Publicidade

Posts com a Tag Brugge

quinta-feira, 20 de setembro de 2012 Torneios europeus | 19:36

Estreias na Liga Europa: Bons resultados pra Lyon, Bordeaux e Marselha

Compartilhe: Twitter

Dia seguinte à Liga dos Campeões tradicionalmente é dia de Liga Europa, e assim foi hoje, com a primeira rodada da fase de grupos. Os placares franceses foram bons, dadas as condições de cada jogo.

*Bordeaux 4 x 0 Club Brugge*
Girondinos se impuseram facilmente e seguem invictos em jogos oficiais na temporada, incluindo Ligue 1. Sané e Gouffran marcaram no primeiro tempo, Engels (não o amigo do Marx…) fez contra logo no início do segundo, e jogada brasileira no último gol, com Mariano assistindo a Jussiê. Marítimo e Newcastle empataram na outra partida, sem gols, o que foi ótimo também.

Jogadores e árbitro se preocupam com situação de Dabo. Problema vem sendo comum com disputas de bola cada vez mais fortes... (Reuters/Espn.com)

*Lyon 2 x 1 Sparta Praga*
Os gols demoraram a sair, o final foi apertado, com a vitória em risco, mas os três pontos vieram. Gomis e Lisandro abriram o marcador de forma seguida, Krejčí diminuiu faltando 15 mas ainda bem que parou por aí. A nota preocupante foi a séria lesão de Dabo, no final da primeira etapa, com o defensor indo parar no hospital com suspeita de traumatismo craniano. O outro jogo da chave teve empate, Athletic Bilbao 1 x 1 Hapoel Shmona, o que é bão tamém!

*Fenerbahce 2 x 2 Olympique*
Que superação do líder do Francês! Saiu perdendo por 2 a 0 na Turquia, gols de Erkin e do meia brasileiro Alex, mas foi buscar a igualdade nos derradeiros minutos, com Valbuena aos 37 e André Ayew aos 49!! Nada de prejuízo, até porque AEL e Borussia Monchengladbach não venceram, com placar zerado no outro jogo.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 Francês da 1ª divisão, Franceses no mundo, Torneios europeus | 23:05

Bordeaux dispara após complemento da rodada

Compartilhe: Twitter
 

 

Os líderes jogando em Montpellier e o Domenech vendo PSG x Lens. Só ele mesmo...

Os líderes jogando em Montpellier e o Domenech vendo PSG x Lens. Só ele mesmo...

 


Nos sete jogos restantes da atrasadíssima 11ª rodada do Campeonato Francês, adivinhe quem cantou de galo no confronto entre os líderes? Os Girondinos, claro. Não importa se o jogo é dentro ou fora; o Bordeaux enche o papo de 1 a 0 em 1 a 0. Agora, com 37 pontos ganhos, abriu seis de vantagem para o vice, que passou a ser o Olympique de Marselha – o OM teve estrela e foi buscar a virada contra o Lorient, fora de casa, já nos acréscimos.

Dos outro cinco times que jogaram em casa, quatro venceram: Lyon (ufa), Monaco (ufa parte 2), Nancy e Le Mans. Só o PSG tropeçou, empatando com o Lens –  mas isso não foi novidade, porque o Parrí não engrena mesmo. Foi assim:

Montpellier 0 x 1 Bordeaux (Jussiê)
Lorient 1 x 2 Olympique de Marseille (Vahirua de pênalti; Ayew e Diawara)
Lyon 2 x 0 Boulogne (Pjanic e Delgado)
Monaco 1 x 0 Rennes (Park)
Nancy 2 x 0 Nice (Féret e Malonga)
Le Mans 1 x 0 Grenoble (Helstad)
Paris Saint-Germain 1 x 1 Lens (Makélélé; Maoulida)


>>TOULOUSE FORA DA LIGA EUROPA

Com -1 grau de temperatura na Bélgica, o Toulouse entrou em campo precisando da vitória contra o Club Brugge para se classificar na Liga Europa. Teve um primeiro tempo bom, chegando bastante ao ataque, mas caiu de produção no segundo, abusou das bolas aéreas sem sucesso e acabou castigado no finzinho, levando o gol dos anfitriões, classificados no grupo J ao lado do outrora garantido Shakhtar Donetsk.

Agora, é torcer para o Lille se juntar ao Olympique de Marselha – que vem como terceiro da sua chave na Liga dos Campeões – como os franceses da fase de mata-matas do torneio. Túlio de Melo e Gervinho, pra cima do Slavia Praga!

O francês de maior destaque dos jogos de hoje da Europa League foi Djibril Cissé: o do cabelo estiloso fez dois dos três do grego Panathinaikos no confronto direto contra o romeno Dínamo Bucareste. Tá vendo, Djibra, é só não aprontar que você acaba se destacando positivamente…

Não, não é um maluco das arquibancadas. É o Djibra! (AFP)

Não, não é um maluco das arquibancadas. É o Djibra! (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009 Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 22:53

PSG goleia; Lille e Toulouse na briga

Compartilhe: Twitter

Chuvarada braba em São Paulo, pés encharcados, mas vamos ao post sobre os quatro franceses da primeira divisão que entraram em campo neste meio de semana. Ontem, houve a disputa de um dos dois jogos adiados da 14ª rodada da Ligue 1: Boulogne-sur-Mer 2 x 5 Paris Saint-Germain. E o Lille foi a campo pela Liga Europa (derrota de 3 a 1 para o Valencia). Hoje, também pelo torneio continental, o Toulouse venceu o Partizan por 1 a 0. Vejamos:

Boulogne x PSG
A segunda vitória seguida do time da capital veio em grande estilo, fora de casa, e comprovou que o clube mais novo na elite francesa deve se preocupar e se esforçar muito desde já para não voltar para a segunda divisão. Os donos da casa abriram o placar na primeira etapa com Ducatel, mas no segundo tempo o ataque parisiense engrenou: Chantôme, Luyindula, Maurice e dois de Erding – Ramaré faria mais um para o Boulogne.

Agora, o PSG subiu para a sétima colocação e manteve o adversário na 19ª e penúltima posição. Para finalizar a 14ª rodada, fica faltando apenas Olympique de Marselha x Sochaux, ainda sem data definida.

Valencia x Lille
Como era esperado, o LOSC não teve vida fácil na Espanha. Pra quem foi dominado no Mestalla, o placar contrário de 3 a 1 não foi exagerado. Logo de cara, com dois minutinhos de jogo, Joaquín pôs os anfitriões na frente, e ele mesmo ampliaria aos 32. Na vinda para o segundo tempo, o brasileiro Emerson, mal na partida, saiu em uma das duas substituições efetuadas por Rudi Garcia. Que, diga-se de passagem, não funcionaram, pois Juan Mata fez 3 a 0 aos 8. Só nos acréscimos viria o golzinho do Lille, por intermédio do zagueiro Chedjou, depois que Landreau evitou o desabrochar da goleada.

No outro jogo do grupo B, Slavia Praga e Genoa ficaram no zero a zero, o que foi bom para o Lille, que se manteve em segundo lugar, empatado com o time italiano em pontos e superior no confronto direto. Porque na última rodada, o LOSC vai depender apenas de si próprio para se classificar jogando em casa, contra o lanterna e desclassificado Slavia, enquanto que o Genoa terá de superar o líder Valencia e ainda torcer contra os franceses. Tá muito “no jeito ” pro Lille seguir vivo no torneio.

Toulouse x Partizan
Diante de sua torcida, o TFC mandou bem na lição de casa. O primeiro tempo foi sem graça, com o time sérvio se defendendo bem e os anfitriões sem inspiração. Felizmente isso mudou na etapa complementar, quando, logo aos 9 minutos, o meia norueguês Daniel Braaten marcou o primeiro e último gol da partida. Luan, ex-São Caetano, foi titular por 72 minutos no lado esquerdo do ataque, o que pode ser visto como positivo.

No outro jogo do grupo J, Shakhtar Donetsk e Brugge ficaram no empate sem gols na Ucrânia, o que não foi ruim para o Toulouse, embora um triunfo dos já garantidos donos da casa fosse mais interessante. Na batalha pela segunda vaga da chave, os belgas estão na frente dos franceses por um ponto, o que obriga o TFC a só se importar com a vitória na decisiva partida que encerrará a fase em Bruges. Difícil, mas não impossível, principalmente se Gignac – hoje no banco – estiver 100%.

Luan tenta se livrar de um sérvio cheio de consoantes (AFP)

Luan tenta se livrar de um sérvio cheio de consoantes (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 22 de outubro de 2009 Torneios europeus | 20:12

Algoz mancha semana

Compartilhe: Twitter

A semana vinha excelente para os times franceses em torneios europeus, com vitórias de Lyon, Bordeaux e Olympique de Marselha na Liga dos Campeões. Aí veio a Liga Europa nesta quinta-feira, com Shakhtar Donetsk x Toulouse e Lille x Genoa. Até aqui os dois estavam invictos após duas rodadas, mas confesso que me deu medo, porque do time da ucraniana Donetsk a lembrança não era nada boa, afinal o Chakhtior, como chamam os franceses, além de ser o atual campeão do torneio, eliminou o Olympique na última Copa da Uefa, justamente no meu primeiro dia de blog! (reveja). Não deu outra: 4 a 0 para o algoz. Pelo menos o Lille salvou o dia!

Naquela partida Shakhtar 2 x 1 Marselha, em pleno Vélodrome no 17 de abril passado, Fernandinho e Luiz Adriano jogaram de branco e marcaram os gols da vitória. Hoje, vestiram listras laranjas e pretas, e seguiram inspirados: o primeiro abriu o placar, de pênalti, e o segundo marcou duas vezes, fazendo o segundo e o quarto dos donos da casa. Hübschman havia feito o terceiro, e a goleada estava posta para o Toulouse como um prato frio num cenário gelado que é a Ucrânia: 4 a 0.

Agora, o TFC caiu da segunda para a terceira colocação no grupo J. Com o Shakhtar disparado na frente (nove pontos), Brugge e Toulouse aparecem atrás com quatro, mas o rival belga possui melhor saldo de gols, após ter batido o Partizan, lanterna da chave com zero, também nesta quinta, por 2 a 0. Ou seja, o adversário direto do clube francês por uma vaga na próxima fase já parece definido.

O travesso Luiz Adriano não perdoou nem Pelé! (France Football)

O travesso Luiz Adriano não perdoou nem Pelé! (France Football)

Já em Villeneuve D’Ascq, a parada foi diferente, felizmente. Segundo li no acompanhamento lance a lance da France Football, o Lille, 15º colocado no Campeonato Francês, foi “disciplinado e convincente” para aplicar uma respeitável vitória por 3 a 0 (goleada?) sobre o Genoa, 6º lugar do Campeonato Italiano. Considerando que a Série A é bem mais badalada que a Ligue 1, que batam palmas aos franceses, s’il vous plaît! Com Emerson na lateral-esquerda, os gols do LOSC foram todos importados, saindo por intermédio do meia polonês Ludovic Obraniak, do atacante eslovaco Robert Vittek e do meia belga Eden Hazard.

Desta feita, o Lille chega aos sete pontos e lidera o grupo B, beneficiado pelo empate em 1 a 1 do Valencia com o Slavia Praga na Espanha, que deixou os espanhóis com cinco. A terceira posição é do Genoa, com três pontos, enquanto o Slavia ficou com apenas um. Chances boas para o ex-time de Michel Bastos!

O Lille de Aubameyang mostrou ao Genoa quem está por cima na chave (Reuters)

O Lille de Aubameyang mostrou ao Genoa quem está por cima na chave (Reuters)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 1 de outubro de 2009 Torneios europeus | 22:27

Aqui ninguém perdeu (até aqui)

Compartilhe: Twitter

Se na Liga dos Campeões da Europa os franceses andam um tanto quanto instáveis – Lyon ótimo, Bordeaux bom e Marselha fraco -, pelo menos na Liga Europa não se conhecem derrotas após as quatro partidas dos dois representantes do pays até aqui.

Frau e Gervinho: a beleza da miscigenação étnica (AP)

Frau e Gervinho: a beleza da miscigenação étnica (AP)

Tanto Lille quanto Toulouse colecionam uma vitória e um empate até aqui, o que coloca o LOSC na ponta do grupo B, ao lado do espanhol Valencia (4 pontos) e à frente do italiano Genoa (3) e do tcheco Slavia Praga (zero); o TFC está na vice-liderança da chave J, também com quatro pontos, dois atrás do ucraniano Shakhtar Donetsk (6), o líder. O belga Club Brugge tem um e o sérvio Partizan Belgrado, nenhum.

Nesta quinta-feira, o Lille aplicou uma bela goleada de virada sobre o Slavia, jogando em Praga. Saiu atrás no comecinho, aos 6 minutos, quando Belaid marcou de pênalti. Porém, Suchy (contra), Pierre-Alain Frau, Gervinho, Arnaud Souquet e novamente o marfinense Gervinho balançaram as redes tchecas e trouxeram três ótimos pontos para a França neste 5 a 1.

Menções a Brice chamaram mais atenção que o jogo (AFP)

Menções a Brice chamaram mais atenção que o jogo (AFP)

Toulouse x Brugge foi marcado não apenas pelo 2 a 2 dentro das quatro linhas, mas principalmente pelas homenagens e lembranças a Brice Taton, torcedor do TFC que acabou morrendo após ser espancado por sérvios no dia da partida anterior do time no torneio, contra o Partizan, em Belgrado. Akpala abriu o placar para os visitantes aos 8 do segundo tempo e o meia Moussa Sissoko empatou dois minutos depois. O matador André-Pierre Gignac deixou o seu aos 39, mas a vitória ficou apenas na vontade quando Perisic voltou a igualar, desta vez definitivamente, o marcador no estádio municipal justamente aos 45 da etapa complementar.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 30 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Franceses no mundo, Torneios europeus | 19:14

Madri, Bordeaux, Munique e Nicósia!

Compartilhe: Twitter
É para o lado do rótulo, Mandanda! (Reuters)

É para o lado do rótulo, Mandanda! (Reuters)

 

Foram quatro os palcos de jogos pela Liga dos Campeões onde os franceses se destacaram (ou não). Vamos a um por um:

Real Madrid x Olympique de Marselha
No primeiro tempo, poucas chances e nada de gols em Madri, o que era ótimo para o OM. Porém, no segundo, aos 12, o Real achou o caminho do gol com Cristiano Ronaldo, concluindo lançamento de Pepe. A parada não estava resolvida, até que Diawara entrou duro em Cristiano quando este invadia a área pela linha de fundo, aos 16. Foi na bola, mas só chegou a ela porque levou a perna do madridista junto! Os marselheses reclamaram com o português, que ficou chorando no chão, mas o fato é que Souleymane recebeu o segundo amarelo, foi expulso e o pênalti marcado. Kaká deslocou Mandanda e ampliou.

Deschamps trocou Fernando Morientes, bastante aplaudido pela torcida merengue (teve duas passagens pelo Real, entre 1997 e 2003 e 2004-2005) e colocou Brandão, “pra-quem-sabe-numa-bola-aérea”. Mas no primeiro ataque espanhol com um a mais, Benzema tabelou com Kaká e tocou com açúcar para Ronaldo só empurrar para as redes vazias: 3 a 0 com 21 minutos.

Aos 24, Cristiano deu lugar a Higuaín, visivelmente sentindo a perna direita, onde levou a pancada. Sentou no banco e já teve uma bolsa de gelo aplicada no local. Oito minutos depois, Kaká foi substituído por Raúl. Sentou do lado do portuga, que lhe contou uma piadinha. O brasileiro riu. O que mais esses caras podem querer na vida, né?

Antes do apito final, Mamadou Niang e Brandão tiveram chances em chutes fortes, mas apenas glorificaram Iker Casillas. Niang sairia aos 41, para a entrada de Hatem Ben Arfa. O meia até levou perigo, numa bola que passou por baixo de Casillas e quase entrou, mas nem o gol de honra veio. Com a surpreendente derrota do Milan para o Zurique, na Itália, o Marselha amarga a lanterna do grupo C.

Bordeaux x Maccabi Haifa
O que era muito fácil quase se complicou de vez, porque os Girondinos só conseguiram o gol e a vitória aos 38 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Michaël Ciani (?!) vazou os israelenses. Com o empate desses dois times aí debaixo, Bayern e Juventus, os Marine et Blanc colaram nos germânicos na ponta do grupo A, ambos com quatro pontos.

Bayern x Juventus
Em Munique, David Trezeguet jogou 73 minutos como titular do ataque da Juventus, mas não repetiu os gols das últimas duas partidas e deu lugar a Amauri. Franck Ribéry jogou os 90 minutos, mas o time alemão também não mexeu no placar.

APOEL Nicósia x Chelsea
No persistente Chipre (é a segunda vez que o país está representado na Champions, sem repetir o clube!), o time inglês não teve Didier Drogba, mas o faro de gol de Nicolas Anelka deu conta do recado. Após bela jogada de Juliano Belletti (!) na linha de fundo, aos 18 da primeira etapa, o francês concluiu de primeira, num lindo chute, o único que morreu no fundo das redes nos 90 minutos. Florent Malouda também participou do jogo.

>> Liga Europa, 2ª rodada
Como sempre imendando na Liga dos Campeões, a Liga Europa faz mais uma journée amanhã. Pelo grupo B, o Lille vai a Praga encarar o Slavia. Já o Toulouse recebe o belga Brugge em casa, pela chave J.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 17 de setembro de 2009 Brasileiros na França, Torneios europeus | 19:19

Toulouse ótimo, Lille bom

Compartilhe: Twitter
Os cinco juízes para Partizan x Toulouse (AFP)

Os cinco juízes para Partizan x Toulouse (AFP)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Começou hoje a Liga Europa, com 24 jogos. Os 48 clubes de segundo escalão do continente – porque, em tese, a nata está na Liga dos Campeões, tirando húngaros, romenos, suíços e cipriotas – estão divididos em 12 grupos. Se você nunca ouviu falar nesse nome, não estranhe; até a última edição, o torneio se chamava Copa da Uefa. Um atrativo curioso marcou as partidas desta quinta: cinco árbitros em cada jogo, um teste da Fifa para ver se a arbitragem melhora (no Brasil, está péssima!). Será que adianta algo?

Pelo grupo B, o Lille estreou recebendo o Valencia no Lille-Métropole. O time espanhol veio com o sérvio Zigic no ataque, o mesmo que marcou pela seleção contra a França na semana passada, deixando David Villa e Juan Mata no banco. Sem Túlio de Melo no ataque, lesionado, o LOSC tinha Emerson como brasileiro em campo, na lateral-esquerda.

Curiosamente, os dois gols da partida vieram de jogadores que começaram como reservas. Até houve gol no 1º tempo, do Lille, após confusão na área espanhola, mas acabou anulado por uma falta no goleiro que não me convenceu muito. Depois de 78 minutos, justamente Juan Mata, que veio para o lugar de Jordi Alba um minuto antes (!), abriu o placar, após bela jogada de Joaquin. Mas os donos da casa conseguiriam empatar aos 86 (41 do 2º tempo!), graças ao zagueiro Saltor, que entregou o ouro, e ao marfinense Gervinho, que teve tranquilidade para colocar debaixo das pernas de Cesar. Diante das circunstâncias, e como se trata de um rival de respeito, não foi um resultado ruim para o Lille. Como o Genoa venceu o Slavia Praga por 2 a 0, lidera a chave.

Melhor ainda faria o Toulouse, mesmo atuando na Sérvia (que atualmente nada de amistoso significa para os franceses): vitória sobre o Partizan, pelo grupo J. O TFC manteve o artilheiro Gignac no banco, ainda sem suas melhores condições físicas. O time de Belgrado tinha uma outra variação de Diarra no ataque (eita nome comum na Europa!), um tal de Lamina Diarra, senegalês. Mas quem abriria o placar para os donos da casa seria Krstajic (pronuncie este nome!), aos 23 minutos, vencendo o goleirão Pelé de cabeça.

Entretanto, os franceses virariam ainda na primeira etapa, com dois gols do meia François Sirieix, aos 29 e 38 minutos. Em dia inspirado, o jogador daria assistência para outro meia, Antoine Devaux, ampliar aos 5 do 2º tempo. Os donos da casa ainda diminuiriam com o brasileiro Cléo, que saiu da reserva aos 18 e marcou aos 22, após passe de Diarra. Mas a vitória em “solo inimigo” estava garantida. Tudo bem que o Partizan teve a façanha de perder a vaga nos grupos da Liga dos Campeões para o obscuro Apoel Nicosia, do Chipre. Mas começar vencendo fora é sempre motivador, e o TFC divide a liderança da chave com o Shakthar Donetsk, que enfiou 4 a 1 no Club Brugge lá na Bélgica.

Juiz na linha de fundo para Lille x Valencia (AP)

Juiz na linha de fundo para Lille x Valencia (AP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,