Publicidade

Posts com a Tag Claude Puel

quarta-feira, 22 de junho de 2011 Extracampo | 15:11

Puel tanto balançou que caiu no Lyon

Compartilhe: Twitter

Demorou, mas o OL dispensou o técnico Claude Puel na segunda-feira. O francês de 49 anos chegou ao Lyon em 2008 e tinha contrato válido por quatro temporadas, das quais cumpriu três. A saída foi motivada principalmente pela ausência completa de títulos. Para quem vinha de um heptacampeonato nacional consecutivo, não ganhar nem em casa nem no continente, vendo o sonho da Liga dos Campeões da Europa nunca passar de um sonho, é pesado, como deve ter pesado na avaliação do presidente Jean-Michel Aulas.

Um dia depois, o substituto de Puel foi anunciado. Trata-se de Rémi Garde, ex-jogador do clube de 1984 a 1993, que pendurou as chuteiras em 1999 e hoje tem 45 anos. Embora esteja partindo para sua primeira experiência como treinador, ele tem história no Lyon e experiências em cargos técnicos e administrativos no futebol. Vamos ver se terá o grupo “na mão” e conseguirá lidar com a pressão nada pequena por taças em Gerland…

garde-aulas-olweb

Guarde bem a camisa, Garde. Se os resultados não vierem, ela vai começar a pesar... (Olweb)

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 26 de maio de 2011 Torneios europeus | 19:57

Lionesas levantam Champions! Aprendam, marmanjos

Compartilhe: Twitter

Depois do Olympique de Marselha ser o primeiro francês entre os homens a conquistar uma Liga dos Campeões da Europa, em 1993, foi a vez do Olympique de Lyon fazer história entre as mulheres hoje. Em Londres, o Lyon devolveu a derrota imposta pelo Turbine Potsdam na temporada passada, impondo 2 a 0, com gols da zagueirona francesa Wendie Renard (adivinha quem é na foto posada abaixo…) e da meia suíça Lara Dickenmann, uma loira bem apresentável, aliás.

lyon_posada_getty_menor

Um oferecimento de Lerruá Merlán (Getty Images)

Dirigidas por Patrice Lair, as heróicas jogadoras que foram a campo nesta quinta-feira, no Craven Cottage, foram Sarah Bouhaddi; Sabrina Viguier, Sonia Bompastor (capitã), Wendie Renard e Laura Georges; Amandine Henry, Camille Abily, Louisa Necib (Lara Dickenmann) e Shirley Cruz Trana; Lotta Schelin e Élodie Thomis (Eugénie Le Sommer). 

lyon_festa_getty_menor

"Dá beijinho na tacinha, dá, dá, dá". Que tipo de música embalaria essa conquista? (Getty Images)

O presidente Jean-Michel Aulas deve estar saboreando o momento. Mas se o time masculino não conquistar nem a vaga na Champions 2011/2012, no encerramento da Ligue 1 no domingo, vai ficar muito feio pra ele, pro técnico Claude Puel e todos os envolvidos entre o gênero que mais importa no mundo (machista) do futebol…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 17 de maio de 2011 Francês da 1ª divisão | 23:15

Marselha é todo Sochaux e Lyon é todo Bordeaux

Compartilhe: Twitter

Nenê pediria pra Wendel dar uma aliviada amiga em Bordô x Parri?

Muita expectativa em torno dos dois jogos que fecham a 36ª e penúltima rodada da Ligue 1, nesta quarta-feira às 14h de Brasília. Primeiro: se vencer o Sochaux em casa, o Lille fica muito, mas muito perto mesmo do título francês – o Olympique de Marselha teria que ganhar as duas últimas partidas, torcer para o LOSC perder as duas e ainda tirar uma grande diferença de saldo de gols.

Portanto, o Marselha botará toda sua fé amanhã no time do Carlão, que renovou até 2014. Pro seu consolo, o Sochô ainda luta por algo no campeonato:  a manutenção da sexta colocação, na pior das hipóteses, para atingir a Liga Europa 2011/2012. A situação poderia ser menos feia pro OM se a vitória tivesse vindo contra o Lorient, em vez do 2 a 2, que por sinal levou Kevin Gameiro a 21 gols, se igualando a Moussa Sow na artilharia da Ligue 1, totalmente indefinida ainda. Vamos ver se o oba-oba e a ressaca da conquista histórica da Copa da Liga não tiram o foco dos Dogues…

Segundo: se vencer o Bordeaux fora, o PSG ultrapassa o Lyon na tabela, rouba-lhe o terceiro posto e a vaga que fecha a zona de acesso à Liga dos Campeões da Europa. O problema dos lioneses é que os girondinos não aspiram a mais nada na competição, fazendo uma campanha final pra lá de desanimada.

Problema que começou quando o OL não conseguiu superar o Brest na segunda-feira, ficando no 1 a 1. Ederson abriu o placar de cabeça, se antecipando ao goleiro Elana. No intervalo, um brasileiro substituiu outro, com o recuperado Michel Bastos de novo em campo. Mas Lloris não teve chance quando o tcheco Licka acertou um balaço de fora da área. Gomis perderia ótimas chances, além de sair lesionado e, no fim das contas, ver sua temporada encerrada. Cris foi bem, mas faltou o gol lá na frente…

puel_afp

O técnico Claude Puel contra o Stade Brestois. Se o Lyon não se mantiver na Champions, a tragédia que se abaterá sobre o clube deve varrê-lo... (AFP)

Os resultados das partidas já finalizadas:

Lorient 2 x 2 O. Marseille (Lamine Koné e Gameiro; Rémy e Gignac)
Brest 1 x 1 Lyon (Licka; Ederson)

A medalha da Copa da França de Túlio de Melo. Desafio do Lille agora é garantir uma honraria mais elevada (Twitter)

Saint-Etienne 1 x 2 Rennes

(Sako; Montaño e Leroy) – ASSE dificilmente alcança Liga Europa, já garantida pelo Stade Rennais se a Champions não cair no colo

Caen 2 x 0 Montpellier (Hamouma; Kandia Traoré) – Oui, Caen pode cair. MHSC não deve sair do lugar

Valenciennes 1 x 1 Auxerre (Kadir; Jo-Gook) – AJA sussa, mas VAFC ainda preocupado

Arles-Avignon 1 x 0 Toulouse (Ghilas) – Lanterninha tenta evitar pior campanha de sempre na Ligue 1. É, valeu alguma coisa… TFC ainda ameaçado por queda

Nancy 3 x 0 Nice (Hadji, Berenguer e Bakaye Traoré) – Civelli-NIC foi expulso. Os times ocupam as duas posições imediatamente superiores à zona de rebaixamento. Ou seja, continuam tensos!

Monaco 1 x 1 Lens (Moukandjo; Varane) – O empate no finalzinho não bastou: O RCL está de volta à Ligue 2. E o ASM foi pra degola, bem ameaçado portanto

>> Confira como está a classificação geral. Para quem está torcendo?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 11 de maio de 2011 Francês da 1ª divisão | 21:37

Olympique ganha, mas Lille pode ser campeão na terça que vem

Compartilhe: Twitter

Por mais que o LOSC secasse, o Marselha foi seguro no Vélodrome e bateu o Brest com facilidade, 3 a 0. Rémy abriu o placar, Jordan Ayew ampliou com um belo arremate de efeito e, quando a turma de Deschamps cozinhava o galo pro relógio andar, Gabriel Heinze fechou o escore cobrando falta (sofrida por Jordan, que hoje ofuscou o irmão André) com facilidade, seguindo “dica” de Taiwo (que não continuará no time na próxima temporada, como conto mais abaixo no apêndice).

Então segue a diferença de 4 pontos entre líder e vice, só que agora com apenas 9 por disputar. Ou seja, se ela for a 7, caso o Olympique perca para o Lorient no domingo e o Lille derrote o Sochaux na terça-feira, o campeão estará definido. Até mesmo se empatar fora de casa o OM fica em situação complicadíssima, pois bastará um pontinho para os Dogues nas duas partidas que lhe restarem.

remy_andrade_afp

Loïc Rémy cumprimenta Elinton Andrade, na função que o brasileiro mais executa nos jogos, na condição de goleiro reserva (AFP)

Com o revés do Lyon, a matemática restringe a Lille e Olympique, apenas, a postulação do título. Que o OL não atingiria a taça mesmo, tudo bem, mas levar de quatro do Auxerre, que iniciou a rodada na metade debaixo da tabela, ficou bem feio, heim? Oliech fez o primeiro, Lovren prejudicou os Gones ao ser expulso e aí ferrou-se: o burquinense Alain Traoré marcou dois e Hengbart fechou a contagem e… o caixão de Claude Puel, cuja demissão foi publicamente pedida pela torcida lionesa?

lyon_afp

Não precisa perguntar o que a torcida do Lyon quer quanto ao treinador, d'accord? (AFP)

A rodada antecipada para o meio de semana ainda reservou:

Rennes 1 x 1 Caen (Mangane; M’Baye Niang) – Stade Rennais ainda 5º

Sochaux 3 x 0 Monaco (Sauget, Maiga e Boudebouz) – /Soxô/ ratificando 6º, a um ponto do Rennes

Montpellier 3 x 1 Lorient (Giroud, Estrada e Saihi; Ecuele-Manga) – Ambos precisam secar bastante o 5º e o 6º e não perder mais pontos para ter alguma chance de Liga Europa, assim como o Saint-Etienne

Lens 1 x 0 Bordeaux (Hermach) – De aspiração à Liga Europa a um fim de temporada melancólico, eis os Girondinos. Com bom público no Felix-Bollaert, o RCL evitou a degola precoce, mas tem que tirar 6 pontos de 9 restantes em relação ao Monaco para escapar…

Toulouse 0 x 0 ValenciennesOs dois precisam fazer muito pouco para não caírem

Nice 3 x 2 Arles Avignon (Ljuboja 2 e Clerc; Cabella e Kaba Diawara) – Tia Nice também quase livre do rebaixamento

>> Classificação a 3 rodadas do final (9 pontos por disputar):  Lille lidera com 69 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 65, Lyon, com 59, PSG, com 58, Rennes, com 53, e Sochaux, com 52. Veja tabela completa

**

Apêndice:

O lateral-esquerdo nigeriano e o zagueiro francês Mexès, da Roma, ambos em fim de contrato, foram confirmados pelo Milan como reforços para a próxima temporada no fresquinho campeão italiano. Taiwo teve a imagem desgastada na França depois que, no calor da conquista da Copa da Liga Francesa pelo OM, pegou pesado ao provocar o rival Paris Saint-Germain, que nem fazia parte do contexto, cantando, com a torcida marselhesa, o verso “Os marselheses vão a Paris para f… o PSG”. Será que ele vai dividir quarto com Gennaro Gattuso??

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 6 de maio de 2011 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 18:50

Ligue 1, 34ª rodada: os grandes Olympiques frente a frente

Compartilhe: Twitter

Nenê brilhou no primeiro jogo contra o ASM. E no segundo? (Divulgação)

Era tudo que o Lille queria para o oponente principal na luta pelo título: vai lá Marselha, pega o Lyon! E assim o clássico dos Olympiques ganha contorno decisivo, até porque o OL pode diminuir sua distância para o OM para três pontos e ainda seguir com chances de taça ou vice, que também conta muito por colocar o time diretamente na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Do lado marselhês, Didier Deschamps terá Lucho González e Cheyrou, recuperados de contusões. O zagueiro brasileiro Hilton, que costuma ficar no banco, é a ausência. Sem Toulalan e e Ederson (de novo lesionado), Claude Puel poderá contar com Cris e Briand entre os lioneses. Gourcuff, porém, ainda é dúvida.

Em compensação, o LOSC não deve se animar muito porque vai ter de enfrentar o desespero de um Nancy, fora de casa, que precisa da vitória para talvez já sair do início da zona de rebaixamento – soma 38 pontos, em 18º, um atrás de Valenciennes, Monaco, Auxerre, Caen e Nice, todos ainda preocupados com a manutenção na elite.

É nesse clima de obrigação de vitória que o Monaco reencontrará Nenê no Principado. No jogo do turno, no Parc des Princes, o brasileiro do PSG não quis saber de cerimônia e fez os dois gols do time no empate por 2 a 2. Em briga diretíssima com o Lyon pelo terceiro lugar que vale a terceira vaga na Champions, o Paris ficará de olho bem aberto no pega de domingo do Gerland.

Eis a rodada: 

Sábado, 7/5

14h – Monaco (14º) x Paris-SG (4º)SporTV2 anuncia transmissão em VT às 20h30
14h – Lorient (6º) x Toulouse (11º)
14h – Bordeaux (8º) x Sochaux (7º)
14h – Arles-Avignon (20º) x Saint-Etienne (9º)
14h – Auxerre (15º) x Montpellier (10º)
14h – Brest (12º) x Nice (17º)
14h – Caen (16º) x Lens (19º)
16h – Nancy (18º) x Lille (1º)

Domingo, 8/5 (feriado na França, Dia do Veterano em lembrança ao fim da Segunda Guerra Mundial)

12h – Valenciennes (13º) x Rennes (5)
16h – Lyon (3º) x O. Marseille (2º)SporTV2 anuncia transmissão ao vivo do clássico! (pena que é no mesmo horário das decisões pelos estaduais brasileiros, maldade isso…)

>> Classificação a 5 rodadas do finalLille lidera com 63 pontos, seguido por Olympique de Marselha, com 62, Lyon e PSG, com 56, Rennes, com 52, e Lorient, com 47. Veja tabela completa

Dando tempo, volto e aumento…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 6 de abril de 2011 Extracampo, Francês da 1ª divisão | 22:59

Clima quente no Lyon

Compartilhe: Twitter

A balbúrdia lionesa começou nos minutos finais da partida contra o Nice, no domingo. Com muita necessidade de faturar os três pontos diante de um adversário na metade debaixo da tabela, para não escapar da briga pelo título, o OL, que tinha confortáveis 2 a 0 no placar, “conseguiu” sofrer dois gols nos acréscimos e saiu (puto) do gramado com apenas um ponto.

O climão no vestiário pós-jogo era mais do que esperado. Imagens mostraram o goleiro Lloris e o zagueiro brasileiro Cris muuuito irritados, gritando, dizendo que estavam de saco cheio, entre outras suavidades… Até o presidente Jean-Michel Aulas discutiu com membro da comissão técnica do Nice, quase chegando às vias de fato.

Dois dias depois, a calma não reapareceu no treino da equipe. Cris quase brigou com o jovem Clement Grenier, depois de dar uma entrada violenta no meio-campista e não ter se desculpado. Felizmente, o novato não quis saber de enervar ainda mais os ânimos pelos lados de Gerland.

"Vocês não respeitam a camisa", disse Lloris no domingo. Ele está certo? (France Football)

Também ontem, terça, houve um entrevero entre Aly Cissokho e um torcedor que o provocou no treino em Tola Vologe. O dito cujo falou pro lateral ir jogar no Arles-Avignon, pior time disparado da Ligue 1… Cissokho disse que a resposta viria no final do treino. Aí, o torcedor disse que tinha o direito de questionar o lateral. E ouviu do jogador: “A sua mãe também”… Armada a confusão, os seguranças tiveram que apartar o início da porrada.

Nesta quarta-feira, acompanhado de seu assessor de imagem, Lamine Dramé, Cissokho apresentou desculpas ao torcedor em questão, aos fãs do clube em geral, aos colegas e a toda agremiação. Disse que seu comportamento não foi digno de um profissional, que não cederá mais às provocações e tentará responder com cortesia aos torcedores que o interpelarem, além de se concentrar no trabalho para fazer o melhor ao Lyon.

Enquanto isso, Jean-Michel Aulas declarou hoje que segue confiante na luta pelo título, embora o OL esteja atualmente em quarto lugar, a oito pontos do líder Lille. “Nas próximas três rodadas, Lille e Olympique de Marselha podem perder quatro ou cinco pontos…”, especula o dirigente. Se lembrarmos, entretanto, que LOSC e OM estão com 100% de aproveitamento nas últimas três journées disputadas, fica difícil se juntar ao otimista Aulas, né não?

Como prova de que o presidente não está contente com os funcionários que têm, o L’Equipe informou que Eric Gerets e Didier Deschamps já teriam sido procurados para substituir o técnico Claude Puel, mas ambos recusaram…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de março de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:41

Real elimina Lyon e despacha a catiça

Compartilhe: Twitter

Depois de seis anos caindo nas oitavas de finais da Liga dos Campeões, mesmo com times capazes de ir bem além, o Real Madrid superou o carma para cima do Lyon, seu algoz no ano passado e que nunca havia vencido, em sete jogos. Marcelo matou a pau, Benzema voltou a ser implacável contra seu ex-clube e agora temos de torcer para Karim e os demais franceses fora da França na sequência da Champions. Michel Bastos e Ederson, se tivessem inteiros, poderiam ajudar. Mas como o “se” não entra em campo, segue a vida…

benzema_lloris_reu

Francês que brilha, francês que se lamenta e só resta ao país torcer pelos jogadores (Reuters)

Le match
O Real começou com tudo, mantendo a bola sempre no campo de ataque e fazendo Lloris trabalhar repetidamente. Aos 8, Pepe obstruiu Gourcuff em contra-ataque lionês, levando o amarelo. Passei a esperar que o jogo francês se concentrasse por cima do muitas vezes violento zagueiro português –  que por sinal fez o favor de acertar uma joelhada na cara de Lisandro López sem a arbitragem perceber…

Com o tempo, o Lyon foi atacando mais. Boa jogada aos 21, com Cissokho acionando Delgado, que chutou colocado e Casillas mandou para escanteio. Aos 26, Cristiano Ronaldo fez bela jogada, finalizou forte e Lloris espalmou com estilo, por cima do gol. Três minutos depois, Ricardo Carvalho deu carrinho feio em Delgado, por trás, e foi acertadamente advertido com amarelo pelo juiz esloveno (?). A zaga merengue já estava pendurada…

Cris estava bem perto de Benzema, tendo feito um eficiente desarme dentro da área aos 31 minutos. Mas cinco minutos depois, o brasileiro do Real fez a diferença: Marcelo tabelou com Cristiano Ronaldo, passou por Cris, deixou Lovren no chão e finalizou até que no meio do gol, mas Lloris, caído, só conseguiu espalmar para dentro: 1 a 0. Desse jeito, um gol do OL levava a disputa para os pênaltis.

Aos 40, Marcelo cruzou bem, Benzema emendou alta e Lloris fez linda e difícil defesa. Logo depois o 9 francês meteu para as redes, mas o bandeirinha invalidou corretamente. Ai ai ai… Melhor ir para o intervalo. Na volta dele, Claude Puel tirou Briand, que nada vinha fazendo de útil, e colocou Gomis, autor do gol na ida em Gerland. Gostei da mexida.

Entretanto, o Madrid continuava mais perto do segundo do que o Lyon do primeiro, infelizmente, com Lloris se desdobrando para não ser batido. Porém, aos 21, Reveillère errou passe, Marcelo lançou para o ataque, Lovren não achou a bola, Benzema deixou o mal-posicionado Cris para trás e tocou por baixo de Lloris: 2 a 0, e desta vez Karim comemorou sim, tá certo – seis gols em sete jogos na Liga, pô!

Puel tirou então Gourcuff, uma decepção, apostando no jovem Pied. Quem sabe alguém querendo mostrar serviço sirva mais para o time… A arbitragem poderia ajudar se fosse mais atenta e visse Pepe chutando propositadamente Lisandro em disputa pelo alto. Gomis chutou com perigo aos 25, mostrando que o Lyon ainda não estava morto – um gol poria fogo na partida, certamente.

Só que a defesa lionesa não estava a fim de colaborar e Di María ficou frente a frente com Lloris, esperou o goleiro francês cair (não deveria ter caído tão cedo…) e tocou por cima, sutilmente, para fazer 3 a 0 e enterrar o projeto Champions de Jean-Michel Aulas e subalternos. Pjanic veio pro lugar de Delgado, Lassana Diarra também entrou, mas o OL já estava entregue e o Real fez o tempo passar com eficiência.

Chelsea 0 x 0 Copenhague
Praticamente eliminado antes mesmo do jogo na Inglaterra, o time dinamarquês arrumou uma forma interessante de não passar em branco hoje: jogou de camisa rosa, quase violeta… Até que evitou a derrota em Londres, o que é digno de nota. Mas Florent Malouda e Nicolas Anelka vão às quartas de finais da Liga, como era de se esperar.

Amanhã o PSG decide
Em Portugal foi 2 a 1 para o Benfica, o que obriga o Paris a buscar a vitória em casa, pelas oitavas de finais da Liga Europa, às 14h45. A Rede TV! transmite ao vivo, com o inigualável Sílvio Luiz, que fará jornada dupla (coitado do decano…).

Abidal opera amanhã
A cirurgia foi antecipada em um dia e o lateral francês, que recebeu apoio dos colegas do Barcelona e dos jogadores de Real e Lyon no Santiago Bernabéu, já passou por procedimentos pré-operatórios. Bonne chance à lui!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011 Franceses no mundo, Torneios europeus | 18:43

Benzema materializa a ironia. Anelka impecável

Compartilhe: Twitter

(Abre parêntese: Jogadores franceses calam os detratores e marcam todos os gols do dia na Champions. Fecha parêntese, obrigado)

Por cinco anos e quase 150 jogos, a torcida do Lyon se acostumou a torcer por Karim Benzema e comemorar seus mais de 60 gols. Hoje, em sua casa, provou do amargo gosto de ver o filho de Gerland balançar as redes do lado rival – no caso, o Real Madrid. Triste, mas poderia ter sido pior, caso fosse o gol da primeira vitória madridista sobre o time francês, na ida das oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. O que não se nega é que foi o quinto do atacante em seis jogos na Champions, nada mal para um reserva…

Outro gaulês a brilhar foi Nicolas Anelka, mais um atacante costumeiramente contestado. O Chelsea foi à Dinamarca e só deu ele no placar. Agora soma sete gols e se iguala a Samuel Eto’o, da Inter de Milão, na artilharia geral do torneio de clubes mais difícil do mundo. Tá bom?

benzema_real_madrid_reuters

Patinou, mas marcou mais um o BenzeBut... (Reuters)

Lyon 1 x 1 Real Madrid
O Lyon começou com Lloris; Réveillère, Lovren, Cris e Cissokho; Toulalan, Kallstrom, Gourcuff, Delgado e Michel Bastos; Gomis. Do lado do Real, Casillas; Sérgio Ramos, Pepe, Ricardo Carvalho e Arbeloa; Xabi Alonso, Khedira, Ozil e Di María; Cristiano Ronaldo e Adebayor, com Kaká, Marcelo e Benzema como opções no banco de reservas. Na tribuna foi visto o francês Zidane ao lado do espanhol Florentino Pérez, presidente do Real e seu chefe.

delgado_ramos_reuters

Sergio Ramos x Cesar Delgado (Reuters)

Os lioneses iniciaram marcando e batendo em Cristiano Ronaldo, mas o primeiro amarelo foi pra Sérgio Ramos, por uma pegada dura em Delgado. Aos poucos, o time da casa se mostrou mais perigoso, atingindo a área merengue bem mais do que o contrário. Michel Bastos foi bastante acionado, Delgado mostrou eficiência e Gomis perdeu ótima chance na conclusão de um contra-ataque, finalizando mal com Casillas já no chão. Mesmo com o Real se soltando mais com o passar do tempo, o primeiro tempo do OL foi melhor.

Situação radicalmente oposta foi vista nos primeiros minutos da segunda etapa. Não houve substituições em ambos os lados, mas Michel Bastos levou o cartão amarelo que o suspende da partida de volta por falta em Di María perto da grande área. Na cobrança, Cristiano botou o veneno que lhe é costumeiro em arremate cruzado, Lloris não achou nada e a bola estourou na trave. Segundos depois, em chuveirinho na área francesa, Sérgio Ramos testou com estilo, Hugo novamente se esticou sem sucesso e ela rebateu no travessão… Sufoco e sorte, amigo!

Cristiano Ronaldo voltava a causar perigo e amarelou Cris. Minutos depois, José Mourinho deu um voto de confiança para Benzema, que veio para o lugar de Adebayor, no campo que conhece tão bem. E não é que em seu primeiro lance com bola, fez um desarme, recebeu dentro da área e balançou as redes, mesmo desequilibrado? Aos 20 minutos, todos vieram abraçá-lo, mas obviamente ele não comemorou contra seu ex-time, que o revelou e vendeu para a Espanha…

Tentando diminuir o prejuízo, Claude Puel colocou Briand e Pied nos lugares de Bastos e Delgado. Sem organização mas com vontade, o Lyon acharia o gol do empate na bola alta. Falta levantada na área, Cris desviou e Gomis, livre e em posição legal, apenas escorou no canto de Casillas aos 38 minutos de jogo. Ainda houve tempo para se tentar um abafa, porém nada de mais gols. A invencibilidade contra o Madrid foi mantida, mas o empate em seus domínios, com gols, deixa o Lyon em desvantagem para a decisão no Bernabéu.

Copenhague 0 x 2 Chelsea

 anelka_chelsea_reuters

Nicolas finaliza no lance que originou o primeiro gol (Reuters)

O primeiro gol na outra partida do dia pela Champions foi francês. No primeiro tempo, Nicolas Anelka aproveitou erro na saída para o jogo do time dinamarquês, conduziu a bola pelo lado direito e chutou cruzado, rasteiro, por baixo do goleiro, que poderia ter pego, na minha avaliação.

O segundo gol… também. Lampard deu linda assistência para o camisa 39, que correu para a bola e bateu forte, cruzado, esse sim com pouca chance de defesa para Wiland. Nada de comemoração efusiva da parte do atacante, bem no estilo “I’m just doing my job”.

Podendo até perder na volta em Londres, o Chelsea já deve estar de olho em possíveis adversários nas quartas de finais…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011 Brasileiros na França, Torneios europeus | 20:20

Lyon x Real Madrid: para manter a tradição?

Compartilhe: Twitter

Quase um ano atrás, o OL impunha ao time espanhol mais uma eliminação em oitavas de finais da Liga dos Campeões da Europa. Entretanto, por mais que o retrospecto seja animador para os franceses, que mantiveram a maior parte do time de então, a parada em 2011 se apresenta diferente. O primeiro pega é nesta terça, em Gerland, às 16h45 de Brasília.

Comandando o Real está agora José Mourinho, atual campeão da Liga e com números excelentes tanto na carreira como hoje em dia, como a invencibilidade em casa pelas equipes que treinou nos últimos 9 anos… E não podemos menosprezar o faro de gol de Cristiano Ronaldo, os dribles de Dí Maria, as assistências de Ozil, as possibilidades de um Kaká e até mesmo o Benzema reserva, que mesmo assim mete seus golzinhos…

Claude Puel declarou estar ciente de que o cenário se mostra mais complicado desta vez. Ainda mais sem poder contar com a experiência do centroavante argentino Lisandro López, fora de combate por lesão. O técnico lionês deve apostar em outro argentino, Cesar Delgado, também longe de ser um novato em Champions. As últimas vitórias na Ligue 1 mostram que o time tem qualidade, mas vai ser preciso sempre um algo a mais e/ou razoável sorte para deixar os merengues novamente pelo caminho…

michel_bastos_reuters

Michel Bastos, Cris e companhia estão diante de um velho novo rival na Champions (Reuters)

Prováveis escalações:

LYON: Lloris; Révéillère, Cris, Lovren e Cissokho; Toulalan, Källstrom, Gourcuff, Delgado e Michel Bastos; Gomis. Técnico: Claude Puel

REAL MADRID: Iker Casillas; Arbeloa, Pepe, Carvalho e Sergio Ramos; Lassana Diarra, Khedira e Xabi Alonso; Cristiano Ronaldo, Özil e Adebayor. Técnico: José Mourinho

Árbitro: Wolfgang Stark (ALE)
Auxiliares: Jan-Hendrik Salver e Mike Pickel (ambos ALE)

E aí, qual seu palpite para este jogo? Acho que dá 0 a 0…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011 Extracampo | 18:22

Resumo do mercado de inverno 1

Compartilhe: Twitter

Desculpe a quem esperava mais frequentes atualizações sobre a boataria do mercado da bola francês, mas não dou conta de sair escrevendo instantaneamente assim que as especulações pipocam aqui e acolá. Se houverem novos acúmulos, coloco aqui o resumão 2, depois o 3 e etecétera até o fechamento da janela europeia de transferências, no dia 31 de janeiro

– É justo que comecemos pelo melhor francês do ano passado. Dizem que Samir Nasri foi sondado pelo Barcelona, talvez disposto a um plano B no Arsenal diante da dificuldade de repatriar Cesc Fabregas. Mas o time inglês parece disposto a prolongar o vínculo do meia, que atualmente vai até 2012, não querendo ver se repetir o que houve com outro francês, Mathieu Flamini. Tempos atrás, o Arsenal deixou Flamini muito tempo pensando no que queria e o meia acabou saindo em 2008, no fim de seu contrato, de graça para o Milan. E outra: os Gunners não devem abrir mão de um dos melhores jogadores europeus da atualidade, certo?

– Mais um selecionável de hoje em dia em pauta. É o zagueiro Adil Rami, que, seduzido pela chance de disputar “o melhor campeonato do mundo”, em suas palavras, deixou o Lille, com quem tinha contrato até 2012, e assinou até 2015 com o Valencia, para “subir um patamar” na carreira. Bonne chance ao beque de 25 anos, formado nas fileiras do LOSC.

– 2015 também é o prazo do contrato firmado entre Hatem Ben Arfa e Newcastle. Emprestado pelo Olympique de Marselha ao time inglês, o meia agora se desvinculou da equipe francesa de vez. Embora eu preferisse o retorno dele à França, a notícia me deixa feliz pela aposta permanente do Newcastle em um atleta que mal começou a jogar (apenas quatro jogos da Premier League) e já foi para o estaleiro em função de uma dupla fratura na perna (tíbia e perônio). Que se recupere bem e rapidamente volte aos gramados – a estimativa de retorno é para fevereiro.

– O Newcastle, aliás, surge como interessado nos préstimos goleadores de Djibril Cissé, artilheiro do Campeonato Grego pelo Panathinaikos já não é de hoje. Experiência e faro de gol não parecem faltar para o temperamental atacante de 29 anos. Dará negócio? O também inglês Aston Villa é outro na parada por Djibra.

Villa que está muito perto de fechar com o camaronês Jean II Makoun. Tudo estaria certo entre o Aston e o Lyon, faltando apenas acertos de termos de contrato entre ingleses e o volante de 27 anos, que está em Gerland desde 2008/2009. O técnico lionês Claude Puel, entretanto, disse que torce para o jogador permanecer e, se o OL continuar nos planos de Makoun, Makoun segue nos planos do OL. 

– O Nice trouxe de volta o atacante David Bellion, por empréstimo, do Bordeaux. O jogador de 28 anos foi campeão francês e da Copa da Liga Francesa pelos Girondinos em 2008/2009. Por sua vez, o Bordeaux fez oferta por Kevin Gameiro para não ficar desfalcado no setor. Parece que o Lorient topou negócio, mas o atacante está balançado por uma oferta anterior do Valencia. Se ele deixar a França, será uma pena.

– Falando em Bordeaux, o capitão da equipe e da seleção, Alou Diarra, estaria na mira silenciosa do Paris Saint-Germain, segundo a France Football. O contrato do volante de 29 anos com os Girondinos vai até 2013, mas é bom ficar de olho.

– Outro selecionável pode trocar de time, mas não de país. Na Itália desde 2004, Philippe Méxès pode mudar de ares e de cidade, de Roma para Milão, indo parar no rossonero Milan ao lado do brasileiro Thiago Silva numa defesa fragilizada e que tende a piorar quando não puder mais contar com Alessandro Nesta, à beira da aposentadoria.

>>> Dá pra acompanhar os negócios concretizados nos 20 times da Ligue 1, a elite francesa, no site do L’Equipe.

Mercado anda fraco, heim? Esqueci alguém importante? Vamos acrescentando novas informações nos comentários deste post até surgir o próximo resumo.

Amanhã, sexta, coloco a programação da primeira rodada do Francesão em 2011, agora no final de semana

Neve na França

Neve perto de Lille. Se depender do LOSC, segue tudo congelado no próximo semestre na França... (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última