel Eto’o, da Inter de Milão, na artilharia geral do torneio de clubes mais difícil do mundo. Tá bom?

benzema_real_madrid_reuters

Patinou, mas marcou mais um o BenzeBut... (Reuters)

Lyon 1 x 1 Real Madrid
O Lyon começou com Lloris; Réveillère, Lovren, Cris e Cissokho; Toulalan, Kallstrom, Gourcuff, Delgado e Michel Bastos; Gomis. Do lado do Real, Casillas; Sérgio Ramos, Pepe, Ricardo Carvalho e Arbeloa; Xabi Alonso, Khedira, Ozil e Di María; Cristiano Ronaldo e Adebayor, com Kaká, Marcelo e Benzema como opções no banco de reservas. Na tribuna foi visto o francês Zidane ao lado do espanhol Florentino Pérez, presidente do Real e seu chefe.

delgado_ramos_reuters

Sergio Ramos x Cesar Delgado (Reuters)

Os lioneses iniciaram marcando e batendo em Cristiano Ronaldo, mas o primeiro amarelo foi pra Sérgio Ramos, por uma pegada dura em Delgado. Aos poucos, o time da casa se mostrou mais perigoso, atingindo a área merengue bem mais do que o contrário. Michel Bastos foi bastante acionado, Delgado mostrou eficiência e Gomis perdeu ótima chance na conclusão de um contra-ataque, finalizando mal com Casillas já no chão. Mesmo com o Real se soltando mais com o passar do tempo, o primeiro tempo do OL foi melhor.

Situação radicalmente oposta foi vista nos primeiros minutos da segunda etapa. Não houve substituições em ambos os lados, mas Michel Bastos levou o cartão amarelo que o suspende da partida de volta por falta em Di María perto da grande área. Na cobrança, Cristiano botou o veneno que lhe é costumeiro em arremate cruzado, Lloris não achou nada e a bola estourou na trave. Segundos depois, em chuveirinho na área francesa, Sérgio Ramos testou com estilo, Hugo novamente se esticou sem sucesso e ela rebateu no travessão… Sufoco e sorte, amigo!

Cristiano Ronaldo voltava a causar perigo e amarelou Cris. Minutos depois, José Mourinho deu um voto de confiança para Benzema, que veio para o lugar de Adebayor, no campo que conhece tão bem. E não é que em seu primeiro lance com bola, fez um desarme, recebeu dentro da área e balançou as redes, mesmo desequilibrado? Aos 20 minutos, todos vieram abraçá-lo, mas obviamente ele não comemorou contra seu ex-time, que o revelou e vendeu para a Espanha…

Tentando diminuir o prejuízo, Claude Puel colocou Briand e Pied nos lugares de Bastos e Delgado. Sem organização mas com vontade, o Lyon acharia o gol do empate na bola alta. Falta levantada na área, Cris desviou e Gomis, livre e em posição legal, apenas escorou no canto de Casillas aos 38 minutos de jogo. Ainda houve tempo para se tentar um abafa, porém nada de mais gols. A invencibilidade contra o Madrid foi mantida, mas o empate em seus domínios, com gols, deixa o Lyon em desvantagem para a decisão no Bernabéu.

Copenhague 0 x 2 Chelsea

 anelka_chelsea_reuters

Nicolas finaliza no lance que originou o primeiro gol (Reuters)

O primeiro gol na outra partida do dia pela Champions foi francês. No primeiro tempo, Nicolas Anelka aproveitou erro na saída para o jogo do time dinamarquês, conduziu a bola pelo lado direito e chutou cruzado, rasteiro, por baixo do goleiro, que poderia ter pego, na minha avaliação.

O segundo gol… também. Lampard deu linda assistência para o camisa 39, que correu para a bola e bateu forte, cruzado, esse sim com pouca chance de defesa para Wiland. Nada de comemoração efusiva da parte do atacante, bem no estilo “I’m just doing my job”.

Podendo até perder na volta em Londres, o Chelsea já deve estar de olho em possíveis adversários nas quartas de finais…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Torneios europeus | 20:20

Lyon x Real Madrid: para manter a tradição?

Compartilhe: Twitter

Quase um ano atrás, o OL impunha ao time espanhol mais uma eliminação em oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Entretanto, por mais que o retrospecto seja animador para os franceses, que mantiveram a maior parte do time de então, a parada em 2011 se apresenta diferente. O primeiro pega é nesta terça, em Gerland, às 16h45 de Brasília.

Comandando o Real está agora José Mourinho, atual campeão da Liga e com números excelentes tanto na carreira como hoje em dia, como a invencibilidade em casa pelas equipes que treinou nos últimos 9 anos… E não podemos menosprezar o faro de gol de Cristiano Ronaldo, os dribles de Dí Maria, as assistências de Ozil, as possibilidades de um Kaká e até mesmo o Benzema reserva, que mesmo assim mete seus golzinhos…

Claude Puel declarou estar ciente de que o cenário se mostra mais complicado desta vez. Ainda mais sem poder contar com a experiência do centroavante argentino Lisandro López, fora de combate por lesão. O técnico lionês deve apostar em outro argentino, Cesar Delgado, também longe de ser um novato em Champions. As últimas vitórias na Ligue 1 mostram que o time tem qualidade, mas vai ser preciso sempre um algo a mais e/ou razoável sorte para deixar os merengues novamente pelo caminho…

michel_bastos_reuters

Michel Bastos, Cris e companhia estão diante de um velho novo rival na Champions (Reuters)

Prováveis escalações:

LYON: Lloris; Révéillère, Cris, Lovren e Cissokho; Toulalan, Källstrom, Gourcuff, Delgado e Michel Bastos; Gomis. Técnico: Claude Puel

REAL MADRID: Iker Casillas; Arbeloa, Pepe, Carvalho e Sergio Ramos; Lassana Diarra, Khedira e Xabi Alonso; Cristiano Ronaldo, Özil e Adebayor. Técnico: José Mourinho

Árbitro: Wolfgang Stark (ALE)
Auxiliares: Jan-Hendrik Salver e Mike Pickel (ambos ALE)

E aí, qual seu palpite para este jogo? Acho que dá 0 a 0…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010 Torneios europeus | 11:11

Lyon x Real de novo. Marselha pega Manchester United

Compartilhe: Twitter

Oitavas de finais da Liga dos Campeões e 1/16-avos da Liga Europa sorteadas nesta sexta-feira, com confrontos a partir de fevereiro de 2011. Aos franceses, ficou decidido:

Champions League

LYON
x REAL MADRID (Espanha)
Quarto duelo franco-espanhol em oitavas-de-finais da competição, com histórico totalmente favorável ao OL: passou pelos merengues em 2006, 2007 e 2010, na última edição da Liga, quando foi até as semifinais – aliás, há seis temporadas que o Madrid encalha nas oitavas do torneio… Nos seis jogos do confronto direto, o Lyonnais venceu três, empatou os outros três e jamais perdeu. Mas não convém se apoiar na freguesia e se esquecer de que o Real tem hoje um dos melhores times da Europa, um artilheiro em ótima fase, como o português Cristiano Ronaldo, e um treinador que sabe ganhar a Champions, o também lusitano José Mourinho, bicampeão com Porto (2003/2004) e Inter de Milão (2009/2010) – além da provável volta de Kaká em janeiro. Pelo que os madridistas vêm apresentando nesta temporada, a missão lionesa parece mais difícil que a marselhesa.

OLYMPIQUE DE MARSELHA
x MANCHESTER UNITED (Inglaterra)
Parada dura também para o OM, pois se o time inglês, se não é mais o avassalador de outrora, vem se mostrando consistente na temporada, a ponto de só ter perdido um jogo até aqui, quando atuou com os reservas na Copa da Liga Inglesa. Acabou de alcançar a liderança do Campeonato Inglês e se classificou na liderança do grupo C depois de quatro vitórias e dois empates na chave que continha Valencia (Espanha), Rangers (Escócia) e Bursaspor (Turquia). Penso que as chances do Olympique diante do tricampeão europeu passam essencialmente por uma vitória no jogo que abre a série, no Vélodrome. 

Demais confrontos das oitavas:

Bayern de Munique x Internazionale – reedição da última final
Barcelona x Arsenal – reedição da final de 2006
Chelsea x Copenhague
Tottenham x Milan
Shakhtar Donetsk x Roma
Schalke x Valencia

As partidas de ida das oitavas acontecem nos dias 15, 16, 22 e 23 de fevereiro. As de volta, em 8, 9, 15 e 16 de março. Em 18 de março acontece o sorteio das quartas de finais, encaminhando para as derradeiras fases.

Europa League
PARIS SAINT-GERMAIN x BATE BORISOV (Bielorrússia)
Bom para o vice-líder do Campeonato Francês, que comandou um difícil grupo J, deixando Sevilla e Borussia Dortmund para trás. Apesar do Bate ter feito campanha parelha ao primeiro colocado da chave E, ficando um ponto atrás do Dínamo de Kiev, o PSG tem tudo para se classificar, principalmente caso se adapte bem à baixa temperatura que encontrar na antiga república soviética, quando for jogar em Minsk, na ida. Confirmando o favoritismo, o Paris enfrentará o vencedor de Benfica (Portugal) x Stuttgart (Alemanha) nas oitavas, provavelmente numa disputa bem mais árdua.

LILLE x PSV EINDHOVEN (Holanda)
Complicado para o atual líder da Ligue 1, mas não impossível caso a lição de casa seja feita, creio eu, no jogo de ida. Se o time holandês impõe respeito pela campanha invicta no grupo I (4 vitórias e 2 empates), à frente de Metalist (Ucrânia), Sampdoria (Itália) e Debrecen (Hungria), a fase do LOSC também é positiva, principalmente pelas boas opções ofensivas, com jogadores de muita movimentação que podem fazer a diferença tanto no time titular quanto vindos do banco. O vencedor deste páreo encarará Sporting (Portugal) ou Rangers (Escócia) nas oitavas de finais, lembrando que o time de Lisboa liderou justamente a chave lilleana na competição.

Os jogos de ida dos 1/16-avos ocorrerão no dia 17 de fevereiro e os de volta, uma semana depois, dia 24. As partidas das oitavas serão dias 10 e 17 de março, com o sorteio das etapas finais no mesmo dia do da Champions, 18/03.

O que achou dos sorteios?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última