Publicidade

Posts com a Tag Brandão

quinta-feira, 6 de maio de 2010 Extracampo, Francês da 1ª divisão | 19:04

A festa da cueca

Compartilhe: Twitter

Hoje recebi um e-mail de um leitor que me pediu para publicar aqui uma foto posada do Olympique de Marselha, sagrado campeão francês ontem. Entrei no site oficial do clube, de olho no pedido do amigo Gilvannewton, e eis que vejo imagens da comemoração do elenco, logo depois da vitória sobre o Rennes, em casa. Eles não se importaram com as câmeras presentes no vestiário e mandaram ver na festa, que teve bebida, dança, discurso na mesa e, da parte de alguns exibidinhos, pouca vergonha (uh-la-lá!).

Clique nas fotinhas abaixo, todas elas retiradas do OM.net (onde você encontra bem mais) para ampliá-las – não se assuste porque eu não sou de colocar baixaria aqui!

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 5 de maio de 2010 Francês da 1ª divisão | 17:52

OLYMPIQUE DE MARSELHA, CAMPEÃO FRANCÊS!

Compartilhe: Twitter

Os fanáticos estão em festa: é o segundo título marselhês na temporada! (AFP)

Porque nesta quarta-feira, na antepenúltima rodada da Ligue 1, aconteceu o cenário esperado para a definição do título nacional: o Auxerre perdeu para o Lyon por 2 a 1 e o Marseille venceu o Rennes por 3 a 1 – gols dos argentinos Gabriel Heinze e Lucho González, e do artilheiro senegalês Mamadou Niang. Campeão definido: parabéns ao OM!! Agora são nove troféus para o clube, que só perde para o Saint-Etienne no ranking de maiores vencedores do Campeonato Francês – o ASSE tem dez.

É o segundo título em cinco campeonatos disputados pelo Olympique na temporada: havia vencido também a Copa da Liga Francesa e não teve sucesso na Copa da França, Liga dos Campeões da Europa e Liga Europa. A última conquista marselhesa na Ligue 1 foi em 1992/1993, mas o título acabou cassado pelo caso de suborno de jogadores rivais envolvendo seu presidente na época – nesta temporada, o time manteve a conquista da Liga dos Campeões. Portanto, oficialmente o jejum do OM no Francês era de 18 anos, já que o último título válido remonta a 1991/1992.

Os resultados da 36ª rodada do Campeonato Francês foram:

Olympique 3 x 1 Rennes (Heinze, Niang e Lucho; Briand) – mais de 52 mil pessoas no Velodrome
Lyon 2 x 1 Auxerre (Lisandro López e Pjanic; Jelen)
Toulouse 0 x 2 Lille (Cabaye e Obraniak)
Sochaux 0 x 1 Montpellier (Costa)
Nice 1 x 1 Bordeaux (Faé; Wendell)
Lorient 2 x 2 Monaco (Amalfitano e Gameiro; Haruna e Maazou)
Paris Saint Germain 2 x 2 Valenciennes (Erding e Kezman; Bong e Ben Khalfallah)
Nancy 3 x 2 Le Mans (Féret 2 e Malonga; Maïga e Dossevi)
Lens 1 x 1 Grenoble (Maoulida; Courtois) – mais de 32 mil pessoas no Fellix-Bollaert
Boulogne 0 x 1 Saint-Etienne (Rivière)

Fim de jogo: de agasalho, Niang recebe abraço de Valbuena, enquanto Brandão corre à direita (AFP)

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (75 pontos em 36 jogos), seguido por Lille (67 pontos em 36 jogos) e Auxerre (67 pontos em 36 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) e Gameiro (Lorient) têm 16 gols; Jelen (Auxerre), Erding (PSG), Lisandro (Lyon) e Nenê (Monaco) somam 14; Gyan (Rennes), Rémy (Nice), Gervinho (Lille) e Frau (Lille), 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 30 de abril de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 21:02

Tudo igual é melhor pro Olympique

Compartilhe: Twitter

Esta torcida está muito perto de voltar a gritar "é campeão!" (AFP)

O Auxerre tinha uma chance crucial de diminuir de cinco para dois pontos a diferença para o Olympique de Marselha na tabela do Campeonato Francês, a três rodadas do final. O OM, por sua vez, poderia colocar a mão na taça se vencesse. Mas ninguém foi capaz de balançar as redes no Stade L’Abbé-Deschamps nesta sexta-feira, na abertura da 35ª journée. Os visitantes tiveram boas oportunidades de gol, sobretudo com o brasileiro Brandão, mas as defesas prevaleceram.

Com a mesma margem de pontos separando os ponteiros, a vantagem maior é do Marselha, pois resta, agora, uma rodada a menos para o Auxerre lhe alcançar. Inclusive, o Olympique poderá se sagrar campeão já na próxima rodada, a antepenúltima do campeonato, se vencer o Rennes na quarta-feira e o Auxerre perder ou empatar com o Lyon, no mesmo dia.

O consolo que cabe ao AJA, com o troféu parecendo distante, é ter somado pontos diante de um rival de muita força, pois, se garantir o segundo lugar, ficará com uma vaga direta na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões da Europa. O que, convenhamos, é excelente para os prognósticos que se faziam do time da juventude auxerresa no início da temporada.

Primeiro duelo do dia: Coulibaly, do Auxerre, contra o marselhense Brandão (AFP)

Segundo duelo do dia: Diawara x Jelen. Mais um zagueiro que levou a melhor (AFP)

Fim de semana
Relembrando: amanhã, sábado, o futebol francês volta todas as suas atenções para a final da Copa da França, entre Paris Saint-Germain e Monaco (leia mais a respeito CLICANDO AQUI), a partir das 15h45 (de Brasília). Quem salvará a temporada com mais um caneco para a sala de troféus?

No domingo, teremos sete jogos pela Ligue 1, que são, no horário brasiliano:

12h – Bordeaux (5º) x Toulouse (13º)
           Lille (6º) x Nancy (11º)
           Rennes (7º) x Sochaux (14º)
           Valenciennes (10º) x Lorient (8º)
           Boulogne-sur-Mer (18º) x Nice (15º)
           Saint-Etienne (17º) x Lens (16º)
16h – Montpellier (3º) x Lyon (4º)

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (72 pontos em 35 jogos), seguido pelo Auxerre (67 pontos em 35 jogos), à frente do Lille (61 pontos em 34 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) e Gameiro (Lorient) têm 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Jelen (Auxerre), Erding (PSG) e Lisandro (Lyon), 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

segunda-feira, 26 de abril de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 17:28

Marselha ou Auxerre

Compartilhe: Twitter

Olympique de Marselha (71 pontos ganhos em 34 jogos) e Auxerre (66 p e 34 j) não decepcionaram em mais uma rodada da reta final e, a quatro do fim do Campeonato Francês, polarizaram de vez a disputa pelo título. Restando 12 pontos a disputar, Lille (61 p e 34 j), Montpellier (60 p e 34 j), Lyon (59 p e 33j) e Bordeaux (57 p e 33 j) ainda estão vivos matematicamente, mas é pouquíssimo provável que qualquer um desses clubes ganhe todas as partidas que restam e também conte com fracasso quase total de OM e AJA. 

O mais empolgante é que, na próxima rodada, justamente Marselha e Auxerre se encontrarão!  O duelo acontece na casa do vice-líder e é crucial para sua pretensão de buscar a taça, pois uma vitória faria a diferença cair para dois pontos, com ainda três rodadas pela frente. Já em caso de triunfo do Olympique, a margem entre os líderes subiria para cinco pontos, com nove por disputar até o fim do torneio, ou seja, cenário encaminhado para a festa marselhesa.

Lembrando que Auxerre x Marselha acontecerá nesta próxima sexta-feira, às 16h de Brasília. Será a única partida do dia, com mais sete no domingo e duas já nesta terça-feira, popularmente conhecida como amanhã: Monaco x Le Mans e Grenoble x Paris Saint-Germain (14h de Brasília, ambos). Tudo isso porque o sábado será exclusivo da decisão da Copa da França, entre Monaco e Paris Saint-Germain, a partir das 15h45 no horário brasileiro. O fim de semana promete grandes emoções!

Jelen aplaude a juventude auxerrense, esperançosa ainda de ser campeã (AFP)

A 34ª journée:

Olympique de Marselha 1 x 0 Saint-Etienne (Valbuena) – mais de 55 mil pessoas no Vélodrome
O meia Mathieu Valbuena vem se mostrando o talismã do time de Didier Deschamps – balançou as redes nas últimas três rodadas. Além dele, o goleiro Mandanda, o zagueiro-volante camaronês Mbia e o atacante brasileiro Brandão foram muito bem contra o ASSE, primeiro fora da zona do rebaixamento na tabela.

Toulouse 0 x 3 Auxerre (Pedretti e Jelen 2
Goleador da rodada, o polonês Ireneusz Jelen galgou posições na briga pela artilharia e já aparece entre os cinco primeiros. Destaques também para o goleiro Sorin, o zagueiro malinense Coulibaly e o meia Pedretti contra o TFC, total decepção.

Nancy 0 x 0 Montpellier 
Bobeada que custou caro ao fôlego do MHSC de ameaçar Auxerre e Olympique.

Le Mans 1 x 2 Lille (Maïga; Túlio de Melo e Cabaye) 
Mais um gol na conta do brasileiro Túlio. O Lille tem elenco e futebol para estar, pelo menos, aonde hoje se encontra o Auxerre na pontuação, mas sofreu com desfalques e perdeu pontos importantes no decorrer deste segundo turno. O arqueiro Landreau, o polonês Obraniak e o marfinense Gervinho (olha ele aí!) tiveram bons desempenhos nesta vitória fora de casa. Já o Le Mans deve cair oficialmente para a segunda divisão em uma ou duas rodadas.

Lorient 1 x 0 Bordeaux (Gameiro)
Tudo bem que o goleiro Cappone foi parte importante na vitória dos anfitriões. Mas a “proeza” é toda dos girondinos: quatro derrotas e um empate nas últimas cinco rodadas da Ligue 1! Um ponto conquistado de 15 possíveis!! O atual campeão nacional vai ter que suar para voltar à Liga dos Campeões da Europa no semestre que vem…

Paris Saint-Germain 1 x 1 Rennes (Hoarau; Leroy) – mais de 32 mil pessoas no Parc des Princes
Equilíbrio esperado, pelas posições de ambos na tabela.

Lens 1 x 1 Valenciennes (Roudet; Pujol) – mais de 34 mil pessoas no Fellix-Bolaert
O mesmo do jogo anterior – mais uma torcida fanática que não merece o time que tem…

Sochaux 0 x 3 Boulogne-sur-Mer (Thil, Yatabaré e Blayac) – Faty-SOC foi expulso
Fraquinho demais esse Sochaux. Por pouco, deve se sustentar na primeira divisão na próxima temporada. O que parece quase impossível ao Boulogne, que precisa de mais uns quatro resultados desses, além de tropeços sucessivos de Sochaux ou Saint-Etienne, para não ser degolado.

Nice 2 x 1 Grenoble (Mouloungui e Faé; Akrour) 
E a tia Nice, pelo menos, manterá seus sobrinhos na elite francesa no próximo campeonato.

*Quarta, 12/05
14h – Lyon (3º) x Monaco (9º) – jogo postergado em função do compromisso da próxima terça do Lyon na Liga dos Campeões da Europa

Valbuena foi rápido (para os sagazes) na comemoração, diante da vibração da torcida (AFP)

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (71 pontos em 34 jogos), seguido pelo Auxerre (66 pontos em 34 jogos), à frente do Lille (61 pontos em 34 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) e Gameiro (Lorient) têm 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Jelen (Auxerre), Erding (PSG) e Lisandro (Lyon), 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 12 de abril de 2010 Francês da 1ª divisão | 21:24

Lição de casa marselhesa

Compartilhe: Twitter

Estaria o título do Campeonato Francês novamente sorrindo para o Olympique de Marselha depois de 18 anos? Recentemente campeão da Copa da Liga Francesa, o OM foi o único dos ponteiros da tabela da Ligue 1 a fazer corretamente a lição de casa na 32ª rodada e se manteve isolado na dianteira, dois pontos à frente do Auxerre, agora o único vice. E lembremos que para Auxerre, Lyon, Montpellier e Lille restam seis rodadas a disputar, enquanto que para o Olympique são sete e, para o Bordeaux, oito – mas este tropeçou de novo e vê o bicampeonato cada vez mais distante.

Mangani abraça Nenê, que tirou um peso das costas, pois não marcava há dez rodadas (AFP)

La journée:

Olympique de Marselha 4 x 1 Nice (Koné, Mbia, Valbuena e Diawara; Faé)
Com o “maestro” Lucho González em forma, os donos da casa seguem implacáveis diante de seus torcedores. Como não dependem do artilheiro-geral Niang e do centroavante brasileiro Brandão para balançar as redes, os bons resultados acabam vindo de qualquer jeito. Consequentemente, o Marselha tomou o posto do Lille de melhor ataque do campeonato (58 gols a 57).

Nancy 0 x 1 Auxerre (Niculae)
Os anfitriões vinham de duas vitórias seguidas, mas não resistiram à “eficiência econômica” do AJA, ainda de olho na taça. Destaque para o goleirão Sorin, que segurou o resultado lá atrás, e o romeno Niculae, que voltou a marcar e garantiu o placar favorável ao “Juventude francês”. 

Lyon 1 x 1 Lille (Cris; Frau) – Gonalons-LYO e Costa-LIL foram expulsos; 37 mil pessoas no Gerland
Duelo agitado na casa do semifinalista francês na Liga dos Campeões da Europa. Mas o empate afasta ambos da luta pelo título, sobretudo os visitantes. O OL deu azar no gol do LOSC, pois o chute de Frau desviou na zaga e tirou a ação de Lloris. Mas contou com o cabeceio eficiente do capitão Cris para não sair com a derrota.

Le Mans 2 x 2 Montpellier (Lamah 2; Aït-Fana e Camara de pênalti) –  Jeunechamp-MON foi expulso
Como o MHSC briga pelo troféu, qualquer coisa que não fosse a vitória contra o vice-lanterna seria um mau resultado, como de fato foi. O atacante belga Roland Lamah dobrou seu número de gols na Ligue 1.

Paris Saint-Germain 3 x 1 Bordeaux (Armand, Erding e Hoarau; Sané) – Ramé-BOR foi expulso; mais de 42 mil pessoas no Parc des Princes
Tudo que o PSG precisava encontrar pela frente era um combalido FCGB, que corre o risco de acabar um ano destinado às glórias sem qualquer troféu se continuar nessa toada negativa. A expulsão do goleiro Ramé, ainda com 31 minutos do primeiro tempo, foi determinante para a derrocada girondina, que poderia ter sido maior. Alçado para a décima colocação, o “Parri” vai ter que se contentar com a primeira metade da tabela como um bom resultado final possível mesmo.

Lorient 1 x 1 Rennes (Sigamary Diarra; Danzé)
Equilíbrio natural para as posições dos times na classificação: Rennes sétimo e Lorient oitavo.
 
Monaco 2 x 1 Valenciennes (Nenê e Maazou; Bisevac) 
Melhor que vencer, para o ASM, foi ver o fim da uruca do seu atacante brasileiro, ofuscado pelo nigerense Maazou nesta segunda metade da temporada; Nenê está agora a um gol do posto de maior artilheiro da competição. Vai, Nenê!

Toulouse 4 x 0 Grenoble (Machado, Tabanou 2 e Gignac)
TFC que me perdoe, mas golear em casa o lanterna declarado é meio que obrigação. Com 21 anos, o meia Franck Tabanou viveu seu melhor dia na elite francesa.
 
Sochaux 0 x 2 Saint-Etienne (Perrin e Bergessio) 
O jogo valia muito mais para o ASSE, preocupado em reduzir as chances de rebaixamento. E conseguiu, abrindo 11 pontos para o Boulogne, derrotado na rodada.

Lens 3 x 0 Boulogne (Maoulida 3) – mais de 34 mil pessoas no Félix-Bollaert
Clássico do norte francês gerou ótimo público, apesar do nível e da colocação das duas equipes. E a festa foi praticamente inteirinha do atacante trintão Toifilou Maoulida (sim, TOIFILOU!), por fazer mais gols do que fizera nas outras 17 partidas que disputou nesta Ligue 1 – vide fotos abaixo.

Faltam somente 6 rodadas para o final do Campeonato Francês 2009/2010!

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha lidera (62 pontos em 31 jogos), seguido pelo Auxerre (60 pontos em 32 jogos), à frente de Lyon (58 pontos em 32 jogos) e Montpellier (58 pontos em 32 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols; Nenê (Monaco) soma 14; Gyan (Rennes), Erding (PSG), Lisandro (Lyon) e Gameiro (Lorient), 13. Clique AQUI

Toifilou Maoulida, artilheiro da rodada, correu para os braços da torcida do Lens...

... e depois procurou as câmeras para deixar o seu recado: "estou de volta" (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 5 de abril de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 21:23

Aceso o alerta bordô

Compartilhe: Twitter

Três derrotas seguidas no começo da temporada podem significar apenas uma fase passageira, pois há basante tempo para o time em questão se recuperar. Mas três derrotas na transição de março para abril, levando-se em conta que a temporada acaba em maio, é para deixar qualquer equipe preocupada. Esta é a situação atual do Bordeaux, cujos derradeiros revezes não foram nem um pouco desprezíveis: 3 a 1 para o Olympique de Marselha na final da Copa da Liga Francesa, 3 a 1 para o Lyon na ida das quartas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa e 2 a 1, em casa, para o Nancy pelo Campeonato Francês.

A conclusão é que um título já se foi, a permanência na Champions está em perigo e o bicampeonato francês vai requerer uma eficiência maior. Após a 31ª journée da Ligue 1, neste fim de semana, os girondinos caíram para a quarta posição na tabela, situação jamais enfrentada pela equipe em todo o campeonato – o pior que ela enfrentou foi uma terceira colocação após a nona rodada. O problema é que restam poucas rodadas para o fim da competição, com cinco concorrentes lutando pelo troféu. Porém, o consolo, que não pode ser desprezado, é que o Bordeaux é um dos dois times do top six com duas partidas a menos, ainda por disputar, além do Olympique, parelho hoje em número de pontos. De qualquer forma, o alerta bordô se faz necessário.

Voando ultimamente, Michel salta sobre Douchez, do Stade Rennais (AFP)

A última rodada registrou:

Bordeaux 1 x 2 Nancy (Cavenaghi; Hadji e Dia)  – quase 30 mil pessoas no Chaban-Delmas
Para azar do bom público presente na casa girondina, o adversário do sábado foi um Nancy que aos poucos vem afastando qualquer possibilidade de rebaixamento. Mas foi decepcionante, claro, sobretudo para o zagueiro brasileiro Henrique, eleito o pior do jogo pela France Football. Por outro lado, Issiar Dia voltou a marcar e a roubar a cena pela segunda rodada consecutiva.

Montpellier 0 x 0 Monaco
Nada de gols e três amarelos para cada lado no “clássico Mon-Mon”. Bobeada enorme dos donos da casa, que se vencessem estariam atualmente na liderança isolada. Do Monaco já não espero muita coisa, então normal a falta de gols e o fato do goleiro Ruffier ter sido um dos maiores destaques do duelo.

Rennes 1 x 2 Lyon (Gyan; Michel Bastos e Lisandro López)
Lioneses crescendo no momento certo, decisivo. Depois da bela vantagem na Liga dos Campeões, vitória fora de casa para se juntar aos ponteiros da Ligue 1. Bastos e López vivem belas fases, com gols importantíssimos nos últimos jogos. Lisandro e o rival Gyan se aproximaram ainda mais do líder Niang na tábua de artilheiros, que também promete emoções nessa reta final. 

Auxerre 1 x 1 Paris Saint-Germain (Niculae; Sankharé)
Vingar-se da eliminação na semifinal da Copa da França era uma baita motivação para o AJA vencer e virar líder isolado. Mas o PSG vai dando provas de que voltou a jogar à altura do elenco e da tradição que tem.

Olympique de Marselha 1 x 0 Lens (Brandão) – Mbia-OLY foi expulso; quase 55 mil pessoas no Vélodrome
Cabeceio eficiente do atacante brasileiro, droit au but*, definiu a parada no estádio lotado em Marselha. Ben Arfa não foi bem, mas no geral o Olympique mereceu a vitória. E o OM, com um ponto e duas partidas a menos que os três co-líderes, é mais um a poder sonhar com a taça.

Valenciennes 1 x 0 Lille (Samassa) 
Placar péssimo para as pretensões lilleanas de conquista, pois deixa o time como último do top six que comanda a tabela, a três pontos do triunvirato líder. Gervinho decepcionou e já não é o atacante decisivo que foi em 2009. Destaque, no VAFC, para o atacante francês naturalizado malinês Mamadou Samassa, agora com sete gols na Ligue.

Grenoble 1 x 2 Lorient (Akrour; Gameiro e Fanchone) 
Se Fabien Audard, goleiro do Lorient, foi eleito o melhor do confronto, imagina-se a dificuldade dos visitantes, em oitavo na classificação, para bater os donos da casa, lanternas desde a quarta rodada. Kevin Gameiro é candidato forte à artilharia-geral, heim!

Nice 0 x 0 Sochaux 
Xoxo o encontro entre décimo quarto e décimo quinto (são vinte times ao todo). Tia Nice que me perdoe, mas passo… 

Saint-Etienne 2 x 0 Le Mans (Varrault e Benalouane) – Mirallas-SAI foi expulso
Apesar da vitória, os Verdes tiveram como desfalque negativo o atacante belga Kevin Mirallas, que entrou do banco de reservas e foi expulso depois de 23 minutos em campo. Mas houve bom público no Geoffroy-Guichard e a vitória mantém o ASSE a seguros oito pontos do Boulogne, primeiro a cair para a segunda divisão se tudo acabasse hoje. Já o Le Mans continua muito perto da próxima Ligue 2.

Boulogne-sur-Mer 1 x 1 Toulouse (Kapo; Braaten)
Péssimo para a pretensão dos anfitriões em permanecer na elite francesa no segundo semestre. O TFC, infelizmente, é outro que parece destinado a cumprir tabela nesses jogos que restam até maio. 

Brandão agradece a corrente marselhesa que ajuda o time a se manter no alto (AFP)

Lembrando: faltam somente 7 rodadas para o final do Campeonato Francês 2009/2010!

>> Tabela de classificação: Lyon (57 pontos em 31 jogos), Montpellier (57 pontos em 31 jogos) e Auxerre (57 pontos em 31 jogos) lideram. Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols; Gyan (Rennes), Lisandro (Lyon), Nenê (Monaco) e Gameiro (Lorient) somam 13. Clique AQUI

*”Droit au but” significa direto para o gol e é a expressão que faz parte do escudo do Olympique de Marselha

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 4 de abril de 2010 Francês da 1ª divisão | 19:25

Resultados da 31ª rodada

Compartilhe: Twitter

Agora, faltam somente 7 rodadas para o final do Campeonato Francês 2009/2010

Bordeaux 1 x 2 Nancy (Cavenaghi; Hadji e Dia)  – quase 30 mil pessoas no Chaban-Delmas
Valenciennes 1 x 0 Lille (Samassa) 
Rennes 1 x 2 Lyon (Gyan; Michel Bastos e Lisandro López) 
Grenoble 1 x 2 Lorient (Akrour; Gameiro e Fanchone) 
Nice 0 x 0 Sochaux  
Saint-Etienne 2 x 0 Le Mans (Varrault e Benalouane) – Mirallas-SAI foi expulso
Montpellier 0 x 0 Monaco
Olympique de Marselha 1 x 0 Lens (Brandão) – Mbia-OLY foi expulso; quase 55 mil pessoas no Vélodrome
Boulogne-sur-Mer 1 x 1 Toulouse (Kapo; Braaten) 
Auxerre 1 x 1 Paris Saint-Germain (Niculae; Sankharé)

>> Tabela de classificação: Lyon (57 pontos em 31 jogos), Montpellier (57 pontos em 31 jogos) e Auxerre (57 pontos em 31 jogos) lideram. Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) tem 15 gols; Gyan (Rennes), Lisandro (Lyon), Nenê (Monaco) e Gameiro (Lorient) somam 13. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

domingo, 28 de março de 2010 Copas francesas | 01:40

Olympique de Marselha, enfim, campeão!

Compartilhe: Twitter

Depois de um primeiro tempo equilibrado, Diawara, ex-Bordeaux, cabeceou de forma certeira e fez 1 a 0 aos 16 minutos do segundo. Pouco tempo depois, Valbuena – que havia entrado no lugar de Niang, machucado – recebeu de Ben Arfa com espaço na area, chutou e ampliou.

Mais alguns minutos e Valbuena bateu falta, ela desviou em Chalmé e venceu Ramé: 3 a 0. Sané ainda descontaria de cabeca, mas o Bordeaux teve mesmo de se contentar com o vice-campeonato da Copa da Liga Francesa em vez do tetra e bi consecutivo.

Olympique de Marselha, campeão depois de 17 anos! (desde a Liga dos Campeões da Europa de 1993). A maior torcida da França esta em festa – curiosamente, a maior torcida brasileira tambem comemorou um titulo nacional no ano passado depois de.. 17 anos!

Stade de France, palco da gloria de Brandao, Elinton e companhia marselhesa (Reuters)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 18 de março de 2010 Torneios europeus | 20:05

Liga Europa, non plus

Compartilhe: Twitter

Não há mais Liga Europa 2009/2010 para os times franceses. Nesta quinta-feira, Olympique de Marselha e Lille perderam e foram eliminados, respectivamente, por Benfica e Liverpool. No caso do LOSC, acho que foi até onde dava, pois se defrontou com um revigorado time inglês, nitidamente mais forte e tradicional, sem destaques ofensivos como Gervinho e Túlio de Melo tanto na ida como na volta. Já o OM travou um duelo mais equilibrado com a equipa portuguesa, e caiu nos detalhes (ou seria azar?) de um gol achado no finalzinho. Ficou triste tendo se despedido em casa, mas saiu do torneio de “cabeça em pé”, se é que isso serve para alguma coisa…

         Olympique de Marselha 1 x 2 Benfica

O êxtase de Kardec (AFP)

Duro castigo no finalzinho do jogo no Vélodrome. No primeiro tempo, pressão dos visitantes mas nada de gols, o que bastava para o time francês. No segundo, um cruzamento de Cheyrou aos 25 minutos abriria sorrisos no OM, depois que Brandão e Niang trocaram passes na área e o senegalês estufou as redes.

Mas o Benfica não se abalaria por muito tempo, pois quatro minutos depois empataria, com um chute de longe do uruguaio Maxi Pereira no qual, ao meu entender, Mandanda hesitou e demorou para pular na bola. A igualdade por um gol levaria a decisão para a prorrogação. Porém, chuveirinho no sufoco às vezes dá um bom banho (nossa, inventei essa agora!), e aos 44 minutos, o atacante brasileiro Allan Kardec aproveitou com excelência uma bola à sua frente dentro da área e fuzilou para o gol, saindo para comemorar com lágrimas e extravasamento total (essa é para sagazes: será que baixou nele um espírito?). Antes do apito final, Ben Arfa protanizou um papelão, ao entrar em campo e, segundos depois, atingir Kardec e ser expulso…  (acabou a boa fase?). Festa lusitana no litoral sul francês, paciência.  


Liverpool 3 x 0 Lille

Torres chama Mavuba pra dançar (AFP)

Era uma questão de tempo saber quanto tempo o time francês iria resistir, num Anfield Road com a presença de Diego Maradona, provavelmente motivado para ver os compatriotas Mascherano e Insúa nos Reds. E acabou sendo bem pouco tempo. Antes mesmo dos 10 minutos da primeira etapa, o volante brasileiro Lucas se chocou com Rami e o árbitro marcou pênalti, que Gerrard cobrou com categoria, deslocando Landreau. Naquele momento, a parada seguia para o tempo extra, e assim se seguiu até o intervalo.

Logo aos 4 minutos do segundo tempo, entretanto, Fernando Torres mostrou quem tinha mais capacidade de ser decisivo. Primeiro, ampliou o marcador para os Reds após passar por Rami e Chedjou. E antes do fim, enterrou de vez qualquer chance do LOSC ao aproveitar rebote de Landreau, em chute de Gerrard, e achar um espaço para fazer o terceiro e último dos donos da casa. Agora, os lilleanos tentam repetir o feito de chegar a uma competição continental na próxima temporada, via Campeonato Francês, o que é bastante razoável para as condições do clube. 

Aliás, o reserva do espanhol artilheiro do Liverpool, David N’Gog, é um dos poucos franceses que seguem vivos na Liga Europa. Também nesta quinta, a Juventus de Trézeguet e Zebina foi eliminada pelo inglês Fulham, e o Panathinaikos de Djibril Cissé caiu diante do belga Standard de Liège.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 11 de março de 2010 Torneios europeus | 19:42

Pra jogo de ida, tá ótimo

Compartilhe: Twitter

A Liga Europa viveu nesta quinta as partidas de ida pelas oitavas-de-finais, e os franceses conquistaram ótimos resultados contra adversários de respeito: Lille venceu em casa, Olympique de Marselha empatou fora. Estão em boa situação para os jogos de volta na quinta que vem, dia 18. O primeiro se classifica com empate, ou derrota por um gol de diferença caso marque pelo menos uma vez. E o segundo, avança com qualquer vitória ou empate por 0 a 0. Torceremos!

Lille 1 x 0 Liverpool
O primeiro tempo no Lille-Métropole foi equilibrado em termos de posse de bola, mas o time inglês foi mais perigoso, dando muito trabalho para o goleiro Landreau, que fez importantes defesas. Sem os machucados Gervinho e Túlio de Melo, o LOSC carecia de força ofensiva. Mesmo assim, voltou melhor para o segundo tempo, criou algumas boas chances com Frau e Cabaye, até conseguir um placar favorável aos 39 minutos, quando Hazard bateu falta que passou pela área e Reina deixou passar. Seria muito melhor se Aubameyang ampliasse o marcador em seguida, em vez de chutar na trave, mas tudo bem, a pressão, que já era maior para o favorito Liverpool, agora está totalmente do lado britânico para a partida de volta.

O belga Hazard foi muito festejado, afinal não é todo dia que se ganha de um Liverpool (AFP)


Benfica 1 x 1 Olympique
Quando se joga fora de casa na ida, empatar com gols é bem melhor do que empatar sem gols. E foi isso que o Olympique de Marselha conseguiu, em Lisboa, contra um rival de peso como o Benfica, que atuou com os selecionáveis brasileiros Luisão e Ramires. O gol salvador veio da cabeça de Ben Arfa, que anda com muita estrela nas últimas partidas, somente aos 44 minutos, aproveitando bom cruzamento de Bonnart. Treze minutos antes, Maxi Pereira havia aberto o placar para o time português no estádio da Luz, aproveitando falha do goleiro Mandanda. Na primeira etapa, muitas chances de gols criadas e o mesmo número de desperdícios, sobretudo por parte do paraguaio Cardozo, no Benfica, e do brasileiro Brandão, no OM. Na segunda, menos oportunidades, mas mais eficiência das equipes.

 

Hatem Ben Arfa riu e vibrou por último do que a defesa luso-brasileira (AFP)

Outros franceses
O atacante David Trezeguet marcou o terceiro da Juventus contra o Fulham, na Itália, em partida que acabou 3 a 1. E comemorou como se fosse na Liga dos Campeões, como notamos na foto abaixo…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 3
  3. 4
  4. 5
  5. 6
  6. 7
  7. Última