Publicidade

Posts com a Tag Blanc

domingo, 16 de maio de 2010 Francês da 1ª divisão | 17:35

OM, Lyon e Auxerre na Champions, Blanc nos Bleus

Compartilhe: Twitter

Foi o que a última rodada do Campeonato Francês nos disse. Lyon assegurou o vice-campeonato, entrando diretamente na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. E o Auxerre passou o Lille no último respiro, se garantindo na pré-Champions. Assim, Lille e Montpellier vão para a Liga Europa, junto com o Paris Saint-Germain, campeão da Copa da França. O Bordeaux ficou sem nada em termos continentais e perdeu também o técnico campeão no ano passado, pois Laurent Blanc vai mesmo dirigir a França a partir de agosto.

Na “tábua” da artilharia, o atacante senegalês Mamadou Niang garantiu mais um título para o Olympique de Marselha. Congratulations! Porém, nem tudo foi festa. Neste domingo, o elenco do OM desfilou pela cidade com a taça, e houve torcedores que entraram em confronto com policiais, como se fosse guerra civil – lamentável!

Mamadou com seu "trofeuzinho", ao lado do "trofeuzão" da Ligue 1 (AFP)

Les resultats de la 38e journée:

O. Marselha 2 x 0 Grenoble
Lorient 2 x 1 Lille
Lyon 2 x 0 Le Mans
Sochaux 1 x 2 Auxerre
Paris-SG 1 x 3 Montpellier
Lens 4 x 3 Bordeaux
Toulouse 0 x 0 Monaco
Boulogne 1 x 0 Rennes
Nancy 1 x 1 Valenciennes
Nice 1 x 1 Saint-Etienne

>> Tabela de classificação: Olympique de Marselha se garantiu em primeiro (78 pontos em 38 jogos), seguido por Lyon (72 pontos em 38 jogos) e Auxerre (71 pontos em 38 jogos). Clique AQUI

>> Artilharia: Niang (Olympique) marcou 18 gols; Gameiro (Lorient) somou 17; Lisandro López (Lyon) e Erding (PSG), 15. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

quinta-feira, 13 de maio de 2010 Copa do Mundo, Seleção francesa | 21:19

Dungamenech. E o substituto muito provável

Compartilhe: Twitter

Raymond Domenech não é Dunga, mas as reações que causaram nesta semana, após os anúncios dos convocados e pré-convocados para a Copa do Mundo, os aproximam bastante: deixaram talentos de fora, apostaram em nomes duvidosos e vão pra África com muita desconfiança e desaprovação popular. Como muitos leitores deste espaço, também mais desaprovei do que aprovei a lista dos 30 da França, por julgar que nomes como Benzema (principalmente), Nasri e Vieira seriam muito úteis neste Mundial – mesmo que os dois primeiros sejam de difícil temperamento e relacionamento dentro do grupo, como se faz supor.

Agora famosos, os convocáveis do Rennes: Fanni, M'Vila e Briand (AFP)

Vamos conferir as surpresas da convocação divulgada na terça-feira:

Goleiros: Lloris, Mandanda, Carrasso e Landreau. Pelas últimas convocações, Landreau deve estar fora dos 23. Nomes esperados, embora a revelação Ruffier, do Monaco, pudesse aparecer também.

Defensores: Sagna, Abidal, Gallas, Evra, Fanni, Rami, Squillaci, Clichy, Planus e Reveillère. Reveillère é surpresa, pois, dos laterais do Lyon, acho que Cissokho estava mais esperançoso. Rami também corria por fora (pra mim, Reveillére e Rami estão além dos 23). Testados por Domenech em mais ou menos ocasiões, Escudé, Méxès, Boumsong e Ciani acabaram decepcionados.

Meio-campistas: Toulalan, L. Diarra, A. Diarra, Gourcuff, Diaby, M’Vila e Malouda. O super-rodado Patrick Vieira, do Manchester City, que até poderia ser o capitão na África do Sul, é a maior ausência. Se for por problema de condição física, aceito, porque sua experiência não pode ser descartada sem outro motivo. O talentoso Samir Nasri, do Arsenal, estaria na minha lista certamente – assim como Diaby, objeto de discussão nos comentários do post de terça. Cheyrou, do Olympique de Marselha, poderia aparecer no lugar do surpreendente M’Vila, de 19 anos e nenhuma participação na seleção adulta.

Atacantes: Govou, Ribéry, Henry, Anelka, Cissé, Gignac, Valbuena, Ben Arfa e Briand. Alguém apostaria que Karim Benzema, vendido a peso de ouro do Lyon para o Real Madrid na última janela de transferências, não estaria aqui? Nem eu. Tudo bem que o cara decepcionou indo pra reserva na Espanha, mas não desaprendeu do muito que pode render em campo. Se é problemático e desagregador, creio que uma conversa séria em particular entre ele e Dôme resolveria a questão. Valbuena e Briand surpreendem, mas fizeram um bom Francês e merecem, para mim, estar entre os 30, só que não entre os 23.

Blanc em treino do Bordeaux: dos Girondinos para os Bleus? (AFP)


PÓS-COPA: Laurent Blanc, o favorito

Já se sabia na França, desde o início da semana, que Blanc deixaria o Bordeaux no fim desta temporada europeia, agora no cair de maio. E, como é sabido também que Domenech deixará os Bleus após a Copa, tudo leva a crer que o ex-zagueiro campeão do mundo assumirá o posto de professeur da seleção. Hoje, o ex-colega de Blanc em 1998 e também treinador Didier Deschamps “entregou” que Laurent será mesmo comandante bleu, segundo o site da France Football.

Amigo de Blanc, com o qual troca conselhos, Deschamps disse que a escolha da Federação Francesa é muito boa. A France Football informa que o agente de Laurent está negociando o contrato com a FF. No domingo, um dia após o fim do Campeonato Francês, o técnico do Bordeaux deverá reunir todo o elenco e comissão para se despedir. Olhando no horizonte, parece que a França deverá chegar mais animada para a Copa de 2014.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 6 de abril de 2010 Torneios europeus | 23:17

Bordeaux x Lyon, Champions, volta

Compartilhe: Twitter

Sem receio ou vergonha, vou aproveitar neste espaço o texto da apresentação (que chamamos de “abre”) do duelo desta quarta-feira entre Bordeaux e Lyon, pela Liga dos Campeões da Europa, produzido pelo iG Esporte. Inclusive as fotos. Por dois motivos justíssimos: fui eu que escrevi o texto e estou sem tempo para redigir outro…

Apostei que o OL venceria a partida de ida, e acertei. Agora não sei se vence de novo, mas aposto que se classifica – você não? O link do Placar iG do clássico francês É ESTE AQUI. Abaixo, o “abre” deste histórico confronto:

Lyon vai a Bordeaux em busca de passo inédito na Liga

Time de Cris e Michel Bastos venceu a partida de ida das quartas-de-finais do torneio europeu por 3 a 1, em casa

 

O clássico francês das quartas-de-finais da Liga dos Campeões da Europa começou equilibrado, mas o primeiro jogo deixou o Lyon em situação favorável. Depois de vencer o Bordeaux em seu estádio, por 3 a 1, a equipe dos brasileiros Cris, Éderson e Michel Bastos pode até perder por um gol de diferença nesta quarta-feira que se garante na fase semifinal da competição pela primeira vez na história. Ao atual campeão da França, é necessária uma vitória por 2 a 0 ou pelo menos três gols de diferença para repetir seu melhor desempenho de sempre na Champions, obtido na edição 1984/85. O duelo, no estádio Chaban-Delmas, está marcado para as 15h45 (de Brasília).

Gourcuff em treino do Bordeaux

Yoann Gourcuff
Pelos habilidosos pés do jovem meia francês passam as esperanças de gols do Bordeaux

Além da vantagem construída na semana passada, o momento do Lyon é melhor que o do rival, pois o time vem de duas vitórias consecutivas no Campeonato Francês, o que o levou à liderança compartilhada do torneio nacional. Por sua vez, o Bordeaux ainda lamenta a queda na final da Copa da Liga Francesa, para o Olympique de Marselha, e a derrota no último sábado para o Nancy, em casa, que o derrubou para a quarta colocação na Ligue 1.

Embora precise demonstrar eficiência ofensiva, a maior preocupação do atual campeão francês é a defesa. “Mesmo que consigamos marcar (pelo menos) dois gols, a chave do jogo será se defender bem. Se conseguirmos corrigir esses erros na defesa, poderemos esperar por algo muito bom na quarta”, avalia o técnico Laurent Blanc, que aposta na motivação de seus jogadores. “Ninguém está esperando que a gente consiga eliminar o Lyon da Liga. Mas isso pode ser uma fonte de motivação para os nossos jogadores”, acredita o ex-zagueiro da seleção francesa.

Do outro lado, o também zagueiro Cris pede atenção nos primeiros minutos do confronto. “Acho que o Bordeaux vai pressionar bastante em busca do primeiro gol logo no início da partida”, prevê o brasileiro, que aposta no contra-ataque do Lyon. “Podemos tirar vantagem dessa postura (do Bordeaux) porque temos jogadores muito rápidos no ataque. Mas temos que entrar em campo como se estivesse 0 a 0. Teremos que estar preparados mentalmente para o jogo”, pregou o capitão lionês.

A grande baixa na equipe de Cris é o atacante argentino Lisandro López, que marcou dois dos três gols do Lyon na partida de ida, mas está suspenso, assim como o meia-atacante Govou. Makoun, Clerc e Ânderson, machucados, seguem de fora. Entre os girondinos de Bordeaux, o volante brasileiro Fernando é desfalque por causa de uma lesão no rosto, mas seus compatriotas Henrique, Wendel e Jussiê foram relacionados, assim como o zagueiro Planus, que retorna de contusão, e o volante Alou Diarra, que volta após suspensão.

AFP
lyo

Michel Bastos e Cris, os representantes brasileiros entre os titulares do Lyon

 

FICHA TÉCNICA – BORDEAUX x LYON

Data: 7 de abril de 2010, quarta-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Local: estádio Chaban-Delmas, em Bordeaux (França)
Árbitro: Alberto Undiano Mallenco (Espanha)
Assistentes: Fermin Martinez Ibanez e Juan Carlos Yuste Jiménez (Espanha)

BORDEAUX: Ramé (Carrasso), Chalmé, Ciani, Sané (Planus) e Trémoulinas; Alou Diarra, Wendel, Gourcuff, Jussiê (Gouffran) e Plasil; Chamakh. 
Técnico: Laurent Blanc

LYON: Lloris, Réveillère, Cris, Boumsong e Cissokho; Toulalan, Kallstrom, Pjanic, Michel Bastos e Delgado; Gomis.
Técnico: Claude Puel

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 30 de março de 2010 Torneios europeus | 08:59

Lyon x Bordeaux, Champions, ida

Compartilhe: Twitter

Quis o sorteio da Liga dos Campeões da Europa que Bordeaux e Lyon se cruzassem numa das quartas-de-finais e a França só emplacasse (mas com a certeza de emplacar) um time entre os quatro melhores da edição 2009/2010 do torneio – o que não acontecia desde 2003/2004. O pega caseiro começa nesta terça, a partir das 15h45 de Brasília, com acompanhamento “comentado” do Placar iG NESTE LINK.

O OL joga para avançar a uma semifinal de Champions pela primeira vez em sua história; os girondinos já obtiveram esse feito, em 1984/85, e agora querem repetí-lo. Como eu disse no post de ontem sobre o Campeonato Francês, as circunstâncias para esta primeira perna do mata-mata são mais favoráveis aos lioneses. Por isso, meu palpite é de vitória dos anfitriões no Gerland. E para você, o que vai dar hoje?

Gomis, Delgado e Lisandro López: esperanças ofensivas lionesas (Reuters)

Blanc e Gourcuff: diferenças que podem pesar para os girondinos (AP)

Autor: Tags: , , , , , , ,

sexta-feira, 26 de março de 2010 Copas francesas, Francês da 1ª divisão | 22:27

No sábado, teremos um campeão!

Compartilhe: Twitter

Este fim de semana não será apenas de mais uma rodada do Campeonato Francês, apenas. A 30ª journée vê boa parte dos holofotes se dirigirem à final da Copa da Liga Francesa, que neste sábado reúne dois grandes da elite no Stade de France: Bordeaux e Olympique de Marselha, que duelam pelo título a partir das 16h50 de Brasília (a SporTV anunciou de manhã que transmitiria ao vivo, mas no site consta que será somente em VT, às 23h. Vamos conferir…)

Acho que o OM leva ligeira vantagem, pois vem demonstrando embalo nos últimos jogos, está sedento para levantar uma taça depois de 17 anos de jejum e não tem mais que se preocupar com torneios europeus. Mesmo sendo tricampeão do torneio (2002, 2007 e 2009) que seu adversário de amanhã ainda não conquistou, o atual campeão francês vai ter que entrar em campo três dias depois em Lyon, no primeiro confronto contra os donos da casa pelas quartas-de-finais da Liga dos Campeões. Diante disso, creio que Didier Deschamps levará a melhor sobre Laurent Blanc no duelo dos técnicos que foram campeões mundiais como jogadores em 1998. Os técnicos da Ligue 1 também pendem mais para o lado marselhês. Mas não vou me impressionar se os girondinos demonstrarem força e paparem mais esse título…

A partida de ida entre Bordeaux e Lyon na próxima terça, aliás, gerou um desconforto entre os clubes e a LFP, que organiza os campeonatos na França. Inicialmente, o compromisso do OL contra o Grenoble passou de sábado para esta sexta, para que o time de Claude Puel tivesse mais tempo de preparação até terça. Mas como o Bordeaux não pôde fazer a mesma antecipação na final da Copa da Liga, reclamou oficialmente, e a partida do Lyon voltou para o sábado (acho mais justo que os dois lados tenham o mesmo tempo de descanso mesmo). Assim, o cronograma das partidas pela 30ª rodada do Francesão ficou desse jeito, segundo o horário de Brasília:

Sábado, 27/03
13h – Lyon (6º) x Grenoble (20º)

Domingo, 28/03
13h – Le Mans (19º) x Rennes (7º)
           Lorient (9º) x St Etienne (17º)
           Toulouse (11º) x Nice (16º)
           PSG (12º) x Boulogne (18º)
           Nancy (13º) x Lens (15º)
17h – Lille (5º) x Montpellier (2º)

Segunda-feira, 29/03
17h – Monaco (8º) x Auxerre (3º)

Quarta-feira, 31/03
16h – Sochaux (14º) x O. Marselha (4º)

Valenciennes (10º) x Bordeaux (1º) foi adiado porque o visitante tem uma final no sábado e “uma quartas” na terça (só!)

Autor: Tags: , , , , , , ,

segunda-feira, 22 de março de 2010 Francês da 1ª divisão, Francês de divisões menores | 21:28

Não há folga no Francês

Compartilhe: Twitter

Faltam apenas 9 rodadas para o fim do Campeonato Francês 2009/2010!

Por mais que o Bordeaux resista ao acossamento (existe isso?) dos rivais e não largue a liderança da Ligue 1, não há nenhuma facilidade na luta girondina pelo bicampeonato. Mais uma vez, Montpellier e Auxerre também venceram na rodada e não desgrudaram do topo da tabela e do sonho de alcançar a taça.

A vantagem do Bordeaux para o Montpellier, que tem o mesmo número de pontos (56), é possuir um jogo a mais por disputar. Na cola de ambos, um ponto atrás, está o Auxerre (55). Com 53 e também uma partida ainda por jogar, o Olympique de Marselha segue vivíssimo no páreo. Já Lille e Lyon, com 51, estão um pouco mais distantes e teriam que torcer contra muitos times para levantar o troféu – mesmo a luta por vagas nas copas europeias não será fácil, pois eles estão em quinto e sexto na classificação, e só os cinco primeiros jogarão algum torneio continental a partir do segundo semestre.

Destaque brasileiro na rodada, Jussiê celebra perto do craque Gourcuff (à direita) e do chefe Blanc (à esquerda)

Lá em baixo, onde a situação parecia definida no primeiro turno, os últimos colocados começaram a colecionar pontos e animar a briga contra o rebaixamento para a segunda divisão. Inclusive tivemos uma troca de posição após a 29ª journée: o Boulogne-sur-Mer passou o Le Mans (23 pontos a 21), relegando-o à vice lanterna, seis pontos à frente do derradeiro Grenoble (15 pontos). Se o campeonato acabasse hoje, esses três cairiam. Mas pelo menos Boulogne e Mans ainda podem alcançar Nice (32) e Saint-Etienne (29), que devem ficar bem espertos para não serem degolados quando maio chegar.

Repetindo o post de ontem, coloco os resultados e goleadores da rodada abaixo. O meia Jussiê foi o único brasileiro a balançar as redes, e o ganense Asamoah Gyan o único a marcar mais de uma vez, para o Stade Rennais, se juntando na luta pela artilharia geral, que (também) anda bastante agitada nesta reta final de competição – nesta rodada, nomes como Loïc Rémy, Ireneusz Jelen e Victor Hugo Montano entraram no páreo.

Bordeaux 3 x 1 Lille (Ciani, Jussiê de pênalti e Gourcuff; Hazard) – Ricardo Costa-LIL foi expulso; mais de 32 mil pessoas no Chaban-Delmas 
Montpellier 2 x 1 Valenciennes (Joris Marveaux e Montano; Ben Khalfallah) 
Auxerre 2 x 1 Le Mans (Jelen e Pedretti; Helstad) 
O. Marselha 2 x 1 Lyon (Kaboré e Taiwo; Gomis) – mais de 52 mil pessoas no Vélodrome
Boulogne 2 x 0 Lorient (Marcq e Koscielny contra) 
Rennes 4 x 1 Toulouse (Hansson, Gyan 2 e Kembo-Ekoko; Braaten) 
Grenoble 0 x 0 Monaco – Viviani-GRE foi expulso
Nice 1 x 0 Paris-SG (Rémy) – portões fechados no Stade du Ray
Saint-Etienne 0 x 0 Nancy
Lens 0 x 0 Sochaux – mais de 33 mil pessoas no Félix-Bollaert

Asamoah Gyan não será esquecido tão cedo pelos adversários do Toulouse

Ligue 2
Curiosamente, nenhum dos sete primeiros colocados venceu na 29ª rodada da segundona francesa. A tabela de classificação mostra Caen (56 pontos) e Brest (52) como fortíssimos candidatos a ascender para a Ligue 1 2010/2011. Com alguma chance de acabar com a alegria do Metz (46), terceiro e último a pegar o elevador se tudo acabasse hoje, Angers, Arles-Avignon e Nîmes somam 42 pontos e ainda têm o direito de sonhar. Acompanhemos também!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 23:19

Te cuida, Bordeaux!

Compartilhe: Twitter

Rodada animada esta 23ª do Francesão (ui!). Bordeaux tropeçou de novo (e feio), Montpellier ganhou novamente, e a diferença entre líder e vice caiu na margem de uma simples rodada: três pontos. Se você considerar placares como 3 a 0 e 4 a 2 como goleadas, vimos cinco nos dez jogos deste fim de semana! (apêndice: pessoalmente, considero goleada uma vitória por no mínimo 3 gols de diferença; e você?). A média de gols ficou em 3,2, muito boa.

Rennes 4 x 2 Bordeaux (Marveaux, Briand pênalti, Bangoura e Gyan; Gouffran e Wendell)
Após empatar com o fraco Boulogne em casa, o campeão francês sofre uma sonora derrota para um time do meio da tabela. Quando uma defesa até então sólida leva quatro gols, é motivo para o ex-zagueiro e técnico Laurent Blanc intervir… Convém lembrar que as oitavas-de-finais da Liga dos Campeões vêm aí, e uma perda de liderança numa altura dessas seria um baque duro de contornar. No Stade Rennais, o ganês Gyan foi a nove gols e segue os artilheiros de perto.

Seria o cansaço a causa da queda de produção girondina, com o elenco se desdobrando em quatro competições simultâneas? Com dor de cabeça por causa do calendário apertado, Blanc ameaçou escalar um time B na Copa da Liga Francesa, contra o Lorient, no dia 17. Não seria errado se o fizesse…

Boulogne 0 x 2 Montpellier (Camara e Montano)
Devo dar o braço a torcer (ai!) sobre o MHSC: depois de encostar no líder Bordeaux, esse time sem estrelas provou que não é fogo de palha não. O colombiano Montano foi a oito gols no torneio.

Nice 1 x 1 Lille (Ben Saada; Túlio de Melo)
O atacante brasileiro marcou presença na casa da tia Nice. O LOSC tá bem vivo na parada pelo título, em terceiro, a quatro pontos do Montpellier e a sete do Bordeaux.

Toulouse 0 x 0 LyonMakoun-LYO foi expulso
O OL é outro time que deve abrir o olho, pois não vem sendo consistente faz tempo. Só não saiu com a derrota porque o TFC falhou várias vezes na hora H, de finalizar a gol, sobretudo o artilheiro Gignac e o brasileiro Luan. Makoun deixou os laranjas lioneses (com o terceiro uniforme de cor berrante) em desvantagem numérica por 25 minutos; então, o empate pode ser visto com sabor de vitória para o quarto colocado na Ligue 1. 

Luan deu muito trabalho para lioneses como Cris e Reveillere (AFP)

Luan deu muito trabalho para lioneses como Cris e Reveillere (AFP)

Marseille 5 x 1 Valenciennes (Lucho González, Brandão, Cheyrou, Valbuena e Niang; Sanchez) – mais de 46 mil pessoas no Vélodrome
O OM sim é um time em lua-de-mel com sua torcida. No embalo da heróica classificação para a final da Copa da Liga Francesa, na última quarta-feira, meteu um chocolate pra cima do VAFC para um excelente público em casa, a maioria feliz da vida. Brandão, o maior herói contra o TFC, marcou de novo; Niang chegou ao terceiro posto isolado na artilharia do campeonato. Hoje em 5º, o Olympique tem um jogo a menos a disputar, contra o Sochaux, e por isso pode encostar ainda mais nos ponteiros.

Saint-Etienne 3 x 0 Monaco (Matuidi, Bergessio e Rivière)
Os monegascos perderam uma bela chance de chegar ao top five da classificação. O ASSE deu uma pequena respirada na parte debaixo da tabela.

Grenoble 5 x 0 Auxerre (Ljuboja, Akrour 2 e Matsui 2) 
Incrível a goleada do lanterninha, broxando ainda mais o AJA…

Paris-SG 0 x 3 Lorient (Vahirua, Gameiro e Amalfitano) 
Falando em broxar, o time do presidente Nicolas Sarkozy. Pobre Sarkô, um dos mais de 30 mil torcedores do PSG no Parc des Princes. Que desgosto. Vaias para os jogadores e o técnico Kombouaré. Os visitantes, que não têm nada com isso, deram um baile de futebol, com belos gols. Os eficientes Gameiro (9 gols) e Vahirua (8) estão no topo da artilharia geral.

Sochaux 1 x 1 Nancy (Dalmat; Dia)
Nada de empolgante aqui né? 

Lens 2 x 1 Le Mans (Monnet-Paquet e Eduardo Santos; Maïga) 
32 mil pessoas para assistir a um time que luta para se afastar da zona de rebaixamento de uma equipe que abre a zona de degola é mesmo louvável! O Lens abriu 14 pontos para o Le Mans, ameaçadíssimo ao lado de Boulogne e Grenoble.

>> Tabela de classificação: Clique AQUI

>> Artilharia: Nenê (Monaco) tem 13 gols, Gervinho (Lille) soma 11 e Niang (Olympique), 10. Clique AQUI

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 Brasileiros na França, Francês da 1ª divisão | 22:41

Bordeaux é o diferenciado

Compartilhe: Twitter
O elenco girondino está tão sussa que o técnico entra no bobinho também (AFP)

O elenco girondino está tão sussa que o técnico entra no bobinho também (AFP)

Não é à toa que o Bordeaux é o francês com situação mais confortável na Liga dos Campeões, invicto e classificado em primeiro com uma rodada de antecedência. Após 16 rodadas, o atual campeão é líder do Francês com quatro pontos de vantagem para o vice, um surpreendente Montpellier – trata-se da maior distância entre dois times em toda a tabela da Ligue 1. A 16ª foi uma journée animada,  com gols acima da média (2,8), expulsões acima da média (0,4) e três gols de um mesmo atacante numa partida (o lionês Lisandro) em que, curiosamente, seu time perdeu…

Para empolgados torcedores no Chaban-Delmas – que registrou um bom público de 33 mil pessoas -, o Bordeaux acabou com a animação do Paris Saint-Germain, que vinha de duas vitórias consecutivas. Mesmo sem a espinha dorsal formada por Fernando e Wendell, os Girondinos, com Gourcuff nos 90 minutos e Jussiê entrando na segunda etapa, ganharam por 1 a 0, gol do eficiente meia tcheco Jaroslav Plasil.

Explicar a ascensão do Montpellier, outrora quinto colocado, à vice-liderança, por mais improvável que parecesse, não é difícil: some derrotas dos três times que estavam à frente dele, acrescente um triunfo do MHSC sobre o Le Mans em casa, por 2 a 1, e terá a resposta. Lembrando que o Montpellier tem um jogo a menos (contra o OM) do que os outros cinco rivais que compõem o rol dos seis melhores do campeonato. Très interessant…

Em mais um jogo emocionante com muitos gols em que o Lyon esteve envolvido – primeiro, 5 a 5 contra o OM, e agora, 3 a 4 para o Lille – , desta vez o OL saiu derrotado nos acréscimos. O pior foi que os lioneses fizeram 2 a 0, foram para o intervalo com 3 a 1 de vantagem, mas deixaram a vitória escapar ao levar três gols do LOSC nos últimos 45 minutos, sendo o da derrota nos acréscimos! Lisandro López, três vezes, foi o goleador do Lyon (e empatou com Gyan como vice-artilheiro do torneio), mas Frau, Cabaye e Gervinho, duas vezes, deram a vitória ao Lille, tendo o marfinense sido o responsável por fechar o caixão lionês.

Triste também foi o Auxerre, até pouco tempo atrás o líder da Ligue 1: derrota em casa para o Nancy, 16º, por 3 a 1! O gol que abriu o marcador veio de pés brasileiros, do zagueiro André Luiz; o que encerrou, foi do meia marroquino Youssouf Hadji, artilheiro do ASNL no certame, com sete gols. Como lembrou a France Football, o AJA não é o mesmo sem os destaques Jelen (artilheiro, machucado) e Pedretti (capitão, suspenso).

O Lorient, que era o quarto, perdeu fora de casa para o Rennes, por 1 a 0, e caiu para sexto. Atrás dele agora figura o Olympique de Marselha, que fez na casa da tia Nice o que precisa repetir contra o Real Madrid, amanhã, para se classificar na Liga dos Campeões: três gols (Niang, Lucho González e Koné). Só não podia ter levado um. Por fim, o Monaco tomou uma sapecada de outra grata surpresa da tabela, o Valenciennes, agora terceiro. Os 3 a 1 fora de casa só serviram ao ASM para Nenê ampliar seu escore no topo da artilharia para 10 gols.

>> LIGA DOS CAMPEÕES DECISIVA!
Amanhã, a partir das 17h45, enquanto o superlíder Bordeaux cumpre tabela contra o lanterna Maccabi Haifa, em Israel, o Olympique precisa “apenas” bater o Real Madrid por três gols de diferença (para não depender de ninguém), ou por uma margem menor desde que o Milan não vença o Zurique na Suíça. Kaká não joga, mas Cristiano Ronaldo vem com tudo… Droit au but, Marseille!

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 27 de novembro de 2009 Francês de divisões menores, Seleção francesa | 22:44

Domenech desprestigiado entre os pares

Compartilhe: Twitter

Que pouca gente gosta do e aprova o trabalho de Raymond Domenech à frente da seleção francesa, é indiscutível. Apesar de perder a Copa do Mundo de 2006 apenas nos pênaltis, a França dele foi muito mal na Eurocopa de 2008 e penou para se classificar nas Eliminatórias Europeias recentes, na repescagem, daquele jeito que o mundo inteiro viu como (menos o juiz da partida contra a Irlanda). O grupo tem jogadores experientes e talentosas revelações, destaques em clubes de ponta no continente, mas que raramente jogam o que sabe quando trajam o azul, branco e vermelho.

Como cumpriu a meta de levar os Bleus para a África do Sul, a tendência é que Domenech vá para o Mundial. Mas colegas de profissão de renome no país não tiveram receio de externar publicamente que ele não deveria continuar no posto que atualmente ocupa. 

Aimé Jacquet, campeão mundial em 1998 em casa, criticou o futebol da seleção nas Eliminatórias, disse que Raymond deve explicações sobre esse mau desempenho e questionou a postura da Federação Francesa (FFF) por não “protegê-lo de si mesmo”, pois no seu entender o técnico já deveria ter vazado após a Euro. Paul Le Guen, atualmente à frente de Camarões, disse que apreciaria um acordo entre Dôme e FFF para a saída do treinador, “isolado e sem o mínimo de suporte necessário para seguir no cargo que está”.

Será que a Federação está ouvindo isso? Seria bom que estivesse. Quem seria um bom nome para assumir a bucha francesa? Eu colocaria Laurent Blanc, campeão do mundo como jogador e do último Francês pelo Bordeaux.

A Federação Francesa está se fazendo de cega ao insistir em Dôme (FFF)

A Federação Francesa está se fazendo de cega ao insistir em Dôme (FFF)

*FRANCESÃO e FRANCESINHO*

Amanhã, no começo da tarde, coloco os jogos da 15ª rodada da Ligue 1 (leia a apresentação da rodada). Hoje, na Ligue 2, o Caen goleou o Nîmes por 4 a 0 fora de casa, abriu sete pontos para o segundo colocado Le Havre e se credenciou ainda mais a trocar de divisão com o Grenoble na temporada 2010-2011.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

sexta-feira, 11 de setembro de 2009 Ex-jogadores, Extracampo, Seleção francesa | 00:03

Esse Zidane não!

Compartilhe: Twitter

Na quarta-feira aconteceu uma pancada de jogos importantes de futebol pelo mundo. Na quinta, nada de relevante – o que sobrou foi o Aberto dos Estados Unidos de tênis… Portanto, vamos de curtos tópicos:

>> Já não é a primeira vez que se fala sobre a possível saída de Raymond Domenech do comando da França, até porque não é de hoje que a seleção vem decepcionando e a pergunta: “como seguram esse cara lá?” não tem nada de nova. Eu acho que ele só cai se os Bleus não forem à Copa (toc, toc, toc), portanto nada deve acontecer até outubro. Laurent Blanc diz que não dividiria o Bordeaux com a seleção. Didier Deschamps (Marselha) e Arséne Wenger (Arsenal) sempre são bem cotados. Gosto dos dois últimos.

>> Falando em seleção, que patina entre os adultos, é desanimador não ver a França entre os participantes dos próximos Mundiais Sub 20 (no Egito, a partir do dia 24) e Sub 17 (na Nigéria, em outubro). Onde está o trabalho com a base, para fomentar as gerações das próximas Copas?

>> Agora eu fiquei triste: a chance que eu esperava de ver um time francês ao vivo este ano pode ir para o ralo. O amistoso entre São Paulo e Lyon, previsto para o início de outubro no Morumbi, pode ser adiado para novembro ou mesmo 2010 porque a CBF não quer alterar o calendário do Brasileirão. Quando a emissora que transmite o campeonato quer mudar a tabela para sua conveniência, aí pode né? Brincadeira!

>> Essa é boa. Na quarta, recebi um e-mail intitulado “Zidane da Brasilândia preso depois de roubo” (!). Pois é, o pobre do Zinedine virou apelido de bandido, como informou a assessoria de comunicação do Deic (Departamento de Investigações sobre Crime Organizado), ligado à Polícia Civil de São Paulo. O frentista Rodrigo Denis, de 25 anos, é acusado de cinco roubos e de atacar policiais militares. Veja as fotos do ex-jogador e do meliante. Só porque é careca virou Zidane, pô?

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 7
  3. 8
  4. 9
  5. 10
  6. 11
  7. Última