Publicidade

Posts com a Tag Copa 2010

segunda-feira, 21 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 22:28

França x África do Sul: por um fio

Compartilhe: Twitter

1. Vencer por um gol de margem e torcer para o Uruguai ganhar por quatro ou mais gols de diferença do México, ou o México derrotar por cinco ou mais gols de diferença o Uruguai;

2. Vencer por dois gols de margem e torcer para o Uruguai ganhar por três ou mais gols de diferença do México, ou o México derrotar por quatro ou mais gols de diferença o Uruguai;

3. Vencer por três gols de margem e torcer para o Uruguai ganhar por dois ou mais gols de diferença do México, ou o México derrotar por três ou mais gols de diferença o Uruguai.

4. Vencer por quatro ou mais gols de margem e torcer para o Uruguai ganhar por um ou mais gols de diferença do México, ou o México derrotar por dois ou mais gols de diferença o Uruguai.

Não se trata de teste de múltipla escolha com pegadinha. São as alternativas do indigesto cardápio que os franceses têm pela frente, nesta terça-feira, se quiserem prolongar por mais tempo sua estadia na Copa 2010. A partida contra os anfritriões começa às 11h de Brasília, no mesmo horário de México x Uruguai.

Se pelo menos vencer e não deixar o Mundial sem marcar gols, já diminui o vexame que se tem visto nos últimos dias na delegação dos Bleus… Palpite? Empata com gols e dirá au revoir. E o seu?

> Leia a apresentação que produzi de África do Sul x França e acompanhe o tempo real do Placar iG.

Autor: Tags: , , , , ,

Copa do Mundo | 16:39

Boas lembranças dos Bafana. E de Parreira

Compartilhe: Twitter

França e África do Sul se encontraram apenas uma vez em campo em torneios oficiais (em dois amistosos, houve vitória francesa em 1997 e empate em 2000), e justamente numa Copa do Mundo. Foi em 1998, no início da caminhada francesa rumo ao título em casa. Naqueles 3 a 0 pró-Bleus, estavam em campo os então jovens Thierry Henry e Benny McCarthy, que provavelmente repetiriam o duelo em 2010, na condição de maiores artilheiros da história de suas seleções, se Parreira não tivesse cortado o sul-africano da lista dos 23 Bafanas.

Henry, inclusive, balançou as redes no estádio Vélodrome, em Marselha, após escanteio cobrado por Dugarry, encerrando a vitória construída anteriormente com gols do próprio Dugarry, aproveitando escanteio batido por Zidane, e de Issa, contra, desviando chute de Djorkaeff. A arbitragem foi do brasileiro Márcio Rezende de Freitas.

O engraçado agora é que um 3 a 0 nesta terça-feira seria fundamental para os Bleus de hoje na luta pela sobrevivência na Copa 2010. Assista a vídeo com os melhores momentos daquela partida:

Outro brasileiro estará em campo em Bloemfontein. Carlos Alberto Parreira dirige os Bafana Bafana, e tê-lo no banco de reservas adversário num Mundial também traz boas lembranças à França. Foram três vitórias francesas em três partidas contra seleções dirigidas pelo técnico : 4 a 1 sobre o Kuwait em 1982 (fase de grupos), 4 a 0 sobre a Arábia Saudita em 1998 (fase de grupos) e 1 a 0 sobre o Brasil em 2006 (quartas-de-finais). Portanto, Parreira tem razões de sobra para se benzer antes da bola rolar nesta Copa…

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

Copa do Mundo | 00:59

Elefantinhos esses da Côte D'Ivoire

Compartilhe: Twitter

Os Elefantes da Costa do Marfim não resistiram ao Brasil e correm sério risco de ser mais uma seleção africana eliminada precocemente da Copa no seu continente. Isso com ajuda da arbitragem e tudo, aliviando nas porradas para cima dos brasileiros. E o senhor juiz Stephane Lannoy é… francês! Que fase da França nesse Mundial… O blog só lamenta.

Felipe Melo Gervinho Brasil Costa do Marfim

Gervinho, que atua no francês Lille, entrou no segundo tempo, mas pouco fez (AP)

Autor: Tags: , , , , ,

domingo, 20 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 17:22

Tem fim essa crise? Cadê o respeito??

Compartilhe: Twitter

Fica difícil mensurar o tamanho da bagunça dentro da delegação francesa na Copa 2010, o que realmente foi dito, o que é exagero da imprensa… Mas o fato é que não existe mais disciplina, cada um faz o que acha que é certo.

E o que soa triste é que fica em segundo plano o país que esses homens representam, os torcedores, a tradição de vitórias recentes que a França construiu. Vejam o protesto de dois torcedores presentes no jogo Brasil x Costa do Marfim, justo no meu entender:

torcedores da frança pedem respeito

"E o respeito aos torcedores?" (foto: Vicente Seda, enviado iG)

> Para ler as últimas notícias da França na Copa 2010 (porque eu não dou conta de falar de tudo por aqui em tempo hábil…), CLIQUE AQUI.

Autor: Tags: , , ,

sábado, 19 de junho de 2010 Copa do Mundo | 22:13

O blog torce para Costa do Marfim

Compartilhe: Twitter

Bruno Pessa é brasileiro e torce para que sua seleção de origem seja hexa na Copa 2010. Mas Le Blog du Foot é franco-brasileiro e, neste domingo, uma “nação irmã” da França vai enfrentar o time do Dunga.

A Costa do Marfim foi colonizada pelos franceses e tem no francês seu idioma oficial. Vários marfinenses jogam – como Gervinho e Koné – ou jogaram – como Drogba –  no futebol francês. Então existe uma afinidade, assim como há entre França e Argélia, por exemplo (vi na sexta que os argelinos representam o maior grupo imigrante vivendo no país da capital Paris).

Além do mais, a maioria dos brasileiros revanchistas querem que a França se f… desde 2006. Então, Costa do Marfim pode aprontar à vontade contra os pentacampeões mundiais que este blog não vai se irritar nem um pouquinho!

Autor: Tags: , , , , , , ,

Copa do Mundo, Seleção francesa | 15:45

Anelka fora de vez (antes da França)

Compartilhe: Twitter

Quem já foi atrás de notícias da Copa 2010 neste sábado constatou o corte de Anelka, por insubordinação a Domenech, em decisão da Federação Francesa de Futebol. Ou seja, foi tornado público o péssimo clima interno nos Bleus, muito perto de voltarem para casa, dias após o atacante do Chelsea, que já foi para a Inglaterra uma hora dessas.

Se serve de consolo, Anelka não deve fazer nenhuma falta contra a África do Sul. Pelo que fez na derrota para o México, Domenech deve colocar Gignac em seu lugar. Ou, se por um milagre de consciência se lembrar que convocou Thierry Henry para a Copa, pode até escalar o atacante do Barcelona…

A propósito do assunto do dia na França, leiam o post do ótimo Flavio Gomes sobre o tema. Mas por favor, comentem aqui, porque ele tem espaço nas homes do iG e de Copa, enquanto eu fico “escondido” em Esportes, precisando muito mais de vocês (risos)

charge anelka domenech

Em charge do iG Esporte, Anelka e Domenech (Milton Trajano)

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 18 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 07:08

Uma questão de saldo

Compartilhe: Twitter

Choradas todas as pitangas da derrota francesa para o México, é preciso cair na real e ver de que forma o resultado final dos Bleus pelo grupo A da Copa 2010 se converterá em fracasso ou sucesso. Após duas rodadas, a classificação da chave é a seguinte:

1. Uruguai – 4 pontos, saldo de gols: + 3
2. México – 4 pontos, saldo de gols: + 2
3. França – 1 ponto, saldo de gols: – 2
4. África do Sul – 1 ponto, saldo de gols: – 3

Vejamos o que pode acontecer com os franceses no dia 22, terça-feira que vem, quando teremos França x África do Sul e México x Uruguai:

* Se a França perder ou empatar, está eliminada.

*Se a França vencer e México x Uruguai der empate, está fora também.

*Se a França vencer e o México também, o saldo de gols fará o desempate entre França e Uruguai pela segunda vaga (atualmente, os uruguaios estão quatro gols à frente).

*Se a França vencer e o Uruguai também, o saldo de gols fará o desempate entre França e México pela segunda vaga (atualmente, os mexicanos estão cinco gols à frente).

O mínimo que se espera, portanto, é que os Bleus sejam capazes de, finalmente, marcar gols com a Jabulani. Depois disso, é ficar na torcida, com reza braba…

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 17 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 17:30

França 0 x 2 México: azedou!

Compartilhe: Twitter

frança méxico copa 2010

Malouda no lugar de Gourcuff foi a única substituição nos titulares. O jogo começou corrido, agradável de se ver, com as duas seleções chegando à frente.

No primeiro tempo, Gallas e Sagna tiveram muita dificuldade para segurar o lado esquerdo mexicano e Lloris trabalhou bastante.

Antes do apito final, Toulalan fez o que lhe é típico: parou o contra-ataque rival com anti-jogo e foi advertido com o amarelo – como também tinha levado contra o Uruguai, é desfalque contra a África do Sul.

A França voltou para o intervalo com Gignac no lugar de Anelka – nada de Henry, de gorro e cobertor no banco de reservas, mas pelo menos Domenech pôs sangue novo no jogo. Mas nada de pontaria também, de ambos os lados aliás.

No lance do primeiro gol mexicano, não há o que reclamar da arbitragem, pois Abidal estava na mesma linha de Hernandez, o autor do tento. Valbuena veio para o lugar de Govou, provando que Henry não é tão levado a sério assim pelo teimoso técnico francês. Estaria ele tão fora de forma a ponto de não ser a primeira opção em caso de extrema necessidade? Duvido!

Não era mesmo o dia do Abidal, que foi imprudente e deu um carrinho em Barreira dentro da área, que valorizou e conseguiu o pênalti. Acabou 2 a 0, merecido para o México, que pela primeira vez na história derrota os Bleus!

Agora, é preciso golear a África do Sul, também “desesperada” – para quem não teve a capacidade de balançar as redes em duas partidas, não dá para acreditar que será fácil – , e torcer para Uruguai x México não acabar em empate ou, se a França não golear, vitória magra de um dos dois lados. Espero pelo menos que os franceses não repitam o vexame de 2002, quando deixaram a Copa sem marcar um único golzinho sequer.

O engraçado é como a França desperta a rejeição dos brasileiros, muito provavelmente pelo que vimos em 1986, 1998 e 2006: o contador de torcedores do Placar iG para o jogo registrou 110 a favor dos mexicanos, contra 27 pró-Bleus (mais de quatro vezes mais!)

>> Leia o relato completo de França 0 x 2 México

>> Veja galeria de fotos da partida em Polokwane

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de junho de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 21:34

França x México: tenso!

Compartilhe: Twitter

Na estreia na Copa 2010, era admissível empatar com o Uruguai. Agora, se não vencer o México, a seleção francesa vai ter que partir pro tudo ou nada contra a África do Sul, torcer no outro jogo da chave, fazer contas, rezar…

Enfim, como os mexicanos também precisam ganhar nesta quinta, essa partida das 15h30 (de Brasília) desta quinta-feira vai ser tensa! Mas aposto em vitória francesa. Para você, o que vai dar?

>> Leia a apresentação que produzi para México x França

>> Acompanhe o jogo, comente e torça em tempo real no Placar iG

Autor: Tags: , , ,

Copa do Mundo, Seleção francesa | 08:11

Ciumeira, non!

Compartilhe: Twitter
frança gourcuff ribery toulalan

Gourcuff e Ribéry não se olham pouco antes de França x Uruguai (AP)

Matéria da Gazeta Esportiva desta terça-feira, citando o francês L’Equipe, cita uma possível crise de relacionamento entre alguns jogadores da França nesta Copa 2010. O pivô seria o meia Yohann Gourcuff, cujo comportamento não estaria agradando a líderes do grupo, como Franck Ribéry, Nicolas Anelka e Patrice Evra. Ao que parece, Gourcuff se isola da maioria dos companheiros, conversando apenas com os colegas de Bordeaux e Toulalan, do Lyon, no elenco dos Bleus.

O assunto não é de todo novo, mas, quando escrevi sobre isso na semana passada, pensei se tratar apenas de uma contestação por papeis assumidos dentro de campo. Se a coisa realmente está descambando para o extracampo, prejudica na hora em que a bola for rolar, com certeza.

Estaria Gourcuff  “subindo no salto” pela expectativa de que seja, mais cedo ou mais tarde, um novo Zidane? Pode ser que tenham ciúmes exagerados dele, porém de qualquer modo ele deve ter humildade porque ainda não conquistou nada com a camisa da seleção principal. Nem o status de titular absoluto!

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última