Publicidade

Posts com a Tag Battles

segunda-feira, 20 de abril de 2015 Ex-jogadores, Extracampo | 23:12

12º Jogo contra a Pobreza e 6º aniversário do blog

Compartilhe: Twitter

 No último dia 17 completamos, eu e esta página, 6 anos de vida internética ininterrupta! Obrigado a todos que passaram por aqui, seja uma, 7 ou 70 vezes, e especialmente aos que ainda não nos abandonaram!! 😛

Falando em aniversário nos lembramos de festa, o que vemos no futebol quando há jogos beneficentes e descontraídos entre jogadores da atualidade e do passado, por exemplo. Como hoje, no 12º Match Against Poverty, organizado por Zinedine Zidane e Ronaldo Fenômeno. Os amigos dos ex-craques jogaram contra os atletas e veteranos do Saint-Etienne, justamente no estádio Geoffroy-Guichard, casa dos Verts.

E os “ASSE All Stars” fizeram bonito contra os amigos de Zizou e R9, também chamados de time da United Nations Development Programme (UNDP), braço da ONU que tem o francês e o brasileiro como embaixadores. Com alguns jogadores em atividade na equipe, o que evidentemente lhe deu mais gás na segunda metade do segundo tempo, venceram de virada por 9 a 7 com gols de Aubameyang (3), hoje atacante do Borussia Dortmund, Mollo (2), meia do elenco atual, Battles (2), meia aposentado em 2012, Feindouno, meia guineense ainda em atividade, e o brasileiro Alex Dias, que parou em 2012 mas voltou este ano, no interior de SP.

map

 Clique sobre a foto para visualizá-la sem esse embaço

Aliás, acompanhando a partida pelo Twitter, com as postagens da hashtag #MAP2015, deu para perceber o saudosismo dos torcedores do Sainté em relação a Dias, que marcou um belo gol de virada e comemorou imitando uma pantera, como fazia nos bons tempos defendendo o clube (teve duas passagens, 1999 a 2001, e 2002 a 2003). Um chegou a sugerir que, no final da temporada, o ASSE troque o atual centroavante Erding por ele…

Assim como no tempo em que destruíam defesas adversárias, Ronaldo se destacou em gols, com três, e Zidane em passes açucarados. Os franceses Trezeguet e Djorkaeff, além de Seedorf e Jay Jay Okocha, nigeriano que passou pelo PSG, foram os outros goleadores da equipe dos embaixadores. Também estiveram em campo Barthez, Abidal, Karembeu, do lado visitante, além de Janot, ex-goleiro stephanois, e Zouma, zagueiro revelado pelo clube verde e hoje no Chelsea.

A beneficência do jogo foi que dois terços da arrecadação se destinaram a famílias de vítimas do Ebola na África, e o terço restante para a fundação do Saint-Étienne. Assista a todos os 16 gols da partida neste vídeo.

Ah, amanhã tem Barcelona x PSG, belo programa prum feriado! E na quarta, menos badalado mas tão importante quanto, Monaco x Juventus, também pela Liga dos Campeões da Europa.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 27 de abril de 2010 Francês da 1ª divisão, Torneios europeus | 18:35

Não tinha pinta que ia dar mesmo

Compartilhe: Twitter

Fim do sonho lionês na Liga dos Campeões da Europa. O Lyon até foi bastante longe, mas não teve time para superar o Bayern de Munique na semifinal. Jogou com medo na Alemanha, quando perdeu por 1 a 0. E não conseguiu os gols que precisava na França, quando perdeu por um sonoro 3 a 0.

Nesta terça, o ataque não funcionou, sendo pouquíssimo efetivo para quem tinha de vencer, tendo finalizado apenas metade das vezes do que o rival – e apenas um chute foi ao gol! Michel Bastos perdeu chance fatal na primeira etapa, e na segunda foi “castigado”, indo parar na lateral. Cris bobeou no segundo tempo, foi expulso, e o caminho ficou livre para o croata Ivica Olic se consagrar no Gerland. Agora, é correr para ficar entre os três primeiros do Campeonato Francês e voltar à Champions em setembro.

FICHA TÉCNICA – LYON-FRA 0 X 3 BAYERN DE MUNIQUE-ALE
Local: Estádio Gerland, em Lyon-FRA
Data: 27 de abril de 2010, terça-feira
Horário: 15h45 horas (Brasília)
Árbitro: Massimo Busacca (SUI)
Assistentes: Matthias Arnet (SUI) e Francesco Buragina (SUI)
Cartões amarelos: Gonalons e Cris (Lyon); Altintop (Bayern)
Cartão vermelho: Cris (Lyon)

GOLS: Olic (26′ do 1º tempo, 22′ do 2º tempo e 32′ do 2º tempo)

LYON: Lloris, Réveillère, Cris, Boumsong e Cissokho (Gomis); Makoun, Gonalons, Michel Bastos e Govou; Delgado (Pjanic) e Lisandro Lopez (Éderson). Técnico: Claude Puel.
BAYERN DE MUNIQUE: Butt, Lahm, Van Buyten (Demichelis), Badstuber e Contento; Van Bommel, Schweinsteiger (Alaba), Altintop e Robben (Klose); Müller e Olic. Técnico: Louis van Gaal.

Bayern se sentiu em casa, enquanto o Lyon só poderia sentir tristeza (AP)


Campeonato Francês
Nas duas partidas adiantadas da 35ª rodada, tivemos seis gols. Em Grenoble x Paris Saint-Germain, foram quatro. Alguém imaginaria que seriam todos para o lado do eterno lanterna da atual edição da Ligue 1? Pois é: Battles, Dieuze, Akrour e Ljuboja foram para as redes de Coupet, que não podia ter prato mais indigesto no seu retorno ao gol depois de cinco meses de ausência. Monaco e Le Mans ficaram no 1 a 1, gols de Maazou (sempre ele) e Dossevi. Nenê perdeu pênalti, defendido por Ovono. O melhor que PSG e Monaco têm a fazer é se concentrarem apenas na final de sábado da Copa da França, pois o Nacional para eles já era…

Dieuze, no chão, contribuiu para o dia inglório de Coupet no Stade des Alpes (AFP)

Didier Ovono impediu a festa do brasileiro Nenê - e do Príncipe Albert II, presente no Louis II (AFP)

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,