Publicidade

Posts com a Tag Bahebeck

segunda-feira, 2 de junho de 2014 Seleção francesa | 13:35

Brasil goleia França e fatura seu 8º Torneio de Toulon

Compartilhe: Twitter

A seleção francesa saiu na frente, porém a brasileira virou e goleou na decisão da decana copa sub 21: 5 a 2, depois de três penalidades máximas convertidas.

Bahebeck marcou os tentos dos donos da casa em Avignon, mas Ademílson (duas vezes), Alisson, Marquinhos e Thalles definiram o bicampeonato consecutivo brasileiro, repetindo a conquista do ano passado

-> Assista aos melhores momentos da partida de ontem nesta compilação do site da ESPN brasileira

Embora sejam os maiores campeões, Les Espoirs bleus não vencem desde 2007. OK, que os jovens aprendam também com as derrotas, que fazem parte do jogo e contribuem para o amadurecimento dos jogadores.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 30 de maio de 2014 Seleção francesa | 18:56

França e Brasil decidem 43º Torneio de Toulon

Compartilhe: Twitter
O franzino meia Adrien Rabiot, do PSG, é um dos destaques bleus em Toulon (foto: site ESPN)

O franzino meia Adrien Rabiot, do PSG, é um dos destaques bleus em Toulon (foto: site ESPN)

Neste domingo, dia 1º de junho, as duas seleções mais vencedoras da história da tradicional copa sub 21 fazem a final, com transmissão ao vivo da ESPN Brasil, às 13h30 de Brasília.

Les Bleuets ou Les Espoirs, como são chamados os jogadores da base da seleção francesa, buscam o 12º título para o país, enquanto que os brasileiros podem levantar o 8º caneco da canarinho.

-> Acesse o site oficial da competição francesa

Destaques do time anfitrião: o meia Rabiot e o atacante Bahebeck, do Paris Saint-Germain, o atacante Nangis, do Caen, o meia-atacante Sacko, do Bordeaux, e o zagueiro Sarr, do Lyon. Bahebeck e Sarr foram campeões mundiais sub 20 ano passado, lembrando que a França já tinha sido semifinalista do Mundial sub 20 anterior, em 2011. Ou seja, o trabalho na base está sendo bem feito :)

O escrete sul-americano, dirigido pelo conhecido Alexandre Gallo, ex-volante de Santos, Portuguesa e São Paulo, tem nomes também conhecidos dos acompanhadores do futebol brasuca (Ademilson e Rodrigo Caio, do SPFC, Luan, do Cruzeiro, Lucas Piazon, ex-São Paulo) e inclusive do francês, como o zagueiro Marquinhos, do PSG. Na comissão técnica figura Cláudio Caçapa, ex-beque do Lyon, que também é técnico da seleção sub 15.

-> Veja o histórico e estatísticas do Torneio de Toulon

Campanhas – A França estreou com 3 a 0 no Chile, depois ficou no 1 a 1 com a China, bateu o México por 2 a 1 e Portugal pelo mesmo placar. Atual campeão, o Brasil fez campanha melhor: 2 a 0 na Coreia do Sul, 2 a 1 na Colômbia, 2 a 1 na Inglaterra e 7 a 0 no Catar.

-> Conheça revelações que atuam na primeira e segunda divisão francesa

** FALTAM 16 DIAS PARA A ESTREIA FRANCESA NA COPA 2014! **

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 23 de abril de 2014 Francês da 1ª divisão | 17:52

4 x 4, 2 x 6, 5 x 1: Que rodada essa 34ª do Francês!

Compartilhe: Twitter
Bautheac e Pied lamentam chance desperdiçada do Nice contra o Monaco (europafootball.wordpress.com)

Bautheac e Pied lamentam chance desperdiçada do Nice contra o Monaco (europafootball.wordpress.com)

Novamente o Monaco conseguiu adiar a festa antecipada do PSG pelo título nacional. O vice-líder fez o placar mínimo contra o Nice, gol do atacante búlgaro Berbatov. Aliás, a grande queda de rendimento da Tia Nice, da última temporada pra cá, foi oportunamente abordada no blog amigo Futebol Europeu Online.

PSG e Lyon só jogaram três dias depois, por conta da final da Copa da Liga Francesa, no sábado. O primeiro bateu o Evian pela contagem mínima também, gol de Matuidi com assistência de Lucas, e ficou a uma vitória de assegurar o bicampeonato (é algo grande, mas de tão previsto já perdeu a graça…). Toulouse versus Lyon não produziu gols, lamentavelmente.

Em confronto de clubes que podem alcançar ligas europeias na próxima temporada, nada de gols e melhor pro Lille, que segue terceiro colocado. O Olympique de Marseille perdeu chance de se aproximar do Lyon, quinto colocado, posição que hoje conduziria o ocupante para a Liga Europa, junto com o quarto, por conta do triunfo do PSG na CdL.

E como o quarto Saint-Etienne também não venceu (empate zerado com o Rennes no abre da rodada, sexta), outro ponto positivo para o Lille.

Placares inusitados
A rodada 34 da Ligue 1 chamou a atenção por alguns placares pouco comuns: Lorient 4 x 4 Montpellier, Valenciennes 2 x 6 Nantes e Bordeaux 5 x 1 Guingamp.

O empate de 8 gols teve 5 deles nos últimos 15 minutos da partida! O camaronês Aboubakar, para o Lorient, e Cabella, para o MHSC, foram os artilheiros com dois gols cada. Aliás, Vincent Aboubakar subiu para a vice-artilharia geral da liga, ultrapassando Cavani. Tem 16 gols, sendo o primeiro dos normais atrás de Ibrahimovic, com 25 (e sem jogar ultimamente).

O togolês Gakpé comandou o rol de goleadores do Nantes pra cima do VAFC, que segue na zona de rebaixamento. Curioso que o argelino Medjani, do Valenciennes, marcou um gol a favor e um contra… Aliás, o clima no clube anda pesado, com torcedores indo protestar diante dos jogadores, como aconteceu com Bahebeck, que bateu boca com alguns deles.

E finalmente, na goleada girondina sobre o En Avant Guingamp, o atacante malinês Cheick TIDIANE Diabaté foi à rede 3 vezes. O meia brasileiro Jussiê também fez o seu.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 26 de outubro de 2011 Copas francesas, Franceses no mundo | 21:53

PSG, Montpellier e Auxerre eliminados nas 8as da Copa da Liga Francesa

Compartilhe: Twitter

michel-bastos-lacazette

Ederson observa a dancinha de Bastos e Lacazette, para fúria da torcida verde no Geoffroy-Guichard (Olweb)

Zebras e confirmações nos oito jogos eliminatórios. Ontem, o Olympique de Marselha não deu chances pro Lens, 4 a 0. Gignac fez seu primeiro na temporada. Jordan Ayew e Remy, duas vezes, complementaram (Acertei esse palpite!).

Hoje, fortes emoções no primeiro jogo do dia, Dijon x PSG, que no domingo duelaram pela Ligue 1 com 2 a 0 pró-Parri. E não é que o modesto Dijon conseguiu a revanche, deixando o poderoso e milionário da história pelo caminho? (Claro que errei esse)

Foi muito bom o primeiro tempo no Stade Gaston Gerard, com quatro gols, embora o líder do Francês não encarasse a partida com a mesma gana do adversário (o técnico Patrice Carteron se esgoelando volta e meia demonstrava bem esse espírito…). Com Nenê, Pastore e Gameiro poupados, Bahebeck e Erding ganharam uma chance no mistão parisiense que começou dando as cartas: eles construíram a vantagem dos visitantes, o primeiro marcando de falta (que categoria do garoto!) e o segundo complementando bela jogada de Menez.

Mas os anfitriões reagiram rápido, com Sankharé batendo pênalti (duvidoso, de Lugano em Jovial – eu não daria, os dois se puxaram) e Berenguer concluindo rápida trama ofensiva. Aos 15 do 2o, novo pênalti pro Dijon (bola na mão de Camara, imprudente), Jovial venceu Douchez por centímetros e virou! Aos 25, vendo a água bater no traseiro, Kombouaré teve de lançar mão dos titulares; vieram Nenê e Gameiro, Pastore não. Pressão forte, jogo mais brigado, 3 bolas ao todo na trave do PSG, Menez sendo fominha em alguns lances, e o abafa não deu resultado. Leonardo e cia tiveram de deixar o estádio de cabeça baixa…

Outro jogão do dia foi Saint Etienne x Lyon, que levaram o tradicional clássico pela primeira vez a uma Copa da Liga. Um pouco melhor, o OL abriu o placar após falta sofrida por Michel Bastos nas imediações da área. Ele, Ederson e Kallstrom se prepararam, o sueco bateu na barreira, mas ela sobrou de frente pra Briand, de frente pra Ruffier. Ele chutou, houve um desvio no caminho mas a bola encontrou as redes aos 40 minutos.

jovial-lugano

Ceará observa o lance que virou pênalti de Lugano em Jovial, esbanjando jovialidade! (Site DFCO)

Segundo tempo e novamente os lioneses mais perto do gol. Depois do pênalti claro sofrido por Lacazette, Bastos foi impedido de cobrar não pelas milhares de vaias, mas pelos rojões atirados perto do gol de Ruffier. A tal ponto que a arbitragem saiu de campo e chamos os capitães pra conversar no vestiário! Na volta, o brasileiro bateu, marcou, comemorou muito perto da torcida e reservas adversários e deixou o jogo mais nervoso ainda, com novo tumulto. Aubameyang descontaria, mas não havia tempo pros stéphanois evitarem a vitória rival no 106o dérbi da história (apostei no ASSE…). Aos verdes, resta esperar quatro dias pelo reencontro de domingo pela Ligue 1.

Em casa, o Lille não bobeou diante do Sedan: 3 a 1, com gols de Pedretti, Joe Cole e Jelen (boa, acertei!). Túlio de Melo foi titular. Já o Auxerre, ex-time de Pedretti e Jelen, não conseguiu se garantir diante de sua torcida: levou 2 a 1 do Caen (um nabo com dois de Nabab!) e me dei mal nessa. Outro a decepcionar foi o Montpellier, caindo em casa diante do Lorient, outro 2 a 1, com um a menos desde os 10 minutos do 2o tempo (errei). Pentecôte conduziu a tia Nice à classificação, com mais um 2 a 1, no Sochaux (acertei). E depois de empate sem gols, coube ao Le Mans avançar ao bater o Rennes por 4 a 1 nos penais (falhei de nouveau).

Minutos depois já conhecemos os confrontos das quartas, marcados inicialmente para 10 de janeiro de 2012, uma terça-feira:
Lyon x Lille (olha o Ly-Li de vorta!)
Caen x O. Marseille
Le Mans x Lorient
Nice x Dijon

Enquanto isso, na Espanha…
…Karim Benzema abriu o placar na vitória do Real Madrid sobre o Villarreal, 3 a 0, muito bom para sua disputa com o argentino Gonzalo Higuain por uma vaga no galáctico ataque merengue.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

quarta-feira, 2 de março de 2011 Copas francesas | 21:09

PSG avança na prorrogação. Lille, só nos pênaltis

Compartilhe: Twitter

Copa da França, insisto, significa sempre emoção nas fases derradeiras. E alguma dose de tensão, como provaram os postulantes ao título da Ligue 1 nas quartas de finais.

Contando com a estrela de dois garotos que entraram bem no segundo tempo do jogo no Parc des Princes, além de duas assistências brasileiras, o Paris Saint-Germain eliminou o Le Mans e se credenciou a disputar a semifinal da Copa da França, nesta quarta-feira.

psg_lemans_ceara_afp

Ceará disputa bola com Thomas Frederic: brasileiro foi bem, obrigado (AFP)

Antoine Kombouaré começou com uma formação praticamente titular, mas foram os reservas Jean-Christophe Bahebeck, de 17 anos, e Neeskens* Kebano, de 18 anos, que balançaram as redes, aliviando os mais experientes que devem ter cansado com 120 minutos de bola rolando. O primeiro aproveitou passe de Nenê na cobrança de escanteio, limpando e finalizando bonito, enquanto que o segundo só escorou boa jogada de Ceará, que foi à linha de fundo e cruzou com carinho e afeto…

As equipes já estavam com dez em campo no desenrolar da prorrogação, pois o zagueiro Zoumana Camara deixou o PSG com um a menos ao levar cartão vermelho aos 33 do 2º tempo. Para sorte dos anfitriões, o Le Mans também teve um expulso assim que começou a prorrogação, o também beque Mamadou Wague. Atual campeão, o Paris (8 títulos) alcança sua 14ª semifinal de Copa da França e segue na briga para se aproximar do Olympique de Marselha, maior vencedor da história do torneio (10 títulos).

Um pouco mais tarde, o Lille recebeu o Lorient, rival de primeira divisão que deu trabalho até aonde poderia: a disputa por penalidades máximas. Mesmo com um a mais graças à expulsão de Manga aos 19 minutos da segunda etapa, o LOSC não conseguiu transformar a vantagem numérica em vantagem no placar, nem mesmo depois do brasileiro Túlio de Mello vir para o lugar do artilheiro Moussa Sow no comando do ataque.

lille_afp

Com desabrigados no elenco, o Lille voltou a precisar dos pênaltis para caminhar na Copa da França (AFP)

A decisão nos pênaltis opôs os goleiros Landreau, o mais experiente da Ligue 1, pelo lado do Lille, e Audard, que fez ótima partida pelo lado visitante. Eles bem que tentaram evitar os gols nas cobranças, mas apenas o Lorient errou uma vez. Na última, Hazard se valeu de paradinha legal, no caminhar para a bola, enganou Audard e colocou no canto oposto, decretando o marcador final em 5 a 3. Depois de 1984/1985, os Dogues, líderes do Francesão, finalmente estão de volta a uma semifinal de Coupe de France.

angers_afp

Agora, o Angers é o candidato à zebra das semifinais (AFP)

No jogo entre os menores do dia, acabou o sonho do pequenino Chambéry, que havia eliminado três equipes da elite (Monaco, Brest e Sochaux) no decorrer da competição. Levou 3 a 0 do Angers, da Ligue 2, em Grenoble. Não pode reclamar da sorte, não é?

Resultados:
Stade de Reims (L2) 2 x 3 Nice
Chambéry (CFA2) 0 x 3 Angers (L2) – Saivet, Renouard e o argentino Gomez marcaram os gols
Paris Saint-Germain 2 x 0 Le Mans (L2)
Lille 0 (5) x 0 (3) Lorient

*Neeskens Kebano homenageia Johan Neeskens, holandês que marcou época no Ajax e no “carrossel” protagonizado por Johan Cruyff na Holanda dos anos 1970. O pai da revelação parisiense era muuuito fã do nederlandês…

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,